O que há de Novo?
  • Novo tema VIP está disponível
    Visitante, um novo tema com fundo escuro agora está disponível para aqueles que contribuíram com doações ao fórum e têm o status VIP. Veja os detalhes aqui.


Engenharia Elétrica, o que vocês tem a dizer?

DitaParlo

Vamo se beja?
Mensagens
44.755
Reações
41.672
Pontos
1.064
Tesla;8988584 disse:
Me lembro quando fiz Cálculo A (Cálcuo I+II, anual); no primeiro dia de aula, nosso professor falou: "Dada a experiência que tenho em dar aula, especialmente pro pessoal que estuda à noite, já digo que uns 10% de vocês irão passar comigo." :lol

DITO E FEITO: no final do semestre, de uma turma de 70 alunos, apenas 7 passaram. Ainda bem que fui um deles. :-D

Obs: O Seph sabe de quem eu falo. [ksafado]
Eu tirei 3 na primeira prova dele e quase chorei sangue de alegria, estudei DEMAIS praquela prova, até o Subaru que é matemático me ajudou.

Mas não passei igual, ele dava ponto pra quem se metia na aula dele, e eu só dormia :p
 


Psycho Fox

Bam-bam-bam
Mensagens
5.041
Reações
479
Pontos
264
slartibartfast;8987829 disse:
Caramba, tu radicalizou. Acabou com todas as esperanças dos calouros. Não precisava assustar assim :-D

Só discordo de vc quando tu diz que tem que ser apaixonado pela área de atuação. A área de atuação das engenharias em geral é muito ampla, não há uma única opção de trabalho, mas sim várias e dos mais variados tipos. De engenheiro pesquisador até engenheiro de Campo existem muitos ramos de atuação.

O problema é que as pessoas entram pro curso pensando que vão viver em laboratórios com vários equipamentos fodônicos, vão visitar fábricas, testar máquinas e no projeto final vão montar um veículo pra andar na lua. Engenharia, pelo menos nos 5 períodos iniciais é só abstração, meio que um preparatório (e um preparatório bem tenso) pras matérias do ciclo profissional.

No resto eu concordo. Se que fazer Engenharia, seja qual ela for, tem que sentar o rabixo na cadeira e ficar horas (muitas horas), tentando aprender o que o professor tentou te ensinar, mas não conseguiu. O curso é muito ingrato e cansativo. Injustiça realmente tem muita, professores te reprovam facilmente por 0,3~0,2 pontos que vc não conseguiu alcançar nas provas.
Não falei nada sobre área de atuação profissional, que de fato há zilhares, mas sobre a área geral de conhecimento das exatas aplicadas à engenharia. Desse plano você nunca vai sair.
 

Sr.Haller

Bam-bam-bam
Mensagens
5.984
Reações
3.824
Pontos
414
Knives;8989130 disse:
Bom, pra ficar nas "grandes": Civil, Quimica e Computação em curso voltado a soft

Fora que tem Eng. de Pesca, Eng. Ambiental, Eng. Agricola...
Acho que entendo ao que vc se refere. O pai de um colega meu é engenheiro civil, só usa tabelas e não aplica o cálculo diretamente. Mas ele foi usado pra fazer o diabo da tabela. Sei lá, pra mim esse parece ser um profissional defasado.

Arthur, vc que é pedreiro, estou certo?

Todos os softwares de simulação, por exemplo de estruturas, que o eng. civil usar vão ter aquelas mesmas equações achadas por Euler, Gauss, Green etc... escritas nos códigos. Acho que saber o que se está fazendo é o mínimo.

Mas concordo que dá pra levar sim, sem conhecer.
 

pagodinhos

Veterano
Mensagens
542
Reações
71
Pontos
104
... Vou dizer que essa historia de que “tem que amar matemática e física” pra fazer engenharia é balela. Negocio é se esforçar, hoje aturo matemática e fisica numa boa. Só que nem de perto, essas matérias são o problema da engenharia. Professores, matérias do ciclo profissional, dificuldade de assimilar conteúdo em pouco tempo e pessoas que não gostam de ajudar são os piores problemas da engenharia.
A verdade foi dita aqui.:rox
 

slartibartfast

Bam-bam-bam
Mensagens
1.369
Reações
1.889
Pontos
224
Mr.Kane;8988414 disse:
Bom o meu caso é o contrário, curso uma particular, e concordo 100% que aqui a cobrança é um pouco menor, mas acredito que não seja opção da faculdade, esse clima é gerado pelos alunos, só porque pagamos alguns pensam que mandam na instituição que as coisas são como eles querem.

