O que há de Novo?
  • Novo tema VIP está disponível
    Visitante, um novo tema com fundo escuro agora está disponível para aqueles que contribuíram com doações ao fórum e têm o status VIP. Veja os detalhes aqui.


Humans of Grelo Duro.





Agito

Bam-bam-bam
Mensagens
4.276
Reações
15.500
Pontos
303
E pensar que há alguns anos atrás nesse mesmo fórum, tinha uma feminista louca promovendo baderna, chamando todo mundo de misógino enquando um punhado de tanga frouxa ficava por trás dela dando apoio. Era só ela soltar um "vc é legal" que nego já se mijava. Tomei uma porrada warnings e travadas nessa época.

Ainda bem que a maioria deles se foi ou se limita a aparecer eventualmente.
 

Tauron

Bam-bam-bam
Mensagens
2.824
Reações
18.315
Pontos
303
#meetoo side effects... a regra de Mike Pence começa a ser adotada, nada de contatos entre homens compromissados e mulheres.
Mais uma grande conquista da demência feminista...

Jornalista é impedida de cobrir campanha eleitoral nos EUA por ser mulher desacompanhada
Candidato a governador do Mississipi se recusa a ficar sozinho com mulheres




Copiar link

14.jul.2019 às 20h00
Ouvir o texto
Diminuir fonte Aumentar fonte
NOVA YORK | REUTERS
A recusa de um candidato dos EUA a viajar com uma repórter a menos que um homem estivesse presente gerou uma avalanche de críticas a ele nas redes sociais nos últimos dias

A repórter Larrison Campbell pediu para viajar com o republicano Robert Foster, que disputa o cargo de governador do MIssissipi, em uma viagem de campanha de 15 horas, mas foi informado por sua equipe de campanha que um colega do sexo masculino teria que acompanhá-la.

Larrison Campbell, repórter do site Mississippi Today
Larrison Campbell, repórter do site Mississippi Today - Reprodução/Facebook
Campbell escreveu no site de notícias online Mississippi Today, para o qual ela cobre política, que lhe disseram que "a imagem do candidato com uma mulher, mesmo um repórter trabalhando, poderia ser usada em uma campanha de difamação para insinuar um caso extraconjugal".

A campanha simplesmente disse que "não pode arriscar", segundo Campbell.

"Meu editor e eu concordamos que o pedido era sexista" e optou por não cumprir, escreveu Campbell.

Foster respondeu na quarta-feira, postando no Twitter: "Como eu esperava, a esquerda liberal perdeu a cabeça sobre o fato de eu escolher não ficar sozinho com outra mulher. Eles não podem acreditar que, mesmo em 2019, alguém ainda valoriza seu relacionamento com sua esposa e defende sua fé cristã".

Ele escreveu que ele e sua esposa seguiram a Regra de Billy Graham, uma prática atribuída ao falecido pregador evangélico de não passar tempo a sós com outra mulher que não sua esposa.

Robert Foster, candidato republicano a governador de Mississipi, em foto de campanha
Robert Foster, candidato republicano a governador de Mississipi, em foto de campanha - Reprodução/Facebook
Muitos usuários do Twitter rapidamente retrucaram, a maioria deles denunciando a posição do candidato. "Talvez Robert Foster não deva estar em um cargo público se tiver visões religiosas tão extremas ou não conseguir se controlar em torno de mulheres?" escreveu um deles.

Outro usuário, apoiando Foster, postou "Você com certeza tem o nosso voto agora".

A posição de Foster vai na linha do comportamento adotado pelo vice-presidente Mike Pence, que afirmou em entrevistas que ele não faria uma refeição sozinho com uma mulher que não fosse sua esposa.

