O que há de Novo?
  • Novo tema VIP está disponível
    Visitante, um novo tema com fundo escuro agora está disponível para aqueles que contribuíram com doações ao fórum e têm o status VIP. Veja os detalhes aqui.


[Flamengo] Tópico OFICIAL do Mengão Fuderoso



SirSerius

Veterano
Mensagens
564
Reações
968
Pontos
108
Flamengo ou São Paulo? Justiça determina que a CBF decida destino da Taça das Bolinhas
Entidade deverá decidir sobre qual dos clubes ficará com o troféu
O Globo


14/05/2019 - 20:50 / Atualizado em 14/05/2019 - 23:59
O time do Flamengo que venceu o módulo verde do Brasileiro em 1987 Foto: Arquivo


O time do Flamengo que venceu o módulo verde do Brasileiro em 1987
Foto: Arquivo

O Campeonato Brasileiro de 1987 ainda não terminou. Nesta terça-feira, a juíza Cristina de Araújo Goes Lajchter, da 50ª Vara Cível do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro (TJRJ), determinou que a Taça das Bolinhas seja devolvida à CBF. Desde 2017, o alvo da briga judicial entre Flamengo e Sport estava em posse da Caixa Econômica Federal.

Em março, após trânsito em julgado do recurso do Fla contra o rubro-negro pernambucano, a maioria dos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) negou recurso do clube carioca. Como o Fla perdera o recurso, caso não haja novos desdobramentos, é o São Paulo quem deve receber a Taça das Bolinhas. O troféu, feito em 1975, deveria ser entregue ao primeiro clube que vencesse três vezes seguidas ou alternadas o Campeonato Brasileiro.
No entanto, desde 2007, por conta da briga judicial do título de 1987, a entrega da Taça das Bolinhas também tem sido discutida na Justiça. Agora, cabe à CBF a decisão.

https://oglobo.globo.com/esportes/flamengo-ou-sao-paulo-justica-determina-que-cbf-decida-destino-da-taca-das-bolinhas-23665750

----

Eu vou morrer e essa BRIGA de 87, continuará sem FIM!...

---

Fla 2 x 1 Curicas (HOJE)

---

Já to acordado pro JOGO!
[]´s
 

Efterklang

Supra-sumo
Mensagens
708
Reações
1.043
Pontos
193
Flamengo ou São Paulo? Justiça determina que a CBF decida destino da Taça das Bolinhas
Entidade deverá decidir sobre qual dos clubes ficará com o troféu
O Globo


14/05/2019 - 20:50 / Atualizado em 14/05/2019 - 23:59
O time do Flamengo que venceu o módulo verde do Brasileiro em 1987 Foto: Arquivo


O time do Flamengo que venceu o módulo verde do Brasileiro em 1987
Foto: Arquivo

O Campeonato Brasileiro de 1987 ainda não terminou. Nesta terça-feira, a juíza Cristina de Araújo Goes Lajchter, da 50ª Vara Cível do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro (TJRJ), determinou que a Taça das Bolinhas seja devolvida à CBF. Desde 2017, o alvo da briga judicial entre Flamengo e Sport estava em posse da Caixa Econômica Federal.

Em março, após trânsito em julgado do recurso do Fla contra o rubro-negro pernambucano, a maioria dos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) negou recurso do clube carioca. Como o Fla perdera o recurso, caso não haja novos desdobramentos, é o São Paulo quem deve receber a Taça das Bolinhas. O troféu, feito em 1975, deveria ser entregue ao primeiro clube que vencesse três vezes seguidas ou alternadas o Campeonato Brasileiro.
No entanto, desde 2007, por conta da briga judicial do título de 1987, a entrega da Taça das Bolinhas também tem sido discutida na Justiça. Agora, cabe à CBF a decisão.

https://oglobo.globo.com/esportes/flamengo-ou-sao-paulo-justica-determina-que-cbf-decida-destino-da-taca-das-bolinhas-23665750

----

Eu vou morrer e essa BRIGA de 87, continuará sem FIM!...

