O que há de Novo?
  • Anunciando os planos GOLD no Fórum Outer Space
    Visitante, agora você pode ajudar o Fórum Outer Space e receber alguns recursos exclusivos, incluindo navegação sem anúncios e dois temas exclusivos. Veja os detalhes aqui.

Líder feminista pró-aborto MORRE durante aborto legalizado na Argentina.



Skyloft

Smelly cat
VIP
GOLD
Mensagens
13.558
Reações
32.486
Pontos
584
Onde ela estiver agora, vai se explicar.

Curioso que alguns sites argentinos falam que ela tava feliz em fazer o aborto. Como se a gravidez tivesse justamente esse objetivo: usufruir da nova possibilidade.

Se foi isso mesmo, que situação... nível da doença mental desse povo tá igual de usuário imbecil que vive de postar sarcasmo de péssima qualidade.
Pensei exatamente nisso enquanto lia o tópico. O Timing foi muito perfeito, acho que não foi coincidência (ainda mais com a notícia dizendo que era um "sonho" da finada moça).

A que ponto a humanidade chegou, triste demais.
 

promotor2004

Bam-bam-bam
Mensagens
2.543
Reações
1.316
Pontos
259
Coitada. Foi acometida de uma gravidez indesejada e sofreu uma fatalidade ao exercer um direito sobre seu corpo.
 

RJBADBOY01

Bam-bam-bam
Mensagens
9.682
Reações
5.871
Pontos
484
Na verdade, o meu personagem favorito era o "L". Mas curtia e respeitava a rivalidade entre eles.

O lance do Kira no Avatar nada mais é do uma brincadeira do tipo "nessas horas eu queria ter um Death Note, políticos brasileiros e ministros do STF andariam na linha".



Enviado de meu Redmi Note 8 usando o Tapatalk
Kira começou com esse pensamento e olha no que deu...
 


Dathilot

Bam-bam-bam
Mensagens
14.217
Reações
9.426
Pontos
454

Goris

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
19.666
Reações
68.197
Pontos
553
Eu teria diversos exemplos de incoerência e hipocrisia que poderia destacar, mas vou usar o tema do tópico: aborto.
Show.

A grande maioria das pessoas que são contra o aborto são de direita. A direita também é conhecida por ser extremamente "rígida" nas punições penais. Não é incomum ver comentários pesados, chegando a desejar a morte, mesmo para crimes pequenos, inclusive para menores de idade.

Ao mesmo tempo, a direita também é conhecida por ser contra ações sociais, programas sociais e políticas sociais.

Ou seja, a direita é a favor da vida somente enquanto está na barriga da mãe, a partir desse momento o problema é dela. Nasceu indesejado e não tem perspectiva de vida quando crescer? O problema é seu, a direita não se preocupa com isso, é contra ações sociais e inclusive irá desejar que você seja linchado caso furte uma bala.
Então, meio complicado eu citar casos reais recentes aqui da OS e você usar temas genéricos para contrabalançar.

Não estou dizendo que você esteja errado, mas que era justamente usando narrativa de esquerda e não fatos comprovaveis, com exemplo.

Mas vamos lá.

A direita é bem grande. E muita gente age como se qualquer um que não seja de esquerda seja de direita. Não é. Em muita gente de centro, ou com ideologias mistas (o brasileiro adora sincretismo) e que não são de direita, mas aí, entram como direita.

Temos os conservadores, que vão do religioso estatísta (pois é) ao conservador que quer um estado enxuto. Os liberais vão dos que querem um Estado enxuto a Estado nenhum. Voltando aos religiosos, eles até mesmo querem o Estado se envolvendo em quem da a bunda a quem.

Mas a maioria tem algo em comum. A vida é preciosa. Mas se você não valoriza a vida dos outros, por sua escolha, deve receber na mesma moeda.

Quantas vezes você viu tópicos de policiais pegando ladrões, descobrindo que o ladrão roubava porque estava desempregado e precisava alimentar a família e os próprios policiais ajudavam?

A turma da direita estava lá, em peso dando like e achando a atitude correta.

Então, não achamos que qualquer crime mereça a morte. Já o rapaz de classe média, com pai e mãe e que começou a usar drogas e assalta um inocente, para compra mais drogas, a gente quer ele apodrecendo atrás das grades.

Aí, a mesma galera de esquerda fica put* com os policiais que "Só ajudaram o pobre pra fazer RP" e acham um absurdo o jovem, vítima do vício, ser preso, já que ele é inocente e a culpa é das drogas.

As mesmas drogas que ele defende serem liberadas.

E, finalmente, quem é de direita não é burro tapado com viseira ideológica e tem uma solução incrível:

Não quer criar o filho?
a) Mata esse filho antes de nascer
b) Doa esse filho para famílias que não podem ter filhos.

Humanista:
Melhor matar o filho.

