O que há de Novo?
  • Novo tema VIP está disponível
    Visitante, um novo tema com fundo escuro agora está disponível para aqueles que contribuíram com doações ao fórum e têm o status VIP. Veja os detalhes aqui.


A contagem de geração de consoles ficou no passado?

VanHalenBR

Bam-bam-bam
VIP
Mensagens
7.284
Reações
6.716
Pontos
444
Até pouco tempo atrás era bem fácil definir a geração dos consoles, aquela coisa que a maioria já sabe...

3ª geração: Master System, NES, etc..
Essa geração é caracterizada pelo o D-Pad, múltiplos botões, e acessórios para mudar a jogabilidade (como arma que mira na TV)

4ª geração: Mega Drive, SNES, Neo Geo, etc...
Geração que foi definida pelos 16-bits, mais controles, maior capacidade de gráficos incluindo 3D primitivo

5ª geração: Saturn, N64, Playstation, 3DO, , etc...
Geração que trouxe gráficos poligonais, e instaurou o conceito de jogos 3D que são usados até hoje

6ª geração: Dreamcast, Game Cube, Playstation 2, Xbox, , etc...
Caracterizada pelo salto na capacidade gráfica, maior quantidade de elementos simultâneos...

7ª geração: Wii, Playstation 3, Xbox 360, , etc...
A geração que definida por jogos online e o videogame se tornar uma central de media e streaming

Ai vem a oitava geração, primeiro que já não é tão claro definir as diferenças em relação a geração anterior e temos uma grande discussão por parte da Nintendo pois o console da Nintendo de oitava geração foi o WiiU... mas teve vida muito curta e ai veio o Switch... não da para considerar o Switch 8ª geração... ficou uma discussão que ambos consoles seriam "8ª geração" mas isso criaria 2 consoles da fabricante na mesma geração... depois veio a Sony com PS4 e PS4 Pro, e a Microsoft disse hold my beer e trouxe XBox One, XBox One S e Xbox One X....

No fim olhando em diversas discussões sobre o assusto, vi que chegou a conclusão que a 8ª geração é definida por: WiiU, Switch, Switch Lite, Playstation 4, Playstation 4 Pro, XBox One, Xbox One S e Xbox One X

E pela primeira vez temos consoles na mesma geração do mesmo fabricante sendo que o mais novo é bem mais poderoso que anterior... que dizer... já teve isso antes, mas eles eram add-ons ou versão com CD de um mesmo console...

E ai fico pensando sera que essa definição de geração de consoles esta chegando ao fim, cada vez mais parece que os fabricantes vão focar em criar consoles com menor vida util mas upgrade gradativo, o PS5 mesmo já garantiu retrocompatibilidade com o PS4 (+Pro) e parece que os saltos entre gerações vão ser menores, pois teremos dispositivos intermediários no que seria considerado uma mesma geração...

No mais o caso da Nintendo na oitava geração é o mais complexo, pois Sony e Microsoft evoluíram a mesma plataforma, WiiU e Switch são da mesma geração sendo plataformas completamente diferentes....


O que acham? Assim como a gente parou de usar "bits" chegou a hora de enterrar a definição de geração de consoles?


Mais detalhes em:
 
Ultima Edição:


toad02

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
36.056
Reações
53.045
Pontos
959
Aposto que a partir da proxima gen (pelo menos no Xbox) vários jogos funcionarão em consoles de gens diferentes



Além de que agora temos upgrades mid-gen então cada vez mais a linha entre as gerações fica tênue e vai ficando mais difícil contar desse jeito.
 

Seladonia

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
37.167
Reações
61.087
Pontos
849
Esse "sistema" de numeração das gerações é algo que sempre achei imbecil.
Quem estuda isso pra decorar as coisas ta perdendo tempo de vida.

Quem criou isso foi com base em um minimo de lógica que existiu em algum momento no passado, mas mesmo naquela época era algo que não representava os games com precisão alguma, era uma "maneira de falar" e não uma regra a ser seguida.

DOOM recebeu um port pra SNES, então ele é da 4º geração do SNES?
"PC não conta, só consoles pois eles são jogos de verdade"
Então o FPS mais influente que existiu (junto com vários outros) não conta?





Nunca existiu isso de numerar geração na "vida real".
Se a Sony quiser lançar o PS5 e o PS6 ao mesmo tempo ela faz e ninguém (nenhum governo, órgão regulamentador dos games ou qualquer coisa que imaginar) vai impedir, pois quem manda nisso é o fabricante e ponto final.

