O que há de Novo?
  • Anunciando os planos GOLD no Fórum Outer Space
    Visitante, agora você pode ajudar o Fórum Outer Space e receber alguns recursos exclusivos, incluindo navegação sem anúncios e dois temas exclusivos. Veja os detalhes aqui.

[DISCUSSAO SERIA]As dinamicas do gamepass/ecosistema livre de hardware, a exclusividade de jogos da bethesda e o resto dos jogos da MS.

Se voce leu tudo, esse conceito de ecosistema e exclusivos faz sentido pra voce?

  • Sim.

  • Nao.

  • Nao tenho certeza.


Results are only viewable after voting.

Marano

Habitué da casa
Mensagens
259
Reações
386
Pontos
63
Me desculpem por ter escrito um livro aqui no O.P, mas como eh uma discussao seria de coisas com muitas nuances, n consegui condensar o texto mais q isso, se o tamanho aqui assusta, n precisa ler nem comentar, mas se realmente houverem alguns aqui interessados em uma discussao seria sobre o assunto, longe dos delirios que se veem por ai na internet de alguns, esse topico pode servir de referencia pra isso agora e no futuro se os moderadores permitirem.

Minha opiniao eh q os jogos da Bethesda vao ser mesmo exclusivos ou multi "on a case by case basis", onde so a MS sabe os criterios de cado caso. Ou seja n seria 100% exclusivo nem sem 100% multi mas alguma coisa no meio por ai, mas n da nem pra dizer q vai ser 50/50, so a MS sabe mesmo junto com os criterios q ela vai usar.

Eu ja venho falando aqui, no reddit e era, q todos esses jogos deveriam ser multi, de minha parte ja fico satisfeito com tudo day 1 no gamepass, mas tbm sei q a MS quer capturar outras audiencias alem de mim q ja estou no gamepass mesmo, por isso esse case by case basis deles ai pra tentar fisgar novos usuarios. Entao quero abrir essa discussao para algo maior q a maneira tradicional de enxergar exclusivos nos console q eh sempre no seu hardware somente (no caso da MS, tradicionalmente somente xbox, com o PC passando a receber jogos como play anyywhere a partir de 2016).

Eu quero pegar o q o @nominedomine postou no segundo paragrafo do topico do Tom Warren do The Verge, q pra mim faz um pouco de sentido pra ilustrar esse topico, mas com ressalvas, link do post: https://forum.outerspace.com.br/index.php?threads/tom-warren-the-verge-sugere-que-jogos-da-bethesda-não-serão-exclusivos-de-xbox-foco-da-microsoft-é-aumentar-o-gamepass.571226/post-18726007

O problema de tudo isso ai eh a sony deixar a MS botar o gamepass la no playstation ne? E o Phil vir com a conversa de querer oferecer "the full xbox experience" no playstation como ele falou ai qd pergutaram pra ele sobre jogos em outro consoles, ai ele diz pra sony q libera todos os jogos da bethesda, inclusive os tradicionais do xbox antigos, mas em troca todo mundo no playstation teriam q ter conta da live em paralelo, o gamepass teria q incluir jogos third party mo playstation tbm, quem assinasse gamepass fora do playstation teria teria direito a acessar os jogos no playstation por ser a mesma conta da live e a sony n ganharia um centavo com isso, e as conquistas no playstation pros jogos da MS seriam gamerscore e n trofeis e o crossplay liberado pra todo mundo.

Entenderam como isso nao funciona pra sony e pq ela n deixaria isso rolar? Eh como se a MS tivesse criando seu proprio ecosistema dentro do playstation sem nem precisar vender hardware de xbox, mesma coisa que a epic ta brigando na corte pra burlar a loja ios da apple e ganhar ainda mais dinheiro, a MS ia amar isso mas a sony odiar pq ela perderia os 30% q ganha como platform holder. Fora q se a MS oferecer halo infinite, forza horizon 5, deathooop, ghostwire tokyo, wolfenstein 3 e starfield por 30 bozos por mes no gamepass no playstation day 1 enquanto q gran turismo, horizon forbidden west, god of war, returnal, ratchet and clank (pegando possilvemente os proximo jogos de cada ai) sera q os jogos da sony sao tao melhores assim pra justificar 350 day one (quase 12 vezes mais)? Quem vai pagar isso ai? Ah mas espera deep sale... n eh esse o ponto pq enquanto o cara espera pra comprar barato os da sony, ele joga os da MS por 30 day one e os outros do gamepass, pq 30 por mes qualquer um tem e se acostuma a pagar barato por jogos grandes day 1 mais os outros e nunca mais vai querer pagar 350 nos da sony nem 50% off em deep sale e so compraria jogos mesmo da sony bem barato mesmo e olhe la.

