O que há de Novo?


Crise em São Francisco. Desenvolvedor da ND roda a baiana e ofende os jogadores

neil young

Mil pontos, LOL!
Mensagens
56.130
Curtidas
57.483
Pontos
1.064
#1


Até demorou para alguém que vive na bolha acabar estourando na internet e mandar se fuder os fãs que compram o produto da empresa dele e que sustentam o cara e a família dele.


E bela propaganda do game ao escrever que "gamer" é um babaca sexista homofóbico.

E desculpem pela apropriação cultural da expressão rodar a baiana. :coolface
 


neil young

Mil pontos, LOL!
Mensagens
56.130
Curtidas
57.483
Pontos
1.064
#3
O cara tá certo. Quem não gosta que se foda.

Enviado de meu GT-I9505 usando o Tapatalk
Com esse tipo de atitude fica difícil justificar a compra de um produto dessa empresa.

Sou mais apoiar produtos de empresas como Aquiris que além de ser brasileira como a gente ainda agradece os fãs dentro e fora do jogo diferente de algumas empresas que ficam proximo a São Francisco.
 


Mensagens
404
Curtidas
1.124
Pontos
148
#10


Até demorou para alguém que vive na bolha acabar estourando na internet e mandar se fuder os fãs que compram o produto da empresa dele e que sustentam o cara e a família dele.


E bela propaganda do game ao escrever que "gamer" é um babaca sexista homofóbico.

E desculpem pela apropriação cultural da expressão rodar a baiana. :coolface
Bom, com isso ele conseguiu provar por A+B que a intenção dele em criar esse jogo era "lacrar" mesmo...
Eu acho que estão vindo tempos sombrios no mundo dos games, galera... Se continuarem nessa de fazer "lacração" mas não entregarem um jogo de qualidade, é provável, talvez, que estejamos no rumo de presenciar a mesma coisa que aconteceu com ET, mas em uma abordagem diferente...

Posso estar errado HARD aqui, mas é a impressão que estão me passando...
 

Falken

Bam-bam-bam
Mensagens
1.776
Curtidas
4.948
Pontos
303
#12
Bom, com isso ele conseguiu provar por A+B que a intenção dele em criar esse jogo era "lacrar" mesmo...
Eu acho que estão vindo tempos sombrios no mundo dos games, galera... Se continuarem nessa de fazer "lacração" mas não entregarem um jogo de qualidade, é provável, talvez, que estejamos no rumo de presenciar a mesma coisa que aconteceu com ET, mas em uma abordagem diferente...
Sim, vai vir um mundo sombrio nos games, vai ser tudo lixo pq... Estão incluindo homosexuais no contextos do jogos :klol:klol

Eu tenho que aprender a ignorar esses argumentos de "lacração" e "sjw" se não daqui a pouco vou chamar minha orelha ou meus olhos de vaso sanitário.
 
Mensagens
865
Curtidas
1.299
Pontos
183
#14
Vamos parar com essa de "foi apenas um beijo". Foi lacração mesmo, não tem nada haver aquilo em um trailer, não to nem aí se já teve em DLC. Mesmo se fosse um casal hétero seria estranho isso em um trailer de gameplay de E3! Quiseram lacrar mesmo, deviam ao menos admitir.
 

neil young

Mil pontos, LOL!
Mensagens
56.130
Curtidas
57.483
Pontos
1.064
#15
Sim, vai vir um mundo sombrio nos games, vai ser tudo lixo pq... Estão incluindo homosexuais no contextos do jogos :klol:klol

Eu tenho que aprender a ignorar esses argumentos de "lacração" e "sjw" se não daqui a pouco vou chamar minha orelha ou meus olhos de vaso sanitário.
Sempre existiu personagens de diferentes sexualidades, inclusive no Super Mario.

Se vc não conhece games a culpa não é nossa.
 

Ixion

Bam-bam-bam
Mensagens
13.204
Curtidas
8.312
Pontos
454
#16
O problema não foi ter mulher como protagonista, já temos isso em trocentos jogos, o problema foi lacração no trailer da E3, foi algo forçado mesmo.
Sinceramente, não achei nada naquele trailer forçado. Quem jogou a DLC de TLoU já sabia que a Ellie teve namorada.

Achei bem interessante o contraste da cena do beijo, mostrando uma Ellie tímida e toda sem graça com os elogios da nariguda lá, pra logo em seguida aparecer ela assassinando um cara com duas facadas no pescoço.

Foi um trailer memorável. Se teve uma coisa que me chocou foi a forma como a violência foi retratada no jogo. Eu já estou muito acostumado à violência exagerada nos jogos, mas nesse trailer não sei exatamente porque as cenas violentas me deram frio na espinha, aquela agonia que se sente quando vê cenas reais de gore.