Enfim, não percam tempo com essa bobagem.
Isso ai é aquele tipo de coisa inventada que pessoal foi passando pra frente mas nunca deveria ter existido (tipo falar que "jogo envelheceu mal" como se fosse um vinho e não um software), o que existe é a geração de cada console (geração SNES, geração PS1, geração Dreamcast e etc) mas isso ai... é tipo falar que a geração muda a cada placa de vídeo nova que a Nvidia lançar.
 
Ultima Edição:

Uma outra pessoa

Bam-bam-bam
Mensagens
11.095
Reações
7.669
Pontos
484
Agora é geração, com os xbox, playstation e pc e sub-geração, com os consoles nintendos em geral

Gráfico começa a importar novamente
 


Majima-San

Bam-bam-bam
Mensagens
1.914
Reações
5.734
Pontos
303
E pela primeira vez temos consoles na mesma geração do mesmo fabricante sendo que o mais novo é bem mais poderoso que anterior... que dizer... já teve isso antes, mas eles eram add-ons ou versão com CD de um mesmo console...
Embora não exista uma contagem "oficial" de gerações, essa parte em negrito teve exceção também.


Na terceira geração, a Sega lançou dois consoles com potência e bibliotecas diferentes, o SG-1000 e o Master System (também conhecido como Mark III).


Pra mim, o conceito de geração não depende de potência ou intervalo de tempo, e sim, pelo menos para as empresas permanentes no ramo, "momento em que se lança um novo aparelho cuja biblioteca não é compatível com o aparelho anterior".

Exemplo, o que marca a mudança de geração do Sega Saturn para o Dreamcast é o fato de o segundo ter games que não rodam no primeiro, mudando a base de jogadores. Nesse sentido, o PS4 PRO e o Xbox One X (assim como as versões slim) são da mesma geração, é o mesmo videogame, rodando a mesma geração de games, apenas tunado. Nesse caso, o Switch, embora seja lotado de remasters, é outra geração de videogames da Nintendo, no caso a nona.

Essa classificação facilita as coisas, mas ela por exemplo colocaria o Master System como quarta geração da Sega, o Mega Drive na quinta, o Saturn na sexta e o Dreamcast na sétima, sendo que o Dreamcast sequer conviveu com o PS3 e o XBox 360.

Portanto, a regra tem exceção, e em 100% das vezes que isso ocorreu (SG-1000/Master System e WiiU/Switch) a "exceção" se deveu a um fracasso comercial escabroso. Ou seja, se tudo tivesse corrido bem,o SG-1000 continuaria competindo no mercado com o NES e o Atari 7800, como rolou um tropeção e uma queda de boca no chão, ela teve que correr para remendar as calças. Mesma coisa a Nintendo com o Switch.
 

Vaçago

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
13.914
Reações
26.349
Pontos
553
Eu gosto de contar videogames por gerações.
Pra mim tudo que é relacionado ao PS4 e Xbox One (Pro, One X, etc) faz parte da oitava geração.
A Nintendo foi obrigada a quebrar essa contagem devido ao fracasso do WiiU, mas ainda sim o Switch certamente vai ficar marcado como o console "oficial" dessa gen enquanto o WiiU vai ser só uma mancha na história.

Via Tapatalk
 

Rifiguesantos

Bam-bam-bam
Mensagens
2.431
Reações
1.544
Pontos
229
Sim, estamos na 8° Geração com Playstation 4, Xbox One e WiiU, o Switch está na nona geração esperando os novos consoles da Microsoft e Sony

PC é quase um viajante do tempo que transcende todas as gerações, um ases da sabedoria e da superioridade. Capaz até mesmo de copiar ("emular") quase todas essas máquinas dedicadas à jogos.
 

VanHalenBR

Bam-bam-bam
VIP
Mensagens
7.284
Reações
6.716
Pontos
444
Embora não exista uma contagem "oficial" de gerações, essa parte em negrito teve exceção também.


Na terceira geração, a Sega lançou dois consoles com potência e bibliotecas diferentes, o SG-1000 e o Master System (também conhecido como Mark III).


Pra mim, o conceito de geração não depende de potência ou intervalo de tempo, e sim, pelo menos para as empresas permanentes no ramo, "momento em que se lança um novo aparelho cuja biblioteca não é compatível com o aparelho anterior".

