O que há de Novo?
  • Novo tema VIP está disponível
    Visitante, um novo tema com fundo escuro agora está disponível para aqueles que contribuíram com doações ao fórum e têm o status VIP. Veja os detalhes aqui.


Governo retira tarifa sobre importação de leite europeu e produtores reclamam: 'absurdo'

Doug.Exausto

Veterano
Mensagens
463
Reações
912
Pontos
128
O governo anulou nesta semana tarifas antidumping cobradas sobre a importação de leite em pó, integral e desnatado da União Europeia e da Nova Zelândia. As taxas, de 14,8% e 3,8%, respectivamente, eram cobradas desde 2001 e tinham o objetivo de proteger os produtores nacionais, garantindo preços estáveis no mercado interno.
A suspensão foi feita por meio de circular do Ministério da Economia, publicada no Diário Oficial da União na última quarta-feira (6).
Em nota, a Confederação Nacional dos Trabalhadores da Agricultura (Contag) classificou a decisão como "absurda". A entidade alega que o leite europeu é "altamente subsidiado" e que sua entrada no Brasil "vai impactar duramente o preço do leite nacional, que já sofre com preços baixos".
"Teremos consequências imediatas junto aos nossos produtores, como prejuízos na produção, desemprego, perda de renda, dívidas", disse Antoninho Rovaris, secretário de Política Agrícola da Contag.
O Ministério da Agricultura (MAPA) afirmou em nota que não é possível repor a tarifa imediatamente, mas que já estuda meios de minimizar os impactos para os produtores.
Uma das medidas analisadas seria o aumento temporário do imposto de importação dos atuais 28% para 42%. Outra, seria a redução dos tributos cobrados na importação de equipamentos usados pela indústria leiteira, como robôs e esteiras – atualmente, o setor para 100% de impostos sobre esses itens.
O ministério afirmou que a derrubada da taxa começou a ser discutida no governo passado e que tentou reverter a decisão, sem sucesso. "O MAPA reconhece o problema e trabalha considerando a sensibilidade do setor leiteiro, de grande importância social e econômica para o Brasil", disse em nota.
Segundo a pasta, cerca de 1,2 milhão de estabelecimentos rurais são dedicados à produção de leite no país e 51% do produto líquido comercializado no campo vêm de pequenas propriedades rurais (de até 50 hectares).
Segundo o MAPA, o antidumping foi "sem dúvida eficaz e decisivo para a rentabilidade do setor", mas é uma medida temporária. "É preciso trabalhar em ações para reestruturar a cadeia produtiva do país".

Fonte: https://g1.globo.com/economia/agronegocios/noticia/2019/02/08/governo-retira-tarifa-sobre-importacao-de-leite-europeu-e-produtores-reclamam-absurdo.ghtml?fbclid=IwAR1uuSEPyZML7KPn2EHN1140cooO-Vp57MtxXXS60xjt-OuJy6Ex9yDFsxk
 


Mokvwap

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
10.284
Reações
42.048
Pontos
553
Tem que seguir com redução de impostos pra equipamentos e produção nacional.
 

sparcx86_GHOST

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
27.424
Reações
18.492
Pontos
784
Nao percebi, o que o Brasil vai ganhar em contrapartida??? Estes malucos taxam todos os produtos brasileiros aqui em muitos porcento para proteger a França, O Brasil tirando a tarifa do leite está automaticamente dando um tiro no pé.
Lembre-se que a OMS é uma entidade apenas para que Donald Trump tirar sarro e fingir que nao existe, isso de "liberdade comercial" na pratica nao existe entre países, voce tira de um lado e cede de outro para ganhar que outro país faça o mesmo. O Brasil precisa ter algo a ganhar com isto.
 

da19x

Bam-bam-bam
Mensagens
1.526
Reações
3.537
Pontos
303
Se o leite desses países chegar mais barato que o brasileiro no mercado, esses produtores BR tem mais é que se ferrar mesmo.

Mas imagino que haja alguma contrapartida, pois não há uma justificativa plausível para se abrir o mercado do nada assim.
 

Hobgoblin

Bam-bam-bam
Mensagens
2.315
Reações
10.769
Pontos
304
Podiam aproveitar e tirar aquela taxa de 15 reais dos correios para todas as encomendas internacionais recebidas por aqui.


