O que há de Novo?
  • Anunciando os planos GOLD no Fórum Outer Space
    Visitante, agora você pode ajudar o Fórum Outer Space e receber alguns recursos exclusivos, incluindo navegação sem anúncios e dois temas exclusivos. Veja os detalhes aqui.

Mais de R$ 1,8 bilhão em compras: “carrinho” do governo federal tem de sagu a chicletes



Metal God

Ei mãe, 500 pontos!
GOLD
Mensagens
35.016
Reações
30.060
Pontos
944
Porra, tem militar e aluno pra caceta no país. O custo de alimentação deles sempre esteve aí, não é porque o país tá fudido economicamente que vai se desmantelar e começar a descontar café/almoço/janta de soldado ou deixar aluno sem merenda.
Só em goma de mascar, a conta custou R$ 2.203.681, 89 aos cofres públicos
 

BurningWitches

Bam-bam-bam
Mensagens
8.670
Reações
14.494
Pontos
409
put* m****, o Clã tá praticando enema c/ leite condensado?!

"Por dia os 15 milhões dão a cifra de R$ 41.095,89, vamos colocar um ágio de 100% e considerar que cada latinha saiu a 10,00 pratas. Seriam mais de 4.109 latas de leite condensado por um único dia. Nem se ele distribuísse a todo mundo no Planalto uma latinha. Rachadona."

Por essa eu não esperava.

E pensar que por causa de uma tapioca o cidadão de bem subiu nas tamancas e deu chilique...
 
Ultima Edição:


Malakh

Bam-bam-bam
Mensagens
888
Reações
2.566
Pontos
283
Fake news! O leite condensado que o mito usa é caseirinho, direto da fonte, sai na hora quando ele brinca com os amigos do jogo do Pão Doce.

E mesmo que fosse verdade, não haveria nenhum problema. Os governos petralhas gastaram 6 quadrilhões de reais em sagu e vocês não falaram nada. Agora não pode falar mais! Deixem de hipocrisia! Só seria errado se ultrapassasse esse montante aí, tanto é que hoje em dia todo ladrão é absolvido com a seguinte tese jurídica: "mas o PT roubou muito mais, seu juiz!".

Criem vergonha na cara e deixem o presidente trabalhar, ele merece ostentar todo o sagu e chiclete que ele quiser pelo bom serviço que presta. :kjoinha
 

Virgin Superstar

Bam-bam-bam
Mensagens
5.214
Reações
6.574
Pontos
384
Fake news! O leite condensado que o mito usa é caseirinho, direto da fonte, sai na hora quando ele brinca com os amigos do jogo do Pão Doce.

E mesmo que fosse verdade, não haveria nenhum problema. Os governos petralhas gastaram 6 quadrilhões de reais em sagu e vocês não falaram nada. Agora não pode falar mais! Deixem de hipocrisia! Só seria errado se ultrapassasse esse montante aí, tanto é que hoje em dia todo ladrão é absolvido com a seguinte tese jurídica: "mas o PT roubou muito mais, seu juiz!".

Criem vergonha na cara e deixem o presidente trabalhar, ele merece ostentar todo o sagu e chiclete que ele quiser pelo bom serviço que presta. :kjoinha
Vou assaltar um banco, no julgamento vou falar: mas e o STF?? E o PT??

Absolvido!
 

cocacola20litros

Pior user da OS
VIP
Mensagens
5.875
Reações
17.202
Pontos
338
São tantas coisas absurdas que ocorrem nesse paíseco, uma delas que eu acho a mais questionável é o tanto de auxílios pros políticos que já não ganham pouco, e pensão pra filho de militar
 

geist

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
17.521
Reações
67.534
Pontos
553
Tudo intriga da oposição.

Tem coisa absurda aí, mas tem coisa que até dá pra compreender (não aceitar). Muitos produtos são utilizados em receitas, não é como se os soldados recebessem uma lata de leite condensado pra mamar no bico ou uma garrafinha de shoyu na mesa pra usar como molho.

Edit: No mais, chorem gostoso, quem mandou não passar na prova?! :klol
 
Ultima Edição:

cmsnes

Bam-bam-bam
Mensagens
9.234
Reações
16.344
Pontos
354
Eu nem sei como expressar em palavras a sensação que tenho ao ler isso.

É ridículo, é obsceno. Não esse governo especificamente, mas o nojo ao estado como um todo só tende a aumentar, não tem como. MILHARES de parasitas criando cargos para mais parasitas sendo votados para parasitar com dinheiro de quem gera riqueza.

