O que há de Novo?
  • Novo tema VIP está disponível
    Visitante, um novo tema com fundo escuro agora está disponível para aqueles que contribuíram com doações ao fórum e têm o status VIP. Veja os detalhes aqui.


Executivo apresenta PEC feita por Guedes para acabar com inscrição obrigatória na OAB para exercício da advocacia

ptsousa

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
48.997
Reações
135.067
Pontos
814
A inscrição obrigatória de trabalhadores em alguns conselhos de classe, como o Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil, pode chegar ao fim. É o que diz uma Proposta de Emenda à Constituição apresentada pelo ministro da Economia, Paulo Guedes.

Na justificativa, consta que os conselhos profissionais não integram a estrutura da Administração Pública, por isso, a inscrição não pode ser condição para o exercício profissional. A medida também afasta, definitivamente, qualquer hipótese de equiparação da organização dos conselhos profissionais às autarquias integrantes da Administração Pública.

"Conselhos são entidades privadas sem fins lucrativos que atuam em colaboração com o poder público, às quais se aplicam as regras do direito privado e a legislação trabalhista", diz trecho da proposta.

De acordo com Guedes, cumpre ao Poder Público disciplinar tão somente as hipóteses de interesse da coletividade em que se justifica a regulamentação e fiscalização mediante a criação de conselhos profissionais.

"São entidades privadas sem fins lucrativos que atuam em colaboração com o poder público. Nos últimos anos, entretanto, a questão envolvendo a natureza jurídica dos conselhos profissionais repercutiu dentro da Administração, tendo surgido na jurisprudência entendimentos díspares, alguns contrários ao entendimento defendido por este Ministério, classificando os conselhos profissionais na categoria de autarquias pertencentes à Administração Pública", diz a proposta.

Para Guedes, independentemente de discussões formais sobre a natureza jurídica dos conselhos profissionais, "considera-se fundamental o entendimento sobre o papel dessas organizações para a coletividade, o que justifica a sua relação com o Poder Público".

Análise
A OAB afirmou à Conjur que está fazendo uma análise técnica e jurídica sobre a proposta apresentada.


Clique aqui para ler a íntegra da PEC.


https://www.conjur.com.br/2019-jul-15/guedes-apresenta-pec-acabar-inscricao-obrigatoria-oab?utm_source=dlvr.it&utm_medium=twitter


Daí, o passo natural é a abertura de outras entidades de classe, que servem como certificadoras, para que o profissional escolha qual se filiar.

 


ffaabbiio

Ei mãe, 500 pontos!
VIP
Mensagens
11.161
Reações
20.495
Pontos
594
Mas não é só pra OAB né? Minha esposa é psicóloga e todo ano tem que pagar uma taxa de uns 500 reais pra manter seu registro em dia.

Enviado de meu Redmi Note 7 usando o Tapatalk
 

Aoshi

Bam-bam-bam
Mensagens
8.880
Reações
10.157
Pontos
414
CRM tbm nai vai ser mais exigido? É quando um médico faz merda, o que acontece? Vai ser expulso do... Eh não tem, então deixa assim.

Aaaah mas aí os hospitais são vão contratar quem tiver CRM. Sim ai justifica ainda mais fazer maracutaia entre o CRM e os mais diversos hospitais, fora que picareta vai ter para tudo que eh lado, não só em hospitais.

Mas enfim, isso só parece ser absurdo para as outras entidades, para os advogados é só mais do mesmo
 

johnhartigan

Bam-bam-bam
Mensagens
1.897
Reações
7.828
Pontos
268
CRM tbm nai vai ser mais exigido? É quando um médico faz merda, o que acontece? Vai ser expulso do... Eh não tem, então deixa assim.

Aaaah mas aí os hospitais são vão contratar quem tiver CRM. Sim ai justifica ainda mais fazer maracutaia entre o CRM e os mais diversos hospitais, fora que picareta vai ter para tudo que eh lado, não só em hospitais.