Conservador genocida:
Há filas de espera nos orfanatos, de pessoas que querem adotar crianças. Se 10% da energia gasta lutando a favor de matar as crianças fossem gastas ajudando projetos que diminuíssem a burocracia para adotar, todos sairiam felizes.




Entende a hipocrisia? É extremamente fácil se preocupar com a vida de alguém quando é um feto carregado na barriga da mãe. Quero ver se preocupar em dar assistência para essa criança quando crescer, através de programas e polícias sociais. Porque essa é uma das preocupações da esquerda, que você tanto critica.
É exatamente o caso acima.

Há filas de espera para crianças.

Você já leu que 20% das pessoas que querem adotar quem crianças da mesma etnia? Horrível, né? Por isso você é contra. Mas olha como é linda a matemática. Se 20% não querem crianças de outras etnias, 80% querem uma criança e não ligam para isso. Mas esquerdista só foca nos 20%, porque, né, matemática não é humanas.



É a parcela que eu te falei anteriormente, que acaba corrompendo os tais princípios e valores mencionados. Porém, não adianta você enxergar essa parcela da esquerda, e achar que ela representa o posicionamento como um todo, e fechar os olhos para essa mesma parcela que existe na direita.
A parcela que sabe matemática e defende coisas coerentes fica na direita.

Quem não entende, mas prefere se informar pela Globo e Fátima Bernardes ou pela garota maconheira da USP, fica na esquerda.

Você trouxe exemplo da psicóloga que jogou frutas e pessoas de esquerda defenderam ela. Agora eu te pergunto: e as pessoas de direita que defendem carreata em frente a hospital que tem gente morrendo sem respirar? Pra isso você fecha os olhos? Encontra uma explicação? Passa pano? Não representa a direita?
Bom, só há passeatas em frente à hospitais quando é contra oque você acredita? Não existem carreatas de esquerda? Não existem até mesmo protestos de esquerda? Acha que os BLM não protestariam em frente a hostpitais?

De qualquer forma, sou totalmente contra carreatas em frente a qualquer lugar.

Se houver uma lei proibindo carreatas em frente a escolas e hospitais, eu tô dentro. Clicou no link que eu coloquei lá atrás dos empresários contaminados com vacina desviada de idosos? Sou de direita, defendo o empresário quando tenho que defender, mas os caras fizeram m**** e eu tava lá batendo palmas para eles se ferrarem. Ao comprar vacinas desviadas, se tornaram bandidos e quero que bandido se ferre.

Aí, vem me acusar de hipocrisia? Não, aí não.




Você falou do BLM, movimento predominantemente de esquerda que se perdeu muito, mas calma aí, e os movimentos supremacistas brancos de direita? Eles representam o seu posicionamento ou não? Porque os integrantes que corromperam o BLM não representam o meu posicionamento, mas você diz que sim.
Interessante. Você criticou os BLMs? Se surgir com tópicos de supremacistas brancos eu critico eles. Só me marcar.

O problema é que os BLM dizem defender as pautas que a esquerda diz defender. Se você é de esquerda, basta dizer que eles não te representam, são babacas raccistas e eu retiro o que eu disse.

E as pessoas de direita que defendem até hoje a ditadura militar, que torturou crianças, estuprou mulheres e assassinou homens? É o que a direita representa ou não? Porque uma parcela enorme defende. Inclusive o maior representante de direita faz homenagens para torturador. Mas e aí? Essa é a direita? Ou não?
As pessoas de direita defendem a ditadura por qual motivo? Você sabe?



Você também veio abordar dos usuários de esquerda do fórum. E os usuários de direita? Eles servem como exemplo? Porque se você olhar o tópico em que estamos, vai ver diversos usuários debochando e ironizando da morte de uma pessoa. Sem contar os diversos "haha", porque realmente a morte de alguém deve ser uma coisa hilária. Esse comportamento representa a direita ou não?
Hmmm...

Então.

Vamos colocar uma coisa simples.

Direita não gosta de bandido.

Quando o doutor Drauzio Varela entrevistou a trans Suzy, ele fez "seu trabalho" dizendo que a família dela deixeou de falar com ela porque ela estava presa e era trans. Preconceito com a sexualidade dela. E pediu para as pessoas mandarem cartas. Essa foi a esquerda mostrando sua virtude, ao contrario da direita, ela pensa nas pobres vítimas.

O que o tal doutor não disse é que a trans Suzy estava presa por ter estuprado, assassinado e depois queimado o corpo de uma criança de 9 anos que foi ajudá-la a levar um móvel para casa. uma criança de 9 anos.

A Esquerda veio mostrar como a família era hipócrita de falar em tolerância e deixar esquecida a pobre travesti. A Direita veio mostrar que a pobre criança de 9 anos é que era a vitima. A maioria dos esquerdidas, depois da m**** pronta, não voltou lá para mostrar que era contra e bla bla bla. Ainda foram lá defender o doutor, famoso por escrever livros contando a história (ou estória) de presos e que, dessa vez em especial, não perguntou nada. Sim, o doutor não sabia. Claaaaaro.

