O que há de Novo?
  • Novo tema VIP está disponível
    Visitante, um novo tema com fundo escuro agora está disponível para aqueles que contribuíram com doações ao fórum e têm o status VIP. Veja os detalhes aqui.


Alguém aqui desenvolve para WEB e Mobile?

milkflame

Bam-bam-bam
Mensagens
3.097
Reações
5.729
Pontos
303
Esquece framework cara, isso é só pra vender curso, se a pessoa não domina a linguagem pura não devia nem encostar em framework.

Estou fazendo o freeCodeCamp, cobre muito bem o JS, e cuidado com cursos, se é um moleque de menos que sua idade vendendo o curso desconfie, tá cheio de script kiddie vendendo curso sem experiência suficiente pra ensinar.
 


milkflame

Bam-bam-bam
Mensagens
3.097
Reações
5.729
Pontos
303
Por enquanto só fiz umas telinhas bobas, ainda não peguei no médio nem no pesado, mas vou aprender só o básico para continuar pegando projetos da agência.
Tá complicado sobreviver apenas com PHP e HTML/CSS/JS. Mas meu sonho mesmo é migrar pro java e tentar ganhar mais.
Php tem quase 50% mais de vagas que Node por exemplo. Você fez graduação? Vejo você reclamando direto, mas Php é o maior mercado do Brasil junto de Java e C# talvez.
 

CidoLoco

Bam-bam-bam
VIP
Mensagens
3.053
Reações
1.882
Pontos
254
O lance do full stack é sonho de empresa arrombada que vai ler sobre método ágil e não entende a questão de multidisciplinaridade. Eles acham que um time multidisciplinar é um time onde todo mundo tem que saber fazer tudo, e isso tá errado. Eu não sou da área de dev, sou da área de qa e algo semelhante acontece com teste: eles querem uma pessoa que domine teste manual, regra de negócio, automação, teste de performance, segurança, devops, boquete e cafezinho.

Ironicamente hoje em dia eu trabalho em um projeto em que todo mundo é full stack, mas o front-end é uma bosta porque os cara são tudo especializado em back-end e tão cagando pra front-end.

Uma coisa é o cara de back-end poder quebrar um galho no front-end, outra coisa é achar que ele vai fazer um trabalho tão bom quanto alguém especializado e cobrar isso.

Esses dias eu vi uma vaga de "full stack júnior". Dei umas risadas hehehe.
 

milkflame

Bam-bam-bam
Mensagens
3.097
Reações
5.729
Pontos
303
O lance do full stack é sonho de empresa arrombada que vai ler sobre método ágil e não entende a questão de multidisciplinaridade. Eles acham que um time multidisciplinar é um time onde todo mundo tem que saber fazer tudo, e isso tá errado. Eu não sou da área de dev, sou da área de qa e algo semelhante acontece com teste: eles querem uma pessoa que domine teste manual, regra de negócio, automação, teste de performance, segurança, devops, boquete e cafezinho.

Ironicamente hoje em dia eu trabalho em um projeto em que todo mundo é full stack, mas o front-end é uma bosta porque os cara são tudo especializado em back-end e tão cagando pra front-end.

Uma coisa é o cara de back-end poder quebrar um galho no front-end, outra coisa é achar que ele vai fazer um trabalho tão bom quanto alguém especializado e cobrar isso.

Esses dias eu vi uma vaga de "full stack júnior". Dei umas risadas hehehe.
Maior false flag da industria é o tal do fullstack(pato), a regra geral da vida é que pra você ser bom em algo você precisa praticar muito algo, se especializar. Alguém pode ser fullstack? Claro, mas não como junior, isso é vaga arrombada, dominar uma stack e ser bom é coisa de uns 5 anos, até porque quando o novo framework modinha surgi os caras vão morrer na praia? Principalmente os fullstack JavaScript né que todos os dias aparece algo novo, é falta de bom senso.

Fullstack pra mim é html, CSS, JS e uma linguagem de gosto pessoal no back.
 

Macaco Louco

Bam-bam-bam
Mensagens
1.378
Reações
1.052
Pontos
208
O que me assustou foi a complexidade do desenvolvimento web. Quando fazia graduação jogava regra de negócio na interface, fazia um código macarrão em php e jogava lá funcionando. Era o comum.

