O que há de Novo?
  • Novo tema VIP está disponível
    Visitante, um novo tema com fundo escuro agora está disponível para aqueles que contribuíram com doações ao fórum e têm o status VIP. Veja os detalhes aqui.


9/9/99 - 20 anos atrás o lado de cá recebia o último grande console da SEGA. Compartilhe suas experiências!



Jogar Agora

Bam-bam-bam
Mensagens
9.172
Reações
6.899
Pontos
353
Uma coisa é certa....quem curtiu e gostou do Dreamcast, gostou demais, e curtiu momentos muito bacanas.
Quem não conseguiu curtir, ou por algum motivo, não pegou um, nunca vai entender o que foi isso.

é dignamente o console de toda história mais "ame-ou-odeie" que foi criado.
Felizmente estive no grupo dos que curtiram e muito.

Mesma coisa o controle. Em nenhum jogo, sério, nenhum jogo, ter apenas 1 analógico causou algum problema, ou impossibilitou de jogar e se divertir.
Eu gostava muito daquela pegada maior e que enchia a mão como nenhum outro controle antes. Foi com certeza a inspiração de controles da linha Xbox, 360 e One claramente evoluidos nesses 20 anos.
O único ponto que hoje eu mudaria, era o VMU mesmo, por um cartão simples e mais barato.
Se ele tivesse continuado, inevitavelmente a SEGA teria q lançar um controle com dois analógicos e QUALQUER FPS fica MUITO melhor com dois analógicos, são muitos games q facilitava muito as coisas se tiver dois analógicos.
 

AriltonJA

O Arauto da Luz
VIP
Mensagens
2.098
Reações
2.207
Pontos
304
Só fui ter contato com um DC na casa de um amigo tem uns 4 anos. Eu larguei os consoles da sega totalmente depois do Mega Drive. Comprei ele antes do SNES e me arrependi bastante na época por conta dos visuais dos jogos e ainda mais quando saiu Donkey Kong. Quando vi o DC rodando nem acreditei que aquilo era da geração do PS2. Visualmente falando deixa o PS2 no chinelo e adorei os jogos também.
 

chubilubi

Veterano
Mensagens
956
Reações
440
Pontos
114
Se ele tivesse continuado, inevitavelmente a SEGA teria q lançar um controle com dois analógicos e QUALQUER FPS fica MUITO melhor com dois analógicos, são muitos games q facilitava muito as coisas se tiver dois analógicos.
Pros dias atuais, concordaria com vc 100%.
Mas nao era esse o foco do console, ter FPS, e na época também nem era um genero popular em consoles, fato esse que só mudou mesmo depois do xbox original e Halo.
O Dreamcast nunca precisou de 2 analógicos pros games que ele se focava em receber.
 

O Rei Rubro

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
19.034
Reações
31.170
Pontos
589
Algum jogos que são esquecidos que eu gosto

Game de luta de mecha da capcom, não tem como dar errado

Jogo de tiro tipo ikari warriors com megaman, cammy e Charlie

Virtual On Oratorio Tangram

Ferrari F355

Berserk


Metropolis Street Racer


House Of The Dead 2

Power Stone 2

Time Stalkers, pra ser sincero não curtia muito mais tinha o Nigel do Landstalker
Metropolis Street Racer...joguei bastante esse também. Mesma Galera que fez Project Gotham do Xbox e Driveclub do PS4.

Gosto das corridas deles.
 


JB.BGP

Habitué da casa
Mensagens
516
Reações
470
Pontos
78
Eu tive um Dreamcast mas pra variar pouquíssimos jogos do console da Sega me chamaram a atenção pra justificar que eu continuasse tendo um.

Só destaco Resident Evil Code Veronica, Marvel vs Capcom 2, Street Fighter Alpha 3, Grandia 2 e Skies of Arcadia como dignos da minha atenção.

