O que há de Novo?
  • Anunciando os planos GOLD no Fórum Outer Space
    Visitante, agora você pode ajudar o Fórum Outer Space e receber alguns recursos exclusivos, incluindo navegação sem anúncios e dois temas exclusivos. Veja os detalhes aqui.

Adolescente invade creche e mata crianças e professoras em SC

Chris Redfield jr

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
32.931
Reações
89.308
Pontos
829
Na manhã desta terça-feira, 4, um jovem invadiu uma escola e matou professoras e crianças à facão no município de Saudades, no Oeste catarinense.

De acordo com informações preliminares do Corpo de Bombeiros, duas crianças e duas professoras morreram na hora. Além destes, outros feridos foram encaminhados ao hospital.

O caso foi atendido pela Polícia Militar de Chapecó. O suspeito, um adolescente de idade não revelada, ficou gravemente ferido e foi conduzido ao município de Pinhalzinho.

A Escola Infantil Pró-Infância Aquarela, vítima do atentado atende alunos do berçário, até três anos.

Não há confirmação sobre a quantidade de vítimas fatais ou feridos no atentado.

A ocorrência segue em andamento.

185826
185827




Lamentáveo.
 




Killer Queen

Bam-bam-bam
Mensagens
2.272
Reações
1.308
Pontos
239
o vagabundo morreu?
Sou a favor de tortura pra esses casos.
Outro dia foi um guarda que ateou fogo nas crianças.
Já to começando a favor de professor armado na sala se aula.


Enviado do meu iPhone usando Tapatalk
Por mim todo mundo poderia andar armado, cada local privado com suas regras. Não esqueço de uma congregação cristã nos EUA que o cara subiu ao palco, sacou uma arma e ainda levou uns segundos para começar a atirar, acho que ninguém acreditou muito no que estava acontecendo, mas no momento que ele atirou já havia 5 fiéis mirando a arma contra ele e atiraram nele, impedindo que houvesse um massacre.

É muito difícil evitar de se iniciar uma agressão assim, mas com pessoas armadas no recinto a dificuldade de se escalar a agressão é bem maior.
Que o criminoso pague proporcionalmente a este ataque.
 

Doydis

Bam-bam-bam
Mensagens
7.960
Reações
12.791
Pontos
394
Alguém me explica como que um estranho entra tão facilmente numa creche assim? O mínimo do mínimo era portaria eletrônica, guardas e vigia eletrônica.
O mínimo que se espera é de ninguém pensar em entrar nos lugares com intenção de assassinar pessoas também. Ainda mais crianças!

Quero muito que o caso repercute bastante, mas sei que só seria se o meliante tivesse usado arma de fogo, o que é uma pena.
 

Killer Queen

Bam-bam-bam
Mensagens
2.272
Reações
1.308
Pontos
239
E ainda querem liberar armas, imagina o estrago que teria feito se tivesse armado
É, vamos regular quem pode fabricar, vender e portar facões. Se não tiver licença estatal para ter um facão, coloca na prisão pelo crime sem vítima e sem dano objetivo de ter um objeto em sua posse.

Pensando bem, vamos também regular quem pode ter martelo, já que dá para matar alguém a marteladas. Ah, e se a pessoa matou alguém aos socos e pontapés? Melhor todo mundo andar com mãos e pés amarrados, só quem tiver licença para andar com mãos e pés soltos é que terão a liberdade para fazê-lo. Genial, filho, já foi tirar sua carteirinha estatal para poder portar uma caneta hoje?
 

Killer Queen

Bam-bam-bam
Mensagens
2.272
Reações
1.308
Pontos
239
E ainda querem liberar armas, imagina o estrago que teria feito se tivesse armado
E está funcionando muito bem a regulação estatal, vide os 27 mil inocentes mortos por arma de fogo só em 2019 em território nacional. Você tem algum argumento válido para ser contra armas ou só sobra coragem para risadinha?
 

NEOMATRIX

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
40.295
Reações
41.244
Pontos
909
Por mim todo mundo poderia andar armado, cada local privado com suas regras. Não esqueço de uma congregação cristã nos EUA que o cara subiu ao palco, sacou uma arma e ainda levou uns segundos para começar a atirar, acho que ninguém acreditou muito no que estava acontecendo, mas no momento que ele atirou já havia 5 fiéis mirando a arma contra ele e atiraram nele, impedindo que houvesse um massacre.

