O que há de Novo?
  • Novo tema VIP está disponível
    Visitante, um novo tema com fundo escuro agora está disponível para aqueles que contribuíram com doações ao fórum e têm o status VIP. Veja os detalhes aqui.


Jogos SEGA e seu mal desempenho comercial, qual motivo ? + enquete

Sega&AMD

Bam-bam-bam
Mensagens
2.731
Reações
2.482
Pontos
268
É isso, dado ao sucesso de meu ultimo tópico de enquete onde perguntei a respeito do N64 me veio a mente criar esse tópico, pois as vezes acho que super estimo e subestimo a SEGA ao mesmo tempo, os jogos da sega desde de sempre possuem mal desempenho comercial, seja na época em que lançava consoles seja nos dias atuais os motivos nós vamos destrinchar aqui nesse tópico com base nas opções e nas opiniões, esse tópico será grandioso

Opções:

A) Os jogos da SEGA possuem mal desempenho comercial porque vão na contra mão do mercado sem estrategia
B) Os jogos da SEGA possuem mal desempenho comercial devido marketing fraco e não convincente
C) Os jogos da SEGA possuem mal desempenho comercial porque são ruins mesmo fã, não aceita mas o mercado diz
D) Os jogos da SEGA possuem mal desempenho comercial porque as empresa não tem boa ideia e programadores
E) Os jogos da SEGA possuem mal desempenho comercial a base de seus consoles e o preços deles não permitiam
F) Os jogos da SEGA Não possuem mal desempenho comercial, eles atingem as metas que a empresa define
G) Os Jogos da SEGA Não possuem mal desempenho comercial e se possuem não ligo para isso, eu apenas jogo
H) Outro motivos

Ta aí 8 opções:

Minha opinião: Falamos recentemente de castlevania 64 e como é ruim e tal, mas sempre me questionei até onde vão as mentes criadoras na SEGA, vou usar apenas 2 exemplo Shinobi PS2 e Golden Axe beast riders 360, sou capaz de dizer que pelo menos 70% dos fãs que se importam com a sega conseguiriam idealizar um Shinobi melhor, por exemplo; uma das característica de shinobi é matar com um golpe só, no shinobi do ps2 da multi golpes e fica fazendo pose toda hora, lógico que ia flopar, sonic virando lobisomen vai a merda quem teve esse ideia


Brace yourselves
 


Marlon.Sega

Veterano
Mensagens
422
Reações
888
Pontos
128
Depende da Sega. Qual você está conceituando?

A Sega até o Dreamcast é uma, com seus estúdios internos (Sonic Team, AM2, AM3, Team Andromeda, etc). A Sega pós Dreamcast é outra

Na minha opinião a Sega até o começo dos anos 2000 era a desenvolvedora de jogos mais talentosa da sua geração. Com artistas ousados, com criações extremamente importantes para a indústria como um todo.

Exemplos não faltam..
Os arcades mirabolantes de Out Run, Hang On, After Burner, F355 Challenge,, etc.gabinetes interativos fabulosos.

Estava na vanguarda na concepção de polígonos..Virtua Racing, Virtua Fighter era brilhante, era o futuro.

Nights era, juntamente com Super Mario 64 a evolução e vanguarda dos jogos de plataforma.

Panzer Dragoon era uma peça de arte maravilhosa.

Shenmue era ambicioso, rico em detalhes, poético e filosófico.

Sonic era agressivo, era cool. Sonic fazia os outros jogos (leia-se Mario) parecer coisa de velho.

Então é difícil essa pergunta. A Sega pós Dreamcast é uma desgraça. Porca. Descuidada.

A Sega até o Dreamcast era audaciosa, estilosa, agressiva, cool. Fazia jogos especiais como nenhuma outra desenvolvedora.
 

