O que há de Novo?
  • Novo tema VIP está disponível
    Visitante, um novo tema com fundo escuro agora está disponível para aqueles que contribuíram com doações ao fórum e têm o status VIP. Veja os detalhes aqui.


Carros da Mini Cooper - causam problemas e manutenção?

Larva Maligna

Bam-bam-bam
Mensagens
4.627
Reações
17.170
Pontos
303
Amigos, estou com essa dúvida.

Essa marca parece que é prestigiada, e sempre vejo muitas pessoas falando bem dela, fora que tem muitos Mini Coopers que vejo pelas estradas Brasil afora. Muitas pessoas pegam esse carro, não parece ser ruim (se bem que consumidor brasileiro não é referência pra nada).

A questão seria: os carros dessas marcas são bons? Possuem resistência? São problemáticos?

Pesquisei pela internet via São Google, e conferi alguns sites, porém eles diziam muita coisa e ao mesmo tempo diziam nada. Isto é: falavam que é preciso fazer manutenção periódica, trocar óleo, etc., coisas que fazemos com qualquer carro que seja.



Mas...encontrei também páginas que elogiavam o carro, mas era sempre de proprietários, e muitas vezes o cidadão sempre puxa a sardinha para o seu lado, isto é, sempre vangloria o carro que tem. Então, não dá para confiar muito nesses depoimentos. Boa parte deles não admite os problemas que o seu carro lhe causou.

A questão da manutenção ficaria difícil porque em minha cidade só tem uma concessionária, mas ela é pequena, e sequer tem oficina. Porém, tirando esse detalhe, eu não me recordo de alguém criticando algum problema que os Mini Coopers possam ter.

É isso.
 


nettboxBR

Bam-bam-bam
Mensagens
7.210
Reações
1.847
Pontos
344
Amigos, estou com essa dúvida.

Essa marca parece que é prestigiada, e sempre vejo muitas pessoas falando bem dela, fora que tem muitos Mini Coopers que vejo pelas estradas Brasil afora. Muitas pessoas pegam esse carro, não parece ser ruim (se bem que consumidor brasileiro não é referência pra nada).

A questão seria: os carros dessas marcas são bons? Possuem resistência? São problemáticos?

Pesquisei pela internet via São Google, e conferi alguns sites, porém eles diziam muita coisa e ao mesmo tempo diziam nada. Isto é: falavam que é preciso fazer manutenção periódica, trocar óleo, etc., coisas que fazemos com qualquer carro que seja.



Mas...encontrei também páginas que elogiavam o carro, mas era sempre de proprietários, e muitas vezes o cidadão sempre puxa a sardinha para o seu lado, isto é, sempre vangloria o carro que tem. Então, não dá para confiar muito nesses depoimentos. Boa parte deles não admite os problemas que o seu carro lhe causou.

A questão da manutenção ficaria difícil porque em minha cidade só tem uma concessionária, mas ela é pequena, e sequer tem oficina. Porém, tirando esse detalhe, eu não me recordo de alguém criticando algum problema que os Mini Coopers possam ter.

É isso.
Procure o canal top speed backstage, o eduardo tem um mini cooper e tem um episodio que ele fala sobre manutenção

O mini compartilha motor e parece que suspensão com a BMW entao pode se basear por ai, manutençao parecida com a de uma bmw


Uma coisa que eu sei que reclamam muito é a suspensão ser extremamente dura para as ruas brasileiras
 

Dettox

Supra-sumo
Mensagens
1.532
Reações
1.160
Pontos
194
A Mini é da BMW, logo espere coisas semelhantes, preços, peças, etc.
Conheço donos de mini e nenhum deles reclamam de problemas críticos no carro, fazem manutenção básica e são felizes.
Lembre que ele é um carro bem duro, mas é bem legal de dirigir.
 

alucardlv1313

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
19.336
Reações
43.044
Pontos
734
Depende, se for o mini cooper "original" é bem construido e peças boas e caras, como tudo no brasil q leva o status "luxo".