:klingua2
 

Yapathi

Bam-bam-bam
Mensagens
1.301
Reações
5.295
Pontos
303
A velha história de ser contra o privilégio dos outros mas ficar putinho em pender o próprio.

Mas o governo tem de começar baixar impostos de importação de máquinas e estimular os juros para produção continuarem baixos. E baixar impostos e taxas para produção e exportação. E burocracia do governo (que esbarra no cartel dos cartórios).
 


yage

Bam-bam-bam
Mensagens
7.460
Reações
25.391
Pontos
363
Concorrência sempre é bom, aumenta a qualidade e o preço cai.Quem perde o monopólio não acha bom mesmo.

Tomara que faça o mesmo com a telefonia, ai quero ver essas operadoras ficarem de putaria querendo colocar franquia.
 

Lacerda Yawara

Bam-bam-bam
Mensagens
3.197
Reações
5.352
Pontos
303
É só leite em pó porra! E já tão chorando?
Se os caras conseguem produzir mais caro que a Europa que é o lugar mais caro do mundo tem que falir mesmo.
 

antonioli

O Exterminador de nicknames
VIP
Mensagens
87.435
Reações
130.299
Pontos
949
Meu pau de óculos que os preços estão baixos. O leite em caixa está costumeiramente beijando os 4-5 reais e 400g de leite em pó mais vagaba custa ali seus 7 a 8 reais aproximadamente. Tem que ficar esperando chegar promoção para aproveitar o leite a 3 e pouco e em pó a 6 mais ou menos.
 

Coffinator

Mil pontos, LOL!
Mensagens
55.924
Reações
134.447
Pontos
1.029
Se o leite vindo da EUROPA chegar aqui mais barato que o nacional, algo de errado não está certo com o país.
 

ssj4ac

Bam-bam-bam
Mensagens
6.368
Reações
11.676
Pontos
353
Nao percebi, o que o Brasil vai ganhar em contrapartida??? Estes malucos taxam todos os produtos brasileiros aqui em muitos porcento para proteger a França, O Brasil tirando a tarifa do leite está automaticamente dando um tiro no pé.
Lembre-se que a OMS é uma entidade apenas para que Donald Trump tirar sarro e fingir que nao existe, isso de "liberdade comercial" na pratica nao existe entre países, voce tira de um lado e cede de outro para ganhar que outro país faça o mesmo. O Brasil precisa ter algo a ganhar com isto.
O que mais tem no pais é protecionismo so ver tanto de impostos em carros importados, celulares importados e tudo mais que nem produzimos e colocam protecionismo e você vem em falar de França.

Alias o Trump mesmo reclamou disso se me recordo de como o Brasil age com produtos de outros paises.

Por mim tirava impostos de maximo produtos que produzimos ou vem para o pais.
 

arqueiro182

Bam-bam-bam
Mensagens
7.870
Reações
28.769
Pontos
353
Protecionismo tosco.

Que absurdo um produto com mais qualidade e mais barato né :klol

Ou fazem algo melhor ou abaixem o preço.
 

Léo Stanbuck

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
30.928
Reações
27.489
Pontos
859
Se seguir nesta pegada o pequeno e médio produtor rural vai bater porta nas cidades grandes em busca de emprego.

Espero que o governo consiga impedir isso de acontecer mesmo. O que menos precisamos no Brasil é aumentar o monopólio das terras produtivas, e quem se fode nesses casos não é o cara do agronegócio que bate na porta de brasilia.
 

Narlok

Bam-bam-bam
Mensagens
2.068
Reações
4.561
Pontos
303
Gente perguntando o que o Brasil tem ganhar com isso...

O Brasil eu não sei, mas o CONSUMIDORES que por acaso moram no Brasil tem a oportunidade de pagar menos pelo leite

Esses produtores protecionistas safados querem continuar com o corporativismo amigo do rei. Em vez de lutar por menos impostos em equipamentos para produção nacional, como já proposto, querem que taxem os concorrentes pq é mais vantajoso pra eles.
 

sparcx86_GHOST

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
27.424
Reações
18.492
Pontos
784
O que mais tem no pais é protecionismo so ver tanto de impostos em carros importados, celulares importados e tudo mais que nem produzimos e colocam protecionismo e você vem em falar de França.