---

Fla 2 x 1 Curicas (HOJE)

---

Já to acordado pro JOGO!
[]´s
Vamos
3 pontos
87 é nosso
CBF Câncer
 

SirSerius

Veterano
Mensagens
564
Reações
968
Pontos
108
Marquinhos brilha no fim, Flamengo elimina o Botafogo e decide o NBB com o Franca

Contando com grande atuação do seu camisa 11 no último quarto, Rubro-Negro faz 90 a 75 e fecha a série em 3 a 1. Armador alvinegro Jamaal faz 27 pontos e é o cestinha da partida
Por Flávio Dilascio — Rio de Janeiro
14/05/2019 23h22 Atualizado há 3 horas


72937
Marquinhos brilha no fim, Flamengo elimina o Botafogo e decide o NBB com o Franca

Marcelo Cortes/Flamengo

O Botafogo bem que lutou, mas não foi páreo para o poderoso Flamengo. Depois de vencer o jogo 3 do playoff e forçar a quarta partida, o Alvinegro viu o Rubro-Negro contar com a precisão de Marquinhos e triunfar por 90 a 75 nesta terça, no Oscar Zelaya, fechando a série em 3 a 1. Campeão nas temporadas 2008-09, 2012-13, 2013-14, 2014-15 e 2015-16, o time da Gávea vai em busca da sexta estrela. O adversário na decisão será o Franca, que eliminou o Mogi na outra semi. A primeira partida será no próximo domingo, às 10h45, no Maracanãzinho.
Com 32 pontos marcados, Jamaal foi o cestinha do duelo desta terça. Marquinhos, decisivo no último quarto, pontuou 23 vezes. Outros jogadores com atuação destacada nesta noite foram Maique (13 pontos) e Coelho (12) pelo lado do Glorioso, e Davi Rossetto (12), Varejão (11), Nesbitt (10) e Olivinha (10) para o Flamengo.

Domínio alvinegro no início

Empurrado por sua torcida, o Botafogo começou melhor, abrindo 10 a 6. Aos três minutos, Jamaal acertou chute para três, enlouquecendo de vez o caldeirão alvinegro. O domínio alvinegro persistiu pelos instantes seguintes. Numa bela jogada individual, Coelho ampliou para 15 a 6. Aos cinco, Jhonatan converteu uma bola de três, recolocando o Flamengo no jogo. Um minuto depois, Olivinha ganhou disputa no garrafão e empatou em 15 a 15. O Botafogo só voltou a pontuar após parada técnica pedida por Léo Figueiró, deixando a partida aberta até o fim do quarto. No último lance do período, Marquinhos acertou bola de três, definindo o placar em 26 a 24 para os visitantes.

72938
Arthur tenta o arremesso marcado de perto pelo argentino Balbi — Foto: Vitor Silva/Botafogo

Arthur tenta o arremesso marcado de perto pelo argentino Balbi — Foto: Vitor Silva/Botafogo

Confiante, o Flamengo abriu o placar no segundo quarto com uma cesta de Nesbitt. Um minuto depois, Deryk sofreu falta e converteu os dois lances livres. O Botafogo só foi acordar quando Cauê infiltrou e diminuiu para 30 a 28. A partir daí, o jogo passou a ficar truncado com muitos erros dos dois lados. Aos cinco, Diego errou uma enterrada. Segundos depois, Davi Rossetto fez jogada individual e marcou 34 a 30 para o Flamengo. Vendo o nervosismo do rival, o Rubro-Negro ampliou com Marquinhos numa bola de três: 39 a 34. Administrando bem o resultado, o time da Gávea foi para o intervalo vencendo por 45 a 40.

