O que há de Novo?
  • Novo tema VIP está disponível
    Visitante, um novo tema com fundo escuro agora está disponível para aqueles que contribuíram com doações ao fórum e têm o status VIP. Veja os detalhes aqui.


A escola gaúcha está destruindo o futebol brasileiro

tortinhas10

É Nintendo ou nada!
Mensagens
82.092
Reações
175.560
Pontos
979
Bullshit. Zagallo e Parreira são da escola carioca e, embora fossem conservadores – dai a fama mítica de retranqueiro – seus times priorizavam a posse de bola.



Questão de opinião. Considero sim ruim, pois o futebol brasileiro tem qualidade suficiente pra praticar um futebol vertical, vistoso e, ao mesmo tempo, vitorioso que, claro, é de suma importância.

E não é ruim copiar o futebol europeu, pelo contrário, é extremamente positivo e devemos fazer isso, pois estamos estagnados taticamente e em metodologia de treino. Mas o problema foi que copiamos apenas o que de pior tem o futebol europeu como a mentalidade defensivista, ao invés da intensidade de jogo, táticas aprimoradas, metodologias de treinamento, preparo físico e mental, etc. Até muitos europeus abandonaram essa mentalidade.



Se formos ficar aqui decidindo qual jogador é bom e qual não é, isso não teria fim. Mas o fato é que o Brasil sempre produziu ótimos jogadores ofensivos de topo e continua tendo um plantel de destaque quando comparado com outras seleções. Mas claro que já tivemos gerações melhores.
Sim, considero ruim, pois pra mim isso é o anti-futebol e sempre vou advogar contra a mediocridade de ter medo de jogar com a bola. Mas isso é um gosto pessoal, você não precisa concordar.
Sobre a última parte, concordo. Mas não estou atribuindo a culpa somente ao futebol gaúcho, se trata de um conjunto de fatores e isso é apenas um deles que faz parte do processo de deterioração da qualidade de futebol praticado no Brasil e, consequentemente, da atratividade do mesmo.
Ah nao, então quer dizer que ter posse de bola não faz o treinador retranqueiro? Isso sim é copiar a Europa de forma errada.

Se for assim, o Felipão não é retranqueiro, pois o time dele tinha mais posse de bola que todo mundo.

Posse de bola significa nada, eu posso ficar tocando bola na zaga. Aliás, posse de bola não seria um tipo de retranca? Afinal, o objetivo de ter a posse de bola é justamente para não ser atacado.


Como eu disse, de cinco título, três foram com técnicos retranqueiros. Os outros dois títulos foram com um técnico que dormia no banco e os jogadores que escalavam o time (não é mentira).

O Palmeiras ano passado teve o melhor ataque em todas as competições, ficou 30 e poucos jogos invictos. Enquanto treinadores ofensivos como Rogério Ceni, Roger, Diniz e Eduardo Batista só passaram vergonha
 


ptsousa

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
48.716
Reações
133.986
Pontos
814
Discordo totalmente. Vc deve ter visto outro jogo, assim como grande parte dos brasileiros.

Belgica tinha a partida controlada ate o final do primeiro tempo. No segundo tempo o Brasil engoliu a Belgica, foi uma pressao da porra do início ao fim. Os caras so vieram passar do meio de campo la pros 40 e tantos, isso nao é controlar o jogo, é jogar com a bunda na parede.

Faltou sorte como o @tortinhas10 já disse e, além disso, faltou também competência na hora do ultimo chute.

Da uma olhada ai nos scouts do jogo, finalizaçoes 27 x 9 brasil, chances reais 9 x 3 brasil. Nao deu em nada, mas os numeros sao esses aí.

Só de cabeça eu lembro aqui depois do nosso gol: uma chance clara que o Renato Augusto perdeu de cara pro gol, uma do Neymar que o fdp do Courtois foi buscar no angulo, uma do Coutinho que ele tava livre e ele isolou, fora aquele penalti em cima do Gabi Jesus que ate hj eu nao me conformo de nao terem nem ido revisar.
Derrota pra Alemanha o time tomou um sacode porque era infinitamente inferior,a verdade é essa,não porque teve abalo psicológico ; com ou sem isso ia perder do mesmo jeito porque a Alemanha era um time forte,o Brasil tinha jogadores bons mas com uma estratégia de jogo desastrosa que inclusive ficou evidente nos jogos anteriores daquela Copa.

