O que há de Novo?
  • Novo tema VIP está disponível
    Visitante, um novo tema com fundo escuro agora está disponível para aqueles que contribuíram com doações ao fórum e têm o status VIP. Veja os detalhes aqui.


Hero Mask - Novo Anime da Pierrot [+Netflix]



Leon Powalski

Bam-bam-bam
Mensagens
1.534
Reações
3.976
Pontos
293
Interessante... faz tempo que procuro um anime desse nível... vou assistir com certeza.
 

Spike Spiegal

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
20.675
Reações
44.079
Pontos
544
Interessante... faz tempo que procuro um anime desse nível... vou assistir com certeza.
Outro anime da Netflix que lembra esse é o B: The Beginning. Mas eu espero que Hero Mask seja melhor.

Não que B seja ruim, mas tem horas que o anime parece ser uma colcha de retalhos muito cool e edgy pra agradar o público ocidental. Tomara que Hero Mask não deixe essa impressão também.
 

antonioli

O Exterminador de nicknames
VIP
Mensagens
87.409
Reações
130.240
Pontos
949
São tatas cenas passadas rapidamente no trailer que não dá nem para entender do que se trata. Mas a temática parece boa e deve valer a pena dar uma conferida.
 

Spike Spiegal

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
20.675
Reações
44.079
Pontos
544
São tatas cenas passadas rapidamente no trailer que não dá nem para entender do que se trata. Mas a temática parece boa e deve valer a pena dar uma conferida.
A sinopse de acordo com a nota do ANN:

The anime will center on a string of horrific incidents that all revolve around a mysterious "mask." Detective James Blood works to chase down the truth of the incidents. The anime will have 15 episodes. The show's official English website describes the story as follows:
Now there's a mysterious Mask before James Blood, and the man behind it is one that shouldn't exist. What is the mystery surrounding this mask...?
So begins an action-packed crime story set in a beautiful city!​
Além de lembrar B: The Beginning pela vibe, também lembra Jojo pelo lance da máscara.
 

Spike Spiegal

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
20.675
Reações
44.079
Pontos
544
E felizmente parece que foi dublado no Rio.

EXCLUSIVO – HERO MASK: NOVO ANIME DA NETFLIX EM FASE DE DUBLAGEM
Por Nielsen Souza em 04/11/2018 às 14:07

Netflix / Studio Pierrot / Divulgação
Faltando apenas um mês para sua estreia, Hero Mask, novo anime original coproduzido pela Netflix em parceria com o Studio Pierrot, está em fase de dublagem no Brasil, e para alegria dos fãs, o ANMTV apurou que o processo está acontecendo no Rio de Janeiro pelo estúdio All Dubbing, (responsável pela versão brasileira do filme Bayonetta) sob a direção de Silvio Gonzalez e Rafael Schubert.
Como já é de praxe nestes casos, nenhuma informação sobre a escalação do elenco pode ser divulgada, pelo menos por enquanto. É esperado que mais adiante surjam mais informações sobre este assunto.
Hero Mask tem estreia programada na Netflix para o dia 3 de dezembro.
Depois de tanta dublagem de qualidade questionável na Netflix, parece que isso fecha bem o ano.

Reparem que eu disse que "parece", porque a segunda temporada de Nanatsu no Taizai ganhou uma dublagem bem merda, mesmo sendo uma carioca.
 
Ultima Edição:


Spike Spiegal

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
20.675
Reações
44.079
Pontos
544
Se não for uma tranqueira do naipe de Sword Gai, vou dar uma chance.

E achei B chato bagarai.
B The Beginning é legalzinho. O ruim é que a narrativa não entrega de cara o que o anime promete e no fim fica parecendo que é uma tentativa mal-sucedida de ser um daqueles animes de mistério/suspense/ação que teria sido um marco entre os ocidentais na década passada, sabe, um Cowboy Bebop look-alike.
Só que a gente tá em 2018, e não em 2002 ou em 2008. Sirius the Jeager deixa a mesma impressão pelo o que falaram num outro tópico.

Vamos ver se esse Hero Mask vai ser diferente. Não to com expectativas altíssimas não, mas vou dar uma chance.
 

