O que há de Novo?
  • Anunciando os planos GOLD no Fórum Outer Space
    Visitante, agora você pode ajudar o Fórum Outer Space e receber alguns recursos exclusivos, incluindo navegação sem anúncios e dois temas exclusivos. Veja os detalhes aqui.

Digam-me uma coisa, por obséquio!

BESS4

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
15.852
Reações
72.444
Pontos
619
Por que razão, motivo ou consequência, nos dias de hoje, temos que pedir licença, pisar em ovos e ter precisão cirúrgica ao exprimir alguma opinião, por correr o risco de "ofender" a outrem, ou sermos mal interpretados? Pq vivemos em tempos de um coitadismo e melindre sem fim?
Seria a Internet, a culpada? A globalization? A "multiplicidade cultural e social" mais "exposta"? A geração z? Culpa do leite e da peira? Os betas ou os alphas?...
Estou, aqui, elocubrando a respeito e gostaria de pedir a ajuda e opinião de vcs, nobres compadres de fórum, a respeito!
Ah... E ocês acham isso positivo (avanço), ou negativo (retrocesso), em nossa sociedade?
 
Ultima Edição:


Velho Buk

Habitué da casa
Mensagens
562
Reações
415
Pontos
98
Esta questão tem muito me intrigado. Pena que também não sei a resposta, talvez seja o conceito distorcido do politicamente correto que está em voga.
 

antonioli

O Exterminador de confusões
Membro STAFF
VIP
GOLD
Mensagens
95.938
Reações
154.840
Pontos
949
É isso mesmo. Há grupos que podem ser legítimos ou não e possuem influência nas opiniões alheias que potencializa mais ainda o que defende. Se você exprime uma opinião diferente, não importando se é coerente ou não, se é certa ou errada, bonita ou feia, será massacrado porque é visto como inimigo.

O maior problema é que muitas pessoas não conseguem refletir sobre determinados temas de forma honesta e temos o que temos. O sujeito absorve aquilo e tem que defender a qualquer custo e por isso é tão fácil ver contradições e vergonhas alheias. E outro ponto é que as pessoas gostam de se mostrar importantes, "ganhar curtidas" e etc., tudo que foi bem potencializado com essa comunicação em larga escala. Aí temos gente monitorando a vida alheia, culpando isso e aquilo............

Para mim é um retrocesso.
 

G².

Bam-bam-bam
Mensagens
9.908
Reações
24.443
Pontos
353
A resposta é simples, meus caros confederados, a molecada de hoje em dia é do tipo que não consegue viver por si sós e correm chorando pra saia da mamãe.
 

ROLGENIO

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
17.346
Reações
53.419
Pontos
563
Vou te responder da forma mais politicamente correta que conheço:

Pode ser que sim, mas também pode ser que não.
 

chessgx

Bam-bam-bam
Mensagens
2.652
Reações
2.939
Pontos
319
Pq passamos muito tempo falando oq queríamos, e as pessoas ofendidas eram só diminuídas ou ignoradas. Agora elas ganharam voz e podem se defender e reclamar sobre discursos de ódio e pre-conceitos travestidos de opiniões.
 
Ultima Edição:

Zaporozhets

Bam-bam-bam
Mensagens
5.599
Reações
9.449
Pontos
353
Porque falta vergonha na cara. A turminha quer fazer m**** sem ser responsabilizada ou ter que arcar com as consequências dos próprios atos. Quer quebrar tudo e falar que "a culpa é da sociedade" na hora de pagar a conta. Quer sair do bar sem pagar e culpar o "machismo" quando o golpe não funciona. Quer disparar rojão em cinegrafista e alegar ser "por uma causa maior". Um dia a sociedade quebra, só que eles não arcarão com o prejuízo, pois alegarão, como sempre, que "a culpa não é nossa".
 

