O que há de Novo?


Chrono Cross é mesmo um desastre



Mensagens
815
Curtidas
760
Pontos
164
Me identifico contigo cara, não com a critica ao jogo, mas porque também acho uma tremenda bosta um jogo TOTALMENTE HYPADO pela nostalgia da galera que é o Final Fantasy 7.
O jogo simplesmente não chega aos pés do 8, e quando falo isso sou lixado online.
Parabéns por compartilhar da sua opinião de forma critica em relação ao Cross, doa a quem doer.
Final Fantasy VII consegui começar e terminar na segunda tentativa. É sem dúvidas bom. Mas realmente não é nada épico e não é nem de perto o melhor rpg que joguei.

O VIII, comecei sem terminar apenas um par de vez menos que Chrono Cross. São dois rpgs que tomam rumos muito bizarros pro meu gosto. E talvez responsáveis por eu não me arriscar mais a perder tempo com jogos do estilo.
 
Mensagens
985
Curtidas
1.137
Pontos
183
Final Fantasy VII consegui começar e terminar na segunda tentativa. É sem dúvidas bom. Mas realmente não é nada épico e não é nem de perto o melhor rpg que joguei.

O VIII, comecei sem terminar apenas um par de vez menos que Chrono Cross. São dois rpgs que tomam rumos muito bizarros pro meu gosto. E talvez responsáveis por eu não me arriscar mais a perder tempo com jogos do estilo.
Infelizmente ou o cara prefere o 7 ou odeia os dois, raramente gostam mais do 8.
O 7 tem um gráfico infantil e um enredo que não me agrada em nada, tirando o sephiroth.
Não entendo o porque de preferirem não.
 

ssj4ac

Bam-bam-bam
Mensagens
4.270
Curtidas
7.801
Pontos
293
Infelizmente ou o cara prefere o 7 ou odeia os dois, raramente gostam mais do 8.
O 7 tem um gráfico infantil e um enredo que não me agrada em nada, tirando o sephiroth.
Não entendo o porque de preferirem não.
CC é um dos melhores jogos que joguei no PS1, graficos acima de seu tempo para um console 32BIT, trilha sonora muito boa, muitos personagens e detalhe tão bom que comprei lançamento em japones e as notas demonstram que o jogo é muito bom.
FF 7 é somente um dos jogos com graficos mais bonitos se não o mais da epoca na transição 16BIT para 32BIT, so salto foi tanto de grafico entre RPGs tradicionais mesmo FF 6 que todo mundo somente falava nesse jogo, pessoal analisa os jogos antigos nos tempos de hoje, ai não da, é igual analisar e falar mal de carro antigo ou celular antigo sendo que quando foi lançado foi alem de seu tempo, se tornando um marco, FF 7 foi somente isso, algo que fez quem não conhecia ou gostava de RPGs gostarem.
 


Mensagens
554
Curtidas
1.371
Pontos
183
fechei os 2 e achei o CT muito bom
Já o CC achei uma bosta
Mesma coisa aqui, CT melhor RPG de todos os tempos, já o outro um jogo fraco com personagens de papel sem carisma, aliados a um sistema de batalhas horrível e uma história cheia de incógnitas que deixam muitos jogadores com fortes dúvidas e teorias, a única coisa que se salva é a trilha sonora.

Pegamos de exemplo personagens como o Magus e o Frog (Glenn) em comparativo aos origamis jogáveis de CC, chega a ser uma afronta para quem esperava um continuação digna de um grande jogo.
 

ssj4ac

Bam-bam-bam
Mensagens
4.270
Curtidas
7.801
Pontos
293
Mesma coisa aqui, CT melhor RPG de todos os tempos, já o outro um jogo fraco com personagens de papel sem carisma, aliados a um sistema de batalhas horrível e uma história cheia de incógnitas que deixam muitos jogadores com fortes dúvidas e teorias, a única coisa que se salva é a trilha sonora.