Botafogo nervoso

O terceiro quarto começou com três erros ofensivos seguidos do Botafogo. Para piorar a situação do time de General Severiano, Deryk abriu o placar do período com uma bola de três. Mesmo com o apoio do seu torcedor, o Alvinegro continuou encontrando dificuldades. Aos quatro minutos, Varejão pontuou e sofreu falta, errando o lance livre: 52 a 44. Na sequência, o mesmo Varejão ganhou disputa no garrafão e marcou mais dois para o Flamengo.
A três minutos do fim do quarto, um copo foi arremessado na quadra, e os árbitros tiveram que interromper o jogo até acalmarem os ânimos. Coincidência ou não, o Botafogo melhorou após a interrupção. Quando Maique diminuiu para 57 a 54, Gustavinho pediu tempo para esfriar a reação alvinegra. Dito e feito. A 40 segundos do término, Nesbitt fez 63 a 56. Ainda deu tempo para Coelho converter dois lances livres, diminuindo para 63 a 60.

72939
Jamaal disputa bola com Mineiro na lateral da quadra — Foto: Vitor Silva/Botafogo

Jamaal disputa bola com Mineiro na lateral da quadra — Foto: Vitor Silva/Botafogo


Marquinhos decisivo

O último período começou com as duas equipes buscando incessantemente o ataque. Diego abriu o placar para o Glorioso. Davi Rossetto respondeu com bola de três para o Flamengo. Pouco depois, Marquinhos fez mais dois para os visitantes, que abriram 68 a 62. Cauê, numa jogada bem trabalhada, recolocou o Botafogo no jogo. A seis minutos do fim, porém, parte dos refletores do Oscar Zelaya se apagaram, e a arbitragem interrompeu a partida mais uma vez. Após cerca de 10 minutos de espera, os juízes decidiram reiniciar o duelo, mesmo sem 100% da iluminação.
Mais concentrado, o Flamengo tratou de abrir 11 pontos em dois minutos, graças à boa pontaria de Marquinhos: 79 a 68. A três minutos do término, Diego fez falta em Balbi gerando um princípio de confusão entre os jogadores. Pouco adiantou, pois Marquinhos seguiu ditando o ritmo do quarto, e o Flamengo venceu por 90 a 75. Terminada a partida, os torcedores alvinegros aplaudiram sua equipe, que se despediu do NBB com a melhor colocação na sua história.
Botafogo: Coelho, Cauê, Jamaal, Ansaloni e Arthur. Entraram: Maique, Guga, Jackson, Diego, Murilo e Mogi. Técnico: Léo Figueiró.
Flamengo: Balbi, Jhonatan, Marquinhos, Mineiro e Olivinha. Entraram: Anderson Varejão, Deryk, Davi Rossetto, Nesbitt. Técnico: Gustavo De Conti (Gustavinho).

https://globoesporte.globo.com/basquete/nbb/noticia/marquinhos-decide-no-fim-flamengo-elimina-o-botafogo-e-decide-o-nbb-com-o-franca.ghtml
 

albanibr

Ei mãe, 500 pontos!
VIP
Mensagens
11.294
Reações
20.901
Pontos
599
Marquinhos brilha no fim, Flamengo elimina o Botafogo e decide o NBB com o Franca

Contando com grande atuação do seu camisa 11 no último quarto, Rubro-Negro faz 90 a 75 e fecha a série em 3 a 1. Armador alvinegro Jamaal faz 27 pontos e é o cestinha da partida
Por Flávio Dilascio — Rio de Janeiro
14/05/2019 23h22 Atualizado há 3 horas


Visualizar anexo 72937
Marquinhos brilha no fim, Flamengo elimina o Botafogo e decide o NBB com o Franca

