O que há de Novo?


Desafio dos 52 jogos em um ano! [2018]

Mensagens
1.326
Curtidas
1.760
Pontos
203
#1

Quarta versão do desafio que propõe aos usuários do forum a fechar/zerar/completar 52 (ou mais) jogos no espaço de um ano.

Primeira versão do desafio / Segunda versão do desafio / Terceira versão do desafio.

Usuários que concluiram o desafio em 2017:
Usuários que concluiram o desafio em 2016:
Ravenps3 - Desafio finalizado em 06/06 (Lista completa de jogos fechados)



tintiN - Desafio finalizado em 25/08 (Lista completa de jogos fechados)



foxmulderbh - Desafio finalizado em 24/09 (Lista completa de jogos fechados)



gamermaniacow - Desafio finalizado em 04/10 (Lista completa de jogos fechados)



ClaudioL - Desafio finalizado em 13/11 (Lista completa de jogos fechados)



razorkaos - Desafio finalizado em 17/11 (Lista completa de jogos fechados)



Otacon Link - Desafio finalizado em 12/12 (Lista completa de jogos fechados)



alex666 - Desafio finalizado em 31/12 (Lista completa de jogos fechados)


Clame um ou dois posts (depende se você pretende postar reviews dos jogos ou não) e escreva neles os jogos que já jogou e está jogando durante o ano. Não há uma regra de como se postar, mas segue um exemplo de formato:
Jogo 1: Nome - Tempo jogado
# Informações e comentários sobre o jogo aqui.
Instruções e sugestões:
  • Quando um jogo acaba fica a mercer de quem está jogando. Fechar um jogo pode signigar matar o/a final boss, fazer 100%, platinar ou nenhuma das alternativas para pessoas diferentes. Além disso, há jogos que não tem final e não há problema em considerá-los 'zerados' após um certo tempo de jogatina ou após o(a) jogador(a) terminou de jogá-lo.
  • Da mesma maneira, os jogos que são válidos também fica a mercer de quem está jogando. Se a pessoa quer considerar episódios de jogos episódicos como jogos distintos, é uma opção dela. Se ela pretende considerar todos episódios apenas um jogo, perfeito também. Jogos mobile também são aceitos, obviamente.
  • DLCs podem ou não ser válidos, depende do conteúdo. Novas histórias/expansões podem ser consideradas.
  • Lógicamente são apenas válidos para o desafio jogos fechados entre 1º de Janeiro e 31 de Dezembro de 2018. Não há problema em considerar jogos que foram iniciados em 2017 ou até mesmo antes, o importante é os terminar em 2018 apenas.
  • Fechar jogos que já foram fechados no passado também é válido. Só não vale fechar Super Mario World 5 vezes em 2018 e contar cada jogatina como um jogo diferente.
  • Quando completar o desafio, notifique-me via mensagem privada para que eu possa atualizar esse post com suas informações.

@Reila Nimu;
@SirMoeckel;
@tortinhas10;
@alex666;
@Toguro Games;
@coolerdgb;
@Jim64;
@slashf;
@vitzera;
@foxmulderbh;
@SithLord;
@Eleventh Doctor;
@Ultima Weapon;
@DocVooDoo;
@KazumaKiryu;
@Aruguren;
@Nyotengu;
@Labate_C;
@s0ier;
@Shyn;
@gamermaniacow;
@OmegaRider;
@Inari;
@natinh0;
@Vaçago;
@Asha;
@Lord_Revan;
@Rodrigo dsf;
@Ponce de Leon;
@Princess Ninha;
@john165;
@E.Jean;
@kurenaida;
@Quakeguy;
@renbh;
@Champion;
@nando3d;
@Craudiao;
@Otacon Link;
@iLoveCR7;
@pullig;
@razorkaos;
@Shimura;
@BurnsCT;
@_MJunioR;
@M.Shadows;
@Spacehead;
@N4n0;
@superwesker;
@-kun;
@Vaynard;
@-Riku-;
@Suordi;
@Gantz;
@tintiN;
@Devon_
@Nargwya;
@Lilianshy80;
@Noct;
@Drakkyo;
@hhross;
@goiabo ;
@DitaParlo;
@o.aranhapvh;
@xKaidenz;
@Silverock®;
@MadScientist;

Vou postando os nomes de quem concluir o desafio aqui, com direito a um avatar 'especial' de comemoração, como o abaixo:



Boa jogatina e um bom 2018 a todos!
 
Ultima Edição:


Mensagens
1.326
Curtidas
1.760
Pontos
203
#2
Reservando um post.

Jogo #1 - Panel de Pon - 3 de Janeiro.
Jogo #2 - Risk of Rain - 4 de Janeiro.
Jogo #3 - Sonic Mania - 5 de Janeiro.
Jogo #4 - Little Samson - 5 de Janeiro.
Jogo #5 - Felix the Cat - 6 de Janeiro.
Jogo #6 - Super Mario World - 7 de Janeiro.
Jogo #7 - Mega Man - 8 de Janeiro.
Jogo #8 - Kirby's Adventure - 8 de Janeiro.
Jogo #9 - Mega Man 3 - 10 de Janeiro.
Jogo #10 - Dark Souls Prepare to Die Edition - 19 de Fevereiro.
Jogo #11 - Dark Souls II Scholar of the First Sin - 10 de Março.
Jogo #12 - Dark Souls III - 1 de Abril.
Jogo #13 - Mighty Morphin Power Rangers "The Movie" - 1 de Abril.
Jogo #14 - Radio Hammer (Station) - 2 de Abril.
Jogo #15 - Sonic the Hedgehog [8-bits] - 6 de Abril.
Jogo #16 - Donkey Kong Country Tropical Freeze - 23 de Junho.
Jogo #17 - Kyatto Ninden Teyandee / Samurai Pizza Cats - 26 de Junho.
Jogo #18 - Mr. Gimmick -29 de Junho.
Jogo #19 - Batman Return of the Joker - 30 de Junho.
Jogo #20 - Teenage Mutant Ninja Turtles ~ Turtles in Time - 30 de Junho.
Jogo #21 - Chip 'n Dale Rescue Rangers 2 - 30 de Junho.
Jogo #22 - Darkwing Duck - 1 de Julho.
Jogo #23 - Ducktales - 1 de Julho.
 
Ultima Edição:
Mensagens
1.661
Curtidas
2.578
Pontos
303
#3
Vou tentar entrar nessa bagaça, me add ae


Jogo N°1 : Mario e Luigi Superstar Saga
Tempo de jogo : 20hrs
Considerações : Jogo EXCELENTE, ri bastante das piadas em relação ao luigi, e o final foi bastante trash, recomendo

Jogo N°2 : Fallout 1
Tempo de jogo : 77hrs
Considerações : Título obrigatorio para qualquer amante de rpg de mesa e jogos oldschool, eu meio que torcia o nariz pro jogo por causa do seu sistema de combate ( conheci fallout no 3 ), mas resolvi encarar e viciei, esse jogo realmente subiu na minha lista pessoal de jogos

Jogo N°3 : Fallout 2
Tempo de jogo : 90hrs
Considerações : Esse eu joguei mais rushado, mas eu gostei bastante dele, ao contrário do 1 que tem um clima mais pesado, esse é mais ''amigável'' e você ver como as coisas evoluiram nas cidades com o tempo de jogo entre o 1 e 2

EDIT 27/05/2018

Olha eu vou atualizar a lista, mas sem comentário por que não terei mente pra bolar

#4 Killer is dead - 10hrs
#5 Final fantasy 3 - 56hrs
#6 Final fantasy 4 - 70hrs
#7 Mario e luigi bowser inside story - 27hrs
#8 Dark Souls 2 SOTFS - 60hrs
#9 Dark souls 3 - 33hrs
#10 Portal 1 - 6hrs
#11 Portal 2 - 10hrs
#12 Tomb Raider 3 - 12hrs
#13 '' '' 4 - 21hrs
#14 '' '' 5 - 16hrs
#15 '' '' Angel of Darkness - 13hrs
#16 '' '' Anniversary - 10hrs
#17 '' '' Legends - 10hrs
#18 Thriville off the rails - 8hrs
#19 Age of mythology extended edition - 10hrs
#20 Age of empires 2 HD + expansões novas - 70hrs
#21 Amnésia a dark descent - 8hrs
#22 DISTRAINT - 5hrs
#23 Book of demons - 10hrs
#24 Blood and bacon - 6hrs
#25 Stories the path of destinies - 6hrs
#26 Sniper Elite v2 - 8hrs
#27 Sniper Elite 3 afrika - 8hrs
#28 Sniper Ghost warrior - 8hrs
#29 Shadow warrior - 7hrs
#30 Outlast - 10hrs
#31 Plague Inc - 2hrs
#32 Monster hunter generations - 60hrs
#33 Mortal Kombat X - 4hrs
#34 Mirror edge - 10hrs
#35 Hell yeah wrath of dead rabbit - 8hrs
#36 Guacamelee - 10hrs
#37 Far Cry 1 - 9hrs
#38 Ghost Trick Phantom Detective 12hrs
#39 Sidewiped 7hrs
#40 Plants vs Zombies 360 6hrs
#41 Super Princess Peach 10hrs
#42 Castlevania Dawn of Sorrow 13hrs
#43 Castlevania Order of ecclesia 18hrs
#44 Hitman absolution 15hrs
#45 GRID 23hrs
#46 HALO Reach 13hrs
#47 DuckTales remastered 5hrs
#48 Jetea V 30hrs
#49 Eternal sonata 49hrs
#51 Silent Hill 3 10hrs
#52 Silent Hill 2 9hrs

É, esse ano ja joguei muito, to sem internet desde maio e dei um boost no 360 e no meu DS

agora quero um emprego ;-;
 
Ultima Edição:

tortinhas10

É Nintendo ou nada!
Mensagens
78.271
Curtidas
165.887
Pontos
979
#4
Bora aí para mais um ano. Acho que desta vez fecharei bem menos jogos, consegui um trabalho desgraçado que eu chego morto em casa.

#1) Everybody’s Gone to The Rapture- Não sei quantas horas, parecia que nunca ia acabar - 01/01/2018

Uma merda. Um jogo que eu achei que tinha potencial e é uma merda. Você só precisa andar pelo mapa, seguir uma linha (que nem sempre aparece e se você se perder já era), tudo isso para avançar e ver a história idiota que o jogo. Mais um indie que tenta se passar por cult. Pior que o mapa é gigante e nem correr pode, parece que está sendo torturado.

Nota: 2 de 10.

#2) ABZU- Não sei quantas horas - 05/01/2018

Olha, é meio boring as vezes, ficar só andando e tal, mas o jogo até que tem umas partes interessantes e bonitas. Parece mesmo que você está no mar relaxando. Sem contar que teve uma hora que eu fiquei com medo de uma baleia que estava vindo na minha direção, ela era muito grande e de longe só dava para ver o silhueta dela vindo, eu fiquei com medo disso. O gameplay, depois que acostuma, é até bom, tem umas partes boas de se controlar.

Nota: 7/10.

#3) Batman Telltale Series - Não sei quantas horas - 15/01/2018

Nossa, aproveitei para jogar esse jogo na plus e pqp, um dos piores jogos que já joguei. Ele não tem história ruim e tal, o problema é que ele é totalmente bugado. Ele crashou duas vezes, problema nas sombras, uma hora ficou a tela verde do matrix, as legendas têm mais em inglês do que em português e até um código de erro apareceu "#search3.". O jogo também tem atrasos na legendas e tinham horas que as legendas nem sequer apareciam.
Nojento, nojento mesmo, nunca vou comprar um jogo da telltale depois dessa. O negócio é pior que jogo pirata, nem as legendas funcionam. Detalhe, nem os extras funcionam, fui tentar ver um vídeo e não conseguiu reproduzir. Haha. É muito zoado.


Depois vem aquele cara do bugb e fala que a sony é muito rigorosa, sendo que já é o segundo jogo (que eu jogo, se bobear tem mais) porco que eles "dão.". As legendas em português, quando apareciam, eram chapadas de erro. Parecia que foram traduzidas no Google translate. Se o batman falasse "fui na padaria", lá aparecia "eu foi na padaria.".


Sério, esse jogo toma um banho de pirateiro e tradutores da net, negócio é feio demais. Sem contar que algumas cenas pareciam que eu estava rodando o jogo em um pc da Xuxa, travando o tempo todo.

Vergonhoso essa merda. Nem o extra funciona, o mais básico.

Nota: 0/10

#4) Stardew Valley - Mais de 50 horas - 18/07/2018

No começo estava até gostando, mas achei tudo muito burocrático. Sei lá, não tem motivo para fazer o que eu estava fazendo. Tipo, terminei o jogo e estava esperando um relatório sobre a minha fazenda, ou então o fechamento da história, mas aconteceu um negócio mó merda lá que nem dava para saber que fechou o jogo.

O jogo tem umas mecânicas legais e tal, mas depois de um tempo eu não encontrei motivação para fazer todo dia a mesma coisa.

Nota: 7/10

#5) Heavy Rain - 10 horas mais ou menos- 27/08/2018

Apesar de ter uns furos sinistros na história e não deixar claro algumas coisas que acontecem com o protagonista, eu adorei o jogo. O mistério que ronda o jogo é impressionante, você fica confuso o tempo todo. Os personagens são legais, as decisões são legais, os puzzles são interessantes. Tinha horas que eu ficava agoniado junto com o personagem.

O ponto fraco é a jogabilidade, algumas vezes ela irrita.

Nota: 9/10
 
Ultima Edição:
Mensagens
10.961
Curtidas
9.936
Pontos
444
#5
#1: The Legend of Heroes: Trails in the Sky the 3rd (PC) - ~64hrs - 06/01

Achievements: 22/26 (85%)
*
8.5/10
=========================================================================
#2: Quantum Break (PC) - ~14hrs - 29/01

Achievements: 42/42 (100%)
*
8.0/10
=========================================================================
#3: Hollow Knight (PC) - ~48hrs - 12/02

Achievements: 43/57 (75%)
*
8.5/10
=========================================================================
#4: The Fidelio Incident (PC) - ~2:20hrs - 14/02

Achievements: 14/14 (100%)
*
7.0/10
=========================================================================
 
Ultima Edição:
Mensagens
788
Curtidas
1.532
Pontos
179
#6
Vou tentar!