Alias o Trump mesmo reclamou disso se me recordo de como o Brasil age com produtos de outros paises.

Por mim tirava impostos de maximo produtos que produzimos ou vem para o pais.
Trump é ainda mais protecionista. Estou preocupado com o interesse nacional... é preciso ver que o Brasil tem de proteger o seu produto interno e faze-lo competitivo para exportação. Essa derrubada tem de ter algo em troca caso contrario é um erro.
Veja nao falamos aqui de carros nem de eletrônicos, falamos de Leite! Será que o Brasil nao tem vacas leiteiras suficientes??? nao tem lógica nisso aí.
 

ffaabbiio

Ei mãe, 500 pontos!
VIP
Mensagens
11.041
Reações
20.128
Pontos
594
Eu sou agricultor, também sou contra esse protecionismo, mas se o governo retirou essas taxas o certo seria ele abaixar os impostos sobre equipamentos, etc para essa área. Quem acompanha esse seguimento sabe que é uma gangorra, tem momentos que o produtor se desfaz do rebanho pois compensa vender a carne do que o leite da vaca.

Não adianta tirar impostos de importação sem diminuir os impostos para o custo de produção, vai dar merda mesmo.
 

Crystal

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
21.329
Reações
15.348
Pontos
729
O certo dessa medida é ser acompanhada com a redução dos impostos do mercado interno, para ambos serem competitivos.

Sent from my Mi A1 using Tapatalk
 

UT_Killer

Bam-bam-bam
Mensagens
5.803
Reações
3.117
Pontos
469
Se o leite desses países chegar mais barato que o brasileiro no mercado, esses produtores BR tem mais é que se ferrar mesmo.
Mas imagino que haja alguma contrapartida, pois não há uma justificativa plausível para se abrir o mercado do nada assim.
País diferente, clima diferente, e o principal, tecnologia diferente.
Em alguns lugares é muito mais fácil e mais barato de produzir. E isso é muito ruim pros produtores brasileiros que não possuem tecnologia boa e barata para concorrer com esses países. Por isso o governo precisa tomar medidas pra fomentar e proteger a produção local.

Isso é até relativamente fácil de entender.
Difícil é entender como alguém prefere que os produtores Brasileiros "'se ferrem" só pra apoiar seu politicozinho de estimação.
 

Soldado!

Bam-bam-bam
Mensagens
3.584
Reações
8.147
Pontos
294
Se seguir nesta pegada o pequeno e médio produtor rural vai bater porta nas cidades grandes em busca de emprego.

Espero que o governo consiga impedir isso de acontecer mesmo. O que menos precisamos no Brasil é aumentar o monopólio das terras produtivas, e quem se fode nesses casos não é o cara do agronegócio que bate na porta de brasilia.
Infelizmente nosso produtor tem que se foder mesmo.

Explodiu nos últimos anos casos de leite batizado com água e até mesmo com compostos químicos como sofá cáustica.

O produtor brasileiro é bandido e merece se foder mesmo.
 

antonioli

O Exterminador de nicknames
VIP
Mensagens
87.435
Reações
130.299
Pontos
949
Eu sou agricultor, também sou contra esse protecionismo, mas se o governo retirou essas taxas o certo seria ele abaixar os impostos sobre equipamentos, etc para essa área.
Perfeito. É isso mesmo. Não somos competitivos muitas vezes por conta dos nossos governos.
 

da19x

Bam-bam-bam
Mensagens
1.526
Reações
3.537
Pontos
303
País diferente, clima diferente, e o principal, tecnologia diferente.
Em alguns lugares é muito mais fácil e mais barato de produzir. E isso é muito ruim pros produtores brasileiros que não possuem tecnologia boa e barata para concorrer com esses países. Por isso o governo precisa tomar medidas pra fomentar e proteger a produção local.

Isso é até relativamente fácil de entender.
Difícil é entender como alguém prefere que os produtores Brasileiros "'se ferrem" só pra apoiar seu politicozinho de estimação.
Acredito que você não tenha lido a notícia.
 