Sega&AMD

Bam-bam-bam
Mensagens
2.731
Reações
2.482
Pontos
268
Então é difícil essa pergunta. A Sega pós Dreamcast é uma desgraça. Porca. Descuidada.
Aqui sou obrigado a discordar, pois é justamente a sega pós dreamcast que vende, fazendo uma analise simples vemos que na sexta geração ela começou a flopar as franquias antigas flopou o panzer d orta, outrun 2 enfim todos os jogos que fizeram parceira com xbox, não emplacou o virtua quest e outras novas ips, só salvou desse período sonic gens colection, os ports de sonic adventure para gamecube, yakuza do ps2 e VF4.

na geração 360 ela terminou de flopar franquias antigas como Golden axe, e no fim seus sucesso foram Total War (franquia comprada) Alien séries (licenciada) um ou outro sonic, bayonetta 1 e as continuações de yakuza, na geração atual ta tenso não consigo ver quais são os jogos de sucesso.

então os sucesso antigos foram: mega drive Sonic (os 3) e street of rage (vendas boas nos eua pois no jP não vingou) o shinobi nenhum foi million seller mas como teve algumas continuações da para inferir um sucesso moderado, no saturn VF2, Grandia e Sega Rally No Dreamcast NFL2k, Sonic 1, shenmue (só que esse é muito caro então as vendas mesmo boas foram insuficientes para cobrir os custos de desenvolvimento) crazy taxi 1, pós dreamcas (era play 2) VF4, sonic mega colection, sonic adventure gamecube port, yakuza Pós Dreamcas (geração play 3) Total War, ALien, bayonetta continuações de yakuza e pso2 (mmorpg) Na geração atual, puyo puyo...
 


Sega&AMD

Bam-bam-bam
Mensagens
2.731
Reações
2.482
Pontos
268
Opção H.
Eu acho que esse mal desempenho acontece por causa do descaso da Sega com as suas próprias franquias.
sua resposta ta mais para D não ? o descaso é erro humano, ou seja ta faltando aquela ''peça'' capaz de ser capaz de emplacar boas ideias e capitalizar, por exemplo o próximo sonic precisa ser open world ou ter um cenário amplo, mario odyssey e zelda já apontou o caminho. (mas algo 100% me diz que eles não farão isso e vão fazer do jeito deles lá, um sonic parecendo mais um jogo de corrida do que um plataformer) não é querendo ser arrogante mas se eu fizer aqui um tópico de ideias para as franquias da sega, tenho certeza que a galera aqui vai idealizar coisas superiores as que a sega efetivamente fará.
 

rsmoraisjr

Bam-bam-bam
Mensagens
6.095
Reações
5.100
Pontos
419
Acho que na década de 80 e 90 a Sega focava demais nos arcades para fazer grande sucesso nos consoles.

Enviado de meu Redmi Note 7 usando o Tapatalk
 

Axel_DM

Bam-bam-bam
Mensagens
4.409
Reações
10.600
Pontos
293
sua resposta ta mais para D não ? o descaso é erro humano, ou seja ta faltando aquela ''peça'' capaz de ser capaz de emplacar boas ideias e capitalizar, por exemplo o próximo sonic precisa ser open world ou ter um cenário amplo, mario odyssey e zelda já apontou o caminho. (mas algo 100% me diz que eles não farão isso e vão fazer do jeito deles lá, um sonic parecendo mais um jogo de corrida do que um plataformer) não é querendo ser arrogante mas se eu fizer aqui um tópico de ideias para as franquias da sega, tenho certeza que a galera aqui vai idealizar coisas superiores as que a sega efetivamente fará.
Pensando bem, até que faz sentido.
Tá faltando mesmo alguém para guiar a Sega.
Os caras tem até boas franquias, como Alex Kidd e Wonder Boy, mas eles deixam tudo largado no fundo do baú.
Um Golden Axe AAA poderia ser um "GoW" multiplataforma.
O caras poderiam fazer jogos do Sonic com uma pegada 2d, mas com um gráfico mais atual, tipo o New Super Mario Bros. U do Wii U.
Eu acho que além do descaso com as próprias franquias, a Sega tá muito acomodada.
 