Agora tem esse aqui, q é de "prástico", quebra bastante, mas vendo de longe e num dia nublado, dá até pra confundir.




:coolface
 

Larva Maligna

Bam-bam-bam
Mensagens
4.627
Reações
17.170
Pontos
303
Não poste essa porcaria da Lifan no meu tópico!!!! :facepalm:facepalm:facepalm

Só se for pra botar fogo em um, aí tudo bem. :ksafado
 

Maximu's

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
17.981
Reações
13.657
Pontos
704
HAUAHIA esse Lifan é piada...

Sobre os Coopers, aqui em Curitiba ta cheio, até parece que a cidade ta cheio de burguês. Eu acho que o carro deve ser bem seguro por ser da BMW, não tenho duvidas quanto a segurança, o carro deve ser bem montado e otima motorização. Mas o custo da manutenção também deve ser caro, for o IPVA e seguro. Mas entenda, quem tem dinheiro para bancar um Cooper deve ter dinheiro para mante-lo. O motor do bixinho e porreta também.

Enviado de meu XT1069 usando Tapatalk
 


Coffinator

Mil pontos, LOL!
Mensagens
59.238
Reações
152.417
Pontos
1.029
Compre um Corolla que não desvaloriza e é Toyota. NUNCA vai precisar ir numa oficina.
 

Roveredo

Bam-bam-bam
Mensagens
6.471
Reações
21.179
Pontos
353
HAUAHIA esse Lifan é piada...

Sobre os Coopers, aqui em Curitiba ta cheio, até parece que a cidade ta cheio de burguês. Eu acho que o carro deve ser bem seguro por ser da BMW, não tenho duvidas quanto a segurança, o carro deve ser bem montado e otima motorização. Mas o custo da manutenção também deve ser caro, for o IPVA e seguro. Mas entenda, quem tem dinheiro para bancar um Cooper deve ter dinheiro para mante-lo. O motor do bixinho e porreta também.

Enviado de meu XT1069 usando Tapatalk
Não necessariamente, especialmente se o sujeito comprar seminovo ou usado.

O preço dos carros da MINI despencam quase pela metade em menos de 5 anos.
 

Novalgina

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
21.615
Reações
18.767
Pontos
684
Oc compraria um carro com motor usado em Peugeot e Citroen ?
 

rossetto

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
10.286
Reações
33.232
Pontos
553
Depois que a BMW assumiu a marca deve ter ficado zilhões de vezes mais fácil pra manutenção, mas com certeza barato não é, aí depende do carro que comprar, esse anos começou uma troca de motores e câmbios por mais modernos, não foi?
 

billpower

Power Poster
Mensagens
40.717
Reações
27.865
Pontos
989
BMW papa, BMW! Por mais que seja um pouco de moda a questão dos Mini eles até fazem jus.
 

Larva Maligna

Bam-bam-bam
Mensagens
4.627
Reações
17.170
Pontos
303
Vou dar uma olhada nesse canal, obrigado pela dica. E é como os outros comentaram, por ser da BMW, a manutenção dele não será das mais baratas. Apesar disso, o carro parece que tem qualidade. A questão seria: ele apresenta muitos problemas depois de um uso prolongado?

Claro que isso depende muito da forma como o cidadão vai cuidar do carro, seja pela manutenção periódica, seja pela forma de usar o carro, etc.
E olha, para andar nas ruas brasileiras sem ter problemas, só sendo um off-road 4x4. :kkk

Então, desculpa a pergunta, mas como assim um carro bem duro? Seria como os carros populares, que não tem muito conforto nas viagens?

O Countryman também tem esse pepino? Sobre os problemas do carro, queria saber se ele tem algum problema comum que costuma apresentar após certo uso.

Eu odeio esse Lifan e tenho pena de quem compra. Na real o carro não é de burguês, ele está com preços mais acessíveis, como o Roveredo bem apontou. Um Mini Cooper 2012 fica na faixa de 50 a 60 mil reais.