Foster detém posições de direita, como o de ser contrário à ideia de mudar a bandeira do estado do Mississippi, que apresenta um símbolo da Confederação, que alguns associam com a defesa da escravidão nos EUA.
 

johnhartigan

Bam-bam-bam
Mensagens
1.532
Reações
6.205
Pontos
268

alucardlv1313

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
19.075
Reações
41.027
Pontos
734
Caralho, mas se foi isso mesmo foi sacanagem do cara também ein, orra, terminar por mensagem um casamento, namoro eu já acho foda terminar por zapzap, imagina um casamento e se a pessoa tinha depressão. Enfim, RIP, não parecia ser uma má pessoa.
Sim o cara foi muito desgraçado mesmo, sabia da condição da mulher e ainda terminar dessa maneira covarde.
Alias...uma ex minha tb já terminou assim com 2 anos de namoro por mensagem de texto, e pode ter CERTEZA q quando a pessoa faz isso é pq ela já estava te traindo faz tempo e vai "assumir" a outra pessoa publicamente.
 
Ultima Edição:

Goris

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
14.420
Reações
50.227
Pontos
553
Sim o cara foi muito desgraçado mesmo, sabia da condição da mulher e ainda terminar dessa maneira covarde.
Alias...uma ex minha tb já terminou assim com 2 anos de namoro por mensagem de texto, e pode ter CERTEZA q quando a pessoa faz isso é pq ela já estava te traindo faz tempo e vai "assumir" a outra pessoa publicamente.
Ou não.

Dando uma de advogado do diabo, não sabemos nada do caso fora a versão da influencer.

Um amigo nosso, da OS, tbm tinha uma esposa depressiva. Do tipo que tinha crises de ficar dias sem sair da cama, tentar se matar 3 vezes, não tomar banho, viver falando em querer morrer.

Só quem conviveu com uma pessoa depressiva (paiz mãe, irmão, melhor amigo) sabe a barra terrível que é conviver com alguém assim.

O cara fazia tudo pra esposa se alegrar, pagava psiquiatra e medicamentos caros. Aceitava aquele monte de chatice que era viver com depressivo, inclusive o terror de ir trabalhar não sabendo se encontraria a pessoa viva ao retornar.

E, nisso, descobriu uma traição. Depressivos tbm fazem merda.

Ele saiu de casa pra começar vida nova. A esposa (agora ex)? Saiu falando pra todo mundo que ele é quem a tinha traído. Ele sabia mas preferiu não sair falando de sua vida pessoal pra todo mundo. Se alguém perguntasse, ele falava algo neutro e, só raramente admitia a traição. De novo, era a vida dele e ele decidia como reagir.

O foda é que a ex aproveitou e entrou na justiça, alegando que ele a deixou em depressão profunda, a trocando por outra mulher. Conseguiu uma bela pensão por algum tempo, conseguiu se manter morando na casa (que ele comprou com o dinheiro dele enquanto eram casados e, portanto, era 50% dela, mas não quis vender ou sair da casa, sequer pagar aluguel).

Ou seja, enquanto a gente não souber da versão dele (dependendo, nem mesmo assim) a gente pode escolher lados afirmando que um lado é pior ou melhor.

Lembrando, suicidas podem se suicidar por um monte de razões, inclusive para punir uma pessoa que, na cabeça dele, merece ser punido. Até mesmo pelo crime de não perdoar uma traição ou um comportamento X desagradável.
 

alucardlv1313

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
19.075
Reações
41.027
Pontos
734
Ou não.

Dando uma de advogado do diabo, não sabemos nada do caso fora a versão da influencer.

Um amigo nosso, da OS, tbm tinha uma esposa depressiva. Do tipo que tinha crises de ficar dias sem sair da cama, tentar se matar 3 vezes, não tomar banho, viver falando em querer morrer.

Só quem conviveu com uma pessoa depressiva (paiz mãe, irmão, melhor amigo) sabe a barra terrível que é conviver com alguém assim.

O cara fazia tudo pra esposa se alegrar, pagava psiquiatra e medicamentos caros. Aceitava aquele monte de chatice que era viver com depressivo, inclusive o terror de ir trabalhar não sabendo se encontraria a pessoa viva ao retornar.