É muito difícil evitar de se iniciar uma agressão assim, mas com pessoas armadas no recinto a dificuldade de se escalar a agressão é bem maior.
Que o criminoso pague proporcionalmente a este ataque.
Acho que todo mundo deveria ter direito de tentar ter uma arma mas não de ter e explico.
Da mesma forma como acho que qq pessoa maior de 18a pode ter direito a tentar a habilitação, isso deve ser avaliado com muito cuidado porque o mal uso tanto do carro, quanto da arma pode trazer riscos a terceiros e o brasileiro tem dificuldade em usufruir desses recursos com responsabilidade.
Quando falei da professora, entendo que ela deve ter um estudo severo , que vai desde a condição psíquica, social , e adquirir habilidades de defesa pessoal também, assim como uma policial.
Quero ver um moleque imbecil desses entrar numa delegacia armado



Enviado do meu iPhone usando Tapatalk
 
Ultima Edição:

tiagobronson

We've adopted Satan!
VIP
Mensagens
10.463
Reações
34.135
Pontos
659
Pessoas matam pessoas, não importa o instrumento.

Quando o cabra tá pra matar alguém até a faquinha de rocambole faz o serviço.

Colocar o papo de desarmamento num tópico desses é de uma cabaçada monstra, tinha que ser o virjão mesmo!
 

NEOMATRIX

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
40.295
Reações
41.244
Pontos
909
Voltando ao caso, o cramunhão foi preso?


Enviado do meu iPhone usando Tapatalk
 

Killer Queen

Bam-bam-bam
Mensagens
2.272
Reações
1.308
Pontos
239
Acho que todo mundo deveria ter direito de tentar ter uma arma mas não de ter e explico.
Da mesma forma como acho que qq pessoa maior de 18a pode ter direito a tentar a habilitação, isso deve ser avaliado com muito cuidado porque o mal uso tanto do carro, quanto da arma pode trazer riscos a terceiros e o brasileiro tem dificuldade em usufruir desses recursos com responsabilidade.
Quando falei da professora, entendo que ela deve ter um estudo severo , que vai desde a condição psíquica, social , e adquirir habilidades de defesa pessoal também.


Enviado do meu iPhone usando Tapatalk
Entendo sua posição do ponto de vista estatal, onde se visa o controle de cada ser humano, impedindo a liberdade de se fazer coisas desde que não cause dano objetivo a indivíduos pacíficos, para fins de se evitar que pessoas cometam crimes ou supostos crimes (dano subjetivo). Acontece que leis não previnem crimes, somente enquadram sob um conjunto de regras a possível punição daqueles que os cometem. E a questão do risco é subjetivo, se não é algo iminente, não há dano objetivo. É bem diferente andar com uma arma de fogo na mão junto ao corpo, abaixada, do que andar apontando a arma para pessoas com dedo no gatilho, por exemplo.

Sob o estado, quem avalia se alguém pode dirigir, portar uma arma ou exercer uma profissão como professora de creche é um agente estatal ou entidade que segue regras estatais. A avaliação com certeza se baseia em fatores concretos e fatores subjetivos e, pessoas podem falhar na avaliação de quem pode portar armas ou dirigir em vias públicas. Acontece que o estado não arca com os erros cometidos nestas avaliações, nós é que pagamos. Há muitas pessoas dirigindo que muitos de nós acreditamos que não deveriam, da mesma forma com armas de fogo. Quem for lesado por pessoas que foram habilitadas sob a tutela estatal pagarão com as próprias vidas ou ainda com indenizações pagas pelo estado, que adivinhe, são pagas com dinheiro que você já foi roubado através de impostos. Isso sem contar que pagamos a estadia desses criminosos na cadeia da mesma maneira.

No caso da ausência do estado, empresas privadas teriam o incentivo financeiro de serem boas avaliadoras de quem é capaz ou não portar armas ou dirigir, isso tudo ainda passando pelo crivo do dono da propriedade privada no qual o avaliado poderá ou não ser aceito para exercer seu porte ou habilitação. Caso ele cause danos, não só ele será acionado através da justiça privada, como quem atestou a aptidão dele e até mesmo o dono da propriedade privada no qual o fato ocorreu.

Hoje você é praticamente obrigado a conviver com pessoas inaptas em qualquer coisa, já que não há incentivo para que haja menos risco, na verdade isto beneficia aos agentes estatais já que causa dependência da população a eles, incentivado pela terceirização da responsabilidade individual, seja em espaço dito "público" ou espaço privado com regras estatais.