BESS4

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
15.852
Reações
72.444
Pontos
619
Lembrando que me refiro a opiniões com o mínimo de embasamento onde o respeito mútuo é preservado. Mas, por algum motivo (razão de ter feito o tópico) encontram "pelo em casca de ovo" e desencadeiam-se discussões vazias e odiosas.
Das opiniões expostas, até agora, tendo a concordar mais com os pontos que o @antonioli expôs. Polarização e não aceitação e, até, desrespeito à alguma opinião contrária.
Mas, o porquê disso? Falta de educação/cultura, machismo, feminismo, egoísmo...?
 


antonioli

O Exterminador de confusões
Membro STAFF
VIP
GOLD
Mensagens
95.938
Reações
154.840
Pontos
949
Lembrando que me refiro a opiniões com o mínimo de embasamento onde o respeito mútuo é preservado. Mas, por algum motivo (razão de ter feito o tópico) encontram "pelo em casca de ovo" e desencadeiam-se discussões vazias e odiosas.
Das opiniões expostas, até agora, tendo a concordar mais com os pontos que o @antonioli expôs. Polarização e não aceitação e, até, desrespeito à alguma opinião contrária.
Mas, o porquê disso? Falta de educação/cultura, machismo, feminismo, egoísmo...?
Bom, não acredito que dependa de nível educacional, mais ou menos cultura ou outra coisa. É meio que da natureza humana mas cada um manifesta dentro de uma determinada área. Pense no próprio fórum: temos istas de videogames. É algo totalmente banal o qual ninguém nem ganha nada com isso. Contudo, vemos que a pessoa absorve a opção dela como melhor, mais racional, mais óbvia, mais esperta, mais econômica, mais isso e mais aquilo e já está munida de argumentos (que não necessariamente precisa ser válida) a fim de mostrar que sua opção é melhor do que a do outro. Se for sobre futebol será a mesma coisa, sobre política a mesma coisa, sobre religião a mesma coisa, sobre algo idiota ou algo completo sempre será o mesmo. Se a pessoa não tiver um pingo de bom senso e ser reflexiva para tentar pensar no certo e no errado não tem jeito, ela terá esse perfil característico. Enquanto é algo com pouco valor, não dá nada, mas se estivermos falando de coisas sérias que possam trazer consequências maiores, aí fudeu tudo mesmo e a história mostra o que acontece nesses casos.
 

proximus-one

Bam-bam-bam
Mensagens
3.674
Reações
12.335
Pontos
299
Por culpa dos SJW, das feminazis, dos oprimidos, dos gordos, dos otakus, dos drogaditos e outros mimizentos.

Será que esqueci algum ''grupo oprimido'' ?
 

soap

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
10.312
Reações
18.035
Pontos
544
isso tá em todo lugar, até aqui em casa, quem tem essa mania de ter educação e respeito em tudo é minha mulher, certa vez tava no quarto com ela de boua, mei intrigado com esse jeito dela, então resolvi pedir:- por favor minha senhora, se não for incômodo poderia me passar sua bouceta?
 

Porco Seboso

Bam-bam-bam
Mensagens
8.020
Reações
11.062
Pontos
353
SJWs e coitadismo. Medo de ouvir umas verdades também.

Eu acho um retrocesso, mas consigo conviver com isso na boa, pois eu sei parar e ficar quieto quando alguém pede uma opinião polêmica que pode dar m**** depois (brigas na vida real, processo, prisão, banimento nos fóruns, etc.)
 

Niko

V Has Come To
VIP
Mensagens
6.714
Reações
6.323
Pontos
354
Porque nos dias de hoje o politicamente correto impera junto com o mimimi. É choro pra tudo quando é lado.
E, sim, talvez a culpa seja da internet, afinal é através dela, que a comunicação em massa acontece, muita gente pode exprimir suas opiniões, e muita gente pode discordar já julgando errado.

Não, eu não acho isso um avanço, mas um retrocesso. Nos dias modernos de hoje liberdade de expressão é algo que deveria ser corriqueiro.
 

Grose

Bam-bam-bam
Mensagens
8.053
Reações
12.450
Pontos
459
Antigamente para ser uma boa pessoa bastava ser branco, católico e heterossexual, os tempos mudaram e houveram guerras e outras diversas formas de repressão, qualquer outra pessoa não era tida como igual, ainda assim a grande massa se julgava justa e benfeitora.

Os tempo passaram e hoje negros, gays, nerds, deficientes, imigrantes, ciganos, judeus e católicos ocupam o mesmo espaço, aqueles que se consideravam bons continuam tentando, mesmo que para isso dediquem suas vidas a falsidade, tudo para manter o status quo, o que não é de todo errado, se não conseguem conviver com as diferenças que deixem viver.

O problema hoje é que as minorias pretendem justificar suas existências buscando no passado os motivos para isso, como tememos conflitos suavizamos nossas maneiras e isso afeta todo o inconsciente coletivo.

Também acho isso péssimo, e pior quando as pessoas não percebem a entonação e acreditam que estamos dizendo o contrário daquilo que estamos falando, na verdade de uma forma que as ofende, por ferir o senso comum, afinal todos somos especiais e possuímos os mesmos direitos.