Sega&AMD

Bam-bam-bam
Mensagens
2.731
Reações
2.482
Pontos
268
Meu Deus cadê os retrogamers para a gente filosofar essa enquete,
se é bom porque não vende ?
 

doraemondigimon

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
11.923
Reações
14.632
Pontos
619
Meu Deus cadê os retrogamers para a gente filosofar essa enquete,
se é bom porque não vende ?
Engraçado ver que, um completo segamaníaco tente confabular sobre as falhas monumentais dessa empresa...

Deixa eu começar a avaliar o "conceito SEGA"?

O primeiro ponto a se ver é: na era dos videogames caseiros, a Sega começou a ter um crescimento medíocre, levando em consideração o que fizeram na época dos primeiros projetos (linha MARK). O Master System/Mark III PODERIA ter sobrepujado seus concorrentes diretos (Nintendo e outros), graças ao poderio de seu hardware. Só que, a própria empresa se 'podou' de thirds, mantendo seu sistema quase que 'invisível' para outros lançamentos de outras desenvolvedoras e afundando nas regras estabelecidas pela Nintendo, que solicitavam exclusividade para o famicom e o GB.

A partir do Mark IV/Megadrive/Genesis, fizeram a coisa certa: abertura total para thirds, kits de desenvolvimento de qualidade para todos, linha de marketing agressívo, boas conversões para seu sistema e por aí vai. Brigou de maneira elegante (e muitas das vezes, engraçada e irreverente) com grandes jogos e excelentes desenvolvimentos.

E onde isso começou a estrgar?

Desde o início! Era o que queria saber? Se eles tivessem feito o que faziam com os arcades e seus desenvolvimentos, com certeza, teria uma outra história. Se eles tivessem esperado um pouco mais pra se lançar o Saturn? Também! E o 32x? Será que se o tivessem mantido ele poderia ter feito algum estrago? Sim.

E depois de tudo? Bom depois que o estrago já foi feito, o resto é descer ladeira abaixo, e é isso que eles andam fazendo: curtindo a brisa dentr de um carro desgovernado e sem freios, em uma grande descida e com um singelo muro no fim da estrada!
 

Sega&AMD

Bam-bam-bam
Mensagens
2.731
Reações
2.482
Pontos
268
E depois de tudo? Bom depois que o estrago já foi feito, o resto é descer ladeira abaixo, e é isso que eles andam fazendo: curtindo a brisa dentr de um carro desgovernado e sem freios, em uma grande descida e com um singelo muro no fim da estrada!
então o motivo dos jogos não vender em sua opinião está relacionado ao hardware ? falo isso pois a pergunta central do tópico é porque os jogos não tem/tiveram aceitação comercial, caso diga que é o hardware, então porque não possuem boa saída mesmo a sega usando o hardware alheio ps2, ps4, switch, wii (console de alta base para os jogos em questão) entende? tipo aquele Nights jorney dreams ou esse ultimo sonic mania etc etc
 

doraemondigimon

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
11.923
Reações
14.632
Pontos
619
então o motivo dos jogos não vender em sua opinião está relacionado ao hardware ? falo isso pois a pergunta central do tópico é porque os jogos não tem/tiveram aceitação comercial, caso diga que é o hardware, então porque não possuem boa saída mesmo a sega usando o hardware alheio ps2, ps4, switch, wii (console de alta base para os jogos em questão) entende? tipo aquele Nights jorney dreams ou esse ultimo sonic mania etc etc
Não disse que a questão seria o hardware, mas sim, as decisões tomadas pelos poderosos da empresa. Muitas vezes tiveram chances de se reorganizar e dar uma tacada de mestre, que os tiraria da lama em que se meteram. Mas MUITAS E MUITAS VEZES, a relação do 'buraco do titanic' surge de diversas formas, dragando boas ideias e as convertendo em coisas medíocres e bestas.