Exemplo, o que marca a mudança de geração do Sega Saturn para o Dreamcast é o fato de o segundo ter games que não rodam no primeiro, mudando a base de jogadores. Nesse sentido, o PS4 PRO e o Xbox One X (assim como as versões slim) são da mesma geração, é o mesmo videogame, rodando a mesma geração de games, apenas tunado. Nesse caso, o Switch, embora seja lotado de remasters, é outra geração de videogames da Nintendo, no caso a nona.

Essa classificação facilita as coisas, mas ela por exemplo colocaria o Master System como quarta geração da Sega, o Mega Drive na quinta, o Saturn na sexta e o Dreamcast na sétima, sendo que o Dreamcast sequer conviveu com o PS3 e o XBox 360.

Portanto, a regra tem exceção, e em 100% das vezes que isso ocorreu (SG-1000/Master System e WiiU/Switch) a "exceção" se deveu a um fracasso comercial escabroso. Ou seja, se tudo tivesse corrido bem,o SG-1000 continuaria competindo no mercado com o NES e o Atari 7800, como rolou um tropeção e uma queda de boca no chão, ela teve que correr para remendar as calças. Mesma coisa a Nintendo com o Switch.
putz esqueci umas coisas básicas. ótima reposta!

mas e prob futuro? não se tem impressão que os saltos vai ser menores e consoles vão virar plataformas?
Ao menos parece isso, que a plataforma Xbox (por exemplo) vai mantendo a compatibilidade e evoluindo o Hardware...
 

Renduck

Bam-bam-bam
Mensagens
1.156
Reações
2.850
Pontos
303
Essas coisas acabam valendo por convenção. O problema com a questão das gerações é que isso ta ficando cada vez mais confuso. Principalmente no caso da Nintendo que fracassou com o WiiU e lançou o Switch com pressa matando o WiiU antes do tempo. Pra complicar mais ainda o Switch é um hibrido, daí onde encaixamos ele? Na geração de consoles ou de portateis?

Outra coisa é a nova tendencia dos novos consoles serem mais pra um upgrade de que uma arquitetura completamente nova como era antes.
 

Sol da manhã

Bam-bam-bam
Mensagens
2.137
Reações
2.819
Pontos
293
Essas coisas acabam valendo por convenção. O problema com a questão das gerações é que isso ta ficando cada vez mais confuso. Principalmente no caso da Nintendo que fracassou com o WiiU e lançou o Switch com pressa matando o WiiU antes do tempo. Pra complicar mais ainda o Switch é um hibrido, daí onde encaixamos ele? Na geração de consoles ou de portateis?

Outra coisa é a nova tendencia dos novos consoles serem mais pra um upgrade de que uma arquitetura completamente nova como era antes.
Poderiam fazer uma nova alocação como Portátil Premium, Dock só serve pra jogar imagem então híbrido não é
 

Axel_DM

Bam-bam-bam
Mensagens
3.585
Reações
8.417
Pontos
293
No fim olhando em diversas discussões sobre o assusto, vi que chegou a conclusão que a 8ª geração é definida por: WiiU, Switch, Switch Lite, Playstation 4, Playstation 4 Pro, XBox One, Xbox One S e Xbox One X
Eu não vejo nada demais nisso.Não é de hoje que existem mais de um modelo de console por geração.Eu não acho que as gerações de consoles irão acabar, porém o fator novidade vai diminuir (pelo menos em relação aos gráficos).
 

BigJ

Bam-bam-bam
Mensagens
14.739
Reações
9.489
Pontos
439
Esse lance de separar consoles (e mesmo PCs) por "gerações" é que nem historiador dividindo a, dã, História em períodos. É pra facilitar a compreensão da coisa (no caso, mercado).

E geração, IMHO, não tem nada a ver com tecnologia "equivalente". É basicamente o que estiver no mercado na mesma época.
 

Aigaion

Ei mãe, 500 pontos!
VIP
Mensagens
19.977
Reações
17.719
Pontos
619
É pra facilitar a compreensão da coisa (no caso, mercado).
Sim, compreensão e até mesmo a "conversa".

Batendo em cachorro morto, é mais fácil um desavisado entender a frase: o recém lançado Wii U não é mais potente que os consoles da geração anterior, mesmo estes sendo 7 anos mais velhos.

Se você tiver que entrar nos detalhes de porque a cotação acima e verdadeira, sem citar gerações, tem que comentar do desempenho da CPU, da litografia dela, de como o sistema não faz proveito nos jogos de todos os 2GB de RAM que possui...

É mais rápido fazer a analogia.
 