Agora, também tem aqueles que a única opinião que sabem exprimir é a do tipo -Porque isso é uma bosta, coisa de filha da put* chupador de pica e todo mundo deve se foder. - E o pior que estes tipos parecem acreditar que estão fazendo uma análise detalhada, estão contribuindo com a comunidade com opiniões desse tipo. Não que palavrões sejam um problema, dá para colocar eles em praticamente todas as frases sem ofender, só é preciso pensar um pouco,
 

CoyoteBoicote

Bam-bam-bam
Mensagens
5.922
Reações
9.501
Pontos
354
Simples, eu só dou minha opinião se for solicitada, se o assunto for do meu conhecimento e se as pessoas envolvidas tiverem um mínimo de sensatez e pé no chão isso se for no mundo real. Agora, se for aqui no mundo da OS onde tem muitos usuários que se incomodam extremamente com a opinião contrária ou simplesmente gostam de provocações, neste caso, ou vc escreve sem se incomodar com os ataques ou parte pro ataque tb recebe ban...
 

Gabjplima

Bam-bam-bam
Mensagens
11.214
Reações
9.415
Pontos
454
Eu acho que o maior problema está em impor o seu ponto de vista aos outros, considerando somente as suas opiniões válidas. Tipo uma pessoa argumenta X e a outra argumenta Y sobre o Aborto. A pessoa que teve o argumento Y além de não concordar com que a pessoa com argumento X disse, quer provar que ela está certa e a outra estar errada justamente por sustentar a opinião X, partir para o ataque e querer desmoralizar ou invalidar os argumentos X que a pessoa com uma visão que contraria a dela.

É o que mais acontece nesse fórum que reflete a sociedade contemporânea. Muitos consideram ganhar uma discussão, mais importante do que a discussão propriamente dita.
 
Ultima Edição:

Kill Moves

Bam-bam-bam
Mensagens
6.325
Reações
3.168
Pontos
429
Cara, eu vejo MUITO mais esse seu tipo de reclamação do que a suposta censura que você esta reclamando, vai ver sao os ambientes que frequento...

Acontece que, com a internet, as pessoas tem acesso mais amplo a opinião dos outros e isso acaba gerando estranheza mesmo, independente do grupo social que elas estão inseridas. E tem os dois lados da moeda né, ao mesmo tempo que tem nego que chora por qualquer besteira, tem gente falando escrotice sem querer ser contrariado.
 

.Morello

Bam-bam-bam
Mensagens
5.123
Reações
5.457
Pontos
364
Pq passamos muito tempo falando oq queríamos, e as pessoas ofendidas eram só diminuídas ou ignoradas. Agora elas ganharam voz e podem se defender e reclamar sobre discursos de ódio e pre-conceitos travestidos e opiniões.
Reforçando.
Respondendo o tópico, acho que mudamos pra melhor.
 

tortinhas10

É Nintendo ou nada!
Mensagens
92.148
Reações
200.073
Pontos
979
Olha, sem querer ofender a você ou alguém, eu concordo contigo. E considero tudo um retrocesso porque as ideais são vomitadas, não há debate. Só um lado se acha certo.
 

Lugano

Veterano
Mensagens
933
Reações
731
Pontos
139
Acho que avançamos, porém não estamos perfeitos, obviamente...

Creio que o passado seja mto romantizado e idealizado, não passa de uma estratégia do nosso cérebro pra não remoer o sofrimento. Enfim, "o bom era antigamente qdo podia se falar o que quisesse sem mimimi! A família se acabou, ser hétero agora é crime!" No meu humilde ponto de vista, tem uma GRANDE falha lógica. Se realmente é como é, se podia falar A e não B, e agora pode SOMENTE B e não mais A, devíamos lutar pra se poder falar A e B, ou pelo menos a intersecção e coexistência de idéias de ambos os conjuntos. Exemplo: A prega a não violência, honestidade e é heterossexual, B prega a não violência e honestidade e é homossexual. Pq não podemos tds pregar td e deixar cada um com suas pregas e apenas julgar o caráter e não o resto? Claro que alguns grupos de minorias podem exagerar, é um efeito de algumas pessoas que se excedem no apossamento, penso que seja uma tensão de pico inicial, mas que tenderá a se estabilizar logo mais...