E se a Sony dizer q assim nao rola (porque realmente convenhamos q eh absurdo do ponto de vista da sony aceitar isso) a MS diz so assim q eu aceito, acabaram as conversas, porque nao tem como negociar em pe de igualdade ou blefar com as cartas tao desiguais, eh o q eles chamam de leverage, o proprio lugar financeiro das 2 empresas mostra isso onde a MS tem historico de torrar dinheiro por anos pra lucrar so bem la na frente (a MS fazia muito isso la atras e faz menos hoje porque teve problema com o governo americano com isso, inclusive eles criaram o termo embrace extend extinguish E.E.E pra significar isso ai, traduzido seria Adoptar, estender e extinguir, tem ate artigo na wikipedia em portugues pra quem estiver mais curioso https://pt.wikipedia.org/wiki/Adoptar,_estender_e_extinguir), ja a sony n pode torrar tanto dinheiro no playstation pra lucrar daqui a 10 anos por ser uma empresa menor q nao tem essa mesma tatica.

Isso n funciona mt bem quando as empresas sao de tamanho parecido, e a MS perdeu feio no Bing pra Google, no mercado de smartphones pra apple (nokia custou caro e fracassou) e no streaming de video pra amazon q tem o twitch (mixer ja ate acabou) entre outros fracassos, especialmente no mercado consumidor comum muitas vezes, pois ainda estao no topo no mercado empresarial e ate mesmo de contratos bilionarios com o governo americano; eh por isso q muita gente nunca entende quando a MS diz q os verdadeiros competidores sao google e amazon e n sony e nintendo, n eh por questao de ter lugar no mercado de games hoje (porque convenhamos amazon e google n tem a minima ideia de como fazer jogos), mas sim por questao de potencial financeiro mesmo e por terem ja infraestrutura de cloud proprias, eh aquilo de olhar como o mercado de jogos estara daqui a 10 anos e enxergar isso ai, onde a vantagem daquele q da os primeiros passos eh grande e tambem o velho "as regras do jogo estao mudando, eu preciso a qualquer custo ser lider desse novo mercado antes q outros possam se estabelecer, entao eu vou torrar dinheiro agora pra ver os frutos daqui a 10 anos", e pra MS esse futuro tem 3 pilares: assinaturas com renda corrente entrando todo mes (gamepass), streaming (xcloud, azure) e ecosistema/plataforma independente do hardware (tudo q eh xbox explorado em todos os lugares possiveis, incluindo playstation e switch) mas isso so funciona se tudo estiver unificado, ou seria como netflix ter todos os filmes e series no PC mas ficar reduzido a apenas a algumas poucas series e filmes nos ecosistemas da apple e google porque eles teriam algo similar competindo, isso n funciona pro consumidor de massa q vc precisa ganhar, pq isso causa confusao e falta daquela continuidade q voce tem um unico sistema, o mesmo valor por um catalogo reduzido (isso so acontece por fatores regionais e nao de dispositivo no streaming, desde que os direitos sejam acordados com streaming em mente, o q nao eh o caso da MS com o xcloud no momento em beta, pq ainda faltam muitos jogos na plataforma, por ainda estar na infancia o xcloud e esse ser um periodo digamos hibrido), fora q seria como a netflix ter q dividir com a google, apple, MS, sony uma fatia do bolo, 30%, pra cada um dependendo do dispositivo, ai q nada funciona mesmo, pq vc ja fragmentou todos os seus usuarios nesse caso, tendo q ter a plataforma separada em cada dispositivo, sem nenhuma conexao, aqui morre a ideia de ecosistema.

Faz sentido pra voces aqui tbm?
 


IuriXtremeSilver

Bam-bam-bam
Mensagens
5.811
Reações
7.909
Pontos
338
Acho que simplesmente 1 ano de exclusividade já funcionaria, o cara joga em 2022 de graça no Gamepass e o dono de playstation paga 70$ no mesmo game em 2023 ou sente incentivado a pegar um Xbox e jogar ali

E não acho que o Gamepass no Playstation precise ter jogos Third Party pode ser um valor menor (pela biblioteca menor) mas só com os titulos first já seria um negócio interessante.
 

Marano

Habitué da casa
Mensagens
259
Reações
386
Pontos
63
Acho que simplesmente 1 ano de exclusividade já funcionaria, o cara joga em 2022 de graça no Gamepass e o dono de playstation paga 70$ no mesmo game em 2023 ou sente incentivado a pegar um Xbox e jogar ali

E não acho que o Gamepass no Playstation precise ter jogos Third Party pode ser um valor menor (pela biblioteca menor) mas só com os titulos first já seria um negócio interessante.
Sim mas como disse no OP, isso mata a questao de ecosistema porque reduz o gamepass a somente jogos da MS, ai teria q ser uma assinatura separada e mais 30% pra sony da assinatura, diminui a margem e nas outras plataformas seria mais streamlined, o q seria ruim de qualquer maneira.

Edit: Pra ilustrar seu exemplo, no xbox custa 30 por mes, no playstation seria 20, desses 20 a sony pega 6 e a MS fica com 14.