Já o custo de manutenção, vou ver na concessionária aqui da região, se eles podem me informar melhor sobre isso. Seguro e IPVA obviamente serão mais caros. O dinheiro não é problema, a merda é pegar um carro que em tese todo mundo gosta, para no fim pegar uma bomba cheio de problemas. Como não vi críticas negativas do carro (somente a suspensão, que inclusive foi reforçada nesse tópico), fiquei com o pé atrás. Carro perfeito não existe.

Eu gosto do Corolla, mas existe aquele velho preconceito: carro de tiozão. Apesar disso, todo mundo fala que o carro é bom. A pira é que o Corolla é três volumes, e eu estou acostumado com carro hatch, fora o tamanho dele. Não queria um carro grande por conta da vaga.

Isso é verdade, como disse encima. O preço deles ficaram mais atrativos. Até acho que vale a pena pegar um Mini Cooper usado. O negócio é buscar um carro de procedência com baixa quilometragem. Mas nem sempre é fácil achar, e quando aparece, já surge uma fila enorme pra pegar.

Isso inclusive me lembrou uma vez que fui na Toyota, pois eu cogitei comprar um Corolla na época (viu Coffinator?), e tinha aparecido um exemplar com dois anos de uso e pouco mais de 20 mil km. Falei que me interessava pelo carro, e o cara deu uma risada, justificando que o carro já tinha fila para comprar, e isso que ele ainda nem tinha sido levado até a concessionária para ser revendido.

O que isso teria a ver? Você acha que não compensa?

Parece que os Mini mais antigos tinham problemas no motor, por conta do compressor. Mas estou vendo um carro 2011/2012 pra frente.
Seria entre o Mini Cooper ou o Countryman.

BMW é foda. Não é a toa que a minha cidade tem o maior número de BMW por habitante do Brasil.
 

nettboxBR

Bam-bam-bam
Mensagens
7.210
Reações
1.847
Pontos
344
Eu creio que apresente sim. Difícil ver minis rodados aqui ne minha cidade e no brasil todo, poucos usam diariamente e rodam muito com o carro, nao é o "perfil" dele ser bastante rodado em pouco tempo entao nao sabemos como fica a manutençao la pra frente mas espere o mesmo valor de uma BMW por compartilhar peças e motor

Ainda mais que é um carro bem duro, voltado um pouco pra experiência kart que a mini propõe. Nesse canal que te falei a unica reclamação era por conta do acabamento que ficava cheio de grilos muito cedo, muitos lugares falam a mesma coisa
 

Dettox

Supra-sumo
Mensagens
1.532
Reações
1.160
Pontos
194
Então, desculpa a pergunta, mas como assim um carro bem duro? Seria como os carros populares, que não tem muito conforto nas viagens?

O Countryman também tem esse pepino? Sobre os problemas do carro, queria saber se ele tem algum problema comum que costuma apresentar após certo uso.
Acredito ter me expressado mal, a suspensão não é ruim, por outro lado, ela é ótima, mas o foco dela não é conforto, ele é bem confortável em pisos totalmente bem feitos, o que é dificil de acharmos por aqui, mas em trepidações, asfalto remendado, etc ele não se dá bem.
Nenhum dos que eu conheço tem problemas compartilhados, inclusive eles participam do mini club e nunca falaram de problemas comuns a todos os minis, ou mesmo de algo cronico. Na verdade mesmo raramente escuto falar de problemas sem ser manutenção preventiva. Os dois usam o mini como daily car. um JCW MT Cabrio e o outro Cooper S.
Andando com eles, achei que o carro poderia ser mais silencioso por dentro, em pistas irregulares percebi alguns grilos nele.
 

limaum

Habitué da casa
Mensagens
200
Reações
192
Pontos
78
Li em uma Quatro Patas uma vez que esses carros usam pneus especiais que rodam alguns quilômetros mesmo em condições irregulares. Isso também faz com que o carro não tenha estepe. Na reportagem tinha alguns donos reclamando da dificuldade e do preço para repor essas peças.
 