Enviado de meu XT1069 usando Tapatalk
 

charles_monkey

Bam-bam-bam
Mensagens
3.069
Reações
4.514
Pontos
293
é muito facil descobrir o culpado: a internet
viaje para vilarejos desconhecidos, no meio do nada. Voce vai ver q as pessoas nao implicam ou nao alteraram seus habitos em relação ao que esta acontecendo com o mundo.

No final do ano passado fiz uma viajem para o PI, passado pelo MA e depois CE.
No Maranhao, nos perdemos em varias "aldeias" ou vilarejos pequenos e enquanto a gente conversava com o povo de lá, vc notava a total falta de frescura com esses assuntos. Perguntei pra um cara: la em barreirinhas tem muita muié gostosa?
ele me respondeu: ihh, lá nao, só tem macaca

Ai começamos a rir e tal. O povo nao tem essa nocao exagerada de racismo, feminismos, mimimismo e etc...
Lá é na lata, como deveria ser.

Aqui em SP, vc imagina alguem falando assim?
Lá naquela vila dificilmente tem internet, pq nem celular pegava direito.
Eu acho que a internet contribui e muito nisso. Agora todos podem falar, e os mais fracos de opiniao tendem a ir na ideia dos outros.
 

Poperon

Bam-bam-bam
Mensagens
6.034
Reações
3.132
Pontos
434
O problema é que hoje em dia existem muitas pessoas vestindo a carapuça que não lhes é dada :suxx

É tipo aqueles cumprimentos que um amigo chama o outro de "eae viado", "fala seu gay" etc. Se você falar algo como isso hoje em dia no meio da rua, é capaz de alguém que estiver ao seu lado se doer (supondo a situação, seja a pessoa lésbica, viado, gordo, magro ou azul, etc) se intrometer na sua conversa, a qual ninguém chamou pelo nome do intruso, te chamando de racista, homofóbico, etc. As pessoas hoje em dia se acham no direito de invadir a vida das outras pessoas, ao invés de cuidar da própria vida. Esse é o problema do século XXI, o fácil acesso a vida das pessoas.

Pior que essas pessoas que se ofendem com uma situação como a que eu descrevi acima, são as pessoas que mais tarde se encontram com conhecidos e falam: "nossa, lacrou bicha", ou "arrasou viada", "que isso vadia" etc entre si. Go figure :klolz
 
Ultima Edição:

JeanJacquesRosseau

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
18.989
Reações
21.575
Pontos
664
Escola de Frankfurt
Bestialização da religão
Bestialização dos valores alfas
Marxismo cultural
Geração Z
Falta de hormonios testosterona causado pelos produtos industrializados e a base de soja
Valorização do errado, do beta e do fracasso
Culto ao coitadismo
Falta de idolos alfa
Youtubers que enchem a internet de m**** e influenciam negativamente a molecada

E eu poderia passar o dia inteiro falando...
 

Bat Esponja

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
27.406
Reações
53.546
Pontos
629
Muita gente chegou tarde na Internet e não entendeu como ela funciona, a mídia aí inclusa

Antigamente o cara postava umas barbaridades no orkut e na pior ele ia parar na página das pérolas

Hoje o cara posta barbaridade, mas todo mundo sabe que ele é professor de tal faculdade, o post ganha o mundo e vira manchete do g1 e ele é demitido e tem que se mudar

Na outra semana ja ta todo mundo caindo em cima do próximo
 

Tulius18

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
13.653
Reações
27.285
Pontos
609
Porque hoje em dia, todo mundo está de olho no rabo de todo mundo.

Antigamente cada cachorra que lambia sua caceta.
 
Ultima Edição:

Diógenes Laércio

Bam-bam-bam
Mensagens
5.585
Reações
9.043
Pontos
353
Esse fenômeno também me intriga.
Tenho algumas teorias a respeito dele.
Mas tenho também medo de divulgar todas abertamente.
KKKKKKK
Eu acho que é em parte uma vulgarização de determinadas coisas.
O politicamente correto tem um lado legal.
Tem coisa que é foda mesmo. Deve haver uma conscientização das pessoas.
Mas é mais que óbvio que existe hoje em dia um exagero.
A coisa funciona mais ou menos assim. Segundo creio.
Esse lance surgiu como uma coisa legal partido de mentes as mais elevadas.
Depois foi caindo na mão de mentes menos elevadas por um processo de vulgarização.
Aí a coisa descamba.
Isso acontece com a religião, com política, com artes, ciências e tudo o mais.
Há poucos dias atrás ouvi um relato de um sujeito que disse que por acaso resolveu dizer em seu trabalho que acha que mulheres loiras são para ele o supra sumo da beleza.
Aí ele disse que caíram matando em cima dele.
Pô! As pessoas não podem ter mais opinião? Ele acha mulheres loiras mais bonitas. E daí!? Ele não está dizendo que as não loiras são inferiores, não está impondo ou exortando discriminação a ninguém, não disse nada mal educado, não direcionou ofensa a ninguém.
É a fantasia dele, o desejo dele.
As pessoas querem agora controlar as fantasias e desejos dos outros mesmo que elas claramente não tenham nenhum conteúdo ofensivo a ninguém?
Ah vá...
Eu acho mais bonito quem eu quiser achar e faça o favor de não vir encher o meu saco.
(Não fui eu a pessoa em questão. Garanto mesmo tendo escrito a frase acima.)
 