# 01/52 - Monument Valley - Mobile - Impressões
-----
# 02/52 - Assassin's Creed Origins - PC - Impressões
-----
# 03/52 - Call of Duty: WWII - PC - Impressões
-----
# 04/52 - Knack 2 - PS4 - Impressões
-----
# 05/52 - Cave Story + - Switch - Impressões
-----
# 06/52 - Sine Mora EX - Switch - Impressões
-----
# 07/52 - Darksiders 2: Deathinitive Edition - PS4 - Impressões
-----
# 08/52 - Resident Evil 0 HD Remaster - PC - Impressões
-----
# 09/52 - The Mummy Demastered - PC - Impressões
-----
# 10/52 - Unravel - PS4 - Impressões
-----
# 11/52 - Yakuza Kiwami - PS4 - Impressões
-----
# 12/52 - Pharaoh Rebirth + - PC - Impressões
-----
# 13/52 - Enslaved: Odyssey to the West - PC -
Impressões
-----
# 14/52 - Terra-Média: Sombras da Guerra - PS4 - Impressões
-----
# 15/52 - Gravity Rush 2 - PS4 - Impressões
-----
# 16/52 - Ni No Kuni II: Revenant Kingdom 2 - PC - Impressões
-----
# 17/52 - Oceanhorn: Monster of Uncharted Seas - Switch - Impressões
-----
# 18/52 - The Evil Within 2 - PC - Impressões
-----
# 19/52 - Rise of the Tomb Raider - PC - Impressões
-----
# 20/52 - God of War - PS4 - Impressões
-----
# 21/52 - Far Cry 5 - PC - Impressões
-----
# 22/52 - Breath of Fire III - PS1 - Impressões
-----
# 23/52 - Bloodstained: Curse of the Moon - Switch - Impressões
-----
# 24/52 - Resident Evil VII: Biohazard - PC - Impressões
-----
# 25/52 - Vampyr - PC - Impressões
-----
# 26/52 - South Park: The Stick of Truth - PS4 - Impressões
-----
 
Ultima Edição:


Mensagens
764
Curtidas
1.206
Pontos
183
#7
#1 Deus ex: Mankind Divided (PS4)
Concluído em:
22/01/2018
Nota: 7.8/10
deus ex.png

Jogo é um prato cheio pra quem curte investigação, ligar informações, lootear o cenário inteiro.
Tive uma sensação de potencial desperdiçado nesse game, poderia ter um capricho maior.
A dublagem ficou muito ruim. Vários momentos com erros de texto e sincronia.

#2 Rime (PS4)
Concluído em:
29/01/2018
Duração: 7 horas
Nota: 8.5/10


Segue o estilo de Journey e ABZU de ser mais uma experiência, mas Rime tem um pouco mais de história.

Uma pena que não apresente grande desafio, não há como "morrer", então pode ficar se atirando de tudo que é lugar q vc volta pra onde estava. Tem uma série de puzzles e a parte boa fica pela exploração pra achar os itens colecionáveis que ajudam no entendimento do q q está acontecendo com a história, já que vc começa numa praia atirado na areia sem indicativo de onde ir ou o que fazer.
Guardarei o jogo com especial carinho por ter sido o jogo de estreia do meu canal casual de stream.

Recomendo fortemente a todos que gostaram de Journey e ABZU

#3 Bloodborne (PS4)
Concluído em:
06/02/2018
Nota: 9.5

Terminando mais uma vez esse jogo, mas a primeira vez esse ano :kpaixao

#4 Shadow of the Colossus (PS4)
Concluído em:
25/02/2018
Duração: 11 horas
Nota: 9

Ficou belíssimo no PS4 e o modo 60fps serviu muito bem! Como é um jogo de PS2 que também apareceu no PS3, não vejo muito o que falar que possa ser inovador, só posso recomendar a experiência nessa versão remake.

#5 Kingdom Hearts Final Mix (PS4)
Concluído em:
10/03/2018
Duração: 28h
Nota: 8.5
khh.jpg
KINGDOM HEARTS HD 1_5+2_5 ReMIX_1.jpg
Pro caso de KH3 sair esse ano, tratei de começar a série. Os gráficos ficaram super agradáveis e a fluidez é um destaque. Algumas questões do combate e do pulo nesse jogo precisam ser relevados, já que é mecânica de 2002, mas no geral é carisma puro. Feliz de ter dado o primeiro passo, agora é ver como ficou o Re: Chains of Memories.
Pontos negativos: Gummi ship - as viagens entre os mundos e Atlanta - mundo da pequena sereia

#6 Until Dawn (PS4)
Concluído em:
11/03/2018
Duração: 7h
Nota: 8

Havia lido que da metade pra frente era chato e previsível, mas não senti dessa forma. Há capítulos lentos e arrastados mas outros frenéticos, decididos nos detalhes. Até deu curiosidade pra jogar encontrando todos os dados e itens mas to mais inclinado a jogar outros bons jogos do backlog. Foi bacana como personagens estereotipados mudaram ao longo da treta, se fosse aquela molecagem do começo pelo jogo todo ia ser bosta.
Joguei tentando salvar todos os personagens e terminei com
6 sobreviventes. O Josh só sobrevive com todas as pistas das gêmeas e a Sam morreu de bobeira :suxx

#7 Uncharted The Lost Legacy (PS4)
Concluído em:
29/03/2018
Duração: 8h30
Nota: 8

Gostei mais do que tava esperando. Achei que a fórmula ia ser repetida exaustivamente neste jogo depois do 4 mas até que ficou tranquilo. Chloe tem o mesmo carisma "engraçadinho" do Drake, foi legal acompanhar essa dupla.
Lamentei bastante a resolução do conflito final do jogo, achei que poderia ser um pouco mais emocionante e criativo. O pior ficou para o parceiro do vilão, que daria no mesmo se fosse substituído por um saco de batata.
O HDR deu um realce nas cores muito legal. Muitos cenários com bastante vegetação e incidência de luz...ficou show nesse aspecto, embora o Uncharted 4 já tivesse seus méritos na parte gráfica.
Recomendo.

#8 Kingdom Hearts Re: Chain of Memories
Concluído em:
25/04/2018
Duração: 34 horas (24h30 Campanha principal Sora + 9h30 Reverse/Rebirth)
Nota: 7.5

thumb-1920-602740.jpg
rev.jpg

Por não ter apreciado o estilo do jogo de combinar cartas para executar os comandos, foi o primeiro jogo na vida que fui do início ao fim no easy (beginner), já que o foco era completamente na história para dar sequência ao KH 1.5 que joguei mês passado. Gostei bastante do New Game com o Riku - Reverse/Rebirth. É mais direto, simples e curto, trazendo cutscenes que rechearam bastante a história.
Agora indo pro KH2 que descarrilha a carroça toda e a história passa a ficar fora de controle hehe

#9 Dead Nation Apocalypse Edition (PS4)
Concluído em:
02/05/2018
Duração: ~6h
Nota: 7.5 (Nota por jogar todo em coop. Se fosse single player acredito que 6.5)


O jogo que me veio em mente pra jogar em coop do início ao fim. Da metade pro final ele já não apresenta grandes inovações, para de ter novas armas e os inimigos também param de variar. Pelo coop o jogo valeu a diversão pra ir até o fim, mas sozinho eu não teria finalizado com gosto. Pulamos todas as ceninhas de história pq afinal de contas, é jogo de matar zumbi. Acho que Helldivers deva ser bem melhor, mas esse aqui tava jogado no esquecimento da biblioteca da PS Plus.

#10 Kingdom Hearts 2 Final Mix (PS4)
Concluído em:
08/05/2018
Duração: 37h30
Nota: 8.8

O melhor KH dessa coletânia 1.5 + 2.5 ReMIX pro PS4. A essa altura quase todos já devem ter jogado ou ouvido falar desse jogo. Essa versão Final Mix ficou muito boa. Havia terminado esse jogo no PS2 há sei lá quantos anos e o replay foi ótimo principalmente pelo conteúdo adicional que preenche a história.
KH 2.jpg

#11 Kingdom Hearts Birth by Sleep Final Mix (PS4)
Concluído em:
31/05/2018
Duração: 30h40 (11h30 Ventus + 9h20 Terra + 9h20 Aqua + 30m Final Episode)
Nota: 8


Finalizado os 4 jogáveis, tenho pra mim - KH2 > KH BbS > KH1 > KH CoM
Foi assistindo o filme que vem na coletânia resumindo o KH Coded que eu passei a ver a história dando muitas voltas e ficando confusa de verdade. Agora só falta o KH 3D e o 0.2 Fragmentary Passage pra sacramentar com KHIII
BbS Ven.jpg
BbS Terra.jpg
BbS Aqua.jpg
BbS Final.jpg

#12 Kingdom Hearts 0.2 Birth by Sleep - A fragmentary pasage (PS4)
Duração: 2h45m


#13 Kingdom Hearts Dream Drop Distance HD (PS4)
Duração: 24h
Nota: 7


#14 Knack (PS4)
Nota: 6


#15 Horizon Zero Dawn The Frozen Wilds DLC

#16 Gravity Rush Remastered (PS4)
Duração: 13h

Progresso: Todas main e side quests finalizadas. Somente alguns challenges feitos
Nota: 7

Gostei bastante do jogo. Fui me envolvendo com a personagem, querendo descobrir as coisas assim como ela, que acorda sem memória e sem saber onde está. Estava considerando uma nota 8 pela experiência como um todo mas o final do jogo deixou muita coisa da história em aberto e quase nada esclarecido. Fica o desejo de que tenham retomado as pendências no Gravity Rush 2, porque me senti frustrado ao ver os créditos subindo com um boss final que pouco tinha a ver com o grosso da história.

#17-18-19 Crash Bandicoot N'Sane Trilogy (PS4)
Nota 7

Após o primeiro momento de nostalgia, muitos momentos de sufoco com o pulo do primeiro jogo da trilogia. O primeiro é disparado o mais difícil. A partir do segundo já tem uma adequação do pulo e umas missões que dão uma variada na jogabilidade. O terceiro é, de longe, o mais fácil. Acho que finalizei esse último em menos de 5 horas.
Não sei se causa uma má impressão o que vou dizer, mas a maior satisfação é de desinstalar o jogo do HD. Vi, vivi e venci a trilogia (sem me deixar surtar pela conquista dos 100%/platina).

#20 NieR Automata [Final A]
Duração: 20 horas
Nota: 9.5

Que jogo! Começa com um prólogo que impõe respeito e pune quem morre a ter que começar desde o menu principal. A primeira playthrough com a 2B dá bem pouca informação sobre a história, mas deixa o jogador muito curioso e envolvido. Os combates são frenéticos e a possibilidade de upar o personagem deixa muitas builds disponíveis, dependendo das circunstâncias. Não pouparam na violência, é bem brutal e satisfatório.
Já estou na segunda playthrough e curtindo demais. Já encontrei a soundtrack do jogo somente com flauta e piano e comecei a usar como despertador. Jogo recomendadíssimo.

#21 Assassin's Creed Origins (PS4)
Nota: 8.5


De toda a série, só havia jogado aquele DLC Stand alone ''Freedom Cry'' por ter saído antigamente na PS+ e achei muito ruim, mas joguei até o fim. Esse Origins ficou muito legal, tem coisa pra fazer e lugar pra explorar que dá pra brincar por umas 60h tranquilamente. Recomendo.

#22 Final Fantasy XII The Zodiac Age (PS4)
Nota: 8


A opção para acelerar o tempo em 2x e 4x é uma maravilha. Tornou esse jogo muito mais agradável.
Fiz 41 das 45 hunts e fiquei satisfeito por ter pego o Genji set. Fiquei com ideias de outras combinações de jobs entre os personagens, o Zodiac System ficou bacana. Contente por ter finalizado esse FF pq na época do PS2 eu tinha dropado perto da metade.

#23 Titanfall 2 (PS4)
Duração: 5h40 (campanha)
Nota: 8


Uma campanha curta e bem aproveitada. Jogar com o titan é divertido. Testei o multiplayer e gostei do esquema de tbm usar o titan contra a galera. Recomendo o jogo tanto pela campanha como o MP.


#24 Mass Effect Andromeda (PS4)
Duração: 25h
Nota: 7


Esse foi o primeiro jogo da série Mass Effect que joguei. Já ouvi falar muito sobre como os primeiros da trilogia foram marcantes e acredito que seja realmente uma série com muitos fãs, embora esse Andromeda não pareça corresponder às expectativas. Sabe lá se algum dia haverá uma sequência pra alongar a história.
Quando eu estava com 13 horas, entendi que o jogo era bem semelhante ao esquema de fallout 4 e skyrim de ter toneladas de quests em tudo que é canto do mapa.
Achei o jogo meio truncado, senti falta de um minimap que pudesse mostrar objetivos de demais quests por onde estivesse passando....

Lembrei que tenho outros jogos no backlog com uma jogabilidade mais agradável e fluida, e então decidi focar na main quest pra não dropar esse game pelo caminho e foi uma boa decisão. A história foi boa o suficiente pra chegar até o desfecho e o que mais motivou foi o relacionamento com os personagens e raças, vendo a repercussão das escolhas e das formas de responder.

#25 Spider Man (PS4)
Progresso: Platina
Nota: 9.5


Por ter jogado o aranha logo antes do Mass Effect que eu vi que era inviável fazer mais side quests e dedicar mais tempo no andromeda. Esse spider tem uma jogabilidade bem fluida, que fez a platina vir naturalmente. Logo vou rachar o Season Pass com um amigo pra jogar os DLC's e estender a jogatina nesse ótimo game.
 
Ultima Edição:

Queiroga'

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
11.474
Curtidas
11.593
Pontos
629
#8
Eu participo mais para registrar os jogos que eu terminei do que pra finalizar 52 jogos, que é muito para mim. Já deixo como meta alguns jogos que eu pretendo terminar:

- Super Metroid
- Donkey Kong Country 2
- Zelda: A Link to the Past
- Turma da Mônica (Mega Drive)
- Goldeneye (N64)
- Ogre Battle 64
- Paper Mario
- Final Fantasy XII
- Metroid Prime
- Zelda Wind Waker
- Mario Galaxy 1
- Xenoblade Chronicles
- Metroid: Samus Returns
- Donkey Kong Tropical Freeze
 

Jim64

Bam-bam-bam
Mensagens
1.291
Curtidas
2.118
Pontos
293
#9
1º The Red Strings Club
Jogo excelente, fiz uma review completa no youtube.
Nota 90.

2º Celeste
Melhor jogo de plataforma 2d desde DK Tropical Freeze.
Nota 93

3º Donkey Kong Country Returns
Retro é Retro. Tudo que eles fazem é bom. Um dos melhores jogos de plataforma da atualidade.

4ºDonkey Kong Tropical Freeze
Sequência de um dos melhores jogos de plataforma da atualidade. E ainda é melhor que o primeiro.

5º Bloodstained Ritual of the Night

Me pegou de surpresa. É um jogão, principalmente pra quem curte Castlevania 3

6º Castlevania Rondo of Blood
Fica entre os melhores da série.