E, nisso, descobriu uma traição. Depressivos tbm fazem merda.

Ele saiu de casa pra começar vida nova. A esposa (agora ex)? Saiu falando pra todo mundo que ele é quem a tinha traído. Ele sabia mas preferiu não sair falando de sua vida pessoal pra todo mundo. Se alguém perguntasse, ele falava algo neutro e, só raramente admitia a traição. De novo, era a vida dele e ele decidia como reagir.

O foda é que a ex aproveitou e entrou na justiça, alegando que ele a deixou em depressão profunda, a trocando por outra mulher. Conseguiu uma bela pensão por algum tempo, conseguiu se manter morando na casa (que ele comprou com o dinheiro dele enquanto eram casados e, portanto, era 50% dela, mas não quis vender ou sair da casa, sequer pagar aluguel).

Ou seja, enquanto a gente não souber da versão dele (dependendo, nem mesmo assim) a gente pode escolher lados afirmando que um lado é pior ou melhor.

Lembrando, suicidas podem se suicidar por um monte de razões, inclusive para punir uma pessoa que, na cabeça dele, merece ser punido. Até mesmo pelo crime de não perdoar uma traição ou um comportamento X desagradável.
Estava lendo agora, parece q o cara estava em uma relação abusiva sim...complicado, ainda mais hoje em dia q o povo parece transferir seus problemas para as redes sociais.
 

Goris

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
14.420
Reações
50.227
Pontos
553
Estava lendo agora, parece q o cara estava em uma relação abusiva sim...complicado, ainda mais hoje em dia q o povo parece transferir seus problemas para as redes sociais.
Pois e, esse amigo nosso da OS viveu uma relação abusiva. Anos. Ele pode ter demorado anos pra se dar conta. Mas e aí? Se separa e corre o risco de a esposa se matar? Se ferra sozinho se sacrificando por outra pessoa que, nem sempre vai saber mensurar esse sacrifício?
 

Goris

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
14.420
Reações
50.227
Pontos
553
Estava lendo agora, parece q o cara estava em uma relação abusiva sim...complicado, ainda mais hoje em dia q o povo parece transferir seus problemas para as redes sociais.
OUTRO LADO
O pai do noivo, Orlando da Costa, afirmou que o rapaz desistiu da união após se sentir “espantado” com a decisão de Alinne em pedir o testamento. “Ele queria se casar, foi até o advogado, mas esse documento deixou ele assustado”, contou. “Meu filho não é um canalha, se fosse seria até melhor nesse caso, porque ele está sofrendo muito”, dispara. “Para mim é uma coisa inédita, uma pessoa pedir que a outra assine um testamento deixando todos os bens pouco antes de casar. Quem assinaria isso?”
Costa disse também que o filho não quis atender a ex-noiva porque a jovem poderia convencê-lo a mudar de ideia. “Ela tem um poder muito grande sobre ele”, acredita. De acordo com Costa, seu filho pagava apartamento e curso de teatro para a companheira. “Diversas pessoas o aconselharam a não assinar esse documento, o psicólogo, o advogado… Ninguém casaria após assinar um testamento”, disse. “Ele não quer falar com ninguém, só chora, porque é muito apaixonado por ela.”
https://vejasp.abril.com.br/blog/pop/influenciadora-deixada-casamento-celebra-sozinha/
Parece que era uma relação beeeeeem desinteressada de amor.

Cara, não tem como defender, mesmo que a pessoa criasse mil e uma justificativas, era golpe. Ninguém casa já exigindo testamento antes do casamento. Tenho pena da guria, mas a primeira coisa que me veio à mente foi os dois casarem e, com um ano, ele sofrer um acidente ou assalto e morrer, deixando tudo pra ela. De repente ela até nem queria matar o cara, mas foi tão errado essa exigência dela que não consigo imaginar ela fazendo isso pensando "Ai, como amo fulano e quero ser feliz com ele, independente da grana!".
 