Mas ja imaginou o pepino pra sony se o pessoal do playstation puder jogar todos os novos jogos da MS por 20 bozos por mes? Eh claro q seria otimo for the players, mas pessimo pra sony, ate pq a margem pra ela eh bem baixa ainda assim comparado ao q ela vai perder, tanto q demorou anos pra aceitar ea access q eh bem pior e o mesmo valor.

Muito dificil fazer isso ai funcionar.
 
Ultima Edição:

MetroidPirate

Bam-bam-bam
Mensagens
7.047
Reações
8.834
Pontos
353
Sinceramente eu acredito que alguma hora tanto Sony e MS saiam do mercado de consoles e fiquem só nos jogos por streaming. MS será a primeira a cair fora, gamepass mais xcloud vai ser o caminho. Pra Sony eu acredito num PS6 ainda.

A Nintendo deve ficar no modelo de sempre de consoles, achou o pote de ouro com o Switch, o portátil que liga na TV.
 

Marano

Habitué da casa
Mensagens
259
Reações
386
Pontos
63
Sinceramente eu acredito que alguma hora tanto Sony e MS saiam do mercado de consoles e fiquem só nos jogos por streaming. MS será a primeira a cair fora, gamepass mais xcloud vai ser o caminho. Pra Sony eu acredito num PS6 ainda.

A Nintendo deve ficar no modelo de sempre de consoles, achou o pote de ouro com o Switch, o portátil que liga na TV.
Isso eh inevitavel, a questao eh quando nao se, mas eh fato. Mesmo pra nintendo tbm (q realmente deve ser a ultima).
 
Ultima Edição:


nominedomine

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
23.303
Reações
46.918
Pontos
554
Me desculpem por ter escrito um livro aqui no O.P, mas como eh uma discussao seria de coisas com muitas nuances, n consegui condensar o texto mais q isso, se o tamanho aqui assusta, n precisa ler nem comentar, mas se realmente houverem alguns aqui interessados em uma discussao seria sobre o assunto, longe dos delirios que se veem por ai na internet de alguns, esse topico pode servir de referencia pra isso agora e no futuro se os moderadores permitirem.

Minha opiniao eh q os jogos da Bethesda vao ser mesmo exclusivos ou multi "on a case by case basis", onde so a MS sabe os criterios de cado caso. Ou seja n seria 100% exclusivo nem sem 100% multi mas alguma coisa no meio por ai, mas n da nem pra dizer q vai ser 50/50, so a MS sabe mesmo junto com os criterios q ela vai usar.

Eu ja venho falando aqui, no reddit e era, q todos esses jogos deveriam ser multi, de minha parte ja fico satisfeito com tudo day 1 no gamepass, mas tbm sei q a MS quer capturar outras audiencias alem de mim q ja estou no gamepass mesmo, por isso esse case by case basis deles ai pra tentar fisgar novos usuarios. Entao quero abrir essa discussao para algo maior q a maneira tradicional de enxergar exclusivos nos console q eh sempre no seu hardware somente (no caso da MS, tradicionalmente somente xbox, com o PC passando a receber jogos como play anyywhere a partir de 2016).

Eu quero pegar o q o @nominedomine postou no segundo paragrafo do topico do Tom Warren do The Verge, q pra mim faz um pouco de sentido pra ilustrar esse topico, mas com ressalvas, link do post: https://forum.outerspace.com.br/index.php?threads/tom-warren-the-verge-sugere-que-jogos-da-bethesda-não-serão-exclusivos-de-xbox-foco-da-microsoft-é-aumentar-o-gamepass.571226/post-18726007

O problema de tudo isso ai eh a sony deixar a MS botar o gamepass la no playstation ne? E o Phil vir com a conversa de querer oferecer "the full xbox experience" no playstation como ele falou ai qd pergutaram pra ele sobre jogos em outro consoles, ai ele diz pra sony q libera todos os jogos da bethesda, inclusive os tradicionais do xbox antigos, mas em troca todo mundo no playstation teriam q ter conta da live em paralelo, o gamepass teria q incluir jogos third party mo playstation tbm, quem assinasse gamepass fora do playstation teria teria direito a acessar os jogos no playstation por ser a mesma conta da live e a sony n ganharia um centavo com isso, e as conquistas no playstation pros jogos da MS seriam gamerscore e n trofeis e o crossplay liberado pra todo mundo.

Entenderam como isso nao funciona pra sony e pq ela n deixaria isso rolar? Eh como se a MS tivesse criando seu proprio ecosistema dentro do playstation sem nem precisar vender hardware de xbox, mesma coisa que a epic ta brigando na corte pra burlar a loja ios da apple e ganhar ainda mais dinheiro, a MS ia amar isso mas a sony odiar pq ela perderia os 30% q ganha como platform holder. Fora q se a MS oferecer halo infinite, forza horizon 5, deathooop, ghostwire tokyo, wolfenstein 3 e starfield por 30 bozos por mes no gamepass no playstation day 1 enquanto q gran turismo, horizon forbidden west, god of war, returnal, ratchet and clank (pegando possilvemente os proximo jogos de cada ai) sera q os jogos da sony sao tao melhores assim pra justificar 350 day one (quase 12 vezes mais)? Quem vai pagar isso ai? Ah mas espera deep sale... n eh esse o ponto pq enquanto o cara espera pra comprar barato os da sony, ele joga os da MS por 30 day one e os outros do gamepass, pq 30 por mes qualquer um tem e se acostuma a pagar barato por jogos grandes day 1 mais os outros e nunca mais vai querer pagar 350 nos da sony nem 50% off em deep sale e so compraria jogos mesmo da sony bem barato mesmo e olhe la.