Preciso nem falar que vendi isso urgente, e até me arrependi de tê-lo comprado. Graças a essa lambança que eu fiz, acabei demorando a ter um PS2
 
Ultima Edição:

NBT master

Bam-bam-bam
Mensagens
3.888
Reações
804
Pontos
229
Apesar de ter histórico forte com jogos de corrida zoados, tipo Mario Kart e Crazy Taxi - inclusive jogando em alto nível -, foi somente no Dreamcast que pude apreciar um jogo de corrida com proposta mais realista. Tudo culpa do Test Drive Le Mans, que era incrível jogando sozinho ou com mais 3 amigos.

Aí consegui entender e curtir mais a proposta do Gran Turismo 2 e seguir curtindo o estilo, até chegar aos simuladores de fato, no PC.

TDLM conheci somente em 2002, coisa que me deixou com início tardio para jogos do tipo. Antes, GT não me agradava.

Hoje, por culpa do TDLM, estou com esse setup no PC:

87652

Ferrari F355 Challenge apenas reforçou o processo. TDLM foi a virada de mesa. hueahuahuaehua
 

Origami Killer

Bam-bam-bam
Mensagens
2.344
Reações
2.039
Pontos
339
Pros dias atuais, concordaria com vc 100%.
Mas nao era esse o foco do console, ter FPS, e na época também nem era um genero popular em consoles, fato esse que só mudou mesmo depois do xbox original e Halo.
O Dreamcast nunca precisou de 2 analógicos pros games que ele se focava em receber.
Eu acho que começou no N64 com o 007!
 

Origami Killer

Bam-bam-bam
Mensagens
2.344
Reações
2.039
Pontos
339
Eu tive um Dreamcast mas pra variar pouquíssimos jogos do console da Sega me chamaram a atenção pra justificar que eu continuasse tendo um.

Só destaco Resident Evil Code Veronica, Marvel vs Capcom 2, Street Fighter Alpha 3, Grandia 2 e Skies of Arcadia como dignos da minha atenção.

Preciso nem falar que vendi isso urgente, e até me arrependi de tê-lo comprado. Graças a essa lambança que eu fiz, acabei demorando a ter um PS2
Eu ainda colocaria na sua lista : Quake, Blue Stinger, Power Stone e Principalmente Sonic Adventure!
 

Jogar Agora

Bam-bam-bam
Mensagens
9.172
Reações
6.899
Pontos
353
Pros dias atuais, concordaria com vc 100%.
Mas nao era esse o foco do console, ter FPS, e na época também nem era um genero popular em consoles, fato esse que só mudou mesmo depois do xbox original e Halo.
O Dreamcast nunca precisou de 2 analógicos pros games que ele se focava em receber.
Cara inevitavelmente a SEGA com certeza teria q lançar um novo Pad com dois analógicos se quisesse competir mais com o PS2, q ta cheio, eu digo CHEIO de FPS e muito FPS bom, nem preciso citar por exemplo BLACK, Darkwatch, Area 51, Timesplitters 2, Cold Winter, Killzone entre outros.
Não foi popular só no XBOX com Halo não !
Pra mim a SEGA não pensou direito, tinha sim q ter lançado o Dreamcast com um controle com dois analógicos e se o Dreamcast tivesse continuado, com certeza a SEGA teria lançado um novo Pad com dois analógicos.
 

Jogar Agora

Bam-bam-bam
Mensagens
9.172
Reações
6.899
Pontos
353
Eu tive um Dreamcast mas pra variar pouquíssimos jogos do console da Sega me chamaram a atenção pra justificar que eu continuasse tendo um.

Só destaco Resident Evil Code Veronica, Marvel vs Capcom 2, Street Fighter Alpha 3, Grandia 2 e Skies of Arcadia como dignos da minha atenção.

Preciso nem falar que vendi isso urgente, e até me arrependi de tê-lo comprado. Graças a essa lambança que eu fiz, acabei demorando a ter um PS2
Então me desculpe, vc nunca foi fã da SEGA !
Comprou por que então ?
 