Mesmo depois do "apagão" a Alemanha estava marretando sem parar o Brasil,tocando a bola pra lá e pra cá,indo pro ataque quando queria e interceptando todos passes e jogadas do time brasileiro,foi uma humilhação completa principalmente pela filosofia de jogo,a qualidade técnica e QI dos jogadores alemães.

Em 2010 contra Holanda o time jogou bem mas errou num momento pontual,não ficaram com psicológico comprometido,e em 2006 a seleção também era taticamente inferior a do oponente.

Contra a Bélgica o time poderia muito bem ter ganhado e teve boas chances,dominou a partida no segundo tempo,teve nada disso de "psicológico fraco" dos jogadores não.
Discordarei dos confrades. O Brasil era inferior à Alemanha? Sim, claro. Mas essa mesma Alemanha passou um aperto danado para eliminar a Argélia que, mesmo com 2x0 contra dentro da prorrogação, os argelinos não desistiram, fizeram um gol e ainda tiveram a uma última chance.

Brasil estava tão destruído psicologicamente depois dos 3 gols em 5mins que poderia ter perdido de 10 se os alemães não tivessem tirado o pé no segundo tempo (o que, aliás, já foi dito por diversas pessoas que eles de fato tiraram o pé).

Esse mesmo Brasil já tinha demonstrado essa fraqueza contra o Chile nas oitavas (todos lembramos do Thiago Silva chorando), só que os alemães exploraram melhor.

2010 o time sentiu o baque do gol e não conseguiu reagir, aí veio o segundo gol e matou de vez o psicológico. Era mais time que a Holanda, se coloca a cabeça no lugar tinha empatado e até virado o jogo.


Saber sofrer é mérito de quem tem resilência. Bélgica tava sim com o jogo controlado, IMO, buscando o contra-ataque. Chamar o Brasil fazia parte. Única chance que teve perigosa mesmo foi uma defesaça do Courtois.

Posse de bola, chutes a gol frios dizem algo mas não tudo. Não é como se o Courtois tivesse parado o Brasil.


Citando o meu Botafogo, naquela Liberta, o Botafogo voltou ao Rio aplaudido e reconhecido mesmo após ter sido eliminado pelo Grêmio. Time ali teve postura, perdeu porque o Grêmio foi mais competente mas não faltou em nada postura.

Já em 2007, o time voltou escorraçado após o jogo das calcinhas contra o River Plate justamente porque o time tava ganhando de 2x1 com 1 a mais em campo e foi tomar um gol que o pânico se instaurou, aí os outros 2 gols pregaram o caixão. Foi a maior amarelada do Botafogo na história pra mim, o 7x1 alvinegro.
 

tortinhas10

É Nintendo ou nada!
Mensagens
82.092
Reações
175.560
Pontos
979
Discordarei dos confrades. O Brasil era inferior à Alemanha? Sim, claro. Mas essa mesma Alemanha passou um aperto danado para eliminar a Argélia que, mesmo com 2x0 contra dentro da prorrogação, os argelinos não desistiram, fizeram um gol e ainda tiveram a uma última chance.

Brasil estava tão destruído psicologicamente depois dos 3 gols em 5mins que poderia ter perdido de 10 se os alemães não tivessem tirado o pé no segundo tempo (o que, aliás, já foi dito por diversas pessoas que eles de fato tiraram o pé).

Esse mesmo Brasil já tinha demonstrado essa fraqueza contra o Chile nas oitavas (todos lembramos do Thiago Silva chorando), só que os alemães exploraram melhor.

2010 o time sentiu o baque do gol e não conseguiu reagir, aí veio o segundo gol e matou de vez o psicológico. Era mais time que a Holanda, se coloca a cabeça no lugar tinha empatado e até virado o jogo.


Saber sofrer é mérito de quem tem resilência. Bélgica tava sim com o jogo controlado, IMO, buscando o contra-ataque. Chamar o Brasil fazia parte. Única chance que teve perigosa mesmo foi uma defesaça do Courtois.