Maldito Canalha

Bam-bam-bam
Mensagens
5.164
Reações
16.246
Pontos
353
A praia continua do mesmo tamanho que há décadas atrás, e o Sol é o mesmo. Mas tem tanta, mas tanta gente se espremendo, que uma sombrinha que seu guarda-sol fizer na bunda da mulher ao lado, vai dar em treta. Melhor é desistir da praia, e tentar pegar o sol que eventualmente bata na sua sala.
 

Goris

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
19.329
Reações
67.002
Pontos
553
Esse fenômeno também me intriga.
Tenho algumas teorias a respeito dele.
Mas tenho também medo de divulgar todas abertamente.
KKKKKKK
Eu acho que é em parte uma vulgarização de determinadas coisas.
O politicamente correto tem um lado legal.
Tem coisa que é foda mesmo. Deve haver uma conscientização das pessoas.
Mas é mais que óbvio que existe hoje em dia um exagero.
A coisa funciona mais ou menos assim. Segundo creio.
Esse lance surgiu como uma coisa legal partido de mentes as mais elevadas.
Depois foi caindo na mão de mentes menos elevadas por um processo de vulgarização.
Aí a coisa descamba.
Isso acontece com a religião, com política, com artes, ciências e tudo o mais.
Há poucos dias atrás ouvi um relato de um sujeito que disse que por acaso resolveu dizer em seu trabalho que acha que mulheres loiras são para ele o supra sumo da beleza.
Aí ele disse que caíram matando em cima dele.
Pô! As pessoas não podem ter mais opinião? Ele acha mulheres loiras mais bonitas. E daí!? Ele não está dizendo que as não loiras são inferiores, não está impondo ou exortando discriminação a ninguém, não disse nada mal educado, não direcionou ofensa a ninguém.
É a fantasia dele, o desejo dele.
As pessoas querem agora controlar as fantasias e desejos dos outros mesmo que elas claramente não tenham nenhum conteúdo ofensivo a ninguém?
Ah vá...
Eu acho mais bonito quem eu quiser achar e faça o favor de não vir encher o meu saco.
(Não fui eu a pessoa em questão. Garanto mesmo tendo escrito a frase acima.)
Cara.
Pior que concordo contigo. Aliás, gostei da sua visão.

O feminismo não surgiu de pessoas que não queriam que um homem nem olhasse na cara dela ou que achava que todo homem era um estuprador se tivesse a oportunidade. Não. Elas lutaram para poderem estudar igual homens, para poderem trabalhar igual homens, para poderes votar igual homens. Elas queriam os mesmos direitos. Sua luta não era contra os homens, mas contra a injustiça que as mulheres sofriam.

Mas aí, essas pioneiras foram envelhecendo e sendo substituídas (geração a geração) por mulheres que encontravam um mundo menos injusto e com menos coisas pelas quais lutar. Até que chegou essa geração em que se uma mulher acusa um homem de tratá-la mal, elas saem aos milhares para atacar esse homem sem nem mesmo ouvir a versão dele.

Do mesmo modo, socialistas não eram, a príncípio, monstros que achavam justo matar criancinhas em nome de seu ideal. Os primeiros socialistas (antes de Marx, esse sim, criador de comedores de criancinhas hua hua hau) buscavam um mundo justo, diferente daquele em que crianças de 10 anos trabalhavam em minas em condições insalubres piores até que as dos adultos, diferente daquele em que os pais e mães trabalhavam 14 horas por dia em fábricas sujas, poluídas e sem a menor segurança. Eles buscavam um mundo justo.