O padrão MVC já existia, mas era usado mais em aplicação desktop, para web era uma zona. Lembro que quando surgiu o Zend começou a ficar um pouco melhor. O Java ainda engatinhava, e o pessoal falava com entusiasmo que rodava até em geladeira.

Não sei, mas acho que no futuro as páginas web e as App vão ser a mesma coisa. Hoje em dia ainda existe a divisão, até mesmo em framework, como React e React Native, mas no futuro acredito que esta divisão vai cair. O que vocês acham?

Quando estava construindo um site em React, a impressão que tive foi: na verdade estou construindo um App! Roda em navegador, blz, mas deve ser fácil demais portar para mobile. Quando vi o React Native e construí a mesma App, vi que o código ficou quase igual. Esta convergência é muito interessante.



Enviado do meu iPhone usando Tapatalk
 

CidoLoco

Bam-bam-bam
VIP
Mensagens
3.053
Reações
1.882
Pontos
254
É basicamente isso. Pega o Discord, por exemplo. É desenvolvido usando JS e Electron, e é a mesma coisa rodando no desktop e no navegador. A versão PC é um chrome embarcado abrindo os arquivos do aplicativo. Aplicativos como Visual Studio Code, Atom, Discord, GitKraken e outros estão sendo feitos assim.

Uma SPA feita em Angular é basicamente um aplicativo rodando no navegador.
 


milkflame

Bam-bam-bam
Mensagens
3.097
Reações
5.729
Pontos
303
O que me assustou foi a complexidade do desenvolvimento web. Quando fazia graduação jogava regra de negócio na interface, fazia um código macarrão em php e jogava lá funcionando. Era o comum.

O padrão MVC já existia, mas era usado mais em aplicação desktop, para web era uma zona. Lembro que quando surgiu o Zend começou a ficar um pouco melhor. O Java ainda engatinhava, e o pessoal falava com entusiasmo que rodava até em geladeira.

Não sei, mas acho que no futuro as páginas web e as App vão ser a mesma coisa. Hoje em dia ainda existe a divisão, até mesmo em framework, como React e React Native, mas no futuro acredito que esta divisão vai cair. O que vocês acham?

Quando estava construindo um site em React, a impressão que tive foi: na verdade estou construindo um App! Roda em navegador, blz, mas deve ser fácil demais portar para mobile. Quando vi o React Native e construí a mesma App, vi que o código ficou quase igual. Esta convergência é muito interessante.



Enviado do meu iPhone usando Tapatalk
Hoje a regra é deixar a maior carga pro cliente é o minimo pro servidor, eles chamam de single page application, com o WebAssembly estourando o front vai cada vez ser mais importante, já é tendência ser mais importante em aplicações web modernas.
 
Ultima Edição:

Macaco Louco

Bam-bam-bam
Mensagens
1.378
Reações
1.052
Pontos
208
Hoje a regra é deixar a maior carga pro cliente é o minimo pro servidor, eles chamam de single page application, com o WebAssembly estourando o front vai cada vez ser maior importante, já é tendência ser mais importante.
Isso que é estranho. Não deveria ser o inverso? Com a onda dos portáteis não seria legal jogar a carga pesada para o servidor e fazer o básico no cliente? De forma a poupar bateria e não exigir tanto hardware?


Enviado do meu iPhone usando Tapatalk
 

milkflame

Bam-bam-bam
Mensagens
3.097
Reações
5.729
Pontos
303
Isso que é estranho. Não deveria ser o inverso? Com a onda dos portáteis não seria legal jogar a carga pesada para o servidor e fazer o básico no cliente? De forma a poupar bateria e não exigir tanto hardware?


Enviado do meu iPhone usando Tapatalk
Não, porque na abordagem tradicional você teria que fazer um backend para web e mobile diferentes, hoje você só faz um back e alimenta duas aplicações diferentes com os mesmos dados, sem devolver qualquer renderização, resumidamente falando.

Eu acho que com o SPA a economia de energia deve ser maior também, pois você não precisa ficar renderizando a tela em todas as novas requisições.

Só rendezeriza o elemento, é isso que o React faz basicamente.
 
