O que há de Novo?
  • Novo tema VIP está disponível
    Visitante, um novo tema com fundo escuro agora está disponível para aqueles que contribuíram com doações ao fórum e têm o status VIP. Veja os detalhes aqui.


Já tiveram que recomeçar a vida?



NyKiO

Bam-bam-bam
Mensagens
2.629
Reações
1.989
Pontos
204
Detalhar um pouco mais:
das vezes que eu "resetei" por conta:
- Sai do Brasil. Eu tava correndo atras dos documentos pra ir pro Canada, quando vim a utilizar da linha linguagem e fui pro Japão só com uma mala com roupas e um PSP.

- Não sei se conta. Mas durante o primeiro emprego, era linha de montagem (o jeito que o povo imagina que é o Japão em "full"), o manolo que trabalhava do meu lado comenta sobre um emprego la do outro lado do Japão, pagava bem e não tinha quase br. peguei o telefone no intervalo, avisei o tantousha(responsavel) que eu tava passando mal, sai mais cedo e corri atras do emprego. Sem nunca ter pego um trem na vida atravessei o Japão usando só das "orientações" que o cara do outro lado do telefone passou, anotado em um recibo de Family Mart (o recibo da caneta que eu tava usando).

E ai resetei mais uma vez todo meu circulo social, modo de vida.


Cheguei a mudar outras vezes mas costumava manter o circulo social, namorada e parte dos objetos.


Mas chegou em uma época que eu só nao passava mais tempo bebado porque não dava pra beber dormindo.
Certo dia eu tava de bobeira em casa, vi um anuncio de emprego do outro lado do Japão com algumas caracteristicas que me chamaram a atenção "só anoite, pouca gente". Liguei lá (bebado), marquei entrevista e parti.
Na mudança joguei quase tudo fora, só fiquei com alguns objetos de valores sentimentais.

Pessoal costuma entender a parte do "mudei pra ca porque eu tava muito bebado" como alguma piada de gente modesta. :klolz


Talvez de pra falar que eu resetei a vida denovo depois, quando tava de bobeira (bebado), vi um anuncio de um emprego, liguei pra ver qual era. Desisti, mas o cara da agencia "gostou de mim", e um tempo depois ele surge com uma quest pra mim, deu mó trabalho passar em todas as entrevistas.
E mais uma vez joguei tudo fora e mudei.
Cara, por curiosidade, não dava pra levar tudo na mudança? Eu sei que o JP é pequeno e tal, mas é tão ruim alugar um caminhãozinho?
 


Giant Enemy Crab

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
21.446
Reações
47.496
Pontos
553
Cara, por curiosidade, não dava pra levar tudo na mudança? Eu sei que o JP é pequeno e tal, mas é tão ruim alugar um caminhãozinho?
recomeço? Se vai "dar um reset para ver se melhora a vida" que faça do jeito certo.


sou completamente desapegado a maioria das coisas, os de valores sentimentais em grande parte nem foi eu quem colocou dinheiro, e tais objetos estão mais ligados a pessoas que ao objeto em si. :klolz
 

sux138

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
12.009
Reações
20.770
Pontos
553
Detalhar um pouco mais:
das vezes que eu "resetei" por conta:
- Sai do Brasil. Eu tava correndo atras dos documentos pra ir pro Canada, quando vim a utilizar da linha linguagem e fui pro Japão só com uma mala com roupas e um PSP.

- Não sei se conta. Mas durante o primeiro emprego, era linha de montagem (o jeito que o povo imagina que é o Japão em "full"), o manolo que trabalhava do meu lado comenta sobre um emprego la do outro lado do Japão, pagava bem e não tinha quase br. peguei o telefone no intervalo, avisei o tantousha(responsavel) que eu tava passando mal, sai mais cedo e corri atras do emprego. Sem nunca ter pego um trem na vida atravessei o Japão usando só das "orientações" que o cara do outro lado do telefone passou, anotado em um recibo de Family Mart (o recibo da caneta que eu tava usando).

E ai resetei mais uma vez todo meu circulo social, modo de vida.


Cheguei a mudar outras vezes mas costumava manter o circulo social, namorada e parte dos objetos.


Mas chegou em uma época que eu só nao passava mais tempo bebado porque não dava pra beber dormindo.
Certo dia eu tava de bobeira em casa, vi um anuncio de emprego do outro lado do Japão com algumas caracteristicas que me chamaram a atenção "só anoite, pouca gente". Liguei lá (bebado), marquei entrevista e parti.
Na mudança joguei quase tudo fora, só fiquei com alguns objetos de valores sentimentais.