Agora, da mesma forma, você não considera uma garota que sonhava em matar um bebê e morreu ao fazê-lo uma vítima inocente, a Direita considera essa guria uma assassina. Pior, uma assassina que assassinou o bebê só pelo prazer de realizar o aborto, como parece.

Então, eu acho "bem feito", "justiça poética" e etc. Não vou achar errado até quem riu da ironia do destino.

Os pobres homens que você disse que os militares torturaram, e há tópicos e tópicos sobre eles, inclusive um recente sobre a Ditadura de 64, não eram apenas pessoas inocentes, eram - em sua maioria - pessoas que simplesmente queriam colocar sua própria ditadura, muito mais mortal (de novo, não é legal, mas uma ditadura que mata 400 pessoas em 20 anos, menos do que Cuba ou Alemanha Oriental, ou Polônia, ou URSS ou Somália ou Etiópia ou Camboja mataram em um ano) e, da mesma forma como você acha a assassina de bebês uma pessoa exercendo seu direito "por um bem maior", tem gente que acha que os militares mataram guerrilheiros e afins por um bem maior.

Na mesma linha, entre uma ditadura que matou 400 e outra que teria morto 4.000 ou 40.000, a matemática diz qual a menos cruel. E eu entendo quem diz que era melhor essa à aquela.

Mais ainda, não raro (naquele mesmo tópico) as pessoas vão mentir para tornar piores os números e fatos da Ditadura.

Um dos idiotas mentirosos soltou a notícia "Encontrada vala com milhares de vítimas da ditadura". Eu pedi para o cara ler a matéria, ele não teve capacidade de reler ou então, mesmo lendo, não teve capacidade de entender. Aqueles eram indigentes desconhecidos mais bandidos comuns mortos pela polícia de São Paulo. Não eram mortos pela ditadura que não foram contados. Volta lá e lê de novo. O título faz parecer que é um número e é outro.

Estou defendendo a Ditadura? Claro, na sua visão sim. Mas não estou. Estou mostrando que os dados que passaram lá eram falsos. E as pessoas que acreditam nesses dados tem tão pouco senso crítico que lêem o título, passam os olhos pela matéria e já saem cheios de certezas.

Por fim, no caso do Ustra, ele disse que não era torturador, alguns militantes dizem que ele era. Bolsonaro diz que o conheceu e ele não era torturador. Por isso o defendeu. Com os exemplos que eu tenho da verdade de esquerda, não colocaria a mão no fogo que ele é culpado. Também não a colocaria no fogo por ele ser inocente. Mas não tenho como cravar nada. Você me disse que Ustra era torturador. Você tem absoluta certeza disso?

Tipo, lembra do famoso caso do PTista jogado na frente de um caminhão por bolsonaristas, do Geo? O cara mentiu, mostraram a verdade, ele continuou mentindo, cobraram dele arrumar a mentira, ele foi na moderação pedir para trancarem o tópico, ao invés de simplesmente corrigir a mentira.

Aí, você me diz que coloca a mão no fogo que o tal Ustra é um torturador?

Não fica nenhuma dúvida? O exemplo do Geo, o exemplo da famosa repórter que disse por 30 anos que foi torturada e depois admitiu que inventou para parecer cool? Aí, você me garante, com 100% de consciência limpa que Ustra era torturador, mesmo ele dizendo que não era?

Então, eu nem defendo nem condeno o cara, mas a dúvida existe.

Aquele lance de "Inocente até ser provado o contrário" só existe quando é estuprador de criança, assaltante negro e coisas do tipo?

A melhor maneira é usar a mesma régua. Usar o mesmo peso e a mesma medida. Não enxergar o que quer, e fechar os olhos para o que não quer.

São os primeiros passos para sair da bolha, caso você acredite que possa estar em uma.
 

Ryu-san

Bam-bam-bam
Mensagens
1.284
Reações
3.373
Pontos
278
Show.


Então, meio complicado eu citar casos reais recentes aqui da OS e você usar temas genéricos para contrabalançar.

Não estou dizendo que você esteja errado, mas que era justamente usando narrativa de esquerda e não fatos comprovaveis, com exemplo.

Mas vamos lá.

A direita é bem grande. E muita gente age como se qualquer um que não seja de esquerda seja de direita. Não é. Em muita gente de centro, ou com ideologias mistas (o brasileiro adora sincretismo) e que não são de direita, mas aí, entram como direita.

Temos os conservadores, que vão do religioso estatísta (pois é) ao conservador que quer um estado enxuto. Os liberais vão dos que querem um Estado enxuto a Estado nenhum. Voltando aos religiosos, eles até mesmo querem o Estado se envolvendo em quem da a bunda a quem.