Ultima Edição:

CidoLoco

Bam-bam-bam
VIP
Mensagens
3.053
Reações
1.882
Pontos
254
Além de simplificar bastante a arquitetura, a aplicação acaba tendo uma experiência de usuário melhor quando as coisas são implementadas client-side. É muito melhor clicar em um elemento e imediatamente receber uma mensagem de carregamento enquanto trafega um request assíncrono do que clicar e ficar esperando o servidor retornar uma resposta para o click. Além de que isso abre portas pra aplicativos web que funcionam offline, recursos gráficos mais avançados e outras coisas que fazem uma aplicação web parecer mais "rica".
 

Amigo Bolha

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
19.163
Reações
22.543
Pontos
674
É muito melhor clicar em um elemento e imediatamente receber uma mensagem de carregamento enquanto trafega um request assíncrono do que clicar e ficar esperando o servidor retornar uma resposta para o click.
Isso é uma coisa extremamente importante hoje em dia.
@Macaco Louco , já que você está experimentando coisas novas. Recomendo também tentar criar suas aplicações, sempre que possível, assíncronas. Toda aplicação hoje em dia, seja no cliente ou no backend deveria ser, quando necessário, sempre assíncrono, utilizando Promises/Futures/etc..
E o que mudou a minha vida foi desenvolver tudo orientado a eventos utilizando Flows/Streams. Esses são conceitos que eu nem passei perto deles na faculdade, mas quando bem implementados, tornam a vida do desenvolvedor muito mais fácil. É muito mais fácil criar um aplicativo assíncrono bem robusto manipulando eventos e streams.
 

alex_seph

Bam-bam-bam
VIP
Mensagens
4.888
Reações
830
Pontos
234
Dos frameworks Javascript que experimentei achei o Vue de longe o mais simples. React pode ser interessante se você for aprender o React Native depois, porque aproveita muita coisa. A minha birra nem é com o React em si, mas com Redux, acho mais confuso que deveria. As soluções de gestão de estado no Vue são bem mais simples.

De backend Springboot é bem de boa, mas tem como montar algumas coisas simples com Node e alguns frameworks. Uma linguagem que até hoje não entrou bem na minha cabeça é Elixir, falam que é ultra performatico, mas é confuso demais.

Por fim banco NoSql é receita para pesadelo em aplicações de médio / grande porte, duplicação de dados a rodo.

Atualmente estou estudando alguns produtos prontos que são altamente customizaveis, Salesforce no caso. Tem como customizar muita coisa sem codificar nada e quando precisa entrar no código é basicamente Java / Javascript, ou melhor, Apex e Aura Components. A plataforma de ensino deles, a Trailhead, é fantástica.

Sent from my ZTE A2017U using Tapatalk
 

return null

Supra-sumo
VIP
Mensagens
854
Reações
1.295
Pontos
174
Programação funcional + Rx + Clean Architecture brilham demais junto com uma camada de apresentação em MVVM, MVI ou MVP no Android.

Dos frameworks Javascript que experimentei achei o Vue de longe o mais simples. React pode ser interessante se você for aprender o React Native depois, porque aproveita muita coisa. A minha birra nem é com o React em si, mas com Redux, acho mais confuso que deveria. As soluções de gestão de estado no Vue são bem mais simples.

De backend Springboot é bem de boa, mas tem como montar algumas coisas simples com Node e alguns frameworks. Uma linguagem que até hoje não entrou bem na minha cabeça é Elixir, falam que é ultra performatico, mas é confuso demais.

Por fim banco NoSql é receita para pesadelo em aplicações de médio / grande porte, duplicação de dados a rodo.

Atualmente estou estudando alguns produtos prontos que são altamente customizáveis, Salesforce no caso. Tem como customizar muita coisa sem codificar nada e quando precisa entrar no código é basicamente Java / Javascript, ou melhor, Apex e Aura Components. A plataforma de ensino deles, a Trailhead, é fantástica.

Sent from my ZTE A2017U using Tapatalk
É nicho, mas paga bem tirando as certificações deles. Conheci por conta de uns projetos mobile, fazendo integração via o SDK deles.
 