Pegamos de exemplo personagens como o Magus e o Frog (Glenn) em comparativo aos origamis jogáveis de CC, chega a ser uma afronta para quem esperava um continuação digna de um grande jogo.
Por isso não vai ter continução Chrono Breaker, pessoal é muito chato, so sabe reclamar, o jogo tem uma das notas mais altas, acima de 90 no metacritic, mais pessoal so sabe falar que o jogo é ruim e taus, queriam que o jogo fosse mesmos graficos / sistemas e personagens do CT so pode.
 

Link_1998

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
15.581
Curtidas
13.320
Pontos
649
Tem um colega que fala que o CT é o melhor RPG da história, mas é praticamente o único RPG que ele teve contato na vida toda. Mesmo que ele jogue outra coisa, provavelmente a memória afetiva dele nunca vai deixar mudar esse conceito. Não digo todas as pessoas, mas a maioria dos que vangloriam CT é porque ele foi seu primeiro RPG; o cara hardcore na área já tem no mínimo uns 3 games para citar acima dele, o que não tira seus méritos.
 
Mensagens
815
Curtidas
760
Pontos
164
CC é um dos melhores jogos que joguei no PS1, graficos acima de seu tempo para um console 32BIT, trilha sonora muito boa, muitos personagens e detalhe tão bom que comprei lançamento em japones e as notas demonstram que o jogo é muito bom.
FF 7 é somente um dos jogos com graficos mais bonitos se não o mais da epoca na transição 16BIT para 32BIT, so salto foi tanto de grafico entre RPGs tradicionais mesmo FF 6 que todo mundo somente falava nesse jogo, pessoal analisa os jogos antigos nos tempos de hoje, ai não da, é igual analisar e falar mal de carro antigo ou celular antigo sendo que quando foi lançado foi alem de seu tempo, se tornando um marco, FF 7 foi somente isso, algo que fez quem não conhecia ou gostava de RPGs gostarem.
Não levo notas muito em consideração não. Tudo o que a Square lançava nessa época era maravilhoso, épico, fantástico, absoluto. Os jogos eram inacreditavelmente superestimados pela mídia. Mesmo coisas chatíssimas como o segundo CD de Xenogears e Chrono Cross ninguém tinha coragem de falar que não era divertido ou estimulante.

A nota pode ter sido 10, mas foi o RPG que mais comecei sem terminar até hoje. Pra mim, isso diz mais do que qualquer nota.
 
Mensagens
523
Curtidas
1.416
Pontos
163
Eu sou apaixonado por Chrono Cross. Foi o primeiro jogo que joguei no PS1.


Sent from my iPhone using Tapatalk
Rapaz, Meu irmão gostou pra caramba do jogo. Eu inicialmente não curtia muito, mas dei uma chance à ele. Resultado: Um dos melhores RPGS do PS1, tanto é que meu irmão fez questão de comprar o jogo ORIGINAL, com manual e tudo. Acho que o problema que vejo aqui da parte do pessoal é a comparação com o Trigger. Jogaram o Trigger, botaram uma expectativa HARD pro Cross e quando viram, não era aquilo que imaginavam. Creio que meu gosto por Cross se deve mais ao fato de eu ter jogado ele primeiro do que o Trigger. O Trigger eu só fui jogar em 2009 via emulador. Resultado? Os dois são bons, cada um à seu próprio modo. Não consigo ver um brilhando e o outro sendo ofuscado IMO.

E é até interessante que TALVEZ eu seja o único daqui do Fórum que gosto pra cacete de Castlevania 64. Claro que, se comparado com Symphony of The Night e sua inovação à época é chutar cachorro morto, mas mesmo assim, eu gosto.
 
Ultima Edição:

Rafaeloutersp

Habitué da casa
Mensagens
403
Curtidas
403
Pontos
98
Eu achava muito massa ter varios personagens colecionaveis cara. :klolz
Pokemon tem muitos monstrinhos colecionaveis e ninguem pergunta a historia deles. :kpensa
Não é o foco do Pokemon hue, a info conta algo de cada um tipo que o Dragonite tem velocidade para dar volta ao mundo em tanto tempo, ou que o hypno aterroiza as crianças durante os sonhos, entre outras.

