O que há de Novo?
  • Anunciando os planos GOLD no Fórum Outer Space
    Visitante, agora você pode ajudar o Fórum Outer Space e receber alguns recursos exclusivos, incluindo navegação sem anúncios e dois temas exclusivos. Veja os detalhes aqui.

Dyhzy, filho do presidente da Argentina, afirma que vai ser identificado com gênero não binário

Poucas Transas

Bam-bam-bam
Mensagens
3.234
Reações
13.314
Pontos
303
Dyhzy, filho do presidente da Argentina, afirma que vai mudar documentos para ser identificado com gênero não binário

Alberto Fernández aprovou nesta semana uma lei que permite que as pessoas optem por 'X' na categoria de gênero dos documentos.
Por G1

201437


Imagem de Dyhzy durante uma apresentação na noite de Buenos Aires antes de seu pai ser eleito — Foto: Reprodução



Dyhzy, filho do presidente Alberto Fernández, da Argentina, disse em uma rede social que vai optar pela alternativa X no gênero de seus documentos, que indica que passará a se identificar como pessoa não binária.

Um decreto presidencial publicado no país na quarta-feira (21) passa a admitir o registro de pessoas não binárias – que não se identificam com os gêneros masculino e feminino.


Imagem de Dyhzy durante uma apresentação na noite de Buenos Aires antes de seu pai ser eleito — Foto: Reprodução



Dyhzy, filho do presidente Alberto Fernández, da Argentina, disse em uma rede social que vai optar pela alternativa X no gênero de seus documentos, que indica que passará a se identificar como pessoa não binária.

Um decreto presidencial publicado no país na quarta-feira (21) passa a admitir o registro de pessoas não binárias – que não se identificam com os gêneros masculino e feminino.
Imagem de Dyhzy durante uma apresentação na noite de Buenos Aires antes de seu pai ser eleito — Foto: Reprodução



Dyhzy, filho do presidente Alberto Fernández, da Argentina, disse em uma rede social que vai optar pela alternativa X no gênero de seus documentos, que indica que passará a se identificar como pessoa não binária.

Um decreto presidencial publicado no país na quarta-feira (21) passa a admitir o registro de pessoas não binárias – que não se identificam com os gêneros masculino e feminino.

Além dos dois gêneros, será possível selecionar a opção X no documento.


Dyhzy fez uma transmissão em uma rede social para comemorar a novidade.

“Quando o Estado reconhece uma lei, essa lei vai se naturalizando. Hoje não é diferente, não chama a atenção ver um casal homossexual se casando, pois se aprovo o matrimônio igualitário. Esse tipo de direito é necessário ser reconhecido pelo Estado. Mais do que falta, as pessoas precisam primeiro se descontruir, mais gente vai naturalizar isso. Obviamente que existe gente do mal: transfóbica, homofóbica”, disse.

Dyhzy também deverá alterar o nome em seus documentos, em que aparece como Estanislao: “Nunca na minha vida eu me senti identificado com esse nome”, afirmou, segundo o jornal “Perfil”.

link: https://g1.globo.com/mundo/noticia/2021/07/22/dyhzy-descendente-do-presidente-da-argentina-afirma-que-vai-mudar-documentos-para-ser-identificado-com-genero-nao-binario.ghtml :kratinho

E então travequeiros, quem comia? :lolwtf
 


Asteriques

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
13.532
Reações
18.849
Pontos
609
Imagina se os jogos da Steam fossem mais caros lá, a população inteira seria nesse nível.
 


MobiusRJ

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
12.561
Reações
23.119
Pontos
584
É um misto de sentimentos e emoções. Depois aparecem mortos, pendurados por uma corda ou cheios de remédio na ideia e as pessoas à volta não entendem o q aconteceu.
 

Charrua

Mil pontos, LOL!
Mensagens
51.395
Reações
59.245
Pontos
1.034
Existe não binário fora da bolha progressista-soça-comuna-nazi-fasci?
 

Seladonia

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
40.884
Reações
70.618
Pontos
849
Existe não binário fora da bolha progressista-soça-comuna-nazi-fasci?
Uns 'mgtow' é praticamente isso não é?

Digo, a pessoa se identifica como homem mas na prática é "assexual" ou se acha "menininha loli de anime" que na prática não é exatamente um gênero também.
 

Charrua

Mil pontos, LOL!
Mensagens
51.395
Reações
59.245
Pontos
1.034
Uns 'mgtow' é praticamente isso não é?