Posse de bola, chutes a gol frios dizem algo mas não tudo. Não é como se o Courtois tivesse parado o Brasil.


Citando o meu Botafogo, naquela Liberta, o Botafogo voltou ao Rio aplaudido e reconhecido mesmo após ter sido eliminado pelo Grêmio. Time ali teve postura, perdeu porque o Grêmio foi mais competente mas não faltou em nada postura.

Já em 2007, o time voltou escorraçado após o jogo das calcinhas contra o River Plate justamente porque o time tava ganhando de 2x1 com 1 a mais em campo e foi tomar um gol que o pânico se instaurou, aí os outros 2 gols pregaram o caixão. Foi a maior amarelada do Botafogo na história pra mim, o 7x1 alvinegro.
Defesa acho que tiveram duas, mas tiveram 3 bolas raspando e um pênalti não dado. Só aí são 6 chances perigosas

Enviado de meu Redmi 5 Plus usando o Tapatalk
 

Boboyo²

Bam-bam-bam
Mensagens
950
Reações
2.099
Pontos
248
Saber sofrer é mérito de quem tem resilência. Bélgica tava sim com o jogo controlado, IMO, buscando o contra-ataque. Chamar o Brasil fazia parte.
"Buscando o contra ataque"... Os caras só vieram passar do meio de campo no finalzinho do jogo, quando o Brasil partiu all-out pro ataque KKKK.

Deram 1 chute a gol só. Alisson assistiu o segundo tempo de camarote. Ser dominado do início ao fim de um tempo não é controlar a partida nem aqui nem na China.

Única chance que teve perigosa mesmo foi uma defesaça do Courtois.
Renato Augusto de frente pro crime só ele e o goleiro não é chance perigosa não né? Firmino mandando um bicão dentro da pequena aréa que passou raspando a trave não é perigosa não né? Coutinho FDP livre de cara pro gol na marca penal não é perigosa não né? Fora a defesaça no chute do Neymar que você já citou. Isso tudo só de lances que aconteceram DEPOIS do nosso gol.

Belgica ficou com o cu na mão. Um detalhe diferente e o Brasil teria empatado ou ate mesmo virado aquele jogo. Isso definitivamente não é estar no controle de uma partida!
 

Boboyo²

Bam-bam-bam
Mensagens
950
Reações
2.099
Pontos
248
Única chance que teve perigosa mesmo foi uma defesaça do Courtois.
Olha aí a Belgica controlando a partida, isso só de lances ja com o jogo 2x1.


A defesa dos caras chega ficou perdida, os brasileiros tudo entrando pra finalizar livre, sem marcação alguma.
 

skydog

Bam-bam-bam
Mensagens
4.997
Reações
4.590
Pontos
303
Completando:



Isso me lembra um matéria que de 2018, antes da copa, sobre a Bélgica. Uma das mudanças a longo prazo que gerou essa atual geração belga, foram as categorias de base, onde foi deixado um pouco mais de lado o foco em vencer, e sim no desenvolvimento de jogadores. Minar as chances de um craque virar gabigol ou neymar.
 


Rodrigo Zé do Cx Jr

Lenda da OS desde 2000
VIP
Mensagens
22.550
Reações
28.510
Pontos
609
Não discordo na totalidade, mas o RS está completamente fora do eixo e tem 2 multi campeões, POA até pouco tempo atrás era uma das únicas cidades do mundo com 2 campeões mundiais e só o Grêmio tem mais LA que o estado do RJ inteiro sozinho (idem MG).

Então chupem.
 

Rodrigo Zé do Cx Jr

Lenda da OS desde 2000
VIP
Mensagens
22.550
Reações
28.510
Pontos
609
Sim, ganham. Mas essa mentalidade resultadista, que trouxe um remendo muito mal feito do futebol europeu, está sendo um dos fatores do declínio da nossa qualidade de jogo. Devemos refletir quanto a isso e pensar nas consequências dessa mentalidade, que já estamos sentindo os efeitos, a longo prazo. Você mesmo diz que o futebol está chato por causa dos técnicos que colocam tática acima do futebol, o problema não é os técnicos em si e sim a mentalidade e filosofia de jogo desses técnicos.
Eu concordo, Felipão (última passagem), MM e principalmente Tite foram cânceres por meio desse futebol resultadista, mas Renato Gaúcho manda um abraço.