nettboxBR

Bam-bam-bam
Mensagens
7.210
Reações
1.847
Pontos
344
Li em uma Quatro Patas uma vez que esses carros usam pneus especiais que rodam alguns quilômetros mesmo em condições irregulares. Isso também faz com que o carro não tenha estepe. Na reportagem tinha alguns donos reclamando da dificuldade e do preço para repor essas peças.
O runflat é bem mais duro qye um pneu normal, contribui ainda mais pra deixar o carro duro

A maioria das pessoas quando vai repor acaba troca por pneus normais e ficando sem estepe
 

sergiosodre2

Bam-bam-bam
Mensagens
2.501
Reações
2.361
Pontos
314
esse carro é de boa qualidade mas no Brasil custa caro para burro quem compra já está ciente que a manutenção vai ser cara ...
 

TuriistaH .BR

Bam-bam-bam
Mensagens
9.146
Reações
5.544
Pontos
424
Oc compraria um carro com motor usado em Peugeot e Citroen ?
Que tem a ver? esse 1.6 turbo quando saiu ganhou prêmio de melhor motor do ano.
PSA que foi esperta e juntou com a BMW pra fazer esse motor, é o melhor da linha deles aliás.
Compre um Corolla que não desvaloriza e é Toyota. NUNCA vai precisar ir numa oficina.
Recomendar um Corolla pra um cara que quer um Cooper?
Carro é ótimo mas são perfis totalmente diferentes.
Então, desculpa a pergunta, mas como assim um carro bem duro? Seria como os carros populares, que não tem muito conforto nas viagens?
Cooper S tem um acerto de suspensão meio firme, se o asfalto da sua cidade for mediano.. é duro sim.
É um carro voltado mais pro fim de semana, mas se tiver sem os run-flat acho que dá pra andar no dia-a-dia, isso varia de cada um.
O Countryman também tem esse pepino? Sobre os problemas do carro, queria saber se ele tem algum problema comum que costuma apresentar após certo uso.
Cara, pelo que eu sei é um conjunto relativamente confiável.. por ser um carro mais simples que as BMW (FWD, sem tanta eletrônica) a mão de obra deve ser mais em conta.. algo acima de hatch premium.

Se achar com procedência e tiver um mecânico de confiança, vai tranquilo.
 

nettboxBR

Bam-bam-bam
Mensagens
7.210
Reações
1.847
Pontos
344
Oc compraria um carro com motor usado em Peugeot e Citroen ?
Eu compraria ate o pug 308 thp

Nao vejo problema algum em usar o motor de uma marca emlhor, acho ate melhor pq custa menos. Logico que o cambio é diferente e troca mais devagar e gasta mais que um ZF da bmw mas mesmo assim vale a pena

A própria audi usa motores usados em volks
 

nettboxBR

Bam-bam-bam
Mensagens
7.210
Reações
1.847
Pontos
344
Oc compraria um carro com motor usado em Peugeot e Citroen ?
Eu compraria ate o pug 308 thp

Nao vejo problema algum em usar o motor de uma marca emlhor, acho ate melhor pq custa menos. Logico que o cambio é diferente e troca mais devagar e gasta mais que um ZF da bmw mas mesmo assim vale a pena

A própria audi usa motores usados em volks
 

Dark Goomba

Bam-bam-bam
Mensagens
2.142
Reações
6.121
Pontos
303
A marca Mini é extremamente tradicional na Europa. O Cooper é um modelo de carro esportivo, logo, o foco não é o conforto e muitas firulas. A suspensão dele é dura para dar mais estabilidade em curvas.

A BMW assumiu a marca e esse motor 1.6 THP é um espetáculo. Tenho um Peugeot 308 THP e quem falar mal desse motor é por pura ignorância.

O fato é que o Mini é um carro muito legal de dirigir para quem gosta e com design bastante peculiar. Se vc quer conforto, espaço interno, porta malas e coisas do tipo, compre um Corolla como o cara aí de cima falou...
 