Mas enfim, isso só parece ser absurdo para as outras entidades, para os advogados é só mais do mesmo
Até concordo com o tal do "CRM", afinal, ali estamos lidando com a vida de uma pessoa, entretanto o orgão CRM também nunca afasta e nem tira o direito do médico de nada, mesmo fazendo cagada atrás de cagada, temos vários casos. No caso poderia ser criado outro vínculo para saber se o médico está apto, não que a justiça irá fazer diferente do CRM, enfim, deveria ser como o sindicato, paga quem quer.
 


ptsousa

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
48.997
Reações
135.067
Pontos
814
CRM tbm nai vai ser mais exigido? É quando um médico faz merda, o que acontece? Vai ser expulso do... Eh não tem, então deixa assim.

Aaaah mas aí os hospitais são vão contratar quem tiver CRM. Sim ai justifica ainda mais fazer maracutaia entre o CRM e os mais diversos hospitais, fora que picareta vai ter para tudo que eh lado, não só em hospitais.

Mas enfim, isso só parece ser absurdo para as outras entidades, para os advogados é só mais do mesmo
Até concordo com o tal do "CRM", afinal, ali estamos lidando com a vida de uma pessoa, entretanto o orgão CRM também nunca afasta e nem tira o direito do médico de nada, mesmo fazendo cagada atrás de cagada, temos vários casos. No caso poderia ser criado outro vínculo para saber se o médico está apto, não que a justiça irá fazer diferente do CRM, enfim, deveria ser como o sindicato, paga quem quer.
O texto diz:

Artigo único. A Constituição passa a vigorar com as seguintes alterações:

“Art. 174-A. A lei não estabelecerá limites ao exercício de atividades profissional ou obrigação de inscrição em conselho profissional sem que a ausência de regulação caracterize risco de dano concreto à vida, à saúde, à segurança ou à ordem social.” (NR)

“Art. 174-B. Os conselhos profissionais são pessoas jurídicas de direito privado, sem fins lucrativos, que atuam em colaboração com o Poder Público.

§ 1º O pessoal dos conselhos profissionais sujeita-se às regras da legislação trabalhista.
§ 2º Lei federal disporá sobre as seguintes matérias relativas aos conselhos profissionais:
I - a criação;
II - os princípios de transparência aplicáveis;
III - a delimitação dos poderes de fiscalização e de aplicação de sanções; e
IV - o valor máximo das taxas, das anuidades e das multas.
§ 3º É vedado aos conselhos profissionais promover, facilitar ou influenciar a adoção de práticas anticompetitivas em sua área de atuação.
§ 4º A imunidade de que trata a alínea “c” do inciso VI do caput e o § 4º do art. 150 se estende aos conselhos profissionais.” (NR)


CRM estaria coberto pelo "risco de dano concreto à vida/saúde"

Para a OAB, nada disso se encaixa. Agora profissões como a medicina podem ter outros Conselhos que certifiquem o profissional.
 

Aoshi

Bam-bam-bam
Mensagens
8.880
Reações
10.157
Pontos
414
O texto diz:

Artigo único. A Constituição passa a vigorar com as seguintes alterações:

“Art. 174-A. A lei não estabelecerá limites ao exercício de atividades profissional ou obrigação de inscrição em conselho profissional sem que a ausência de regulação caracterize risco de dano concreto à vida, à saúde, à segurança ou à ordem social.” (NR)

“Art. 174-B. Os conselhos profissionais são pessoas jurídicas de direito privado, sem fins lucrativos, que atuam em colaboração com o Poder Público.

§ 1º O pessoal dos conselhos profissionais sujeita-se às regras da legislação trabalhista.
§ 2º Lei federal disporá sobre as seguintes matérias relativas aos conselhos profissionais:
I - a criação;
II - os princípios de transparência aplicáveis;
III - a delimitação dos poderes de fiscalização e de aplicação de sanções; e
IV - o valor máximo das taxas, das anuidades e das multas.
§ 3º É vedado aos conselhos profissionais promover, facilitar ou influenciar a adoção de práticas anticompetitivas em sua área de atuação.
§ 4º A imunidade de que trata a alínea “c” do inciso VI do caput e o § 4º do art. 150 se estende aos conselhos profissionais.” (NR)


CRM estaria coberto pelo "risco de dano concreto à vida/saúde"

Para a OAB, nada disso se encaixa. Agora profissões como a medicina podem ter outros Conselhos que certifiquem o profissional.
Ah sim, e o exercício da advocacia não trás riscos a segurança e principalmente a ordem social.

Sério, eh un tiro no pé.