Darth_Tyranus

Bam-bam-bam
Mensagens
961
Reações
4.989
Pontos
283
Ou não.

Dando uma de advogado do diabo, não sabemos nada do caso fora a versão da influencer.

Um amigo nosso, da OS, tbm tinha uma esposa depressiva. Do tipo que tinha crises de ficar dias sem sair da cama, tentar se matar 3 vezes, não tomar banho, viver falando em querer morrer.

Só quem conviveu com uma pessoa depressiva (paiz mãe, irmão, melhor amigo) sabe a barra terrível que é conviver com alguém assim.

O cara fazia tudo pra esposa se alegrar, pagava psiquiatra e medicamentos caros. Aceitava aquele monte de chatice que era viver com depressivo, inclusive o terror de ir trabalhar não sabendo se encontraria a pessoa viva ao retornar.

E, nisso, descobriu uma traição. Depressivos tbm fazem merda.

Ele saiu de casa pra começar vida nova. A esposa (agora ex)? Saiu falando pra todo mundo que ele é quem a tinha traído. Ele sabia mas preferiu não sair falando de sua vida pessoal pra todo mundo. Se alguém perguntasse, ele falava algo neutro e, só raramente admitia a traição. De novo, era a vida dele e ele decidia como reagir.

O foda é que a ex aproveitou e entrou na justiça, alegando que ele a deixou em depressão profunda, a trocando por outra mulher. Conseguiu uma bela pensão por algum tempo, conseguiu se manter morando na casa (que ele comprou com o dinheiro dele enquanto eram casados e, portanto, era 50% dela, mas não quis vender ou sair da casa, sequer pagar aluguel).

Ou seja, enquanto a gente não souber da versão dele (dependendo, nem mesmo assim) a gente pode escolher lados afirmando que um lado é pior ou melhor.

Lembrando, suicidas podem se suicidar por um monte de razões, inclusive para punir uma pessoa que, na cabeça dele, merece ser punido. Até mesmo pelo crime de não perdoar uma traição ou um comportamento X desagradável.
Acho engraçado que a vontade de morrer da esposa passou quando ela quicou na piroca do Ricardão.
 

Goris

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
14.420
Reações
50.227
Pontos
553
Acho engraçado que a vontade de morrer da esposa passou quando ela quicou na piroca do Ricardão.
Claro, se ela dissesse pro Ricardão "Quero morrer" ele ia dar as costas pra ela e procurar uma mulher que não desse problemas. Existe uma razão pela qual os Ricardoes pegam mulheres dos outros ao invés de terem mulheres deles mesmos.
 

johnhartigan

Bam-bam-bam
Mensagens
1.532
Reações
6.205
Pontos
268
Ou não.

Dando uma de advogado do diabo, não sabemos nada do caso fora a versão da influencer.

Um amigo nosso, da OS, tbm tinha uma esposa depressiva. Do tipo que tinha crises de ficar dias sem sair da cama, tentar se matar 3 vezes, não tomar banho, viver falando em querer morrer.

Só quem conviveu com uma pessoa depressiva (paiz mãe, irmão, melhor amigo) sabe a barra terrível que é conviver com alguém assim.

O cara fazia tudo pra esposa se alegrar, pagava psiquiatra e medicamentos caros. Aceitava aquele monte de chatice que era viver com depressivo, inclusive o terror de ir trabalhar não sabendo se encontraria a pessoa viva ao retornar.

E, nisso, descobriu uma traição. Depressivos tbm fazem merda.

Ele saiu de casa pra começar vida nova. A esposa (agora ex)? Saiu falando pra todo mundo que ele é quem a tinha traído. Ele sabia mas preferiu não sair falando de sua vida pessoal pra todo mundo. Se alguém perguntasse, ele falava algo neutro e, só raramente admitia a traição. De novo, era a vida dele e ele decidia como reagir.