Kise Ryota

Exploiter Lixoso
VIP
Mensagens
41.768
Reações
56.818
Pontos
909
A Nintendo é que saiu dessa conta.

SONY e MS continuam sincronizadas.

Sobre o lance de gerações, pra mim continua a mesma coisa. Hardware novo será lançado onde o software não roda no hardware antigo (embora o inverso seja possível). A questão vai ser daqui há uns bons anos, se o streaming virar o padrão, aí sim o conceito de geração terá acabado.
 

sebastiao coelho neto

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
12.751
Reações
27.757
Pontos
639
Acho que é o tipo de coisa que vai ficou no passado. Isso de divisões entre gerações só servem para analistas, marqueteiros e fanboys. Afinal, nos PCs e nos portáteis em que geração estamos? Não importa. Já está na hora dos consoles chegarem ao mesmo patamar.
 

YuriLopesXtreme

Bam-bam-bam
Mensagens
2.147
Reações
3.456
Pontos
278
Pessoalmente ficava preso ao tempo de lançamento + jogos novos que não podem ser jogado no anterior,mas quando o Streaming se tornar verdade ou jogos Crossgen durarem por muito tempo(xbox X pode ainda continuar a receber vários jogos no LOW????)..então o conceito estará defasado, mas até lá fica pra exemplificar.

Ps360Wii, Wii recebeu muito mais jogos dos anos 2006/2007 a 2012 do dos anos 2000 a 2007 da sexta geração (ps2gcxbox), classifica ele ao lado dos irmãos HD, já que o GC deixou de receber inúmeros jogos da Nintendo.

Vide o Wii U que conviveu muito mais da sua vida com Ps4 e ONe que com Ps360, ja que o seu antecessor que fez isso(ou tecnicamente deveria), Switch vai acabar convivendo com PS5 e Xbox 4 muito mais que o Ps4One, talvez e claro a Nintendo vai virar Third Party e falir.

A ultima geração de portáteis normal foi a do 3DS e PSVITA, ou dá pra existir uma geração de 1 console só com a suposta conclusão de forumeiros e não a palavra final de quem fabrica e comercializa que tem respaldo da industria e do mercado?, quando se fala de geração pra min vem a mente vários consoles e jogos de determinado época, serve só pra situar contexto.

"Sétima geração, era que jogos Open World cresceram , Call of Duty se tornou gigante , controles de movimentos se consolidaram." algo assim.

Concluindo a quebra é se o PS4 Pro(improvavel), e o Xbox One X(pouca chance), conseguiram acompanhar os jogos da Nextgen em configurações mais modestas, nessa caso acontecue
 

VanHalenBR

Bam-bam-bam
VIP
Mensagens
7.284
Reações
6.716
Pontos
444
Pessoalmente ficava preso ao tempo de lançamento + jogos novos que não podem ser jogado no anterior,mas quando o Streaming se tornar verdade ou jogos Crossgen durarem por muito tempo(xbox X pode ainda continuar a receber vários jogos no LOW????)..então o conceito estará defasado, mas até lá fica pra exemplificar.

Ps360Wii, Wii recebeu muito mais jogos dos anos 2006/2007 a 2012 do dos anos 2000 a 2007 da sexta geração (ps2gcxbox), classifica ele ao lado dos irmãos HD, já que o GC deixou de receber inúmeros jogos da Nintendo.

Vide o Wii U que conviveu muito mais da sua vida com Ps4 e ONe que com Ps360, ja que o seu antecessor que fez isso(ou tecnicamente deveria), Switch vai acabar convivendo com PS5 e Xbox 4 muito mais que o Ps4One, talvez e claro a Nintendo vai virar Third Party e falir.

A ultima geração de portáteis normal foi a do 3DS e PSVITA, ou dá pra existir uma geração de 1 console só com a suposta conclusão de forumeiros e não a palavra final de quem fabrica e comercializa que tem respaldo da industria e do mercado?, quando se fala de geração pra min vem a mente vários consoles e jogos de determinado época, serve só pra situar contexto.

"Sétima geração, era que jogos Open World cresceram , Call of Duty se tornou gigante , controles de movimentos se consolidaram." algo assim.

Concluindo a quebra é se o PS4 Pro(improvavel), e o Xbox One X(pouca chance), conseguiram acompanhar os jogos da Nextgen em configurações mais modestas, nessa caso acontecue
então tem gente achando que a Microsoft vai fazer exatamente isso, o project Scarlett é criar jogos que rodem no novo console e no anterior... talvez não em mídia física, mas sim através do Game Pass.
 
Topo