O que há de Novo?
  • Anunciando os planos GOLD no Fórum Outer Space
    Visitante, agora você pode ajudar o Fórum Outer Space e receber alguns recursos exclusivos, incluindo navegação sem anúncios e dois temas exclusivos. Veja os detalhes aqui.

[Edit: Não é bem assim] Juiz determina “estupro culposo” e gera revolta no caso Mari Ferrer

Paerish

Bam-bam-bam
Mensagens
2.733
Reações
4.708
Pontos
303
Juiz determina “estupro culposo” e gera revolta no caso Mari Ferrer
Tal argumentação não está prevista em lei. Promotor alegou que não havia como o empresário saber que a jovem não consentiu a relação
DOUGLAS AMORIM
03/11/2020 13:55,ATUALIZADO 03/11/2020 14:18
REDES SOCIAIS
Imagens da audiência da influencer Mariana Ferrer, de 23 anos, para julgar o empresário André de Camargo Aranha obtidas pelo The Intecept Brasil geraram grande repercussão. O homem é acusado de estuprar a jovem promoter em uma festa que ocorreu em 2018.

De acordo com o promotor responsável pelo caso, não havia como o empresário saber, durante o ato sexual, que Mari não estava em condições de consentir a relação, não existindo assim “intenção” de estuprar.
Sendo assim, o juiz aceitou a argumentação de que André cometeu um “estupro culposo”, um “crime” não previsto na lei brasileira. Porém, como ninguém pode ser condenado por um crime que não existe, o réu foi absolvido.
O advogado Cláudio Gastão da Rosa Filho, responsável pela defesa do empresário, mostrou várias fotos de Mariana durante a audiência e definiu as imagens como “ginecológicas”. Em momento algum foi questionado por membros do Tribunal de Justiça catarinense sobre a relação das fotos com o caso.

MAIS SOBRE O ASSUNTO

Gastão também disse que “jamais teria uma filha do nível” de Mariana. Bastante incomodada, a influencer respondeu dizendo que está de roupa nas fotos e que elas “não têm nada demais”. A jovem ainda argumentou: “A pessoa que é virgem, ela não é freira não, doutor. A gente está no ano 2020”.
Ele continuou atacando Mariana. “Só aparece essa sua carinha chorando. Só falta uma auréola na cabeça. Não adianta vir com esse teu choro dissimulado, falso, e essa lágrima de crocodilo”.
Após essas falas, um dos membros do Tribunal de Justiça percebeu que Mariana chorava muito ao ouvir as palavras e perguntou se ela quer sair um pouco para se recompor.

Apesar de estar claramente emocionada, Mari responde as alegações. “Eu gostaria de respeito, doutor. Excelentíssimo, eu estou implorando por respeito no mínimo. Nem os acusados, nem os assassinos são tratados da forma que eu estou sendo tratada gente, pelo amor de Deus. Eu sou uma pessoa ilibada. Nunca cometi crime contra ninguém.”
A OAB de Santa Catarina e o Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos solicitaram esclarecimentos ao advogado e ao TJ de Santa Catarina sobre a sua conduta durante o interrogatório.
Após a divulgação do vídeo da audiência, houve uma revolta muito grande nas redes sociais com o desfecho do caso e com a conduta do advogado de defesa. A #justicapormarierrer voltou ao trend topics do Twitter.


---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Edit: Link da decisão judicial:
https://www.conjur.com.br/dl/p...a-mariana-ferrer-nao-basta.pdf
 
Ultima Edição:


Ixchel

Habitué da casa
Mensagens
374
Reações
798
Pontos
93
Juiz determina “estupro culposo” e gera revolta no caso Mari Ferrer
Tal argumentação não está prevista em lei. Promotor alegou que não havia como o empresário saber que a jovem não consentiu a relação
DOUGLAS AMORIM
03/11/2020 13:55,ATUALIZADO 03/11/2020 14:18
REDES SOCIAIS
Imagens da audiência da influencer Mariana Ferrer, de 23 anos, para julgar o empresário André de Camargo Aranha obtidas pelo The Intecept Brasil geraram grande repercussão. O homem é acusado de estuprar a jovem promoter em uma festa que ocorreu em 2018.