7º Pool Panic
 
Ultima Edição:

slashf

Bam-bam-bam
Mensagens
6.934
Curtidas
11.173
Pontos
353
#10
1-Street Fighter V
2-Monument Valey
3-Assassins Creed Origins
4-Bound
5-Batman Telltale
6-Infamous Second Son
7-Layers Of Fear
8-Gears Of War Ultimate edition.
9- Superhot
10-Crash Remaster
11- The Witness
12-Quantum Break
13-God Of War
14-horizon zero down
15- Bioshock 2 : Minerva den
16- Super Metroid
17-forza Horizon 3 : hot Wheels
18- AC Syndicate
19- Euro Fishing
20-Soul Calibur 2
21- Street fighter Alpha 2
22- Dead rising 3
23-Tekken 7
24-Ryse Son Of Rome
25-god of war 3
26- Celeste
27- Red dead Redemption
28- Red Dead Redemption 2
29= Spiderman
 
Ultima Edição:

Ennead

Bam-bam-bam
Mensagens
4.521
Curtidas
3.415
Pontos
344
#11
01# - Fire Emblem: The Biding Blade (RetroARCH| 51h) - [Informações] - 10/01
02# - Wolfenstein 2: The New Colossus (PC| 11h) [Informações] - 20/01
03# - Tom Clancy's The Division (PS4| 54h) [Informações] - 27/01
04# - Senran Kagura Shinovi Versus (PC| 26h) [Informações] - 01/02
05# - Fire Emblem: The Sacred Stones (RetroARCH| 14h) [Informações] - 07/02
06# - Dying Light (PC| 18h) [Informações] - 14/02
07# - Digimon Story: Cyber Sleuth (PS4| 104h) [Informações] - 18/02
08# - Super Mario Land 2: 6 Golden Coins (Virtual Console | 2h) - 03/03
09# - Metal Gear Solid (RetroARCH| 14h) [Informações] - 06/03
10# - Dark Souls (PC| 65h) [Informações] - 18/03
11# - Metal Gear Solid 2: Sons of Liberty (PS3| 14h) [Informações] - 24/03
12# - Kirby Star Allies (NS| 14h) [Informações] - 31/03

13# - Far Cry 5 (PS4| 30h) [Informações] - 02/04

14# - Nier (PS3| 20h) [Informações] - 07/04
15# - Bloodborne (PS4| 47h) [Informações] - 17/04

16# - Inside (PS4) [Informações] - 21/04
17# - Metal Gear Solid 3: Snake Eater (PS3 | 24h) [Informações] - 30/04
18# - Metal Gear Solid 4: Guns of the Patriots (PS3 | 27h) [Informações] - 10/05
19# - God of War: Chains of Olympus
(PS3 | 5h) [Informações] - 13/05
20# - God of War I (PS3 | 7h) - 16/05
21# - God of War: Ghost of Sparta (PS3 | 4h) - 19/05
22# - God of War II (PS3 | 12h) - 20/05
23# - God of War: Ascension (PS3 | 7h) - 25/05
24# - God of War III (PS4 | 8h) - 27/05
25# - Uncharted: Golden Abyss (PSV) - 29/05
26# - God of War (PS4) - 02/06
27# - Uncharted: The Lost Legacy (PS4 | 6h) - 03/06
28# - Bloodstained: Curse of the Moon (XB1 | 2h) - 12/06
29# - Dark Souls II: Scholar of the First Sin (XB1 | 48h) - 24/06/2018
30# - Mega Man 1 (PS4) - 30/06/2018
31# - Ryse: Son of Rome (PC | 6h) - 30/06/2018
32# - Mega Man X5 (PSV| 4h) - 02/07/2018
33# - Assassin's Creed: Origins (PS4 | 38h) - 04/07/2018
34# - Mega Man 2 (PS4) - 14/07/2018
35# - Nier: Automata (XB1 | 22h) - 15/07/2018
36# - Mega Man 3 (NS) - 19/07/2018
37# - Mega Man 4 (NS) - 26/07/2018
38# - Mega Man 5 (NS) - 28/07/2018
39# - Mega Man 6 (NS) - 29/07/2018
40# - Mega Man 7 (NS) - 04/08/2018
41# - Mega Man X6 (NS | 6h) - 12/08/2018

42# - Mighty Gunvolt Burst (NS | 2h) - 14/08/2018
43# - Guacamelee! 2 (PC | 8h40) - 26/08/2018
44# - Mega Man 8 (PC | 7h) - 01/09/2018
45# - Mega Man 9 (PC | 8h) - 06/09/2018
46# - Spider-Man (PS4) - 09/09/2018
47# - Mega Man 10 (PC | 7h) - 22/09/2018
48# - Mega Man X (WiiU | 6h50) - 23/09/2018
49# - Mega Man 11 (NS | 6h) - 05/10/2018
50# - The Messenger (NS) - 11/10/2018
51# - Super Robot Wars V (PSV | 39h) - 03/11/2018
52# - Red Dead Redemption (XB1 | 17h) -18/11/2018
53# - Super Robot Wars X (PS4 | 89h) - 15/12/2018
 
Ultima Edição:

vitzera

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
15.323
Curtidas
18.700
Pontos
649
#12
Vamos ver se alcanço a metade esse ano.

Lista:
#01 - Uncharted: Drake's Fortune Remastered (Nathan Drake Collection - PS4 - 2015)
https://forum.outerspace.com.br/ind...os-em-um-ano-2018.504654/page-2#post-15522158
#02 - Cuphead "Don't Deal With The Devil" (PC - 2017)
https://forum.outerspace.com.br/ind...os-em-um-ano-2018.504654/page-8#post-15578590
#03 - Antichamber (PC - 2013)
https://forum.outerspace.com.br/ind...os-em-um-ano-2018.504654/page-8#post-15579034
#04 - Ballpoint Universe: Infinite (PC - 2013)
https://forum.outerspace.com.br/ind...os-em-um-ano-2018.504654/page-9#post-15579966
#05 - A Bird Story (PC - 2014)
https://forum.outerspace.com.br/ind...os-em-um-ano-2018.504654/page-9#post-15580415
#06 - DRIVECLUB (PS4 - 2014)
https://forum.outerspace.com.br/ind...os-em-um-ano-2018.504654/page-9#post-15594863
#07 - Wolfenstein: The New Order (PC - 2014)
https://forum.outerspace.com.br/ind...s-em-um-ano-2018.504654/page-10#post-15602347
#08 - Crash Bandicoot 2: Cortex Strikes Back (N'sane Trilogy - PS4 - 2017)
https://forum.outerspace.com.br/ind...s-em-um-ano-2018.504654/page-14#post-15760309
#09 - The Order: 1886 (PS4 - 2015)
https://forum.outerspace.com.br/ind...s-em-um-ano-2018.504654/page-15#post-15778217
#10 - God of War III Remastered (PS4 - 2015)
https://forum.outerspace.com.br/ind...s-em-um-ano-2018.504654/page-16#post-15807513
#11 - Crash Bandicoot: Warped (N'sane Trilogy - PS4 - 2017)
https://forum.outerspace.com.br/ind...s-em-um-ano-2018.504654/page-17#post-15820941
#12 - Machinarium (PS Vita - 2013)
https://forum.outerspace.com.br/ind...s-em-um-ano-2018.504654/page-17#post-15821668
#13 - Shadow of the Colossus (PS4 - 2018)
https://forum.outerspace.com.br/ind...s-em-um-ano-2018.504654/page-18#post-15858461
#14 - Exile's End (PS Vita - 2016)
https://forum.outerspace.com.br/ind...s-em-um-ano-2018.504654/page-18#post-15859972
#15 - God of War (PS4 - 2018)
https://forum.outerspace.com.br/ind...s-em-um-ano-2018.504654/page-19#post-15923839
#16 - Lumines (PSP - 2004)
https://forum.outerspace.com.br/ind...s-em-um-ano-2018.504654/page-19#post-15929555
#17 - Mother Russia Bleeds (PS4 - 2016)
https://forum.outerspace.com.br/ind...s-em-um-ano-2018.504654/page-20#post-15945853
#18 - Gone Home (PS4 - 2016)
https://forum.outerspace.com.br/ind...s-em-um-ano-2018.504654/page-20#post-15948453
#19 - Super Stardust Ultra (PS4 - 2015)
https://forum.outerspace.com.br/ind...s-em-um-ano-2018.504654/page-20#post-15950294
#20 - RiME (PS4 - 2017)
https://forum.outerspace.com.br/ind...s-em-um-ano-2018.504654/page-20#post-15956158
#21 & 22 - The Surge & The Surge: A Walk in the Park (PS4 - 2017)
https://forum.outerspace.com.br/ind...s-em-um-ano-2018.504654/page-22#post-16093596
#23 - Trials Fusion (PS4 - 2014)
https://forum.outerspace.com.br/ind...s-em-um-ano-2018.504654/page-22#post-16127595
#24 - Uncharted 2: Among Thieves (Nathan Drake Collection - PS4 - 2015)
https://forum.outerspace.com.br/ind...s-em-um-ano-2018.504654/page-22#post-16129204
#25 - Uncharted 3: Drake's Deception (Nathan Drake Collection - PS4 - 2015)
https://forum.outerspace.com.br/ind...s-em-um-ano-2018.504654/page-23#post-16162104
#26 - Pix the Cat (PS4 - 2014)
https://forum.outerspace.com.br/ind...s-em-um-ano-2018.504654/page-23#post-16162120
#27 - inFAMOUS Second Son (PS4 - 2014)
https://forum.outerspace.com.br/ind...-52-jogos-em-um-ano-2018.504654/post-16186714
#28 - inFAMOUS First Light (PS4 - 2014)
https://forum.outerspace.com.br/ind...-52-jogos-em-um-ano-2018.504654/post-16198071
#29 - Contrast (PS4 - 2013)
https://forum.outerspace.com.br/ind...-52-jogos-em-um-ano-2018.504654/post-16199053
#30 - Destiny 2 (PS4 - 2017)
https://forum.outerspace.com.br/ind...-52-jogos-em-um-ano-2018.504654/post-16234855
#31 - Pokémon SoulSilver (Nintendo DS - 2009)
https://forum.outerspace.com.br/ind...-52-jogos-em-um-ano-2018.504654/post-16307553
#32 - Marvel's Spider-Man (PS4 - 2018)
https://forum.outerspace.com.br/ind...-52-jogos-em-um-ano-2018.504654/post-16315269
#33 - Minit (PS4 - 2018)
https://forum.outerspace.com.br/ind...-52-jogos-em-um-ano-2018.504654/post-16318106
#34 - Sound Shapes (PS4 - 2013)
https://forum.outerspace.com.br/ind...-52-jogos-em-um-ano-2018.504654/post-16333061
#35 - DELTARUNE (PC - 2018)
https://forum.outerspace.com.br/ind...-52-jogos-em-um-ano-2018.504654/post-16369563
#36 - Thirty Flights of Loving (PC - 2012)
https://forum.outerspace.com.br/ind...-52-jogos-em-um-ano-2018.504654/post-16402298
#37 - Destiny 2: Curse of Osiris (PS4 - 2017)
https://forum.outerspace.com.br/ind...-52-jogos-em-um-ano-2018.504654/post-16402997
 
Ultima Edição:
Mensagens
6.902
Curtidas
1.948
Pontos
344
#13
#1 The Legend of Zelda: Breath of Wild (Nintendo Switch )
Concluído em:
08/03/2018
Duração: 300h
Nota: 10/10

#2,3 e 4 The Witcher 3: Complete Edition - Hearts of Stone - Blood and Wine ( Playstation 4 )
Concluído em:
25/03/2018
Duração: 120hr
Nota: 10/10

#5 World Cup Golf: Professional Edition
Concluído em:
27/03/2018
Duração: 06 Horas
Nota: 7/10

#6 F1 Race Stars ( Playstation 3 )
Concluído em:
29/03/2018
Duração: 12 Horas
Nota: 7/10

#7 Halo 5: Guardians ( Xbox One )
Concluído em:
05/04/2018
Duração: 6 Horas
Nota: 8,6/10

#8 Virtual Open Tennis ( Sega Saturn )
Concluído em:
14/04/2018
Duração: 8 Horas
Nota: 6,6/10

#9 Lara Croft Tomb Raider Anniversary ( PSP )
Concluído em:
21/04/2018
Duração: 12 Horas
Nota: 7,9/10

#10 Sonic Rush ( Nintendo DS )
Concluído em:
23/04/2018
Duração: 07 Horas
Nota: 8,4/10

#11 Sunset Overdrive Rush ( Xbox One )
Concluído em:
28/04/2018
Duração: 12 Horas
Nota: 9,0/10

#12, 13, 14 - State of Decay, State of Decay Breakdown e Lifeline ( Xbox One )
Concluído em:
01/05/2018
Duração: 38 Horas
Nota: 9,0/10

#15 Vandal Hearts ( Playstation 1 Fat )
Concluído em:
03/05/2018
Duração: 31 Horas
Nota: 9,3/10

#16 Vandal Hearts 2 ( Playstation 1 Fat )
Concluído em:
20/05/2018
Duração: 64 Horas
Nota: 9,5/10

#17 Herc´s Adventures ( Sega Saturn )
Concluído em:
22/05/2018
Duração: 25 Horas
Nota: 8,8/10

#18 NFL 97 ( Sega Saturn )
Concluído em:
23/05/2018
Duração: 04 Horas
Nota: 6,2/10

#19 Soviet Strike ( Sega Saturn )
Concluído em:
26/05/2018
Duração: 20 Horas
Nota: 8,5/10

#20 NBA Action ( Sega Saturn )
Concluído em:
27/05/2018
Duração: 08 Horas
Nota: 8,0/10

#21 Madden 97 ( Sega Saturn )
Concluído em:
28/05/2018
Duração: 3,5 Horas
Nota: 5,9/10

#22 Shining Force ( Mega Drive )
Concluído em:
06/06/2018
Duração: 40 Horas
Nota: 10/10

#23 Zombie Revenge ( Dreamcast )
Concluído em:
10/06/2018
Duração: 20 Horas
Nota: 8,4/10

#24 Turma da Mônica na Terra dos Monstros ( Mega Drive )
Concluído em:
15/06/2018
Duração: 15 Horas
Nota: 8,6/10


#25 Astal ( Sega Saturn )
Concluído em:
26/06/2018
Duração: 08 Horas
Nota: 9,0/10

#26 Bug Too! ( Sega Saturn )
Concluído em:
09/07/2018
Duração: 10 Horas
Nota: 8,5/10

#27 Forza Horizon 2 ( Xbox One )
Concluído em:
05/08/2018
Duração: 40Horas
Nota: 8,5/10

#28 The Walking Dead Season Two ( Xbox One )
Concluído em:
18/07/2018
Duração: 12 Horas
Nota: 8,0/10

#29 The Walking Dead: The Telltale Series - A New Frontier ( Playstation 4 Pro )
Concluído em: 22
/09/2018
Duração: 12 Horas
Nota: 8,3/10


#30 Street Fighter 2 Collection ( Sega Saturn )
Concluído em: 23
/09/2018
Duração: 6 Horas
Nota: 9,5/10

#31 The Walking Dead Season Two ( Xbox One )
Concluído em:
18/07/2018
Duração: 12 Horas
Nota: 8,0/10

#32 Daytona USA Championship Circuit Edition ( Saturn )
Concluído em: 25
/09/2018
Duração: 04 Horas
Nota: 8,0/10

#33 NBA Action ( Sega Saturn )
Concluído em:
25/09/2018
Duração: 03 Horas
Nota: 8,0/10

#34 Croc: Legend of the Gobbos ( Sega Saturn )
Concluído em:
25/09/2018
Duração: 06 Horas
Nota: 8,2/10

#35 Virtua Cop 2 ( Sega Saturn )
Concluído em:
26/09/2018
Duração: 03 Horas
Nota: 9,1/10

#36 Dead Rising 4 ( Xbox One )
Concluído em:
27/09/2018
Duração: 12 Horas
Nota: 8,1/10

#37 The Awesome Adventures of Captain Spirit ( Xbox One )
Concluído em:
27/09/2018
Duração: 2 Horas
Nota: 8,8/10

#38 The Game of Thornes Telltale Games ( Xbox One )
Concluído em:
29/10/2018
Duração: 12 Horas
Nota: 8,9/10
 
Ultima Edição:
Mensagens
6.885
Curtidas
10.756
Pontos
374
#14
Meta de 2018 - terminar mais de 32 jogos, número de 2017. Já foram 25, faltam 7!