(...)

OBS: Desculpe os dois posts seguidos [kviraolho]
Sim, isso é verdade. Conheço pessoas que fazem particular e falam a mesma coisa. A cobrança não é opção da faculdade, mas sim pra que os alunos pagantes não desistam devido à dificuldade.

De qualquer forma, eu acho que a qualidade de um profissional não depende de ser formado em particular ou publica, a parada é dedicação, esforço, estudo. Pelo menos onde eu estudo, tem muita gente que não leva muito a sério. Como não precisa pagar e no outro periodo a matéria vai estar la, não se esforça e não passa.

victorcelleguin;8988629 disse:
Opa deixa eu pegar carona no topico e fazer uma perguntinha, estava ate pensando em abrir um novo pra isso, mas vai aqui mesmo..

Levando em consideraçao o mercado de trabalho futuro, Eletrica, Mecanica, Quimica e Ambiental e Alimentar, alguma delas nao valeria a pena ?
Prestei pra todas essas e, como sao federais, parece que nao posso estar matriculado em mais de um ao mesmo tempo, se alguem puder me ajudar a decidir.. obrigado obrigado

A um tempo atrás, saiu uma pesquisa falando que nos próximos 20 anos, o Brasil ia precisar de um total de 250.000 engenheiros de diversas áreas, pela demanda do mercado de trabalho (Eu não tenho o link dessa pesquisa, eu vi a um bom tempo já).

Eu posso falar sobre engenharia mecânica, pois to cursando. No instituto onde eu estudo sempre aparecem vagas de estágios e o pessoal que tá se formando não fica mais do que 6 meses desempregado não. Muita oportunidade de emprego surge nesses novos campos de petróleo ai, essa área tá bem em alta agora...
 

felipeski

Supra-sumo
Mensagens
4.331
Reações
11
Pontos
179
Macaulins;8987833 disse:
Acabei de me formar e agora sou engenheiro eletricista =)

Anyway, o curso é pesado. Mas como alguns já falaram, calculo não é a parte mais dificil. Eu particularmente achei mais complicado o estudo do Eletromagnetismo e Compatibilidades Eletromagnéticas. Aqui você precisa de todo o calculo que você aprendeu, mais todo o conceito de eletromagnetismo, com uma pitada de calculo vetorial.
Se não gostar realmente da área, não faça. Você não conseguirá, e se conseguir será somente +1.

Quanto ao mercado, bom tenho 23 anos, recem formado (me formei agora em dez/2011) e tenho um ótimo emprego (bom salário, boas condições, bons beneficios) e não me faltam ofertas de emprego. Desempregado eu não fico.
Estou trabalhando na área Naval e Off-Shore.

+1 dica... se quiser achar ou trocar de emprego, faça uma pós graduação (ou MBA, tanto faz)... isso é um celeiro de emprego, só tem patrão e oportunidades... ótimo para fazer networking...


Espero ter ajudado =)
Não teria sido melhor ter feito Efomm pra máquinas já que tu trabalha em off-shore?
 


Mr.Kane

Supra-sumo
Mensagens
1.054
Reações
493
Pontos
174
Sobre as reprovações, é bem comum mesmo. Aqui na minha universidade, em cálculo I, nossa professora falou que com ela reprovavam de 50 à 70% dos alunos. Passei tranquilo, se tivesse tirado 0,1 à mais em uma prova teria ficado com o conceito máximo. Se o cara tem facilidade em matemática e física tudo fica mais fácil, caso contrário será preciso mais esforços ainda. Agora quem não pode ver números na frente aconselho a buscar outras alternativas para não se arrepender e perder muito tempo estudando algo que irá abandonar depois.
 

Illidan

Bam-bam-bam
Mensagens
9.083
Reações
16.416
Pontos
409
Faça qualquer uma das "grandes" engenharias (elétrica, naval, civil, mecânica e nuclear) que você vai estar apto a disputar uma vaga em qualquer outro tipo de engenharia do ramo (ambiental, do trabalho, produção, etc.). Eu mesmo, sou eng. elétrico mas trabalho com engenharia de software. Até pouco tempo atras com automação.
 

rbregalda

Bam-bam-bam
Mensagens
7.830
Reações
8.104
Pontos
434
Illidan;8990420 disse:
Faça qualquer uma das "grandes" engenharias (elétrica, naval, civil, mecânica e nuclear) que você vai estar apto a disputar uma vaga em qualquer outro tipo de engenharia do ramo (ambiental, do trabalho, produção, etc.). Eu mesmo, sou eng. elétrico mas trabalho com engenharia de software. Até pouco tempo atras com automação.
Então você é um engenheiro que só funciona na tomada? [kdesconfia]
:lol

Mas pra quem pergunta, faz uns 4 anos que estou na área. Vale a pena, tem vaga pra muita gente ainda, só que tem que correr atrás. Não adianta pensar que é formar, passar num trainee e o futuro está garantido.
 