MarcusPedrosoBR

Supra-sumo
Mensagens
826
Reações
1.672
Pontos
183
Console bonito, potente, com um controle muito gostoso de jogar e aquele VMU então era um charme total... Muito bem aproveitado no Code Veronica por exemplo.
Como sempre a SEGA fazendo consoles a frente do seu tempo.

Pra mim só perde pro Mega que sempre vai estar em primeiro na minha lista. É o 2º console mais legal da SEGA na minha opinião.

Só que como infelizmente foi lançado no final da vida da SEGA como fabricante de hardware deixou um gosto de quero mais pra muita gente. Gostaria de saber o que os programadores conseguiriam extrair dos games em seu final de vida por exemplo.

SEGA pagou caro em suas decisões equivocadas, hardwares mirabolantes, addons em cima de addons e a eterna briga Sega America x Sega Japão.

Mas um console atemporal... Isso foi.
 
Ultima Edição:

JB.BGP

Habitué da casa
Mensagens
516
Reações
470
Pontos
78
Então me desculpe, vc nunca foi fã da SEGA !
Comprou por que então ?
Pq era o que tinha de mais avançado na época, e eu pensei que talvez a Sega mudasse a mentalidade dela com um videogame novo. Ledo engano

Continuava a msm line up simplista de arcade games com apenas alguns jogos mais elaborados.

Como eu disse antes, foi o videogame que eu mais me arrependi de ter até hoje, e olha que conseguiu superar o desgosto que eu tinha com o meu Nintendo 64
 
Ultima Edição:

JB.BGP

Habitué da casa
Mensagens
516
Reações
470
Pontos
78
Eu ainda colocaria na sua lista : Quake, Blue Stinger, Power Stone e Principalmente Sonic Adventure!
Não me chamaram a atenção pro meu gosto de games.

O Quake 3 era legal, mas eu já tinha ele original no PC nessa época, inclusive participava da febre do online dele que era muito divertida e conseguia me fzr perder horas a fio.
 

MarcusPedrosoBR

Supra-sumo
Mensagens
826
Reações
1.672
Pontos
183
Então me desculpe, vc nunca foi fã da SEGA !
Comprou por que então ?
A maioria que comprou o VG, foi apenas pra jogar mesmo, sem se preocupar com mais nada. Quando viu que a vaca tava indo pro brejo vendeu pra comprar outro (no caso o Ps2) que tava com uma avalanche de games bons saindo a rodo. Acho que esse é o caso dele..

Acredito que não precisa ser fã de nenhuma empresa de VG pra comprar o console dela. Aliás, quase sempre os fãs tem a visão distorcida sobre o produto amado.
 

JB.BGP

Habitué da casa
Mensagens
516
Reações
470
Pontos
78
A maioria que comprou o VG, foi apenas pra jogar mesmo, sem se preocupar com mais nada. Quando viu que a vaca tava indo pro brejo vendeu pra comprar outro (no caso o Ps2) que tava com uma avalanche de games bons saindo a rodo. Acho que esse é o caso dele..

Acredito que não precisa ser fã de nenhuma empresa de VG pra comprar o console dela. Aliás, quase sempre os fãs tem a visão distorcida sobre o produto amado.
Exatamente isso.

Eu vi um videogame novo, com hardware legal, ideias legais e etc e decidi comprar. O problema, pelo menos para mim é que um console que vive apenas de ports dos arcades na maioria das vezes não se sustenta. Pelo menos não pro meu gosto de games.

Naquela época, a guerra dos consoles ainda estava muito crua. Eu ainda pensava que jogos das empresas que davam suporte pro Playstation podiam desembarcar no Dreamcast que chamaria a atenção com seu hardware poderoso e tal. Eu pensava que poderia ter uma maior portabilidade dos titulos, assim como acontece hoje que praticamente todos os jogos saem pra Xbox, PS4 e PC.

Só que não teve nada disso e eu me dei mal.
 