De acordo com o promotor responsável pelo caso, não havia como o empresário saber, durante o ato sexual, que Mari não estava em condições de consentir a relação, não existindo assim “intenção” de estuprar.
Sendo assim, o juiz aceitou a argumentação de que André cometeu um “estupro culposo”, um “crime” não previsto na lei brasileira. Porém, como ninguém pode ser condenado por um crime que não existe, o réu foi absolvido.
O advogado Cláudio Gastão da Rosa Filho, responsável pela defesa do empresário, mostrou várias fotos de Mariana durante a audiência e definiu as imagens como “ginecológicas”. Em momento algum foi questionado por membros do Tribunal de Justiça catarinense sobre a relação das fotos com o caso.

MAIS SOBRE O ASSUNTO

Gastão também disse que “jamais teria uma filha do nível” de Mariana. Bastante incomodada, a influencer respondeu dizendo que está de roupa nas fotos e que elas “não têm nada demais”. A jovem ainda argumentou: “A pessoa que é virgem, ela não é freira não, doutor. A gente está no ano 2020”.
Ele continuou atacando Mariana. “Só aparece essa sua carinha chorando. Só falta uma auréola na cabeça. Não adianta vir com esse teu choro dissimulado, falso, e essa lágrima de crocodilo”.
Após essas falas, um dos membros do Tribunal de Justiça percebeu que Mariana chorava muito ao ouvir as palavras e perguntou se ela quer sair um pouco para se recompor.

Apesar de estar claramente emocionada, Mari responde as alegações. “Eu gostaria de respeito, doutor. Excelentíssimo, eu estou implorando por respeito no mínimo. Nem os acusados, nem os assassinos são tratados da forma que eu estou sendo tratada gente, pelo amor de Deus. Eu sou uma pessoa ilibada. Nunca cometi crime contra ninguém.”
A OAB de Santa Catarina e o Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos solicitaram esclarecimentos ao advogado e ao TJ de Santa Catarina sobre a sua conduta durante o interrogatório.
Após a divulgação do vídeo da audiência, houve uma revolta muito grande nas redes sociais com o desfecho do caso e com a conduta do advogado de defesa. A #justicapormarierrer voltou ao trend topics do Twitter.


---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------


"Estupro coletivo" é pra acabar :facepalm:facepalm:facepalm
Como o cara não percebeu que a mulher estava dopada? Quem dopou essa mulher? Só falta o cara se defender dizendo que meteu a pic* acidentalmente nela, pqp.
 


CatlosGBBH

Bam-bam-bam
Mensagens
1.242
Reações
1.936
Pontos
203
Matéria incompleta. Como ocorreu esse ato? Em que circunstâncias? Pelo que entendi, ela enviava fotos nuas pra ele? Ou fotos bastante provocantes?

Matéria incompleta e provavelmente bem parcial. Não dá pra opinar em cima de matéria incompleta.
Vc tá pagando de louco né?
Não existe estupro culposo. Não tô nem julgando se o cara é culpado embora tenha vídeos, DNA, testemunhas tudo acusando o cara.
Só que não existe estupro culposo, inventaram uma terminologia que não tem no código penal pra aliviar pro maluco.
Bizarro isso aí.


Enviado de meu Redmi Note 8 Pro usando o Tapatalk
 

pedra 2.0

Ser evoluído
Mensagens
115
Reações
67
Pontos
28
Espero do fundo do coração que ela ainda possa recorrer. Algum advogado aí on?
 

Mr. Robot

Veterano
Mensagens
243
Reações
507
Pontos
103
Vc tá pagando de louco né?
Não existe estupro culposo. Não tô nem julgando se o cara é culpado embora tenha vídeos, DNA, testemunhas tudo acusando o cara.
Só que não existe estupro culposo, inventaram uma terminologia que não tem no código penal pra aliviar pro maluco.
Bizarro isso aí.