#01 - Mafia III - 07/01/2018
Plataforma: PS4 - 50 horas - Platina


Primeiro jogo do ano! Primeira platina!

Mafia lll conta a historia de Lincoln Clay, veterano da guerra do Vietnã, que retorna pra casa e vê seus amigos serem mortos pela máfia. Ele leva um tiro de raspão na cabeça, mas sobrevive. Quando melhora, parte em busca de vingança.

As músicas dos anos 60 são demais. O jogo até que é divertido, e a vingança de Clay é brutal.

Agora... Mafia 3 é a definição de repetitivo. Fale com o informante. Interrogue os capangas. Mate os guarda-costas. Elimine o chefe do crime local. Repita 2x por distrito. Depois, elimine um dos capos ligados ao chefão da máfia. Repetir 9x pra zerar o jogo. Sem brincadeira, nunca vi tantas missões iguais num jogo.

Infelizmente, o legado de Mafia e Mafia II é afogado por Mafia III, que não chega nem perto dos anteriores.

Nota pessoal: 6,0/10 - Não recomendo!

.

#02 - Batman - A Telltale Series - 09/01/2018
Plataforma: PS4 - 8 horas - Platina


Eu gosto muito idos jogos da Telltale. Eles capricharam no enredo dessa série do Batman.

Infelizmente, mesmo sendo uma engine atualizada, a parte técnica continua a desejar, algo como uma assinatura da empresa. Todos os jogos deles tem algum engasgo.

Felizmente, não chega a incomodar ou atrapalhar.

Nota pessoal: 9,0/10 - Recomendo

.

#03 - Nightmares of the Deep: The Cursed Heart- 13/01/2018
Plataforma: PS4 - 8 horas - Platina


Jogo no estilo Hidden Objects, Point & Click. Tive que consultar um Walkthrough em algumas partes, pois os puzzles são desafiadores.

As animações são meio toscas, mas de modo geral é um game agradável.

Nota pessoal: 8,0/10 - Recomendo!

.

#04 - 36 Shards of Midnight - 14/01/2017
Plataforma: PS4 - 2 horas - Platina


Joguinho indie onde o objetivo é coletar 36 fragmentos em uma fase cheia de armadilhas. É curtinho e apresenta um desafio legal. Depois que se acostuma com os comandos, fica mais fácil.

Na lista de troféus tem um que desafia o jogador a terminar o game em menos de 6 minutos. Meu recorde foi de 4:58.

Ele é divertido, bonitinho e não tem nenhum tipo de bug.

Nota pessoal: 7,5/10 - Recomendo!

.

#05 - Seasons after Fall - 15/01/2017
Plataforma: PS4 - 7 horas - Platina


O jogo é um metroidvania 2D e tem um estilo artístico que se destaca. É um indie de um estúdio francês, onde controlamos uma raposa que tem controle sobre as estações do ano.

Cada estação impacta no cenário, desbloqueando alguns caminhos e bloqueando outros.

A história é bacana e a jogabilidade também. O sons não se destacam, mas as musicas são relaxantes.

Achei que mais pro final, o vai e vêm ficou um pouco cansativo.

Nota pessoal: 9,0/10 - Recomendo!

.

#06 - Virginia - 18/01/2017
Plataforma: PS4 - 4 horas - Platina


Um walking simulator. Joguei e tentei compreender a história, mas achei uma viagem só. Parafraseando um qualquer que li na internet, os produtores só jogaram um balde de cenas desconexas em cima da mesa, e deixaram pro jogador tentar conectar ou compreender a história.

Joguei 2 vezes pra ver se entendia melhor, mas não me convenci. Pelo menos é uma platina fácil.

Os gráficos não me agradaram, e as músicas (tocadas pela filarmónica de Praga) são sensacionais.

A gameplay é lenta e arrastada, não me agradou também.

Nota pessoal: 3,0/10 - Não recomendo!

.

#07 - Nightmares of the Deep: The Siren's Call - 21/01/2018
Plataforma: PS4 - 6 horas - Platina


Sequência do primeiro, a protagonista deve enfrentar uma cidade amaldiçoada por Davy Jones. Também é um jogo no estilo Hidden Objects, Point & Click.

Gostei do jogo, é interessante... e espero uma sequência. A protagonista derrotou duas maldições de Davy Jones e ficou com um item que pertence a ele... Penso que ele ficou puto.

Nota pessoal: 7,5/10 - Recomendo!

.

#08 - The Walking Dead: A New Frontier - 22/01/2018
Plataforma: PS4 - 8 horas - Platina


Terceira temporada da série da Telltale. Nessa temporada é introduzido outro personagem jogável. Ficou interessante, mas a Clementine fica meio que uma coadjuvante.

Como sempre, o foco é na história, e é bem contada e gostei muito. Tem seus altos e baixos, mas eu sempre gostei da direção que a série foi.

Desta vez, não tem bugs na engine se comparar com o Batman. As legendas foram melhoradas, mas ainda assim não estão 100%. As vezes o personagem fala algo que não tem muito a ver com a opção apresentada.

No geral, é uma história bem contada.

Nota pessoal: 9,0/10 - Recomendo!

.

#09 - Minecraft: Story Mode - 28/01/2018
Plataforma: PS4 - 9 horas - Platina


Comprei esse jogo a um tempo, e até tinha esquecido disso. Como joguei o TWD, lembrei que tinha comprado e dei uma chance...

E não é que eu gostei? A Telltale sabe desenvolver personagens e sabe contar histórias.

Se for pra reclamar de algo, é o estilo gráfico de Minecraft, mas tem lá seu carisma.

Nota pessoal: 9,0/10 - Recomendo!

.

#10 - Minecraft: Story Mode - Adventure Pass - Episódios 6 a 8- 03/02/2018
Plataforma: PS4 - 5 horas - 100%


O final da história de Minecraft Story Mode deixa uma ponta solta, e o Adventure Pass amarra essa ponta.

São episódios legais, sendo sincero.

Esses eps. tem algumas falhas nas legendas.

Nota pessoal: 7,5/10 - Recomendo!


#11 - Guns, Gore & Cannoli - PS4 - 11/02/2018
Plataforma: PS4 - 3 horas - 80%


Meu irmão comprou esse jogo. Eu, sinceramente, não dava 5 centavos por ele. Mas ele tem couch coop pra até 4 players e é extremamente divertido jogar desta forma.

Joguei uma run com meu irmão, e outra com meu irmão e meu filho. Rimos muito...

O jogo é desenhado a mão, e roda muito bem.

Nota pessoal: 8,5/10 - Recomendo!

.

#12 - Doodle Devil - PS4 - 12/02/2018
Plataforma: PS4 - 5 horas - 100%


É um jogo de puzzle originalmente feito pra dispositivos móveis, que foi portado pros consoles.
Não tenho muito o que dizer, o desempenho é bom e o jogador precisa combinar 2 elementos pra formar outros, até terminar todos.

Depois de um tempo ele fica trabalhoso.

Nota pessoal: 6,0/10 - Não recomendo!

.

#13 - Assassins Creed: Origins - The Hidden Ones - PS4 - 12/02/2018
Plataforma: PS4 - 7 horas - 100%


Primeira DLC do jogo mais surpreendente do ano passado depois do Horizon no PS4. Continua a historia da formação do credo dos assassinos, denominados os Ocultos.

As missões são curtinhas, e acho que poderiam ter mais missões... mas tem conteúdo pra caramba, novos locais, novas armas... é tudo expandido.

Como gostei do jogo, obviamente gostei da DLC. Por 27 reais, foi bem aproveitado.

Nota pessoal: 9,5/10 - Recomendo!

.

#14 - Doodle God - PS4 - 17/02/2018
Plataforma: PS4 - 4 horas - 100%


Mesma coisa do Doodle Devil, mas com outros elementos. Serve pra passar o tempo.

Nota pessoal: 6,0/10 - Não recomendo!

.

#15 - Hitman GO - PS4 - 23/03/2018
Plataforma: PS4 - 4 horas - Platina


Outro jogo lançado originalmente pra dispositivos mobile. Fiquei interessado na proposta e o preço estava bom...

Um puzzle bem interessante. O game apresenta um tabuleiro e a movimentação é por turnos.


Nota pessoal: 7,0/10 - Recomendo!

.

#16 - Energy Cycle - PS4 - 24/03/2018
Plataforma: PS4 - 2 horas - Platina


Puzzle bem simples, mas difícil. O jogo consiste em uma sequencia de bolas de energia dispostas em vários formatos, e o jogador tem que deixar todas da mesma cor.

A parte ruim é a sonora, muito ruim.


Nota pessoal: 6,0/10 - Recomendo com ressalvas!

.

#17 - Knack - PS4 - 24/03/2018
Plataforma: PS4 - 30 horas - Platina


Sinceramente, não entendi as criticas negativas e as notas tão baixas pro jogo. Pros padrões de hoje, ele ainda é bonito, não tem nenhum tipo de engasgo na parte técnica e é completo.

O jogo é linear, e tem uma dificuldade muito acentuada. Não é pra crianças, principalmente no modo muito difícil.

Joguei o ele inteiro em coop com meu filho, e foi extremamente divertido.


Nota pessoal: 8,5/10 - Recomendo!

.

#18 - God of War - PS4 - 31/05/2018
Plataforma: PS4 - 50 horas - Platina


Masterpiece. Gostei de tudo no jogo. Graficamente impecável, gameplay refinadissimo, história bem desenvolvida... um refresco pra uma série estagnada.


Nota pessoal: 10/10 - Recomendo!

.

#19 - Lara Croft GO - PS4 - 01/06/2018
Plataforma: PS4 - 5 horas - Platina


Quem diria... o melhor Tomb Raider dos últimos tempos é um jogo mobile portado pros consoles... o jogo é um puzzle por turnos, com desafios bem legais... Lara não mata uma única pessoa, e é na essência o que um Tomb Raider deveria ser, um jogo de exploração e não um shooter.


Nota pessoal: 7,5/10 - Recomendo!

.

#20 - Energy Invasion - PS4 - 06/06/2018
Plataforma: PS4 - 2 horas - Platina


Energy Invasion é uma mistureba de twin stick shooter e algo parecido com pong ou sei lá o que. Achei bacana mas logo encheu o saco. Tem um desafio mais ou menos , musicas ruins e desempenho aceitável.


Nota pessoal: 5,0/10 - Não recomendo!

.

#21 - Little Adventure on the Prairie- PS4 - 08/06/2018
Plataforma: PS4 - 1 hora - Platina


Sinceramente? A pior coisa que tive o desprazer de jogar na vida. Porcaria extrema. Só peguei a platina porque é só finalizar o jogo.


Nota pessoal: -1,0/10 - Fujam para as montanhas!

.

#22 - Farming Simulator 2017 - PS4 - 13/07/2018
Plataforma: PS4 - 55 horas - Platina


Gostei tanto que joguei mais de 50 horas. Simulador de fazendeiro, com muitos tipos de tratores e culturas diferentes. Os modelos são bem feitos e fieis aos reais.


Nota pessoal: 8,0/10 - Recomendo!

.

#23 - Marvel's Spiderman- PS4 - 07/10/2018
Plataforma: PS4 - 45 horas - Platina


Tinha saudades de um jogo bom do Aranha. Esse é excelente. O que não curti muito foram as missões com outros personagens. Os destaques são a história (melhor que a maioria dos filmes do aranha) e os gráficos. Mesmo no ps4 Vanilla o negócio é surreal.

Nota pessoal: 9,0/10 - Recomendo!

.

#24 - Assassin's Creed Origins - The Curse of the Pharaos - PS4 - 07/10/2018
Plataforma: PS4 - 25 horas - 100%


Última DLC do AC Origins. Excepcional essa DLC. É grande e muito interessante. Fiz 100% dela.

Nota pessoal: 8,0/10 - Recomendo!

.

#25 - London Heist- PS4 VR - 14/10/2018
Plataforma: PS4 - 1 hora - 75%


Meu primeiro contato com o PSVR. Que negocio impressionante... imersão incrível, absurda. Nível de interatividade animal mesmo.

Uma pena que é muito curto.

Nota pessoal: 9,0/10 - Recomendo!
 
Ultima Edição:
Mensagens
296
Curtidas
207
Pontos
78
#15
Facilmente o melhor jogo 2D do Sonic. Esse mascote que na minha infância foi meu preferido visto que eu não tive super nintendo e sim um mega drive, me divertia horas com os jogos dele e hoje, esse presentão feito dos fãs pros fãs. Uma pena que o Sonic Forces tenha sido o "fiasco" que foi. A trilha sonora bem trabalhada e de cara nova, as novas mecânicas e as novas fases, melhor sonic.

Que jogo lindo, em todo o percurso dele eu tava rindo (ou na maior parte do tempo) me remeteu aos plataformas que jogava quando era criança, a jogabilidade simples e a história sem pé nem cabeça contribuíram pra isso. Por mais que as boss battles tenham sido frenéticas, sempre únicas e divertidas até mesmo desafiadoras. Você é a HatKid que só ta tentando voltar pra casa em sua nave espacial e seu combustivel acaba caindo num planeta chamado Mafia Town. Olha que non sense. Sem dúvidas esse jogo é charmoso e me cativou bastante, uma ótima aquisição e pretendo fazer o 100% com todos os coletáveis

Aí vou ser sincero, entendi porra nenhuma. Eu sei que o jogo é feito de puzzles e nesse quesito o jogo faz com maestria e de forma bem criativa pra época, não lembro de ter visto outro jogo com física parecida, de portais e melhor ainda, poder olhar por entre os mesmos para o lugar direcionado, sensacional, mas a história? bulhufas mermão. A Glados é realmente uma """"""vilã"'"""" carismática e dando um alivio cômico muito bem feito durante toda a gameplay do jogo, vale lembrar que o mesmo tem uma campanha pequena (eu zerei em 2h de jogo). Enfim, jogo maneirasso pelo que propõe, mas queria ter entendido melhor sobre essa dominação da IA pelo laboratório.