O próximo técnico é ele ou um estrangeiro, não tem alternativa.
 

GFOLDSCHOOL

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
16.364
Reações
18.138
Pontos
553
Discordarei dos confrades. O Brasil era inferior à Alemanha? Sim, claro. Mas essa mesma Alemanha passou um aperto danado para eliminar a Argélia que, mesmo com 2x0 contra dentro da prorrogação, os argelinos não desistiram, fizeram um gol e ainda tiveram a uma última chance.

Brasil estava tão destruído psicologicamente depois dos 3 gols em 5mins que poderia ter perdido de 10 se os alemães não tivessem tirado o pé no segundo tempo (o que, aliás, já foi dito por diversas pessoas que eles de fato tiraram o pé).

Esse mesmo Brasil já tinha demonstrado essa fraqueza contra o Chile nas oitavas (todos lembramos do Thiago Silva chorando), só que os alemães exploraram melhor.

2010 o time sentiu o baque do gol e não conseguiu reagir, aí veio o segundo gol e matou de vez o psicológico. Era mais time que a Holanda, se coloca a cabeça no lugar tinha empatado e até virado o jogo.


Saber sofrer é mérito de quem tem resilência. Bélgica tava sim com o jogo controlado, IMO, buscando o contra-ataque. Chamar o Brasil fazia parte. Única chance que teve perigosa mesmo foi uma defesaça do Courtois.

Posse de bola, chutes a gol frios dizem algo mas não tudo. Não é como se o Courtois tivesse parado o Brasil.


Citando o meu Botafogo, naquela Liberta, o Botafogo voltou ao Rio aplaudido e reconhecido mesmo após ter sido eliminado pelo Grêmio. Time ali teve postura, perdeu porque o Grêmio foi mais competente mas não faltou em nada postura.

Já em 2007, o time voltou escorraçado após o jogo das calcinhas contra o River Plate justamente porque o time tava ganhando de 2x1 com 1 a mais em campo e foi tomar um gol que o pânico se instaurou, aí os outros 2 gols pregaram o caixão. Foi a maior amarelada do Botafogo na história pra mim, o 7x1 alvinegro.
A seleção da Argélia não tinha um futebol ruim por mais fraca que fosse,já o time do Brasil era um completo desastre mesmo com jogadores bons.
Tinham falhas evidentes na defesa,no setor de criação,no ataque,tava tudo errado.

A Alemanha teve sim dificuldades com times fracos,mas o que ela explorou foi a bagunça na defesa,a inconsistência de David Luiz em lances mais difíceis,os passadores do Brasil que não tinham plano de jogo e quase sempre eram interceptados,e por aí vai.
Não vou negar que houve abalo psicológico também,mas é mais uma consequência daquele time incompetente do que a causa.

Discordo do.jogo em 2010,inclusive o Brasil continuou sendo perigoso no ataque,sentiu os gols porque a Holanda era também superior,com Sneidjer fazendo a diferença no meiocampo.

Errado,no jogo contra a Bélgica,no segundo tempo,inclusive teve umas 2 ou 3 bola na trave do Brasil,lances perigosos foram criados quando Firmino entrou pro jogo,Douglas Costa foi perigoso contra o time belga tbm,dava até pra ter virado o jogo.
Qual o abalo psicológico nesse caso?
Sem contar que os jogadores nem saíram cabisbaixos após o jogo ,claro que estavam tristes por terem sido eliminados mas nada fora do comum.

Quanto ao Botafogo não tenho propriedade pra falar,então prefiro não opinar.
 

GFOLDSCHOOL

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
16.364
Reações
18.138
Pontos
553
Neymar sempre faz boas partidas, o problema é que ele não joga.

Ficou de fora dos ultimos 2 mata-mata da Champions. Na fase de grupos tinha destruido o Liverpool. Ficou de fora do PSG, voltou fazendo gol por cobertura (e o time conseguiu perder o jogo)...

