O que há de Novo?
  • Anunciando os planos GOLD no Fórum Outer Space
    Visitante, agora você pode ajudar o Fórum Outer Space e receber alguns recursos exclusivos, incluindo navegação sem anúncios e dois temas exclusivos. Veja os detalhes aqui.

Goldeneye história, sua influência e importância no mundo dos FPS

Jefferson Praxedes

Bam-bam-bam
Mensagens
1.406
Reações
4.790
Pontos
303
Jogo lançado a 24 anos atrás feito por um pequeno time sem experiência anterior em desenvolvimento de jogos , sem ter as specificaçoes do console no inicio do desenvolvimento e com microcodigo limitado "falhas na I.A" , inaceitável!

Jogo lançado em 2020 por devs com grande experiência e Dev kits da NASA

 
Ultima Edição:


Ridge

Bam-bam-bam
Mensagens
1.841
Reações
3.879
Pontos
303
É claro que pra um jogo ser ""revolucionário"" como alguns aqui dizem precisa ter um gameplay revolucionário
Nem sempre, um jogo pode ser revolucionário por outros motivos como gráficos, história, física, áudio...

Sim o N64 tinha apenas um analógico, mas ele se virava com o q tinha, assim como nada impediu o Dreamcast de ter ports de sucesso de jogos FPS como Unreal Tournament e Quake 3 Arena mesmo o pad tendo apenas um analógico.
 

Samba sincopado

Bam-bam-bam
Mensagens
5.279
Reações
3.567
Pontos
374
Finalizei esse jogo recentemente e ainda de vez em quando ainda jogo uma missão ou outra.
Achei o jogo bem divertido, até resolvi assistir o filme depois de terminar o jogo. A coisa que mais gostei no gameplay são as fases que são únicas e bem projetadas, com objetivos. As fases são curtas mas projetadas de uma maneira a oferecer um bom fator replay (se você morre ou esquece um objetivo, em 1 segundo você está no jogo novamente). Em muitos jogos de FPS dos anos 90, as fases são apenas um labirinto genérico onde a pessoa precisa procurar algo como uma chave e acho que nesse quesito, GE se diferenciava dos demais. Também gostei da trilha sonora.

Minha maior crítica ao jogo é o sistema de mira: mira manualmente nesse jogo é uma tortura.
Lembro que falhei muitas vezes na missão do trem por causa da mira imprecisa e dos controles confusos.
A inteligência artificial da Natalya é bem ruinzinha. Falhei muitas vezes na missão de fugir daquela base militar pq, do nada, ela entrava na frente do tiroteio e morria, chegava a dar raiva.

Acho exagerado a parte sobre isso do jogo ter revolucionado/influenciado sendo que a grande maioria dos FPS da geração seguinte tem um estilo muito mais próximo do Half Life que o do GE. Por exemplo, System Shock 2 tem muito pouco em comum com GoldenEye (mesmo pq SS2 é mais RPG/Stealth do que FPS) em termos de gameplay e mesmo no System Shock 1 já existia esse lance das câmeras.
Alguns dos jogos citados pelo OP tiveram um pouco de influencia de Goldeneye sim, lembro de uma entrevista sobre Thief onde o mesmo é mencionado. Porém, é pequena perto da influencia dos jogos dos próprios desenvolvedores(como System Shock 1 e Ultima Underworld). O que Goldeneye fez, e que concordo com o OP, foi popularizar e mostrar que shooters desse tipo eram possíveis nos consoles. Infelizmente, como já havia dito, todo o esforço foi em vão, pois a maioria dos FPS hoje em dia não seguem a mesma filosofia de design.

Discordo sobre muitos dos jogos dos anos 90 serem labirintos genéricos. Jogos como Doom e Quake tinham níveis muito bem projetados, algo bem raro de encontrar em jogos do gênero hoje em dia.
 
Ultima Edição:

GFOLDSCHOOL

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
18.980
Reações
26.509
Pontos
553
Seu comentário é totalmente sentimental e ignora/distorce os pontos que eu levantei no meu post anterior.

Veja que eu não neguei que jogo x não teve influencias de jogo y, eu disse que no fim das contas a IA dos dois jogos eram bem diferentes.
Basta qualquer pessoa jogar e terminar esses jogos que vai perceber a diferença óbvia no que tange o comportamento dos inimigos e ver os defeitos na IA do GoldenEye. Além do mais, IA é sim uma evolução, tu acha que GoldenEye não teve influencia de outros jogos que saíram antes? Tu fala como se GE fosse o "princípio de tudo".