Marcelo Cortes/Flamengo

O Botafogo bem que lutou, mas não foi páreo para o poderoso Flamengo. Depois de vencer o jogo 3 do playoff e forçar a quarta partida, o Alvinegro viu o Rubro-Negro contar com a precisão de Marquinhos e triunfar por 90 a 75 nesta terça, no Oscar Zelaya, fechando a série em 3 a 1. Campeão nas temporadas 2008-09, 2012-13, 2013-14, 2014-15 e 2015-16, o time da Gávea vai em busca da sexta estrela. O adversário na decisão será o Franca, que eliminou o Mogi na outra semi. A primeira partida será no próximo domingo, às 10h45, no Maracanãzinho.
Com 32 pontos marcados, Jamaal foi o cestinha do duelo desta terça. Marquinhos, decisivo no último quarto, pontuou 23 vezes. Outros jogadores com atuação destacada nesta noite foram Maique (13 pontos) e Coelho (12) pelo lado do Glorioso, e Davi Rossetto (12), Varejão (11), Nesbitt (10) e Olivinha (10) para o Flamengo.

Domínio alvinegro no início

Empurrado por sua torcida, o Botafogo começou melhor, abrindo 10 a 6. Aos três minutos, Jamaal acertou chute para três, enlouquecendo de vez o caldeirão alvinegro. O domínio alvinegro persistiu pelos instantes seguintes. Numa bela jogada individual, Coelho ampliou para 15 a 6. Aos cinco, Jhonatan converteu uma bola de três, recolocando o Flamengo no jogo. Um minuto depois, Olivinha ganhou disputa no garrafão e empatou em 15 a 15. O Botafogo só voltou a pontuar após parada técnica pedida por Léo Figueiró, deixando a partida aberta até o fim do quarto. No último lance do período, Marquinhos acertou bola de três, definindo o placar em 26 a 24 para os visitantes.

Visualizar anexo 72938
Arthur tenta o arremesso marcado de perto pelo argentino Balbi — Foto: Vitor Silva/Botafogo

Arthur tenta o arremesso marcado de perto pelo argentino Balbi — Foto: Vitor Silva/Botafogo

Confiante, o Flamengo abriu o placar no segundo quarto com uma cesta de Nesbitt. Um minuto depois, Deryk sofreu falta e converteu os dois lances livres. O Botafogo só foi acordar quando Cauê infiltrou e diminuiu para 30 a 28. A partir daí, o jogo passou a ficar truncado com muitos erros dos dois lados. Aos cinco, Diego errou uma enterrada. Segundos depois, Davi Rossetto fez jogada individual e marcou 34 a 30 para o Flamengo. Vendo o nervosismo do rival, o Rubro-Negro ampliou com Marquinhos numa bola de três: 39 a 34. Administrando bem o resultado, o time da Gávea foi para o intervalo vencendo por 45 a 40.

Botafogo nervoso

O terceiro quarto começou com três erros ofensivos seguidos do Botafogo. Para piorar a situação do time de General Severiano, Deryk abriu o placar do período com uma bola de três. Mesmo com o apoio do seu torcedor, o Alvinegro continuou encontrando dificuldades. Aos quatro minutos, Varejão pontuou e sofreu falta, errando o lance livre: 52 a 44. Na sequência, o mesmo Varejão ganhou disputa no garrafão e marcou mais dois para o Flamengo.
A três minutos do fim do quarto, um copo foi arremessado na quadra, e os árbitros tiveram que interromper o jogo até acalmarem os ânimos. Coincidência ou não, o Botafogo melhorou após a interrupção. Quando Maique diminuiu para 57 a 54, Gustavinho pediu tempo para esfriar a reação alvinegra. Dito e feito. A 40 segundos do término, Nesbitt fez 63 a 56. Ainda deu tempo para Coelho converter dois lances livres, diminuindo para 63 a 60.