Ele tem 58 jogos e 51 gols no PSG, fora as assistências.
Ali eu tava falando sobre ele na seleção (partidas mais recentes) mas esqueci de especificar.

Quanto a ele nos clubes você está certo,tem ótima regularidade mesmo sofrendo com as lesões.
 

tortinhas10

É Nintendo ou nada!
Mensagens
82.092
Reações
175.560
Pontos
979
Isso me lembra um matéria que de 2018, antes da copa, sobre a Bélgica. Uma das mudanças a longo prazo que gerou essa atual geração belga, foram as categorias de base, onde foi deixado um pouco mais de lado o foco em vencer, e sim no desenvolvimento de jogadores. Minar as chances de um craque virar gabigol ou neymar.
Como assim minar as chances de um craque virar o Gabigol ou o Neymar? Já começa que o Gabigol não é craque e já começa que a Bélgica não tem nenhum craque

Enviado de meu Redmi 5 Plus usando o Tapatalk
 

skydog

Bam-bam-bam
Mensagens
4.997
Reações
4.590
Pontos
303
Como assim minar as chances de um craque virar o Gabigol ou o Neymar? Já começa que o Gabigol não é craque e já começa que a Bélgica não tem nenhum craque

Enviado de meu Redmi 5 Plus usando o Tapatalk
Troque o craque por promessa.

Enviado de meu Mi A2 usando o Tapatalk
 

Don Toreno

Bam-bam-bam
Mensagens
3.297
Reações
4.095
Pontos
303
Ah nao, então quer dizer que ter posse de bola não faz o treinador retranqueiro? Isso sim é copiar a Europa de forma errada.

Se for assim, o Felipão não é retranqueiro, pois o time dele tinha mais posse de bola que todo mundo.

Posse de bola significa nada, eu posso ficar tocando bola na zaga. Aliás, posse de bola não seria um tipo de retranca? Afinal, o objetivo de ter a posse de bola é justamente para não ser atacado.


Como eu disse, de cinco título, três foram com técnicos retranqueiros. Os outros dois títulos foram com um técnico que dormia no banco e os jogadores que escalavam o time (não é mentira).

O Palmeiras ano passado teve o melhor ataque em todas as competições, ficou 30 e poucos jogos invictos. Enquanto treinadores ofensivos como Rogério Ceni, Roger, Diniz e Eduardo Batista só passaram vergonha

Posse de bola com Cuca: 53%
Com Felipão: 47%
Todas as médias ofensivas caíram :kkk
Você está limitando a discussão apenas a retranca e não é só isso, é também o futebol pragmático, burocrático.

Não, não foram. Isso é lenda da época.


Tipo quais?
Os melhores que consigo pensar são Neymar,Firmino e Gabriel Jesus.
Os bons mesmo são esses.
Talvez dê pra enquadrar um ou outro tipo o Coutinho ou Lucas Moura,mas é isso.
E tirando o Firmino,os outros são muito inconsistentes.
Jogam partidas boas e do nada começam a pipocar.

Mas não existe essa de medo de jogar com a bola em um time que foca na defesa, pelo menos não nos mais eficientes.
Geralmente usa-se massivamente contra ataques pra fazer gols,e muitos times conseguem um bom número de gols e chances criadas assim.

Contra ataques são tão perigosos pro time que está defendendo quanto pro que está atacando,pois se o contra ataque sai errado o time que intercepta a bola vai pegar um meio de campo livre e uma defesa desarrumada ou em menor número,ou seja,é um contra ataque em cima de outro.