Pessoal costuma entender a parte do "mudei pra ca porque eu tava muito bebado" como alguma piada de gente modesta. :klolz


Talvez de pra falar que eu resetei a vida denovo depois, quando tava de bobeira (bebado), vi um anuncio de um emprego, liguei pra ver qual era. Desisti, mas o cara da agencia "gostou de mim", e um tempo depois ele surge com uma quest pra mim, deu mó trabalho passar em todas as entrevistas.
E mais uma vez joguei tudo fora e mudei.
tá tudo bem aí cara? tá velendo a pena essa vida de migrante?
como era sua vida no br?
 

Dr. Pregos

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
12.776
Reações
35.123
Pontos
553
Titulo.

Sem entrar nos detalhes, estou passando por isso agora, queria saber como foi pra vocês.

Pra ajudar a elucidar um pouco, digo financeiramente, relacionamentos, amigos, etc..
Estou fazendo isto agora (neste ano). Perdi emprego (fiquei 18 meses desempregado), os "amigos" se distanciaram, nenhuma molier me olhava ou seja: vivia como neet quando não tinha bico para ganhar uns trocados.
O importante quando você recomeça a vida e de vez em quando "olhar o buraco" que você saiu para saber o que você deve fazer.
 

PhylteR

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
22.074
Reações
10.311
Pontos
769
Bom, no caso de relacionamento, apenas namoros.

Mas abracei minha zona de conforto, estou nela há anos, e pretendo ficar até morrer. É uma delícia.
 

Giant Enemy Crab

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
21.446
Reações
47.496
Pontos
553
tá tudo bem aí cara? tá velendo a pena essa vida de migrante?
como era sua vida no br?
Não sei.
Se tu quiser pode se assentar em algum canto e ficar por lá. O problema é de cada um.

Eu que sempre tive tendencias nomades e desapego a quase tudo.




tetando da estação Kisaragi, via tetatalk
 

Link_1998

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
17.097
Reações
16.125
Pontos
649
Acho que sou a pessoa com a vida mais estável que já vi alguém ter. O máximo que aconteceu foi ganhar um pouco mais de forma estável depois de um concurso, mas nem isso me animou sequer a sair da casa dos pais, casar ou ter filhos. Prefiro me manter na tranquilidade de curtir a companhia dos véios até onde der e aproveitar o tempo que eu quiser com meus games, aproveitar minhas festas, e ir aos poucos fazendo as viagens do jeito que gosto de fazer, sem ninguém mais demandando meu tempo além de mim.

Claro que penso que isso pode ter consequências de adaptação no dia que eu resolver sair, ou tiver que sair, sei lá... Penso que reviravoltas de vida talvez poderiam me fazer bem no amadurecimento, também penso que posso ter dificuldade de morar com outra pessoa um dia, mas enfim, Carpem Diem !
 
Ultima Edição:

Rickzinho

Bam-bam-bam
Mensagens
1.416
Reações
3.004
Pontos
324
Eu já mudei de vida duas vezes

A primeira quando eu casei que foi de maneira brusca, mlk ainda e com 19 anos, ser pai, foi algo que até um psicólogo percebeu e ele não conversou comigo por mais de 5min.

A segunda quando me separei que foi da mesma maneira, outro psicólogo percebeu a mesma coisa. Foi algo que eu não aguentava mais, pesei 65kg com 1,80mt, estava literalmente acabado e sendo sulgado. Foi bom porque eu mudei muito com o passar dos anos.

Mudanças com o passar do tempo se tornam muito boas para as pessoas, algumas pessoas não conseguem ver isso. Por mais dolorosa que seja as mudanças te fazem crescer e ficar mais "cascudo", você ganha XP na vida. (Isso é um achismo meu, tem pessoas que com mudanças surtam)
 

Dr. Pregos

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
12.776
Reações
35.123
Pontos
553
Eu já mudei de vida duas vezes

A primeira quando eu casei que foi de maneira brusca, mlk ainda e com 19 anos, ser pai, foi algo que até um psicólogo percebeu e ele não conversou comigo por mais de 5min.

A segunda quando me separei que foi da mesma maneira, outro psicólogo percebeu a mesma coisa. Foi algo que eu não aguentava mais, pesei 65kg com 1,80mt, estava literalmente acabado e sendo sulgado. Foi bom porque eu mudei muito com o passar dos anos.