Só porque um jogo teve influencias de algo, não significa que o jogo que influenciou seja imune de falhas ou que o jogo influenciado seja "cópia" ou exatamente igual ou não tenha aperfeiçoado uma coisa. Você tenta impor a sua opinião goela abaixo usando uma frase de um desenvolvedor como argumento mas parece não conhecer como esses jogos funcionam, como os inimigos se comportam, etc. Você sequer terminou HL e GE?

Vou repetir, eu não duvidei da qualidade do jogo. Eu não neguei que o jogo era diferenciado em relação aos FPS que saíram em 96/97.
Eu mesmo me diverti mais com GoldenEye do que com Quake ou Duke Nukem 3D.
Eu não disse que o jogo era "superestimado" para os padrões da época, eu disse que exageram quando dizem que o jogo era ultra/hyper/mega revolucionário, como se ele fosse modelo pra todos os FPS que saíram depois, o que nós sabemos que não é a realidade.

É claro que pra um jogo ser ""revolucionário"" como alguns aqui dizem precisa ter um gameplay revolucionário (isso inclui controles, câmera, enfim, o gameplay no geral), afinal de contas GoldenEye é um... jogo! Ninguém nega que GTA 3 ou Mario 64 foram "revolucionários" por causa do gameplay (incluindo controles, câmera, etc) e serviram de modelo pra outros jogos do gênero.

Eu nem sequer disse que o jogo era ruim, só citei que o jogo tinha falhas na IA (o que é fato, goste ou não) e já aparece nego com textão mostrando prêmios tipo aqueles caras do The Last of Us dizendo "ah, TLOU recebeu 999999 prêmios então não tem falhas e e o melhor jogo já criado".

Vou parar por aqui porque discutir com fanboy é osso.
Em momento algum eu neguei que a IA dos jogos são diferentes, inclusive reforcei isso no meu comentário anterior, que Half Life e FEAR trouxeram avanços significativos nesse sentido.

Trazendo a ordem dos eventos aqui.
Você questionou se o jogo é tão revolucionário assim como dizem e falou que o jogo é supervalorizado:
Acho exagerado a parte sobre isso do jogo ter revolucionado/influenciado sendo que a grande maioria dos FPS da geração seguinte tem um estilo muito mais próximo do Half Life que o do GE. Por exemplo, System Shock 2 tem muito pouco em comum com GoldenEye (mesmo pq SS2 é mais RPG/Stealth do que FPS) em termos de gameplay e mesmo no System Shock 1 já existia esse lance das câmeras.
Eu respondi falando sobre física, IA, e level design, que vários jogos foram influenciados por ele (e não TODOS).
Aí você responde dizendo que a IA é bem diferente, sendo que estou falando sobre influência e não se a IA é cópia ou não.

Para ter influência não precisa ser exatamente igual, basta ter sido influenciado por outro jogo.
E sim, óbvio que o próprio Goldeneye bebe da fonte de outros jogos como Doom e até Super Mario 64 por conta do sistema de missões do jogo.
Nunca neguei.

Sobre as falhas, eu cheguei a concordar contigo que elas existem, nem contestei nada porque sei que a IA falha em alguns momentos, sei que nem toda missão tem um level design no jeito, sei que os controles do jogo não envelheceram bem.

O seu primeiro comentário aqui no tópico não estava questionado se o jogo é "hyper mega revolucionário", você disse apenas que "é exagerado a parte sobre isso do jogo ter revolucionado/influenciado".
Então você está mudando as palavras que você utilizou no início do tópico.


Mas suponhamos que você tenha de fato dito isso.
Quem está dizendo que o jogo é ultra hyper Mega revolucionário e serviu de base pra tudo que saiu no mercado depois... Quem tá falando isso?
Dê nome aos bois uai.
Porque até agora eu não vi ninguém falando isso.
 
Ultima Edição:

Vim do Futuro

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
15.978
Reações
64.058
Pontos
553
Jogo lançado a 24 anos atrás feito por um pequeno time sem experiência anterior em desenvolvimento de jogos , sem ter as specificaçoes do console no inicio do desenvolvimentovimento e com microcodigo limitado "falhas na I.A" , inaceitável!