Visualizar anexo 72939
Jamaal disputa bola com Mineiro na lateral da quadra — Foto: Vitor Silva/Botafogo

Jamaal disputa bola com Mineiro na lateral da quadra — Foto: Vitor Silva/Botafogo


Marquinhos decisivo

O último período começou com as duas equipes buscando incessantemente o ataque. Diego abriu o placar para o Glorioso. Davi Rossetto respondeu com bola de três para o Flamengo. Pouco depois, Marquinhos fez mais dois para os visitantes, que abriram 68 a 62. Cauê, numa jogada bem trabalhada, recolocou o Botafogo no jogo. A seis minutos do fim, porém, parte dos refletores do Oscar Zelaya se apagaram, e a arbitragem interrompeu a partida mais uma vez. Após cerca de 10 minutos de espera, os juízes decidiram reiniciar o duelo, mesmo sem 100% da iluminação.
Mais concentrado, o Flamengo tratou de abrir 11 pontos em dois minutos, graças à boa pontaria de Marquinhos: 79 a 68. A três minutos do término, Diego fez falta em Balbi gerando um princípio de confusão entre os jogadores. Pouco adiantou, pois Marquinhos seguiu ditando o ritmo do quarto, e o Flamengo venceu por 90 a 75. Terminada a partida, os torcedores alvinegros aplaudiram sua equipe, que se despediu do NBB com a melhor colocação na sua história.
Botafogo: Coelho, Cauê, Jamaal, Ansaloni e Arthur. Entraram: Maique, Guga, Jackson, Diego, Murilo e Mogi. Técnico: Léo Figueiró.
Flamengo: Balbi, Jhonatan, Marquinhos, Mineiro e Olivinha. Entraram: Anderson Varejão, Deryk, Davi Rossetto, Nesbitt. Técnico: Gustavo De Conti (Gustavinho).

https://globoesporte.globo.com/basquete/nbb/noticia/marquinhos-decide-no-fim-flamengo-elimina-o-botafogo-e-decide-o-nbb-com-o-franca.ghtml
Depois que a luz voltou no último quarto, o mengo voltou iluminado
Jogão de ver

Enviado de meu SM-G925F usando o Tapatalk
 

-=|R.R.|=-

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
34.881
Reações
83.793
Pontos
814



O CSA não vai jogar contra o Flamengo em Maceió. Nesta terça, a diretoria do clube se reuniu à tarde e definiu a venda do mando de campo da partida marcada para o dia 12 de junho, pela nona rodada da Série A. Os valores do negócio giram entre R$ 1,2 milhão e R$ 1,5 milhão.


Presidente do CSA, Rafael Tenório falou na coletiva que a proposta foi interessante para o clube e avisou até que vai usar os recursos para contratar mais dois reforços. Assim, o jogo contra o Flamengo vai ser disputado no Estádio Mané Garrincha, em Brasília.

- Para o bem do CSA, temos a necessidade de fazer a venda do jogo contra o Flamengo. Então, nós vamos fazer o jogo contra o Flamengo em Brasília, dia 12 de junho.


Outras vendas?

Rafael lembrou que o CSA precisa de recursos e, pelo regulamento, pode vender ainda quatro mandos na Série A. Mas, de acordo com o dirigente, ele só deve negociar mais um, no segundo turno. O GloboEsporte.com apurou que esse jogo deve ser contra o Corinthians, dia 30 de outubro.

O dirigente destacou, no entanto, que não vai vender o mando contra times que lutam para não cair. Tenório citou nove clubes que ele considera ter o mesmo nível do CSA.

- Tudo nosso aqui é muito planejado, muito discutido. Nós sabemos os dez clubes que nós não temos condições de concorrer com eles diretamente. Nós não podemos pensar em um Flamengo, um Palmeiras, um Grêmio, um Inter, Cruzeiro, Atlético-MG... Nosso grupo qual é? É Avaí, é Fortaleza, é Ceará, é Bahia, é Chapecoense, é Vasco, Botafogo, Fluminense, Goiás.... Então, nós estamos nesse grupo aí. Então, de repente, por exemplo, eu não penso em fazer a venda de um jogo CSA e Vasco, por exemplo. Não vou, porque eu posso trazê-lo para cá e porque é meu concorrente direto para livrar da zona de rebaixamento.


:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk
 


Scorpion

Bam-bam-bam
Mensagens
10.426
Reações
7.983
Pontos
434



O CSA não vai jogar contra o Flamengo em Maceió. Nesta terça, a diretoria do clube se reuniu à tarde e definiu a venda do mando de campo da partida marcada para o dia 12 de junho, pela nona rodada da Série A. Os valores do negócio giram entre R$ 1,2 milhão e R$ 1,5 milhão.


Presidente do CSA, Rafael Tenório falou na coletiva que a proposta foi interessante para o clube e avisou até que vai usar os recursos para contratar mais dois reforços. Assim, o jogo contra o Flamengo vai ser disputado no Estádio Mané Garrincha, em Brasília.

- Para o bem do CSA, temos a necessidade de fazer a venda do jogo contra o Flamengo. Então, nós vamos fazer o jogo contra o Flamengo em Brasília, dia 12 de junho.


Outras vendas?

Rafael lembrou que o CSA precisa de recursos e, pelo regulamento, pode vender ainda quatro mandos na Série A. Mas, de acordo com o dirigente, ele só deve negociar mais um, no segundo turno. O GloboEsporte.com apurou que esse jogo deve ser contra o Corinthians, dia 30 de outubro.

O dirigente destacou, no entanto, que não vai vender o mando contra times que lutam para não cair. Tenório citou nove clubes que ele considera ter o mesmo nível do CSA.

- Tudo nosso aqui é muito planejado, muito discutido. Nós sabemos os dez clubes que nós não temos condições de concorrer com eles diretamente. Nós não podemos pensar em um Flamengo, um Palmeiras, um Grêmio, um Inter, Cruzeiro, Atlético-MG... Nosso grupo qual é? É Avaí, é Fortaleza, é Ceará, é Bahia, é Chapecoense, é Vasco, Botafogo, Fluminense, Goiás.... Então, nós estamos nesse grupo aí. Então, de repente, por exemplo, eu não penso em fazer a venda de um jogo CSA e Vasco, por exemplo. Não vou, porque eu posso trazê-lo para cá e porque é meu concorrente direto para livrar da zona de rebaixamento.


:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk
pqpppppppppppppppp kkkkkkkkkkkkkkisso tem que estar no netvice
 

-=|R.R.|=-

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
34.881
Reações
83.793
Pontos
814
Flamengo aí buscando zagueiro, lembro que tínhamos o Donatti que fez de tudo pra vir... não foi aproveitado pelo Zé Ruela que preferia o Vaz... Cuellar ia ter o mesmo destino se não fosse o Rueda... aliás se o Rueda chega com o Donatti ainda no elenco duvido que não o aproveitaria. Excelente pra ter no elenco, apesar de lento, era alto e botava respeito.
 

soap

Bam-bam-bam
Mensagens
8.202
Reações
13.169
Pontos
344
Seguinte galera, esfregando as mãos aqui pq o bixo vai pegar hoje e no embalo do basquete, Mengão 2 curica 0 heim.
 

Alberon3

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
42.466
Reações
45.300
Pontos
924
Bruno Henrique tá uma "bênção" hoje. :facepalm

Gabriel, Everton Ribeiro e Bruno Henrique tá foda de assistir.
 
Ultima Edição:

Don Toreno

Bam-bam-bam
Mensagens
3.133
Reações
3.754
Pontos
303
Não gostei da atuação do time em geral, com exceção de Rodrigo Caio – é muito bom zagueiro, baita contratação – e do Cuéllar. Abel demorou bastante a mexer no time, mas quando mexeu, com a entrada do Diego, deu certo, melhoramos e saiu o gol daquele que sempre quando está fazendo uma péssima partida consegue um gol importante, garantindo sua permanência na equipe. Todavia, o mais importante é que vencemos o Curica.
 