Mudanças com o passar do tempo se tornam muito boas para as pessoas, algumas pessoas não conseguem ver isso. Por mais dolorosa que seja as mudanças te fazem crescer e ficar mais "cascudo", você ganha XP na vida. (Isso é um achismo meu, tem pessoas que com mudanças surtam)
Estranho ver isto, pois sempre entrava no PGM(profile de gente morta) e vou falar: nunca vi tantos jovens cometer suicídio por coisas triviais, digo a imensa maioria com pais $$, boa escola, boa saúde e boa aparência(altas minas high level), bom circulo social.
As vezes vejo os relatos dos users daqui e vejo que aqui mesmo tem guerreiros e gente de cabeça forte.
 

sega.saturn

Bam-bam-bam
Mensagens
8.265
Reações
3.690
Pontos
409
Eu mudei duas vezes a primeira foi quando sai da casa de minha mae, foi dramatico porque literalmente fui convidado a me retirar e chegando no novo local nao sabia nem cozinhar coisa que continua acontecendo hoje kkkk. Esse ano mudei de novo para um lugar que é melhor do ponto de vista de estrutural além de ter um vizinhança 100% melhor porém me sinto muito sozinho aqui além de ser mais distante do centro, já estou pensando em mudar de novo, porém é muito dificil só de pensar do trabalho que deu pra vim para cá, sem contar que vou ter que me adaptar a um novo espaço que pode não ser bom. Nem sei o que opinar
 

Radamanthys Wyvern

Bam-bam-bam
Mensagens
8.476
Reações
11.332
Pontos
424
Ja normal filhão e cada vez vc ganha muita maturidade.

Ja recomecei qdo terminou meu primeiro namoro, fiquei sem amigo, sozinho, depre achando que nada mais de bom ia acontecer comigo.
Ja recomecei quando fui morar na Irlanda
Ja recomecei quando voltei pro Brasil da Irlanda sem um tostão
Ja recomecei fazendo agora um curso de confeitaria e seguir oq gosto mesmo de fazer

Importante é nunca ficar na zona de conforto e não achar que oq vc ta fazendo agora vai ser o ideal sempre.
 
Ultima Edição:

Rickzinho

Bam-bam-bam
Mensagens
1.416
Reações
3.004
Pontos
324
Estranho ver isto, pois sempre entrava no PGM(profile de gente morta) e vou falar: nunca vi tantos jovens cometer suicídio por coisas triviais, digo a imensa maioria com pais $$, boa escola, boa saúde e boa aparência(altas minas high level), bom circulo social.
As vezes vejo os relatos dos users daqui e vejo que aqui mesmo tem guerreiros e gente de cabeça forte.
Isso vai de cada um mesmo, por isso que coloquei achismo meu. O que pra mim é só uma coisa ruim e vai passar, para outros podem ser o fim. E consigo entender que essas pessoas precisam de ajuda, as vezes de ajuda profissional.

Eu mudei duas vezes a primeira foi quando sai da casa de minha mae, foi dramatico porque literalmente fui convidado a me retirar e chegando no novo local nao sabia nem cozinhar coisa que continua acontecendo hoje kkkk. Esse ano mudei de novo para um lugar que é melhor do ponto de vista de estrutural além de ter um vizinhança 100% melhor porém me sinto muito sozinho aqui além de ser mais distante do centro, já estou pensando em mudar de novo, porém é muito dificil só de pensar do trabalho que deu pra vim para cá, sem contar que vou ter que me adaptar a um novo espaço que pode não ser bom. Nem sei o que opinar
Caracas bicho, conte mais ai sobre ser expulso. (se quiser, é claro)

Aí eu vejo que é uma coisa de criação (outro achismo), eu me dou super bem com a minha mãe, conversamos sobre vários assuntos. Ela mesmo adorou quando eu voltei pra casa após a minha separação e por ela eu nem casaria mais, mal ela sabe que eu não vejo a hora de sair novamente.
 

sega.saturn

Bam-bam-bam
Mensagens
8.265
Reações
3.690
Pontos
409
Ja recomecei qdo terminou meu primeiro namoro, fiquei sem amigo, sozinho, depre achando que nada mais de bom ia acontecer comigo.
cara isso acontece muito com quem abandona tudo por amor, provavelmente você não conversa mais com seus amigos ou queria ir com eles e sua namorada junto, não se tinha mais privacidade.
 

sega.saturn

Bam-bam-bam
Mensagens
8.265
Reações
3.690
Pontos
409
Caracas bicho, conte mais ai sobre ser expulso. (se quiser, é claro)
Bem foi e não foi uma expulsão por assim dizer. Minha familia ia se mudar pra outra cidade e não concordei pelos motivos que aquilo esta acontecendo então simplismente decidir sair e seguir minha vida sozinho, por um lado foi bom, pois houve diversas brigas depois disso, mesmo não morando junto era citado pois a situação pois a situação financeira podia estar melhor se tivesse lá e ainda sim estando de fora ajudava as vezes.
 

