O que há de Novo?
  • Anunciando os planos GOLD no Fórum Outer Space
    Visitante, agora você pode ajudar o Fórum Outer Space e receber alguns recursos exclusivos, incluindo navegação sem anúncios e dois temas exclusivos. Veja os detalhes aqui.

[CLOROQUINA]Governos e OMS mudaram a política do Covid-19 com base em dados suspeitos (pg.14)



Chris Redfield jr

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
33.954
Reações
93.611
Pontos
829
23:59
121667








00:00
Pessoas saudáveis devem usar máscaras apenas se cuidarem de pacientes com coronavírus, diz a OMS
A Organização Mundial da Saúde recomenda pessoas saudáveis, incluindo aquelas que não apresentam sintomas de COVID-19, só usam máscaras quando cuidam de alguém infectado com o contágio, um forte contraste com o conselho dado pelas autoridades americanas de saúde pública que recomendam que todos usem uma máscara em público.

"Se você não apresenta nenhum sintoma respiratório, como febre, tosse ou coriza, não precisa usar máscara", diz April Baller, especialista em saúde pública da OMS, em um vídeo no mundo. site do órgão de saúde . "As máscaras devem ser usadas apenas por profissionais de saúde, cuidadores ou por pessoas doentes com sintomas de febre e tosse."

A recomendação difere dos Centros de Controle e Prevenção de Doenças (CDC), que pedem que os indivíduos usem uma máscara ou cobertura de rosto em locais públicos, independentemente da infecção, para limitar a propagação do vírus.

“Agora sabemos de estudos recentes que uma parcela significativa dos indivíduos com coronavírus não apresenta sintomas ('assintomáticos') e que mesmo aqueles que acabam desenvolvendo sintomas ('pré-sintomáticos') podem transmitir o vírus a outras pessoas antes de mostrar os sintomas”, o CDC diz a orientação da máscara. “À luz dessa nova evidência, o CDC recomenda o uso de coberturas de rosto de pano em locais públicos, onde outras medidas de distanciamento social são difíceis de manter.”

Baller observou que as máscaras podem dar às pessoas uma "falsa sensação de proteção" e observou que indivíduos doentes devem usar uma para impedir a transmissão do vírus a outras pessoas.

As mensagens da Fox News para a OMS não foram retornadas imediatamente.

O CDC recomendou no mês passado que as pessoas usassem coberturas faciais não cirúrgicas quando saíssem em público depois de previamente aconselhar apenas os profissionais de saúde e as pessoas que apresentassem sintomas para fazê-lo. Um novo estudo sugere que o uso de máscaras pode reduzir em 80% os casos de COVID-19 se as pessoas seguirem o conselho.

"O mascaramento universal com 80% de adoção achatou a curva significativamente mais do que manter um bloqueio rígido", escreveu um grupo de pesquisadores internacionais no estudo, que ainda não foi revisado por pares.

Os autores observaram que países e regiões - Macau, Pequim, Taiwan, Cingapura e Japão - com histórico de máscaras sofreram grandes reduções no número de casos de coronavírus após atingirem o pico.

Um estudo separado divulgado no início deste mês dividiu os cientistas sobre a eficácia do uso de máscaras.

Chris Ciaccia, da Fox News, contribuiu para este relatório.

...............................


Daqui a pouco a OMS, baseada na ciencia, vai dizer que a cura para o Coronga Virus é enfiar o dedo no cu dos outros e cheirar para matar o virus.
E se fará leis para obrigarem o povo a cheirarem o toba alheio, em nome da ciencia.
Tomar no meu cu.
 

Ivo Maropo

Bam-bam-bam
Mensagens
8.540
Reações
12.514
Pontos
353
Deveria ser proibido nesse forum postar qualquer noticia relacionada a OMS. OMS é uma entidade corrupta e fraudulenta.
Plot twist: corrupta como qualquer outra grande entidade mundial. Ao falarem coisas do tipo, vocês implicitamente também idealizam os indivíduos. Seres humanos são uma m****. A nossa meta na terra é nos tornarmos menos merdas do que já somos. Mas jamais sairemos da m****. Isto é óbvio pra c***lho, mas é sempre bom lembrar.
 

marcgtsr

Bam-bam-bam
Mensagens
10.932
Reações
2.223
Pontos
429
Plot twist: corrupta como qualquer outra grande entidade mundial. Ao falarem coisas do tipo, vocês implicitamente também idealizam os indivíduos. Seres humanos são uma m. A nossa meta na terra é nos tornarmos menos merdas do que já somos. Mas jamais sairemos da m. Isto é óbvio pra c***lho, mas é sempre bom lembrar.
Óbvio que a WHO cometeu erros, mas essas teorias da conspiração são ridículas. Raciocinem antes de postar.
 