Sir.Heisenberg

Bam-bam-bam
Mensagens
1.600
Reações
2.838
Pontos
309
Muita informação boa no tópico.
Daqui umas 3 semanas devo começar na área de TI num enorme banco privado, mas tô vindo de outra área.
Tô caçando informações e estudando um pouco de cada, mas provavelmente vou entrar no time de front-end.
Mas já percebi que não vale a pena eu focar demais em uma coisa só, pq amigos meus que trabalham lá falaram que usam trocentas tecnologias diferentes. Eu tinha ouvido que a principal era Angular, mas depois que me falaram isso, parece que não é não.
 

dk120

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
33.802
Reações
62.983
Pontos
979
Muita informação boa no tópico.
Daqui umas 3 semanas devo começar na área de TI num enorme banco privado, mas tô vindo de outra área.
Tô caçando informações e estudando um pouco de cada, mas provavelmente vou entrar no time de front-end.
Mas já percebi que não vale a pena eu focar demais em uma coisa só, pq amigos meus que trabalham lá falaram que usam trocentas tecnologias diferentes. Eu tinha ouvido que a principal era Angular, mas depois que me falaram isso, parece que não é não.
Foca no que a tua empresa usa. Eu particularmente não gosto e provavelmente nunca vou gostar de linguagens de script. Mas como usamos PHP e Javascript onde trabalho, tento ser o melhor que posso nas duas.
 

Sir.Heisenberg

Bam-bam-bam
Mensagens
1.600
Reações
2.838
Pontos
309
Foca no que a tua empresa usa. Eu particularmente não gosto e provavelmente nunca vou gostar de linguagens de script. Mas como usamos PHP e Javascript onde trabalho, tento ser o melhor que posso nas duas.
Pois é... to esperando passarem os detalhes na próxima semana, acredito que vão falar em que time ficarei, qual stack utilizam, etc. Aí vou direcionar os estudos nessas ferramentas.
 

CidoLoco

Bam-bam-bam
VIP
Mensagens
3.053
Reações
1.882
Pontos
254
Para treinar React vou criar um app web que coleta informações da https://pokeapi.co/ e apresenta em forma de card na tela todos Pokémon, utilizando paginação.

Se der certo posto aqui!


Enviado do meu iPhone usando Tapatalk
Se eu não tivesse 100% focado em fazer meu jogo, iria me juntar e tentar fazer também. Dei umas pesquisadas aqui e vi que da pra usar clojurescript e react native pra fazer apps. Sempre quis aprender lisp pra valer haahahaha.
 

Bug_Secular

Bam-bam-bam
Mensagens
3.249
Reações
4.681
Pontos
303
Php tem quase 50% mais de vagas que Node por exemplo. Você fez graduação? Vejo você reclamando direto, mas Php é o maior mercado do Brasil junto de Java e C# talvez.
Estou terminando a graduação.

Gosto de PHP (minha linguagem do coração :klove) , mas pelo menos nos jobs que estou pegando estou vendo a queda da busca pelo PHP. Na verdade o pessoal está focado em apps hibridos. Mas não nego, PHP e Java são os reis das vagas. Acho que nem python chega da quantidade de vagas que o PHP tem.

Passei uns meses off, nem to reclamando mais assim.
 

milkflame

Bam-bam-bam
Mensagens
3.097
Reações
5.729
Pontos
303
Estou terminando a graduação.

Gosto de PHP (minha linguagem do coração :klove) , mas pelo menos nos jobs que estou pegando estou vendo a queda da busca pelo PHP. Na verdade o pessoal está focado em apps hibridos. Mas não nego, PHP e Java são os reis das vagas. Acho que nem python chega da quantidade de vagas que o PHP tem.

Passei uns meses off, nem to reclamando mais assim.
Pois é, eu aprendi JS e estou querendo ir para o PHP, pois é o dobro de vaga no indeed.
 

CidoLoco

Bam-bam-bam
VIP
Mensagens
3.053
Reações
1.882
Pontos
254
A questão que eu vejo é a qualidade das vagas, Java e PHP tem muita vaga mas a quantidade de vaga arrombada pra esses caras é enorme.