Já o Chrono Cross veio para ser uma sequencia de Chrono Trigger então esperavaos um desenvolvimento de personagens interessantes como foi a do Trigger, onde cada personagem é bem desenvolvido, já no Chrono Cross tem personagens totalmente descartáveis.

Me identifico contigo cara, não com a critica ao jogo, mas porque também acho uma tremenda bosta um jogo TOTALMENTE HYPADO pela nostalgia da galera que é o Final Fantasy 7.
O jogo simplesmente não chega aos pés do 8, e quando falo isso sou lixado online.
Parabéns por compartilhar da sua opinião de forma critica em relação ao Cross, doa a quem doer.
É só sua opinião, já eu acho o 8 muito ruim em tudo quebrado e mal feito em sistemas, tanto que é um dos unicos jogos que é melhor tu ficar no LEVEL 1 do que ganhar level naquele jogo, pq os inimigos ficam mais forte que você, mas é só tu usar junction direito que tu quebra o jogo inteiro, um lion heart lá é capaz de levar até o omega weapon de uma vez em nivel baixo do que usar uns 13 para matar ele.

Fora a história e o desenvolvimento de personagens que é nulo, todo mundo é orfão e tem a memória apagada pelas guardian forces ahuhauha, chega a parecer preguiça de desenvolver uma historia e cutscenes pra cada um. fora a quantidade de dialogos de personagens como a selphie ou o irvine que praticamente se resumem a eles se apresentarem pro grupo.

Mas concordo com o hype do final 7, realmente ele é hypado mesmo pelas suas cgs (assim como Tekken 3) e ser um dos primeiros contatos de rpg da maioria, mesmo assim acho um jogo muito bom, diferente do FF8 que acho o pior da franquia e o 9 o melhor justamente por cada personagem ser unico e bem desenvolvido.

Mas eu entendo cada jogo com sua proposta. Por isso compreendo quem gosta do FF8, só que não consigo ver tantos pontos bons nele justamente pelos personagens e historia serem bem ruins, e o foco na Rinoa e no Squall e naquela personalidade babaca do Squall. Pelo menos a trilha sonora é muito superior a do FF7 e as CGs também em qualidade.
 
Mensagens
815
Curtidas
760
Pontos
164
A personalidade de Squall é o ponto mais fraco de FFVIII pra mim. Há muitas coisas que me incomodam naquele jogo, mas essa é a pior.
O cara é um tremendo otário, trata todo mundo mal ou com indiferença, mas todo mundo gosta dele, todo mundo o quer por perto, todo mundo confia dele e quer que ele seja o líder apenas porque sim.

Em lugar nenhum um antissocial esquisito como ele seria protagonista de alguma coisa, mas parece que quiseram levar além a personalidade do Cloud, que tem seus maus momentos em FFVII mas é muito melhor personagem que Squall.
 
Mensagens
985
Curtidas
1.137
Pontos
183
Não é o foco do Pokemon hue, a info conta algo de cada um tipo que o Dragonite tem velocidade para dar volta ao mundo em tanto tempo, ou que o hypno aterroiza as crianças durante os sonhos, entre outras.

Já o Chrono Cross veio para ser uma sequencia de Chrono Trigger então esperavaos um desenvolvimento de personagens interessantes como foi a do Trigger, onde cada personagem é bem desenvolvido, já no Chrono Cross tem personagens totalmente descartáveis.



É só sua opinião, já eu acho o 8 muito ruim em tudo quebrado e mal feito em sistemas, tanto que é um dos unicos jogos que é melhor tu ficar no LEVEL 1 do que ganhar level naquele jogo, pq os inimigos ficam mais forte que você, mas é só tu usar junction direito que tu quebra o jogo inteiro, um lion heart lá é capaz de levar até o omega weapon de uma vez em nivel baixo do que usar uns 13 para matar ele.

Fora a história e o desenvolvimento de personagens que é nulo, todo mundo é orfão e tem a memória apagada pelas guardian forces ahuhauha, chega a parecer preguiça de desenvolver uma historia e cutscenes pra cada um. fora a quantidade de dialogos de personagens como a selphie ou o irvine que praticamente se resumem a eles se apresentarem pro grupo.