Layzem

Bam-bam-bam
Mensagens
4.163
Reações
9.041
Pontos
354
Só fiquei na dúvida aqui de uma coisa.. Se o remédio é tão bom e tal... Pq fica falsificando estudo contra ele? Qual a moral da conspiração? Pq alguém faria isso, qual o interesse obscuro?
Pq não da para ganhar dinheiro com um remédio barato, sem patente e que o maior fabricante do mundo é a Índia.
Achei que a essa altura do campeonato vc ja teria sacado que tem muito mais interesses por trás da pandemia do que apenas o bem estar da população.
 


Ivo Maropo

Bam-bam-bam
Mensagens
8.540
Reações
12.514
Pontos
353
Óbvio que a WHO cometeu erros, mas essas teorias da conspiração são ridículas. Raciocinem antes de postar.
Mas é exatamente isso o que eu coloquei. Tudo é um maligno plano comunista da China para dominar o mundo. Ou isto, ou então do maligno (judeu) George Soros. Engraçado, onde foi mesmo que eu vi na história uma época onde tudo era culpa dos comunistas e dos judeus... É muito triste observar que a sociedade da informação culminou com a total e bizarra desinformação de tantos.
 
Ultima Edição:

nominedomine

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
25.871
Reações
50.739
Pontos
554
Mas é exatamente isso o que eu coloquei. Tudo é um maligno plano comunista da China para dominar o mundo. Ou isto, ou então do maligno (judeu) George Soros. Engraçado, onde foi mesmo que eu vi na história uma época onde tudo era culpa dos comunistas e dos judeus... É muito triste observar que a sociedade da informação culminou com a total e bizarra desinformação de tantos.
Você acha que a China é o herói da história meu chapa?

A OMS errou de forma miserável quando falou para as pessoas não usarem mascaras, mentiram na cara dura porque devem ter julgado que era melhor mentir para a população naquele momento. Com esse tipo de atitude fica difícil reclamar de teorias da conspiração. Eu mesmo no começo não usei mascara prq a OMS falou para não usar e que era ineficiente, corri risco desnecessário e coloquei minha família em risco por essa fakenews oficial.

O Soros mete dinheiro em tudo quando é organização esquerdista escabrosa, natural que muita gente não goste do cara. O cara quer ficar nas sombras da politica sem sofrear as consequências? Assim é fácil demais. Até parece que a esquerda também não tem seus bichos papões...
 
Ultima Edição:

marcgtsr

Bam-bam-bam
Mensagens
10.932
Reações
2.223
Pontos
429
Mas é exatamente isso o que eu coloquei. Tudo é um maligno plano comunista da China para dominar o mundo. Ou isto, ou então do maligno (judeu) George Soros. Engraçado, onde foi mesmo que eu vi na história uma época onde tudo era culpa dos comunistas e dos judeus... É muito triste observar que a sociedade da informação culminou com a total e bizarra desinformação de tantos.
Até o Bolsonaro sabe que a China não é comunista cara.. A China disputa com os EUA a dominância da geopolítica mundial. Porém as diferenças entre eles são cada vez menores. Podes dar uma olhada no livro (lançamento) capitalismo sem rivais.