Alucard_Players

Bam-bam-bam
Mensagens
5.320
Reações
2.378
Pontos
419
John Frusciante;8982154 disse:
Amigos, gostaria de saber o que vocês acham desse curso, devo começá-lo em fevereiro e as poucas pessoas com quem conversei dizem ser o curso mais difícil de todos... além de que quem trabalha nessa área costuma receber menos que engs civis, químicos e mecânicos.

acho mecanica o mais dificil, sou civil, e desisti de eletrica para ir para civil na fei

mas eu vejo que o eng eletrico é um cara que em todas as industrias se faz necessario, acho inclusive que é uma das engenharias mais facil de arrumar emprego,

estive na area de eng da mercedes benz, e incrivelmente la , quase todos sao mecanicos e eletrico so tinha 1, pasmem
o cara era solicitado para tudo, enfim o planejamento sempre ficava na mao desse cara, trabalho nunca ia faltar

mas acho que civil deve ser o que pode ter mais emprego garantido

mas vai fundo cara, ser eletrico é BOM sim, otimo alias
 

Macaulins

Novato
Mensagens
17
Reações
1
Pontos
14
felipeski;8990275 disse:
Não teria sido melhor ter feito Efomm pra máquinas já que tu trabalha em off-shore?
Eu meio que cai nesta área. Bom resumindo:

Terminei meu curso técnico (eletrotécnica) e fui estagiar no CEPEL (Centro de Pesquisa de Energia Elétrica). Fiquei 1 ano como estagiario de nivel médio e meu big boss me intimou uma faculdade.
Comecei a eng. elétrica.
Como o CEPEL é federal, só com concurso. E só podia ficar 2 anos como estagiario, portanto fui degolado.
6 meses depois entrei como estagiario em minha empresa atual, para atuar no segmento de geração de energia.
Porém, devido a algumas jogadas do destino, acabei sendo efetivado para atuar na area Naval e Off-Shore.

E cá estou. Tentando seguir com a pós e crescer cada vez mais neste ramo que esta quente...


Err.. não é eng elétrico galera :lol
 

Mr.Kane

Supra-sumo
Mensagens
1.054
Reações
493
Pontos
174
Illidan;8990420 disse:
Faça qualquer uma das "grandes" engenharias (elétrica, naval, civil, mecânica e nuclear) que você vai estar apto a disputar uma vaga em qualquer outro tipo de engenharia do ramo (ambiental, do trabalho, produção, etc.). Eu mesmo, sou eng. elétrico mas trabalho com engenharia de software. Até pouco tempo atras com automação.
Concordo bastante com você, com exceção da civil. Como eu disse antes os engenheiros hoje devem ter um conhecimento muito amplo. Os cursos de engenharia deixam os engenheiros aptos a trabalhar em diversos setores, a principal diferença entre elas é a especialização pois a base do curso é a mesma para todas.

É importante lembrar os campos de atuação, ao meu ver seria algo mais ou menos assim:

Indústria (mecânica, elétrica, automação, software, nuclear, naval, aeronáutica, ambiental, produção, química, de qualidade etc.) Essas engenharias podem muitas vezes disputar as mesmas vagas.

A civil fica ligada apenas a construção civil, posso estar enganado, mas não creio que um eng.civil trabalhe na indústria, é claro que existem exceções, mas num geral acho que não.

Engenharia agrícola, agroindustrial etc. Bem vocês devem imaginar o campo de atuação.

Eng.Alimentos, florestal e de minas possuem áreas mais restritas.

Lembrem-se, existem exceções, isso que citei é o que acho o mais comum. Eu por exemplo faço mecânica e sonho em trabalhar na área de projetos ou de pesquisa, imaginem um cientista like a boss :rox
 

_DaNiLo__

Bam-bam-bam
Mensagens
9.912
Reações
3.033
Pontos
464
Mr.Kane;8993204 disse:
Concordo bastante com você, com exceção da civil. Como eu disse antes os engenheiros hoje devem ter um conhecimento muito amplo. Os cursos de engenharia deixam os engenheiros aptos a trabalhar em diversos setores, a principal diferença entre elas é a especialização pois a base do curso é a mesma para todas.