E se a Sony dizer q assim nao rola (porque realmente convenhamos q eh absurdo do ponto de vista da sony aceitar isso) a MS diz so assim q eu aceito, acabaram as conversas, porque nao tem como negociar em pe de igualdade ou blefar com as cartas tao desiguais, eh o q eles chamam de leverage, o proprio lugar financeiro das 2 empresas mostra isso onde a MS tem historico de torrar dinheiro por anos pra lucrar so bem la na frente (a MS fazia muito isso la atras e faz menos hoje porque teve problema com o governo americano com isso, inclusive eles criaram o termo embrace extend extinguish E.E.E pra significar isso ai, traduzido seria Adoptar, estender e extinguir, tem ate artigo na wikipedia em portugues pra quem estiver mais curioso https://pt.wikipedia.org/wiki/Adoptar,_estender_e_extinguir), ja a sony n pode torrar tanto dinheiro no playstation pra lucrar daqui a 10 anos por ser uma empresa menor q nao tem essa mesma tatica.

Isso n funciona mt bem quando as empresas sao de tamanho parecido, e a MS perdeu feio no Bing pra Google, no mercado de smartphones pra apple (nokia custou caro e fracassou) e no streaming de video pra amazon q tem o twitch (mixer ja ate acabou) entre outros fracassos, especialmente no mercado consumidor comum muitas vezes, pois ainda estao no topo no mercado empresarial e ate mesmo de contratos bilionarios com o governo americano; eh por isso q muita gente nunca entende quando a MS diz q os verdadeiros competidores sao google e amazon e n sony e nintendo, n eh por questao de ter lugar no mercado de games hoje (porque convenhamos amazon e google n tem a minima ideia de como fazer jogos), mas sim por questao de potencial financeiro mesmo e por terem ja infraestrutura de cloud proprias, eh aquilo de olhar como o mercado de jogos estara daqui a 10 anos e enxergar isso ai, onde a vantagem daquele q da os primeiros passos eh grande e tambem o velho "as regras do jogo estao mudando, eu preciso a qualquer custo ser lider desse novo mercado antes q outros possam se estabelecer, entao eu vou torrar dinheiro agora pra ver os frutos daqui a 10 anos", e pra MS esse futuro tem 3 pilares: assinaturas com renda corrente entrando todo mes (gamepass), streaming (xcloud, azure) e ecosistema/plataforma independente do hardware (tudo q eh xbox explorado em todos os lugares possiveis, incluindo playstation e switch) mas isso so funciona se tudo estiver unificado, ou seria como netflix ter todos os filmes e series no PC mas ficar reduzido a apenas a algumas poucas series e filmes nos ecosistemas da apple e google porque eles teriam algo similar competindo, isso n funciona pro consumidor de massa q vc precisa ganhar, pq isso causa confusao e falta daquela continuidade q voce tem um unico sistema, o mesmo valor por um catalogo reduzido (isso so acontece por fatores regionais e nao de dispositivo no streaming, desde que os direitos sejam acordados com streaming em mente, o q nao eh o caso da MS com o xcloud no momento em beta, pq ainda faltam muitos jogos na plataforma, por ainda estar na infancia o xcloud e esse ser um periodo digamos hibrido), fora q seria como a netflix ter q dividir com a google, apple, MS, sony uma fatia do bolo, 30%, pra cada um dependendo do dispositivo, ai q nada funciona mesmo, pq vc ja fragmentou todos os seus usuarios nesse caso, tendo q ter a plataforma separada em cada dispositivo, sem nenhuma conexao, aqui morre a ideia de ecosistema.

Faz sentido pra voces aqui tbm?
Não te desculpo pelo texto gigante.

Virar third é sempre uma opção, a EA e a Ubisoft tem serviços do tipo já. Tudo que a MS faz aponta para essa direção. Ser third inclusive faz mais sentido para quase todas as empresas. A própria Sony provavelmente vai virar third assim que o primeiro PlayStation flopar, ela abandonou o mercado de portátil mesmo após o sucesso do PSP e hoje ela já esta vindo com essa de colocar os jogos dela no PC que é um caminho sem volta.

Quanto mais a MS cresce em termos de estúdio maior precisa ser a base dela para compensar tudo isso e esse papo de Netflix dos jogos não se sustenta mesmo é tipo papo de que Stadia iria dominar tudo. O custo de oportunidade de colocar jogos como Elder Scroll e Fallout no gamepass ao invés de vender é enorme (a não ser que esse jogos passem a ser GaaS, que é o mais provavel e no fim saiam piores e mais caros para o consumidor).
 