No mais essas teorias da conspiração são bobagens. Disputa há, óbvio e nessa disputa fazem muita merd... EUA que o digam, quanta porcaria já fizeram, quantos países já destroçaram.
 

marcgtsr

Bam-bam-bam
Mensagens
10.932
Reações
2.223
Pontos
429
Por favor caras, não há heróis nessa história... Só vilões.
 

mfalan

Bam-bam-bam
Mensagens
7.736
Reações
17.380
Pontos
338
Mais de 100 especialistas alertam para falhas em estudo que condenou o uso da cloroquina no mundo
O responsável pelo programa de malária da OMS, Pedro Alonso, afirma que o trabalho, o maior sobre o medicamento já feito e publicado na The Lancet, tem “inconsistências alarmantes”



https://brasil.elpais.com/ciencia/2020-05-30/mais-de-100-especialistas-alertam-para-falhas-em-estudo-que-condenou-o-uso-da-cloroquina-no-mundo.html


Olha o nível do debate, postei a noticia acima no VT e sou chamado de mal-caráter pelo @ROLGENIO ! :kkk
 

wesleibruno

Bam-bam-bam
Mensagens
6.970
Reações
11.349
Pontos
353
Pq não da para ganhar dinheiro com um remédio barato, sem patente e que o maior fabricante do mundo é a Índia.
Achei que a essa altura do campeonato vc ja teria sacado que tem muito mais interesses por trás da pandemia do que apenas o bem estar da população.
Esse é o pensamento que leva a seguinte falácia: "não existe cura do câncer pq a indústria farmacêutica ia quebrar "

Enviado de meu Redmi Note 5 usando o Tapatalk
 

Ivo Maropo

Bam-bam-bam
Mensagens
8.540
Reações
12.514
Pontos
353
Até o Bolsonaro sabe que a China não é comunista cara.. A China disputa com os EUA a dominância da geopolítica mundial. Porém as diferenças entre eles são cada vez menores. Podes dar uma olhada no livro (lançamento) capitalismo sem rivais.

No mais essas teorias da conspiração são bobagens. Disputa há, óbvio e nessa disputa fazem muita merd... EUA que o digam, quanta porcaria já fizeram, quantos países já destroçaram.
Talvez a verdadeira ingenuidade aqui seja achar que eles só pensam no assunto como uma disputa geopolítica mundial por dominância. Entenda que o "líder da revolução" é Olavo, dito pelos próprios Bolsonaro e de forma explícita. Estamos falando de algo um pouco mais ominoso.

É consistente na vida de Olavo a paranoia comunista. Há décadas que este "nos alerta sobre o Foro de São Paulo", por exemplo. Eu não acho bem que seja apenas uma ideológica ficção alarmista tangencial para nos ludibriar e nos engajar numa alheia luta geopolítica contra a China e pró-Estados Unidos pura e simplesmente. Suas convicções (as dos Bolsonaro) claramente extrapolam estes limites. Para eles, trata-se antes de uma heroica luta moral por redenção e "liberdade".

Mas o seu conceito-chave aqui é a de uma deturpada, imoral e caótica "liberdade", que, por incrível que pareça, é uma espécie de anarcocapitalismo miliciano neopentecostal, ou uma reprodução da vida do submundo do crime carioca nas favelas, o que (obviamente) pressupõe, antes, que a nossa República seja destruída. É uma visão de mundo bizarra que ecoa de Olavo de Carvalho e é amplificada pelos Bolsonaro. Mas o Bolsonaro pai não é o grande articulador ideológico da porra toda, mas sim seus filhos, estes, sim, convictos olavistas (principalmente o Eduardo).

Bolsonaro tem Olavo como aquele que sabe, melhor até do que o próprio Bolsonaro, o que os Bolsonaro querem. É uma visão bizarra e deturpada que jamais pode ser explicitamente declarada, pois iria afugentar qualquer pessoa minimamente razoável.
 

Pingu77

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
22.475
Reações
29.539
Pontos
614
Revista Lancet publica correções em estudo sobre cloroquina, mas resultados permanecem

A revista médica inglesa Lancet publicou nesta sexta (29) uma correção referente ao artigo publicado em 22 de maio que apontou que o uso de cloroquina e hidroxicloroquina não só não teve eficácia contra a Covid-19 como aumentou o risco de arritmia e morte.

Segundo a publicação, porém, os resultados e conclusões continuam sendo os mesmos. "The Lancet encoraja o debate científico e publicará respostas ao estudo, junto com uma resposta dos autores, na revista", disse em rede social. As correções já foram feitas na versão online e estarão também na versão impressa.

O estudo observacional compilou dados de cerca de 96 mil pacientes internados até 14 de abril em 671 hospitais, e é a maior pesquisa sobre a eficácia desses medicamentos até agora.