Spike Spiegal

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
20.675
Reações
44.079
Pontos
544
Assisti dois episódios agora. Minhas primeiras impressões:

A animação não é horrível, mas no segundo episódio em especial ela deixa a desejar. Tem uns jogos de câmera e fotografia que eu achei bem estranhos também.
Em comparação com B: The Beginning que tem uma animação primorosa, nesse quesito esse aqui perde de lavada.

O roteiro é meio genérico, e as interações entre os personagens não me passam uma boa primeira impressão. Tem uma morte no primeiro episódio e eu achei que tentaram fazer uma coisa comovente e grande em cima desse evento, no entanto, sequer deu tempo de se apegar à personagem que morre em questão. Quem assistir vai entender do que eu estou falando.
Da mesma forma que também sequer dá tempo de sentir algo pelo vilão que aparece nesses dois primeiros episódios, como também parecem tentar fazer o espectador sentir. Por sorte, ele parece ser só um degrau pra uma escada bem maior. Quem assistiu também entendeu.

A dublagem em português pelo menos é boa. Foi feita no Rio e tem o Ricardo Juarez no elenco.

Mas, a minha primeira impressão não é muito boa considerando o todo do anime, e não me surpreende, na verdade. Vou continuar vendo porque o finalzinho do segundo episódio deu uma perspectiva minimamente interessante pro que pode ser o resto da história do anime.
 
Ultima Edição:

Spike Spiegal

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
20.675
Reações
44.079
Pontos
544
Nem parece anime da pierrot. Tomara que não seja tão ruim quanto B.
B é legalzinho. A narrativa é confusa e a história demora pra ter um foco no lugar certo, mas tem bons conceitos, diálogos muito fodas e bons personagens, além da melhor ending.

Hero Mask eu vou ver mais alguns episódios pra poder analisar melhor.
 

Androide paranoico

Ser evoluído
Mensagens
50
Reações
122
Pontos
33
Queria um anime de bebidas e de atender o celular, aguardando aqui!
risos, parece que encontrou.

Sinto saudade de um anime dramático e violento, que não fosse infantil como a maioria dos animes merdas, pois odeio animes que se passam em escolas (maioria deles) e com personagens adolescentes. [Ignorem o fato de eu usar a foto do K-On por enquanto]

Exemplo de algo assim é Elfen Lied. Não tenho nada contra isso, mas parece que os animes têm um potencial muito maior para explorar no mundo adulto, com personagens com problemas semelhantes aos nossos, sem perder a fidelidade com a realidade, como Hataraku maou sama, no qual o demônio trabalha no MCdonald's e a heroína trabalha como telemárketing, passando pelos mesmos problemas que todos nós passamos. Sinto falta desse tipo de laço que só eu entendo. Eu tive problemas para colocar isso em palavras de alguma forma, acho que vou abrir um tópico específico sobre isso mais tarde. Alguém mais se identifica com isso?
 

Epic Sax CEO

Bam-bam-bam
Mensagens
4.851
Reações
5.903
Pontos
303
Sinto saudade de um anime dramático e violento, que não fosse infantil como a maioria dos animes merdas, pois odeio animes que se passam em escolas (maioria deles) e com personagens adolescentes. [Ignorem o fato de eu usar a foto do K-On por enquanto]
Keion é bom porra!
Tem espaço para animes de todos os tipos, não ter anime em escola não fará ter bons animes do jeito que você quer.
 

Spike Spiegal

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
20.675
Reações
44.079
Pontos
544
Vi até o episódio 4.

Tem uns dramas interessantes e a história tomou alguns desdobramentos também interessantes. A animação mantém um nível muito bom pelo menos, ainda mais pra uma série da Pierrot depois das conhecidas derrapadas com Naruto, Bleach e outros.

Continuarei a ver o resto. Por enquanto, está um pouco acima das minhas expectativas, que eram medianas.

Outra coisa: diferente do trailer, os personagens mal bebem café e atendem o celular durante a série.
 
Ultima Edição:

gfs1

Habitué da casa
Mensagens
173
Reações
166
Pontos
78
Tentei ver um episódio ontem, mas achei tão genérico que logo perdi o interesse, talvez dê uma chance mais pra frente.
 

Androide paranoico

Ser evoluído
Mensagens
50
Reações
122
Pontos
33
O único anime que assisto na Netflix ultimamente é o Last Hope, pois gosto de apocalipse futurístico. O resto eu ''tentei'' ver, mas como disse o cara aí, é genérico. E é mesmo.
O resto que eu deduzia ser bom já assisti, alguns não devem estar mais lá. Espero que ano que vem a Netflix melhore com os animes urgente.