Ultima Edição:

Marano

Habitué da casa
Mensagens
259
Reações
386
Pontos
63
Não te desculpo pelo texto gigante.

Virar third é sempre uma opção, a EA e a Ubisoft tem serviços do tipo já. Tudo que a MS faz aponta para essa direção. Ser third inclusive faz mais sentido para quase todas as empresas.
Obrigado por responder mesmo assim, lol.

Mas ser third nao eh necessariamente o q eu disse, o q eu disse eh q a MS quer ter o seu ecosistema sem precisar de hardware, mas ainda sendo algo unificado em todos os lugares (como netflix), sendo third isso cai por terra desde q n seja uma plataforma livre onde a MS leva toda a grana.

Tipo, se vc eh third como EA e ubisoft tu fica a merce da sony ou nintendo se o ecosistema for fechado por exemplo, mesma coisa android e ios, mas android eles entraram e ios eles conseguiram burlar a apple com o acesso pelo navegador. No playstation e nintendo eles nao conseguem esse esquema ai.

Gamepass so com jogos da MS e mais barato no playstation n funciona por esse mesmo motivo alem do q seria 30% da fatia pra sony e nintendo, com um numero limitadissimo de jogos e um ecosistema fragmentado, resumindo n vale a pena financeiramente falando, eh mais prejuizo q lucro. E da perspectiva da sony e nintendo tbm n vale a pena, pq a conta n bate pra eles gamepass custando 20 reais com uma biblioteca limitada (30 no xbox biblioteca cheia - EA).

Falei isso ai em cima, a realidade vai ser on a case by base basis mesmo, e gamepass vai acabando n chegando em outros consoles, agora so a MS sabe o racional por tras desse case by base basis ai e a porcetagem de multi se 50/50 ou outro numero e ainda se os mais populares sao multi e os menos exclusivos, ou o contrario, ou ainda uma mistura disso ai, n tem como saber .
 

nominedomine

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
23.303
Reações
46.918
Pontos
554
Obrigado por responder mesmo assim, lol.

Mas ser third nao eh necessariamente o q eu disse, o q eu disse eh q a MS quer ter o seu ecosistema sem precisar de hardware, mas ainda sendo algo unificado em todos os lugares (como netflix), sendo third isso cai por terra desde q n seja uma plataforma livre onde a MS leva toda a grana.

Tipo, se vc eh third como EA e ubisoft tu fica a merce da sony ou nintendo se o ecosistema for fechado por exemplo, mesma coisa android e ios, mas android eles entraram e ios eles conseguiram burlar a apple com o acesso pelo navegador. No playstation e nintendo eles nao conseguem esse esquema ai.

Gamepass so com jogos da MS e mais barato no playstation n funciona por esse mesmo motivo alem do q seria 30% da fatia pra sony e nintendo, com um numero limitadissimo de jogos e um ecosistema fragmentado, resumindo n vale a pena financeiramente falando, eh mais prejuizo q lucro. E da perspectiva da sony e nintendo tbm n vale a pena, pq a conta n bate pra eles gamepass custando 20 reais com uma biblioteca limitada (30 no xbox biblioteca cheia - EA).

Falei isso ai em cima, a realidade vai ser on a case by base basis mesmo, e gamepass vai acabando n chegando em outros consoles, agora so a MS sabe o racional por tras desse case by base basis ai e a porcetagem de multi se 50/50 ou outro numero e ainda se os mais populares sao multi e os menos exclusivos, ou o contrario, ou ainda uma mistura disso ai, n tem como saber .
A prova de que é possível é que o EA Access existe, essas empresas no fim das contas querem é todos os jogos sendo GaaS. A MS mesmo deixa isso muito claro, ela não tem um jogo single player de grande orçamento que não tenha multiplayer a muitos anos e os que teve próximo disso fracassaram miseravelmente.

Quais os jogos de sucesso da MS recentemente? Sea of Thieves, Grounded, Flight Simulator, Forza, todos jogos que encaixam perfeitamente no modelo GaaS. Sony e Nintendo são exceções e não sabemos por quanto tempo vão ficar nessa posição também.

Se os jogos da Bethesda forem todos entrar no Game Pass ele vai ter que cobrir todos os custos da compra da Bethesda e todos os custos de desenvolvimentos de futuros jogos, estamos falando ai de bem mais que 8 bilhões. Isso somado a todos os outros custos de desenvolvimento, aquisições anteriores, custo de oportunidade de pessoas que estão parando de comprar jogos.

Lembrando que é a mesma MS que achou que o Series S era uma sacada genial, uma empresa muito longe de ser infalível (na verdade tem um histórico de quase duas décadas onde falha miseravelmente nesse mercado).