Mas concordo com o hype do final 7, realmente ele é hypado mesmo pelas suas cgs (assim como Tekken 3) e ser um dos primeiros contatos de rpg da maioria, mesmo assim acho um jogo muito bom, diferente do FF8 que acho o pior da franquia e o 9 o melhor justamente por cada personagem ser unico e bem desenvolvido.

Mas eu entendo cada jogo com sua proposta. Por isso compreendo quem gosta do FF8, só que não consigo ver tantos pontos bons nele justamente pelos personagens e historia serem bem ruins, e o foco na Rinoa e no Squall e naquela personalidade babaca do Squall. Pelo menos a trilha sonora é muito superior a do FF7 e as CGs também em qualidade.
É tua opinião também, inclusive ficou puto pela nostalgia que sente pelo 7, dá pra notar isso.

Enfim, eu concordo totalmente com a parte de gameplay, é um dos meus jogos preferidos mas ficar dando draw ou matar um boss com um renzokuken é realmente quebrado e ridiculo.
Na parte de enredo eu poderia argumentar mas creio que você não vai mudar seu ponto de vista.

Eu acho simplesmente espetacular o desenvolver da historia e etc, partindo pra um lado mais adulto tanto graficamente quanto no enredo.
 

Rafaeloutersp

Habitué da casa
Mensagens
403
Curtidas
403
Pontos
98
É tua opinião também, inclusive ficou puto pela nostalgia que sente pelo 7, dá pra notar isso.

Enfim, eu concordo totalmente com a parte de gameplay, é um dos meus jogos preferidos mas ficar dando draw ou matar um boss com um renzokuken é realmente quebrado e ridiculo.
Na parte de enredo eu poderia argumentar mas creio que você não vai mudar seu ponto de vista.

Eu acho simplesmente espetacular o desenvolver da historia e etc, partindo pra um lado mais adulto tanto graficamente quanto no enredo.
Pode falar do enredo sim, o que eu não gosto é dos personagens com pouco desenvolvimento, como mencionei que a selpie e o irvine quase não falam nada.

E isso ainda fica pior por causa da customização das GFs, até nisso os personagens ficam parecidissimos.

Detesto escolher o personagem por causa de limit breaker apenas, gosto de jogar com os que eu gosto mais, mas ai ele tem um limit breaker cagado e tenho que tirar do grupo e nem motivo tem se para treinar os outros personagens pq são iguais, isso no ff7 é ruim também (red XIII que eu gosto tanto tem que ficar de fora da party), e em outros também, o X ainda dá uma melhorada inicialmente até tu ter de invadir o sphere grid dos outros e ficar tudo igual.

O ideal seria deixar você customizar um personagem mas dentro de limitações dele, como no 9, você pode por varias skills mas o zidane sempre será um thief por natureza, ou a garnet uma white mage summoner. Gosto mais de jogos assim, cada personagem pode ser customizado mas nunca deixa de ser ele ai tenho motivos pra treinar todos e usá-los para usar diferentes personagens e jogar com os que mais gosto. Se é pra ser tudo igual coloca menos personagem e desenvolvam todos eles como o 15, legend of legaia.

O 7 eu gostei pq foi um dos meus primeiros rpgs e gostei do 8 e do chrono cross na época também, mas depois de avaliar melhor com o passar dos anos eu vejo o defeito deles, mas não são jogos ruins, eu só não gosto de uma ou outra coisa mesmo do gameplay ou da historia, em especial o desenvolvimento dos personagens desses jogos, muito personagem inutil e sem importancia.

Faz anos que não jogo ff7, 8 e 9, e tenho certeza que acharia muito mais defeitos neles e nem tenho vontade de rejogar eles e provavelmente nunca mais jogarei, mas sei que foram excelentes na sua época, talvez tenha gostado mais do 7 porque entendia menos ingles e lia as revistas do jogo em portugues (acompanhei quando ainda era japones e a gamers em toda edição detonava uma parte do game) e gostei mais da historia, já do 8 não lembro de ter lido muita revistas. Creio que porque a gamers começou a fraquejar já nessa época.
 