Esse jogo me fazia sentir o tempo inteiro como se eu estivesse participando de uma animação da Disney com sua arte gráfica muito caprichada e suas trilha sonoras suaves e intensas ao mesmo tempo. Um jogo que fala sobre amor, pelo menos, a mim ele passou essa lição. O amor pode mover montanhas, seja ele por seus filhos, amigos ou até mesmo seu lugar na terra.

Parece que os indie games estão dominando minha lista e são os unicos a me despertarem prazer em jogar de novo. O país comunista Arstotzka terminou uma guerra de seis anos com o vizinho Kolechia e reclamou sua metade da cidade de fronteira Grestin e cabe a você como inspetor decidir quem vai entrar ou não no país com os passaportes e validando informações, se são adulteradas ou não. E com o salário que você ganha precisa manter a sua familia e as vezes aparece um suborno ou algo que te faça viver melhor e você pensa se deve ou não agir com honestidade. O jogo possui 20 finais dos quais eu fiz 2 e planejo tentar pelo menos mais 1 ou 2 (ou talvez assistir no youtube). Valeu a pena, peguei numa promoção e acho que mesmo se eu pagasse o preço full ficaria contente com o resultado. GLORY TO ARSTOTZKA

Quando a mãe de Isaac começa a ouvir a voz de Deus exigindo que um sacrifício seja feito para provar sua fé, Isaac escapa para o porão, enfrentando montes de inimigos perturbados, irmãos e irmãs perdidos, seus medos e, eventualmente, sua mãe. Eu não ia nem contar esse jogo pra lista porque eu zerei ele ano passado, porém, calhou de instalar ele de novo e em 01 run eu acabei zerando esse jogo mas né, jogo é jogo. Bullet hell divertido e diferente com uma atmosfera de "terror" e com um replay imenso, te prendendo por horas até conseguir fazer tudo que o jogo te oferece rendendo até umas 200h.

Acabei de finalizar e a maneira que ele conta a narrativa de maneira leve me cativou. Os dialogos com os personagens dizendo suas frustrações que acabam se manifestando fisicamente, seus problemas psicológicos, as dificuldades de se entender ou se encontrar, tudo bem leve e de maneira que não cansa, que encanta com seus personagens fofos (por mais que você nem consiga enxergar as caras deles durante a gameplay pelo pixelart). O jogo vale a pena de se jogar, não só pelos puzzles e dificuldade (eu mesmo terminei o jogo com 1301 mortes ao todo) mas sim pela história de Madeline, uma menina com depressão e sofre de ataque de pânico, e decide provar a si mesma que consegue vencer isso escalando a Montanha Celeste.

Nunca havia sequer tocado em um jogo da série antes, nunca tinha me interessado por parecer um jogo muito específico, feito pra quem gosta mesmo, porém, a gente cresce e muda né? Tava de olho há um tempo visto que tenho gostado mais desses jogos de administração ou simulação por assim dizer, e esse aí é o suprassumo (por mais que tenha seus defeitos). Comece tua civilização desde o descobrimento da roda até levar ela pra lua. Isso pra mim me ganhou demais, por mais que seja demorado pra caramba o jogo cumpre o que promete, você administra uma civilização de fato, não em sua menor escala como transporte publico por exemplo, mas, as decisões que importam. Vai focar em que? Ciência? Guerra? Religião? Isso é o lance. Porque além de ser um jogo de montar civilizações, é de tabuleiro também, então tem turnos, você faz o seu objetivo e tenta fazer a corrida pra ganhar dos outros jogadores. Não é você sozinho, a cada partida os panoramas mudam, os inimigos mudam, o mapa, o fator replay dele é sensacional por mais que as partidas demorem no modo normal, podem ser um pouco mais rapidas OU MUITO MAIS DEMORADAS, como sei lá, 1 partida terminar em 3 semanas de jogo. No mais, é um jogo que cumpre o que promete e aproveitei bastante esse final de semana grátis dele totalizando 15h de jogo e 2 partidas terminadas em vitória (yay) recomendo apenas para quem gosta porque sim, é um jogo de nicho.


Aos amantes do jogo, desculpa, mas não é o melhor jogo do mundo não. O jogo é bom e tem uma narrativa muito boa, tocante e de impacto, mas, falhou em diversos aspectos. Não posso deixar de congratular a Naughty Dog por trazer o que chamamos de "jogo de impacto" pros Triple A e fez a grande parte dos jogadores de FIFA acharem esse jogo maravilhoso, ele de fato é muito bom, mas não é perfeito. Tem puzzles repetitivos e cansativos demais, e o lance da Ellie não saber nadar é legal nas primeiras 3x mas depois fica um pé no saco. Eu já conseguia ver as sequências do jogo. Matar, puzzle, cutscene. Posso parecer que só to dando trash talk no jogo mas não, eu gostei de dele e por isso to falando dos pontos negativos que eu reparei. O lance inteiro pra mim foi a Expectativa x Realidade. Todo mundo sempre disse que era maravilhoso, mas, quando eu peguei pra ver, não era tudo isso.


Achei o jogo legal num geral. Por mais que ele me irritasse por suas mecânicas travadas, é de se relevar porque o jogo tá mais próximo do PS2 que do PS3. Lembraram muito minhas raivas que eu tinha quando a Lara Croft pulava pra um lugar que eu não tinha mandado ela pular. Jogo bom apesar de não entender porque do nada eles enfiaram uma maldição no meio da história tornando a parada muito irreal.

Achei muito maneiro o final, me fez gostar mais do jogo como um todo. Eu tinha me esquecido depois de me perder em side quests como a história tava legal. A explicação das origens do credo ficou realmente bacana (por mais que eu não tenha zerado nenhum outro), um show de cenas que tu fica tipo "ahh olha lá onde começou" e que são necessárias, jogo maneiríssimo principalmente porque eu nunca tinha visto uma abordagem desse jeito de um jogo ambientado no Egito antigo e ficou muito bom, caprichou mesmo.


Foram 27 horas de jogo. 27 horas que eu nem vi passar de tão preso que fiquei a essa história MAGNÍFICA. Que jogo meus amigos. Toda a trama bem trabalhada a gameplay mais Far Cry impossível. Desde o 3 que venho me decepcionando com a franquia mas depois desse calo minha boca. Vilões extremamente carismáticos e um plot atual por mais que não pareça. Um ambiente cheio de droga que parece uma trip de LSD como qualquer Far Cry deve ser. E que final hein? Me deixou puto no inicio mas acho que esse era o intuito. QUE JOGO. Vou sentir um leve vazio no peito por ter jogado incessantemente e terminado "rápido" demais, infelizmente ele me deixou com gostinho de quero mais depois desse final mas, vai passar.

Eu não seria justo com o jogo se não viesse dar meu parecer sobre ele assim que terminasse. Um jogo que acima de tudo te mostra o poder da amizade, e que amizade. O jogo tem seus furos mas, pra mim, ele se fechou bem. Confesso que nunca havia explorado nenhum Final Fantasy como explorei esse, afinal, esse é o primeiro que chego a fechar e sei também que não sou um dos que ficou esperando 10 anos pelo jogo, porém, na minha experiência fiquei extremamente satisfeito, do inicio ao fim. A história pra mim é cativante e tem seus plot twists bem encaixados. Eu achei um jogo sensacional e muito me entristece que ele não tenha ganhado nada no seu ano de lançamento. Uma das coisas que contribuiu pra minha paixão pelo universo do jogo, além da trilha sonora maravilhosa e dos gráficos impecáveis (padrão final fantasy [pelo menos nas cutscenes]) foi a logo dele, que no final é explicada de maneira simples e linda. Sensacional.


Minha streak de jogos AAA e bons zerados infelizmente vai ser quebrada por esse polêmico jogo. Joguei ele porque recebi "de graça" da plus no PS4 com crossbuy VITA e então decidi dar uma chance visto que sempre gostei de megaman. O jogo não é de um todo ruim, ele tem bosses injustos e legais, padrões que uma vez aprendidos te fazem conqusitar os mesmos tal qual os jogos de antigamente, mas o acabamento do jogo é de dar vergonha. Parece que ele parou na metade de desenvolvimento e lançou mesmo assim, eu sei que o intuito do jogo é pegar um gênero retrô e dar vida mas, precisava ser retrô nesse gráfico alá PS2? Os personagens não tem expressão, a história não tem nada de interessante. Por mais que eu saiba que histórias nesse tipo de jogo não sejam o foco mas, precisava ser tão ruim? Esse jogo me dá vontade de aprender a programar pra fazer um jogo melhor porque caras, ele não é completamente ruim, mas ele podia ser TÃO melhor, podia ser MUITO mais do que ele é.


Eu tenho esse jogo na biblioteca há um tempo mas nunca tive coragem de jogar. E também porque lembrava que ele era muito complicado pra se jogar quando eu era criança (além do medo, óbvio) mas decidi pegar pra jogar porque não deve ser impossível assim, afinal, o jogo é feito pra ser jogado, ele deve te dar os objetivos. Enfim, to muito feliz com o final desse jogo. Sério, ele consegue resgatar direitinho o clima de terror que era lá em 1999 e com um gráfico lindo! (Apesar de ter precisado de walkthrough no final do jogo). Lindo demais! E eu nunca ter jogado o mesmo me fez perceber as semelhanças que ele tem com o RE7. Quem fala que o novo Resident Evil não é um resgate do seu clássico precisa rejogar.

Toda pessoa que gosta de jogos deveria jogar esse jogo. Ele tem gráficos lindos, história linda, ritmo maravilhoso... Não sei nem o que focar nesse jogo, porque claramente muitas pessoas que zeraram já vieram aqui contar das suas experiências de forma melhor que a minha, mas, eu como um amante de mitologias me senti grato. Pela maneira que contaram a história que por mais que seja tão densa, é explicada a você de forma tão passiva que você aprende muito e nem percebe. A relação do GAROTO com o Kratos que eu achei que seria ala The Last of Us foi totalmente o contrário, me fez querer que TLOU fosse o que God of War é. Por enquanto, pra mim, é GOTY e nem tem contestação. É o melhor título da playstation atualmente. Não é hype, juro.

Esse joguete maravilindo eu ja tinha jogado antes no meu 3DS, e foi lá que eu descobri essa maravilha pixelada. A história é bem clichê mas pra nós que jogamos já estamos acostumados com isso e quase nunca chega a ser um empecilho. A gameplay do jogo é bem feita, os personagens são bem caricatos e a dose de comédia acaba por enriquecer mais ainda o universo do jogo, afinal, você já tinha visto algum cavaleiro que luta com uma pá ao contrário de uma espada? O jogo vale a pena. Eu tive que pegar o mesmo novamente no PC pra dessa vez terminar o que havia começado há pelo menos 1 ano atrás com esse jogo. E valeu a pena.

Peguei no celular do meu padrasto hoje e tinha lá instalada a versão mobile desse jogo maravilhoso, fiquei me divertindo durante um tempo mas tive que devolver o celular, corri pro computador, baixei e jogo e zerei. Não lembrava de ter feito o final desse jogo principalmente porque se você faz a escolha errada no final acaba voltando 2 fases. Um jogo que te dá muita raiva mas é divertido de se jogar

Long time no see guys. Tenho andado meio desanimado pra joojs e não toquei em muita coisa. Decidi iniciar esse jogo que comprei no Humble Bundle e fui jogando esporadicamente, aconteceu que nos ultimos 3 dias só tenho jogado isso. Um bullethell ambientado em cyberpunk que sinceramente eu não entendi porra nenhuma da história mas ao mesmo tempo eu gostei. Eu posso ter prestado mais atenção nas matanças do que nas falas do personagem como eu fazia quando era criança, mas, acredito que a história em si não seja o ponto forte do jogo. A jogabilidade dele é boa, possui uma ótima arvore de habilidades que me surpreendeu no tamanho. Eu não sei se o tempo de jogo dele ser "curto" é um problema ou uma benção, talvez ele tenha durado exatamente o tempo que deveria e isso eu valorizo bastante.

Tinha instalado esse "jogo" há um tempinho sempre falando "ah, depois eu jogo, agora to fazendo outra coisa" mas não sabia que ele era tão curtindo, aquela preguiça de começar algo sempre dominava antes de dar play. Nessa madrugada coloquei pra jogar despretensiosamente e como sempre o universo de Life is Strange consegue te prender com informações sutis que você inconscientemente vai fazendo ligações e logo pensa "caralho isso que tá rolando mesmo?". Só me deixou no gostinho mesmo, ansioso pro jogo completo.

ZEREI ESTE CARALHO VOADOR! Puta jogo infernal. Sério. Mas o que ele tem de irritante ele tem de viciante. Um metroidvania focado na parte da ação e muito bem desenvolvido. Não achei que fosse ficar tão vidrado e passando 20h jogando esse jogo. Sensacional. Recomendo a todos.

Estava jogando Ni no Kuni II de curiosidade quando chegou uma mensagem do meu primo no whemts apple com a foto do boleto desse jogo e me chamando pra jogar. Long story short, me viciei no jogo que ele havia comprado antes de mim e zerei antes dele. Que jogo sensacional. Sou relativamente novo na franquia visto que já tinha jogado um deles no meu 3DS mas não tinha feito nem mesmo 1/8 do jogo e nesse me prendi de vez. A quantidade de classes e a forma que são executadas de forma tão boa que a todo tempo você quer trocar porque todas são muito boas em algo. Eu não sei no que focar quando falo desse jogo porque ele me divertiu (e me emputeceu) muito, como qualquer jogo deveria fazer. O sistema de luta dele é competente no que faz e em nenhum sentido me senti roubado porque "tinha feito algo e o jogo simplesmente enfiou na bunda a ação" (alô souls). É um dos poucos que eu digo que continuarei jogando mesmo após passar dos créditos justamente porque o conteúdo end-game dele é amplo demais. Como a comunidade diz: "Antes dos créditos é só o tutorial, o jogo de verdade começa agora". Valeu a pena demais, principalmente porque peguei um desconto de 20% nele no GreenManGaming.

Exagerado como Devil May Cry deve ser. Esse jogo não economizou nas malabares tanto do Dante como do novo personagem introduzido agora, Nero. Com o novo jogo chegando decidi voltar e jogar esse que nunca tive contato apesar de ter jogado DmC Reboot. A história desse jogo é interessante e acredito que seja uma boa sequência, a gameplay pra mim envelheceu mal, talvez se tivesse jogado na época acharia boa, mas, após o reboot essa gameplay ficou pra trás. Uma coisa não me deixou muito feliz e foi a falta de variedade nas armas, coisa que eu amava no 3. A cada Boss novo Dante assimilava algo e transformava em uma nova arma com novos combos, faltou isso pra mim. Gostei bastante, valeu a pena jogar e agora tô só esperando o próximo, SÓ VEM DMC5

Como o primeiro, espere muita piada e referencias do meio dos jogos. Jogabilidade impecável como sempre, a diversão nesse jogo é o maior foco. Ele cai um pouco na repetição por não inovar em muita coisa, diria que a adição mais significativa nessa edição é sobre a história das galinhas. É uma parte bem divertida do jogo... Principalmente quando você parte pro combate.
 