Qual estúdio que a MS tem que esta em uma situação estável? Quase nenhum(como sempre), potencial das coisas darem errado é incrivelmente alto. O plano da MS é conseguir fazer 20 vezes em sequencia algo que mal conseguiu fazer uma vez em 20 anos, que é gerir bem um estúdio.
 
Ultima Edição:

DarkJediBRA

Supra-sumo
Mensagens
927
Reações
1.028
Pontos
183
Eu acho essa estratégia da MS de lançar seus games first party tudo day one no gamepass ruim, pra começo de conversa. Isso impede que ela invista pesado em seus títulos, já que tudo tem que sair no gamepass e os games tem que tirar a maior parte do seu faturamento dali... É só comparar a quantidade (e, mais subjetivamente, qualidade) de jogos exclusivos de peso que Sony e Nintendo lançaram, com regularidade, nos últimos anos, com o que a MS lançou. Temos ali um Gears, um Forza, de vez em quando, mas nem se compara com o que suas concorrentes lançam. Halo, que é a franquia carro chefe da MS está aí, sofrendo as consequências desse modelo de negócios.

O gamepass parece um grande negócio pro consumidor, à primeira vista, e até pode ser para alguns menos exigentes ou que não tem outra opção (financeiramente falando), dados os altos preços praticados atualmente, ainda mais aqui no Brasil, mas no fim das contas o que você acaba recebendo são jogos nível The Medium, e jogos mais antigos ou de menor orçamento de thirds. Pra quem se contenta com isso, ok, mas eu prefiro continuar recebendo jogos nível God Of War e The Last Of Us, mesmo que me custe caro pra jogar no lançamento. Como um serviço de baixo custo, o gamepass é excelente, mas achar que vai pagar a merreca do gamepass por mês e que vai receber com regularidade games do nível que as concorrentes entregam, é um engodo.

Eu adoraria que a MS investisse pesado nos seus games first, os mantivesse exclusivos, para trazer um diferencial para suas plataformas, como suas concorrentes já o fazem, nem que fosse exclusividade temporária, e os disponibilizassem exclusivamente para venda no primeiro ano, pra só depois ir pro gamepass. Assim, ela monetizaria um ano inteiro com o hype dos jogadores que fazem questão de jogar as novidades, e depois de um ano, quando o faturamento dos games normalmente cai consideravelmente, aí sim, levar o game pro gamepass, para aumentar a biblioteca do serviço. Isso geraria mais capital de giro para investimento em novos jogos de peso. Esse negócio de "todos os jogos deveriam ser multi" eu discordo totalmente. É muito legal cada plataforma ter sua identidade e seus atrativos em termos de games.

Saudades da MS da época do 360...
 
Ultima Edição:

Marano

Habitué da casa
Mensagens
259
Reações
386
Pontos
63
A prova de que é possível é que o EA Access existe, essas empresas no fim das contas querem é todos os jogos sendo GaaS. A MS mesmo deixa isso muito claro, ela não tem um jogo single player de grande orçamento que não tenha multiplayer a muitos anos e os que teve próximo disso fracassaram miseravelmente.

Quais os jogos de sucesso da MS recentemente? Sea of Thieves, Grounded, Flight Simulator, Forza, todos jogos que encaixam perfeitamente no modelo GaaS. Sony e Nintendo são exceções e não sabemos por quanto tempo vão ficar nessa posição também.

Se os jogos da Bethesda forem todos entrar no Game Pass ele vai ter que cobrir todos os custos da compra da Bethesda e todos os custos de desenvolvimentos de futuros jogos, estamos falando ai de bem mais que 8 bilhões. Isso somado a todos os outros custos de desenvolvimento, aquisições anteriores, custo de oportunidade de pessoas que estão parando de comprar jogos.

Lembrando que é a mesma MS que achou que o Series S era uma sacada genial, uma empresa muito longe de ser infalível (na verdade tem um histórico de quase duas décadas onde falha miseravelmente nesse mercado).

Qual estúdio que a MS tem que esta em uma situação estável? Quase nenhum(como sempre), potencial das coisas darem errado é incrivelmente alto. O plano da MS é conseguir fazer 20 vezes em sequencia algo que mal conseguiu fazer uma vez em 20 anos, que é gerir bem um estúdio.
Lembrando da estrategia deles q eh sempre torrar grana pra lucrar depois como potencia de virar o mercado em mercado semi novos, entao streaming, eles usam a vantagem de outros mercados ou do existente e vao mudando aos poucos ate virar uma coisa noiva onde eles saem na frente, isso eh historico com eles, eh so ver o link da wikipedia q eu mandei. So argumentaria q talvez haja uma linha tenue entre o E de extinguish e I improve, mas os 2 promeiros E de Embrace w Extend continuam a mesma tatica de sempre.