Façam isso e em um ano todo mundo terá uma ação na justiça, vão estar sendo todo mundo processado, a ação vai demorar mais ainda e, a cereja do bolo, vão precisar contratar mais funcionários públicos pro judiciário
 

Aoshi

Bam-bam-bam
Mensagens
8.880
Reações
10.157
Pontos
414
E antes que digam, sim de certa forma eh uma reserva de mercado, mas essa reserva eh justamente para ajustar algo que não eh feito pelo MEC. Falta muita fiscalização do MEC nas faculdades de direito, hoje em dia qualquer um abre uma faculdade.

Se alguém vier com um projeto de ser mais rígido com a abertura de novas faculdades e com a fiscalização e daqui, sei lá, 10 anos não precisar mais de OAB eu apoio totalmente.

Do jeito que está hoje eh uma sandice sem tamanho.

E sempre lembrando para quem não concorda comigo, vão aumentar o número de funcionários públicos, seja nesse governo ou seja no futuro
 

Johnzim

Bam-bam-bam
Mensagens
7.306
Reações
15.113
Pontos
369
Sou advogado e vejo isso com algumas ressalvas.

Em relação à prova da OAB, acho necessária. Quem se forma em direito não se forma advogado. A faculdade tem objetivo de preparar a pessoa para entender uma lei: saber ler, identificar os pontos principais e saber como interpretar. Advocacia é bem diferente disto. Tem gente que nunca vai passar numa prova da OAB porque simplesmente não sabe organizar ideias legais em uma petição. Então a advocacia não é para todo mundo.

Em relação aos conselhos de fiscalização, tem que dar uma ponderada. Não parece, mas alguns fazem trabalhos importantes. Conselho serve pra fiscalizar a própria atividade dos profissionais. Já tive contato com alguns conselhos mais de perto e, cara, a quantidade de gente que faz merda (por exemplo, relacionada a questões sanitárias) é um absurdo. Extinguir um Conselho é jogar nas costas de um Município ou Estado a tarefa de fiscalização. Mas não nego que os conselhos precisam de muito (muito mesmo) mais transparência.

Enviado de meu Moto X Play usando o Tapatalk
 

johnhartigan

Bam-bam-bam
Mensagens
1.897
Reações
7.828
Pontos
268
Ah sim, e o exercício da advocacia não trás riscos a segurança e principalmente a ordem social.

Sério, eh un tiro no pé.

Façam isso e em um ano todo mundo terá uma ação na justiça, vão estar sendo todo mundo processado, a ação vai demorar mais ainda e, a cereja do bolo, vão precisar contratar mais funcionários públicos pro judiciário
Até concordo, mas pelo que entendi ainda terá o exame, ou não? O que se tira é a obrigatoriedade de ser filiado a OAB. Estou certo ou entendi errado?
 

ptsousa

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
48.997
Reações
135.067
Pontos
814
Ah sim, e o exercício da advocacia não trás riscos a segurança e principalmente a ordem social.

Sério, eh un tiro no pé.

Façam isso e em um ano todo mundo terá uma ação na justiça, vão estar sendo todo mundo processado, a ação vai demorar mais ainda e, a cereja do bolo, vão precisar contratar mais funcionários públicos pro judiciário
Coloquei o texto para análise mesmo.

Não acho que vá acabar a obrigatoriedade de ser certificado. STF certamente emite uma decisão dizendo que a OAB se encaixa nesses quesitos, caso o Gov. Federal não faça.


O ponto maior é abrir para que outras entidades certificadoras apareçam, aí o profissional escolhe qual entidade ele se associa e cumpre os requisitos (no caso da OAB, prova + anuidade) para entrar na devida entidade.


Já faz tempo que o governo dá indícios que quer atacar esse monopólio e simbiose especialmente da OAB com o Poder Público.
 

Megaretro

Habitué da casa
Mensagens
261
Reações
356
Pontos
98
Não passará, ainda mais, por tratar-se de uma PEC. A OAB é muito forte nos bastidores.
 

Ovelha_Quaker

Bam-bam-bam
Mensagens
3.647
Reações
3.167
Pontos
339
Concordo desde que mantenha o exame. E, por incrível que pareça, a OAB é menos pior que muitos outros órgãos de classe tipo CREA, etc que mais atrapalham que ajudam o profissional.
 