É importante lembrar os campos de atuação, ao meu ver seria algo mais ou menos assim:

Indústria (mecânica, elétrica, automação, software, nuclear, naval, aeronáutica, ambiental, produção, química, de qualidade etc.) Essas engenharias podem muitas vezes disputar as mesmas vagas.

A civil fica ligada apenas a construção civil, posso estar enganado, mas não creio que um eng.civil trabalhe na indústria, é claro que existem exceções, mas num geral acho que não.

Engenharia agrícola, agroindustrial etc. Bem vocês devem imaginar o campo de atuação.

Eng.Alimentos, florestal e de minas possuem áreas mais restritas.

Lembrem-se, existem exceções, isso que citei é o que acho o mais comum. Eu por exemplo faço mecânica e sonho em trabalhar na área de projetos ou de pesquisa, imaginem um cientista like a boss :rox
Faço civil e concordo contigo
O Eng civil ele trabalha numa industria praticamente dele apenas, que é a indústria civil.
Isto tem os 2 lados.
O bom é que não concorre com engenheiros das outras áreas (mecânico, elétrico, etc..)
O ruim é que se a indústria civil vai mal, ferra tudo para os eng civis.
Por enquanto vai bem, vamos ver até quando.
 

MestreBieL

Larva
Mensagens
4
Reações
2
Pontos
3
Senhores, sou Eletrotécnico e tenho um sonho de me tornar Eng Eletricista, no momento não tenho condições de bancar o curso, mas estou me esforçando para em breve começar, pesquiso bastante sobre o curso na internet e numa dessas pesquisas, encontrei vocês! Ví que esse tópico tem 5 anos... vocês autores dos comentários acima já estão formados??? Conte-nos o que aconteceu com vocês ao longo desses 5 anos.
 

DanteSCO

Supra-sumo
Mensagens
830
Reações
1.755
Pontos
183
Engenharia hoje em dia caiu bastante, tem muita gente desempregada e ganhando abaixo do piso,
Senhores, sou Eletrotécnico e tenho um sonho de me tornar Eng Eletricista, no momento não tenho condições de bancar o curso, mas estou me esforçando para em breve começar, pesquiso bastante sobre o curso na internet e numa dessas pesquisas, encontrei vocês! Ví que esse tópico tem 5 anos... vocês autores dos comentários acima já estão formados??? Conte-nos o que aconteceu com vocês ao longo desses 5 anos.
Se não pode bancar tenta o FIES é bem fácil de passar
 

MestreBieL

Larva
Mensagens
4
Reações
2
Pontos
3
Não sou não, comecei mecânica, mas pelo que vejo mercado tá um lixo, não sei se vou continuar
Então brother, se vc faz engenharia visando apenas retorno financeiro e não por paixão... realmente cuidado pra não acabar forçando e se tornando uma pessoa frustrada, ainda que seja um bom profissional.
 

DanteSCO

Supra-sumo
Mensagens
830
Reações
1.755
Pontos
183
Então brother, se vc faz engenharia visando apenas retorno financeiro e não por paixão... realmente cuidado pra não acabar forçando e se tornando uma pessoa frustrada, ainda que seja um bom profissional.
A profissão que eu sempre tive vontade de seguir foi Engenharia, nunca pensei só no financeiro eu gosto demais de tecnologia e máquinas, só que eu não sou masoquista, eu tô ralando agora pra poder ficar mais tranquilo no futuro, e eu não tô falando o mercado apenas no sentido financeiro no de oportunidades também
 

MestreBieL

Larva
Mensagens
4
Reações
2
Pontos
3
A profissão que eu sempre tive vontade de seguir foi Engenharia, nunca pensei só no financeiro eu gosto demais de tecnologia e máquinas, só que eu não sou masoquista, eu tô ralando agora pra poder ficar mais tranquilo no futuro, e eu não tô falando o mercado apenas no sentido financeiro no de oportunidades também
Humm entendo!
Bons estudos pra ti! Um abraço
 

zeadbanger

Supra-sumo
Mensagens
838
Reações
1.692
Pontos
183
Formei ano passado em Elétrica. Como o país tá muito ruim de emprego passei a me dedicar a concursos.