Landstalker

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
13.902
Reações
25.633
Pontos
584
É uma questão complica porque, por um lado, menos impostos sobre produtos importados tende a torná-los mais acessíveis ao consumidor brasileiro, por outro, tende a dificultar a vida de quem aqui produz os mesmos produtos que lá fora acabam chegando em território nacional por condições mais vantajosas e que pode resultar, a depender do risco e do disparate da situação, em empresas locais fechando a porta e pessoas perdendo os seus empregos. Mesmo que isso não ocorra, as locais podem não conseguir crescer e se estagnam pra sempre.

Essa história de "livre mercado" é bonito na panela dos outros porque na prática nenhum país desenvolvido a coloca inteiramente à risca. Todos acabam tendo, uns mais outros menos, ações protecionistas. Ou vocês acham o quê? Que o fato de existir um bloco chamando "União Europeia" é para os países se darem as mãos e passar o dia todo cantando "we are the world, we are the children"?

Se fosse assim, Trump não teria proibido a venda da Qualcomm alegando risco à segurança nacional. E pra completar temos o novo caso da Huawei, que o governo alega também riscos à segurança nacional, mas é sabido que é muito mais por uma questão mercadológica.

Talvez, uma solução prática ao primeiro momento é quê produtos que não tenham uma fabricação nacional possam ser importados de forma mais facilitada, porque não há lógica em cobrar impostos altos a um produto que nenhuma empresa nacional o faz, seria um concorrência inexistente, um protecionismo irreal.

No entanto, o Brasil tem que defender os interesses da sua nação. Deixar empresas nacionais mais fortes, principalmente dando mais chance as micro e pequenas empresas, é algo que deve ser prioridade, ou, deveria ser, não é?!
 

Darth_Tyranus

Bam-bam-bam
Mensagens
743
Reações
3.730
Pontos
283
Infelizmente nosso produtor tem que se foder mesmo.

Explodiu nos últimos anos casos de leite batizado com água e até mesmo com compostos químicos como sofá cáustica.

O produtor brasileiro é bandido e merece se foder mesmo.
Bem lembrado.

Um atentado contra a vida dos consumidores, e ainda assim a maioria desse pessoal continua trabalhando na área como se nada tivesse acontecido. Não é só com o leite, na área de produtos alimentícios de forma em geral tratam o consumidor com descaso, como se estivessem fazendo algum favor. Um dia desses encontrei um verme dentro de uma pacote de pão fechado. Olhei se tinha algum buraquinho que ele pudesse ter entrado e não tinha nada, venho da fábrica assim.
 

Moonglaive

Bam-bam-bam
Mensagens
6.780
Reações
9.325
Pontos
394
Não estão errados em dizer que produtos agrícolas europeus e americanos são altamente subsidiados. (os da Nova Zelândia não é tanto assim, ali é mais modernidade mesmo).
Quem falou em baixar o imposto pra produzir o leite no país tb ta certo.
O ideal que o imposto pra tudo que envolve fabricar o leite no brasil fosse bem barato (Só pra pagar as custas dos danos ambientais, infraestrutura pública utilizada etc) e a taxa pro leite Europeu fosse apena o suficiente pra manter a competição acirrada com uma levíssima vantagem pro brasileiro. De maneira assim a compensar os altos subsídios, e a taxa seria revista anualmente conforme os subsídios que eles dão ao setor.

Isso garante que o mercado em boa parte permaneça brasileiro com o dinheiro rodando no Brasil mas que a concorrência internacional mantenha a qualidade dos produtos alta já que se a qualidade falhar todo mundo pagará um pouquinho mais pela qualidade.
Tirar a taxa sem fazer o resto só vai acabar com os empregos. O que não é bom pra um país com taxa de desemprego acima de 10%.
 

f0rg0tten

Bam-bam-bam
Mensagens
8.268
Reações
7.842
Pontos
394
É uma questão complica porque, por um lado, menos impostos sobre produtos importados tende a torná-los mais acessíveis ao consumidor brasileiro, por outro, tende a dificultar a vida de quem aqui produz os mesmos produtos que lá fora acabam chegando em território nacional por condições mais vantajosas e que pode resultar, a depender do risco e do disparate da situação, em empresas locais fechando a porta e pessoas perdendo os seus empregos. Mesmo que isso não ocorra, as locais podem não conseguir crescer e se estagnam pra sempre.