Jogo lançado em 2020 por devs com grande experiência e Dev kits da NASA

Pois é. Nem vou falar muito ou já vão me qualificar como "velho chato".
Prefiro ser um "velho chato" que ficar pagando pau pra jogo bugado e escroto.

Pronto, falei. Fodaci!!!!
 

GFOLDSCHOOL

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
18.980
Reações
26.509
Pontos
553
Pois é. Nem vou falar muito ou já vão me qualificar como "velho chato".
Prefiro ser um "velho chato" que ficar pagando pau pra jogo bugado e escroto.

Pronto, falei. Fodaci!!!!
Assino embaixo.
Isso aí nem da pra chamar de jogo hahaha, tá mais pra protótipo, e um protótipo bem ruim diga-se de passagem.
 


Jefferson Praxedes

Bam-bam-bam
Mensagens
1.406
Reações
4.790
Pontos
303
@GFOLDSCHOOL falando em F.E.A.R me interessei sobre o game e vi esse documentário


Vi que a monolith já tinha lançado antes um jogo de espionagem No One lives Forever FPS com uma mulher


Esse G.O.A.L system do F.E.A.R foi implementado nos Tomb Raiders novos também pelo que vi, interessante
 
Ultima Edição:

MorpheusX

Habitué da casa
Mensagens
127
Reações
240
Pontos
53
@GFOLDSCHOOL falando em F.E.A.R me interessei sobre o game e vi esse documentário


Vi que a monolith já tinha lançado antes um jogo de espionagem No One lives Forever FPS de com uma mulher


Esse G.O.A.L system do F.E.A.R foi implementado nós Tomb Raiders novos também pelo que vi, interessante
Posta uma fotos do jogo rodando no tubão! :kjoinha
 

GFOLDSCHOOL

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
18.980
Reações
26.509
Pontos
553
@GFOLDSCHOOL falando em F.E.A.R me interessei sobre o game e vi esse documentário


Vi que a monolith já tinha lançado antes um jogo de espionagem No One lives Forever FPS de com uma mulher


Esse G.O.A.L system do F.E.A.R foi implementado nos Tomb Raiders novos também pelo que vi, interessante
A IA de F.E.A.R. é a melhor que já vi num jogo, surreal os momentos que ela proporciona no gameplay.
Esse vídeo aqui mostra bem que em uma mesma parte o jogo cria várias situações diferentes, devido a esse comportamento da IA:

Agora o No One Lives Forever nunca joguei apesar de conhecer.
 

osfelas

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
17.100
Reações
10.086
Pontos
674
Tenho 2 csrtuchos

Enviado de meu SM-J810M usando o Tapatalk
 

Grief

Supra-sumo
Mensagens
509
Reações
1.660
Pontos
168
Alguns dos jogos citados pelo OP tiveram um pouco de influencia de Goldeneye sim, lembro de uma entrevista sobre Thief onde o mesmo é mencionado. Porém, é pequena perto da influencia dos jogos dos próprios desenvolvedores(como System Shock 1 e Ultima Underworld). O que Goldeneye fez, e que concordo com o OP, foi popularizar e mostrar que shooters desse tipo eram possíveis nos consoles. Infelizmente, como já havia dito, todo o esforço foi em vão, pois a maioria dos FPS hoje em dia não seguem a mesma filosofia de design.

Discordo sobre muitos dos jogos dos anos 90 serem labirintos genéricos. Jogos como Doom e Quake tinham níveis muito bem projetados, algo bem raro de encontrar em jogos do gênero hoje em dia.
Eu concordo com o seu comentário mas veja que eu nunca neguei que outros jogos tiveram inspiração de um ou outro elemento que existe em GoldenEye, nem neguei que o jogo teve alguns elementos melhorados com relação a outros FPS da época e eu nunca disse que o jogo não tornou o gênero mais popular nos consoles, na época. Eu quis dizer que ele não foi modelo ou base para outros FPS que saíram depois. A jogabilidade da esmagadora maioria dos FPS nos consoles que saíram nas gerações seguintes não tem nada a ver com GE. Tu acha que GoldenEye foi um jogo tão influente quanto, por exemplo, Half Life ou Halo?

Eu só discordei que GE foi algo "hyper revolucionário" como os istas aqui estão querendo impor goela abaixo.
E eu citei que o GE tem um falhas na IA (como a grande maioria dos jogos tem) e tentei discutir sobre as diferenças em relação à IA do Half Life, e a panelinha de fanboys começou a advogar, usando frase de um desenvolvedor (e até tirando as minhas frases de contexto e mostrando linkzinho com premiação) como se isso anulasse qualquer defeito que o GE tenha e dando a entender que "se não fosse por GoldenEye, outros FPS não existiriam e blah blah blah".