Ultima Edição:
Mensagens
2.051
Curtidas
1.915
Pontos
229
Já comecei CC algumas vezes mas nunca terminei, principalmente por que odiei fortemente o sistema de batalha. É um dos piores sistemas de batalha que já vi, senão o pior. Pelo menos é algo único. Pelo que eu li da história, achei boa. Definitivamente melhor do que a de Chrono Trigger, que é simplista na maior parte do tempo e só fica boa mais perto do final.
 

Igni

Ser evoluído
Mensagens
65
Curtidas
19
Pontos
18
Gosto bastante de CC, mas como sequência direta de CT ele infelizmente foi fraco. Talvez se tivesse sido anunciado como um "sucessor espiritual", a aceitação fosse maior.

Além disso, é um jogo bastante melancólico quando comparado ao aventuresco e alegre CT. Por vezes me parece mais uma desconstrução do Trigger, porque quase tudo que o grupo do Crono fez teve um impacto negativo. A mensagem do jogo, em relação ao CT, é que de boas intenções o inferno está cheio. Acho que para muitos fãs, foi como se alguém pegasse as boas memórias da infância e jogasse tudo no lixo.

Seja como for, Cross tem os seus momentos. Aquela parte final do primeiro disco foi fantástica: passar pelo Dead Sea e os resquícios de um futuro descartado, explorar Chronopolis e, por fim, o triste confronto com Miguel. Também achei Lynx/FATE ótimos vilões.
 

Rafaeloutersp

Habitué da casa
Mensagens
403
Curtidas
403
Pontos
98
Problema grande é que o unico jogo desse tempo do psone que eu realmente aproveitei foi o final 7 pq meu ingles era fraco e a gamers book traduzia tudo muito bem, então creio que o FF8 e o CHrono Cross realmente sao bons jogos mas que eu nao entendi a historia.

É que para mim esses dois deixaram a desejar nos personagens, o cross pelo excesso de personagens, e o 8 por uma parte que fala que todos tiveram as memorias apagadas e eram todos dum mesmo orfanato, e vindo de FF7 onde cada personagem foi muito bem trabalhado com historias deles em eventos realmente deixou um gosto amargo.

Agora falar que é overrated eu tenho que discordar mesmo, o FF7 é muito rico na história e o sistema de batalhas é bom também pra epoca.
Gostaria que falassem mais da historia do FF8 e do Cross, pq do 7 mesmo que vagamente eu me lembro muita coisa, e agora eu parei pra pensar
a história do jogo é baseada muito em hitler e no nazismo e a segunda guerra mundial.

VALE RESSALTAR QUE FAZ ANOS QUE NÃO JOGO O JOGO E MEU CONHECIMENTO DE AMBOS NAZISMO E FF7 NÂO É AVANÇADO. MAS acho que daria um debate interessante falar da historia desses 3 jogos. RESSALTO QUE CONTEM SPOILERS MAS É DE UM JOGO DE 15 anos atrás.

Basicamente o jogo é centralizado numa empresa chamada shinra que faz as maiores loucuras, desde extrair a energia do planeta para produzir energia, e com isso banhar os soldados para terem mais capacidade inclusive mágicas.
Coisa que Hitler fazia extraindo vitaminas e usando em seus soldados para fortificar os olhos por exemplo.
Criar um hyper canhão gigante, como o canhão de Junon, HItler também fez canhões gigantescos e ostentava isso.

Shinra Também fazia experiencias geneticas com animais como o Red XIII, apesar de eu não lembrar nada das experiencias lembro dele entrar na party sendo resgatado. Hitler criou duas raças de cachorros com cruzamentos geneticos, acho que o dobberman e o pitbull.

Sephiroth enloqueceu ao saber que era um soldado geneticamente criado e enloqueceu com isso, quis se tornar um DEUS atacando o planeta com um meteroro para conseguir extrar muita energia mako e encontrar sua mãe Jenova, querendo destruir quem se oposse a ele.
Hitler acreditava em DEUS e achava que o mesmo estava a favor dele, era um pintor que enloqueceu e virou um ditador doente ao saber que seu pais estava sofrendo na mão de judeus pois dominavam a economia e quis acabar com eles e também com todos que considerou uma raça inferior.