Mas a maioria tem algo em comum. A vida é preciosa. Mas se você não valoriza a vida dos outros, por sua escolha, deve receber na mesma moeda.

Quantas vezes você viu tópicos de policiais pegando ladrões, descobrindo que o ladrão roubava porque estava desempregado e precisava alimentar a família e os próprios policiais ajudavam?

A turma da direita estava lá, em peso dando like e achando a atitude correta.

Então, não achamos que qualquer crime mereça a morte. Já o rapaz de classe média, com pai e mãe e que começou a usar drogas e assalta um inocente, para compra mais drogas, a gente quer ele apodrecendo atrás das grades.

Aí, a mesma galera de esquerda fica put* com os policiais que "Só ajudaram o pobre pra fazer RP" e acham um absurdo o jovem, vítima do vício, ser preso, já que ele é inocente e a culpa é das drogas.

As mesmas drogas que ele defende serem liberadas.

E, finalmente, quem é de direita não é burro tapado com viseira ideológica e tem uma solução incrível:

Não quer criar o filho?
a) Mata esse filho antes de nascer
b) Doa esse filho para famílias que não podem ter filhos.

Humanista:
Melhor matar o filho.

Conservador genocida:
Há filas de espera nos orfanatos, de pessoas que querem adotar crianças. Se 10% da energia gasta lutando a favor de matar as crianças fossem gastas ajudando projetos que diminuíssem a burocracia para adotar, todos sairiam felizes.





É exatamente o caso acima.

Há filas de espera para crianças.

Você já leu que 20% das pessoas que querem adotar quem crianças da mesma etnia? Horrível, né? Por isso você é contra. Mas olha como é linda a matemática. Se 20% não querem crianças de outras etnias, 80% querem uma criança e não ligam para isso. Mas esquerdista só foca nos 20%, porque, né, matemática não é humanas.




A parcela que sabe matemática e defende coisas coerentes fica na direita.

Quem não entende, mas prefere se informar pela Globo e Fátima Bernardes ou pela garota maconheira da USP, fica na esquerda.


Bom, só há passeatas em frente à hospitais quando é contra oque você acredita? Não existem carreatas de esquerda? Não existem até mesmo protestos de esquerda? Acha que os BLM não protestariam em frente a hostpitais?

De qualquer forma, sou totalmente contra carreatas em frente a qualquer lugar.

Se houver uma lei proibindo carreatas em frente a escolas e hospitais, eu tô dentro. Clicou no link que eu coloquei lá atrás dos empresários contaminados com vacina desviada de idosos? Sou de direita, defendo o empresário quando tenho que defender, mas os caras fizeram m**** e eu tava lá batendo palmas para eles se ferrarem. Ao comprar vacinas desviadas, se tornaram bandidos e quero que bandido se ferre.

Aí, vem me acusar de hipocrisia? Não, aí não.





Interessante. Você criticou os BLMs? Se surgir com tópicos de supremacistas brancos eu critico eles. Só me marcar.

O problema é que os BLM dizem defender as pautas que a esquerda diz defender. Se você é de esquerda, basta dizer que eles não te representam, são babacas raccistas e eu retiro o que eu disse.


As pessoas de direita defendem a ditadura por qual motivo? Você sabe?




Hmmm...

Então.

Vamos colocar uma coisa simples.

Direita não gosta de bandido.

Quando o doutor Drauzio Varela entrevistou a trans Suzy, ele fez "seu trabalho" dizendo que a família dela deixeou de falar com ela porque ela estava presa e era trans. Preconceito com a sexualidade dela. E pediu para as pessoas mandarem cartas. Essa foi a esquerda mostrando sua virtude, ao contrario da direita, ela pensa nas pobres vítimas.

O que o tal doutor não disse é que a trans Suzy estava presa por ter estuprado, assassinado e depois queimado o corpo de uma criança de 9 anos que foi ajudá-la a levar um móvel para casa. uma criança de 9 anos.

A Esquerda veio mostrar como a família era hipócrita de falar em tolerância e deixar esquecida a pobre travesti. A Direita veio mostrar que a pobre criança de 9 anos é que era a vitima. A maioria dos esquerdidas, depois da m**** pronta, não voltou lá para mostrar que era contra e bla bla bla. Ainda foram lá defender o doutor, famoso por escrever livros contando a história (ou estória) de presos e que, dessa vez em especial, não perguntou nada. Sim, o doutor não sabia. Claaaaaro.

Agora, da mesma forma, você não considera uma garota que sonhava em matar um bebê e morreu ao fazê-lo uma vítima inocente, a Direita considera essa guria uma assassina. Pior, uma assassina que assassinou o bebê só pelo prazer de realizar o aborto, como parece.

Então, eu acho "bem feito", "justiça poética" e etc. Não vou achar errado até quem riu da ironia do destino.