Doria falando para dono de restaurante não "protestar pela morte" enquanto o estado gasta dinheiro com chantilly. Bolsonaro falando que sobre "e o cara que trabalha no farol" enquanto estado gasta milhões em geléia de mocotó.

É impossível cara. Só explodindo essa m**** toda, morrendo todos juntos para talvez ser possível alguma mudança mais estrutural.
São os direitos dos servidores públicos cara, seje mais grato a eçe nobre povo! :kcopa:kpalha:kbozo
 

Thunderdell

Ser evoluído
Mensagens
87
Reações
156
Pontos
43
O valor representa aumento de 20% em relação a 2019. Só em goma de mascar, a conta custou R$ 2.203.681, 89 aos cofres públicos

Na polêmica disputa “com ou sem uva-passa“, o Executivo federal, ao que parece, tem um lado bem definido. Em 2020, os órgãos sob comando do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) gastaram pouco mais de R$ 5 milhões na compra da fruta desidratada. O gasto (e o gosto) com o produto, questionável para alguns, não é nem 1% do valor total pago na compra de supermercado do governo.

Levantamento do (M)Dados, núcleo de jornalismo de dados do Metrópoles, com base do Painel de Compras atualizado pelo Ministério da Economia, mostra que, no último ano, todos os órgãos do executivo pagaram, juntos, mais de R$ 1,8 bilhão em alimentos – um aumento de 20% em relação a 2019. Para a reportagem, foram considerados apenas os itens que somaram mais de R$ 1 milhão pagos.

Além do tradicional arroz, feijão, carne, batata frita e salada, no “carrinho” estiveram incluídos biscoitos, sorvete, massa de pastel, leite condensado – que associado ao pão forma uma das comidas favoritas do presidente – , geleia de mocotó, picolé, pão de queijo, pizza, vinho, bombom, chantilly, sagu e até chiclete.

Os valores chamam a atenção. Só em goma de mascar, foram R$ 2.203.681, 89 aos cofres públicos. Sem contar a compra de molho shoyo, molho inglês e molho de pimenta que, juntos, somam mais de R$ 14 milhões do montante pago. Pizza e refrigerante também fizeram parte do cardápio do ano. Débito de R$ 32,7 milhões dos cofres da União.

Os frutos do mar não ficaram de fora das refeições (R$ 6,1 milhões) e muito menos peixes – in natura e conserva – (R$ 35,5 milhões), bacon defumado (R$ 7,1 milhões) e embutidos (R$ 45,2 milhões). Para as sobremesas, muito açúcar: sorvete, picolé, fruta em calda, doce em tablete, cristalizado, para cobertura, granulado ou confeitado. Ao gosto do cliente, por R$ 123,2 milhões.

Para alguns órgãos, a conta custou mais e o cardápio foi bem mais variado. A maior parte das compras e o montante mais alto é ligado ao Ministério da Defesa. Foram mais de R$ ‭632 milhões com alimentação. A compra de vinhos, por exemplo, que somou R$ 2.512.073, 59, foi quase toda bancada por eles.

O Ministério da Educação fica como o segundo maior pagante do governo – pelo menos R$ 60 milhões. O Ministério da Justiça gastou bem menos, mas é o terceiro lugar entre os órgãos, com despesas que superam R$ 2 milhões. A maior parte foi para a Fundação Nacional do Índio (Funai), que, entre os itens comprados teve milho de pipoca, leite condensado e até sagu. Procuradas, as pastas não responderam até o fechamento da reportagem.

Segundo o Ministério da Economia, a maior parte desse tipo de despesa está no Ministério da Defesa “porque se refere à alimentação das tropas das forças armadas em serviço”, disse a pasta, em nota. “Toda despesa efetuada pela Administração Pública Federal está dentro do orçamento”, continuou.

O professor Francisco Antônio Coelho Junior, do Departamento de Administração da Universidade de Brasília (UnB) e especialista em gestão pública, ressaltou, no entanto, que é preciso entender e questionar o real interesse do executivo na compra desses alimentos. “Um dos princípios da administração pública é a questão da eficiência, e um dos critérios de eficiência é a economicidade. Considerando o real interesse, é necessário pensar essencialmente que estamos em um ano de pandemia. É preciso entender quais os reais interesses, ressaltando que a moralidade e legalidade são também princípios essenciais da administração”, disse.

