O que há de Novo?
  • Novo tema VIP está disponível
    Visitante, um novo tema com fundo escuro agora está disponível para aqueles que contribuíram com doações ao fórum e têm o status VIP. Veja os detalhes aqui.


BOLSONARO REDUZ IMPOSTOS SOBRE VIDEOGAMES NO BRASIL

extremepower

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
26.618
Reações
33.996
Pontos
649
O decreto do presidente foi publicado nesta quinta-feira (15) no Diário Oficial da União
POR VÍCTOR ALIAGA
O presidente Jair Bolsonaro decretou a lei de redução de impostos sobre videogames no Brasil. A aprovação foi publicada nesta quinta-feira (15), no Diário Oficial da União (via G1).
Atualmente, as alíquotas de IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados) referentes a videogames, acessórios de consoles e suas partes, variam de 20% a 50%. A redução prevê uma nova faixa entre 16% e 40%.

No começo do mês, Bolsonaro havia demonstrado interesse em assinar um decreto para reduzir a carga tributária em jogos eletrônicos no país. "Deixar esse dinheiro, em vez de ir para o governo, ficar na mão do povo", declarou, na ocasião. "Essa que é a intenção. É diminuir a carga tributária".

https://br.ign.com/brasil/75870/news/bolsonaro-reduz-impostos-sobre-videogames-no-brasil
 




KazumaKiryu

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
14.944
Reações
12.574
Pontos
664
Tem que ver duas coisas:
Qual é a redução pra cada tipo de console/acessório/jogos, já que as porcentagens são diferentes

E

Como isso vai ser convertido para o consumidor final, vai ser muito lindo já que na nota fiscal sempre é declarado o quanto do valor total é imposto, a redução estar presente na nota, mas o valor do produto ter permanecido o mesmo.
 

Daitenshi

Veterano
Mensagens
611
Reações
1.233
Pontos
148
Ainda bem que apenas reduziu ao invés de zerar por completo.

Assim os preços poderão ficar mais baratos e o Brasil continuará ganhando verba para enfrentar a crise e as dívidas.

Agora, espero também que haja uma redução de regalias para políticos e parlamentares também.

40% para consoles ainda é bem alto, mas essa redução foi uma boa!

Não sejam ingênuos em acreditar que haverá alguma mudança para o consumidor final...
Até pode ter, mas acho que vai ser bem pouca. Essa redução de impostos vai ser bom mais é para os donos de loja.
 

Yo_dragon

Bam-bam-bam
Mensagens
6.471
Reações
17.827
Pontos
384
"Mais uma vitória do jogo justo" .... ..... Ninguém? :klol

Enfim, pode parecer pouco, mas é a primeira medida que eu vejo sendo aprovada em favor dos videogames durante muito tempo (isso se houve alguma né...). Isso por si só já é uma vitória.
 

Link_1998

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
17.112
Reações
16.148
Pontos
649
Pessoal essa redução é só do IPI, os outros impostos continua igual.
O imposto que incide no início da cadeia de produção, e que entra na base de cálculo de todos os outros.

E é óbvio que seria só o imposto federal que ele iria mexer. Tem que torcer para o projeto de lei que tramita vingar, porque aquele incide sobre outros.
 

Dr. Pregos

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
12.790
Reações
35.175
Pontos
553
Vou esperar para o natal fazer o upgrade do Xone S para o X, para ver se o preço nas banquinhas caem.
 

Danilo Souza

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
19.896
Reações
25.948
Pontos
594
Quando é Bolsonaro tem gente que vê até redução de imposto como algo ruim. Triste.

Excelente notícia. Que no futuro consiga diminuir ainda mais os impostos neste e outros setores.
Esses dias teve redução a quase 0 de tarifas de importação para medicamentos contra HIV. Cadê a mídia noticiando isso? Prefere falar sobre cocô.
 

seifervll

Supra-sumo
Mensagens
1.110
Reações
1.588
Pontos
194
Quase 2020 e a galera ainda fica nessa. :klol

Governo tem que se cobrado mesmo po. Vão se acostumar com migalha por quanto tempo por parte do estado?
Cobrou o governo passou a ser militante de esquerda agora. É foda. Tão fazendo igualzinho os doentes que aplaudiam tudo, e idolatravam político nos últimos anos, e só quebraram a cara. Pessoal não aprende. Querem ter resultado diferente fazendo a mesma coisa. Enfim.

Quanto a medida, gostaria muito de acreditar que dará resultado ao consumidor final. A principio a redução deve ser sentida por quem vende, e em grandes volumes.

É lógico que é bom ver alguma intenção de redução na área. Só acho que ainda é cedo pra se animar. Muitas reduções ou ajustes propostos pelo atual governo tiveram estimativas realizadas, estudos de mercado. Não me parece ser o caso. Ficaria mais satisfeito se soubesse que o governo está calculando potencial de mercado, o quanto ele poderia crescer a partir dessas mudanças, e principalmente da classificação nas importações.
 
Topo