Os pobres homens que você disse que os militares torturaram, e há tópicos e tópicos sobre eles, inclusive um recente sobre a Ditadura de 64, não eram apenas pessoas inocentes, eram - em sua maioria - pessoas que simplesmente queriam colocar sua própria ditadura, muito mais mortal (de novo, não é legal, mas uma ditadura que mata 400 pessoas em 20 anos, menos do que Cuba ou Alemanha Oriental, ou Polônia, ou URSS ou Somália ou Etiópia ou Camboja mataram em um ano) e, da mesma forma como você acha a assassina de bebês uma pessoa exercendo seu direito "por um bem maior", tem gente que acha que os militares mataram guerrilheiros e afins por um bem maior.

Na mesma linha, entre uma ditadura que matou 400 e outra que teria morto 4.000 ou 40.000, a matemática diz qual a menos cruel. E eu entendo quem diz que era melhor essa à aquela.

Mais ainda, não raro (naquele mesmo tópico) as pessoas vão mentir para tornar piores os números e fatos da Ditadura.

Um dos idiotas mentirosos soltou a notícia "Encontrada vala com milhares de vítimas da ditadura". Eu pedi para o cara ler a matéria, ele não teve capacidade de reler ou então, mesmo lendo, não teve capacidade de entender. Aqueles eram indigentes desconhecidos mais bandidos comuns mortos pela polícia de São Paulo. Não eram mortos pela ditadura que não foram contados. Volta lá e lê de novo. O título faz parecer que é um número e é outro.

Estou defendendo a Ditadura? Claro, na sua visão sim. Mas não estou. Estou mostrando que os dados que passaram lá eram falsos. E as pessoas que acreditam nesses dados tem tão pouco senso crítico que lêem o título, passam os olhos pela matéria e já saem cheios de certezas.

Por fim, no caso do Ustra, ele disse que não era torturador, alguns militantes dizem que ele era. Bolsonaro diz que o conheceu e ele não era torturador. Por isso o defendeu. Com os exemplos que eu tenho da verdade de esquerda, não colocaria a mão no fogo que ele é culpado. Também não a colocaria no fogo por ele ser inocente. Mas não tenho como cravar nada. Você me disse que Ustra era torturador. Você tem absoluta certeza disso?

Tipo, lembra do famoso caso do PTista jogado na frente de um caminhão por bolsonaristas, do Geo? O cara mentiu, mostraram a verdade, ele continuou mentindo, cobraram dele arrumar a mentira, ele foi na moderação pedir para trancarem o tópico, ao invés de simplesmente corrigir a mentira.

Aí, você me diz que coloca a mão no fogo que o tal Ustra é um torturador?

Não fica nenhuma dúvida? O exemplo do Geo, o exemplo da famosa repórter que disse por 30 anos que foi torturada e depois admitiu que inventou para parecer cool? Aí, você me garante, com 100% de consciência limpa que Ustra era torturador, mesmo ele dizendo que não era?

Então, eu nem defendo nem condeno o cara, mas a dúvida existe.

Aquele lance de "Inocente até ser provado o contrário" só existe quando é estuprador de criança, assaltante negro e coisas do tipo?
Goris, entenda, para todos os pontos que eu te apontei você criou uma narrativa que aponta para uma explicação do porque a direita toma uma determinada atitude e do porque esse é o correto. Já para a esquerda, a narrativa é de que não, é um posicionamento puramente ruim, hipócrita, errado, etc.

Como eu te falei anteriormente, um fanático de esquerda faria exatamente a mesma coisa que você, mas a favor da esquerda. Criaria uma narrativa em que todas as ações de esquerda são explicadas e possuem um fundamento bom por trás, já as da direita não, elas são puramente ruins, não há argumentação.

Imagina você discutindo com uma pessoa assim? É a impressão que passa ao tentar discutir com você.

Uma coisa é a nossa opinião. Eu sou de esquerda, defendo este posicionamento. Você é de direita, defende o seu. Este é um ciclo normal.

Porém, eu tenho plena consciência de que não se trata de um lado bom ou um lado ruim. Não é Star Wars, que tem o lado da luz e o lado sombrio.

Mas o que você faz é sempre posicionar a direita como se ela representasse o bem e a esquerda representasse o mal.

Eu poderia responder todos os pontos que você argumentou, mas não adiantaria absolutamente nada.

Já está enraizado em você que a direita é o certo e a esquerda é o errado, e não importa o que digam, você vai criar uma narrativa em que isso se aplique.

Para mim, eu diria que você está em uma bolha nesse sentido. A famosa bolha "direita é bom > esquerda é ruim". E pelo o que já vi de outros tópicos, essa é uma crítica extremamente comum ao seu comportamento.

Reforço a sugestão de buscar debater com outros usuários de esquerda, eu incluso. Mas um debate produtivo e que não tenha a única intenção de colocar um lado como certo e outro como errado, mas sim de buscar o que há de melhor nos dois.
 