Dr. Pregos

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
12.776
Reações
35.123
Pontos
553
Eh foda no começo. Me divorciei e saí de casa... com filhos, a coisa fica mais complicada.
Faz um ano isso...

Hoje estou em um outro relacionamento, mas até agora meus pais não aceitam completamente.

Já pensei milhares de vezes em desistir e me matar, motivo pelo qual faço terapia e vou ao psiquiatra.

Atualmente, as coisas estão se encaminhando melhor...
Força aí man. Apesar de tudo, você precisa estar vivo por seus filhos. Eu já tive sonhos de "família de comercial de margarina" até uns 4 anos atrás e sei como é "barril". Já fui ao fundo do poço também, mas depois disto resolvi meter a bica em tudo.
Até na hora de vender meu carro eu pensei "para que preciso de carro?Estou sozinho mesmo, vou vender e pegar uma motoca grande e f*da-se".
 

Demétrio

Bam-bam-bam
Mensagens
4.171
Reações
5.123
Pontos
359
Curioso que diferente de alguns, quando meu casamento acabou foi quase que um soft reset, algumas coisas que já estavam mudando na época do casamento continuaram, mas nada drástico, pelo menos no meu ser.

Mas aí, 2 anos depois do fim do casamento estava namorando uma outra pessoa e quando esse namoro terminou, aí sim, foi hard reset. Fui para o fundo do poço, mudei de vida, opiniões, comportamentos, carreira, visão de mundo, manias, local, tudo, tudo. Pessoas que me conheceram há 5 anos atrás não me reconhecem na rua mais.
 

Radamanthys Wyvern

Bam-bam-bam
Mensagens
8.476
Reações
11.332
Pontos
424
cara isso acontece muito com quem abandona tudo por amor, provavelmente você não conversa mais com seus amigos ou queria ir com eles e sua namorada junto, não se tinha mais privacidade.
Exato, mas eu tinha só 17 anos qdo namorei. E a fdp fez me afastar de todos meus amigos pq ela não gostava deles. Ficamos fechados na nossa bolha ja que ela não tinha amigos, ai o ironico foi ela arrumar amigos e me deixar pra sair com eles. :kforever
 

Odin Games

Bam-bam-bam
Mensagens
2.795
Reações
4.295
Pontos
303
Já tive que recomeçar do zero várias vezes, algumas fracassei, mas atualmente estou recomeçando tudo de novo novamente...

Já contei aqui no VT que terminei meus estudos recentemente, e agora estou a procura de alguns cursos envolvendo eletrônica, mas ainda não decidi no que realmente quero trabalhar, tem centenas de coisas que gostaria de fazer, mas essas dúvidas estão me matando, pois tenho vontade de fazer umas três ou quatro coisas ao mesmo tempo, mas não estou conseguindo fazer nenhuma... :klol

Mas é melhor ter dúvidas no que quero fazer do que não saber o que fazer... :klol
 

Ex-peão louco

Bam-bam-bam
VIP
Mensagens
1.048
Reações
2.029
Pontos
293
Várias vezes. Algumas foram fáceis, outras difíceis. Estou passando por um recomeço não fácil em outro país. Mas também não está no hard em todos os aspectos.
 

doraemondigimon

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
11.668
Reações
14.161
Pontos
619
Já sim, muitas vezes, em diversos aspectos.

A perda de meus pais (94 e 97) onde, qunado perdi meu pai em 94 (um mês antes do Ayrton Senna) me trouxe acontecimentos que necessitaram muito de mim, e mais um pouco. Minha mãe, que era diabética, perdeu a visão completamente depois que ficou sabendo da notícia e tive que me mostrar 'homem' pra auxiliar em detalhes tão complexos como as contas do enterro, o começar de novo, largar da escola pra começar a trabalhar seriamente e ajudar em casa...