-=|R.R.|=-

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
34.881
Reações
83.793
Pontos
814
Não gostei da atuação do time em geral, com exceção de Rodrigo Caio – é muito bom zagueiro, baita contratação – e do Cuéllar. Abel demorou bastante a mexer no time, mas quando mexeu, com a entrada do Diego, deu certo, melhoramos e saiu o gol daquele que sempre quando está fazendo uma péssima partida consegue um gol importante, garantindo sua permanência na equipe. Todavia, o mais importante é que vencemos o Curica.

segunda seguida na arena Lexmark, até que enfim.







Falta ganhar do Gaymio, Brisa PR e Peppa Pig na casa delas.
 

SirSerius

Veterano
Mensagens
564
Reações
968
Pontos
108
Flamengo ou São Paulo? Justiça determina que a CBF decida destino da Taça das Bolinhas
Entidade deverá decidir sobre qual dos clubes ficará com o troféu
O Globo


14/05/2019 - 20:50 / Atualizado em 14/05/2019 - 23:59
O time do Flamengo que venceu o módulo verde do Brasileiro em 1987 Foto: Arquivo


O time do Flamengo que venceu o módulo verde do Brasileiro em 1987
Foto: Arquivo

O Campeonato Brasileiro de 1987 ainda não terminou. Nesta terça-feira, a juíza Cristina de Araújo Goes Lajchter, da 50ª Vara Cível do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro (TJRJ), determinou que a Taça das Bolinhas seja devolvida à CBF. Desde 2017, o alvo da briga judicial entre Flamengo e Sport estava em posse da Caixa Econômica Federal.

Em março, após trânsito em julgado do recurso do Fla contra o rubro-negro pernambucano, a maioria dos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) negou recurso do clube carioca. Como o Fla perdera o recurso, caso não haja novos desdobramentos, é o São Paulo quem deve receber a Taça das Bolinhas. O troféu, feito em 1975, deveria ser entregue ao primeiro clube que vencesse três vezes seguidas ou alternadas o Campeonato Brasileiro.
No entanto, desde 2007, por conta da briga judicial do título de 1987, a entrega da Taça das Bolinhas também tem sido discutida na Justiça. Agora, cabe à CBF a decisão.

https://oglobo.globo.com/esportes/flamengo-ou-sao-paulo-justica-determina-que-cbf-decida-destino-da-taca-das-bolinhas-23665750

----

Eu vou morrer e essa BRIGA de 87, continuará sem FIM!...

---

Fla 2 x 1 Curicas (HOJE)

---

Já to acordado pro JOGO!
[]´s

--------------

Acertei a Vitória! kkkkkkkkkk
Amém que não levou GOL!
Vai Abel e Arão! I S2 You Forever!
[]´s
 

Tatuira Mamicuda

Bam-bam-bam
Mensagens
3.813
Reações
8.617
Pontos
324
O Arão é a nova versão do Renato Abreu.

Eu lembro que o Abreu tinha uma moral absurda da imprensa e torcedor médio. E quando de repente as pessoas começavam a se questionar sobre a titularidade dele, ele ia lá e metia um gol de falta.

O Arão é igual, mas ao invés de gols de falta, é gols de cabeça.

Mas sendo justo, eu nao achei que ele tenha jogado mal contra o Penarol e contra o Corinthians. Foi bem sim...
 

soap

Bam-bam-bam
Mensagens
8.202
Reações
13.169
Pontos
344
Falei pra vocês que o Rodrigo Caio ia render no Flamengo.
O problema número 0 do SPFC é a mentalidade do clube. Pode colocar o Messi e o CR7 juntos ali que não dá em porra nenhuma.
Rodrigo Caio foi uma baita contratação do Flamengo, o cara joga de terno e não é por menos q o Barça quase o contratou e não sei qual o motivo do SP não o querer mais, por mim fazia um contrato vitalício com ele e o Cuellar.
Arão da equilíbrio ao time
Foi o q eu falei aqui, o Arão é o PILAR do Flamengo. Se ganharmos do galinho sábado a moral vai subir legal.
 
Topo