O que há de Novo?
  • Novo tema VIP está disponível
    Visitante, um novo tema com fundo escuro agora está disponível para aqueles que contribuíram com doações ao fórum e têm o status VIP. Veja os detalhes aqui.


[8ª Câmara Cível do TJRS] - Ex-namorado de mãe solteira é obrigado a pagar pensão de alimentos ao filho dela.

-Mauricio

Bam-bam-bam
Mensagens
1.893
Reações
3.262
Pontos
303
"O homem relatou que a então companheira já tinha o menino quando começou a se relacionar com ela. Eles teriam ficado juntos por sete meses."

"O autor narrou que ela, chorando, disse que o seu filho não tinha um pai e queria que o menino pudesse usar o plano de saúde empresarial dele. Diante disso, o homem falou que por se tratar de pessoa de bem, resolveu registrar o menino em seu nome."

"Ele disse que sua intenção foi fazer o bem para o menino, mas jamais pensou que ela usaria este fato para lhe cobrar paternidade do mesmo."

Os desembargadores Ricardo Moreira Lins Pastl, José Antônio Daltoé Cezar e Rui Portanova mantiveram negada a revogação de registro espontâneo de paternidade.

Fonte Oficial: http://www.tjrs.jus.br/site/imprensa/noticias/?idNoticia=480083&fbclid=IwAR0TChzeN80vhSNDb04cv_w77owNawF-Pc3auz1J3_goKw6GaV8ZE2H23hE

87733
 




geist

Bam-bam-bam
Mensagens
9.628
Reações
33.274
Pontos
353
Não coloco meu nome em nada sem um DNA na mão, pode ser quem for.
2 meu princeso. 2 por segurança, de laboratórios diferentes de cidades diferentes (bom seria países diferentes).


@topic: Esse burro aí merece se foder. Vai enjoar pagar motel pra essa biscate foder com meio mundo. Daqui alguns anos vai bancar a faculdade também desse boneco que não vai reconhecê-lo como nada mais que um caixa com cara de otário. A mulher deve estar tirando é muito sarro desse trouxa com as amigas e familiares.
 

LucianoBraga

Moderador
Membro STAFF
Mensagens
34.950
Reações
124.211
Pontos
834
"Por se tratar de pessoa de bem, optou por cometer fraude contra o plano de saúde"

:klol

Enfim, o maluco faz uma coisa dessas logo sendo residente do estado da federação com maior número de imbecilidades jurídicas, que gostam de chamar de "inovações". Chapéu de otário é marreta.
Se der sorte, o STJ reverte...mas vai ter que ficar pagando enquanto isso.
 

geist

Bam-bam-bam
Mensagens
9.628
Reações
33.274
Pontos
353
Se não houver nenhum traço de afetividade entre ele e a criança e se a mãe não souber adestrar bem o boneco até lá, pode ser, dependendo do tanto de promessa que esse cidadão fará (acredito que pra mais de uma vida), que a decisão seja revertida.

Isso serve de alerta para os homens em relação à união estável. Não tem essa de 1 ano, 2 anos, 5 anos... pode ser meses.
 

DoMorro

Bam-bam-bam
Mensagens
849
Reações
3.910
Pontos
283
Se não houver nenhum traço de afetividade entre ele e a criança e se a mãe não souber adestrar bem o boneco até lá, pode ser, dependendo do tanto de promessa que esse cidadão fará (acredito que pra mais de uma vida), que a decisão seja revertida.

Isso serve de alerta para os homens em relação à união estável. Não tem essa de 1 ano, 2 anos, 5 anos... pode ser meses.
Problema nem foi a união estável. Ele REGISTROU a criança em nome dele, assim se tornando legalmente o seu pai. Se tu conhecer uma mulher que é mãe solteira e registrar o filho em seu nome no outro dia e separar no outro dia, tá fudido do mesmo jeito. Maluco querendo ser malandro com a empresa, foi é inocente demais. Temquesefudeeacabou
 

Pimbaum

Supra-sumo
Mensagens
2.029
Reações
722
Pontos
194
Fiquei puto quando li o tópico. Concordei com o Juiz quando li a matéria.
Topicuzinho bem tendencioso hein.

O cara REGISTROU A CRIANÇA ESPONTANEAMENTE. Não dá nem pra enquadrar em fraude ao plano de saúde, porque era realmente filho dele no papel. Aí depois se arrepende e quer mudar o registro? Que budega é essa? Registra o moleque SABENDO que não é filho dele, depois quer desfazer?

Se fodeu pra deixar de ser burro mesmo. Foi brincar com coisa séria... um registro de paternidade... agora que aguente.
 

-Mauricio

Bam-bam-bam
Mensagens
1.893
Reações
3.262
Pontos
303
Fiquei puto quando li o tópico. Concordei com o Juiz quando li a matéria.
Topicuzinho bem tendencioso hein.

O cara REGISTROU A CRIANÇA ESPONTANEAMENTE. Não dá nem pra enquadrar em fraude ao plano de saúde, porque era realmente filho dele no papel. Aí depois se arrepende e quer mudar o registro? Que budega é essa? Registra o moleque SABENDO que não é filho dele, depois quer desfazer?

Se fodeu pra deixar de ser burro mesmo. Foi brincar com coisa séria... um registro de paternidade... agora que aguente.
Eu não fui tendencioso! Eu coloquei no 2º parágrafo que o pai registrou a criança em seu nome.

Você deve ter ficado puto porque achou que fosse aquele tipo caso de paternidade sócioafetiva no qual a criança considera o namorado da mãe como pai e ele, mesmo não registrado, é obrigado a pagar pensão, como nesse caso aqui: https://oab-rj.jusbrasil.com.br/noticias/100120057/em-decisao-inedita-homem-tera-que-pagar-pensao-a-ex-enteada.

Na verdade só parece tendencioso porque o cara foi burro demais. Ele namorou a msol por 7 meses, registrou a criança em papel APENAS para ajudar a msol e foi enganado por ela...
 

Éris

Deusa da discórdia
Mensagens
10.416
Reações
2.038
Pontos
494
Provavelmente a mulher é uma pessoa persuasiva e isso deveria ter sido levado em consideração, ngm em sã consciência reconhece filho assim.

Enviado de meu Moto G (4) usando o Tapatalk
 

Baralho

Bam-bam-bam
Mensagens
2.806
Reações
7.917
Pontos
303
Tentou burlar o Plano de Saúde e se ferrou, na mão de quem é professora na malandragem. Nesse enredo não tem inocente, é absurdo registrar pra sempre a paternidade (que é algo seríssimo!) de uma criança que não é nada sua, e agora o ''aprendiz de malandro'' vai ficar (merecidamente) pagando até os 22 anos do moleque se o mesmo resolver seguir o estudo universitário.
 

Larva Maligna

Bam-bam-bam
Mensagens
4.407
Reações
15.777
Pontos
303
Tentou dar uma de esperto e burlou o sistema de saúde. Mas no fim a m$ol que dava pro cara foi mais esperta ainda e fudeu com ele.

No fim, levou um chute na bunda e vai ter que pagar pensão por uma criança que não é sua.

Mereceu se foder!
 
Topo