O que há de Novo?


Como você faz para lidar com seu PRÓPRIO mal humor ?

Mensagens
1.369
Curtidas
1.431
Pontos
244
#1
Eis que, em função das consequências da vida e da vivência, você se torna uma pessoa mais fria, amarga e ranzinza.
Passa a não rir de qualquer bobeira e consegue passar praticamente todo o dia com semblante sizudo, testa franzida.
E pra piorar você ainda tem o dom de ser o "super autêntico" que se precisar fala o que sente na cara....

Mas não dou patada em ninguém, sou de boa. Sou até educado demais.

Alguém mais compartilha desse sentimento ?
 


Mensagens
5.106
Curtidas
3.863
Pontos
459
#2
Eu não sou ranzinza, trato quase todo mundo bem cordialmente, com um sorriso e tudo mais (Menos no ônibus, falta de civilidade no transporte público me revolta os bagos).

Mas eu dificilmente acho graça, ou sequer me interesso, por histórias e assuntos dos outros. E sou bem amargo por dentro também, e costumo guardar rancor dos outros que fazem merda pra mim (O que é bem hipócrita da minha parte porque eu também já fiz merda para as outras pessoas e não gostei de quando guardaram rancor de mim).

Mas no fim das contas esse sou eu, é meu jeito. A menos que isso seja um empecilho para mim ou as pessoas a minha volta eu não ligo. Eu só gostaria de mudar um pouco esse rancor que eu fico guardando as vezes.
 
Mensagens
1.369
Curtidas
1.431
Pontos
244
#3
Eu não sou ranzinza, trato quase todo mundo bem cordialmente, com um sorriso e tudo mais (Menos no ônibus, falta de civilidade no transporte público me revolta os bagos).

Mas eu dificilmente acho graça, ou sequer me interesso, por histórias e assuntos dos outros. E sou bem amargo por dentro também, e costumo guardar rancor dos outros que fazem merda pra mim (O que é bem hipócrita da minha parte porque eu também já fiz merda para as outras pessoas e não gostei de quando guardaram rancor de mim).

Mas no fim das contas esse sou eu, é meu jeito. A menos que isso seja um empecilho para mim ou as pessoas a minha volta eu não ligo. Eu só gostaria de mudar um pouco esse rancor que eu fico guardando as vezes.
Eu estou tomando a tal da "Pilula da Felicidade 10 mg" e não senti grandes mudanças. Só estou mais centrado.
Meu mal humor era personagem (eu atuava para fazer os outros rirem) hoje se tornou persona.
 


dk120

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
30.316
Curtidas
46.700
Pontos
979
#8
Antidepressivos que trabalham com serotonina (não é pra isso que tomo, mas ajuda), café também melhora meu humor e ouvir muita música, em especial Edguy.

Na verdade sou tão sozinho e quietinho que nem preciso me esforçar muito porque ninguém se importa mesmo :(
 

SimonsOps

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
11.858
Curtidas
17.864
Pontos
553
#9
Eu fiquei um tempo consumindo Prozac, mas achei uma merda porque funcionou. Meu sono ficou totalmente regulado (eu ficava com muito sono a partir das 21) e num geral, não ficava exatamente feliz, só não sentia nada. Me dava uma agonia fudida, mas sem ansiedade porque eu tava usando um remédio pra isso tbm. Era horrível
 

geist

Bam-bam-bam
Mensagens
7.009
Curtidas
22.945
Pontos
353
#11
Tava começando a ficar assim e estava me isolando demais.
A vida é um copo até o meio, cabe a nós o vermos meio cheio ou meio vazio.
É mais legal passar esses poucos anos por aqui se divertindo. Lhe garanto.
 
Mensagens
7.630
Curtidas
7.919
Pontos
424
#14
Tem que ver oq a gente pensa da gente mesmo e como as pessoas nos veem.

Eu um tempo atrás me achava feliz e leve, mas até a mina que tava saindo comigo disse que eu era rabugento e reclamava de tudo, fora que eu era muito grosso as vezes sem perceber com as pessoas (ela faz aulas de teatro comigo então a gente convivia bastante juntos). E realmente ela tava certa, foi um ótimo toque que ela deu, pq eu não tava percebendo isso.

Mas pra lidar com mal humor é bom fazer exercício, libera acho que serotonina no cérebro e te deixa menos ranzinza e chato. Gostar e se amar também ajuda, pq vc ai ja consegue tolerar as pessoas mais facilmente. Tentar ser otimista e empático com as pessoas. E educação é claro.

Agora se vc se cuida mal, ta fora de forma, não tem convívio social, não se diverte, não viaja, não tem hobbies com certeza vai ficar chato e reclamão...e pior, não vai perceber isso.
 
Mensagens
885
Curtidas
135
Pontos
114
#15
Eu não sou ranzinza, trato quase todo mundo bem cordialmente, com um sorriso e tudo mais (Menos no ônibus, falta de civilidade no transporte público me revolta os bagos).

Mas eu dificilmente acho graça, ou sequer me interesso, por histórias e assuntos dos outros. E sou bem amargo por dentro também, e costumo guardar rancor dos outros que fazem merda pra mim (O que é bem hipócrita da minha parte porque eu também já fiz merda para as outras pessoas e não gostei de quando guardaram rancor de mim).

Mas no fim das contas esse sou eu, é meu jeito. A menos que isso seja um empecilho para mim ou as pessoas a minha volta eu não ligo. Eu só gostaria de mudar um pouco esse rancor que eu fico guardando as vezes.
Bah... Sou igualzinha... por fora até dou sorrisos e trato as pessoas bem, mas por dentro estou revirando os olhos e desejando que a pessoa só se afaste.
Sei lá, se é um amigo(a) de longa data as vezes acabo até dando umas patadas sem querer. Mas só de vez em quando.
 