Poor_Boy

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
15.311
Reações
10.347
Pontos
694
Putz, ta 115 mil a de entrada zero km...

Ok, é um carro super bem construído e com materiais muito bons, mas 115 mil num sub compacto tem que ter coragem... por mais que se tenha grana.
 

Larva Maligna

Bam-bam-bam
Mensagens
4.627
Reações
17.170
Pontos
303
Então, eu vou dar uma conferida nessa questão do acabamento. Mas me diz, o que é exatamente esses grilos?

Sobre a sua análise, uma coisa que observei é que uma parte deles tem uma quilometragem bem alta, acima dos 60 mil km, mas isso é até normal para um carro com mais de 3 anos, mas por outra parte, tem bastante exemplares pouco rodados, com menos de 40 mil km.

Por isso a minha prioridade é encontrar um modelo automático (questão de preferência) de baixa quilometragem. E entre os Mini, realmente isso não é algo difícil, como você bem apontou, por isso aparecem bastante opções.

Meu carro atual está me causando problemas (um Citroën C4 hatch), sendo que eu peguei ele há quase dois anos atrás, com 69 mil km. Tirei ele da oficina da concessionária na última sexta-feira, pois tinha feito uma revisão completa, fora o conserto do câmbio, pois apresentava alguns problemas crônicos (solenóides, eletroválvulas, etc). Conseguiram fazer pela garantia, e somente a mão de obra foi cobrada (algo em torno de R$ 1.200,00). Pois bem, eu utilizei ele na sexta e um pouco no sábado, tranquilo. Domingo ficou desligado o dia todo.

Na segunda, o carro não pegou mais. Dizem os mecânicos da Citroën que é problema na bateria. :kpensa

Enfim, a merda de pegar um carro usado é essa: você não sabe se o antigo dono cuidou dele. Por isso é bom pegar um carro que tenha as revisões em dias, e sabemos que muitas pessoas não fazem isso.

Sem estepe?? Como assim?? :eek:

Sobre o runflat, é difícil conseguir esses pneus? Devem ser bem caros pelo visto, mas pelo que estão falando, não vale a pena trocar por outro??

E como assim ficam sem estepe? Não entendi isso. :eek:

Foda isso. Nego não pode ter carro bom no Brasil que já metem a faca. Por essas e outras que quero cair fora daqui. Lá fora você pode ter um esportivo pelo preço de um popular 0km daqui.

Mas discutir isso é dar murro em ponta de faca.

No quesito peças e manutenção, entendo perfeitamente que ele tenha um custo mais elevado. É questão de gosto, curto os carros da Mini. A grande jogada é encontrar um carro de procedência. Vejo muitos anunciados, parte deles com quilometragem alta, mas isso é algo normal ao se procurar carro usado. O meu foco é encontrar um exemplar que não tenha sido muito usado pelo antigo dono, que seja pouco rodado. Sorte que cor é algo que não me incomoda muito. Branco, azul, vermelho, prata, seja lá o que for, não me importa muito.

O que falar então do Fusion que utiliza base e motor da Jaguar, o 2.0 EcoBoost, que equipa os EX? Hoje em dia existe muita troca de tecnologia, não dá para você exigir algo 100% daquela marca. É normal vermos carros usando motores e tecnologia de outras marcas. Eu não vejo problemas nisso.

Minha madrasta tem um 3008, que usa motor BMW 1.6, e não vejo nenhum problema. O motor é ótimo e o carro anda bem. Nunca teve problemas mecânicos.

Por conta disso, eu penso que talvez um Countryman seja interessante. Tem mais espaço interno e parece ser mais confortável. De qualquer maneira, eu não ligo muito para essa história de conforto e espaço interno. Solteiro sem filhos, tá de boa. :kkk

Na verdade eu não vou pegar 0km, muito caro para um carro que sofre bastante desvalorização. Aliás, comprar carro 0km, no meu ponto de vista, não compensa muito. Mas isso é assunto para outro tópico.
 