No jogo a avalanche é uma facção que não concordava com a shinra e queria acabar com ela, nisso eles são tipo o greenpeace e todos que discordam com os planos das grandes empresas.

Bem resumido esses paralelos mas a historia do FF7 é bem rica, e os personagens são muito bem desenvolvidos apesar de eu lembrar praticamente da historia do cloud e da tifa, onde a tifa era uma guia turistica da cidade do cloud, e o cloud estava numa missão com o sephiroth e o zack, onde descobrem todo aquele problema da jenova e da criação do sephiroth, no caso o zack acaba sendo quase morto pelo sephiroth junto com alguns soldados que morrem, e o cloud vai se vingar e acaba jogando o sephiroth num poço de mako e ele morre pelo que entendi e ai eles criam um novo sephiroth e restaram o cloud da sua quase morte ao tomar uma masamunada no peito. O zack foge com o cloud de nibleheim e deseja ser um revolucionario por saber desses acontecimentos e acaba morrendo protegendo o cloud, que estava todo doente por causa da restauração e acaba recebendo os sonhos do zack de seguir seus planos e tem a memoria atacada muito pela mistura da sua energia com a do sephiroth pelos banhos de mako que recebeu na sua restauração.

Como eu falei todo personagem tinha um desenvolvimento muito bom, com excessão do CID e do Caith Sith, e talvez a yuffie com aquela historia simples de ladrona para sua vila ter dinheiro, todos tinham seus enredos interconectados, como o barret que teve sua cidade destruida pela shinra e a exploração e tu acaba conhecendo aquele dine la que tambem teve o braço amputado e se mata.

Já o sephiroth eu acho um vilão meio bobo no sentido que os motivos pra ele ser mau, descobriu que era uma criação artificial e endoidou, e apesar dos assassinatos que ele comete creio que o Kefka do FF6 foi um vilão mais memorável, pode ter motivos bem bobos mas realmente era muito mau, envenenando cidades destruindo o mundo e querendo ser cultuado como um DEUS, no caso o Seph foi um meio clone desse vilão que teve atitudes muito mais fortes como vilão do que ele. Mas parando pra pensar creio que era mais a loucura de maldade do kefka que me chamava a tenção pq os dois fizeram muitos assassinatos fortes no jogo também. Mas o Seph creio que chamou mais atenção por causa da aparencia e não tanto por ser um vilão melhor, pois o kefka fez basicamente as mesmas coisas e concluiu melhor o plano dele, realmente destruindo boa parte do mundo durante o jogo, coisa que o Seph foi impedido pelo grupo do CLoud.
 
Mensagens
7.763
Curtidas
7.244
Pontos
379
A personalidade de Squall é o ponto mais fraco de FFVIII pra mim. Há muitas coisas que me incomodam naquele jogo, mas essa é a pior.
O cara é um tremendo otário, trata todo mundo mal ou com indiferença, mas todo mundo gosta dele, todo mundo o quer por perto, todo mundo confia dele e quer que ele seja o líder apenas porque sim.

Em lugar nenhum um antissocial esquisito como ele seria protagonista de alguma coisa, mas parece que quiseram levar além a personalidade do Cloud, que tem seus maus momentos em FFVII mas é muito melhor personagem que Squall.
This.
Mesmo achando o Cloud um bosta também.
 
Mensagens
1.325
Curtidas
1.474
Pontos
203
O enredo de Chrono Cross é uma bagunça, tentei fortemente compreender e no fim decidi que é mal-feito, mal-concluido seja lá o que for por causa do tanto de dedução que usava e ainda assim surgia umas incoerência.
O número de personagens é uma coisa de louco, porém esse número tira foco dos chaves o que piora situação, eu também não lembro de desenvolvimento dos personagens, os eventos ocorriam e o povo reagia de acordo com suas crenças e é isso aí, a Kid é o ponto fora da curva.