O que é antifutebol é simplesmente ficar paradão na defesa sem atacar quase nenhuma vez.
Infelizmente é o que muito treinador brasileiro entende errado desses times europeus,onde apenas os times que tem elencos modestos utilizam, justamente pela limitação.
Você acha pouco? A maioria das outras seleções quando possuem um ou dois jogadores com essa característica de ser agudo e criativo já é muito.
Douglas Costa e William também são muito bons e fazem parte disso. Ainda temos uma nova geração surgindo com Everton Cebolinha, Vinícius Jr., David Neres e Richarlison que podem vir a se tornar grandes jogadores do tipo.
Eu discordo de você quanto ao futebol reativo, focado em contra-ataques, considerando-o pobre, chato, pragmático e burocrático. Mas se te agrada, não tem problema. Pra mim, vai continuar sendo um male pro nosso futebol.
 

tortinhas10

É Nintendo ou nada!
Mensagens
82.092
Reações
175.560
Pontos
979

Posse de bola com Cuca: 53%
Com Felipão: 47%
Todas as médias ofensivas caíram :kkk
Você está limitando a discussão apenas a retranca e não é só isso, é também o futebol pragmático, burocrático.

Não, não foram. Isso é lenda da época.




Você acha pouco? A maioria das outras seleções quando possuem um ou dois jogadores com essa característica de ser agudo e criativo já é muito.
Douglas Costa e William também são muito bons e fazem parte disso. Ainda temos uma nova geração surgindo com Everton Cebolinha, Vinícius Jr., David Neres e Richarlison que podem vir a se tornar grandes jogadores do tipo.
Eu discordo de você quanto ao futebol reativo, focado em contra-ataques, considerando-o pobre, chato, pragmático e burocrático. Mas se te agrada, não tem problema. Pra mim, vai continuar sendo um male pro nosso futebol.
Tá, então se eu pegar alguém com uma média melhor que o cuca, isso significa que o cuca é retranqueiro?

E sim, Zagallo e parreira eram retranqueiros. Na época do Zagallo ele fazia o ponta voltar para marcar.

Enviado de meu Redmi 5 Plus usando o Tapatalk
 

Don Toreno

Bam-bam-bam
Mensagens
3.297
Reações
4.095
Pontos
303
Tá, então se eu pegar alguém com uma média melhor que o cuca, isso significa que o cuca é retranqueiro?

E sim, Zagallo e parreira eram retranqueiros. Na época do Zagallo ele fazia o ponta voltar para marcar.

Enviado de meu Redmi 5 Plus usando o Tapatalk
Minha Nossa Senhora...
 

Ultima Weapon

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
17.122
Reações
15.695
Pontos
629
Futebol gaúcho, apesar de ainda ser disparadamente o melhor e mais importante do país, está deteriorado há muito tempo. Entrou em campo com menos do que 3 volantes brucutus já desconfio, muita faceirice pra pouca truculência.
 

tortinhas10

É Nintendo ou nada!
Mensagens
82.092
Reações
175.560
Pontos
979
Minha Nossa Senhora...
Na Europa é lindo o futebol tático do Mourinho, do Simeone, Itália. Chega no Brasil e é feio ganhar assim.


Jogar sempre buscando o gol é ofensividade, jogar por posse de bola é retranca (só que aceita, pois os estudiosos depois gozam ao olhar as estatísticas)

Enviado de meu Redmi 5 Plus usando o Tapatalk
 

Grand Rapids

Bam-bam-bam
Mensagens
3.919
Reações
4.276
Pontos
303
Futebol é isso, é resultado. Brasil é penta e os dois últimos títulos foram de escolas retranqueiras. Tem que agradecer.

O brasil não ganha mais nada porque não forma mais craques, mais jogadores com psicológico bom, tem nada a ver com o sistema de jogo. Se o time de 2002 jogasse a próxima copa, seria campeão com o Felipão de novo.

Holanda joga para frente e não ganha absolutamente nada. Argentina joga na retranca e chegou em final de copa do mundo.

Problema do Brasil é outro, tem nada a ver com o estilo de jogo. E futebol é momento, nada é para sempre.
Argentina é cheia de craques e não ganha nada.
 

Grand Rapids

Bam-bam-bam
Mensagens
3.919
Reações
4.276
Pontos
303
Futebol gaúcho, apesar de ainda ser disparadamente o melhor e mais importante do país, está deteriorado há muito tempo. Entrou em campo com menos do que 3 volantes brucutus já desconfio, muita faceirice pra pouca truculência.
KKKKKKKKKKK Mais importante onde? Talvez em termos de técnicos, em termos de clubes somandos todos os times tem míseros 5 campeonato brasileiros.
 