Ultima Edição:

nettboxBR

Bam-bam-bam
Mensagens
7.210
Reações
1.847
Pontos
344
Então, eu vou dar uma conferida nessa questão do acabamento. Mas me diz, o que é exatamente esses grilos?

Sobre a sua análise, uma coisa que observei é que uma parte deles tem uma quilometragem bem alta, acima dos 60 mil km, mas isso é até normal para um carro com mais de 3 anos, mas por outra parte, tem bastante exemplares pouco rodados, com menos de 40 mil km.

Por isso a minha prioridade é encontrar um modelo automático (questão de preferência) de baixa quilometragem. E entre os Mini, realmente isso não é algo difícil, como você bem apontou, por isso aparecem bastante opções.

Meu carro atual está me causando problemas (um Citroën C4 hatch), sendo que eu peguei ele há quase dois anos atrás, com 69 mil km. Tirei ele da oficina da concessionária na última sexta-feira, pois tinha feito uma revisão completa, fora o conserto do câmbio, pois apresentava alguns problemas crônicos (solenóides, eletroválvulas, etc). Conseguiram fazer pela garantia, e somente a mão de obra foi cobrada (algo em torno de R$ 1.200,00). Pois bem, eu utilizei ele na sexta e um pouco no sábado, tranquilo. Domingo ficou desligado o dia todo.

Na segunda, o carro não pegou mais. Dizem os mecânicos da Citroën que é problema na bateria. :kpensa

Enfim, a merda de pegar um carro usado é essa: você não sabe se o antigo dono cuidou dele. Por isso é bom pegar um carro que tenha as revisões em dias, e sabemos que muitas pessoas não fazem isso.



Sem estepe?? Como assim?? :eek:



Sobre o runflat, é difícil conseguir esses pneus? Devem ser bem caros pelo visto, mas pelo que estão falando, não vale a pena trocar por outro??

E como assim ficam sem estepe? Não entendi isso. :eek:



Foda isso. Nego não pode ter carro bom no Brasil que já metem a faca. Por essas e outras que quero cair fora daqui. Lá fora você pode ter um esportivo pelo preço de um popular 0km daqui.

Mas discutir isso é dar murro em ponta de faca.



No quesito peças e manutenção, entendo perfeitamente que ele tenha um custo mais elevado. É questão de gosto, curto os carros da Mini. A grande jogada é encontrar um carro de procedência. Vejo muitos anunciados, parte deles com quilometragem alta, mas isso é algo normal ao se procurar carro usado. O meu foco é encontrar um exemplar que não tenha sido muito usado pelo antigo dono, que seja pouco rodado. Sorte que cor é algo que não me incomoda muito. Branco, azul, vermelho, prata, seja lá o que for, não me importa muito.



O que falar então do Fusion que utiliza base e motor da Jaguar, o 2.0 EcoBoost, que equipa os EX? Hoje em dia existe muita troca de tecnologia, não dá para você exigir algo 100% daquela marca. É normal vermos carros usando motores e tecnologia de outras marcas. Eu não vejo problemas nisso.

Minha madrasta tem um 3008, que usa motor BMW 1.6, e não vejo nenhum problema. O motor é ótimo e o carro anda bem. Nunca teve problemas mecânicos.



Por conta disso, eu penso que talvez um Countryman seja interessante. Tem mais espaço interno e parece ser mais confortável. De qualquer maneira, eu não ligo muito para essa história de conforto e espaço interno. Solteiro sem filhos, tá de boa. :kkk



Na verdade eu não vou pegar 0km, muito caro para um carro que sofre bastante desvalorização. Aliás, comprar carro 0km, no meu ponto de vista, não compensa muito. Mas isso é assunto para outro tópico.
Nao amigo, eu sempre achei excelente essa troca de tecnologia, foi outro user que disse que nao gostaria disso