Ultima Edição:

Ultima Weapon

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
16.107
Curtidas
14.049
Pontos
629
#16
Vamos mais uma vez, meta é atingir os 20. Uma boa jogatina aos senhores, menos fórum e mais videogame.

2017 foram 24, joguei pra burro mas será menos nesse, talvez bem menos.
Comecarei cheatzando: falta pouco no South Park 2, provavelmente é uma ou duas sentadas de 2hs pra terminá-lo. Em 2017 aconteceu a mesma coisa, tava quase finalizando FFXV na virada do ano.

A atualizar:
#3 (01/03) – Dark Souls 3 Fire Fades Edition (PS4, 93hs):
Excelente jogo, atingiram ótimo ponto de equilíbrio no gameplay (FP e Weapon Arts acrescentaram muito) e boa aquisição pra franquia não precisar dar upgrade na armadura, incentivando a troca frequente da mesma. O lore não deve muito para os de DkS1 e Bloodborne, apesar de mais uma vez esperar um final expressivo e receber uma cutscene miserável de 10 segundos, nesse caso não tem descrição de item pra salvar e fica na sua imaginação.
Dlc's mais uma vez são o ápice do jogo, gostei bem mais da história do primeiro porém dois bosses do segundo são estupidamente fortes, Midir pra mim foi com folga o maior desafio da franquia até então.
Fiz quase tudo o que é possível em uma partida, só faltou muitos itens de covenant porque cansei de grindar, sem poder jogar online (valeu Sony por exigir o uso de psn plus pra isso) complica.
Nota 9,5

#4 (07/03) – Nights of Azure (PS4, ~35hs):
Gameplay precário, muito fácil (excluindo os dois últimos bosses que fogem completamente do padrão, é estranho do nada disparar o desafio. Além disso a dungeon extra via dlc é dificílima) e de sistema de evolução razoável. Contudo a trilha sonora é boa, sua simples história é agradável de acompanhar sendo que o romance central é interessante e genuíno.
Nota 6,5

#5 (21/03) – Megadimension Neptunia VII (PS4, ~55hs):
Fiz duas partidas pra ver o melhor final. Achei estranho que não tem local bom pra grindar além do nível 100, deixa alguns desafios na arena virtualmente impossíveis sem várias dezenas de horas de grind.
Gostei dele. O primeiro arco possui história fraca e dura intermináveis ~10hs, já os das CPU's como sempre destacam-se em termos de humor com Vert~Neptune, Blanc é ok e Noire sozinha não empolga. O Gold Team é legalzinho e não faz nem sombra pra Plutia/Iris Heart, inexplicavelmente fora do jogo. O último terço do jogo é a melhor parte.
Tecnicamente estagnou: Gráficos, sistema de batalhas/evolução (que seguem bons) e trilha sonora apresentam muita coisa reaproveitada e pouca evolução. As dungeons seguem desinteressantes mas tem 3 modelos genéricos novos pelo menos, um é um mini-game medíocre, outro envolve um pouco de saltos e o último parece dungeon de SMT clássico com corredores simples e longos.
No geral é um jogo divertido, com personagens carismáticos e história bem humorada, contudo fica à sombra do Victory pois tecnicamente é parecido demais e artisticamente tá um passo atrás. Tenho curiosidade agora pra pegar o 4 Goddess Online, esse apresentará coisas importantes novas.
Nota 7,5

#6 (24/03) – Zero Time Dilemma (3DS, ~30hs):
Gostei da modelagem dos personagens, os gráficos estão bem melhores do que no game anterior. Bons puzzles e a nova estrutura de fluxo da história é bastante interessante apesar de confuso no começo, inteligente a forma como elas se entrelaçam e liberam aos poucos, evitando a repetição excessiva dos dois primeiros games.
O que mais importa é a história e a desse tá bastante boa e violenta porém esperava plot twists melhores, nem de perto chocaram como as dos games anteriores; além disso forçaram na adição de alguns novos fenômenos, escolhas ruins pra complementar a trilogia. SPOILERS SEVEROS
Precisava mesmo de máquina de teleporte alienígena e poder de manipular a mente? Plano do Delta é muito raso, tudo pra incentivar o grupo a procurar o vetor do vírus? Excelente o trecho de Diana e Sigma sozinho em cativeiro mas muito antes já tava na cara que seriam parentes de primeiro grau. Achei fraco também a identidade de Q, tava esperando algum link genial com os outros games e não uma AI idiota.
Nota 7,5

#7 (06/04) – Alliance Alive (3DS, 60hs):
Ótimo exemplo de como tirar proveito das críticas, mantém o que deu certo no mediano Legend of Legacy (sistema de batalhas, character design) e modifica brutalmente exploração e narrativa. A presença de um overworld a explorar, dungeons comuns e a presença do criador de Suikoden desenvolvendo o enredo dão ares de um jrpg bastante tradicional: muitos elementos a explorar no mapa, um sistema de gerenciamento e recrutamento de npc's para guildas (absolutamente opcional porém gostei e explorei ao máximo), um roteiro com altas aventuras e alternância nos membros da equipe, contando um grupo de personagens bastante carismático. Resumo esse jogo como um Tales of "raiz" (do Vesperia pra trás) com uma pitada de Suikoden e o ótimo battle system/sistema de evolução de Legend of Legacy. O enredo é ok, gosto da divisão quase igualitária da atenção entre todos os membros (sim, aqui sim não há protagonista) contudo acho muito genérico principalmente do meio pra frente, então será esquecido em breve.
Percebe-se que o desafio foi modificado pois o game anterior é bastante difícil enquanto Alliance Alive tem desafio baixo~moderado, com um pico no meio do game e alto durante quase todos os eventos opcionais. O jogo não tem voice acting.
Não é tão longo, 30hs são o suficiente porém completando todos os eventos extras, isso inclui os investimentos na guilda, facilmente dobram o tempo de jogo. Uma pena que não é possível masterizar mais do que 3 das 5 guildas por partida, motivo que me leva a cogitar fazer o game+ eventualmente.
Nota 8,5
 
Ultima Edição:
Mensagens
296
Curtidas
207
Pontos
78
#17
Vamos mais uma vez, meta é atingir os 20. Uma boa jogatina aos senhores, menos fórum e mais videogame.

2017 foram 24, joguei pra burro mas será menos nesse, talvez bem menos.
Comecarei cheatzando: falta pouco no South Park 2, provavelmente é uma ou duas sentadas de 2hs pra terminá-lo. Em 2017 aconteceu a mesma coisa, tava quase finalizando FFXV na virada do ano.
Olha, em qual parte você tá? Porque esse jogo sempre parece que tá acabando e na verdade ainda tem coisa hahahaha
 

Ultima Weapon

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
16.107
Curtidas
14.049
Pontos
629
#18
Olha, em qual parte você tá? Porque esse jogo sempre parece que tá acabando e na verdade ainda tem coisa hahahaha
Ontem
as franquias foram unidas, a última coisa foi acordar com a casa toda ensanguentada e fiz a quest paralela de encontrar Jesus.
Achei que ia acabar depois de enfrentar o monstrão devorador de pessoas, naquele boss formado por imigrantes latinos também parece que é a última luta mas ali tá cedo demais.
 

DocVooDoo

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
28.287
Curtidas
34.243
Pontos
739
#19
Guardando meu post na primeira pagina.

Os dois primeiros jogos que terminei foram velharias que quero re-Platinar.
Terminei Dead Space 1 no PS3, ainda tenho que terminar para pegar o último troféu e a platina.
Terminei God of War 3 Remastered. Já tinha platinado no PS3 e pegando a platina no PS4.
 
Ultima Edição:
Mensagens
296
Curtidas
207
Pontos
78
#20
Ontem
as franquias foram unidas, a última coisa foi acordar com a casa toda ensanguentada e fiz a quest paralela de encontrar Jesus.
Achei que ia acabar depois de enfrentar o monstrão devorador de pessoas, naquele boss formado por imigrantes latinos também parece que é a última luta mas ali tá cedo demais.
Falta algumas hora de gameplay ainda. Também achei que ao unir as franquias acabava mas tem bastante coisa ainda até.
 

KazumaKiryu

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
14.514
Curtidas
12.069
Pontos
664
#21
Vou tentar esse ano também, ano passado pode até ser que eu cheguei aos 52, porém parei de atualizar a lista é desandei, 2018 vou tentar ser mais frequente
 

Aruguren

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
11.659
Curtidas
13.192
Pontos
659
#23
Presente.

Esse ano não tem faculdade, vou completar o desafio duas vezes :lolwtf

#1) Undertale - 6:30h - 01/01/2018
Não sei como descrever, é uma experiência bem diferenciada, mas não é o melhor jogo do mundo com alguns pintam. Mas definitivamente vale jogar, não vou dizer mais nada pq qualquer coisa dita sobre esse jogo será spoiler. 8/10

#2) Monument Valley - 04/01/2018

Mano que mindfuck esses puzzles, muito massa o jogo de ilusão de ótica geométrica. Os puzzles são na dificuldade certa para pastéis como eu se divertirem, quem tá acostumado a quebrar a cabeça vai achar muito fácil. Destaque para o cenário, fantástico. 8/10

#3) Jotun - 6.7 horas - 09/01/2018

Narrativa, cenários, som, e boss fights fantásticos. Não recomendo pra quem não tem paciência em caminhar.
Eu impressionei os deuses. 8/10.

#4) Inside - 19/02/2018
Achei mais fácil que Limbo, mas a ambientação e a arte são fantásticas, excelente jogo. 8/10

#5) Never Alone - 19/02/2018

As partes de usar os espíritos são travadas e irritantes. É um jogo bonito mas um jogo chato. 6/10

#6) Tomb Raider Definitive Edition - 11/03/2018

Tem alguma coisa estranha nesse jogo que não me fez me sentir jogando, pareceu estar simplesmente assistindo a Lara fazer as coisas sozinhas, mesmo eu tenho um controle nas mãos. Excesso de coisas quebrantes cansa, chega uma hora que eu vejo um salto onde tem que se pendurar e eu já to pensando "ótimo, vai quebrar, ela vai cair, vai rolar blá blá blá foda-se". Fora coisas que cortam completamente a imersão, por exemplo, passar todo um sufoco pra subir em um lugar, quebrar tudo no meio do caminho, pra chegar lá e ter 20 malandro me esperando, como diabos eles chegaram lá? Gráficos são bonitos pelo menos, principalmente a Larinha. Could not care less pra tentativa de história. 6/10

#7) Journey - 2h - 26/03/2018

Sei lá, mano. 9/10

#8) Assassin's Creed Brotherhood - 07/04/2018

Ezio tapado, Roma lavada sem graça, muito inferior às cidades do AC II, não lembro do parkour ter uma resposta tão ruim, mas isso pode ter sido sempre assim só faz tempo que joguei um AC. Ter uns brothers é massa, faz se sentir badass, mas por outro lado se são tão poderosos me pergunto pq os assassinos ainda não dominaram o mundo. 6,5/10

#9) Metal Gear Rising Revengeance - 6h - 15/04/2018

Carai que jogo foda do carai. Só não vou dar 10 pq a câmera é uma bagunça e tem alguns momentos irritantes na escolha do inimigo a ser colocado em tal lugar. Entrei no clima da japice e do anime, Raiden foda mais macho que qualquer que vem de minimi salto alto andrógino. Uma pena que o jogo é muito feio em gráficos, beu teus, esperava mais de um jogo de 2013 mas não vou tirar pontos por isso, o resto compensa. 9/10.

#10) Assassin's Creed 2 - 14 horas - 24/04/2018
Esse sim. Fiquei decepcionado com o Brotherhood e pensei se minha memória do 2 não tava com efeito de nostalgia, mas é tudo que eu lembrava. As cidades são muito mais bonitas que Roma, não sei o que fizeram no Brotherhood, provavelmente o relaxo de querer lançar anualmente começou a pegar forte. 7,5/10

#11) Assassin's Creed Revelations - 14 horas - 03/05/2018

Gostei muito da cidade de Constantinopla, ficou bem caprichada. Gostaria que a parte da história com o governo, janizaros etc fosse mais o foco e mais impactante, era a parte que eu tava mais gostando mas ficou meio simples. Depois de umas 10 horas de jogo percebi que eu tava perdendo muito tempo com as missões e recrutamento de assassinos e percebi que isso não servia pra absolutamente nada, quatro horas depois fechei o jogo. As bombas, se usei 10 foi bastante. No fim do jogo tinha um grupo de 5 guardas, toquei 3 bombas letais das mais fortes e ficaram todos vivos, pensa em uma coisa inútil. Pelo menos as escaladas ficaram bem mais ágeis e responsivas, tava na hora. 6,5/10

#12) Assassin's Creed 3 - 21 horas - 20/05/2018

Apesar de as primeiras horas parecer o maior tutorial da historia dos jogos e se acostumar com a jogabilidade ser algo sofrível, achei o melhor Assassin's Creed até o momento (1,2, BH e RV). O que me incomodou foram as quedas de desempenho absurdas no X360. O jeito como foi mostrado a revolução americana deixou a desejar. Achei legal as falas dos templários ao serem assassinados e os diálogos com Haytham, até me perguntei pela primeira vez se estava do lado certo, mas no fim, assim como todo o resto em um AC parece que desistiram de desenvolver melhor e fica nas coxas. E nem vou falar do presente, que porra é aquilo, Ubisoft? E descobri com esse jogo que 85% da populaçao de Boston e New York nessa época eram soldados, qualquer tropeço e tem mil milico atras do Connor, nunca vi coisa igual, stealth é impossível nesse jogo. 7,0/10

#13) Valiant Hearts - 22/05/2018

... 10/10

#14) Heavy Rain - 30/05/2018

Eu ODEIO de todo coração QTE em jogos, mas um jogo 100% QTE até que é interessante. Eu gostei desse filme apesar de ter alguns momentos cringe tensos. Acho que consegui um dos piores finais possíveis. 7/10
Deixei o Jayden morrer, não encontrei o moleque a tempo, a prostituta morreu, o assassino escapou e o Ethan se matou na frente do túmulo. Mano do ceu

#15) Titanfall 2 - 31/05/2018
Queria que tivesse menos tempo de jogo a pé e mais tempo no Titan, a variedade de armas e habilidades é excelente. Pena que o jogo é curto e sou incapaz de jogar MP. 7,5/10

#16) Injustice - Gods Among Us - 06/06/2018

Jogo de luta com bloqueio pra trás sem botão específico pra mim não dá. Achei o final muito do modo história muito sem graça, pensei que seria uma trama mais complexa pelos elogios que tinha lido. 6/10

#17) Unravel - 18/06/2018

Bonitinho e simples. 6,5/10

#18) The Order 1886 - 29/06/2018

Jogo primoroso nos gráficos, galante na arte e lixo em todo o resto. O jogo consegue não ter um clímax e o que é aquele final,
ele não termina, ele simplesmente para de rodar e sobe os créditos, frustrante demais.
De ponto positivo as armas são legais, até pensei em jogar mais uma vez pra pegar uns teofeus e usá-las de novo, mas quando lembro das intermináveis seções de caminhada (não se engane com quem diz que tem muita cutscene, elas estão em quantidade adequada, o ruim são as partes que você simplesmente anda sem arma empunhada por motivos de porra nenhuma), perco toda a vontade. Daria um ponto a mais de nota se tivessem usado o dublador dos desenhos do Batman para o Galahad, seria foda, mas colocaram uma voz de fracote nele que o deixa um pão com bosta. 5.5/10

#19) Batman Arkham Origins - 25/08/2018
Sei lá, ao contrário dos outros dois anteriores não me senti o Batman em quase nenhum momento. A progressão de habilidades é muito travada. No fim, só queria que o jogo acabasse de uma vez. 6/10.
 