Goris

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
19.666
Reações
68.197
Pontos
553
Goris, entenda, para todos os pontos que eu te apontei você criou uma narrativa que aponta para uma explicação do porque a direita toma uma determinada atitude e do porque esse é o correto. Já para a esquerda, a narrativa é de que não, é um posicionamento puramente ruim, hipócrita, errado, etc.

Como eu te falei anteriormente, um fanático de esquerda faria exatamente a mesma coisa que você, mas a favor da esquerda. Criaria uma narrativa em que todas as ações de esquerda são explicadas e possuem um fundamento bom por trás, já as da direita não, elas são puramente ruins, não há argumentação.

Imagina você discutindo com uma pessoa assim? É a impressão que passa ao tentar discutir com você.

Uma coisa é a nossa opinião. Eu sou de esquerda, defendo este posicionamento. Você é de direita, defende o seu. Este é um ciclo normal.

Porém, eu tenho plena consciência de que não se trata de um lado bom ou um lado ruim. Não é Star Wars, que tem o lado da luz e o lado sombrio.

Mas o que você faz é sempre posicionar a direita como se ela representasse o bem e a esquerda representasse o mal.

Eu poderia responder todos os pontos que você argumentou, mas não adiantaria absolutamente nada.

Já está enraizado em você que a direita é o certo e a esquerda é o errado, e não importa o que digam, você vai criar uma narrativa em que isso se aplique.

Para mim, eu diria que você está em uma bolha nesse sentido. A famosa bolha "direita é bom > esquerda é ruim". E pelo o que já vi de outros tópicos, essa é uma crítica extremamente comum ao seu comportamento.

Reforço a sugestão de buscar debater com outros usuários de esquerda, eu incluso. Mas um debate produtivo e que não tenha a única intenção de colocar um lado como certo e outro como errado, mas sim de buscar o que há de melhor nos dois.
Entendo.

Bom, uma pena.

A gente discute numa próxima.
 

Darth_Tyranus

Bam-bam-bam
Mensagens
8.040
Reações
55.683
Pontos
353
Não não...
Puteiro é onde o tal "conservador" vai pra achar que (kkkk....) não tá traindo a mulher dele.
Ce devia ir em um. Vai encontrar muito cara que fala igual vc lá.
E eu entendi o desenho e os argumentos...
Só não me importo e me divirto vendo vocês esperneando.
Resumindo a ópera: a mina abortou, se fudeu e vcs tão felizes.
Você defende que libere aborto e put@ria, mas julga um personagem fictício chamado "conservador" pela moral judaico-cristã.

Ele não "trai" a esposa, o contrato matrimonial no Estado Civil não tem valor moral ou transcendente, mas sim apenas patrimonial. O que ele fez foi ter sexo com outra pessoa. Por que isso seria condenável na tua visão? Não deverias ajustar primeiro o vocabulário antes de defender uma ideia? Por que você manda o cara pro puteiro? É uma ofensa ou um convite de boa amizade?
 
Ultima Edição:

Goris

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
19.666
Reações
68.197
Pontos
553
Você defende que libere aborto e put@ria, mas julga um personagem fictício chamado "conservador" pela moral judaico-cristã.

Ele não "trai" a esposa, o contrato matrimonial no Estado Civil não tem valor moral ou transcendente, mas sim apenas patrimonial. O que ele fez foi ter sexo com outra pessoa. Por que isso seria condenável na tua visão? Não deverias ajustar primeiro o vocabulário antes de defender uma ideia? Por que você manda o cara pro puteiro? É uma ofensa ou um convite de boa amizade?
Parece aquele PTista que diz "Tratar mal outros pela cor é racismo" e 5 minutos depois está dizendo "Esses brancos, são todos racistas fdp". Ele só quer ofender, incorre no mesmo erro que acusa os outros e se você mostrar isso, ainda te acusa de burro e manda ir estudar.
 

deriks

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
12.209
Reações
11.780
Pontos
589
Eu não entendi porque o tópico existe e rende tanto

A mulher foi ter um aborto e morreu? Acontece

Próxima página
 

Goris

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
19.666
Reações
68.197
Pontos
553
Essa é fácil, maioria das pessoas gosta de ver bandido se ferrar.
Perai, você está insinuando que uma líder feminista que lutou pelo direito de matar bebês e que, pelos relatos de amigos e parentes, podería ter engravidado única e simplesmente para poder abortar, é criminosa?

Duolks, não esperava isso de você!

Ela não é bandida, é assassina psicopata. Você não pode passar pano assim pra ela.

Lol
 

Cuneglas

Bam-bam-bam
Mensagens
1.472
Reações
6.253
Pontos
278
Aborto é eufemismo para "Destroçar um bebe membro a membro dentro do ventre da mae".