Chris Redfield

Bam-bam-bam
Mensagens
9.703
Reações
5.298
Pontos
484
Com taxa de reprovação de mais de 80% imagina o nível dos advogados que vão inundar o mercado se isso passar.
 

Summo

Bam-bam-bam
Mensagens
952
Reações
1.835
Pontos
204
Eles estão propondo a PEC justamente porque sabem que não vai atingir a OAB, na forma em que está redigida. Não iam comprar essa briga.

Vejam bem: o STF já decidiu que a OAB não é um mero conselho profissional, com natureza jurídica de autarquia, como todos os outros Conselhos Profissionais (ADI 3.026/DF), mas uma entidade ímpar, sui generis, instituída pela Constituição.

Vejam o que consta na ementa do julgamento.

"7. A Ordem dos Advogados do Brasil, cujas características são autonomia e independência, não pode ser tida como congênere dos demais órgãos de fiscalização profissional. A OAB não está voltada exclusivamente a finalidades corporativas. Possui finalidade institucional."

Em outras palavras: o que está disposto nessa PEC nem sequer se aplica à OAB, porque ela não é um conselho profissional com os outros.

Se alguém entender diferente disso depois de uma eventual aprovação... o STF resolve com uma canetada.
 

♈he Øne

Bam-bam-bam
Mensagens
3.129
Reações
10.164
Pontos
303
A parte mais legal de quem a continuidade da OAB é Vai entrar um monte de gente que não sabe nada, mas isso serve literalmente para qualquer profissão.

Exemplo: "Não pôde liberar a profissão de padeiro para qualquer um. Oras, se já imaginou um monte de gente inundando o mercado sem saber fazer pão ? Já pensou o cara envenenar alguém ?"

E pode trocar por qualquer outra profissão. Se vai ver o quão ridículo é esse argumento.
 

Aoshi

Bam-bam-bam
Mensagens
8.880
Reações
10.157
Pontos
414
A parte mais legal de quem a continuidade da OAB é Vai entrar um monte de gente que não sabe nada, mas isso serve literalmente para qualquer profissão.

Exemplo: "Não pôde liberar a profissão de padeiro para qualquer um. Oras, se já imaginou um monte de gente inundando o mercado sem saber fazer pão ? Já pensou o cara envenenar alguém ?"

E pode trocar por qualquer outra profissão. Se vai ver o quão ridículo é esse argumento.
Seu argumento eh muito mais ridículo. Para fazer pão tu precisa de quipamentos, precisa de uma cozinha e etc.

Para ser advogado basta ter um computador (nem impressora precisa mais, que agora a maioria dos processos eh eletrônico). Eh bem diferente.

Ainda, quanto a questão do padeiro, há a vigilância sanitária que teoricamente deveria fiscalizar se o pão segue o mínimo dos parâmetros. Do advogado vai ter o que? Nada.
 

Beren_

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
12.800
Reações
26.705
Pontos
553
A reserva de mercado vai continuar.
Nego vai continuar em pais subdesenvolvido para sempre pagando privilegio de alguns trabalharem e outros não, e achando que ta tudo certo.

Ah eu me divirto.
 

Aoshi

Bam-bam-bam
Mensagens
8.880
Reações
10.157
Pontos
414
Enfim, não gosto muito de tratar desse assunto pq sou de direita e defender intervenção estatal eh coisa de canhoto.

No entanto, só quem vive isso eh que sabe o quanto será ruim.

Se hoje já temos advogado convencendo clientes a ingressar com ação pq tropeçou na calçada do vizinho, imagina se isso for aprovado.
 

Beren_

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
12.800
Reações
26.705
Pontos
553
E antes que digam, sim de certa forma eh uma reserva de mercado, mas essa reserva eh justamente para ajustar algo que não eh feito pelo MEC. Falta muita fiscalização do MEC nas faculdades de direito, hoje em dia qualquer um abre uma faculdade.

Se alguém vier com um projeto de ser mais rígido com a abertura de novas faculdades e com a fiscalização e daqui, sei lá, 10 anos não precisar mais de OAB eu apoio totalmente.

Do jeito que está hoje eh uma sandice sem tamanho.

E sempre lembrando para quem não concorda comigo, vão aumentar o número de funcionários públicos, seja nesse governo ou seja no futuro
Cara. Voce está pedindo regulamentação porque uma regulamentação é supostamente falha.
Se a regulamentação do MEC falha, temos que ter outra em cima, e por que não outra depois então? E outra?