PHP é muito usado em agência pra fazer sites, enquanto Java é mais usado para desenvolvimento de sistemas. Não que seja regra, como disse atualmente trabalho testando um sistema feito em PHP para um cliente nos EUA, mas em 10 anos que trabalho na área é a primeira vez que encontro com um sistema desse porte escrito em PHP. 90% foi Java e C#.

Java hoje em dia está começando a ser mal visto porque ainda tem muito sistema legado rodando em Java 6 com arquiteturas monolíticas e sem teste unitário.

Já em PHP a chance de achar vagas de agencias de publicidade/design querendo te contratar por salário mínimo é enorme, porque muitas vezes o desenvolvimento em si não é o objetivo final da empresa e essa área costuma pagar mal a galera que bota a mão na massa.

O lance que o pessoal paga tanto pau pra Python, JS, Go e etc é que a média de salário nessas vagas é mais alta, apesar de terem menos vagas. Tem muito sistema sendo feito com essas tecnologias novas lá fora e, por serem novas tendências, pouca gente ainda mexe com isso. E quando a mão de obra em determinada linguagem é escassa, o salário tende a subir (vão ver quanto programador cobol ganha hoje em dia, se arrumar um emprego hehehe). Porém aqui no Brasil ainda não se usa muito (exceto por JS, por causa de React e Angular) essas coisas, por isso vão achar mais vagas pra posições em projetos internacionais. O Brasil ainda é muito Javeiro hahahahaha.

Ainda tem o fator buzzword: quando Google, Spotify, Facebook e etc falam que usam X, uma galera vai querer usar o mesmo nos seus projetos sem nem saber se é bom ou não, só pra seguir modinha. Essa cultura de todo mundo querer ser startup é muito forte lá fora, já aqui o pessoal é mais de boa.

BTW, se tiver alguém com bastante experiência em Laravel e PHP, falar inglês, estiver em POA e quiser um emprego numa empresa top, manda MP hahahaha.
 

milkflame

Bam-bam-bam
Mensagens
3.097
Reações
5.729
Pontos
303
A questão que eu vejo é a qualidade das vagas, Java e PHP tem muita vaga mas a quantidade de vaga arrombada pra esses caras é enorme.

PHP é muito usado em agência pra fazer sites, enquanto Java é mais usado para desenvolvimento de sistemas. Não que seja regra, como disse atualmente trabalho testando um sistema feito em PHP para um cliente nos EUA, mas em 10 anos que trabalho na área é a primeira vez que encontro com um sistema desse porte escrito em PHP. 90% foi Java e C#.

Java hoje em dia está começando a ser mal visto porque ainda tem muito sistema legado rodando em Java 6 com arquiteturas monolíticas e sem teste unitário.

Já em PHP a chance de achar vagas de agencias de publicidade/design querendo te contratar por salário mínimo é enorme, porque muitas vezes o desenvolvimento em si não é o objetivo final da empresa e essa área costuma pagar mal a galera que bota a mão na massa.

O lance que o pessoal paga tanto pau pra Python, JS, Go e etc é que a média de salário nessas vagas é mais alta, apesar de terem menos vagas. Tem muito sistema sendo feito com essas tecnologias novas lá fora e, por serem novas tendências, pouca gente ainda mexe com isso. E quando a mão de obra em determinada linguagem é escassa, o salário tende a subir (vão ver quanto programador cobol ganha hoje em dia, se arrumar um emprego hehehe). Porém aqui no Brasil ainda não se usa muito (exceto por JS, por causa de React e Angular) essas coisas, por isso vão achar mais vagas pra posições em projetos internacionais. O Brasil ainda é muito Javeiro hahahahaha.

Ainda tem o fator buzzword: quando Google, Spotify, Facebook e etc falam que usam X, uma galera vai querer usar o mesmo nos seus projetos sem nem saber se é bom ou não, só pra seguir modinha. Essa cultura de todo mundo querer ser startup é muito forte lá fora, já aqui o pessoal é mais de boa.

BTW, se tiver alguém com bastante experiência em Laravel e PHP, falar inglês, estiver em POA e quiser um emprego numa empresa top, manda MP hahahaha.
No Brasil atual conseguir um emprego já tá ótimo, o importante é trampar, uma vez inserido no mercado sair do salário mínimo não deve ser nada difícil.