Jogar Agora

Bam-bam-bam
Mensagens
9.172
Reações
6.899
Pontos
353
Pq era o que tinha de mais avançado na época, e eu pensei que talvez a Sega mudasse a mentalidade dela com um videogame novo. Ledo engano

Continuava a msm line up simplista de arcade games com apenas alguns jogos mais elaborados.

Como eu disse antes, foi o videogame que eu mais me arrependi de ter até hoje, e olha que conseguiu superar o desgosto que eu tinha com o meu Nintendo 64
A SEGA nunca falou em mudar de estilo, então comprou de bobeira !
 

JB.BGP

Habitué da casa
Mensagens
516
Reações
470
Pontos
78
Não era tão fácil conseguir informações naquela época já que cada revista falava uma coisa. Não era como hoje que dá para ter uma ideia exata das coisas.

De qualquer maneira, o Dreamcast foi sem sombra de dúvidas o pior videogame que eu já tive, mas que teve o mérito de me ensinar a lição de passar bem longe de qualquer sistema que essa empresa venha a lançar no futuro.
 
Ultima Edição:

Sega&AMD

Supra-sumo
Mensagens
1.705
Reações
1.601
Pontos
168
Moore sabotou o Dreamcast o quanto pode para subir na carreira.

  • matriz japones deseja vender o console acima do preço e com lucro ou sem subsidio (estratégia da Nintendo, a qual é usada hoje por sony e ms, que era mais certo a ser feito)
  • Moore se opõe '' eles não vão estragar a o lançamento americano''
  • Stolar é demitido, Moore assume a liderança , Dreamcast é vendido com perdas (e a Sega já tava no laranja)
  • muitos jogos são lançados em curto espaço de tempo (desarmando a sega para a disputa futura com ps2 e gc)
  • cortes de preços sistemáticos ão feitos ( descapitalizando a sega e tornando o DC não viável)
  • Moore sugere que a Sega devesse abandonar o mercado, manipula um teste para fazer parecer que a marca sega era sem relevância
  • Moore fecha contrato de exclusividade dos jogos de DC com a novata microsoft e enterra mais de 10 jogos da sega (somente no ps2 e gc que os jogos da sega prosperam)
  • Moore se torna executivo do xbox, sendo o unico a subir com a queda do DC
O hype do ps2 era muito grande, mas após as pessoas terem experimentado o ps2 as vendas do Dreamcast voltariam a crescer e ele poderia ter terminado em segundo, pois já tinha mais de 7kk em vendas antes do gc e xbox chegarem ao mercado. força sega.
 

Wolfdarks

Habitué da casa
Mensagens
140
Reações
102
Pontos
53
Uma coisa acho engraçado que no Mega Drive prometia a pegada Arcade, mas nem cheguei a ver isso concretamente (em pouquíssimos jogos), só veio aparecer forte no Dreamcast. Naquela época, ele barrava o N64 e PS1, mas o que ferrou foi a geração seguinte, foi logo competir com o PirataStation2...

Pour*, a tectoy poderia voltar a negociar com a Sega e lançar um Dreamcast 2.0 ou uma versão Classic, nem importo se será o mesmo emulador como foi o do Mega, só com os jogos da Sega já agrada e muito.
 

Sega&AMD

Supra-sumo
Mensagens
1.705
Reações
1.601
Pontos
168
O Dreamcast também sofreu muito com a concorrência quero dizer, eles esfriaram a chegada do Dreamcast com:

jogos como Zelda (no n64), FF9 (ps1) isso sugou muito publico potencial
cortes de preço do n64 e ps1 (isso sugou mais gente)
re-desing do ps1 (console mais vendido de 2000)
Marketing do ps2 (vulgo mentiras)
Demo de metal gear solid 2 (aí já viu né)
retrocompatibilidade (+ a pior mentira de todas, o ps2 melhorando jogo de ps1 para o nivel DC) isso circulou muito até ser desmentido.
mídia dvd e preço de um dvd player (na epoca os filmes do momento eram matrix acho que titanic...)