O melhor exemplo clássico? Sega Saturn, seu desenvolvimento atrapalhado e seus kits de desenvolvimento, lançados por padrões de nível de empresas (First, thirds) além das normas absurdas de não permitirem que os kits fossem customizados, prendendo o limite de aprendizado para criar novos parâmetros aos jogos. A flexibilização nos kits de desenvolvimento do Dreamcast foi uma resposta tardia que deu algum resultado, mas o povo em geral já havia perdido a confiança na empresa.
 

Piga

Alien Pro-Gear Spec!
VIP
Mensagens
7.181
Reações
17.048
Pontos
348
Outra coisa que matou a Sega foi o orgulho japonês. A Sega americana, uma filial, na época do Mega estava fazendo um trabalho fenomenal e os japas pau pequenos em vez de apoiarem, jogaram contra. O 32X foi um projeto americano pra esticar a vida do Mega que estava no topo e poderia ter dado tempo pro Saturn ter sido melhor pensado. Mas japonês sendo japonês, começaram a brigar com a Sega americana pra provar que mandavam mais e o bagulho desandou. Estão pagando o preço até hoje por isso.
 

Sega&AMD

Bam-bam-bam
Mensagens
2.731
Reações
2.482
Pontos
268
Mas @Piga a pergunta central é porque os jogos não vendem tanto quanto deveriam por exemplo: Nights into Dreams não foi lançado para flopar eles não acordaram de manhã e disseram ''vamos fazer um jogo flopado'', ela tinha um plano e o plano era vende-lo com bundle de controle, ou seja cada Night seria um controle vendido cada controle vendido um nights... se não comprassem o nights ao menos comprariam o controle..
 

edineilopes

Retrogamer
Mensagens
24.000
Reações
68.767
Pontos
654
Depois vou ler os posts da galera, assunto interessante.
Por enquanto deixar ponto de vista sem conferir o que já foi falado.

1-A Sega dos arcades era incrível. Essa, especificamente, não sei se vendia mal, até em cidade pequena apareciam suas máquinas.

2 - Nos consoles, era uma marca "segunda linha", enfrentando a líder de mercado. Nunca foi campeã de venda de hardware e isso impacta na venda de jogos.

3 - Estrategicamente a empresa sempre foi uma bagunça. As filiais Japonesa e Americana quase pareciam inimigas.

4 - Orgulho besta: a Sega abriu mão de importantes parcerias, tinha o rei na barriga, mesmo nunca estando no topo do pódium. Poderia ter feito bom hardware no Saturn e teria tido a oportunidade de liderar uma geração e aumentar a visibilidade de suas marcas.

5 - Falta de visão comercial. Nights é um exemplo, como que um time top foi fazer "nights" em vez de fazer primeiro um Sonic Adventures? Como lança o 32X se mal aproveitava os recursos do já existente Sega CD? Como achou que a galera iria confiar e comprar essa bomba?

6 - Ela própria não soube dar valor a seu legado. Bons games ficam esquecidos no tempo. Relançar com nova roupagem e nova tecnologia manteria as franquias em evidência aumentando aos poucos uma base de fãs. Imagina um Panzer Dragoon open world com a tecnologia de hoje? Seria um espetáculo. E se alguém cogitar voltar, dá até medo, vai ser alguma porcaria de baixo orçamento para tirar dinheiro fácil de saudosista. Quando se esforça, ela frustra os fãs com ideias ruins. Exemplo o novo jogo de corrida do Sonic: ela tirou as estrelas (não entendeu a importância das marcas), ela tirou as transformações de cenário (um diferencial que existia no jogo de corrida anterior, fazia cada volta ser um espetáculo novo e diversificava a jogabilidade com mais veículos). A Sega merece o trocadilho infame de CEGA.
 

Piga

Alien Pro-Gear Spec!
VIP
Mensagens
7.181
Reações
17.048
Pontos
348
@Sega&AMD
Já disseram aí acima. Não vende hardware, não vende jogo. Se não vende jogo, não se vende hardware e o ciclo vicioso continua ad infinitum.

Outra coisa foi a divisão da própria base da empresa. Apesar de eu ter e gostar do Sega CD e do 32X, mercadologicamente falando foi um tiro no pé. Apesar de precisar do Mega pra funcionar, o Sega CD e o 32X são sistemas distintos que fragmentos a base. Se vende, mas não u suficiente.
 