Ataru

Bam-bam-bam
Mensagens
2.052
Curtidas
8.765
Pontos
293
#17
Eu aviso as pessoas ao meu redor e tem dado muito certo. Eu sempre digo “não ligue que hoje eu estou com um mal humor do cacete,” e as pessoas entendem muito bem. Isso ajuda inclusive a baixar o mau humor, pois acaba sendo meio cômico. Até hoje ninguém me rechaçou por causa disso. Geralmente elas se surpreendem e acabam se identificando. Não adianta, tem dias que você não funciona muito bem, e muitas vezes as pessoas interpretam errado. Por isso deixando claro que o problema está tão somente em você faz com que nenhum mal entendido aconteça, e humaniza o seu problema.
 

Kaiji

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
20.546
Curtidas
19.946
Pontos
654
#18
Cara, todo mundo oscila o senso de humor.
Eu faço piada o tempo todo e vejo muitas coisas, que EU acho engraçadas, no meu cotidiano.
Agora, acho que é importante você ter rituais de higiene mental, como lazer e, inclusive, choro.
Eu tenho dificuldade para chorar com as coisas da realidade, pois não tenho uma empatia grande por pessoas reais. Mas, se eu colocar um "Goodbye, Michael" para assistir, meuamigo, é um rio Amazonas de lágrimas. XD
Então, você tem que saber se equilibrar.
 

Ataru

Bam-bam-bam
Mensagens
2.052
Curtidas
8.765
Pontos
293
#19
Cara, todo mundo oscila o senso de humor.
Eu faço piada o tempo todo e vejo muitas coisas, que EU acho engraçadas, no meu cotidiano.
Agora, acho que é importante você ter rituais de higiene mental, como lazer e, inclusive, choro.
Eu tenho dificuldade para chorar com as coisas da realidade, pois não tenho uma empatia grande por pessoas reais. Mas, se eu colocar um "Goodbye, Michael" para assistir, meuamigo, é um rio Amazonas de lágrimas. XD
Então, você tem que saber se equilibrar.
Se o All Might falou, tá falado.
 
Mensagens
1.797
Curtidas
3.154
Pontos
303
#26
Antidepressivos que trabalham com serotonina (não é pra isso que tomo, mas ajuda), café também melhora meu humor e ouvir muita música, em especial Edguy.

Na verdade sou tão sozinho e quietinho que nem preciso me esforçar muito porque ninguém se importa mesmo :(
Café eu aprovo.

Mas toda vez que alguem vir falar bem de antidepressivos, vou pular no pescoço.

Fica atento.
 
Mensagens
5.105
Curtidas
2.796
Pontos
444
#30
resposta curta: Terapia

Mais complexa, eu fui atrás de terapia por outros motivos, cisa complicada de familia (que ja postei até), perda do meu pai, etc... mas terapia me fez ter melhor humor também (sem usar remédios) e vez compreender melhor o mundo ao redor

Não vou dizer que sou a pessoa mais bem humorada do mundo e tudo é lindo e maravilhoso, mas eu sei lidar melhor com as coisas e isso muda na relação com os outros e isso muda como os outros se relacionam comigo...
 
Mensagens
2.095
Curtidas
1.337
Pontos
203
#32
Antidepressivos que trabalham com serotonina (não é pra isso que tomo, mas ajuda), café também melhora meu humor e ouvir muita música, em especial Edguy.

Na verdade sou tão sozinho e quietinho que nem preciso me esforçar muito porque ninguém se importa mesmo :(
Não se sinta assim, você tem a O.S.. Qualquer coisa é só mandar uma MP, tu me ajudaste bastante quando fui procurar ajuda para ansiedade.
 
Mensagens
1.369
Curtidas
1.431
Pontos
244
#33
resposta curta: Terapia

Mais complexa, eu fui atrás de terapia por outros motivos, cisa complicada de familia (que ja postei até), perda do meu pai, etc... mas terapia me fez ter melhor humor também (sem usar remédios) e vez compreender melhor o mundo ao redor

Não vou dizer que sou a pessoa mais bem humorada do mundo e tudo é lindo e maravilhoso, mas eu sei lidar melhor com as coisas e isso muda na relação com os outros e isso muda como os outros se relacionam comigo...
Cara, que bacana e que inveja de você.

Eu tenho certo repudio a "ajudas". Tipo...não admito um profissional ser pago para me oferecer ajuda. Eu só aceito se a resposta estiver em mim mesmo.
 

Wendy

Bam-bam-bam
Mensagens
2.682
Curtidas
2.676
Pontos
314
#34
Eis que, em função das consequências da vida e da vivência, você se torna uma pessoa mais fria, amarga e ranzinza.
Passa a não rir de qualquer bobeira e consegue passar praticamente todo o dia com semblante sizudo, testa franzida.
E pra piorar você ainda tem o dom de ser o "super autêntico" que se precisar fala o que sente na cara....

Mas não dou patada em ninguém, sou de boa. Sou até educado demais.

Alguém mais compartilha desse sentimento ?
Na maioria dos dias estou super feliz, tento espalhar alegria no meu dia a dia.
Mas tem algumas coisas que vão acontecendo durante a semana que vão me deixando mais quieta, com cara de poucos amigos ou até triste.
Até alguém perceber e me alertar do meu estado de desânimo, daí tento recuperar as energias.
 
Mensagens
3.605
Curtidas
3.793
Pontos
359
#35
Acompanhando para ver opções sem remédios pois tenho ficado muito quieto, mal humorado e até meio ignorante e mal educado. A vida tá decente(bem melhor que quando eu era mais bem humorado), não sei o que se passa
 


Topo