Essa tática simplesmente, fechou as lacunas para o DC, a única alternativa, era esperar que a ilusão do marketing caísse, depois a vendas voltariam a crescer (mas a sega ficou sem capital antes)
 

Champion

Bam-bam-bam
Mensagens
11.876
Reações
7.778
Pontos
474
Foda demais, quando tinha uma Lan House comprei um usado de um amigo e joguei demais: RE:CV, MvC2, Soul Calibur, Jet Radio, Crazy Taxi, Tênis e comprei mais alguns jogos usados depois, devo ter tido ele por uns 2 anos mais ou menos, aí depois deu defeito e não compensava arrumar, mas gostei bastante do VG.
 

Gamer King

O Soberano
VIP
Mensagens
51.546
Reações
52.194
Pontos
1.069
Moore sabotou o Dreamcast o quanto pode para subir na carreira.

  • matriz japones deseja vender o console acima do preço e com lucro ou sem subsidio (estratégia da Nintendo, a qual é usada hoje por sony e ms, que era mais certo a ser feito)
  • Moore se opõe '' eles não vão estragar a o lançamento americano''
  • Stolar é demitido, Moore assume a liderança , Dreamcast é vendido com perdas (e a Sega já tava no laranja)
  • muitos jogos são lançados em curto espaço de tempo (desarmando a sega para a disputa futura com ps2 e gc)
  • cortes de preços sistemáticos ão feitos ( descapitalizando a sega e tornando o DC não viável)
  • Moore sugere que a Sega devesse abandonar o mercado, manipula um teste para fazer parecer que a marca sega era sem relevância
  • Moore fecha contrato de exclusividade dos jogos de DC com a novata microsoft e enterra mais de 10 jogos da sega (somente no ps2 e gc que os jogos da sega prosperam)
  • Moore se torna executivo do xbox, sendo o unico a subir com a queda do DC
O hype do ps2 era muito grande, mas após as pessoas terem experimentado o ps2 as vendas do Dreamcast voltariam a crescer e ele poderia ter terminado em segundo, pois já tinha mais de 7kk em vendas antes do gc e xbox chegarem ao mercado. força sega.
Não culpe o Moore pela incompetência da Sega japonesa, o fracasso do Saturn selou o destino da Sega.

O Dreamcast vendeu mal sendo barato, se não fosse subsidiado as vendas seriam simplesmente ridiculas. A verdade é que tentaram de tudo, bom preço, ótimos jogos (mas com muita third não dando suporte como a EA e isso foi grave), mas o consumidor não quis o console e como a Sega estava em péssima situação financeira, sair do mercado de hardware foi a solução.
 

MarcusPedrosoBR

Supra-sumo
Mensagens
826
Reações
1.672
Pontos
183
Não culpe o Moore pela incompetência da Sega japonesa, o fracasso do Saturn selou o destino da Sega.

O Dreamcast vendeu mal sendo barato, se não fosse subsidiado as vendas seriam simplesmente ridiculas. A verdade é que tentaram de tudo, bom preço, ótimos jogos (mas com muita third não dando suporte como a EA e isso foi grave), mas o consumidor não quis o console e como a Sega estava em péssima situação financeira, sair do mercado de hardware foi a solução.
Reflexo do SegaCD, 32X, Activator, Megazords, etc, etc...
 

Sega&AMD

Supra-sumo
Mensagens
1.705
Reações
1.601
Pontos
168
Não culpe o Moore pela incompetência da Sega japonesa, o fracasso do Saturn selou o destino da Sega.

O Dreamcast vendeu mal sendo barato, se não fosse subsidiado as vendas seriam simplesmente ridiculas. A verdade é que tentaram de tudo, bom preço, ótimos jogos (mas com muita third não dando suporte como a EA e isso foi grave), mas o consumidor não quis o console e como a Sega estava em péssima situação financeira, sair do mercado de hardware foi a solução.
Moore foi um figura controversa durante a era Dreamcast, o pessoal tende a culpar a sega do japão (até porque eles quase não publicaram nada para a defesa deles) enquanto o lado americano sempre que podiam os imputaram culpa de tudo.