Aí, chegaram os marxistas com seu ideal que tem que haver luta de classes e que a classe burguesa maligna tinha que ser extirpada para poder haver igualdade. Ideal que matou milhões na Rússia, União Soviética, China, Coréia, Vietnam, Comboja e cia. Aí, hoje, num mundo ainda injusto mas - honestamente - bem menos injusto que o de 1880, vemos as pessoas defendendo os mesmos ideais que mataram milhões.

Do mesmo modo, o Politicamente Correto surgiu com uma boa proposta. Ao invés de chamar um negro de macaco, por que não chamá-lo mesmo de negro ou até de pessoa? Alguém morreria por não poder chamar um negro de macaco? Piadas com estupro.. Alguem realmente morreria se deixasse de fazê-las? Não. Por outro lado conheco mais de uma vítima de estupro e a simples menção da palavra ainda as traz de volta a dor que sentiram. Imaginem alguém fazendo graça com isso?

Ou seja, o Politicamente Correto veio como uma coisa boa.

Mas aí, chegaram os mesmos "novatos cheios de certezas e pouca vontade de aprender" e transformaram tudo noutra ditadura.
 

Rafa - Él

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
17.669
Reações
53.042
Pontos
604
Cara.
Pior que concordo contigo. Aliás, gostei da sua visão.

O feminismo não surgiu de pessoas que não queriam que um homem nem olhasse na cara dela ou que achava que todo homem era um estuprador se tivesse a oportunidade. Não. Elas lutaram para poderem estudar igual homens, para poderem trabalhar igual homens, para poderes votar igual homens. Elas queriam os mesmos direitos. Sua luta não era contra os homens, mas contra a injustiça que as mulheres sofriam.

Mas aí, essas pioneiras foram envelhecendo e sendo substituídas (geração a geração) por mulheres que encontravam um mundo menos injusto e com menos coisas pelas quais lutar. Até que chegou essa geração em que se uma mulher acusa um homem de tratá-la mal, elas saem aos milhares para atacar esse homem sem nem mesmo ouvir a versão dele.

Do mesmo modo, socialistas não eram, a príncípio, monstros que achavam justo matar criancinhas em nome de seu ideal. Os primeiros socialistas (antes de Marx, esse sim, criador de comedores de criancinhas hua hua hau) buscavam um mundo justo, diferente daquele em que crianças de 10 anos trabalhavam em minas em condições insalubres piores até que as dos adultos, diferente daquele em que os pais e mães trabalhavam 14 horas por dia em fábricas sujas, poluídas e sem a menor segurança. Eles buscavam um mundo justo.

Aí, chegaram os marxistas com seu ideal que tem que haver luta de classes e que a classe burguesa maligna tinha que ser extirpada para poder haver igualdade. Ideal que matou milhões na Rússia, União Soviética, China, Coréia, Vietnam, Comboja e cia. Aí, hoje, num mundo ainda injusto mas - honestamente - bem menos injusto que o de 1880, vemos as pessoas defendendo os mesmos ideais que mataram milhões.

Do mesmo modo, o Politicamente Correto surgiu com uma boa proposta. Ao invés de chamar um negro de macaco, por que não chamá-lo mesmo de negro ou até de pessoa? Alguém morreria por não poder chamar um negro de macaco? Piadas com estupro.. Alguem realmente morreria se deixasse de fazê-las? Não. Por outro lado conheco mais de uma vítima de estupro e a simples menção da palavra ainda as traz de volta a dor que sentiram. Imaginem alguém fazendo graça com isso?

Ou seja, o Politicamente Correto veio como uma coisa boa.

Mas aí, chegaram os mesmos "novatos cheios de certezas e pouca vontade de aprender" e transformaram tudo noutra ditadura.
:kkong:kkong:kkong:kkong:kkong:kkong:kkong
Eu estava preparando mentalmente um post todo serelepe pra responder o op, mas depois dessa sua manjericada, me recolho à minha insignificância










PS: Mas faço um comentário mesmo assim hueahuehuaheua

O problema de hoje é justamente essa galera sjw's que acusa tudo e todos que não seguem a cartilha deles de preconceituosos, racistas e de estarem fazendo discurso de ódio. Vide esse post:
Pq passamos muito tempo falando oq queríamos, e as pessoas ofendidas eram só diminuídas ou ignoradas. Agora elas ganharam voz e podem se defender e reclamar sobre discursos de ódio e pre-conceitos travestidos de opiniões.
Parece que essa galerinha realmente acredita que todo mundo que questiona esse 'politicamente correto' de hoje sejam um bando de racistas, preconceituosos e etc disfarçados. Não aceitam que quando uma pessoa questiona esse exagero que existe hoje isso não significa que ela não tenha empatia com as pessoas que sofrem preconceito(negros, mulheres etc), e o que esses questionam é justamente esse exagero e essa indignação coletiva que existe por questões que surgem - geralmente(quase sempre) na internet como de alguma mulher que relatou nas redes sociais que foi vítima de um suposto ato de opressão... - e que na verdade esse frenesi coletivo não adianta de m**** nenhuma a resolver o verdadeiro problema de racismo, violência contra a mulher etc.