Digo, a pessoa se identifica como homem mas na prática é "assexual" ou se acha "menininha loli de anime" que na prática não é exatamente um gênero também.
Pior que já li mgtow hoje mesmo no tópico do celibatario e não tenho ideia do que são
 

Standak

Bam-bam-bam
Mensagens
1.969
Reações
4.280
Pontos
303
Eu acho que essas lutas por direito de gênero, são direto dos caras, lógico.

Mas orientação sexual não define ninguém como pessoa. Se você se deixa rotular por isso, diz mais sobre o que você tem como "conteúdo", do que uma luta contra opressão, ou sei lá o quê.

O reflexo disso é esse maluco, claramente se perdeu no personagem, e virou um clichê ambulante.
 

Poucas Transas

Bam-bam-bam
Mensagens
3.234
Reações
13.314
Pontos
303
O @geist é um helicóptero de ataque e eu sou não binário.

Formamos um casal hétero e não ficamos noticiando isso o tempo todo.

O cara é um filhinho de papai, esse filho do presidente, e parece que escolheu o time correto para se revelar,

E como comentaram, o papai ainda mexeu nas leis do país favoravelmente ao filho.

Os mexicanos vieram dos índios, os brasileiros saíram das florestas e os argentinos das boates gays.
 

alucardlv1313

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
19.779
Reações
46.708
Pontos
734
Agora vai !

*penes de madeira superfaturados
*se identificar como bem quiser

Q crise o q...lideres esquerdistas sabem bem o q o povo precisa (consolo e doença mental)

Como é bom ter um presidente :brbr
 

alucardlv1313

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
19.779
Reações
46.708
Pontos
734
Dyhzy, filho do presidente da Argentina, afirma que vai mudar documentos para ser identificado com gênero não binário

Alberto Fernández aprovou nesta semana uma lei que permite que as pessoas optem por 'X' na categoria de gênero dos documentos.
Por G1

Visualizar anexo 201437


Imagem de Dyhzy durante uma apresentação na noite de Buenos Aires antes de seu pai ser eleito — Foto: Reprodução



Dyhzy, filho do presidente Alberto Fernández, da Argentina, disse em uma rede social que vai optar pela alternativa X no gênero de seus documentos, que indica que passará a se identificar como pessoa não binária.

Um decreto presidencial publicado no país na quarta-feira (21) passa a admitir o registro de pessoas não binárias – que não se identificam com os gêneros masculino e feminino.


Imagem de Dyhzy durante uma apresentação na noite de Buenos Aires antes de seu pai ser eleito — Foto: Reprodução



Dyhzy, filho do presidente Alberto Fernández, da Argentina, disse em uma rede social que vai optar pela alternativa X no gênero de seus documentos, que indica que passará a se identificar como pessoa não binária.

Um decreto presidencial publicado no país na quarta-feira (21) passa a admitir o registro de pessoas não binárias – que não se identificam com os gêneros masculino e feminino.
Imagem de Dyhzy durante uma apresentação na noite de Buenos Aires antes de seu pai ser eleito — Foto: Reprodução



Dyhzy, filho do presidente Alberto Fernández, da Argentina, disse em uma rede social que vai optar pela alternativa X no gênero de seus documentos, que indica que passará a se identificar como pessoa não binária.

Um decreto presidencial publicado no país na quarta-feira (21) passa a admitir o registro de pessoas não binárias – que não se identificam com os gêneros masculino e feminino.

Além dos dois gêneros, será possível selecionar a opção X no documento.


Dyhzy fez uma transmissão em uma rede social para comemorar a novidade.

“Quando o Estado reconhece uma lei, essa lei vai se naturalizando. Hoje não é diferente, não chama a atenção ver um casal homossexual se casando, pois se aprovo o matrimônio igualitário. Esse tipo de direito é necessário ser reconhecido pelo Estado. Mais do que falta, as pessoas precisam primeiro se descontruir, mais gente vai naturalizar isso. Obviamente que existe gente do mal: transfóbica, homofóbica”, disse.

Dyhzy também deverá alterar o nome em seus documentos, em que aparece como Estanislao: “Nunca na minha vida eu me senti identificado com esse nome”, afirmou, segundo o jornal “Perfil”.

link: https://g1.globo.com/mundo/noticia/2021/07/22/dyhzy-descendente-do-presidente-da-argentina-afirma-que-vai-mudar-documentos-para-ser-identificado-com-genero-nao-binario.ghtml:kratinho

E então travequeiros, quem comia? :lolwtf

v**do feio do cacete...parece o Marlyn Manson no começo de carreira :klolwtf
 

GorinOSho

Supra-sumo
Mensagens
722
Reações
1.379
Pontos
168
Não se identifica com nada.. mas certeza que gosta é de linguiça. Fecho meu caso.
 
Topo Fundo