Sobre as vendas e subsidio, já foi provado pela história que subsidio não é o melhor caminho para o mercado de consoles, e houve chances reais do Dreamcast ter sido comercializado por um preço inicial mais caro, depois a sega faria o ''corte'' isso mudaria, tudo.

As vendas iniciais seriam menores mas seriam com lucro, console wars é uma disputa de longo prazo. e não ter a EA foi bom para sega (aposto que é a primeira vez que le isso) nfl 2k foi o jogo mais vendido (fora sonic) do DC nos eua, o genero esportes responde por cerca de 30% dos lucros, tudo isso seria da EA, e se a história da exigência dela pelo monopolio dos jogos de esporte dentro da plataforma for verdade, então ela poderia governar o DC como quisesse, o que não ia ser vantajoso para sega. ha mas ''os need for speed'', isso é jogo tardio o DC só tinha 16mb de ram talvez nem receberia o port.
 

DocVooDoo

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
28.850
Reações
35.353
Pontos
739
Lembro quando vi Resident Evil: Code Veronica no Dreamcast da locadora.
Pirei demais naquele dia. Nem conseguia mais olhar para meu PS1/N64 com os mesmos olhos.
 

Gamer King

O Soberano
VIP
Mensagens
51.546
Reações
52.194
Pontos
1.069
Moore foi um figura controversa durante a era Dreamcast, o pessoal tende a culpar a sega do japão (até porque eles quase não publicaram nada para a defesa deles) enquanto o lado americano sempre que podiam os imputaram culpa de tudo.

Sobre as vendas e subsidio, já foi provado pela história que subsidio não é o melhor caminho para o mercado de consoles, e houve chances reais do Dreamcast ter sido comercializado por um preço inicial mais caro, depois a sega faria o ''corte'' isso mudaria, tudo.

As vendas iniciais seriam menores mas seriam com lucro, console wars é uma disputa de longo prazo. e não ter a EA foi bom para sega (aposto que é a primeira vez que le isso) nfl 2k foi o jogo mais vendido (fora sonic) do DC nos eua, o genero esportes responde por cerca de 30% dos lucros, tudo isso seria da EA, e se a história da exigência dela pelo monopolio dos jogos de esporte dentro da plataforma for verdade, então ela poderia governar o DC como quisesse, o que não ia ser vantajoso para sega. ha mas ''os need for speed'', isso é jogo tardio o DC só tinha 16mb de ram talvez nem receberia o port.
Se o povo não quis o Dreamcast quando era barato e estava sozinho como next gen no mercado, pq iriam querer depois quando finalmente ficasse barato e a opção do PS2 estivesse disponivel? A chance do Dreamcast era ter um começo explosivo pra ganhar tração e se sustentar, mas não rolou, o lançamento foi ótimo mas no ano 2000 as vendas caíram muito, mesmo com as grandes promoções.

A verdade é que o mercado de consoles virou brincadeira de gente grande com a chegada da Sony e Microsoft e a Sega era uma empresa pequena e mal administrada.
 

Snake-Eyes

Bam-bam-bam
Mensagens
16.274
Reações
6.829
Pontos
459
Se o povo não quis o Dreamcast quando era barato e estava sozinho como next gen no mercado, pq iriam querer depois quando finalmente ficasse barato e a opção do PS2 estivesse disponivel? A chance do Dremcast era ter um começo explosivo pra ganhar tração e se sustentar, mas não rolou, o lançamento foi ótimo mas no ano 2000 as vendas caíram muito, mesmo com as grandes promoções.