O foda é que a ex aproveitou e entrou na justiça, alegando que ele a deixou em depressão profunda, a trocando por outra mulher. Conseguiu uma bela pensão por algum tempo, conseguiu se manter morando na casa (que ele comprou com o dinheiro dele enquanto eram casados e, portanto, era 50% dela, mas não quis vender ou sair da casa, sequer pagar aluguel).

Ou seja, enquanto a gente não souber da versão dele (dependendo, nem mesmo assim) a gente pode escolher lados afirmando que um lado é pior ou melhor.

Lembrando, suicidas podem se suicidar por um monte de razões, inclusive para punir uma pessoa que, na cabeça dele, merece ser punido. Até mesmo pelo crime de não perdoar uma traição ou um comportamento X desagradável.
Fui enganado pelo quique da bola:

https://www.otvfoco.com.br/alinne-araujo-noiva-que-se-matou-teria-plano-para-assassinar-o-proprio-marido-logo-apos-o-casamento/

Alinne Araújo, noiva que se matou, teria plano para assassinar o próprio marido logo após o casamento

Se for verdade mesmo....


 

constatine

Bam-bam-bam
Mensagens
4.380
Reações
21.403
Pontos
294
Another B.C. woman forced out of business in transgender male-genitalia waxing case

81068
A mother and business owner was forced to end her Brazilian waxing business after being taken to the B.C. Human Rights Tribunal for refusing to wax a transgender woman’s male genitalia.

Marcia Da Silva, who is an immigrant from Brazil operated the business out of her home where her small children also live. Da Silva claims she refused to perform the procedure on the claimant, Jessica Yaniv, due to safety concerns raised by her husband and alleged harassment on Yaniv’s part and not because of the claimant’s identity.

Aia Da Silva, who is an immigrant from Brazil operated the business out of her home where her small children also live. Da Silva claims she refused to perform the procedure on the claimant, Jessica Yaniv, due to safety concerns raised by her husband and alleged harassment on Yaniv’s part and not because of the claimant’s identity.

Yaniv, who was formerly known as Jonathan Yaniv, has taken fifteen other B.C. women to the tribunal for refusing to wax her male genitalia citing discrimination based on gender identity and is seeking financial compensation. Many of the woman are of East Asian ethnicity and have English as their second language.

During Wednesday’s tribunal proceedings Da Silva claims that the incident directly led to her shutting down her business and losing it as a source of income for her family.

“Some of my clients have been very significantly affected on a personal level. [Another client also] closed her business, she has been depressed, anxious, sleepless and that has gone on for a period of many many months,” said her representative and Justice Centre for Constitutional Freedoms lawyer, Jay Cameron.

“It is a very serious thing to launch a human rights complaint against a person. My clients are people. They have a right to make a living and this has interfered with their livelihood, but also you have the stigma of being associated with this hanging over you.”

Cameron told the tribunal judge that many of Yaniv’s claims specifically target women from ethnic and religious minorities and that the procedure to perform a wax on male genitals is different than those performed on a vulva.

According to Yaniv, estheticians should be obliged to provide a service like waxing to a female-identifying trans person and religious and cultural views should not interfere with the ability to access a service.

“The people that discriminated against me are forcing their beliefs on society,” said Yaniv, who is representing herself, while cross-examining her own mother who she called as a witness to the tribunal.

During Wednesday’s hearing a publication ban on the case was also lifted. The presiding tribunal member cited public interest and the claimant’s own online activity about the case as the reason to remove it.

“I don’t think that somebody making complaints to the scale that the complainant is making should be able to hide behind a publication ban and then publicly discuss the cases online,” said Cameron.
https://www.thepostmillennial.com/another-b-c-woman-forced-out-of-business-in-transgender-male-genitalia-waxing-case





É só meter uma burka, dizer que é muçulmana e isso é errado aos olhos de Allah. :viraolho:viraolho:viraolho:viraolho

Toma que o filho é seu. Foram vocês lixo que alimentaram esse monstrinho. Agora é hora de cuidar da sua cria. :kkk
 
Topo