Para quem nao sabe, essas sao as FORMAS de se fazer um aborto:

SUGANDO O BEBE ATRAVES DE UM CANO:
Em < 9 semanas, aspiração manual intra uterina (AMIU) pode ser usada. Ela produz pressão suficiente para esvaziar o útero. Dispositivos de AMIU são portáteis, não necessitam de uma fonte elétrica e são mais silenciosos do que os dispositivos de aspiração elétrica a vácuo (AEV). AMIU também pode ser utilizada para controlar o aborto espontâneo durante a gestação precoce. Após 9 semanas, AVE é utilizada; ela envolve a conexão de uma cânula a uma fonte elétrica a vácuo.

DESMEMBRANDO O BEBE COM FOCEPES:
Com 14 a 24 semanas, geralmente utiliza-se dilatação e esvaziamento (D & E). Fórceps são usados para desmembrar e remover o feto, e uma cânula de sucção é utilizada para aspirar o líquido amniótico, placenta e fragmentos do feto. D & E requer mais habilidade e exige mais treinamento do que os outros métodos de esvaziamento instrumental.

SUFOCANDO E EXPULSANDO O BEBE:
O Misoprostol, combinado com o Mifepristone, irá provocar contrações do útero, causando hemorragia e a expulsão do conteúdo uterino.

Se depois de ler ISSO voce ainda concorda com o aborto, nao tenho NADA mais para conversar com voce.
 

Giggity

Bam-bam-bam
Mensagens
2.244
Reações
5.042
Pontos
334
Aborto é eufemismo para "Destroçar um bebe membro a membro dentro do ventre da mae".

Para quem nao sabe, essas sao as FORMAS de se fazer um aborto:

SUGANDO O BEBE ATRAVES DE UM CANO:
Em < 9 semanas, aspiração manual intra uterina (AMIU) pode ser usada. Ela produz pressão suficiente para esvaziar o útero. Dispositivos de AMIU são portáteis, não necessitam de uma fonte elétrica e são mais silenciosos do que os dispositivos de aspiração elétrica a vácuo (AEV). AMIU também pode ser utilizada para controlar o aborto espontâneo durante a gestação precoce. Após 9 semanas, AVE é utilizada; ela envolve a conexão de uma cânula a uma fonte elétrica a vácuo.

DESMEMBRANDO O BEBE COM FOCEPES:
Com 14 a 24 semanas, geralmente utiliza-se dilatação e esvaziamento (D & E). Fórceps são usados para desmembrar e remover o feto, e uma cânula de sucção é utilizada para aspirar o líquido amniótico, placenta e fragmentos do feto. D & E requer mais habilidade e exige mais treinamento do que os outros métodos de esvaziamento instrumental.

SUFOCANDO E EXPULSANDO O BEBE:
O Misoprostol, combinado com o Mifepristone, irá provocar contrações do útero, causando hemorragia e a expulsão do conteúdo uterino.

Se depois de ler ISSO voce ainda concorda com o aborto, nao tenho NADA mais para conversar com voce.
Argumentos semelhantes a esse já foram usados para justificar racismo, antissemitismo e homofobia. Se tratam de apelos à emoção baratos.

Aqui fora existe até um termo pra isso, yuck factor.

O fato de algo ser "nojento" ou "repulsivo" não torna esse algo necessariamente mau ou prejudicial.
 
Ultima Edição:

Goris

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
19.666
Reações
68.197
Pontos
553
Argumentos semelhantes a esse já foram usados para justificar racismo, antissemitismo e homofobia. Se tratam de apelos à emoção baratos.

Aqui foram existe até um termo pra isso, yuck factor.

O fato de algo ser "nojento" ou "repulsivo" não torna esse algo necessariamente mau ou prejudicial.
Explicar que abortar não é só tirar um bebê do útero da mãe, que envolve destrocar ele membro por membro só é nojento pra você?

Parabéns, esquerdistas são humanistas pra caramba mesmo.
 

Cuneglas

Bam-bam-bam
Mensagens
1.472
Reações
6.253
Pontos
278
Argumentos semelhantes a esse já foram usados para justificar racismo, antissemitismo e homofobia. Se tratam de apelos à emoção baratos.

Aqui foram existe até um termo pra isso, yuck factor.

O fato de algo ser "nojento" ou "repulsivo" não torna esse algo necessariamente mau ou prejudicial.
Estou esperando voce me dizer o lado bom do aborto, fazendo favor.
 

Goris

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
19.666
Reações
68.197
Pontos
553
Se uma pessoa não consegue ter empatia por um bebê pra mim esse ser é pior que o diabo.
Cara, sei que citar os nazistas automaticamente te faz perder a discussão, então eu perdi, não estou dizendo que ganhei...

Mas é tática nazista.

Como eles fizeram com os judeus? Primeiro, disseram que eles não eram alemães. Depois, que não eram cidadãos de primeira, do mesmo nível dos alemães etnicos. Depois que não eram cidadãos. Depois que eram sujos. Depois, que eram parasitas. Depois que não eram humanos.