Por exemplo, nego dizendo que System Shock 2 bebeu da fonte de GoldenEye, quando todos os elementos de gameplay que existem no SS2 já existiam no primeiro jogo que saiu bem antes de GE. O cara citando um jogo bugado e inacabado como Cyberpunk 2077 como argumento, como se isso anulasse defeitos de GE (que na realidade a IA desse Cyberpunk parece ser tão estúpida e falha quanto a do GoldenEye) ou qualquer crítica ao jogo.

Só respondi de novo nessa thread porque achei seu comentário sensato e imparcial. Alguns usuários aqui são muito imaturos, não sabem discutir sobre algo sem ficar com o bumbum doído só porque alguém fez uma crítica ao joguinho que ele morre de amores (ou pq foi lançado pela empresa no qual ele é ista).
 

GFOLDSCHOOL

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
18.980
Reações
26.509
Pontos
553
Eu concordo com o seu comentário mas veja que eu nunca neguei que outros jogos tiveram inspiração de um ou outro elemento que existe em GoldenEye, nem neguei que o jogo teve alguns elementos melhorados com relação a outros FPS da época e eu nunca disse que o jogo não tornou o gênero mais popular nos consoles, na época. Eu quis dizer que ele não foi modelo ou base para outros FPS que saíram depois. A jogabilidade da esmagadora maioria dos FPS nos consoles que saíram nas gerações seguintes não tem nada a ver com GE. Tu acha que GoldenEye foi um jogo tão influente quanto, por exemplo, Half Life ou Halo?

Eu só discordei que GE foi algo "hyper revolucionário" como os istas aqui estão querendo impor goela abaixo.
E eu citei que o GE tem um falhas na IA (como a grande maioria dos jogos tem) e tentei discutir sobre as diferenças em relação à IA do Half Life, e a panelinha de fanboys começou a advogar, usando frase de um desenvolvedor (e até tirando as minhas frases de contexto e mostrando linkzinho com premiação) como se isso anulasse qualquer defeito que o GE tenha e dando a entender que "se não fosse por GoldenEye, outros FPS não existiriam e blah blah blah".

Por exemplo, nego dizendo que System Shock 2 bebeu da fonte de GoldenEye, quando todos os elementos de gameplay que existem no SS2 já existiam no primeiro jogo que saiu bem antes de GE. O cara citando um jogo bugado e inacabado como Cyberpunk 2077 como argumento, como se isso anulasse defeitos de GE (que na realidade a IA desse Cyberpunk parece ser tão estúpida e falha quanto a do GoldenEye) ou qualquer crítica ao jogo.

Só respondi de novo nessa thread porque achei seu comentário sensato e imparcial. Alguns usuários aqui são muito imaturos, não sabem discutir sobre algo sem ficar com o bumbum doído só porque alguém fez uma crítica ao joguinho que ele morre de amores (ou pq foi lançado pela empresa no qual ele é ista).
Colega, como mostrei acima com seu próprio comentário, você mudou as palavras ao decorrer da discussão.
Primeiro disse que achava exagerado o jogo ter sido revolucionário.
Depois disso saiu dizendo que as pessoas alegavam que ele era "ultra hyper Mega revolucionário".


Ou seja, passou a recorrer a um espantalho, e não mostrou até agora quem está idolatrando o jogo dessa forma.

O lance da IA eu fui falar sobre influência (que tem a ver com o lance de ser revolucionário) e você veio falar de defeitos (que eu inclusive concordei) , como se tivesse a ver uma coisa com a outra.
Não mostrei apenas a fala de um desenvolvedor, mostrei um vídeo inteiro analisando a parte técnica e criativa por trás da criação da IA de Goldeneye, e a forma como ela influenciou vários jogos de FPS.
E sobre a fala em si, você chegou a dizer "não quer dizer nada já que as IAs de GE e Half Life funcionam de formas diferentes".
Como se isso isso tornasse a influência menor ou inválida.

Aí fica complicado discutir sim, por isso o pessoal tá te zuando aqui.

Hmm, tu não gostou de ter colocado o Cyberbug na discussão, mas coloca a IA de ambos os jogos no mesmo balaio.