Sobre o pneu é mais difícil sim e assista o video de alguma BMW ou mini no canal top speed, eles mostram o porta malas. La nao tem estepe pq o pneu runflat roda mais alguns km depois de furado, ou seja, nao sei se pode consertar que nem pneus normais e continuar rodando ou se é preciso comprar outro

Sobre os grilos sao barulhos de acabamento, tampa do porta malas, aquela tampa que divide o porta malas da parte interna fazendo bagulho, rangidos, peças soltas e etc
 

TuriistaH .BR

Bam-bam-bam
Mensagens
9.146
Reações
5.544
Pontos
424
Por conta disso, eu penso que talvez um Countryman seja interessante. Tem mais espaço interno e parece ser mais confortável. De qualquer maneira, eu não ligo muito para essa história de conforto e espaço interno. Solteiro sem filhos, tá de boa. :kkk
Então vai de cabeça em um Cooper S.

Mini pra mim é só os cooper apimentado (S, JCW, GP), o resto é preencher gap de mercado.
 

Piga

Alien Pro-Gear Spec!
VIP
Mensagens
7.433
Reações
17.883
Pontos
348
...eles mostram o porta malas. La nao tem estepe pq o pneu runflat roda mais alguns km depois de furado, ou seja, nao sei se pode consertar que nem pneus normais e continuar rodando ou se é preciso comprar outro
Então. Eu tenho uma BMW 2014 e ela não tem estepe. Os Pneus dela são runlfat e são originais do carro ainda, que está atualmente com um pouco mais de 33K km. Esses pneus são mais duros e mais duráveis também. Chegam a rodar até 60K km dependendo de como se dirige. Passei recentemente por um problema com um dos pneus, que do nada esvaziou. Ao contrário dos pneus comuns, esse não solta do aro e você pode rodar com ele vazio numa velocidade até 80 km/h que ele não estraga e não deforma. Nesse meu pneu apareceu um furinho minúsculo no que os borracheiros chamam de "ombro do pneu" que não é nem na banda de rodagem nem na lateral do mesmo. Fica exatamente na dobra do mesmo. Por conta disso não consegui vulcanizar. A solução foi colocar aqueles reparos tipo "macarrão" naqueles borracheiros de esquina por R$ 10,00. O reparo até agora está OK (já passou um mês mais ou menos), não tem porque jogar um pneu novo e caro fora. Ainda mais por que até agora não vi deles vendendo por aí e não faço idéia de quanto custa um.
 

nettboxBR

Bam-bam-bam
Mensagens
7.210
Reações
1.847
Pontos
344
Então. Eu tenho uma BMW 2014 e ela não tem estepe. Os Pneus dela são runlfat e são originais do carro ainda, que está atualmente com um pouco mais de 33K km. Esses pneus são mais duros e mais duráveis também. Chegam a rodar até 60K km dependendo de como se dirige. Passei recentemente por um problema com um dos pneus, que do nada esvaziou. Ao contrário dos pneus comuns, esse não solta do aro e você pode rodar com ele vazio numa velocidade até 80 km/h que ele não estraga e não deforma. Nesse meu pneu apareceu um furinho minúsculo no que os borracheiros chamam de "ombro do pneu" que não é nem na banda de rodagem nem na lateral do mesmo. Fica exatamente na dobra do mesmo. Por conta disso não consegui vulcanizar. A solução foi colocar aqueles reparos tipo "macarrão" naqueles borracheiros de esquina por R$ 10,00. O reparo até agora está OK (já passou um mês mais ou menos), não tem porque jogar um pneu novo e caro fora. Ainda mais por que até agora não vi deles vendendo por aí e não faço idéia de quanto custa um.
Pois é, isso eu nao sabia como funcionava. Se aqueles pregos que sempre entram no pneu ja eram suficientes pra "ativar" a espuma do runflat

Era uma das minhas duvidas, eu achava que um prego qualquer ja ia impedir de fazer aquele remendo que os borracheiros fazem
 
Topo