Keion é bom porra!
Tem espaço para animes de todos os tipos, não ter anime em escola não fará ter bons animes do jeito que você quer.

o exemplo que dei de um personagem com problemas reais (de adulto) me faz permanecer conectado a fragmentos da realidade, e o resto no anime, me faz ficar aliviado pois assim encontro um lugar entre os dois mundos qual me entretenho sem ''viajar'' demais, diferente do que acontece com animes tipo K-on, no qual você tem que entrar na cabeça de uma criança para compreender aquele Universo. Eu prefiro algo metade real e metade fantasia, e gosto de Caos no meio disso, algo que me dê euforia e me faça refletir sobre minha vida. Ou ao menos pensar ''Será que isso pode acontecer?'' Elfen Lied me deu isso, de uma forma que não consigo explicar. Mas isso só aconteceu porque os personagens não eram crianças, e tinham problemas como Eu tenho, apesar do resto ser coisa de ficção científica, já havia aí algo que ligava o meu mundo e o mundo do anime.

Mas uma coisa que eu notei é que as pessoas estão procurando animes e filmes diferentes de suas próprias vidas como uma forma de escapar da realidade. Apartir de agora minha resposta vai virar uma teoria particular que pode parecer loucura pura, então não leve muito a sério; Eu usei drogas dissociativas há alguns anos atrás, e às vezes acho que o meu motivo para isso era o mesmo de uma pessoa criass o hábito ou passasse a assistir animes até que o fizesse em excesso. Todo mundo tem alguma fuga como a minha, ou busca por algo constantemente, pode ser até mesmo um tipo específico de filme, música ou mangá, para FUGIR de alguma coisa (realidade) é minha teoria, todo mundo possuí vicios e pequenas fugas da realidade., quer algo que o leva para outro mundo totalmente diferente do seu, quase todo mundo tem esse algo. Uma pessoa comum aqui pode ter o de assistir animes frequentemente, ou jogos. Eu conheci pessoas que se escondiam em várias coisas, como raves, festas, bebida, drogas, músicas, etc.. eram mecanismos para fugir, dissociar. se você pensar bem nisso vai acabar encontrando o seu próprio vício, ou ao menos a maneira que você criou para fugir. Provavelmente você tem uma, mas animes podem ser um deles, com certeza absoluta.

EU não gosto quando os personagens são muito reais e têm 12 anos de idade, vivendo nessas fantasias, ainda mais quando o contexto é todo real. Algo engraçado sobre isso é que, se eu assisto a muitas horas de um anime como K-On, minha mente produz flashes de canções do berçário que eu ouvi quando era criança. Eu estava lendo um artigo científico esses dias no I Fucking Love Science dizendo que o vício em DROGAS te leva de volta para a sua infância, ou te faz se sentir como se fosse uma criança de novo, eu esqueci agora o que mais eles disseram, mas sabemos que maioria dos vícios trabalham com áreas iguais. Bem, eu era viciado em dissociativos, agora vamos supor que a sua maneira de dissociar seja através dos animes, que te levam para longe da sua própria realidade. Você defender K-ON me faz acreditar bastante nisso, você gosta de realidades alternativas bem distantes da sua, como eu disse, para entender um anime daqueles tem que entrar na mente de uma criança, os personagens deve ter 13 anos no máximo. isso me cheira a fuga. (igual as que eu fazia quando usava drogas)

Eu sempre fui o cara que não via coisas que estavam muito distantes da minha realidade, como filmes que acontecem em áreas que eu nunca frequento. De qualquer forma, eu não odeio animes escolares de verdade, eu só sinto falta da minha comunhão com os personagens, porque é através dela que eu passei a gostar de animes.

PS: Não leve isso a sério, é apenas uma teoria boba.
 
