O que há de Novo?
  • Anunciando os planos GOLD no Fórum Outer Space
    Visitante, agora você pode ajudar o Fórum Outer Space e receber alguns recursos exclusivos, incluindo navegação sem anúncios e dois temas exclusivos. Veja os detalhes aqui.

Órgão eleitoral aprova primeira etapa de referendo contra Nicolás Maduro

-Elfo-

Bam-bam-bam
Mensagens
4.103
Reações
9.324
Pontos
329
Órgão eleitoral aprova primeira etapa de referendo contra Nicolás Maduro
DE SÃO PAULO
01/08/201620h53- Atualizado em 02/08/2016 às 00h18

O Conselho Nacional Eleitoral da Venezuela (CNE) anunciou nesta segunda-feira (1º) que aprovou a primeira etapa da coleta de assinaturas doreferendopara tentar revogar o mandato do presidente Nicolás Maduro.

Segundo a chefe do órgão eleitoral, Tibisay Lucena, foram consideradas válidas 399.412 firmas entregues pela coalizão opositora Mesa de Unidade Democrática (MUD).


Federico Parra - 28.jul.2016/AFP

O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, brinca com uma espada presenteada por petroleira russa
O número é mais que o dobro das 195.712 assinaturas necessárias nesta fase, que representam 1% do eleitorado. Porém, são apenas 20% das 1.957.779 apresentadas em maio pela oposição.

A redução do número se deve a dois fatores. Na fase de verificação das planilhas eleitorais, ocorrida em junho, o CNE rejeitou 605.727 por supostas irregularidades.

Os restantes 1.352.052 foram convocados a validarem suas assinaturas nos cartórios eleitorais entre 20 e 24 de julho. Pelos números do CNE, contudo, 30% dos chamados confirmaram seus dados.



Nem Lucena nem a oposição comentaram sobre o baixo comparecimento. Na época da validação, porém,governistas ameaçaramdemitir servidores e cortar benefícios sociais de quem apoiasse a votação contra Maduro.

Segundo os sindicatos, mais de 1.200 funcionários públicosforam demitidospor aparecerem entre os signatários do referendo. O governo nega ter feito o expurgo.

Pela lei, a oposição terá até dois dias para pedir ao CNE a segunda etapa, em que precisarão recolher as firmas de 20% do eleitorado —ou 3,9 milhões de pessoas. A oposição afirma ter o apoio de 4 milhões de venezuelanos.

Aprovadas as últimas assinaturas, o referendo é convocado. Na votação, o "sim" pela revogação do mandato de Maduro terá que superar 7.587.532 votos, número obtido pelo presidente venezuelano nas eleições de 2013.

O tempo para que o processo seja concluído, porém, dependerá do CNE. Na primeira etapa, o órgão, dirigido por aliados do governo, usou os prazos completos previstos na lei, mesmo quando a oposição atendeu às exigências de forma antecipada.

A oposição reclama da demora, principalmente porque só haverá novas eleições se o presidente for destituído antes de 10 de janeiro de 2017, ao completar dois terços de seu mandato.

Depois deste prazo quem assume é o vice-presidente, cargo ocupado hoje por Aristóbulo Istúriz, mas que pode ser substituído a qualquer momento por Maduro.

CHAVISTAS

Os chavistas, por outro lado, querem esticar o prazo o máximo possível, se a consulta for inevitável, embora ainda tentem cancelá-la no CNE e no Tribunal Supremo de Justiça (TSJ), também dominado por aliados do governo.

A principal justificativa é a de que a oposição fraudou as assinaturas. Nesta segunda, o chefe da comissão chavista sobre o referendo, Jorge Rodríguez, disse que o referendo está "legalmente morto".

Para Rodríguez, a solicitação "é a fraude mais gigantesca da história da Venezuela". "Este processo está totalmente impugnado por nós, em todas as instâncias. É uma questão de tempo para que seja anulado."

Número dois do chavismo, o ex-presidente da Assembleia Nacional Diosdado Cabello voltou a dizer que não vai dar tempo para que o referendo aconteça neste ano e que isso é culpa da própria coalizão opositora.

"A direita está enganando seus aliados. Eles devem respeitar os prazos. São uns mentirosos, uns manipuladores, em todo o país não tiveram o apoio de 47 mil pessoas", disse, em referência às acusações de fraude.

O secretário-geral da MUD, Jesús Torrealba, criticou Rodríguez. "O que está morto é o regime que você representa, morto pelo voto popular e morto nas bases do PSUV [o governista Partido Socialista Unido da Venezuela]."

O secretário de Estado americano, John Kerry, pediu que o referendo seja realizado de forma justa. "Não deveriam fazer um jogo de atrasos que dê vantagem a um lado em vez de a única vantagem ser a da democracia."

http://www1.folha.uol.com.br/mundo/2016/08/1797811-orgao-eleitoral-aprova-primeira-etapa-de-referendo-contra-nicolas-maduro.shtml?cmpid=facefolha
 


fbr

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
15.707
Reações
23.972
Pontos
624
Vão numa morosidade brecando o cara... estão esperando o quê? 90% da população morrer de fome?
 

Tilak

Bam-bam-bam
Mensagens
4.480
Reações
9.437
Pontos
303
Vão numa morosidade brecando o cara... estão esperando o quê? 90% da população morrer de fome?
Pelo que li no reddit da Venezuela, o povo lá é bem acostumado a viver na m****...

Muitos ficam..."ehhh daqui a pouco isso passa"
É surreal
 

fbr

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
15.707
Reações
23.972
Pontos
624
Pelo que li no reddit da Venezuela, o povo lá é bem acostumado a viver na m****...

Muitos ficam..."ehhh daqui a pouco isso passa"
É surreal
O triste é isso, quando a população literalmente vive como gado. O boi praticamente sabe que tá lá só pra ser engordado e ser abatido, no caso da venezuela é o inverso, vão sugando tudo do povo até acabar... Complicado quando o povo é passivo assim, devem achar que é a "vontade de deus" ou algo do tipo. Aí os canalhas se aproveitam.
 

xDoom

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
25.563
Reações
141.800
Pontos
589
Vai adiantar de nada, no último instante ele vai usar o exército pra impedir isso.
 

Bloodstained

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
19.971
Reações
85.630
Pontos
553
Nem a pau que isso vai ficar assim! Já estou convocando o Levante! :kbeca

 


fbr

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
15.707
Reações
23.972
Pontos
624
Acho que é por isso que os esquerdopatas amam tanto a "democracia". Primeiro dominam o povo, quebram sua vontade de resistir e os transforma em gado para abate. Aí, quando algo começa a ficar absurdo demais, querem fazer um plebiscito para que o povo bovinizado decida o que é melhor para eles.

É assim que defendem a democracia, por aqui, e imagino que por lá também.
 

jose luis

Bam-bam-bam
Mensagens
2.923
Reações
13.337
Pontos
293

Os famintos venezuelanos apoiadores do Maduro esperando a maré de má sorte socialista passar. E os demais famintos esperando um órgão cooptado pelo chavismo derrubar um bolivariano.
 

Bat Esponja

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
27.110
Reações
52.831
Pontos
629
O erro é acharem que ainda estão em uma democracia.

This is Venezuela.
 
Topo