Enviado de meu Moto X Play usando o Tapatalk
 
Ultima Edição:

Landstalker

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
11.868
Curtidas
20.793
Pontos
584
#17
Ouvindo o Desenvolvimento do Horizon Chase Turbo

Nesse episódio recebemos, novamente, o Felipe Dal Molin, game designer na Aquiris, para falar sobre o mais novo lançamento da empresa: o Horizon Chase Turbo! O papo foi muito legel e trouxe ideias sobre o processo de desenvolvimento tanto de jogos para celulares quanto para jogos de console e PC. Falamos um pouco sobre as dificuldades do processo e sobre como o time adotou soluções criativas para deixá-los para trás. Está curtindo nossos episódios? Colabora conosco lá no Apoia.se! Apresentado por Juliano Silveira, Luiz Monclar e Raphael Baldi. Músicas de Kevin MacLeod

Parte I

Na segunda parte da nossa conversa sobre o Horizon Chase Turbo, recebemos Bruno “Tinnus” Ferreira pra conversar sobre a tecnologia que faz o jogo rodar! Ficamos por dentro dos “hacks” que a galera usou no desenvolvimento do game e entendemos um pouco melhor sobre o que é necessário para lançar um projeto nos consoles! Se você perdeu a primeira parte, escuta lá! Está curtindo nossos episódios? Colabora conosco lá no Apoia.se! Apresentado por Juliano Silveira, Luiz Monclar e Raphael Baldi. Músicas de Kevin MacLeod (Incompetech).

Parte II
 
Mensagens
8.744
Curtidas
8.637
Pontos
353
#20
Outro bobão, inclusive pedi via twitter para deixar de ser tão arrogante.


Mas enfim, eu gosto de desenvolver que valoriza o seu publico:
Eu não acho que dev tem que baixar a cabeça pra gente que vem atormentar por puro mimimi não.

Tem que valorizar quem elogia e critica direito, pro povo que vem com esse tipo de tosqueira que o sujeito está reclamando tem que ser isso mesmo, "não gostou não consome".

Isso acontece muito em vários ramos, mas quando chega pra joguinho o consumidor acha que todo mundo tem a obrigação de agradar a mentalidade dele. Hoje em dia temos centenas de devs fazendo jogos para todos os gostos, se o sujeito se ofende com uma CG a ponto de ir pro twitter do dev xingar, não é melhor simplesmente ir procurar algo que satisfaça?
 
Mensagens
404
Curtidas
1.124
Pontos
148
#21
Sim, vai vir um mundo sombrio nos games, vai ser tudo lixo pq... Estão incluindo homosexuais no contextos do jogos :klol:klol

Eu tenho que aprender a ignorar esses argumentos de "lacração" e "sjw" se não daqui a pouco vou chamar minha orelha de vaso sanitário.
Cara, o problema que eu vejo não é nem ter ou não um personagem LGBT em um game (alguém mais aí se lembra das protagonistas de Fear Effect, do PS1?, ou o Kanji Tatsumi, do Persona 4?), o problema é que estão querendo forçar pra caramba esse tipo de assunto... Daqui a pouco isso vai ficar tão saturado que a tendência é o público gamer, que joga, deixar de jogar pra fazer outra coisa... Aconteceu isso nos quadrinhos, acontece isso nos filmes e não será surpresa se isso acontecer nos games também.
 

neil young

Mil pontos, LOL!
Mensagens
56.130
Curtidas
57.483
Pontos
1.064
#22
Mais um motivo pra pararem de chorar e começarem a fazer críticas relevantes ao invés de floodar com "hur dur lacração".
Mas ninguem está reclamando sobre os games ter mulheres ou diferentes sexualidades, isso sempre teve nos videogames.

O problema está na agenda politica que o povo americano está tentando empurrar + ofensas contra os seus consumidores.

Para mim ofender o consumidor é uma das praticas mais idiotas que surgiu nos ultimos tempos. A troco de que? Defender uma ideologia idiota?
 

Preaeng83

Bam-bam-bam
Mensagens
1.103
Curtidas
1.440
Pontos
203
#23
Ninguem ta nem ai com a sexualidade do personagem, o que forçou a barra foi a necessidade de apresentar aquela lacraçao na E3, no meio do jogo aquela cena não seria nada demais ia ter um contexto e tal, agora eles colocoram na E3 pra mostrar olha que legal estamos cumprindo uma agenda.
 
Mensagens
53
Curtidas
206
Pontos
43
#25
Quem fala que o beijo não teve lugar no trailer nunca entendeu que Last of Us sempre foi acima de tudo um jogo sobre relacionamentos pessoais e sobre a natureza humana. O cenário pós-apocalíptico é apenas um pano de fundo. Mas fiquem ai com o "hur dur lacração" e percam um ótimo jogo como foi o primeiro.
 