À luz desse estudo, a OMS (Organização Mundial da Saúde) decidiu suspender temporariamente os ensaios clínicos com hidroxicloroquina em vários países. Em seguida, a OMS retirou a cloroquina da lista de drogas que seriam testadas para tratamento da Covid-19 no programa internacional Solidarity.

As correções, segundo a revista, são:

  • No primeiro parágrafo da seção Resultados, o número de participantes da Ásia e da Austrália deveria ter sido 8.101 e 63, respectivamente. O publicado foi 4.402 da Ásia e 609 da Austrália;
  • Um hospital que se autodesignou como pertencente à Australásia deveria ter sido identificado como pertencente à Ásia;
  • O apêndice do estudo também foi corrigido. A tabela S3 havia sido incluída erroneamente. Ela tinha sido criada originalmente na análise preliminar;
  • Um sumário com dados brutos foi incluído.
O último ponto pode ter relação com um grupo de mais de cem de cientistas que escreveu uma carta aberta endereçada ao editor da Lancet, Richard Horton, e aos autores do artigo requisitando detalhes sobre a origem dos dados e pedindo que o estudo seja validado de forma independente pela OMS (Organização Mundial da Saúde) ou por outra instituição.

https://www1.folha.uol.com.br/equilibrioesaude/2020/05/revista-lancet-publica-correcoes-em-estudo-sobre-cloroquina-mas-resultados-permanecem.shtml?utm_source=twitter&utm_medium=social&utm_campaign=twfolha
Bem, ciência se faz com essas correções, mesmo.

c
 

Layzem

Bam-bam-bam
Mensagens
4.163
Reações
9.041
Pontos
354
Esse é o pensamento que leva a seguinte falácia: "não existe cura do câncer pq a indústria farmacêutica ia quebrar "

Enviado de meu Redmi Note 5 usando o Tapatalk
Mas existe cura para o câncer, basta altas doses de radiação e quimioterapia, e se no final desse processo ainda restar células saldáveis para manter a pessoa viva, ela estará curada do câncer.
O que a medicina busca não é a cura, pois ela sabe como curar, o que se busca é formas de curar a pessoa sem matar ela no processo.
 

Grand Rapids

Bam-bam-bam
Mensagens
6.976
Reações
7.778
Pontos
353
Mas existe cura para o câncer, basta altas doses de radiação e quimioterapia, e se no final desse processo ainda restar células saldáveis para manter a pessoa viva, ela estará curada do câncer.
O que a medicina busca não é a cura, pois ela sabe como curar, o que se busca é formas de curar a pessoa sem matar ela no processo.
E tem cura pra dengue?
 

Sgt. Kowalski

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
50.172
Reações
113.308
Pontos
989
EUA enviam 2 milhões de doses de hidroxicloroquina ao Brasil para tratar a Covid-19



Os Estados Unidos enviaram ao Brasil 2 milhões de doses de hidroxicloroquina para o tratamento da Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus.
O fornecimento do medicamento foi anunciado pelos dois governos neste domingo (31) e ocorre poucos dias depois de a OMS (Organização Mundial de Saúde) suspender os testes da substância para pacientes com coronavírus por causa dos riscos e da falta de segurança sobre a eficácia do remédio.
A hidroxicloroquina é tradicionalmente usada no tratamento de pessoas com malária e doenças autoimunes.
O uso da hidroxicloroquina para tratar pacientes com Covid-19 é defendido tanto pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido) quanto por Donald Trump.
O mandatário norte-americano já declarou que faz uso do medicamento como medida preventiva para não se contaminar com o coronavírus. Bolsonaro também disse ter uma “caixinha” do remédio guardada caso sua mãe de 93 anos precise.
No Brasil, o uso da hidroxicloroquina foi ampliado no dia 20 de maio para pacientes com sintomas leves do novo coronavírus. Até então, a orientação era de uso apenas por pessoas com sintomas graves e críticos e com monitoramento em hospitais.
Segundo a Casa Branca, a hidroxicloroquina enviada ao Brasil será utilizada por enfermeiros, médicos e profissionais de saúde, além de pacientes infectados.
O governo de Donald Trump também se comprometeu a fazer uma parceria com o Brasil em testes clínicos controlados randomizados sobre a hidroxicloroquina. “Esses testes ajudarão em avaliações adicionais sobre a segurança e a eficácia [do medicamento] tanto para a profilaxia quanto para o tratamento precoce do coronavírus”, de acordo com o comunicado.
Além da hidroxicloroquina, os Estados Unidos disseram que enviarão em breve mil ventiladores mecânicos para unidades de saúde brasileiras.
ESTUDOS DESCARTAM EFICÁCIA DA HIDROXICLOROQUINA
Um dos maiores estudos feitos até o momento não encontrou redução de mortalidade por Covid-19 entre pessoas que foram medicadas com hidroxicloroquina (com e sem associação com azitromicina).
A pesquisa com 1.438 pacientes foi publicada em maio na revista Jama (Journal of the American Medical Association), um dos principais periódicos médicos do mundo. Isso significa que o estudo passou por revisão de outros cientistas não envolvidos nas análises em questão.
Outra grande pesquisa, com 1.376 pacientes de Nova York, publicada no The New England Journal of Medicine, outro respeitado periódico científico, também apontou que não foram encontradas evidências de que o uso da hidroxicloroquina influenciaria na redução de mortes ou intubações.
A revista científica inglesa The Lancet também publicou pesquisa feita com dados de 96 mil pessoas internadas com Covid-19 em 671 hospitais de seis continentes, indicando que o uso de hidroxicloroquina e cloroquina estava ligado a maior risco de arritmia e de morte, em comparação com pacientes que não usaram os medicamentos.
 