GFOLDSCHOOL

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
16.364
Reações
18.138
Pontos
553

Posse de bola com Cuca: 53%
Com Felipão: 47%
Todas as médias ofensivas caíram :kkk
Você está limitando a discussão apenas a retranca e não é só isso, é também o futebol pragmático, burocrático.

Não, não foram. Isso é lenda da época.




Você acha pouco? A maioria das outras seleções quando possuem um ou dois jogadores com essa característica de ser agudo e criativo já é muito.
Douglas Costa e William também são muito bons e fazem parte disso. Ainda temos uma nova geração surgindo com Everton Cebolinha, Vinícius Jr., David Neres e Richarlison que podem vir a se tornar grandes jogadores do tipo.
Eu discordo de você quanto ao futebol reativo, focado em contra-ataques, considerando-o pobre, chato, pragmático e burocrático. Mas se te agrada, não tem problema. Pra mim, vai continuar sendo um male pro nosso futebol.
William é um jogador mediano que não tem QI suficiente pra atuar em alto nível,apesar de ter sim,técnica,e vive de lampejos,é um jogador inconsistente.

Douglas Costa é um bom jogador,habilidoso mas não é mais do que isso.

Desses outros apenas o David Neres mostrou serviço em pouco tempo e já deu pra ver que joga muito,os outros são bons mas ainda não são lá grandes coisas.

Eu não curto o futebol nesse estilo,sempre compactuei com o estilo de jogo do Zidane no Real ou Guardiola em seu age no Barcelona,também o Alex Ferguson quando meu time era forte,curiosamente são estilos de jogo bastante ofensivos que dependem bastante do setor de criação para criar as jogadas.
Mas nunca que eu acho ruim o futebol por contrataques.

Novamente,tu tá fazendo uma suposição de baseando no que os times brasileiros fazem,ou melhor, a ideia errada que eles tiveram do futebol europeu.
Se tu pegar os grandes treinadores que jogam massivamente com contra ataques vai ver que vários são até melhor no setor ofensivo do que os times que não se focam tanto nesse aspecto.

Argentina é cheia de craques e não ganha nada.
Só no ataque né,meio de campo e defesa são extremamente deficientes e deixam uma tarefa árdua pros jogadores de frente (é tanto que o Messi tem que voltar lá atrás no campo pra distribuir o jogo porque senão a bola nem chega no ataque direito).
 

tortinhas10

É Nintendo ou nada!
Mensagens
82.092
Reações
175.560
Pontos
979
William é um jogador mediano que não tem QI suficiente pra atuar em alto nível,apesar de ter sim,técnica,e vive de lampejos,é um jogador inconsistente.

Douglas Costa é um bom jogador,habilidoso mas não é mais do que isso.

Desses outros apenas o David Neres mostrou serviço em pouco tempo e já deu pra ver que joga muito,os outros são bons mas ainda não são lá grandes coisas.

Eu não curto o futebol nesse estilo,sempre compactuei com o estilo de jogo do Zidane no Real ou Guardiola em seu age no Barcelona,também o Alex Ferguson quando meu time era forte,curiosamente são estilos de jogo bastante ofensivos que dependem bastante do setor de criação para criar as jogadas.
Mas nunca que eu acho ruim o futebol por contrataques.

Novamente,tu tá fazendo uma suposição de baseando no que os times brasileiros fazem,ou melhor, a ideia errada que eles tiveram do futebol europeu.
Se tu pegar os grandes treinadores que jogam massivamente com contra ataques vai ver que vários são até melhor no setor ofensivo do que os times que não se focam tanto nesse aspecto.


Só no ataque né,meio de campo e defesa são extremamente deficientes e deixam uma tarefa árdua pros jogadores de frente (é tanto que o Messi tem que voltar lá atrás no campo pra distribuir o jogo porque senão a bola nem chega no ataque direito).
Ancelotti foi monstro no real

Enviado de meu Redmi 5 Plus usando o Tapatalk
 

GFOLDSCHOOL

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
16.364
Reações
18.138
Pontos
553
Bom jogador, mas nem é o melhor do time.
Tá louco Tortas,top 5 em dribles no mundo,cria muitas chances de gol (mesmo naquele fudido do Chelsea ele fazia isso),da muitas assistências,chuta bem pra caramba,tem bastante QI,joga limpo e volta pra marcar também.