DarkMorten

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
21.276
Curtidas
15.466
Pontos
614
#28
acho que há alguns pontos ai ..

o primeiro, é que a tal cena do jogo lá na conf da sony .. pô .. sério mesmo que é pra tudo isso ? .... foda que eu sabia na hora q vi, que isso ia dar rebuliço na OS ...
e olha que já cansei de postar aqui que não gosto da ND, nem dos seus jogos, não compro e nem irei comprar, nem jogar, nem faço questão nem nada ... mas o lance lá .. achei ok .. ainda mais que a mina do jogo ao que dizem já em dlc antigo já tinha namorada ... então tipo ... sério mesmo ??

o segundo ponto é que .. sei lá .. eu achei nada demais .. mas pode muito bem sim no mundo de hoje ter sido feito com "segundas intenções" (a tal lacração) ... tomara que não .. sei lá .. mas hj em dia ... isso é algo que eu sinceramente não quero saber

o terceiro é a aparente grosseria .. isso independe de opção sexual, de qq coisa .. e eu acho boboca ... mas tem quem goste ... tenho um palpite que muitos, principalmente sonystas vão aprovar
 

Falken

Bam-bam-bam
Mensagens
1.776
Curtidas
4.948
Pontos
303
#29
Vamos parar com essa de "foi apenas um beijo". Foi lacração mesmo, não tem nada haver aquilo em um trailer, não to nem aí se já teve em DLC. Mesmo se fosse um casal hétero seria estranho isso em um trailer de gameplay de E3! Quiseram lacrar mesmo, deviam ao menos admitir.
- A Ellie sempre viveu nesse mundo pós-apocalíptico.
- A Ellie sempre foi gay mesmo que na época da dlc ainda não entendesse direito ou estava começando a se descobrir.
- A Ellie cresceu e agora vive numa comunidade (aparentemente), e o que uma jovem de 19 anos faz nessa idade? Namora. Se você ver no trailer, ela ta até sem jeito pois é algo inédito pra ela nesse mundo esse tipo de interação/relação quando até então só estava acostumada com algo como pai e filha, ou no máximo uma amizade.
- The last of us é sobre seres humanos, sobre emoções e comportamentos, no caso, inserido num cenário pós-apocalíptico.
- Estão mostrando o lado humano da Ellie. Insegurança, amor, confusão, raiva... etc.

Aponta pra mim aonde está a forçação de barra.
 

neil young

Mil pontos, LOL!
Mensagens
56.130
Curtidas
57.483
Pontos
1.064
#30
Eu não acho que dev tem que baixar a cabeça pra gente que vem atormentar por puro mimimi não.

Tem que valorizar quem elogia e critica direito, pro povo que vem com esse tipo de tosqueira que o sujeito está reclamando tem que ser isso mesmo, "não gostou não consome".

Isso acontece muito em vários ramos, mas quando chega pra joguinho o consumidor acha que todo mundo tem a obrigação de agradar a mentalidade dele. Hoje em dia temos centenas de devs fazendo jogos para todos os gostos, se o sujeito se ofende com uma CG a ponto de ir pro twitter do dev xingar, não é melhor simplesmente ir procurar algo que satisfaça?
Eu nunca vi o Kojima xingar um fã porque não gostou do Raiden no MGS2.

Esses ataques raivosos no Twiiter não é porque existe um fã chato enchendo o saco mas sim porque muitos desses desenvolvedores odeiam uma grande parcela dos seus fãs por justamente não se encaixarem na agenda deles.

No final tem o Kojima uma lenda na industria e amado pelos fãs e temos desenvolvedores americanos na histeria que o final dos tempos está chegando e eles estão no lado certo da historia e por isso que tem que maltratar justamente aqueles que sustentam o luxo deles.

Ou vc acha que uma casa na california é barato?
 
Mensagens
5.228
Curtidas
9.142
Pontos
374
#32
Fatos:

- Comprar jogo não te dá o direito de ser um homofóbico escroto e postar escrotisse na internet.

- Nenhum desenvolvedor é obrigado a ignorar mensagens homofóbicas para não prejudicar vendas do seu jogo.

- Todo homofóbico (ou preconceituoso de qualquer espécie) tem mais é que se fuder mesmo. Ele e qualquer pessoa que o defenda em nome da liberdade de expressão

- Naughty Dog fica em Santa Monica, não em São Francisco.

- O Neil parecia um cara bacana, até mostrar a todos como pensa e o que lhe incomoda.
 

Falken

Bam-bam-bam
Mensagens
1.776
Curtidas
4.948
Pontos
303
#33
Mas ninguem está reclamando sobre os games ter mulheres ou diferentes sexualidades, isso sempre teve nos videogames.

O problema está na agenda politica que o povo americano está tentando empurrar + ofensas contra os seus consumidores.

Para mim ofender o consumidor é uma das praticas mais idiotas que surgiu nos ultimos tempos. A troco de que? Defender uma ideologia idiota?
Empurrar como? Inserindo nos games algo que sempre existiu no mundo real?
 

Falken

Bam-bam-bam
Mensagens
1.776
Curtidas
4.948
Pontos
303
#35
Cara, o problema que eu vejo não é nem ter ou não um personagem LGBT em um game (alguém mais aí se lembra das protagonistas de Fear Effect, do PS1?, ou o Kanji Tatsumi, do Persona 4?), o problema é que estão querendo forçar pra caramba esse tipo de assunto... Daqui a pouco isso vai ficar tão saturado que a tendência é o público gamer, que joga, deixar de jogar pra fazer outra coisa... Aconteceu isso nos quadrinhos, acontece isso nos filmes e não será surpresa se isso acontecer nos games também.
Saturado? Se vc pegar 100 games ou filmes, garanto q uns 5 só vão ter algum destaque ou inserção de gays.
 


Topo