E Php simplesmente dobra a chance de entrar no mercado brasileiro.

Nas minhas pesquisas é 2x1 vagas Php em BH pra Node.
 

color kid

Supra-sumo
Mensagens
563
Reações
1.708
Pontos
183
Durante toda a minha graduação em ciência da computação eu nunca tive contato com web e muito menos mobile (nem existia smartphone na época). Após me formar, fui para a área acadêmica e nunca sai da computação científica. Agora estou querendo aprender web e mobile por diversão e estou achando complicado demais.

Não sei se escolhi o curso errado para aprender (online gratuito), mas é normal precisar instalar uma porrada de coisas para fazer uma simples listagem de produtos? É um monte de webpack, yarn, babel, axios, React, React Native, blá-blá-blá, etc.

Sinceramente, parece que é meio que impossível desenvolver qualquer coisa sem ficar olhando a documentação toda hora, sem contar a sintaxe horrível do JavaScript e os inúmeros arquivos de configuração e funções obsoletas que mudam direto.

A vida de desenvolvedor web/mobile hoje em dia é assim mesmo ou estou indo pelo caminho mais difícil? Depois que comecei a aprender web e mobile passei a achar Python até que bem organizado hahaha.

Enviado do meu iPhone usando Tapatalk
Cara, sim. O ambiente javascript é isso mesmo, não tem pra onde fugir.

Recomendo os cursos da Udemy do Stephen Grider ou Maximilian Scharzmuller.

Mas não, não precisa ir direto pra JS fullstack. Se pegar um Laravel ou Spring boot para backend vai ver que é bem tranquilo (JS também fica tranquilo depois que você acostuma, mas eu considero uma curva de aprendizagem um pouco maior)
 

Macaco Louco

Bam-bam-bam
Mensagens
1.378
Reações
1.052
Pontos
208
Outra coisa que hoje em dia é bem diferente da época que programava em php puro são as rotas. No React por exemplo definimos um arquivo que trata somente de rotas.

Antes, ao invés disso, simplesmente se colocava uma condição antes de renderizar a página, verificando se o acesso era permitido, se o usuário estava logado, etc.

Mas agora vejo como era trabalhoso, o esquema de rotas de agora é bem mais fácil.


Enviado do meu iPhone usando Tapatalk
 

Harold_Finch

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
22.484
Reações
27.059
Pontos
654
Outra coisa que hoje em dia é bem diferente da época que programava em php puro são as rotas. No React por exemplo definimos um arquivo que trata somente de rotas.

Antes, ao invés disso, simplesmente se colocava uma condição antes de renderizar a página, verificando se o acesso era permitido, se o usuário estava logado, etc.

Mas agora vejo como era trabalhoso, o esquema de rotas de agora é bem mais fácil.


Enviado do meu iPhone usando Tapatalk
Interessante saber, talvez como forma de estudar, eu converta o sisteminha php lá do trabalho para js.

Realmente é chatinho ter que página por página, verificar permissão de acesso. E vez ou outra esse trem buga e alguém loga sem acesso algum :klol
 

return null

Supra-sumo
VIP
Mensagens
854
Reações
1.295
Pontos
174
Depois que tiver de boas e quiser usar um framework para facilitar o desenvolvimento em PHP, o slim framework ajuda por demais, usei para fazer um web service REST, é pouco intrusivo e facilita por demais a manutenção do código com conceitos de Lifecycle, Dependency Container e Middleware.
Vi muita coisa no canal desse cara:
 

Macaco Louco

Bam-bam-bam
Mensagens
1.378
Reações
1.052
Pontos
208
Interessante saber, talvez como forma de estudar, eu converta o sisteminha php lá do trabalho para js.

Realmente é chatinho ter que página por página, verificar permissão de acesso. E vez ou outra esse trem buga e alguém loga sem acesso algum :klol
Na verdade você criava um arquivo php que só verificava permissão e depois incluía no cabeçalho de cada página.


Enviado do meu iPhone usando Tapatalk
 

dk120

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
33.802
Reações
62.983
Pontos
979
Sim, PHP tem muita vaga, principalmente para trabalhar com ecommerce. Eu mesmo, não curto nenhuma dessas linguagens de script, mas acabei investindo na carreira porque tem muito trampo.