Enviado de meu Redmi Note 8 Pro usando o Tapatalk
Tenha calma. Estou apenas relatando o fato de a matéria ser incompleta. Como ocorreu esse estupro? Até agora estou sem saber como ocorreu. Dei até uma procurada no google e ainda não achei. Como diabos ocorreu esse estupro? Não esqueça duas coisas:

1 - Record em acusações de falsos estupros contra homens. Inclusive foi necessário criar lei punindo as falsas acusadoras;
2 - Fonte: The Intercept. Fonte totalmente confiável... sqn.
 

CatlosGBBH

Bam-bam-bam
Mensagens
1.242
Reações
1.936
Pontos
203
O gato não é nem se o estupro ou não aconteceu cara é que o juiz é a promotoria inventaram um "estupro culposo". E isto não existe sacou.
É tipo te estuprei sem a intenção de te estuprar.

Entendeu que isto não existe no código penal???


Enviado de meu Redmi Note 8 Pro usando o Tapatalk
 

CatlosGBBH

Bam-bam-bam
Mensagens
1.242
Reações
1.936
Pontos
203
Espero do fundo do coração que ela ainda possa recorrer. Algum advogado aí on?
Pode sim. Todos os 10 assuntos mais falados do Twitter estavam sendo sobre este caso.
Políticos já entrando no meio, obviu que pra ganhar uma mídia né, mas pelo menos neste caso já ajuda em algo.

Enviado de meu Redmi Note 8 Pro usando o Tapatalk
 

Nolifeking

Bam-bam-bam
Mensagens
4.261
Reações
6.534
Pontos
303
Na matéria está falando que tem um video da audiência. Alguém tem esse link?
 

CatlosGBBH

Bam-bam-bam
Mensagens
1.242
Reações
1.936
Pontos
203
No Twiter tá rolando o vídeo, o advogado do cara ainda humilha ela mano é bizarro este caso, nunca vi coisa parecida e olha que aqui só tem coisa lixo acontecendo o tempo todo. todo

Enviado de meu Redmi Note 8 Pro usando o Tapatalk
 

Genezy!

Bam-bam-bam
Mensagens
9.990
Reações
29.623
Pontos
353
Nem tô por dentro de tudo mas é isso aí, os que estão reclamando são os mesmos que apoiam toda a m**** garantista por que beneficia sua ideologia

Enviado de meu Mi A3 usando o Tapatalk
 

Senhor Catástrofe

Bam-bam-bam
Mensagens
7.098
Reações
17.479
Pontos
353
já tem um tópico sobre o caso

Se bobear o próximo passo será o furto culposo.
na cultura popular já existe, a tal da "a ocasião faz o ladrão"


Na matéria está falando que tem um video da audiência. Alguém tem esse link?
eu vi, é absurdo, mas é um corte

o cara mostra fotos dela de biquini ou algo assim, fotos de instagram que ela apagou, como se isso sequer fosse evidencia de algo, parece que o cara fez com intuito único de humilhar a mina
 

Iraque77

Bam-bam-bam
Mensagens
2.503
Reações
2.845
Pontos
288
parece q se juntaram, tanto o juiz quanto o advogado para escrotizar a menina,
se ela sensualizou é uma coisa... ser dopada e estuprada não tem nada a ver

no mais... casos envolvendo estrupro obrigatoriamente acho que deveria ter dois juizes.. um homem e uma mulher, já reduziria em muito esses absurdos
 

Mr. Robot

Veterano
Mensagens
243
Reações
507
Pontos
103
Li a matéria da JP e lá eles falam mais coisas.

A influenciadora Mariana Ferrer tinha 20 anos quando se tornou embaixadora de um requintado beach club em Florianópolis, o Cafe de La Musique. Um ano depois, a jovem reuniu coragem para denunciar um estupro dentro do estabelecimento. Segundo Mariana, em 15 de dezembro de 2018, ela foi dopada e violentada por um empresário, que seria amigo dos proprietários do local. O caso todo veio à tona nas redes sociais da própria Mariana, que, em busca de justiça, resolveu tornar a situação pública. “Não é nada fácil ter que vir aqui relatar isso. Minha virgindade foi roubada de mim junto com meus sonhos. Fui dopada e estuprada por um estranho em um beach club dito ‘seguro e bem conceituado’ da cidade”, disse ela, ao falar sobre o assunto pela primeira vez. Mariana utilizou a rede social para expor detalhes do ocorrido na noite de dezembro. Vídeos em que aparece se apoiando nas paredes, sem conseguir andar sozinha, prints pedindo socorro a amigas que estavam no local, além da foto do vestido que usava na noite todo ensanguentado.