Essa história de "livre mercado" é bonito na panela dos outros porque na prática nenhum país desenvolvido a coloca inteiramente à risca. Todos acabam tendo, uns mais outros menos, ações protecionistas. Ou vocês acham o quê? Que o fato de existir um bloco chamando "União Europeia" é para os países se darem as mãos e passar o dia todo cantando "we are the world, we are the children"?

Se fosse assim, Trump não teria proibido a venda da Qualcomm alegando risco à segurança nacional. E pra completar temos o novo caso da Huawei, que o governo alega também riscos à segurança nacional, mas é sabido que é muito mais por uma questão mercadológica.

Talvez, uma solução prática ao primeiro momento é quê produtos que não tenham uma fabricação nacional possam ser importados de forma mais facilitada, porque não há lógica em cobrar impostos altos a um produto que nenhuma empresa nacional o faz, seria um concorrência inexistente, um protecionismo irreal.

No entanto, o Brasil tem que defender os interesses da sua nação. Deixar empresas nacionais mais fortes, principalmente dando mais chance as micro e pequenas empresas, é algo que deve ser prioridade, ou, deveria ser, não é?!

Como falaram acima, não tem sentido nossa produção ser mais cara que a externa. Se é temos que atacar nos motivos da produção ser mais cara, como a tributação que pagamos. Cobrar tarifas extras dos produtos importados é uma solução "fácil", um tapa-buraco que esconde o problema real na grande maioria dos casos.

Claro, não estou dizendo que só devemos mexer no protecionismo. Se temos que ficar competitivos nossa legislação, nossos tributos, etc tem que acompanhar. Não adianta tirar a barreira e cobrar 100% de imposto em equipamento essencial para a produção. Como a noticia aponta o serviço foi feito pela metade, como é normal por aqui.

No fim das contas protecionismo só serve para acomodar e estagnar o mercado. Se não conseguimos ser realmente competitivos em algum ramo temos que avaliar muito bem se realmente é viável produzirmos aquilo. Empresas quebrarem, desemprego, etc, são problemas imediatos mas impedir/dificultar esse tipo de modificação no mercado só faz deixar o buraco mais fundo (se quiser um exemplo basta lembrar do Brasil até o começo dos anos 90), esse gap só fica mais insustentável com o tempo.

Não vou ser brutalista a ponto de dizer que temos que cortar essas coisas para ontem, afinal cortar arrecadação sem cortar gastos é um tiro no pé (e temos um governo bastante inchado), mas não é algo que podemos deixar como está. As barreiras sem sentido (em coisas que não produzimos) tem sim que cair para ontem, os gastos do governo tem que diminuir no curto prazo e a tributação tem que acompanhar (junto com as outras barreiras). O nosso foco tem que ser em sermos competitivos, isolamento não parece uma opção viável, pensando em futuro.
 

Hitmanbadass

You can't handle the truth!
VIP
Mensagens
11.262
Reações
12.697
Pontos
614
País diferente, clima diferente, e o principal, tecnologia diferente.
Em alguns lugares é muito mais fácil e mais barato de produzir. E isso é muito ruim pros produtores brasileiros que não possuem tecnologia boa e barata para concorrer com esses países. Por isso o governo precisa tomar medidas pra fomentar e proteger a produção local.

Isso é até relativamente fácil de entender.
Difícil é entender como alguém prefere que os produtores Brasileiros "'se ferrem" só pra apoiar seu politicozinho de estimação.
O ministério afirmou que a derrubada da taxa começou a ser discutida no governo passado e que tentou reverter a decisão, sem sucesso. "O MAPA reconhece o problema e trabalha considerando a sensibilidade do setor leiteiro, de grande importância social e econômica para o Brasil", disse em nota.

Dumping é complicado de se manter com países que fazem parte da OMC (como o Brasil).

Esse assunto circula a ANOS e os governos anteriores fizeram o que?

Tiraram impostos da cadeia produtiva? Buscaram acordos bilaterais antes
da queda do Dumping?

Mandaram dinheiro para Angola?