Tbm diria q eh inutil tentar atribuir valores morais pra empresa, eh sempre a tatica de ganhar o maximo impossivel tendo o menor nivel de backlash possivel, basta ver o q eles fizeram com o xbox one e reverteram, e tbm com gold e reverteram o dobro da parada la, a verdade eh q n da pra dizer se eles tivessem em um lugar realmente dominante o q eles fariam se pudessem... O q n da eh fazer o q alguns fazem q eh dizer q eles n deveriam ter o direito de invenstir o dinheiro de outras areas no xbox pq isso eh injusto, etc, baboseira, todo investimento eh assim em qualquer mercado em expansao como esse, eh normal torrar grana se tu tiver se de acordo com os teus caculos tu vai lucrar exponencialmente mais daqui a uma decada.

Ai que entra os calculos q eles fizeram e teus calculos pessoais, a MS acha q vai lucrar muito com essa estrategia no futuro, ja tu acha q vai flopar. Nao da pra dizer agora mas o tempo dira se vai dar certo ou nao, mas nao vai ser por falta de dinheiro q vai flopar mas sim se a maioria n ligar pro gamepass, aguardemos os proximos capitulos.
 

Bonk

Bam-bam-bam
Mensagens
805
Reações
2.341
Pontos
258
Me pergunto por que gamers se importam tanto com mercado, sendo que eles são invisíveis para o mesmo.
Hoje o bill decidir que vai dar um console para cada pessoa da terra, e o que você acha ou deixa de achar não faz a mínima diferença para ele.
A galera acha que esse forum é um "think tank".

Eu só jogo e me divirto, se amanha não for bom para mim, mudo a empresa que fabrica o console e pronto.
 

Marano

Habitué da casa
Mensagens
259
Reações
386
Pontos
63
Eu acho essa estratégia da MS de lançar seus games first party tudo day one no gamepass ruim, pra começo de conversa. Isso impede que ela invista pesado em seus títulos, já que tudo tem que sair no gamepass e os games tem que tirar a maior parte do seu faturamento dali... É só comparar a quantidade (e, mais subjetivamente, qualidade) de jogos exclusivos de peso que Sony e Nintendo lançaram, com regularidade, nos últimos anos, com o que a MS lançou. Temos ali um Gears, um Forza, de vez em quando, mas nem se compara com o que suas concorrentes lançam. Halo, que é a franquia carro chefe da MS está aí, sofrendo as consequências desse modelo de negócios.

O gamepass parece um grande negócio pro consumidor, à primeira vista, e até pode ser para alguns menos exigentes ou que não tem outra opção (financeiramente falando), dados os altos preços praticados atualmente, ainda mais aqui no Brasil, mas no fim das contas o que você acaba recebendo são jogos nível The Medium, e jogos mais antigos ou de menor orçamento de thirds. Pra quem se contenta com isso, ok, mas eu prefiro continuar recebendo jogos nível God Of War e The Last Of Us, mesmo que me custe caro pra jogar no lançamento. Como um serviço de baixo custo, o gamepass é excelente, mas achar que vai pagar a merreca do gamepass por mês e que vai receber com regularidade games do nível que as concorrentes entregam, é um engodo.

Eu adoraria que a MS investisse pesado nos seus games first, os mantivesse exclusivos, para trazer um diferencial para suas plataformas, como suas concorrentes já o fazem, nem que fosse exclusividade temporária, e os disponibilizassem exclusivamente para venda no primeiro ano, pra só depois ir pro gamepass. Assim, ela monetizaria um ano inteiro com o hype dos jogadores que fazem questão de jogar as novidades, e depois de um ano, quando o faturamento dos games normalmente cai consideravelmente, aí sim, levar o game pro gamepass, para aumentar a biblioteca do serviço. Isso geraria mais capital de giro para investimento em novos jogos de peso. Esse negócio de "todos os jogos deveriam ser multi" eu discordo totalmente. É muito legal cada plataforma ter sua identidade e seus atrativos em termos de games.

Saudades da MS da época do 360...
Mas a questao e que gosto cada um tem o seu, nem todo mundo gosta da mesma coisa, tipo eu nao jogo e n gosto de minecraft, fortnite, sea of thieves, pubg, overwatch, LOL, diablo e um monte de outros por ai, mas sao insanamente populares entao entendo q gosto n se discute.

Tudo isso pra dizer gosto em jogos nao eh a metrica final pq todos gostam de coisas diferentes, se a metrica for gasto produzindo jogos, a nintendo eh a q gasta menos mas tem os jogos mais populares, a MS eh a q gasta mais mas tbm eh a q tem a fama de ter os piores jogos, ja a sony fica no meio, gasta mais q a nintendo e menos q a MS mas tem jogos menos populares que a nintendo e mais q a MS, mas isso de popularidade pode mudar pq como tu mesmo disse no 360 a MS tinha jogos mais populares q a sony, mas mudou na 8th gen, so popularidade eh flexivel.
 

Marano

Habitué da casa
Mensagens
259
Reações
386
Pontos
63
Me pergunto por que gamers se importam tanto com mercado, sendo que eles são invisíveis para o mesmo.
Hoje o bill decidir que vai dar um console para cada pessoa da terra, e o que você acha ou deixa de achar não faz a mínima diferença para ele.
A galera acha que esse forum é um "think tank".