Ultima Edição:

Spike Spiegal

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
20.675
Reações
44.079
Pontos
544
O único anime que assisto na Netflix ultimamente é o Last Hope, pois gosto de apocalipse futurístico. O resto eu ''tentei'' ver, mas como disse o cara aí, é genérico. E é mesmo.
O resto que eu deduzia ser bom já assisti, alguns não devem estar mais lá. Espero que ano que vem a Netflix melhore com os animes urgente.




o exemplo que dei de um personagem com problemas reais (de adulto) me faz permanecer conectado a fragmentos da realidade, e o resto no anime, me faz ficar aliviado pois assim encontro um lugar entre os dois mundos qual me entretenho sem ''viajar'' demais, diferente do que acontece com animes tipo K-on, no qual você tem que entrar na cabeça de uma criança para compreender aquele Universo. Eu prefiro algo metade real e metade fantasia, e gosto de Caos no meio disso, algo que me dê euforia e me faça refletir sobre minha vida. Ou ao menos pensar ''Será que isso pode acontecer?'' Elfen Lied me deu isso, de uma forma que não consigo explicar. Mas isso só aconteceu porque os personagens não eram crianças, e tinham problemas como Eu tenho, apesar do resto ser coisa de ficção científica, já havia aí algo que ligava o meu mundo e o mundo do anime.

Mas uma coisa que eu notei é que as pessoas estão procurando animes e filmes diferentes de suas próprias vidas como uma forma de escapar da realidade. Apartir de agora minha resposta vai virar uma teoria particular que pode parecer loucura pura, então não leve muito a sério; Eu usei drogas dissociativas há alguns anos atrás, e às vezes acho que o meu motivo para isso era o mesmo de uma pessoa criass o hábito ou passasse a assistir animes até que o fizesse em excesso. Todo mundo tem alguma fuga como a minha, ou busca por algo constantemente, pode ser até mesmo um tipo específico de filme, música ou mangá, para FUGIR de alguma coisa (realidade) é minha teoria, todo mundo possuí vicios e pequenas fugas da realidade., quer algo que o leva para outro mundo totalmente diferente do seu, quase todo mundo tem esse algo. Uma pessoa comum aqui pode ter o de assistir animes frequentemente, ou jogos. Eu conheci pessoas que se escondiam em várias coisas, como raves, festas, bebida, drogas, músicas, etc.. eram mecanismos para fugir, dissociar. se você pensar bem nisso vai acabar encontrando o seu próprio vício, ou ao menos a maneira que você criou para fugir. Provavelmente você tem uma, mas animes podem ser um deles, com certeza absoluta.

EU não gosto quando os personagens são muito reais e têm 12 anos de idade, vivendo nessas fantasias, ainda mais quando o contexto é todo real. Algo engraçado sobre isso é que, se eu assisto a muitas horas de um anime como K-On, minha mente produz flashes de canções do berçário que eu ouvi quando era criança. Eu estava lendo um artigo científico esses dias no I Fucking Love Science dizendo que o vício em DROGAS te leva de volta para a sua infância, ou te faz se sentir como se fosse uma criança de novo, eu esqueci agora o que mais eles disseram, mas sabemos que maioria dos vícios trabalham com áreas iguais. Bem, eu era viciado em dissociativos, agora vamos supor que a sua maneira de dissociar seja através dos animes, que te levam para longe da sua própria realidade. Você defender K-ON me faz acreditar bastante nisso, você gosta de realidades alternativas bem distantes da sua, como eu disse, para entender um anime daqueles tem que entrar na mente de uma criança, os personagens deve ter 13 anos no máximo. isso me cheira a fuga. (igual as que eu fazia quando usava drogas)

Eu sempre fui o cara que não via coisas que estavam muito distantes da minha realidade, como filmes que acontecem em áreas que eu nunca frequento. De qualquer forma, eu não odeio animes escolares de verdade, eu só sinto falta da minha comunhão com os personagens, porque é através dela que eu passei a gostar de animes.

PS: Não leve isso a sério, é apenas uma teoria boba.
Last Hope é legalzinho. Não é o melhor anime do Kawamori, mas dá pro gasto um pouquinho.

A Netflix tem bons animes, embora uma parcela pareça genérico.

A minha ordem de preferência dos animes originais deles (desconsiderando Hero Mask que eu não terminei) do melhor pro pior:

1 - Devilman Crybaby
2 - Ajin
3 - B: The Beginning
4 - Violet Evergarden
5 - Knights of Sidonia
6 - Blame
7 - Kuromukuro
8 - Kakegurui
9 - Godzilla: Cidade no Limiar da Batalha
10 - Godzilla: Planeta dos Monstros
11 - Kujira no Kora - Filhos das Baleias
12 - A.I.C.O. Incarnation

B The Beginning e AICO são os mais pegados no pé por serem supostamente genéricos, e de fato são mesmo. Usam tropes ocidentais aos montes, mas eu ainda acho que B tem ideias boas, além da melhor ending. Já AICO é bem ruim mesmo, nem a dublagem daquele troço se salva.