Sent from my SM-G900W8 using Tapatalk
 

Mr.Kane

Supra-sumo
Mensagens
1.054
Reações
493
Pontos
174
Senhores, sou Eletrotécnico e tenho um sonho de me tornar Eng Eletricista, no momento não tenho condições de bancar o curso, mas estou me esforçando para em breve começar, pesquiso bastante sobre o curso na internet e numa dessas pesquisas, encontrei vocês! Ví que esse tópico tem 5 anos... vocês autores dos comentários acima já estão formados??? Conte-nos o que aconteceu com vocês ao longo desses 5 anos.
Amigo, recebi uma notificação de conversa sua por e-mail...
Já fazem anos que abandonei o fórum, mas por você mostrar interesse na engenharia resolvi lhe responder...

Não, não fiz engenharia elétrica, fazem 5 anos deste meu post e acabei optando pela engenharia mecânica. No final deste ano me formo com 23 anos em uma universidade particular. Durante todo este período trabalhei na área, de estágio passei para assistente de engenharia. Abandonei o emprego por um estágio em uma multinacional brasileira, líder de seu mercado na América Latina e uma das referências mundiais em seu segmento. Deste estágio fui efetivado no inicio deste ano como projetista. Estou com um salário de razoável para bom. No momento é mais do que suficiente para me agradar, visto que em comparação com amigos e colegas do segmento estou entre os top remunerados...

A respeito do curso, engenharia de forma geral é para te deixar louco... Esqueça essa história de cálculo isso, cálculo aquilo... Pelo menos na mecânica a parte de cálculo (similar com os cursos de matemática e engenharias gerais) são extremamente fáceis. Quando entramos na parte de fluxo de fluídos, termodinâmica e simulações numéricas o bixo pega... Sei que a engenharia elétrica tem segmentos ainda mais complexos... Portanto se é o que você deseja, para ter sucesso pode se preparar para abandonar fins de semana e somar diversas horas bunda na cadeira, cabeça baixa e estudo.

Espero que tenha lhe ajudado!
 

Jhon titor

Bam-bam-bam
Mensagens
2.366
Reações
5.394
Pontos
303
Rescussitando este tópico pra não precisar fazer um outro. Alguém sabe como resolver esta questão de concurso em específico?
83151
 

Rayzen_X

Bam-bam-bam
Mensagens
2.530
Reações
2.789
Pontos
304
A maioria dos Engenheiros Eletricistas que conheço, trabalham com TI. Se isso é bom ou ruim, tire suas conclusões.
 

roberval999

Bam-bam-bam
Mensagens
1.727
Reações
4.556
Pontos
303
a galera do começo do tópico conseguiu concluir? queria começar mas do jeito que falam que é difícil até desamina, ainda mais que minha base do ensino médio é quase nulo.
 

Lacerda Yawara

Bam-bam-bam
Mensagens
5.003
Reações
8.436
Pontos
353
A maioria dos Engenheiros Eletricistas que conheço, trabalham com TI. Se isso é bom ou ruim, tire suas conclusões.
Agora que o crea usurpou a posição de engenheiro de software vai ser mais uma reserva de mercado pra eles
Brasil o pais onde eletricista pode ser engenheiro de software mas cientista da computação não huehueheuheuehueu.
 

Rayzen_X

Bam-bam-bam
Mensagens
2.530
Reações
2.789
Pontos
304
Agora que o crea usurpou a posição de engenheiro de software vai ser mais uma reserva de mercado pra eles
Brasil o pais onde eletricista pode ser engenheiro de software mas cientista da computação não huehueheuheuehueu.
Tem certeza disso? Engenharia de Software normalmente são pós graduações que qualquer um da área de exatas pode fazer e até onde eu sei não é uma profissão regulamentada.

Quando eu fiz mestrado em ciência da computação, tinha a linha de Engenharia de Software (eu fiz a linha de IA) e nessa linha se estudava softwares de baixo nível para FPGA, PIC, ARM, GPU, essas coisas, o que até se aproxima a Engenharia Eletrica de fato.
 

Lacerda Yawara

Bam-bam-bam
Mensagens
5.003
Reações
8.436
Pontos
353
Tem certeza disso? Engenharia de Software normalmente são pós graduações que qualquer um da área de exatas pode fazer e até onde eu sei não é uma profissão regulamentada.

Quando eu fiz mestrado em ciência da computação, tinha a linha de Engenharia de Software (eu fiz a linha de IA) e nessa linha se estudava softwares de baixo nível para FPGA, PIC, ARM, GPU, essas coisas, o que até se aproxima a Engenharia Eletrica de fato.
Ano passado.
 

carlos222

Veterano
Mensagens
681
Reações
917
Pontos
134
Já tava achando estranho a primeira página só elogios...
Aí vejo que o tópico é de 2012, um universo paralelo praticamente.
 
Topo