Pergunto: onde estão esses vídeos e prints?
 

Paerish

Bam-bam-bam
Mensagens
2.733
Reações
4.708
Pontos
303
Nem tô por dentro de tudo mas é isso aí, os que estão reclamando são os mesmos que apoiam toda a m**** garantista por que beneficia sua ideologia

Enviado de meu Mi A3 usando o Tapatalk
Pois é cara e esse é um dos motivos de eu normalmente evitar me posicionar publicamente sobre esse tipo de caso, mas o juiz me vir com essa de "Estupro culposo" é demais pra mim.

já tem um tópico sobre o caso



na cultura popular já existe, a tal da "a ocasião faz o ladrão"




eu vi, é absurdo, mas é um corte

o cara mostra fotos dela de biquini ou algo assim, fotos de instagram que ela apagou, como se isso sequer fosse evidencia de algo, parece que o cara fez com intuito único de humilhar a mina
Eu vi que falaram sobre esse caso no tópico dos MGTOWs no cantinho, mas eu preferi criar um aqui mesmo porque é demais
 

Senhor Catástrofe

Bam-bam-bam
Mensagens
7.098
Reações
17.479
Pontos
353
Pois é cara e esse é um dos motivos de eu normalmente evitar me posicionar publicamente sobre esse tipo de caso, mas o juiz me vir com essa de "Estupro culposo" é demais pra mim.



Eu vi que falaram sobre esse caso no tópico dos MGTOWs no cantinho, mas eu preferi criar um aqui mesmo porque é demais
não, tem um tópico ESPECÍFICO e está entre os primeiros aqui do VT

nem dá nada, só acho que divide a discussão
 

ZEEHKAEV

Bam-bam-bam
Mensagens
4.237
Reações
1.950
Pontos
264
Sei que vou ser linchado aqui, mas basicamente não existem provas que deixam sem sombra de dúvidas que a relação não foi consensual. O juiz aí acima por pressão de movimentos feministas e jornais etc deu essa sentença ridícula (estupro culposo) simplesmente para não absolver completamente o cara, e mesmo assim absolveu.

Outra coisa extremamente curiosa é que o Promotor de Justiça do caso (Ministério Publico) também absolveu o réu alegando falta de provas, o que é estranho pois normalmente o promotor é que vem para cima do criminoso, denuncia e etc...

Para quem tá por fora:

  • A menina mandava nudes aparentemente era modelo sei la o que, tinha umas fotos da perseguida enviada para amigos e não sei se pro cara
  • Ela subiu num lugar privativo de uma balada e teve relação sexual com o cara, e era virgem. As "amigas" dela já haviam saído da balada uns minutos antes, ela alega ter ficado inconsciente e ter um "lapso de memória" sobre o que ocorreu por alguns minutos.
  • O cara disse para os amigos que ela tava bebaça e ele praticamente fugiu dela (como se ela quisesse ficar mais com ele)
  • Depois que ela recuperou a consciência (aparentemente dormiu? não deixa claro o que seria perder a consciência) ela alega não ter memória sobre o ato.
  • O exame de dna confirma que havia esperma dele nela, e que ela não era mais virgem
O exame toxicológico dela não detectou alcool no sangue , nem drogas comuns no sangue dela, detalhe que podem usar N drogas, o exame só detecta as famosas boa noite cinderelas e etc.

Minha opinião aqui: A única prova mesmo cabal que de que ela não deu autorização e etc é a própria história dela, ficando a palavra de um contra a do outro. Pode ser que já que ela estava tão bebada ela meio que topou ficar com o cara, pode ser que não.

Acho que tem uns 80% de chance de ser um estupro, mas o juiz só iria condenar com 100% de chance, e por isso tanto o juiz quanto o MP absolveram o cara.