Eu só jogo e me divirto, se amanha não for bom para mim, mudo a empresa que fabrica o console e pronto.
Kkk, foi o q eu disse ai em cima, so acho interessante o topico.

MS eh provavel q pise na bola de novo, mas por agora deixa eles assim mesmo kkk. Quando acabar, tudo acaba mesmo...

Sobre ser think tank, eh q to acostumado com outros forums, mas aqui parece ser mais zuera mesmo, por isso ate coloquei discussao seria pra deixar mais claro o intento.
 

Marano

Habitué da casa
Mensagens
259
Reações
386
Pontos
63
Só entrei no tópico pra perguntar se o OP joga Age of Empires 2.
Jogo 3, main german e port, as 2 sao boas civs tanto pra rush quanto treaty, AOE2 so campanha pq acabei me acostumando mais com multi do 3.

Mas so muito fan de AOE por ser parte da infancia e continuei assistindo os torneios ate hoje kkk.

Edit: Eu comecei a gostar da MS por causa do age e eu nem sabia q xbox existia, sou de 94 e age na epoca era o meu jogo favorito fora wining eleven e championship manager na epoca q tinha cd nos PCs ainda como norma.
 
Ultima Edição:

Link_1998

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
20.125
Reações
20.851
Pontos
649
Me pergunto por que gamers se importam tanto com mercado, sendo que eles são invisíveis para o mesmo.
Hoje o bill decidir que vai dar um console para cada pessoa da terra, e o que você acha ou deixa de achar não faz a mínima diferença para ele.
A galera acha que esse forum é um "think tank".

Eu só jogo e me divirto, se amanha não for bom para mim, mudo a empresa que fabrica o console e pronto.
Da última vez que eu peguei um console sem analisar o desempenho mercadológico dele, peguei um N64 pra jogar Final Fantasy VII e Dragon Quest VII achando que ele teria tantos games quanto o Snes...
 

leonardo__cruz

- Endure and Survive -
VIP
GOLD
Mensagens
11.309
Reações
31.132
Pontos
594
Esse debate se é sustentável ou não é sempre muito contraditório porque você tentar argumentar contra, vão falar que você é só um Sonysta com inveja do Gamepass. O argumento a favor é sempre que a Microsoft está "perdendo" dinheiro agora para ganhar lá na frente quando a base for maior.
A questão é, esse momento vai chegar?

A Microsoft já é famosa por suas projeções muito tortas - como aquela de que o Xbox One iria vender 200 milhões de unidades. Talvez eles estejam realmente achando que vão ficar com um número gigantesco de assinantes. Mas agora me diga, quantos assinantes você precisa para manter vários estúdios lançando jogos AAA saindo com relativa frequência a um valor de assinatura "baixo"?


Hoje em dia o Netflix que é extremamente popular e atinge uma faixa de público MUITO maior do mercado, tem 200 milhões de assinantes. O Gamepass não sei nem se chegou a 20 milhões ainda, mas provavelmente não chegará a números tão grandes quanto ao Netflix que é assinado até pela sua mãe, sua tia, pela sua avó, etc... Ainda tem o fato dos números do Gamepass estarem extremamente inflados com aquelas assinaturas que o pessoal fez usando promoção e etc que não revertem o lucro total de uma assinatura verdadeira.

Baseado nisso eu acredito que os jogos da Bethesda vão continuar saindo para PS5 e Switch porque vai ser muito difícil segurar uma estrutura daquela tentando se pagar só com o Gamepass e exclusividade no Xbox.
 

Adam Sandler

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
40.129
Reações
62.482
Pontos
753
Microsoft não precisa deixar tudo exclusivo, só as franquias que faria os Sonystas comprarem um Xbox.
 

Zelcron

Veterano
Mensagens
371
Reações
571
Pontos
129
Só não vai sair pro PS5 aqueles jogos B que teriam vendas baixas.

Jogos grandes e que vendem bem, tipo Doom e Elder Scrolls irão sair pro PS5.

OBS: No PC não precisa pagar Xbox Live Gold
 

Adam Sandler

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
40.129
Reações
62.482
Pontos
753
Só não vai sair pro PS5 aqueles jogos B que teriam vendas baixas.

Jogos grandes e que vendem bem, tipo Doom e Elder Scrolls irão sair pro PS5.

OBS: No PC não precisa pagar Xbox Live Gold
Imagino exatamente o contrário, Doom e Elder Scrolls exclusivos.
 

pavomba

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
18.460
Reações
20.619
Pontos
614
A questão não é os 30% de royalties, e sim que a Sony e Nintendo não vão deixar porque seria promoção da marca, botaram Ori no Switch porque o console sequer compete de fato no mesmo espaço. Tinha um rumor que a Microsoft teria cogitado em algum momento botar o Halo no Playstation, eu não ficaria surpreso se a própria Sony foi lá e barrou a ideia porque todo mundo sabe que isso seria promoção total de um concorrente direto.
 
Topo