O argumento de que "vai encher de advogado" parte de uma falacia de petição de principio, pois voce já argumenta que seria ruim muitos advogados baseado em assumir que ter muitos advogados seria ruim. Ou seja, sua premissa já se baseia na sua conclusão. Trazendo então um viés de confirmação.

Se houverem muitos advogados e OAB não regula preços também como ela atualmente regula. Voce terá mais pessoas com acesso a advogados. E qual problema disso?
"ah todos vão sair metendo processo".
Não, isso só ocorre quando existe GRATUIDADE DE JUSTIÇA. Porque em principio, algo que não tem custo, que eh de graça, todos querem/usam o máximo possível. Se você põe custo, em geral quem tem causa justa/acha que pode ganhar realmente, vai processar.
A motivo de termos muitos bachareis em direito, é principalmente porque concursos públicos que exigem conhecimento em direito, pagam muito bem e tem a questão da segurança. Acaba com essa segurança e voce verá os números cairem.
Na e poca da odebreth e outras empreiteiras fazendo obras estatais a rodo (de corrupção), vimos um aumento no numero de engenheiros tambem. Pois existia um sinal econômico de que engenheiros era uma profissão que pagava bem

Sua premissa de aumento de funcionários públicos é falsa, até porque a muito tempo a justiça não dá conta do volume de processos na situação atual.

Jogando para outras areas. Seria um problema ter "mais médicos"? Temos uma quantidade enorme de pessoas sem atendimento médico.
Estou falando de médicos formados, com residencia feita, etc.
Hoje, o estado regula quantas pessoas podem estudar medicina limitando os cursos.

Mais médicos tendem a baixar custos de consultas, que se não em engano é regulado. E teriamos mais pessoas atendidas.
E devido a concorrência, muitos sim se filiariam a orgãos que dão uma certificação.

Em essência, ninguém deveria ser impedido de trabalhar licitamente. Se a pessoa é apta a desenvolver a profissão, devemos nos livrar dessa reserva de mercado.
 

Lost Brother

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
14.030
Reações
19.846
Pontos
554
Discordo totalmente. São necessários os conselhos para atestar a capacidade de exercer a profissão, pessoas leigas não tem os conhecimentos pra isso. Ainda mais quando se trata da área da saúde, onde inundar o mercado de profissionais vindos de faculdade com cursos ruins é nocivo a sociedade. Um erro de um médico pode custar a vida (ou causar dano irreversivel) ao paciente.

Enviado de meu Moto C Plus usando o Tapatalk
 

DarkShade

The claw of patience
Membro STAFF
Mensagens
15.603
Reações
18.246
Pontos
684
CRM tbm nai vai ser mais exigido? É quando um médico faz merda, o que acontece? Vai ser expulso do... Eh não tem, então deixa assim.

Aaaah mas aí os hospitais são vão contratar quem tiver CRM. Sim ai justifica ainda mais fazer maracutaia entre o CRM e os mais diversos hospitais, fora que picareta vai ter para tudo que eh lado, não só em hospitais.

Mas enfim, isso só parece ser absurdo para as outras entidades, para os advogados é só mais do mesmo
O registro do médico para exercer a função não tem nada a ver com o conselho existir ou não, a prática da medicina se for mal feita, se perde o registro, mas isso não condiz com a obrigatoriedade da existência do conselho, você está ligando aspectos que não necessariamente são obrigatórios para existir.

Eu cito por exemplo a lei da falência,onde a pessoa que está em tal processo fica impedida de exercer as funções de empresário e dono, não há nenhum conselho para determinar isso e sim a lei.

Discordo totalmente. São necessários os conselhos para atestar a capacidade de exercer a profissão, pessoas leigas não tem os conhecimentos pra isso. Ainda mais quando se trata da área da saúde, onde inundar o mercado de profissionais vindos de faculdade com cursos ruins é nocivo a sociedade. Um erro de um médico pode custar a vida (ou causar dano irreversivel) ao paciente.

Enviado de meu Moto C Plus usando o Tapatalk
Desde quando o CRM previne médicos ruins de exercer sua função e cometer erros banais, como esquecer objetos dentro do paciente?
 