De acordo com nota das Forças Armadas, o órgão tem a responsabilidade de promover a saúde do seu efetivo – composto de 370 mil pessoas – por meio de uma dieta balanceada diária. O texto argumenta ainda que, de acordo com o Estatuto dos Militares, Lei nº 6.880/80, a alimentação é direito assegurado ao militar, assim como as refeições fornecidas aos funcionários em atividade.

“Pelos motivos citados acima, é compreensível que parcela considerável de despesas com gêneros alimentícios da União se dê no âmbito deste Ministério. A administração militar deve esforçar-se para assegurar a excelência da alimentação militar, quer nas Organizações Militares de Terra, quer nos navios, em tempo de paz e de guerra”, diz a nota

Ainda segundo o texto, durante 2020, ao contrário de muitas organizações, o Ministério da Defesa (MD) e as Forças Armadas mantiveram em andamento suas atividade.


Leia o restante do texto completo:
Com disponibilidade permanente e dedicação exclusiva, os militares realizam atividades inerentes à profissão militar e que possuem exigências físicas específicas em diferentes áreas de atuação e nas mais diferentes regiões do território nacional. Assim, cumprem ações que requerem, em grande parte, atividades físicas ou jornadas de até 24 horas em escalas de serviço, demandando energia e propriedades nutricionais que devem ser atendidas para a manutenção da eficiência operacional e administrativa com a disponibilização de uma dieta adequada.

O Ministério da Defesa fornece diariamente alimentação para militares e servidores civis que permaneceram com atividades essenciais ao cumprimento de sua missão institucional, mesmo durante a pandemia, por meio de suas Unidades Gestoras. A aquisição de alimentos variados e conforme a disponibilidade de mercado, leva em consideração, naturalmente, que o fornecimento de uma dieta inadequada tem potencial de deixar de conduzir o homem a um estado nutricional saudável para a realização de suas atividades laborais.

O MD informa ainda que para fins de esclarecimento, existem processos de licitação em fase inicial de compra tipo Registro de Preços, que se trata de um edital para pregão, sem, contudo, haver sido consumada a compra dos itens discriminados. Nesta modalidade, a administração pública não está obrigada a firmar as contratações dos itens listados no pregão e o licitante fica obrigado a fornecer o material registrado durante o período de doze meses. Portanto, as quantidades elencadas não representam necessariamente a eventual aquisição e são estimativas para o período de um ano. Além disso, os preços constantes do chamamento público são valores de referência compatíveis com o mercado.

Por fim, as Unidades Gestoras obedecem aos requisitos previstos na Lei n 8.666, de 21 Jun 1993 – Lei de licitações e contratos.

Detalhes específicos sobre contratações estão disponíveis em transparência ativa na plataforma eletrônica do site www.comprasnet.gov.br

----------------------------------------

Dentro da matéria tem um painel interativo detalhando os itens, quem quiser pode ir lá conferir, pois não consegui inclui-lo no tópico.
É bem post de esquerdista isso... Isso está incluso todo o governo, não só o Bonoro, e outra, se pegar os números, a conta não fecha... Metropoles a gente já pega por aí...
 

Resu Anera

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
10.659
Reações
24.526
Pontos
654
Algumas considerações devem ser feitas. As Forças Armadas, que como a própria matéria diz, são a maior parte consumidora desse montante, tem um efetivo de cerca de 346 mil homens. Eu não sei quanto custa pra alimentar essa quantidade de pessoas, vocês sabem? Qual seria o valor "justo"? Apesar de não saber exatamente, tenho certeza absoluta que os R$5.004 POR DIA POR PESSOA não é um valor justo. Esse é o resultado da conta de R$632mi /346.000 /365

Certamente uma auditoria deve ser feita nessas contas, ainda mais em determinados itens como vinho e chantilly. Nunca vi chantilly em nenhum quartel e trabalhar embriagado é crime militar. Outras coisas, apesar de parecerem estranhas, são normais.

EDIT: Ignorei pontos e vírgulas na conta. O valor correto é 5 reais por pessoa/dia. Pra mim, está dentro da normalidade.
 