Meu ponto é, afinal, que deveríamos ter a liberdade de fazer tudo aquilo que quisermos desde que não se cause dano objetivo a inocentes. E a mera existência do estado impede isto, facilitando como fatos horríveis como este ataque à creche aconteçam sem possibilidade de defesa.
 

slashf

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
18.809
Reações
30.334
Pontos
553
Que m****. Mas se ele sobreviver não vai longe não.
Colégios infelizmente são muito fracos de segurança. Meu colégio mesmo tinha um guardinha aposentado. E não fazia grandes coisas
 

NEOMATRIX

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
40.295
Reações
41.244
Pontos
909
Ele quase se decaptou. O facão cortou a garganta. Tá gravíssimo no hospital.
Rezo pra ele sobreviver.
E possa pagar pelas barbaridades dentro de uma cadeia e no fim haja uma rebelião pra ai sim ele ter um final feliz


Enviado do meu iPhone usando Tapatalk
 

NEOMATRIX

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
40.295
Reações
41.244
Pontos
909
Entendo sua posição do ponto de vista estatal, onde se visa o controle de cada ser humano, impedindo a liberdade de se fazer coisas desde que não cause dano objetivo a indivíduos pacíficos, para fins de se evitar que pessoas cometam crimes ou supostos crimes (dano subjetivo). Acontece que leis não previnem crimes, somente enquadram sob um conjunto de regras a possível punição daqueles que os cometem. E a questão do risco é subjetivo, se não é algo iminente, não há dano objetivo. É bem diferente andar com uma arma de fogo na mão junto ao corpo, abaixada, do que andar apontando a arma para pessoas com dedo no gatilho, por exemplo.

Sob o estado, quem avalia se alguém pode dirigir, portar uma arma ou exercer uma profissão como professora de creche é um agente estatal ou entidade que segue regras estatais. A avaliação com certeza se baseia em fatores concretos e fatores subjetivos e, pessoas podem falhar na avaliação de quem pode portar armas ou dirigir em vias públicas. Acontece que o estado não arca com os erros cometidos nestas avaliações, nós é que pagamos. Há muitas pessoas dirigindo que muitos de nós acreditamos que não deveriam, da mesma forma com armas de fogo. Quem for lesado por pessoas que foram habilitadas sob a tutela estatal pagarão com as próprias vidas ou ainda com indenizações pagas pelo estado, que adivinhe, são pagas com dinheiro que você já foi roubado através de impostos. Isso sem contar que pagamos a estadia desses criminosos na cadeia da mesma maneira.

No caso da ausência do estado, empresas privadas teriam o incentivo financeiro de serem boas avaliadoras de quem é capaz ou não portar armas ou dirigir, isso tudo ainda passando pelo crivo do dono da propriedade privada no qual o avaliado poderá ou não ser aceito para exercer seu porte ou habilitação. Caso ele cause danos, não só ele será acionado através da justiça privada, como quem atestou a aptidão dele e até mesmo o dono da propriedade privada no qual o fato ocorreu.

Hoje você é praticamente obrigado a conviver com pessoas inaptas em qualquer coisa, já que não há incentivo para que haja menos risco, na verdade isto beneficia aos agentes estatais já que causa dependência da população a eles, incentivado pela terceirização da responsabilidade individual, seja em espaço dito "público" ou espaço privado com regras estatais.

Meu ponto é, afinal, que deveríamos ter a liberdade de fazer tudo aquilo que quisermos desde que não se cause dano objetivo a inocentes. E a mera existência do estado impede isto, facilitando como fatos horríveis como este ataque à creche aconteçam sem possibilidade de defesa.
o problema é isso aqui virar um bangue-bangue


Enviado do meu iPhone usando Tapatalk
 

Jäger_BR

Bam-bam-bam
Mensagens
7.345
Reações
24.897
Pontos
394
Rezo pra ele sobreviver.
E possa pagar pelas barbaridades dentro de uma cadeia e no fim haja uma rebelião pra ai sim ele ter um final feliz


Enviado do meu iPhone usando Tapatalk
Não vai, bicho. Vc ta no Brasil. Vai ser considerado inapto, adotado por uma assistente social lacradora e vai viver numa cela até com videogame.

Champinha manda abraço
 

Jäger_BR

Bam-bam-bam
Mensagens
7.345
Reações
24.897
Pontos
394
18 anos já não é aborrecente a muito tempo, aliás.

As matérias dizendo que se trata de um "jovem" dá realmente essa impressão, mas com 18 anos já se é um homem feito.
Com essa imbecilizacao dos jovens, é adolescente até os 30 anos. Igual USER aqui que mora com a mamãe e paga de radical revoltz na Internet
 
Topo Fundo