Ele só teve uma temporada ruim e uma outra mediana,mas atualmente acho ele melhor que o Neymar por exemplo,principalmente porque jogou em alto nível no melhor campeonato do mundo.
Até agora considero ele um craque sim,não é um mero jogador (não é a toa que o Real tava querendo compra-lo há um tempão).
 

tortinhas10

É Nintendo ou nada!
Mensagens
82.092
Reações
175.560
Pontos
979
Tá louco Tortas,top 5 em dribles no mundo,cria muitas chances de gol (mesmo naquele fudido do Chelsea ele fazia isso),da muitas assistências,chuta bem pra caramba,tem bastante QI,joga limpo e volta pra marcar também.

Ele só teve uma temporada ruim e uma outra mediana,mas atualmente acho ele melhor que o Neymar por exemplo,principalmente porque jogou em alto nível no melhor campeonato do mundo.
Até agora considero ele um craque sim,não é um mero jogador (não é a toa que o Real tava querendo compra-lo há um tempão).

Maluco tá mais gordo que o sjneider.


Ótimo jogador, mas nunca decidiu uma Champions, por exemplo .

Craque, vale lembrar, é jogador que realmente é craque, diferenciado. É um nível acima.

Hazard tá pau a pau com Ibra, que também foi um excelente jogador (de nacionais).
 

Grand Rapids

Bam-bam-bam
Mensagens
3.919
Reações
4.276
Pontos
303
Em títulos também tá na frente, são 2,5 títulos de Libertadores por clube grande por exemplo.
Se for por essa lógica o futebol uruguaio é monstruoso.

O futebol mineiro é maior que o carioca? Por essa lógica sua de títulos de libertadores por clube grande o futebol minero amassa o carioca. Eu não acho o futebol mineiro(e nem o gaúcho) maiores que o carioca.
 

GFOLDSCHOOL

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
16.364
Reações
18.138
Pontos
553
Maluco tá mais gordo que o sjneider.


Ótimo jogador, mas nunca decidiu uma Champions, por exemplo .

Craque, vale lembrar, é jogador que realmente é craque, diferenciado. É um nível acima.

Hazard tá pau a pau com Ibra, que também foi um excelente jogador (de nacionais).
Com aquele time do Chelsea não tinha como chegar peitando os times da Champions.
Mas dá pra falar que ele é excelente jogador tbm,então whatever.
 

GFOLDSCHOOL

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
16.364
Reações
18.138
Pontos
553
Se for por essa lógica o futebol uruguaio é monstruoso.

O futebol mineiro é maior que o carioca? Por essa lógica sua de títulos de libertadores por clube grande o futebol minero amassa o carioca. Eu não acho o futebol mineiro(e nem o gaúcho) maiores que o carioca.
No fim das contas tanto faz qual desses é melhor,tá tudo mais ou menos no mesmo nível hj em dia,campeonato fraco nivelado por baixo.

O campeonato uruguaio eu não sei,mas a seleção tem um time bacana tbm,só não sei como pipocou na copa América.
 

Grand Rapids

Bam-bam-bam
Mensagens
3.919
Reações
4.276
Pontos
303
No fim das contas tanto faz qual desses é melhor,tá tudo mais ou menos no mesmo nível hj em dia,campeonato fraco nivelado por baixo.

O campeonato uruguaio eu não sei,mas a seleção tem um time bacana tbm,só não sei como pipocou na copa América.
Sim, mas não vejo sentido nenhum o cara falar que futebol gaúcho é o maior do Brasil, não é e nem nunca foi. Além de tudo tem contribuições pequenas para a seleção brasileira. O Internacional por exemplo, nunca cedeu jogador que foi campeão da copa do mundo pra seleção. O maior futebol do país é o paulista, tem nem comparação. Depois vem o carioca, o gaúcho está acima do futebol mineiro só porque o Cruzeiro carrega MG "sozinho", mas em termos de contribuição pra seleção o futebol gaúcho perde até para o mineiro também.
 
Topo