Ultima Edição:
Mensagens
1.800
Curtidas
2.601
Pontos
303
#24
Reservado

Jogo 1: 02/01 - Guacamelee! Super Turbo Championship Edition (Xbox One)
Jogo 2: 05/01 - @Homemate (PC)
Jogo 3: 06/01 - Cuphead (Xbox One)
Jogo 4: 07/01 - Tekken 7 (PS4)
Jogo 5: 07/01 - Psycho-Pass Mandatory Happiness (PS4)
Jogo 6: 08/01 - True Love '95 (PC)
Jogo 7: 13/01 - Batman Telltale (PS4)
Jogo 8: 27/01 - Gran Turismo Sport (PS4)
Jogo 9: 02/02 - Gears of War 4 (Xbox One)
Jogo 10: 10/02 - Shadow of the Colossus (Ps4)
Jogo 11: 11/02 - Street Fighter V Arcade Edition (Ps4)
Jogo 12: 13/02 - Black & White Bushido (Ps4)
Jogo 13: 18/02 - Knack (PS4)
Jogo 14: 19/02 - Rise of the Tomb Raider (PS4)
Jogo 15: 25/02 - Game of Thrones (PS4)
Jogo 16: 25/02 - Fortnite (PS4)
Jogo 17: 03/03 - The Last of Us Remastered (PS4)
Jogo 18: 04/03 - Uncharted: The Lost Legacy (PS4)
Jogo 19: 07/03 - The King of Fighters XIV (PS4)
Jogo 20: 20/03 - Driveclub Bikes (PS4)
Jogo 21: 24/03 - School Days (PC)
Jogo 22: 31/03 - Doki Doki Literature Club (PC)
Jogo 23: 31/03 - Driveclub (PS4)
Jogo 24: 23/04 - Far Cry 5 (PS4)
Jogo 25: 28/04 - The Walking Dead: A New Frontier (Ps4)
Jogo 26: 29/04 - Game Dev Tycoon (PC)
Jogo 27: 05/05 - Rayman Legends (PS4)
Jogo 28: 12/05 - God of War (PS4)
Jogo 29: 12/05 - Hitozuma Hime Club (PC)
Jogo 30: 20/05 - New Star Soccer 3 (PC)
Jogo 31: 20/05 - Brasfoot 2018 (PC)
Jogo 32: 03/06 - Forza Motorsport 7 (Xbox One)
Jogo 33: 10/06 - Fifa 18 (Xbox one)
Jogo 34: 12/06 - Forza Horizon 3 (Xbox One)
Jogo 35: 15/06 - Sonic & All-Stars Racing Transformed (Xbox One)
Jogo 36: 26/06 - Vanquish (Xbox One)
Jogo 37: 21/07 - Bully: Scholarship Edition (Xbox One)
Jogo 38: 28/07 - Dragon Age 2 (PC)
Jogo 39: 30/07 - Undertale (PC)
Jogo 40: 04/08 - Golden Axe (PC)
Jogo 41: 11/08 - Viotoxica (PC)
Jogo 42: 20/08 - Dragon Age Inquisition (Xbox One)
Jogo 43: 31/08 - Forza Horizon 2 (Xbox One)
Jogo 44: 08/09 - Dragon Ball FighterZ (Xbox One)
Jogo 45: 6/10 - Life is Strange 2 ep. 1 (Xbox one)
Jogo 46: 9/10 - Forza Horizon 4 (Xbox One )
Jogo 47: 20/10 - Killer Instinct (Xbox One)
Jogo 48: 20/10 - Forza Motorsport 5 (Xbox One)
Jogo 49: 21/10 - Quantum Break (Xbox One)
Jogo 50: 21/10 - Naruto Ultimate Ninja Storm 3: Full Burst (Xbox One)
Jogo 51: 01/11 - The Witcher 3: Wild Hunt (PS4)
Jogo 52: 03/11 - Detroit Become Human (PS4)
Jogo 53: 11/11 - Marvel's Spider-man (PS4)
Jogo 54: 18/11 - Hidden Agenda
Jogo 55: 23/11 - Ultimate Marvel vs Capcom 3
 
Ultima Edição:
Mensagens
1.888
Curtidas
3.207
Pontos
303
#25
Vamos lá pra mais um ano...
Acho q esse vai ser complicado.
Esse Dragon Ball vai me tomar muito tempo...hehe

Enviado de meu Moto G (4) usando Tapatalk
 

Shyn

Bam-bam-bam
Mensagens
1.088
Curtidas
1.319
Pontos
203
#27
Lista 2018

Jogo #1: Assassin's Creed Origins - 06/01/2018 - Análise Pessoal
Jogo #2: Hellblade: Senua's Sacrifice - 07/01/2018 - Análise Pessoal
Jogo #3: One Piece: Burning Blood - 30/01/2018 - Análise Pessoal
Jogo #4: Uncharted: The Lost Legacy - 03/02/2018 - Análise Pessoal
Jogo #5: Marlow Briggs - 05/02/2018 - Análise Pessoal
Jogo #6: Gravity Rush - 06/02/2018 - Análise Pessoal
Jogo #7: Gravity Rush 2 - 08/02/2018 - Análise Pessoal
Jogo #8: Wolfenstein II: The New Colossus - 09/02/2018 - Análise Pessoal
Jogo #9: Call of Duty: WWII - 10/01/2018 - Análise Pessoal
Jogo #10: A Bird Story - 13/01/2018 - Análise Pessoal
Jogo #11: Far Cry 3 - 17/01/2018 - Análise Pessoal
Jogo #12: Astebreed: Definitive Edition - 17/01/2018 - Análise Pessoal
Jogo #13: Super Bomberman R - 18/01/2018 - Análise Pessoal
Jogo #14: Fairy Bloom Freesia - 26/02/2018 - Análise Pessoal
Jogo #15: Far Cry 4 - 10/03/2018 - Análise Pessoal
Jogo #16: Far Cry 5 - ??/??/2018 - Análise Pessoal
Jogo #17: Gunman Clive - 17/04/2018 - Análise Pessoal
Jogo #18: Gunman Clive 2 - 19/04/2018 - Análise Pessoal
Jogo #19: God of War - 28/04/2018 - Análise Pessoal
Jogo #20: Mario + Rabbids - 13/05/2018 - Análise Pessoal
Jogo #21: Shadow of War - 22/05/2018 - Análise Pessoal
Jogo #22: The Witcher Hearts of Stone e Blood and Wine - 19/06/2018 - Análise Pessoal
Jogo #23: Bloodstained: Curse of the Moon - 24/06/2018 - Análise Pessoal
Jogo #24: Kirby Star Allies - 01/07/2018 - Análise Pessoal
Jogo #25: Xenoblade Chronicles 2 - 15/08/2018 - Análise Pessoal
Jogo #26: Dead Cells - 22/08/2018 - Análise Pessoal
Jogo #27: Shadow of The Tomb Raider - 22/09/2018 - Análise Pessoal
 
Ultima Edição:

gamermaniacow

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
37.082
Curtidas
31.884
Pontos
932
#28
#1 Snipperclips Plus

+ Puzzles únicos, fazendo dele um jogo extremamente criativo e divertido para se jogar com alguém. Ainda é o melhor showcase do potencial do Switch.
- Mesmo com as DLCs, poderia ter mais conteúdo.

10

----------

#2 Playstation VR Worlds

+ É um ótimo showcase do VR que demonstra o potencial com experiências mais lights, e com uma qualidade de produção muito alta.
- Tem alguns problemas de usabilidades nos menus e os mini games poderiam ser mais compridos.

7

----------

#3 Batman Arkham VR

+ Extremamente imersivo e lindo, se sentir o Batman não tem preço. O jogo tem mecânicas muito bem pensadas utilizando o VR e os controles de movimento.
- Infelizmente, é muito curto.

8

----------

#4 Farpoint

+ A imersão desse jogo é outro nível, e isso acontece por conta dos visuais lindos, full locomotion, senso de escala e solidão e uma história bem interesse. O gunplay que é o ponto principal do jogo é extremamente gostoso e funcional.
- A maior falha do jogo é a ausência de um pulo, pois o personagem costuma enrosca nas bordas do mapa.

9

----------


#5 SuperHot VR

+ O melhor jogo VR. Basicamente é o John Wick the Game, te fazendo desviar de balas, atirar, dar socos e assim por diante, da forma mais intuitiva, divertida e brilhante ever.

10

----------


#6 Eagle Flight

+ O mundo é lindo, o gameplay é simples e gostoso. Muito conteúdo disponível e desafios muito divertidos.
- Os desafios de combate não são tão bacanas quanto o restante do jogo e a comunidade online esta morta.

9

----------


#7 Psychonauts in the Rhombus of Ruin

+ Basicamente é um point and click VR, com personagens bem legais, e reintroduz o universo de Psychonauts, nos preparando para a sequencia.

7

----------

#8 GNOG

+ Bonito, minimalista, relaxante. Experiência audiovisual bem bacana.
- Não chega bem a ser um ponto negativo, pois o preço é bem baixo, mas o jogo é curto.

7.5

----------

#9 Statik

+ Puzzles muito inteligente, com interações únicas, fazendo um jogo divertido e desafiador, sem ser frustrante. A resposta esta na sua cara o tempo todo, só resta você observar e interagir.
- A história não faz sentido nenhum.

9

----------

#10 Iconoclasts

+ Gameplay é gostoso, historia interessante e alguns personagens legais.
- O level design do jogo não é interessante, e chega a ser falho em muitos momentos. Alguns personagens são desinteressantes e desnecessariamente importantes. O jogo também se prolonga demais.

6

----------

#11 Wolfenstein II The New Colossus

+ Narrativa e personagens excelentes, gerando momentos hilários. O jogo é completamente maluco no bom sentido, com um universo bastante rico que expande o que foi criado no anterior.
- O main core do jogo é controverso. Ele quer que o jogador rushe os leveis para matar o comandante, mas sua vida é baixa e te obriga a ir em stealth pois spawna inimigos eternamente, e em nenhum momento a harmonia no gameplay é encontrada, infelizmente.

5

----------

#12 The Last Guardian

+ Voltando ao jogo após 1 ano de lançamento para ter uma visão mais clara do que é o jogo e o que é hype. Apesar dele ter defeitos graves se analisados separadamente, o conjunto da obra sobrepassam qualquer coisa. O universo é único, assim como o design girando em torno de uma criatura gigantesca e um menino. Extremamente lindo e tocante, tecnicamente embasbacante e um level design espetacular.
- O jogo sofre demais com performance e a câmera é um desastre. A interferência externa que o jogo teve irritam BASTANTE.

10

----------

#13 Shadow of the Colossus Remake
+ O bom e velho SotC, remodelado. O mundo é incrivelmente belo, o som esta perfeito.
- Alguns bugs que não existiam na versão original e o modelo do Wander é questionável.

9

----------


#14 Momonga Pinball Adventures
+ É um jogo bonitinho visualmente.
- Extremamente curto, mal feitinho, frustrante, gameplay ruim.

2

----------


#15 Moss
+ Lindo, carismático, gostoso de se jogar, divertido, usa o VR de uma maneira única e sutil.
- Apesar de ser mais longo do que muitos jogos VR, ainda é curto, com umas 4 horas de duração. Fiquei pedindo por mais.

9

----------


#16 Katamari Damacy

+ Katamari é Katamari. Puro carisma, extremamente simples e satisfatório. A estruturação linear do primeiro é muito mais interessante que do segundo.
- Poderia ter mais.

10

----------

#17 We Love Katamari

+ O segundo game trás melhorias na navegação do mundo que é super bem vindo, além de umas mecânicas novas.
- A estruturação das fases foi um passo pra trás, sem esclarecimento das coisas, sem saber se esta realmente progredindo.

9

----------

#18 Super Mario 3D Land

+ Rejogando, consigo apreciar ainda mais o level design que chega a perfeição, e também como o jogo consegue ser tão criativo com tão pouco.
- Não me lembrava que o mundo extra continha tantas fases repeteco.

9.5

----------

#19 Into the Breach

+ Game design quase perfeito, sendo basicamente um jogo de estrategia simples como Xadrez, e tão complexo como. Apesar de simplório, o jogo é extremamente imersivo, graças a sua OST e sua ideia de ficção.
- O maior problema do jogo na verdade é uma única abordagem no game design, que é perder Power Grid por dano recebido e não por prédios derrubados, isso pode gerar situações impraticáveis.

9

----------

#20 Florence

+ História bonita, interações bem legais, musica e visuais lindos.
- Extremamente curto.

6

----------

#21 Ghost of a Tale

+ O design do mundo ser completamente interconectado é sensacional. O gameplay é gostoso e a narrativa e seus personagens cativam.
- Alguns momentos é impossível deduzir o que fazer. Alguns bugs visuais e sonoros também ocorrem constantemente.

8

----------

#22 Gorogoa

+ Puzzle extremamente único e criativo, fazendo bugar a mente. Completamente satisfatório e intrigante. Um dos jogos mais únicos que já joguei.
- A versão mobile poderia ter uma usabilidade melhorada, nada que atrapalhe ou não se acostume, mas claramente poderia ser melhor.

9.5

----------

#23 Chuchel

+ Divertido, Super interessante o conceito de tirinhas interativas.
- Extremamente simplório e curto.

6

----------

#24 A Way Out

+ A forma como a história é contada através do coop e do split screen é extremamente único, criando situações e interações muito boas.
O jogo consegue criar um laço muito forte entre os personagens que são excelentes, graças a narrativa, fazendo passar de momentos hilários e emocionais em segundos.
- Alguns momentos o jogo é extremamente linear, chegando a incomodar não conseguir subir numa pedra de 20 cm, por exemplo.