E o pior de tudo é o monopólio da virtude que os esquerdistas e os sjw's praticam hoje, e como que a mídia e a sociedade aceita tudo o que eles decretam. Será que ninguém pode questionar por exemplo, o que realmente deve ser considerado ''discurso de ódio travestido de opinião''? Quem definiu o critério para diferenciar um 'discurso de ódio' de uma mera opinião? Pq hoje a esquerda parece ter a preferência na hora de ditar o que deve e o que não deve ser dito?
A coisa é tão bizarra, e a subserviência da mídia e da sociedade à cartilha esquerda é tanta hoje que se o pessoal que defende essa ideologia começar a dizer que um homem peidar na frente da esposa é um ato de machismo e uma violência e opressão contra a mulher, logo logo nas redes sociais começarão a pipocar relatos de mulheres oprimidas por seus companheiros peidorreiros, lamentando como a sociedade e patriarco-peidal e flato-centrista, gerando aquele já conhecido frenesi e indignação coletiva, depois vai ter uma reportagem no jornal na tv falando sobre essa polêmica e entrevistando sociólogos e ''especialistas'' confirmando a opressão patriarcalista escondida nesse ato. E aí, se alguém resolve questionar isso, imediatamente será tachado de machista, misógino, reacionário, conservador adorador do diabo.
E isso nos leva a outro malefício dessa onda do politicamente correto: a completa execração do debate. Esquerdistas e sjw's (pelo menos a maioria deles...)são mestres em ''encerrar'' uma discussão acusando alguém que os questionou de racistas, homofóbicos ets. Eles sequer se dão ao trabalho de analisar os argumentos de algum opositor ideológico. E muito menos se dão ao trabalho de contra-argumentar civilizadamente sem apelar pras táticas de acusação, e autovitimização ,e mais uma vez, a mídia e a sociedade aceitam isso sem questionar.


E respondendo à pergunta do OP, de que se isso seria benéfico ou maléfico; a resposta é que isso é extremamente maléfico. Por que? Porque essa onda de politicamente correto não só é uma afronta vergonhosa à liberdade de expressão e à democracia, como é inútil pra resolver os VERDADEIROS problemas de racismo, discriminação e preconceito. Milhões de mulheres continuam a sofrer cruel mutilação genital em vários países da África, enquanto outras milhões tem o rosto permanentemente desfigurado com ácido pelos próprios maridos em vários países do oriente médio. Aquele twite ou post no face falando sobre como a sociedade ocidental é machista e racista não mudou em nada a vida dessas milhões de pessoas que sofrem DE VERDADE. Tampouco o fez aquela indignação coletiva nas redes sociais por causa de uma suposta ofensa de um funcionário de um restaurante à uma mulher, ou por causa de uma inocente propaganda de refrigerante na tv com limões tagarelas.

Resumindo, o politicamente correto é uma mordaça inútil travestida de direitos humanos.
 

Goris

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
19.329
Reações
67.002
Pontos
553
:kkong:kkong:kkong:kkong:kkong:kkong:kkong
Eu estava preparando mentalmente um post todo serelepe pra responder o op, mas depois dessa sua manjericada, me recolho à minha insignificância
Logo vc fala isso, Rafa-El?
Obrigado pelo elogio, mas eu só dei a sorte de responder antes.


O problema de hoje é justamente essa galera sjw's que acusa tudo e todos que não seguem a cartilha deles de preconceituosos, racistas e de estarem fazendo discurso de ódio. Vide esse post:


Pq passamos muito tempo falando oq queríamos, e as pessoas ofendidas eram só diminuídas ou ignoradas. Agora elas ganharam voz e podem se defender e reclamar sobre discursos de ódio e pre-conceitos travestidos de opiniões.