Coffinator

Mil pontos, LOL!
Mensagens
62.815
Reações
180.280
Pontos
1.029
Umas 2 ou 3 semanas depois que o prefeito daqui disse que ia usar a HCQ desde o início do tratamento o n° de casos curados vem dando saltos e já está se aproximando do n° de infectados. Ainda bem que ele não leu o estudo da Lancet, né? :viraolho
 

wesleibruno

Bam-bam-bam
Mensagens
6.970
Reações
11.349
Pontos
353
Umas 2 ou 3 semanas depois que o prefeito daqui disse que ia usar a HCQ desde o início do tratamento o n° de casos curados vem dando saltos e já está se aproximando do n° de infectados. Ainda bem que ele não leu o estudo da Lancet, né? :viraolho
De que cidade vc e? Manda a notícia aí por favor.

Enviado de meu Redmi Note 5 usando o Tapatalk
 

Coffinator

Mil pontos, LOL!
Mensagens
62.815
Reações
180.280
Pontos
1.029
Não posso chorar sem provas.
Próxima fake news que postar tbm será desmentida

Enviado de meu Redmi Note 5 usando o Tapatalk
Grande trabalho, Pai Átila vai contratar você pro fact-checking agora.

PS: Se cloroquina não funciona, porque os floquinhos querem tanto desacreditar o uso dela? :coolface
 

wesleibruno

Bam-bam-bam
Mensagens
6.970
Reações
11.349
Pontos
353
Grande trabalho, Pai Átila vai contratar você pro fact-checking agora.

PS: Se cloroquina não funciona, porque os floquinhos querem tanto desacreditar o uso dela? :coolface
Ahn?
Por mais que você queira, não se pode dar um remédio que não funciona pras pessoas. Boa sorte achando um médico (que não seja Prevent sênior) que te dara isso. A maioria não eh irresponsável


Enviado de meu Redmi Note 5 usando o Tapatalk
 

Chris Redfield jr

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
33.954
Reações
93.611
Pontos
829
A campanha contra a hidroxicloroquina (HCQ) é sustentada por profissionais médicos corruptos e vinculados às grandes empresas farmacêuticas

Há alguns anos, a revista médica britânica The Lancet publicou um artigo divulgando a segurança do HCQ. Mas isso foi antes que o HCQ com zinco fosse considerado eficaz se usado com antecedência o Covid-19. O Covid-19 transformou a eficácia do HCQ em um grande problema para os grandes lucros da Big Pharma.


A solução foi outro estudo realizado por profissionais médicos, alguns dos quais têm vínculos com a Big Pharma e nenhum deles, aparentemente, está envolvido no tratamento de pacientes da Covid. O estudo reúne pessoas em diferentes estágios da doença e submetidas a diferentes tratamentos. Apresenta sua grande amostra, mas muitos dos pacientes da amostra receberam tratamento tarde demais após o vírus atingir o coração e outros órgãos vitais. Provavelmente, as pessoas que morreram de insuficiência cardíaca morreram como resultado do vírus, não do HCQ.