9.5

----------

#25 Dandara

+ O gameplay é único e se movimentar é extremamente prazeroso. OST é muito boa e visuais bem feitos.
A exploração também é bacana, fazendo de Dandara o jogo BR mais interessante e único que já joguei até o momento. Recomendo fortemente quem se interessa por jogos desse estilo jogarem. O resultado ficou muito bom no geral.
- Na reta final, o jogo desgoverna completamente. Inimigos constantes com comportamentos que não seguem o mesmo padrão do jogador, causando muita frustração. E por conta disso, minha nota caí drasticamente (Daria um 9 facilmente, mas faltou playtests da metade pro final).

6

----------

#26 Wipeout 2048 VR

+ Wipeout Collection em VR ficou sensacional, se tornando um dos títulos Must Have para o aparelho. Porém, a versão do Vita é sem dúvida bastante desbalanceada, principalmente quando se compara diretamente com os demais.
- O jogo tem um sistema de progressão bastante duvidoso por ser deveras desbalanceado.

6

----------

#27 Toki Tori 2+

+ Esse jogo estava no meu backlog por anos, e por conta do visual do jogo, fui deixando ele de lado. Não façam isso. Quem gosta de puzzles e metroidvania, esse é obrigatório. Me surpreendeu DEMAIS!
Puzzles excelentes e uma dinâmica de Metroidvania sensacional, onde a progressão envolve o conhecimento, e não necessariamente uma skill que você precisa desbloquear em um ponto do mapa.
Os visuais são simples, mas belos. Os sistemas de jogo conversam entre si, com poucas mecânicas, mas que geram inumares interações. A OST também é bem agradável.
- Alguns puzzles na reta fina se baseiam em fazer a sequencia correta, e acabam irritando.

8.5

----------

#28 Consortium

+ Um Immersive Sim focado mais na narrativa do que nas interações, tradicionais nesse tipo de jogo. Os diálogos são muito bem construídos, criando-se ótimas situações, com personagens que você se importa.
É interessante como o jogo se passa num pequeno espaço e consegue se sustentar com tão pouco.
- A interface e falta de polimento do jogo no geral pode incomodar, mas não atrapalham onde o jogo realmente brilha.

7

----------

#29 Mario Kart 7

Não tenho muito o que dizer aqui. É Mario Kart. Porém, MK8 evoluiu tanto a franquia que voltar para os anteriores chega a dar um choque.

7

----------

#30 God of War

Masterpiece. Um dos melhores da geração, facilmente.

10

----------

#31 Donkey Kong Country Tropical Freeze

Rejogando, fica claro que é o melhor platformer 2D já criado, sem dúvidas nenhuma. Extremamente criativo e lindo, com um level design espetacular e a OST surreal.
Um caso raro onde a cada ano que passa, o jogo vai ficando cada vez melhor.

9.5

----------

#32 Donkey Kong Country Returns

É incrível como esse jogo desperta nostalgia, mesmo sendo um jogo moderno. Assim como o sucessor, ainda continua um jogo belíssimo e criativo. Porém, ele sofre de momentos com colecionáveis de puro timing, irritando um pouco (Coisa que não notei quando joguei pela primeira vez).

8.5

----------

#33 FAR Lone Sails

Belíssimo indie com uma atmosfera sensacional. Bebe da fonte de Limbo e Inside, só que o twist nesse é que o jogador precisa gerenciar um veiculo SteamPunk durante a jornada,criando situações muito interessantes.

8.5

----------

#34 Ape Escape
#35 Ape Escape 2
#36 Ape Escape 3


Vou falar dos 3 de uma vez, pois apesar de serem jogos independentes, vejo como uma única coisa.
Nunca havia jogado e vejo o quanto estava perdendo por conta disso. Se tornou um dos melhores 3D platformers que conheço.
O jogo usa e abusa da inventividade comum dos jogos do gênero e envelheceram extremamente bem, tanto no gameplay quanto visualmente.
Sobre o que achei de cada um deles:
1 - Se destaca pelas fases serem mais abertas que os demais, porém, é um jogo de PS1, apesar de ser perfeitamente jogável hoje em dia, é o que mais sente a idade.
2 - A fluidez do game no gameplay é fantástico.
3 - É o mais criativo, e no pacote geral, é o melhor da franquia.
Ambos sofrem do mesmo mal, na reta final o jogo fica extremamente chato, fugindo do conceito básico de capturar macacos.
Enfim, minha experiência com a serie se resumiria à "Antes tarde do que nunca", e agora eu estou apaixonado pela franquia.
Pra quem gosta de 3D platformers, é um prato cheio, além daquela pitada bizarra de jogos japoneses que deixa tudo ainda melhor.


9

----------

#37 Beyond Two Souls

Talvez seja porque não estava esperando absolutamente nada, e que ganhei de graça na Plus, mas acabei gostando. É um jogo filme mesmo, pra se jogar num final de semana, quem espera algo além disso vai quebrar a cara.
O bichão que controlamos é o ponto forte do jogo, poderia render um jogo apenas explorando essa mecânica. O jogo também poderia explorar mais esse elemento, mas como é um jogo "casul", eu entendo perfeitamente as decisões tomadas.
A história do jogo não faz sentido, e a maneira que é apresentada no jogo é completamente imbecil, além de ter alguns momentos que destroem a conotação do jogo. Mas no geral, foi uma experiência agradável.

6

----------

#38 Yoku's Island Express

Metroidvania + Pinball + Visuais lindos.
O jogo é muito agradável de se jogar e a ideia de ser um metroidvania com pinball funciona MUITO bem, fazendo dele um jogo único e extremamente divertido. Só larguei quando terminei.

8.5

----------

#39 Fe

É um jogo interessante e bastante imersivo. Me surpreendeu bastante.
A identidade visual do jogo é bem forte, criando algo que nunca vi em nenhum lugar até então.
É interessante como as fases são abertas, apesar do jogo ser linear. É um jogo bem relaxante e que não vai muito a fundo em seus conceitos, mas me impressionou com o gameplay, a história e sua atmosfera.

7.5

----------

#40 Splatoon 2 Octo Expansion

Puro level design e desafios extremamente divertidos. Para os poucos que conseguem apreciar o single-player da franquia, é completamente obrigatório. Ele vai mais a fundo nos personagens do segundo game e apresenta novas coisas pro universo da franquia. Gostei bastante.
Ainda peca no ponto mais crucial envolvendo o single-player: Falta de capricho no world building do game. O level design é sensacional, e a campanha bem interessante, não devendo em nada para um jogo da Nintendo, mas acaba sendo ofuscado pela falta de cenários mais bem construídos.
A expansão deve ter umas 5 fases que são realmente construídas com alguma ambientação, e elas são sensacionais. Espero que no 3 eles gastem mais esforços e abandonem os blocos flutuantes de vez.
PS. A DLC é bem comprida, valeu o preço.

8.5

----------

#41 Observer

Ambientação e world building excelentes. O ponto forte aqui é a narrativa, muito bem escrita e interessante. Muito fácil ficar imerso no universo cyberpunk do game.
Porém , o jogo tem momentos extremamente irritantes, que são as Mind trip. O que era pra ser um dos pontos principais, é apenas algo chato, longo e entediante.

7

----------

#42 Mario Tennis Aces

Estava empolgado com o jogo graças a beta e desde o anúncio que teria um single player.
O single player apesar de ter bons momentos, fica muito com a impressão de que foi feito nas coxas.
E o jogo no geral, apesar te ter bastante profundidade no gameplay, a falta de conteúdo fica evidente com poucas horas de jogo.

7

----------

#43 The Adventure Pals

Pra quem gosta de Adventure Time, é uma boa. O jogo tem ótimos personagens, trilha sonora boa e é bem caprichado, passando uma boa vibe.
Porém, apresenta alguns problemas de level design, que atrelado com a natureza do jogo de ser focado no combate, acaba se tornando bem repetitivo conforme vai avançando.

7

----------

#44 Subsurface Circular

É uma nova pegada nos text-based games, muito bem polido e diálogos muito bem escritos.
Ele trás algumas interações muito inteligentes, assim como os próprios diálogos.

9

----------

#45 ECHO

Esse é um dos jogos mais interessantes que já joguei. É uma história que só é possível ser contada através dos games, graças a grande pira do jogo que esta completamente atrelada ao game design.
Sem dar spoiler, mas basicamente, estamos num planeta alienígena onde criaturas aprendem com o jogador suas ações.
Um excelente sci-fi. Amantes do gênero, é um prato cheio. Porém, em termos de jogo, ele sofre em alguns pontos como por exemplo, a grande repetição (Apesar de fazer sentido nesse caso).

8.5

----------

#46 Subnautica

Survivor é em sua grande maioria, jogos que eu simplesmente evito ou odeio. Porém, Subnautica acerta em muitos pontos.
O mundo do jogo submerso é incrível e intrigante, além do jogo dar inumeras opções de jogo para o jogador, fazendo com que eu optasse por um modo mais "friendly", focando mais na exploração e menos em comer a cada 5 segundos pra não morrer de fome.

8

----------

#47 Apex Construct

Um jogo que parecia interessante, e muitos comentários dizendo que era um dos jogos mais bem polidos no VR... E que grande decepção.
O jogo é falho e frustrante em todos os aspectos possíveis. Ainda estou me perguntando porque eu me dei o trabalho de terminar isso....

3.5

----------

#48 The Invisible Hours

Esse é um jogo muito interessante, pois não é bem um jogo, assim como também não é um filme. Enquanto jogava, a única sensação que eu tinha era de que estava experienciando algo completamente novo.
Acredito que a abordagem do jogo é uma experiência somente possível no VR, espero que outros jogos VR sigam essa linha, pois é muito promissor.

9

----------

#49 Rangi

Um puzzle bem simples pra VR. Os desafios são lights e funcionou para o que eu esperava, um jogo curto pra se jogar numa sentada.

7

----------

#50 Sprint Vector

Esse se tornou um dos meus favoritos do VR, e um dos melhores do ano até então. É basicamente um Jet Set Radio + Mario Kart em VR. Mas o grande diferencial é o esquema de movimento, que é SENSACIONAL.
Me fez ficar todo dolorido por dias de tanto que fiquei me movendo... :klolE o jogo é extremamente divertido. Must Have para donos de VR.

9

----------

#51 Pool Panic

Bilhar onde controlamos a bola nas mais bizarras fases. Um conceito simples, mas que funciona muito bem. Um jogo muito bacana e criativo, sendo bem divertido de joga-lo.
O jogo sofre com alguns bugs que podem gerar frustração em momentos inesperados, mas acredito que sera resolvido com o passar do tempo.

7.5

----------

#52 Finding Paradise

Dos criadores do To the Moon, a segunda parte de uma trilogia.
Se jogou o anterior, sabe o que esperar. Feels :ksnif

9.5

----------

#53 Death's Gambit

Um clone de Dark Souls em 2D, que consegue ter seu próprio charme. Trilha sonora fantástica.

7

----------


#54 I am Bread

Um desses jogos 4 the lulz criado para youtubers. Poderia ser um jogo que vai muito além de sua rotulação se tivesse um gameplay mais refinado e uma apresentação mais polida..

5.5

----------

#55 Donut County

Conceito e humor excelentes, uma experiência fantástica, uma pena que o jogo dura muito pouco.

8.5

----------

#56 The Messenger

Definitivamente a surpresa do ano até então. Comecei esperando apenas um clone de Ninja Gaiden, e me surpreendi DEMAIS com a qualidade do jogo.

9

----------

#57 Spider-Man

Tecnicamente um absurdo, e acertaram demais na fluidez do gameplay, porém deixa muito a desejar no conteúdo extra.

8

----------

#58 Gears of War 4

GoW parou no tempo, mas acho que cumpre seu papel de ser um shooter pra desligar o cérebro e descarregar o dedo.

6.5

----------

#59 Minit

Conceito muito interessante. Você morre a cada 1 minuto, enquanto tenta avançar explorando o mundo. Um ótimo jogo pra quem gosta de mistérios e exploração.

8

----------

#60 Shadow of the Tomb Raider

Uma das surpresas do ano. Acho os 2 anteriores jogos medios por focarem demais na ação. Esse tem um foco muito maior na exploração, puzzles e nas tumbas. O Tomb Raider definitivo, sem sombras de duvidas.

9

----------

#61 Q.U.B.E. 2

Pra quem gosta de um ótimo puzzle atmosférico alá Portal, esse é um prato cheio. Mecânicas sólidas, Lore interessante, visuais bonitos e puzzles inteligentes.

9

----------

#62 AstroBot Rescue Mission

O melhor jogo VR até o momento, e meu GOTY 2018. Um 3D platformer que eleva a inventividade do genêro explorando as interações da realidade virtual. Extremamente divertido, totalmente carismático, completamente apaixonante, e com uma duração fantástica... A melhor palavra que o descreve é: Mágico. Me senti uma criança boba dos anos 90 jogando essa masterpiece.

10

----------

#62 Red Dead Redemption II

Trabalho incrível da Rockstar, criando um jogo extremamente imersivo e com personagens fascinantes. Tem alguns problemas graves de usabilidade, mas o saldo no geral acaba sendo positivo.

9

----------
 
Ultima Edição:
Mensagens
418
Curtidas
1.137
Pontos
168
#31
Fica muito inacessível assim (52).

Nem quando eu era criança e não fazia nada conseguia terminar 52 por ano. Acho que se fosse 10 - 15 era muito kkk.

52 é uma meta exclusiva para quem não trabalha. Deviam criar uma "versão trabalhador" do desafio, cúmpanheru.



Que tal 9 jogos por ano?
 

konde10

Bam-bam-bam
Mensagens
11.145
Curtidas
8.850
Pontos
489
#32
Vou continuar a minha tradição de não participar desse esquema aí kkk.... Nunca que completarei 52 jogos por ano.

Mas fiz uma conta meio por cima e terminei cerca de 28 jogos em 2017.
 

konde10

Bam-bam-bam
Mensagens
11.145
Curtidas
8.850
Pontos
489
#33
Fica muito inacessível assim (52).

Nem quando eu era criança e não fazia nada conseguia terminar 52 por ano. Acho que se fosse 10 - 15 era muito kkk.

52 é uma meta exclusiva para quem não trabalha. Deviam criar uma "versão trabalhador" do desafio, cúmpanheru.



Que tal 9 jogos por ano?
Jogar esses 52 jogos por ano é totalmente possível, mesmo trabalhando, mas não dá para jogar muitos RPGs e jogos open world, tem que escolher os jogos a dedo.
 
Mensagens
418
Curtidas
1.137
Pontos
168
#34
Jogar esses 52 jogos por ano é totalmente possível, mesmo trabalhando, mas não dá para jogar muitos RPGs e jogos open world, tem que escolher os jogos a dedo.
Só se forem jogos bem pequenos; retrô, mobile, indies etc. Mas jogar com pressa para cumprir uma meta não tem graça, convenhamos, hehe.
 


Topo