Citando as vossas excelências:

"Mariana denunciou o caso pelas redes sociais - posteriormente, o Instagram dela foi retirado do ar pelo Facebook, o processo corria em segredo de justiça e só foi levado a publico pelo próprio vazamento de Mariana Ferrer. O juiz Rudson Marcos julgou como improcedentes as denúncias da jovem, pelas acusações não provadas foi ordenado a remoção de seus perfis em redes sociais.

Foram ouvidas 22 testemunhas, além da própria Mariana e de André. Ele inicialmente havia negado ter tido contato com a jovem, mas depois disse que teve um contato sexual com ela, mas não se lembrava de ter concretizado uma relação sexual.

Foram realizados seis exames periciais e uma ação de busca e apreensão dos equipamentos eletrônicos do acusado. A conclusão das investigações, que ocorreram em sigilo, é de que “não há provas contundentes nos autos a corroborar a versão acusatória”.

O promotor de justiça local, o acusador, portanto, concluiu que de fato houve relação sexual, mas não era possível provar que a vítima estava incapaz, nem que o réu tinha conhecimento dessa possível incapacidade.

O juiz Rudson Marcos, em sentença de 9 de setembro, também concluiu pela divergência de relatos (algumas testemunhas afirmaram que Mariana parecia normal, outras um pouco alterada pelo alcool) que não havia certeza sobre se Mariana estava ou não com capacidade de oferecer resistência.

“Diante da ausência de elementos probatórios capazes de estabelecer o juízo de certeza, mormente no tocante à ausência de discernimento para a prática do ato ou da impossibilidade de oferecer resistência, indispensáveis para sustentar uma condenação, decido a favor do acusado André de Camargo Aranha”, diz o texto.


Enfim que comece a treta, e pessoas no geral, se cuidem, não sei se a menina tem interesse no cara (aparentemente ele é cheio da grana) ou se realmente foi estupro mas prefiro não dar um veredito simplesmente lendo duas notícias, não conheço nenhum dos dois e não estava lá no dia.

edit:
149186
 
Ultima Edição:

anthony.lima.31

Veterano
Mensagens
162
Reações
787
Pontos
128
Esse é mais um caso famoso de fake news.

O cara na verdade foi absolvido por falta de provas.

Todas as evidências foram contrárias à versão da "vítima" e o acusado foi inocentado em uma decisão bem embasada em uma sentença de 50 páginas.

Esse papo ai de coitadinha estuprada pelo hetero branco opressor e "estupro culposo" é fake news da lacrolandia.

Caso alguém queira se inteirar sobre o caso:
 

Passo's

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
29.744
Reações
29.414
Pontos
724
Pelo que vi do caso o único erro foi fundamentar colocando "estupro culposo"(ele não foi condenado por nada)
O correto seria apenas ausência de prova e fim.


A mina mentiru 31823198312379 coisas, todo mundo testemunhou contra ela(até amigas), laudo não achou absolutamente nada, expos dados sigilosos de processos de rede social pra fazer grito, fez adulteração de datas, várias coisas q ela depôs foi totalmente contradizia por cameras e conversas...


...e a melhor parte de tudo é que veio com papo de PROMOTER DE CASA NOTURNA DE 22 ANOS É VIRGEM.


Ah va a m****.

E já estão vindo com bostas de #branco machista estuprador
Ah vão mamar um c***lho
 

O Rei Rubro

RIP AND TEAR
GOLD
Mensagens
24.795
Reações
47.004
Pontos
589
Sei que vou ser linchado aqui, mas basicamente não existem provas que deixam sem sombra de dúvidas que a relação não foi consensual. O juiz aí acima por pressão de movimentos feministas e jornais etc deu essa sentença ridícula (estupro culposo) simplesmente para não absolver completamente o cara, e mesmo assim absolveu.

Outra coisa extremamente curiosa é que o Promotor de Justiça do caso (Ministério Publico) também absolveu o réu alegando falta de provas, o que é estranho pois normalmente o promotor é que vem para cima do criminoso, denuncia e etc...