Com minha mãe, a coisa só piorou porque entrei em pé de guerra com a família dela (e já havia descoberto que era adotado), minha avó ficou muito mal e depois de algum tempo desenvolveu alzheimer e tudo isso culminou em duas expulsões de casa (praticamente após o enterro dela) e a parte 3 que foi...

...O fator de ter tentado ir pros EUA, ser preso e deportado de lá. As brigas se acentuaram em casa e então, as coisas só foram piorando.

Mas, o maior 'reset' foi quando conheci minha esposa. A máfia (a família da minha mãe) a detestava só porque ela é negra, nos expulsaram de casa, mataram 6 cães que tinhamos pra marcar uma boa dose de terror e ainda tentaram me prender alegando que eu havia roubado as minhas coisas!

Encontrei forças em Deus, que sempre está conosco e com minha esposa, que sempre me acompanhou, lado a lado, nas piores dificuldades. Hoje, estamos forçando em trabalhar (mesmo ganhando pouco), pra cuidar de nosso filho de 2 anos e meio, pagar o apê(rtamento) e manter as dívidas controladas (sabe-se lá como...)

Acredito que o reinício, depois de ter passado por tanta coisa estranha e complexa, estará nos acompanhando sempre, lado a lado de uma tênue linha onde caminhamos!
 

Nux

Bam-bam-bam
Mensagens
1.098
Reações
3.171
Pontos
303
Já sim, muitas vezes, em diversos aspectos.

A perda de meus pais (94 e 97) onde, qunado perdi meu pai em 94 (um mês antes do Ayrton Senna) me trouxe acontecimentos que necessitaram muito de mim, e mais um pouco. Minha mãe, que era diabética, perdeu a visão completamente depois que ficou sabendo da notícia e tive que me mostrar 'homem' pra auxiliar em detalhes tão complexos como as contas do enterro, o começar de novo, largar da escola pra começar a trabalhar seriamente e ajudar em casa...

Com minha mãe, a coisa só piorou porque entrei em pé de guerra com a família dela (e já havia descoberto que era adotado), minha avó ficou muito mal e depois de algum tempo desenvolveu alzheimer e tudo isso culminou em duas expulsões de casa (praticamente após o enterro dela) e a parte 3 que foi...

...O fator de ter tentado ir pros EUA, ser preso e deportado de lá. As brigas se acentuaram em casa e então, as coisas só foram piorando.

Mas, o maior 'reset' foi quando conheci minha esposa. A máfia (a família da minha mãe) a detestava só porque ela é negra, nos expulsaram de casa, mataram 6 cães que tinhamos pra marcar uma boa dose de terror e ainda tentaram me prender alegando que eu havia roubado as minhas coisas!

Encontrei forças em Deus, que sempre está conosco e com minha esposa, que sempre me acompanhou, lado a lado, nas piores dificuldades. Hoje, estamos forçando em trabalhar (mesmo ganhando pouco), pra cuidar de nosso filho de 2 anos e meio, pagar o apê(rtamento) e manter as dívidas controladas (sabe-se lá como...)

Acredito que o reinício, depois de ter passado por tanta coisa estranha e complexa, estará nos acompanhando sempre, lado a lado de uma tênue linha onde caminhamos!
Cara, parabéns pela força. De verdade. Que bom q agora vc está bem com sua esposa, pode ter certeza que as coisas vão melhorar ainda mais.
 

User666

Bam-bam-bam
Mensagens
6.771
Reações
15.308
Pontos
354
Ano que vem eu irei sair do RJ pra ir morar num interior, vou abandonar meus amigos, família, possíveis futuras namoradas, emprego, etc. Talvez nem a minha faculdade sirva pra alguma coisa lá. Quem saiba eu vendo minha coleção de consoles antigos e deixo apenas os mais modernos(da geração retrasada pra cá). Irei recomeçar minha vida nesse lugar.
 

Qing Huo

Ser evoluído
Mensagens
9
Reações
20
Pontos
23
Titulo.

Sem entrar nos detalhes, estou passando por isso agora, queria saber como foi pra vocês.

Pra ajudar a elucidar um pouco, digo financeiramente, relacionamentos, amigos, etc..
Você fala em qual aspecto em si? Físico, Mental, Social, Financeiro ou Espiritual?
Ou todos?
Geralmente as pessoas recomeçam em um desses pontos, ou alguns deles.. mas no todo, seria como " Nascer Denovo ".
 
Topo