A única coisa que concordo contigo é o lance do System Shock 2 que realmente não vi influência por parte do Goldeneye.

Mas esse final de post aí é desonestidade sua. Novamente, falando por mim, eu concordei com os defeitos que você pontuou e desde o início você vem ignorando isso.
Aqui o que eu coloquei:
Sim, pelo jogo ser antigo é óbvio que vão ter erros como esses que você citou. Parte deles foram consertados em Perfect Dark.

Sim, os controles não envelheceram bem, mas pra época era um controle aceitável.
Dito isso, ninguém aqui (fora um único usuario) está dizendo que os controles serviram de base pra FPS ou algo do tipo
Sobre as falhas, eu cheguei a concordar contigo que elas existem, nem contestei nada porque sei que a IA falha em alguns momentos, sei que nem toda missão tem um level design no jeito, sei que os controles do jogo não envelheceram bem.
 

tadeu1068

Habitué da casa
Mensagens
111
Reações
153
Pontos
53
Adoro essr game, apesar de ter jogado bem mais o multiplayer que o single player na época; Além dele ser um belo exemplo de um bom licensiamento de filme para game, e notem, ele saiu 23 anos depois do lançamento no s cinemas de Goldeneye, ou seja, não é preciso lançar um game às pressas só para pegar carona, né não?
 

tadeu1068

Habitué da casa
Mensagens
111
Reações
153
Pontos
53
Ah, e no site n64 Vault, tem uma TONELADA de níveis single player e multiplayer feitos por fãs, para aqueles que pedem por mais do game (que pode também se complementar com a versão para Wii do game)!
 

Jefferson Praxedes

Bam-bam-bam
Mensagens
1.406
Reações
4.790
Pontos
303
Jogador passou 3 anos recriando GoldenEye 007 no editor de níveis do Far Cry 5


A recriação de títulos retro em motores gráficos mais recentes, como o motor gráfico Dunia de Far Cry 5, é algo que muitas vezes acontece quando o software de edição chega com um novo lançamento.

Geralmente são recriações rudimentares, muitas vezes lembrando vagamente o jogo original de alguma forma. No caso de Far Cry 5, porém, o editor que vem com o jogo é bastante poderoso, e uma nova recriação do GoldenEye 007 da Rare para o Nintendo 64 feita por fãs foi reconstruída fielmente e em detalhes.

O editor de mapa personalizado para Far Cry 5 é razoavelmente simples de usar. Uma vez que o básico tenha sido descoberto, os jogadores podem facilmente bloquear o terreno e criar seus próprios cenários usando as ferramentas disponíveis. Ao contrário de muitos outros editores, como o modo Forge da franquia Halo, os jogadores não estão restritos a simplesmente construir geometria e terreno, eles podem realmente mergulhar em coisas como colocar combatentes de IA e criar objetivos completáveis.

No caso do remake de Goldeneye de Krollywood, sua proficiência é clara, com incríveis recriações de todos os 18 níveis do clássico do Nintendo 64 disponíveis para jogar. Os detalhes são altamente impressionantes, com mapas como Arquivos e Instalações parecendo quase idênticos aos de 1997, e até mesmo missões menos estruturadas como Cavernas e Superfície capturando a sensação dos originais.

Krollywood também mostrou o poder do editor de Far Cry 5 ao criar transições entre níveis conectados, com missões como Caverns e Cradle fazendo parte do mesmo mapa, permitindo que os jogadores se movessem facilmente entre eles, algo que teria explodido a cabeça dos jogadores de 1997.


Os jogadores podem encontrar os mapas procurando pelo nome de usuário PSN "Perfect-Dark1982", com todos os 18 mapas totalmente jogáveis e até mesmo contendo inimigos para derrubar.

O projeto levou quase três anos para Krollywood ser concluído, o que é bastante impressionante considerando que todos os níveis do jogo original foram recriados, exceto pelos dois mapas secretos, e Krollywood até incluiu "Easter Eggs" espalhados pelas missões.

A reconstrução do jogo por Krollywood é feita com tanta precisão que muitas pessoas online lamentam que os vários remakes oficiais de GoldenEye não tenham correspondido a esse padrão feito por fãs.





Agora sou obrigado a comprar o Far Cry 5 haha

aproveitando a promoção do bundle por R$65,00 na PSN

192498
 
Ultima Edição:
Topo Fundo