Para quem tá por fora:

  • A menina mandava nudes aparentemente era modelo sei la o que, tinha umas fotos da perseguida enviada para amigos e não sei se pro cara
  • Ela subiu num lugar privativo de uma balada e teve relação sexual com o cara, e era virgem. As "amigas" dela já haviam saído da balada uns minutos antes, ela alega ter ficado inconsciente e ter um "lapso de memória" sobre o que ocorreu por alguns minutos.
  • O cara disse para os amigos que ela tava bebaça e ele praticamente fugiu dela (como se ela quisesse ficar mais com ele)
  • Depois que ela recuperou a consciência (aparentemente dormiu? não deixa claro o que seria perder a consciência) ela alega não ter memória sobre o ato.
  • O exame de dna confirma que havia esperma dele nela, e que ela não era mais virgem
O exame toxicológico dela não detectou no sangue alcool, nem drogas comuns no sangue dela, detalhe que podem usar N drogas, o exame só detecta as famosas boa noite cinderelas e etc.

Minha opinião aqui: A única prova mesmo cabal que de que ela não deu autorização e etc é a própria história dela, ficando a palavra de um contra a do outro. Pode ser que já que ela estava tão bebada ela meio que topou ficar com o cara, pode ser que não.

Acho que tem uns 80% de chance de ser um estupro, mas o juiz só iria condenar com 100% de chance, e por isso tanto o juiz quanto o MP absolveram o cara.

Citando as vossas excelências:

"Mariana denunciou o caso pelas redes sociais - posteriormente, o Instagram dela foi retirado do ar pelo Facebook, o processo corria em segredo de justiça e só foi levado a publico pelo próprio vazamento de Mariana Ferrer. O juiz Rudson Marcos julgou como improcedentes as denúncias da jovem, pelas acusações não provadas foi ordenado a remoção de seus perfis em redes sociais.

Foram ouvidas 22 testemunhas, além da própria Mariana e de André. Ele inicialmente havia negado ter tido contato com a jovem, mas depois disse que teve um contato sexual com ela, mas não se lembrava de ter concretizado uma relação sexual.

Foram realizados seis exames periciais e uma ação de busca e apreensão dos equipamentos eletrônicos do acusado. A conclusão das investigações, que ocorreram em sigilo, é de que “não há provas contundentes nos autos a corroborar a versão acusatória”.

O promotor de justiça local, o acusador, portanto, concluiu que de fato houve relação sexual, mas não era possível provar que a vítima estava incapaz, nem que o réu tinha conhecimento dessa possível incapacidade.

O juiz Rudson Marcos, em sentença de 9 de setembro, também concluiu pela divergência de relatos (algumas testemunhas afirmaram que Mariana parecia normal, outras um pouco alterada pelo alcool) que não havia certeza sobre se Mariana estava ou não com capacidade de oferecer resistência.


“Diante da ausência de elementos probatórios capazes de estabelecer o juízo de certeza, mormente no tocante à ausência de discernimento para a prática do ato ou da impossibilidade de oferecer resistência, indispensáveis para sustentar uma condenação, decido a favor do acusado André de Camargo Aranha”, diz o texto.

Enfim que comece a treta
Toda história tem 3 lados: o lado de um, o lado do outro e o que realmente aconteceu.
 

Flame Vicious

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
33.852
Reações
75.975
Pontos
744
Até onde eu tinha lido (há semanas atrás) não haviam provas contra o rapaz e por isso ele teria sido inocentado. Não sei quais foram os desdobramentos do caso após isto.

Porém, independentemente do caso ter acontecido assim ou assado, "estupro culposo" é uma gambiarra jurídica e nunca deveria ser uma punição válida na lei. Isso não existe.
 

Leobs

Habitué da casa
Mensagens
75
Reações
169
Pontos
53
Esse caso está estranho demais, todas as provas (que eu vi) indicam que o acusado é inocente. Como os vídeos dela andando tranquilamente sem qualquer sinal de incapacidade e o exame toxicológico estava dando sem qualquer tipo de substâncias com todas as drogas testadas. Mas será que ainda tem alguma coisa que mostre que ela não estava em condições de consentir o ato? Claro, implicando que o exame toxicológico seja legítimo, mas os vídeos dela andando normalmente são reais. Agora essa de estupro culposo é um negócio que eu nunca vi, que bagulho zoado. Não consigo acreditar em mais ninguém.
 
Topo Fundo