Parece que essa galerinha realmente acredita que todo mundo que questiona esse 'politicamente correto' de hoje sejam um bando de racistas, preconceituosos e etc disfarçados. Não aceitam que quando uma pessoa questiona esse exagero que existe hoje isso não significa que ela não tenha empatia com as pessoas que sofrem preconceito(negros, mulheres etc), e o que esses questionam é justamente esse exagero e essa indignação coletiva que existe por questões que surgem - geralmente(quase sempre) na internet como de alguma mulher que relatou nas redes sociais que foi vítima de um suposto ato de opressão... - e que na verdade esse frenesi coletivo não adianta de m**** nenhuma a resolver o verdadeiro problema de racismo, violência contra a mulher etc.

E o pior de tudo é o monopólio da virtude que os esquerdistas e os sjw's praticam hoje, e como que a mídia e a sociedade aceita tudo o que eles decretam. Será que ninguém pode questionar por exemplo, o que realmente deve ser considerado ''discurso de ódio travestido de opinião''? Quem definiu o critério para diferenciar um 'discurso de ódio' de uma mera opinião? Pq hoje a esquerda parece ter a preferência na hora de ditar o que deve e o que não deve ser dito?

A coisa é tão bizarra, e a subserviência da mídia e da sociedade à cartilha esquerda é tanta hoje que se o pessoal que defende essa ideologia começar a dizer que um homem peidar na frente da esposa é um ato de machismo e uma violência e opressão contra a mulher, logo logo nas redes sociais começarão a pipocar relatos de mulheres oprimidas por seus companheiros peidorreiros, lamentando como a sociedade e patriarco-peidal e flato-centrista, gerando aquele já conhecido frenesi e indignação coletiva, depois vai ter uma reportagem no jornal na tv falando sobre essa polêmica e entrevistando sociólogos e ''especialistas'' confirmando a opressão patriarcalista escondida nesse ato. E aí, se alguém resolve questionar isso, imediatamente será tachado de machista, misógino, reacionário, conservador adorador do diabo.

E isso nos leva a outro malefício dessa onda do politicamente correto: a completa execração do debate. Esquerdistas e sjw's (pelo menos a maioria deles...)são mestres em ''encerrar'' uma discussão acusando alguém que os questionou de racistas, homofóbicos ets. Eles sequer se dão ao trabalho de analisar os argumentos de algum opositor ideológico. E muito menos se dão ao trabalho de contra-argumentar civilizadamente sem apelar pras táticas de acusação, e autovitimização ,e mais uma vez, a mídia e a sociedade aceitam isso sem questionar.


E respondendo à pergunta do OP, de que se isso seria benéfico ou maléfico; a resposta é que isso é extremamente maléfico. Por que? Porque essa onda de politicamente correto não só é uma afronta vergonhosa à liberdade de expressão e à democracia, como é inútil pra resolver os VERDADEIROS problemas de racismo, discriminação e preconceito.
Milhões de mulheres continuam a sofrer cruel mutilação genital em vários países da África, enquanto outras milhões tem o rosto permanentemente desfigurado com ácido pelos próprios maridos em vários países do oriente médio.
Aquele twite ou post no face falando sobre como a sociedade ocidental é machista e racista não mudou em nada a vida dessas milhões de pessoas que sofrem DE VERDADE. Tampouco o fez aquela indignação coletiva nas redes sociais por causa de uma suposta ofensa de um funcionário de um restaurante à uma mulher, ou por causa de uma inocente propaganda de refrigerante na tv com limões tagarelas.

Resumindo, o politicamente correto é uma mordaça inútil travestida de direitos humanos.
Entao.
Quando esses militantes de escrivaninha tomaram os rumos desses movimentos, guiados por MAVs muito bem pagos, transformaram tudo que havia de bom e ideal nesse tipo de movimento em combustível para mais ódio.

Se eu noto que de cada 100 japoneses 001% são criminosos e eu descubro que foram 100 mil brasileiros pra lá com 5% de criminosos, como eu posso dizer que os japoneses estão errados ao ter medo de brasileiros?
É horrível para os brasileiros que vivem lá?
É.
Mas infelizmente são brasileiros queimando o filme de brasileiros e não japoneses (que já dizem ser normalmente xenófobos) que estão atacando sem razao os brasileiros apenas por zenofobia.
 

RodrigoANBR

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
10.264
Reações
12.862
Pontos
584
esse tópico é ofensivo pois tenta restringir ou debochar do meu direito de me sentir ofendido.
tipico de uma elite que não esta acostumada a ver minorias se sentido ofendida e expondo isso para a o dialogo.
 
Topo