Ultima Edição:

♈he Øne

Bam-bam-bam
Mensagens
7.089
Reações
22.001
Pontos
353
É bem post de esquerdista isso... Isso está incluso todo o governo, não só o Bonoro, e outra, se pegar os números, a conta não fecha... Metropoles a gente já pega por aí...
Todo governo federal executivo. Os órgão sob administração do bonoro. A conta do metrópoles não fecha, porque eles mesmo informam na noticia que só pegaram itens custaram mais 1Mi para mostrar naquela lista.
Algumas considerações devem ser feitas. As Forças Armadas, que como a própria matéria diz, são a maior parte consumidora desse montante, tem um efetivo de cerca de 346 mil homens. Eu não sei quanto custa pra alimentar essa quantidade de pessoas, vocês sabem? Qual seria o valor "justo"? Apesar de não saber exatamente, tenho certeza absoluta que os R$5.004 POR DIA POR PESSOA não é um valor justo. Esse é o resultado da conta de R$632mi /346.000 /365

Certamente uma auditoria deve ser feita nessas contas, ainda mais em determinados itens como vinho e chantilly. Nunca vi chantilly em nenhum quartel e trabalhar embriagado é crime militar. Outras coisas, apesar de parecerem estranhas, são normais.
Até aquelas ração militar para 24h que são caras para caramba(No mercado livre você encontra por R$ 140) não chegam nem perto disso.
 
Ultima Edição:

Thunderdell

Ser evoluído
Mensagens
87
Reações
156
Pontos
43
Todo governo federal executivo. Os órgão sob administração do bonoro. A conta do metrópoles não fecha, porque eles mesmo informam na noticia que só pegaram itens custaram mais 1Mi para mostrar naquela lista.
Muito conveniente... Foi a mesma parada dos cartões corporativos... Tanto que nem falaram mais a respeito, depois que foram ver a fundo mesmo
 

Resu Anera

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
10.659
Reações
24.526
Pontos
654
Até aquelas ração militar para 24h que são caras para caramba(No mercado livre você encontra por R$ 140) não chegam nem perto disso.
Kits de ração militar são distribuídos quando o militar está em missão menor do que 3 dias. Acima disso o rancho é montado. Os kits são caros mesmo, mas não achei eles nas compras.
 

Abdullah Al-Papai

Bam-bam-bam
Mensagens
2.354
Reações
8.794
Pontos
303
23h59

Doria diz que cortou merenda nas escolas por conta da “obesidade infantil”
Diversas professoras da rede municipal fizeram a denúncia de que prefeitura havia dado ordens para não deixar as crianças repetirem a refeição e a notícia revoltou internautas.


ABSURDO, ESSES MALDITOS NEOLIBERAIS ECONOMIZANDO NA ALIMENTAÇÃO DAS CRIANÇAS!!!!

00h00

Governo Federal tem que comprar comida p/ soldado, alunos da rede federal e restaurantes universitários

FORA BOZÓ, EU GASTO 100 REAL NO MERCADO!!! COMO ASSIM CÊS TEM QUE GASTAR MAIS SÓ PORQUE TEM 370.000 MILITARES NA ATIVA FAZENDO NO MÍNIMO TRÊS REFEIÇÕES POR DIA? TEM QUE BOTAR ELES PRA PLANTAR MILHO E FAZER FARINHA!!! NÃO IA ACABAR A MAMATA????!!!!

----------------------------------------------


Tem uns aí que não querem saber quem é o defunto, só querem chorar.


Bom, os gastos subiram 20% em um ano que basicamente os alunos, professores, a área de educação em geral(Basicamente a maior parte de funcionários do governo federal) ficaram em home office quase o ano todo, logo não tem sentido os gastos terem subindo tanto citando essa categoria de exemplo, na verdade seria o oposto, com mais pessoas em home office(E aqui foram várias categorias, não só da área de educação) o gasto deveria cair. E além disso, o maior problema ai é gastos desnecessários, por exemplo, o shoyu que postei aqui. Qual a necessidade de gastar 3 milhões em um único condimento ?
Bom... professor, até onde sei, nunca recebeu alimentação que nem aluno. Não nego ser caro, mas não sei quais locais continuaram funcionando (o próprio Estado de SP continuou repassando um "auxílio merenda" por aluno, questão de segurança alimentar). O shoyu também acho muito quando se olha assim, mas não tenho a mínima ideia da quantidade usada. O que tem que se analisar aí é se teve superfaturamento ou não, bem como quais foram os excessos (tipo Lagosta no STF).

Se teve superfaturamento, pnc dos responsáveis. Aos excessos, deve-se rechaçar publicamente - mas só lembrando que a maioria dos excessos já se dá nos órgãos dos "deuses", daí duvido isso ficar sendo muito divulgado pela imprensa (afinal, não somos antidemocráticos!).

Mas sinceramente acho esse um dos motivos mais "inventados" p/ se revoltar. Tipo, vamos ficar putos com alimentação de soldado e estudante enquanto só o Judiciário aumenta em 10bi/ano de custo no meio da maior crise econômica da história do país: https://piaui.folha.uol.com.br/em-cinco-anos-custo-do-judiciario-no-brasil-aumentou-em-r-10-bilhoes/

Acho que às vezes falta direcionamento.