Quando a aplicativos híbridos, não são exatamente concorrentes. Alguns projetos vai ser melhor fazer com web, outros fazer aplicativos. As vezes o cliente vai exigir que seja de um tipo e ponto final. Uma forma não vai matar a outra, embora o hype por APP já passou.

De qualquer forma, como profissional é bom escolher algum lado e se tornar especialista. Quem tenta fazer tudo, não fica bom em nada.
 

Macaco Louco

Bam-bam-bam
Mensagens
1.378
Reações
1.052
Pontos
208
Aqui está o resultado de algumas horas dedicadas ao projeto.

Agora eu quero colocar, além dos nomes, uma imagem por pokemon. Também quero que, ao invés de aparecer um pokemon por linha, apareçam 4, lado a lado. Ainda vou ver o CSS para isso.

A maior dificuldade agora está sendo buscar as imagens, pois irei precisar fazer uma segunda requisição que depende da primeira.

Primeiro eu faço a requisição da listagem dos 20 primeiros pokemons da seguinte forma:


Com isso eu consigo um JSON com o nome e a URL de cada um dos pokemons.

Agora eu preciso pegar a URL de cada pokemon e buscar o perfil completo, da seguinte maneira (o número no final é o código do pokemon):


Com isso vou obter um outro JSON que me disponibiliza o perfil completo do pokemon e as imagens.

Vamos ver se vou conseguir. Vou postando a evolução.

OBS: Estou pegando os dados da seguinte maneira:

Código:
export default class Main extends Component {

    state = {
        pokemons: [],
    };

    componentDidMount() {
        this.loadPokemon();
    }

    loadPokemon = async () => {
        const response = await api.get('/pokemon');
        this.setState({ pokemons: response.data.results });
    };

    render() {
        const { pokemons } = this.state;

        return (
            <div className="pokemon-list">
                {pokemons.map(pokemon =>(
                    <article key={pokemon.url}>
                        <strong>{pokemon.name}</strong>
                    </article>
                ))}
            </div>
        )
    }
}

105938
 

RainbowSix

Bam-bam-bam
Mensagens
5.194
Reações
8.033
Pontos
404
Lembrei de um PWA instalável feito de exemplo que também puxa dados sobre pokemons: https://pokedex.org/

Não sei se escolhi o curso errado para aprender (online gratuito), mas é normal precisar instalar uma porrada de coisas para fazer uma simples listagem de produtos? É um monte de webpack, yarn, babel, axios, React, React Native, blá-blá-blá, etc.
Também acho bizarro, esse texto expressa bem como me senti quando descobri que as coisas haviam chegado nesse nível bizarro de complexidade: https://hackernoon.com/how-it-feels-to-learn-javascript-in-2016-d3a717dd577f
 

Harold_Finch

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
22.484
Reações
27.059
Pontos
654
Depende da sua rotina de estudos. É um bom plano sim, na verdade, você não precisa saber tudo isso pra começar a trabalhar na área.
Esse roadmap é tipo o plano ideal para ser um bom desenvolvedor.

Muita coisa você vai aprendendo na prática.

Esse roadmap aí já mudou ums 3x, o autor faz um novo a cada ano, conforme tendências.

A ideia é aprender conceitos fundamentais, aí o resto é detalhe. Dá uma olhada nesse vídeo:

 

Macaco Louco

Bam-bam-bam
Mensagens
1.378
Reações
1.052
Pontos
208
Se tudo der certo irei hospedar minha aplicação no heroku para vocês verem. Agora deu uma animada pois estou conseguindo sair um pouco da linha dos cursos que fiz e fazendo coisas novas por conta própria.

Mas ainda levo horas para fazer coisas simples. Vamos ver como vai ser!


Enviado do meu iPhone usando Tapatalk
 

Pokemon das antigas

Bam-bam-bam
Mensagens
836
Reações
3.028
Pontos
283
Cara, depende do que você quer fazer.

Se for algo básico, aprende Jquery e bootstrap que já era.

Angular tem um histórico ruim no quesito retrocompatibilidade, que ferrou com muita gente.

React nunca usei não tenho opinião formada.
 
Topo