Para ser eficaz, o tratamento deve parar o vírus precocemente. Esperar até que o paciente seja hospitalizado deu um grande avanço ao vírus. Todo médico, e muitos, que relatam sucesso com o tratamento com HCQ, enfatiza o tratamento precoce. O presidente Trump usou um tratamento de duas semanas com o HCQ como profilático, pois ele entrava constantemente em contato com pessoas que deram positivo para o vírus. Muitos profissionais médicos que estão tratando pacientes da Covid também usam o HCQ como profilático.


O estudo da Lancet foi um trabalho urgente, pois era essencial para a Big Pharma impedir a disseminação do tratamento com HCQ e conscientizar sua segurança e eficácia . Os autores do estudo concluíram a coleta de dados em meados de abril e o estudo foi publicado em 22 de maio. Assim que apareceu, foi usado para encerrar o estudo clínico da Organização Mundial da Saúde sobre a hidroxicloroquina em pacientes com coronavírus, citando preocupações de segurança. Provavelmente, o julgamento foi abortado para impedir que uma agência oficial descubra que o HCQ funcionou.


A mídia, é claro, usou o julgamento suspenso para lançar mais dúvidas sobre o julgamento de Trump por recomendar e usar o tratamento, a implicação é que Trump havia se arriscado mais a um ataque cardíaco do que o próprio vírus.


O Daily Mail , que geralmente é um pouco cético em relação a relatórios oficiais, até relatou mal o relatório do virologista francês Didier Raoult (veja isso ) de seu sucesso no tratamento de 1.061 pacientes com HCQ / AZ como consistindo em apenas uma pequena amostra de 30 pacientes (veja este ) Uma amostra pequena é considerada inconclusiva. Assim, 1.061 pessoas se tornaram 30.



O estudo Lancet alega uma alta mortalidade por tratamento com HCQ, relatando uma taxa de mortalidade que varia de 5,1% a 13,8%. Em resposta a um jornalista quando questionado sobre essa afirmação, Didier Raoult disse que ele e seus colegas acompanharam 4.000 de seus pacientes até agora. Eles tiveram 36 mortes e nenhuma por problemas cardíacos, com uma taxa de mortalidade de 0,009%. Segundo o estudo The Lancet, ele deve ter entre 204 e 552 pacientes mortos por problemas cardíacos. Ele tem zero. Raoult teve mais de 10.000 cardiogramas analisados por ritmologistas (um tipo especial de cardiologista) procurando por qualquer sinal de problemas cardíacos.


O Dr. Fauci, do NIH, nega que as evidências concretas de Raoult sejam evidências. Em 27 de maio, Fauci disse, sem demonstrar vergonha de sua ignorância ou mentira, que não há evidências de que o hidroxicloroquina, um medicamento anti-malária, seja eficaz no tratamento do COVID-19. (veja isto )


Talvez o que Fauci queira dizer seja que nenhum estudo realizado pelo NIH ou outro órgão oficial amigo das Grandes Farmacêuticas tenha sido realizado e que apenas esses estudos constituam evidência.


Quando evidências concretas, como a de Raoult, são suprimidas e falsas, enquanto "estudos" são elaborados para produzir uma conclusão predeterminada que serve aos lucros da Big Pharma, apressam-se a publicar, sabemos que o dinheiro tirou a ética da pesquisa médica. Várias pessoas preocupadas nos dizem isso há algum tempo. Estamos atrasados devido a ouvi-los.


A medicina privada é direcionada ao lucro, o que a torna suscetível a fraudes. Há muito tempo, a fraude era contida pelo caráter moral dos médicos e pelo respeito pela verdade dos pesquisadores. Essas restrições, nunca perfeitas, foram corroídas quando a ganância transformou tudo, a própria integridade, em uma mercadoria que é comprada e vendida.


A intenção é enterrar o HCQ como um tratamento econômico e colocar em seu lugar uma alternativa de alto custo, eficaz ou não, e suplementar esse aumento de lucros com a vacinação em massa, o que pode causar mais danos do que o próprio vírus. A Big Pharma poderia se importar menos. O único valor que conhece é lucro.