JVS GAMES

Veterano
Mensagens
369
Reações
873
Pontos
128
Acho que uns moles também, é que nos consoles da SEGA ela sempre deixava certos jogos como exclusivos de Arcade, ou deixava de relançar certo jogo na plataforma next gen, como sms e mega drive, ótimos tituos que agregariam ainda mais as suas biblotecas... Sem contar alguns portes meia boca...










 
Ultima Edição:

rsmoraisjr

Bam-bam-bam
Mensagens
6.095
Reações
5.100
Pontos
419
pode ser uma pista, mas não explica o pós 2000
Depois do PS2 jogos estilo arcade começaram a decair no gosto do público, cresceram os jogos cinematográficos e de grande enredo, na época esse estilo de jogo não era o forte da Sega (fora Shenmue, e os JRPGs da empresa).

Enviado de meu Redmi Note 7 usando o Tapatalk
 

Sega&AMD

Bam-bam-bam
Mensagens
2.731
Reações
2.482
Pontos
268
Quando um console é planejado; junto com ele são projetados os jogos iniciais, em geral servem para demostrar as capacidades do novo console e as possibilidades mas as ser colocado no mercado as vezes simplesmente não vai

O Dreamcast teve VF3, sonic adventure para serem showcases iniciais, o virtua fighter 3 vendeu 300 mil e o sonic
para ocidente teve soul calibur que vendeu menos que o vf3, RECV enfim eram jogos para levar o console para 10 milhões de unidades vendidas; mas não foi.... N64 e ps1 vendia mais jogos no período e as vendas de hardware full-esfriaram após a sony mostrar o ps2, aí a sega foi dropando o que tinham incluindo shenmue.... se nem shenmue despertou interesse então ficou claro que era a hora de parar
 

Axel_DM

Bam-bam-bam
Mensagens
4.409
Reações
10.600
Pontos
293
Quando um console é planejado; junto com ele são projetados os jogos iniciais, em geral servem para demostrar as capacidades do novo console e as possibilidades mas as ser colocado no mercado as vezes simplesmente não vai

O Dreamcast teve VF3, sonic adventure para serem showcases iniciais, o virtua fighter 3 vendeu 300 mil e o sonic
para ocidente teve soul calibur que vendeu menos que o vf3, RECV enfim eram jogos para levar o console para 10 milhões de unidades vendidas; mas não foi.... N64 e ps1 vendia mais jogos no período e as vendas de hardware full-esfriaram após a sony mostrar o ps2, aí a sega foi dropando o que tinham incluindo shenmue.... se nem shenmue despertou interesse então ficou claro que era a hora de parar
Eu acho que a Sega foi muito apressada em lançar o Dreamcast antes das concorrentes.É a mesma coisa que aconteceu com o Wii U.Lançaram um console next gen antes das concorrentes e ele acabou ficando defasado muito rápido.Eu acho que eles poderiam ter esperado um pouco para lançar o Dreamcast.
Sobre o Shenmue, eu acho que é normal que o jogo não tenha vendido bem.Ele foge totalmente do convencional e a maioria das pessoas gostam de jogos de ação.
 

j_laverc

Supra-sumo
Mensagens
982
Reações
1.514
Pontos
183
Não tem como responder a isso sem determinar época e contexto. A Sega nunca foi líder (o que não diminui a qualidade de seus jogos), mas pra simplificar vou levar em conta o período mais emblemático e relevante da empresa, que ocorreu entre o final dos anos 80 e meados dos 90. Eu diria que essa posição que a Sega ocupou de rival perigosa que tangenciava o topo se deve simplesmente a escolhas de estética e administração. Para se diferenciar da concorrência, a empresa adotou um perfil mais radical e ligeiramente mais adulto. Esse tipo de postura é ousada, mas geralmente menos acessível, ainda mais quando comparada a sua concorrência de então. Não é certo nem errado, é apenas algo pensado para atingir determinado público alvo. Essa foi a razão estética de por que a Sega não teve o mesmo desempenho comercial de suas concorrentes.