Quanto ao que você disse sobre a fuga da realidade, eu tenho que ser honesto e te dizer que o seu texto soa meio maluco, mas tem um fundo de verdade. Entretenimento também uma coisa que a gente pode usar pra escapar da realidade, e animes não são exceção.
 

Khalid

Habitué da casa
Mensagens
154
Reações
97
Pontos
63
Achei mais ou menos, mas dá pra assistir. 15 episódios é demais, na minha opinião.
 

gfs1

Habitué da casa
Mensagens
173
Reações
166
Pontos
78
O Japão meio que passa por essa "vontade de escapar da realidade", visto a quantidade absurda de isekais que sai por temporada.

Também passo por essa questão de procurar histórias, sejam animes, séries, quadrinhos, livros ou filmes, que tenham uma história com a qual eu também possa me identificar e refletir, recentemente no ramo dos animes algo que veio como um soco na minha cara foi o excelente 3-Gatsu no Lion, mas pra cada 3-Gatsu, é uma dúzia de SAO e K-Ons que a industria continua dizendo que devem ser consumidas por pessoas adultas, o que só gera minha indignação pois isso não é saudável de maneira alguma.

O que tenho feito mais no ramo animístico é conhecer obras antigas da qual sempre tive interesse mas nunca procurei de fato conhecer, nessa onda vi esse ano Lain, Kino no Tabi, Utena, Gundam 0079 e War in the Pocket, Gunbuster e pretendo cada vez mais me aprofundar nesses tipos de obras feitas anteriormente por pessoas que queriam se conectar com o seu público, e não apenas fazê-los se esquecerem do mundo à sua volta.
 

mig29gsxr

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
16.959
Reações
18.446
Pontos
694
Os animes novos do Netflix estão de chorar de raiva ou todos os animes caíram de qualidade nos últimos anos?
Teve uns que me deu muita vontade de pedir meu tempo de volta, entre eles o Sword Gai e aquele Fate Last Encore (conseguiram cagar a série Fate SN pqp)...
Esta é a minha pergunta para vocês.
 

Spike Spiegal

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
20.675
Reações
44.079
Pontos
544
Os animes novos do Netflix estão de chorar de raiva ou todos os animes caíram de qualidade nos últimos anos?
Teve uns que me deu muita vontade de pedir meu tempo de volta, entre eles o Sword Gai e aquele Fate Last Encore (conseguiram cagar a série Fate SN pqp)...
Esta é a minha pergunta para vocês.
Sword Gai e Fate Extra são a nata do ruim mesmo. Mas a maioria dos animes da Netflix são mornos na verdade. Nem tão ruins, e nem tão bons.

Sword Gai por sua vez é um extremo do ruim, enquanto Devilman Crybaby é um extremo do bom.
 

M3troid

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
10.162
Reações
19.703
Pontos
553
Perguntar aqui. Alguém sabe quando High Score Girl vai passar no Netflix? Só sei que era pra ser agora em dezembro.
 

mig29gsxr

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
16.959
Reações
18.446
Pontos
694
Sword Gai e Fate Extra são a nata do ruim mesmo. Mas a maioria dos animes da Netflix são mornos na verdade. Nem tão ruins, e nem tão bons.

Sword Gai por sua vez é um extremo do ruim, enquanto Devilman Crybaby é um extremo do bom.
Ah é que Devilman é baseado num mangá raiz né, base do estilo shonen que tanto guiou nossas infâncias mais tarde. Mas eu sou um pouco fraco para essas coisas mais originais de mangá, a história é pesada demais, sou sensível demais kkk. Gostei do 009 também, apesar do 3D,
Tudo bem, vai ser difícil ver algo tão bom como Cowboy Bebop, Gasaraki, Code Geass, Steins Gate, só para citar alguns... talvez seja pedir demais... vou começar a explorar os animes mais antigos que faltaram, para matar a vontade kkk.
 