Essa intenção conquistou o apoio dos governos francês, belga e italiano. Usando o estudo Lancet e o término do teste de HCQ pela OMS como desculpa, o governo francês revogou seu decreto autorizando o tratamento com HCQ. O Ministério da Saúde da Bélgica emitiu um alerta contra o uso do HCQ, exceto em ensaios clínicos registrados. A agência de saúde da Itália quer que o uso do HCQ seja proibido fora dos ensaios clínicos e a autorização suspensa para usar o HCQ como tratamento Covid-19. Veja isso .


Isso significa que Raoult e sua equipe, que ao tratar pacientes Covid com HCQ alcançaram a notável taxa de mortalidade baixa de 0,009%, são proibidos de usar a cura comprovada para salvar vidas? Raoult e sua equipe serão presos se continuarem salvando vidas? E as pessoas que morrerão com a prevenção do governo de um tratamento seguro e eficaz? A França, a Bélgica e a Itália aceitarão a responsabilidade por essas vidas perdidas?


Não posso deixar de me perguntar se a porta giratória entre a Big Pharma e o NIH e o CDC que corrompe as decisões de saúde pública dos EUA também opera na França, Bélgica e Itália. As autoridades de saúde européias se elevam subindo nos cadáveres de suas vítimas?


*


Nota aos leitores: clique nos botões de compartilhamento acima ou abaixo. Encaminhe este artigo para suas listas de email. Crosspost em seu blog, fóruns na Internet. etc.


O Dr. Paul Craig Roberts escreve em seu blog, PCR Institute for Political Economy, onde este artigo foi publicado originalmente. Ele é um colaborador frequente da Pesquisa Global.
 

Cuneglas

Bam-bam-bam
Mensagens
1.634
Reações
7.094
Pontos
288
Ahn?
Por mais que você queira, não se pode dar um remédio que não funciona pras pessoas. Boa sorte achando um médico (que não seja Prevent sênior) que te dara isso. A maioria não eh irresponsável


Enviado de meu Redmi Note 5 usando o Tapatalk
A maioria dos planos de saude tem recomendado a cloroquina para os pacientes com suspeita de covid. A verdade é que na rede privada a cloroquina vem sendo receitada em larga escala a um bom tempo, nao é a toa que pessoas famosas tem se curado rapidamente e milagrosamente depois de entrarem na rede privada, caso do witzel, atores globais e o mais famoso é o do medico david uip que teve que confessar que usou cloroquina, mesmo fazendo campanha contra.

Da uma pesquisa ai no google, cara. Voce vai descobrir que tem a verdade é que quem esta morrendo agora é quem nao tem acesso ao remedio.
 

wesleibruno

Bam-bam-bam
Mensagens
6.970
Reações
11.349
Pontos
353
A maioria dos planos de saude tem recomendado a cloroquina para os pacientes com suspeita de covid. A verdade é que na rede privada a cloroquina vem sendo receitada em larga escala a um bom tempo, nao é a toa que pessoas famosas tem se curado rapidamente e milagrosamente depois de entrarem na rede privada, caso do witzel, atores globais e o mais famoso é o do medico david uip que teve que confessar que usou cloroquina, mesmo fazendo campanha contra.

Da uma pesquisa ai no google, cara. Voce vai descobrir que tem a verdade é que quem esta morrendo agora é quem nao tem acesso ao remedio.
O que existe é o uso em rede privada que começou com a Prevent sênior.
Eu pesquiso, tô dentro do assunto a muito tempo.
As principais pesquisas que falam da eficácia da HCQ são uma francesa que já saiu do site da revista e a da Prevent sênior.
Não dá pra levar a sério essas duas.
E do mesmo jeito que tem pessoas que tomam e se curam, tem pessoas que tomam e morrem, pessoas que não tomam e se curam....e por isso que se fazem testes com as drogas

Enviado de meu Redmi Note 5 usando o Tapatalk
 

Coffinator

Mil pontos, LOL!
Mensagens
62.815
Reações
180.280
Pontos
1.029
Outro dia, outra vitória. Continuar assim aqui na cidade, depois de amanhã os casos recuperados chegam nos casos confirmados.
 
Topo Fundo