Quanto a razões administrativas, a empresa também ousou, mas começou a se perder em foco e planejamento enquanto ainda produzia o Mega Drive. A Sega afetou a confiança de público e mercado com consoles / add-ons de vida curta lançados um atrás do outro, abandonando suas maiores franquias em nome de novas apostas, e provocando que grandes lojistas americanos a boicotassem por anos após a absurda estratégia de lançamento do Saturn. Sonic, Streets of Rage, Phantasy Star e inúmeros outros sumiram, ou ressurgiram totalmente modificados assim que a empresa encerrou prematuramente seu apoio a geração 16 bits. Posteriormente ela retomou algumas de suas maiores franquias com resultados irregulares, sendo que Sonic (que já nasceu com um universo original e bem caracterizado) passou por reformulações estranhas e desnecessárias, que só serviram pra afundar ainda mais o mascote e, consequentemente, sua própria criadora.


(edit)
 
Ultima Edição:

Tre Styles

Bam-bam-bam
Mensagens
1.065
Reações
1.351
Pontos
224
Sega nunca foi uma vendedora de jogos, nem na época do auge do Mega.
Únicos dois jogos da Sega que dá pra dizer que venderam BEM mesmo foram Sonic 1 e 2, que foram bundles do Mega e isso deve ter ajudado absurdamente nas vendas, enquanto a Nintendo vendia e vende qualquer coisa que tenha o nome dela embaixo. O resto do que é considerado bom, são vendas modestas perto de jogos do Super Nes, como Alladin, Sonic 3 e SF2 : CE que vendeu menos do que todas as versões de SF2 para Snes.


Uma das influências o óbvio fato de que nunca conseguiram fazer o mesmo aparelho pegar mundialmente. O Mega só vendia no ocidente, o Saturn o contrário. O Master só vendia no Brasil e Europa e o Dreamcast, verdade seja dita, não vendia bem é em lugar nenhum rsrs.
 

Sega&AMD

Bam-bam-bam
Mensagens
2.731
Reações
2.482
Pontos
268
Talvez não fossem tão bons, o IGN fez recentemente um TOP 100 e nenhum jogo da sega pode entrar, ao menos na analise deles, não são bons o suficiente
 

Sega&AMD

Bam-bam-bam
Mensagens
2.731
Reações
2.482
Pontos
268
Você parece está resoluto que existe um complô contra a Sega, mas fazer o quê se até as vendas da empresa são muito aquém da concorrência, mesmo no Japão:
essa questão de complô, bem eu não propus nada disso não entendo como chegou a essa conclusão, isso é apenas uma indagação visando observar os principais e diferentes pontos de vista, por que conforme coloquei no OP nem mesmo usando o PS2 e PS4 como seu console a SEGA conseguiu emplacar boas vendas em jogos, talvez o pessoal seguista super valorize jogos que não são tão bons assim, o grafico ai acima mostra que a sega ta bem atras de outras publisher, puts até da koei
 

DocVooDoo

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
29.259
Reações
36.174
Pontos
739
Mal desempenho da Sega foi briga de vaidades entre a Sega JP e o Tom Kalinski no US.
O meio de campo entre o Mega e o Saturn, saiu o Sega CD e 32X que não foram sucesso e que fez os lojistas ficarem céticos em relação ao Saturn.
Foi bola de neve que só piorou com a chegada do PS1 e posteriormente do PS2.
 

-=|R.R.|=-

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
36.686
Reações
95.559
Pontos
814
Convenhamos que 99,9% dos jogos da SEGA Clássica não funcionariam hoje no mercado AAA. Foram bem sucedidos em sua época (tanto em crítica apenas quanto os que foram bem com o público)

E isso não exclusividade da SEGA, tem franquias famosas que estão tentando voltar e que dão pinta que vão flopar...


Aí entendo bem algumas franquias ficarem na geladeira.
 
Topo