Vejo mto isso aqui no fórum: Pressa em lacrar quando estão falando de si mesmos.
 

da19x

Bam-bam-bam
Mensagens
1.526
Reações
3.537
Pontos
303
Como falaram acima, não tem sentido nossa produção ser mais cara que a externa. Se é temos que atacar nos motivos da produção ser mais cara, como a tributação que pagamos. Cobrar tarifas extras dos produtos importados é uma solução "fácil", um tapa-buraco que esconde o problema real na grande maioria dos casos.

Claro, não estou dizendo que só devemos mexer no protecionismo. Se temos que ficar competitivos nossa legislação, nossos tributos, etc tem que acompanhar. Não adianta tirar a barreira e cobrar 100% de imposto em equipamento essencial para a produção. Como a noticia aponta o serviço foi feito pela metade, como é normal por aqui.

No fim das contas protecionismo só serve para acomodar e estagnar o mercado. Se não conseguimos ser realmente competitivos em algum ramo temos que avaliar muito bem se realmente é viável produzirmos aquilo. Empresas quebrarem, desemprego, etc, são problemas imediatos mas impedir/dificultar esse tipo de modificação no mercado só faz deixar o buraco mais fundo (se quiser um exemplo basta lembrar do Brasil até o começo dos anos 90), esse gap só fica mais insustentável com o tempo.

Não vou ser brutalista a ponto de dizer que temos que cortar essas coisas para ontem, afinal cortar arrecadação sem cortar gastos é um tiro no pé (e temos um governo bastante inchado), mas não é algo que podemos deixar como está. As barreiras sem sentido (em coisas que não produzimos) tem sim que cair para ontem, os gastos do governo tem que diminuir no curto prazo e a tributação tem que acompanhar (junto com as outras barreiras). O nosso foco tem que ser em sermos competitivos, isolamento não parece uma opção viável, pensando em futuro.
Se continuarem fazendo ordenha na mão, fica realmente difícil competir mesmo. O Brasil é o quarto maior produtor de leite do mundo, e com potencial para aumentar ainda mais, mas para isso é preciso aumentar a produtividade, pois é muito baixa. É aqui o X da questão. Como aumentar a produtividade? Com certeza impor barreiras comerciais é que não vai resolver.

https://www.sna.agr.br/produtividade-da-pecuaria-leiteira-e-inferior-a-metade-da-media-mundial/
 

Moonglaive

Bam-bam-bam
Mensagens
6.780
Reações
9.325
Pontos
394
Se continuarem fazendo ordenha na mão, fica realmente difícil competir mesmo. O Brasil é o quarto maior produtor de leite do mundo, e com potencial para aumentar ainda mais, mas para isso é preciso aumentar a produtividade, pois é muito baixa. É aqui o X da questão. Como aumentar a produtividade? Com certeza impor barreiras comerciais é que não vai resolver.

https://www.sna.agr.br/produtividade-da-pecuaria-leiteira-e-inferior-a-metade-da-media-mundial/
Não é questão de tirar na mão. Só ler a matéria.
È preciso pelo visto investir alguns bilhões em vacas geneticamente próprias pra produzir leite e mudar o manejo do mesmo.
Produção de leite tb é mais pro sul/sudeste do país. Acima de SP o animal sofre stress térmico que só pode ser compensado com ar-condicionado.

Isso não vira do dia pra noite não importa o que seja feito. E uma empresa precisará ser contratada e paga pra isso.

O Setor quebrará geral em 1-3 anos sendo que precisa de 10 pra se atualizar. O que levará a oligopólios/monopólios dos poucos sobreviventes que virá com seus próprios vícios.
Mas podemos argumentar que gastaram 17 anos fazendo nada. (Desde 2001).
 

da19x

Bam-bam-bam
Mensagens
1.526
Reações
3.537
Pontos
303
Não é questão de tirar na mão. Só ler a matéria.
È preciso pelo visto investir alguns bilhões em vacas geneticamente próprias pra produzir leite e mudar o manejo do mesmo.
Produção de leite tb é mais pro sul/sudeste do país. Acima de SP o animal sofre stress térmico que só pode ser compensado com ar-condicionado.

Isso não vira do dia pra noite não importa o que seja feito. E uma empresa precisará ser contratada e paga pra isso.