A verdade é que o mercado de consoles virou brincadeira de gente grande com a chegada da Sony e Microsoft e a Sega era uma empresa pequena e mal administrada.
A sega se endividou em 500milhoes de dolares para desenvolver o DC, imagina a situacao quando ele sai e nao vende. Foi muito mal ir num console novo depois do fracaso do Saturn e ainda mais som dinheiro emprestado. Pena teria sido melhor se o Saturn tivesse vendido ao menos que nem o N64 e o DC poderia ter tido pernas mais longas.
 

Gamer King

O Soberano
VIP
Mensagens
51.546
Reações
52.194
Pontos
1.069
A sega se endividou em 500milhoes de dolares para desenvolver o DC, imagina a situacao quando ele sai e nao vende. Foi muito mal ir num console novo depois do fracaso do Saturn e ainda mais som dinheiro emprestado. Pena teria sido melhor se o Saturn tivesse vendido ao menos que nem o N64 e o DC poderia ter tido pernas mais longas.
O Saturn afundou pela incompetência da própria Sega que errou no projeto e errou na estratégia de lançamento nos EUA.

A empresa pagou o preço, o CEO japonês dela era um idiota e os executivos japas uns invejosos pq o periodo mais glorioso da empresa foi fruto da Sega of America com o Genesis.
 

Snake-Eyes

Bam-bam-bam
Mensagens
16.274
Reações
6.829
Pontos
459
O Saturn afundou pela incompetência da própria Sega que errou no projeto e errou na estratégia de lançamento nos EUA.

A empresa pagou o preço, o CEO japonês dela era um idiota e os executivos japas uns invejosos pq o periodo mais glorioso da empresa foi fruto da Sega of America com o Genesis.
Nao nego que o DC afundou pelas falencias da sega e do saturn. Mas se formos analizar objetivamente a sega devia ter virado third antes de lancar o DC e nao se endividar pra tentar competir com a Sony.
 

Sega&AMD

Supra-sumo
Mensagens
1.705
Reações
1.601
Pontos
168
Se o povo não quis o Dreamcast quando era barato e estava sozinho como next gen no mercado, pq iriam querer depois quando finalmente ficasse barato e a opção do PS2 estivesse disponivel? A chance do Dreamcast era ter um começo explosivo pra ganhar tração e se sustentar, mas não rolou, o lançamento foi ótimo mas no ano 2000 as vendas caíram muito, mesmo com as grandes promoções.

A verdade é que o mercado de consoles virou brincadeira de gente grande com a chegada da Sony e Microsoft e a Sega era uma empresa pequena e mal administrada.
a tua lógica pula etapas, ainda ta nessa do dinheiro ser determinante ? se fosse assim a sega não teria kikado a nec do mercado; e a ms... enfim.

se Sega contem as perdas impostas por peter moore, já no lançamento do Dreamcast; vendendo-o pelo preço que os japoneses queriam, isso não seria uma manobra simples, na verdade mudaria tudo, simplesmente toda a história do Dreamcast seria profundamente modificada. (o teu pensamento do lançamento explosivo, foi o que eles tentaram, essa tática foi a mesma que literalmente levou o dreamcast para ruina)

é preciso lembrar que todo aquele volume de vendas inicial resultou num rombo pois eram feitas com perdas, o que é péssimo para um empresa que estava em alerta, o que resultou em menos marketing, que tornou os jogos um flop, que por fim tornou o Dreamcast insustentável, isso já em setembro de 2000 (1 ano após o lançamento americano) data essa em que moorer apressou as coisas pregando um apocalipse de que a sega tinha se tornado irrelevante, de que se insistisse iria a bancarrota de vez etc etc

bastava o Dreamcast aguentar mais um pouco e as vendas voltariam a aumentar, pois o interesse pelos jogos Dreamcast surgiria (mas para ter interesse é preciso o console estar no mercado, isso é o básico) moore puxou o plugue e loteou os jogos que estavam em desenvolvimento.(todos os que posteriormente abasteceram ps2, gc e principalmente xbox, seriam jogos do Dreamcast). a fusão aconteceria normalmente em 2004.
 
Topo