Você não manda um soldado pegar pessoas inocentes e enfiarem eles em câmaras de gás, assim, do nada. Uma hora você tem deserções e problemas de cumprimento de ordens.

Você desumaniza os outros. Oa torna um nada, de forma que a pessoa não se vê como assassino, mas como uma pessoa melhorando a sociedade. Lembra o maquinista de Auschwitz, que não via nada de errado em levar os judeus para os campos, não eram pessoas que ele levava para a morte, mas parasitas inumanos.

Abortistas então usam de outras palavras. O bebê de 8 meses, já plenamente formado? É um feto. Mas feto ainda é forte. É, nas palavras de nossos colegas "um punhado de células", um nada.

Aí, se alguém falar que despedaçar membro a membro um bebê, essa pessoa acha que "É só um procedimento para eliminar um punhado de células" e não consegue enxergar nada de errado.

Assim como o maquinista achava errado quem se importava com os parasitas, vai achar você errado, por defender esse punhado de células.

Os caras são doutrinados, tal qual os guardas de Auschwitz. E vão se ofender com a comparação, mas nunca lutar contra ou vencer a doutrinação.
 

Cuneglas

Bam-bam-bam
Mensagens
1.472
Reações
6.253
Pontos
278
Cara, sei que citar os nazistas automaticamente te faz perder a discussão, então eu perdi, não estou dizendo que ganhei...

Mas é tática nazista.

Como eles fizeram com os judeus? Primeiro, disseram que eles não eram alemães. Depois, que não eram cidadãos de primeira, do mesmo nível dos alemães etnicos. Depois que não eram cidadãos. Depois que eram sujos. Depois, que eram parasitas. Depois que não eram humanos.

Você não manda um soldado pegar pessoas inocentes e enfiarem eles em câmaras de gás, assim, do nada. Uma hora você tem deserções e problemas de cumprimento de ordens.

Você desumaniza os outros. Oa torna um nada, de forma que a pessoa não se vê como assassino, mas como uma pessoa melhorando a sociedade. Lembra o maquinista de Auschwitz, que não via nada de errado em levar os judeus para os campos, não eram pessoas que ele levava para a morte, mas parasitas inumanos.

Abortistas então usam de outras palavras. O bebê de 8 meses, já plenamente formado? É um feto. Mas feto ainda é forte. É, nas palavras de nossos colegas "um punhado de células", um nada.

Aí, se alguém falar que despedaçar membro a membro um bebê, essa pessoa acha que "É só um procedimento para eliminar um punhado de células" e não consegue enxergar nada de errado.

Assim como o maquinista achava errado quem se importava com os parasitas, vai achar você errado, por defender esse punhado de células.

Os caras são doutrinados, tal qual os guardas de Auschwitz. E vão se ofender com a comparação, mas nunca lutar contra ou vencer a doutrinação.
Perfeito, Goris!
O nome desse processo é desunamização, fazem isso o tempo todo quando querem que a sociedade acha "aceitável" determinada conduta.

Em 2019 se a policia saisse por ai fechando comercio e prendendo comerciante a sociedad entraria em convulsao.
Mas em 2021. prender um comerciante é aceitavel, pois ele esta indo contra o lockdown, logo é um assasino desalmado.

Em 2010 espancar um branco na rua seria ináceitavel, em 2020 é o correto a se fazer pois esse é um supremacista branco e deve sofrer assim como os negros sofreram no passado.

Em 1960 abortar um bebe era uma heresia, uma desumanidade, em 2021 é um DIREITO da mulher, afinal nao passa de "um punhado de celulas".
 

Giggity

Bam-bam-bam
Mensagens
2.244
Reações
5.042
Pontos
334
Explicar que abortar não é só tirar um bebê do útero da mãe, que envolve destrocar ele membro por membro só é nojento pra você?

Parabéns, esquerdistas são humanistas pra caramba mesmo.
Onde meu post deu a entender que sou de esquerda?
E onde eu afirmei que isso é só nojento?

Você inferiu que sou de esquerda a partir de um post onde apenas descrevi a natureza do argumento usado pelo @Cuneglas.

Se a minha descrição de como o mundo é te incomoda, seu problema não é com a esquerda, mas com a realidade.
 

Cuneglas

Bam-bam-bam
Mensagens
1.472
Reações
6.253
Pontos
278
Onde meu post deu a entender que sou de esquerda?
E onde eu afirmei que isso é só nojento?

Você inferiu que sou de esquerda a partir de um post onde apenas descrevi a natureza do argumento usado pelo @Cuneglas.

Se a minha descrição de como o mundo é te incomoda, seu problema não é com a esquerda, mas com a realidade.
Se na sua opniao o meu argumento é classificado como "yuck factor." é porque voce tem essa opniao.
 
Topo