senryu

Bam-bam-bam
Mensagens
3.891
Reações
2.448
Pontos
334
Os animes novos do Netflix estão de chorar de raiva ou todos os animes caíram de qualidade nos últimos anos?
Teve uns que me deu muita vontade de pedir meu tempo de volta, entre eles o Sword Gai e aquele Fate Last Encore (conseguiram cagar a série Fate SN pqp)...
Esta é a minha pergunta para vocês.
Olha sobre os animes!?
Teve uma crise dos 2004 há 2012!
Alguns decretaram o fim dos animes!
Mas a industria no meio de 30 à 40 animes por temporada; podemos dizer que está se recuperando pois sempre tem uns 5 ou 7 animes que podemos dizer que tem algum potencial (alguns quebram)mas no fim até sai coisa boa dali!
Só que pra achar aí fica meio difícil, pois fica meio espalhado!
O ideal é perguntar um gênero é ir de dica ou reviews!
Já o Netflix o @Spike Spiegal fez uma boa lista
O Fate extra sinceramente já no jogo é "cagado" o anime tentou transformar o maior lixo atômico! (pior que isso só a bagunça do Grand Order!) de Fate em ouro! é conseguiu algo de mediano pra ruim; pra mim já foi um milagre tornarem "a" Nero em um personagem simpático!

Perguntar aqui. Alguém sabe quando High Score Girl vai passar no Netflix? Só sei que era pra ser agora em dezembro.
Se não me falha estreia na véspera de Natal entre o dia 18 ou 23.
 

Spike Spiegal

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
20.675
Reações
44.079
Pontos
544
Perguntar aqui. Alguém sabe quando High Score Girl vai passar no Netflix? Só sei que era pra ser agora em dezembro.
Dia 24, na véspera do natal.

Ah é que Devilman é baseado num mangá raiz né, base do estilo shonen que tanto guiou nossas infâncias mais tarde. Mas eu sou um pouco fraco para essas coisas mais originais de mangá, a história é pesada demais, sou sensível demais kkk. Gostei do 009 também, apesar do 3D,
Tudo bem, vai ser difícil ver algo tão bom como Cowboy Bebop, Gasaraki, Code Geass, Steins Gate, só para citar alguns... talvez seja pedir demais... vou começar a explorar os animes mais antigos que faltaram, para matar a vontade kkk.
Eu esqueci de falar de Cyborg 009. Call of Justice é uma série legalzinha também. Vale o tempo pra ser vista.

EDIT.: Outro que lembrei agora e tinha esquecido antes foi ID-0. Também é bacaninha, muito embora o final tenha sido ruinzinho e a animação em CG é meio travada.
 
Ultima Edição:

senryu

Bam-bam-bam
Mensagens
3.891
Reações
2.448
Pontos
334
Alguém mais viu?
To vendo sabe deus porque pelo celular.....
(to viajando)
E to no 8 é...deus porque to vendo isso!?
Até aqui é uma série que não ousa nada!
Parece que pegou um manual de fazer séries de detetive e tá seguindo à risca ele!
A coisa mais memorável foi o "quebra pau" no meio da rua! (no 6)
Bom vou ver se consigo ver os 4 que faltam antes da minha franquia de celular esgotar...
Mas até aqui tá sendo um Pierot fazendo Portfólio que sabe animar em qualidade HD/ wide screen!
De resto genérico até dizer chega!
Talvez o elogiável é a dublagem em português!, é o que evita eu dormir vendo...
Mas de longe o efeito falta de inovação dificulta maratonar!
 

Spike Spiegal

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
20.675
Reações
44.079
Pontos
544
To vendo sabe deus porque pelo celular.....
(to viajando)
E to no 8 é...deus porque to vendo isso!?
Até aqui é uma série que não ousa nada!
Parece que pegou um manual de fazer séries de detetive e tá seguindo à risca ele!
A coisa mais memorável foi o "quebra pau" no meio da rua! (no 6)
Bom vou ver se consigo ver os 4 que faltam antes da minha franquia de celular esgotar...
Mas até aqui tá sendo um Pierot fazendo Portfólio que sabe animar em qualidade HD/ wide screen!
De resto genérico até dizer chega!
Talvez o elogiável é a dublagem em português!, é o que evita eu dormir vendo...
Mas de longe o efeito falta de inovação dificulta maratonar!
Eu vejo se assisto mais episódios amanhã, mas a minha impressão é parecida com a sua.

Acho que B: The Beginning é melhor, já que pelo menos teve ideias melhores.

AICO por outro lado é pior porque é difícil atingir a ruindade daquilo.
 
Topo