O Setor quebrará geral em 1-3 anos sendo que precisa de 10 pra se atualizar. O que levará a oligopólios/monopólios dos poucos sobreviventes que virá com seus próprios vícios.
Mas podemos argumentar que gastaram 17 anos fazendo nada. (Desde 2001).
Sim não é algo que se consegue do dia para a noite, é preciso investir em vários aspectos e melhorar o manejo, pois o clima tem sua influencia, mas não é o único fator afetando a produtividade. Quem tem medo de investir, acaba não conseguindo contornar os problemas que são bastantes conhecidos no setor. Poderiam aproveitar o lobby, que normalmente fazem para garantir um certo protecionismo, para facilitar a vida daqueles que querem investir num setor que tem uma alta demanda.

Especificamente sobre a produtividade, no link a seguir há uma análise do período entre 2000-2015 comparando os 10 principais países produtores. A diferença é gritante. A Nova Zelândia, uma ilha no meio do nada, com área um pouco maior que o estado de SP, produz mais da metade do que o Brasil produz utilizando 1/5 do número de vacas.
http://www.baldebranco.com.br/dez-paises-top-no-leite/
 
Ultima Edição:

Insane Metal

Mil pontos, LOL!
Mensagens
37.941
Reações
24.779
Pontos
1.089
Meu pau de óculos que os preços estão baixos. O leite em caixa está costumeiramente beijando os 4-5 reais e 400g de leite em pó mais vagaba custa ali seus 7 a 8 reais aproximadamente. Tem que ficar esperando chegar promoção para aproveitar o leite a 3 e pouco e em pó a 6 mais ou menos.
Barato esse leite em pó... aqui, marca que presta custa de 10 pra cima as 400g...
 

da19x

Bam-bam-bam
Mensagens
1.526
Reações
3.537
Pontos
303
Outra coisa que tem de cuidar nesse calculo de produtividade é como ele é feito. É por espaço de terra? O Brasil tem muito mais espaço que a nova zelandia, então, ele vai subutilizar o espaço, e a produtividade por espaço de terra vai cair.
O cálculo é produção total/número de vacas ordenhadas. Só falei da extensão territorial para mostrar o quanto a produtividade é baixa por aqui, mesmo tendo uma disponibilidade de área muito maior.

Mas uma coisa que pode influenciar nisso é a preferência do produtor pelo gado de corte,pois boa parte é exportada. Com o dólar favorável para exportação, é esperado que haja essa preferência.
 

Bastiat_

Bam-bam-bam
Mensagens
922
Reações
2.388
Pontos
283
O cálculo é produção total/número de vacas ordenhadas. Só falei da extensão territorial para mostrar o quanto a produtividade é baixa por aqui, mesmo tendo uma disponibilidade de área muito maior.

Mas uma coisa que pode influenciar nisso é a preferência do produtor pelo gado de corte,pois boa parte é exportada. Com o dólar favorável para exportação, é esperado que haja essa preferência.
O dolar não costuma aumentar a exportação totais pq ele aumenta o custo dos insumos, maquinas, etc.. Se vc pegar o gráfico vc olha a relação inversa.. Mas gera uma ilusão no produtor pq ele ganha mais dinheiro, só que quando ele for reinvestir esse dinheiro, tudo vai estar mais caro.. E então, ele vai exportar menos pq vai produzir menos..
O que o governo pode fazer é ampliar a abertura comercial e reduzir impostos de importação sobre maquinarias, insumos, etc
Isso vai transferir o choro do setor leiteiro pro setor que vende peça defasada pro setor leiteiro.. Mas abertura comercial é assim mesmo.. Se não existir nenhum setor que quebre, não pode ocorrer aumento de produtividade na economia.. O extremo disso seria o Brasil produzir tudo, mas faria tudo mal feito.. A consequencia é produtividade baixa , e então, salarios baixos, e dependencia cada vez maior de fechar o mercado pq seus setores precisam ficar usando tecnologia defasada e cara para produzir
 

Ex-peão louco

Supra-sumo
VIP
Mensagens
859
Reações
1.636
Pontos
173
É só leite em pó porra! E já tão chorando?
Se os caras conseguem produzir mais caro que a Europa que é o lugar mais caro do mundo tem que falir mesmo.
Tava pensando exatamente isso. O leite aqui é MAIS CARO que na Europa? Vai pra pqp. Ou é mentira, ou é incompetência.
 
Topo