King Macbeth

Habitué da casa
Mensagens
386
Reações
351
Pontos
63
Todo mundo sabe que sem a OAB e sua prova o Brasil entraria em um caos social. Fogo nas ruas, assaltos a luz do dia, inflação, apenas jogos da EA seriam permitidos, etc...

Tenho certeza que o STF nos protegera disso e impedirá esse golpe em tão admirável instituição.
 

Godot

Bam-bam-bam
Mensagens
9.909
Reações
27.452
Pontos
374
Discordo totalmente. São necessários os conselhos para atestar a capacidade de exercer a profissão, pessoas leigas não tem os conhecimentos pra isso. Ainda mais quando se trata da área da saúde, onde inundar o mercado de profissionais vindos de faculdade com cursos ruins é nocivo a sociedade. Um erro de um médico pode custar a vida (ou causar dano irreversivel) ao paciente.

Enviado de meu Moto C Plus usando o Tapatalk
Mas usar o REVALIDA para médicos Cubanos é perseguição né? :obrigue
 

Johnzim

Bam-bam-bam
Mensagens
7.306
Reações
15.113
Pontos
369
Discordo totalmente. São necessários os conselhos para atestar a capacidade de exercer a profissão, pessoas leigas não tem os conhecimentos pra isso. Ainda mais quando se trata da área da saúde, onde inundar o mercado de profissionais vindos de faculdade com cursos ruins é nocivo a sociedade. Um erro de um médico pode custar a vida (ou causar dano irreversivel) ao paciente.

Enviado de meu Moto C Plus usando o Tapatalk
Todos os Conselhos de Fiscalização exigem apenas o diploma/comprovante de conclusão de curso para inscrição do profissional.
Só a OAB tem, além destes, a aprovação na prova como requisito.
 

xDoom

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
22.549
Reações
121.751
Pontos
589
Sem zoeira, eu enviei uma ideia dessa pra uma deputada do PSL daqui tem uns 2 meses.

Paulo Guedes, te amo.

Sobre a OAB, já expliquei no outro tópico. Você paga 1k por ano sem retorno algum e sem real transparência. Quando eu morava no interior eu não via eles fazerem nada com essa anuidade, aqui na capital pelo menos tem umas vans que levam os advogados de um fórum por outro mas quem paga isso é justamente o advogado do interior pra eu me locomover.

Por mim que a OAB continue aplicando a prova injusta deles, depois de aprovado o sujeito estaria apto pra advogar.
 

Land Stalker

Ei mãe, 500 pontos!
VIP
Mensagens
18.164
Reações
59.699
Pontos
554
Que cagada. E digo mais. Que cagada.

Já tá uma bosta com exame, tinha mais é que reduzir as faculdades de direito em uns 90%.

Agora, vão liberar geral pra semi analfabeto.
 

Land Stalker

Ei mãe, 500 pontos!
VIP
Mensagens
18.164
Reações
59.699
Pontos
554
Sou advogado e vejo isso com algumas ressalvas.

Em relação à prova da OAB, acho necessária. Quem se forma em direito não se forma advogado. A faculdade tem objetivo de preparar a pessoa para entender uma lei: saber ler, identificar os pontos principais e saber como interpretar. Advocacia é bem diferente disto. Tem gente que nunca vai passar numa prova da OAB porque simplesmente não sabe organizar ideias legais em uma petição. Então a advocacia não é para todo mundo.

Em relação aos conselhos de fiscalização, tem que dar uma ponderada. Não parece, mas alguns fazem trabalhos importantes. Conselho serve pra fiscalizar a própria atividade dos profissionais. Já tive contato com alguns conselhos mais de perto e, cara, a quantidade de gente que faz merda (por exemplo, relacionada a questões sanitárias) é um absurdo. Extinguir um Conselho é jogar nas costas de um Município ou Estado a tarefa de fiscalização. Mas não nego que os conselhos precisam de muito (muito mesmo) mais transparência.

Enviado de meu Moto X Play usando o Tapatalk
E isso que a prova nem é difícil como dizem.

Com um mínimo de esforço, passa, sem drama nenhum. Tem nada de "prova injusta", isso é desculpa esfarrapada. É mamão com açúcar.

Se o camarada nem isso consegue, tem que repensar o que quer da vida.
 
Topo