Porém eu ainda amo esse jogo, uma das melhores trilhas sonoras que já escutei, ambientação espetacular e graficamente o jogo mais bonito que já vi.
 

Rafaeloutersp

Habitué da casa
Mensagens
403
Curtidas
403
Pontos
98
Gente procurei na internet o enredo do ff8 e 9 e achei eles muito bons.
Eu não lembrava de quase nada mas achei eles muito bons mesmo.
FFVIII
https://www.theenemy.com.br/final-fantasy/historia-de-final-fantasy-viii

FFIX
https://www.blogmil.net/2015/11/final-fantasy-ix-vivendo-atraves-de.html
aqui complementa o do ffix http://mugiwaraotakus.blogspot.com/2012/05/final-fantasy-ix-ix.html

Assim que der coloco do Chrono Cross também, acho que deve ser boa a historia também.
A do FF9 me surprendeu mais que a do 8. Mas a do 8 eu achava zoada e achei muito boa mesmo.
 
Ultima Edição:

Ero_Seenin

Spaaaaaace Geek
Mensagens
19.979
Curtidas
13.777
Pontos
734
Gente procurei na internet o enredo do ff8 e 9 e achei eles muito bons.
Eu não lembrava de quase nada mas achei eles muito bons mesmo.
FFVIII
https://www.theenemy.com.br/final-fantasy/historia-de-final-fantasy-viii

FFIX
https://www.blogmil.net/2015/11/final-fantasy-ix-vivendo-atraves-de.html
aqui complementa o do ffix http://mugiwaraotakus.blogspot.com/2012/05/final-fantasy-ix-ix.html

Assim que der coloco do Chrono Cross também, acho que deve ser boa a historia também.
A do FF9 me surprendeu mais que a do 8. Mas a do 8 eu achava zoada e achei muito boa mesmo.
a história do 8 é uma bagunça.
 
Mensagens
1.325
Curtidas
1.474
Pontos
203
Se eu fosse a Square, lançava um remake dessa bagaça ainda em 2019. Venderia trilhões. Melhor RPG de todas as galáxias do universo.
A arte pre renderizada ia pra vala e alta chance da dublagem falhar miseravelmente por conta dos inúmeros personagens e os sotaques aplicados neles. Nessa época a parte sonora era praticamente a música e com isso ela se destacava, hoje os jogos disputam a atenção com a dublagem o que tira o foco quase total que a música tinha, logo a trilha não iria brilhar como brilha no original.
 
Mensagens
6.360
Curtidas
4.463
Pontos
444
A arte pre renderizada ia pra vala e alta chance da dublagem falhar miseravelmente por conta dos inúmeros personagens e os sotaques aplicados neles. Nessa época a parte sonora era praticamente a música e com isso ela se destacava, hoje os jogos disputam a atenção com a dublagem o que tira o foco quase total que a música tinha, logo a trilha não iria brilhar como brilha no original.
Com relação a arte pre renderizada...dava pra lançar algo melhor ainda, com as tecnologias de hoje.
Quanto aos personagens, poderiam fazer uma limpa, e deixar só uns 8 no time principal.
 

doutordoom

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
28.348
Curtidas
16.492
Pontos
754
Mas não tem nada de errado aí. Ele é "COOL", estiloso e se destaca por suas habilidades e atitudes bad boy. Esse tipo de sujeito faz (ou pelo menos fazia) sucesso.
A personalidade de Squall é o ponto mais fraco de FFVIII pra mim. Há muitas coisas que me incomodam naquele jogo, mas essa é a pior.
O cara é um tremendo otário, trata todo mundo mal ou com indiferença, mas todo mundo gosta dele, todo mundo o quer por perto, todo mundo confia dele e quer que ele seja o líder apenas porque sim.

Em lugar nenhum um antissocial esquisito como ele seria protagonista de alguma coisa, mas parece que quiseram levar além a personalidade do Cloud, que tem seus maus momentos em FFVII mas é muito melhor personagem que Squall.
Enviado de meu Redmi Note 5A Prime usando o Tapatalk
 


Topo