O pessoal vê o governo gastando com "doce de leite" e fica putamente ofendido pois é algo palpável, da realidade da pessoa. "c***lho, eu me fodo p/ comprar doce de leite pro meu filho e os filhos da put* tão comprando isso tudo!!!". Por isso parece que escandaliza mais do que quando vem números absurdos, tipo "10 bilhões a mais por ano", porque p/ maioria das pessoas esses valores são só abstrações. Só sabem que é muito dinheiro mas não conseguem vislumbrar o que representa na realidade.

Só em goma de mascar, a conta custou R$ 2.203.681, 89 aos cofres públicos
Bizonho, de fato.
 
Ultima Edição:

.Saturno.

Bam-bam-bam
Mensagens
2.370
Reações
3.668
Pontos
303
Eu nem sei como expressar em palavras a sensação que tenho ao ler isso.

É ridículo, é obsceno. Não esse governo especificamente, mas o nojo ao estado como um todo só tende a aumentar, não tem como. MILHARES de parasitas criando cargos para mais parasitas sendo votados para parasitar com dinheiro de quem gera riqueza.

Doria falando para dono de restaurante não "protestar pela morte" enquanto o estado gasta dinheiro com chantilly. Bolsonaro falando que sobre "e o cara que trabalha no farol" enquanto estado gasta milhões em geléia de mocotó.

É impossível cara. Só explodindo essa m**** toda, morrendo todos juntos para talvez ser possível alguma mudança mais estrutural.
Brasil praticamente já falhou, só uma guerra violenta poderia mudar isso
 

Setzer1

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
12.449
Reações
23.646
Pontos
594
Sagu, pó pra refresco, mingau...porra, mingau? Não faz nem sentido isso.
Começa a fazer quando você pensa que essas pessoas tem famílias e resolvem fazer o "supermercado" na conta do governo.
Realmente duvido nada que estejam fazendo isso em alguns órgãos.

Mas lendo a matéria fica muito aberto quantas pessoas estão sendo embarcadas.
Presidente + Ministros + Efetivo todo?

Pq no fim da a entender que tb esta incluso o gasto com as forças armadas por exemplo.
Só ae são quase meio milhão de pessoas (Exército + força aérea + marinha).....

Seria interessante uma tabela que separa-se melhor cada órgão e o total de funcionários.
Da maneira que a matéria foi dada só da pra entender que estamos gastando mais. Sem ter como de fato saber o porque.
 

Abdullah Al-Papai

Bam-bam-bam
Mensagens
2.354
Reações
8.794
Pontos
303
Começa a fazer quando você pensa que essas pessoas tem famílias e resolvem fazer o "supermercado" na conta do governo.
Realmente duvido nada que estejam fazendo isso em alguns órgãos.

Mas lendo a matéria fica muito aberto quantas pessoas estão sendo embarcadas.
Presidente + Ministros + Efetivo todo?

Pq no fim da a entender que tb esta incluso o gasto com as forças armadas por exemplo.
Só ae são quase meio milhão de pessoas (Exército + força aérea + marinha).....

Seria interessante uma tabela que separa-se melhor cada órgão e o total de funcionários.
Da maneira que a matéria foi dada só da pra entender que estamos gastando mais. Sem ter como de fato saber o porque.
É isso aí

Teria que ser feito uma tabela com gasto por órgão + total de pessoas, chegando em um gasto per capita, tanto do ano passado quanto dos últimos anos. Daí sim ficaria claro quem tá esbanjando e o que é custo dentro da normalidade (corrigida a inflação)

Só pegar e falar um número grandão incluindo Ministério da Defesa + MEC é foda

E a gente fica sem medida comparativa porque, sinceramente, não lembro de absolutamente nenhuma matéria assim nos últimos anos :kpensa
 

♈he Øne

Bam-bam-bam
Mensagens
7.089
Reações
22.001
Pontos
353
Começa a fazer quando você pensa que essas pessoas tem famílias e resolvem fazer o "supermercado" na conta do governo.
Realmente duvido nada que estejam fazendo isso em alguns órgãos.

Mas lendo a matéria fica muito aberto quantas pessoas estão sendo embarcadas.
Presidente + Ministros + Efetivo todo?

Pq no fim da a entender que tb esta incluso o gasto com as forças armadas por exemplo.
Só ae são quase meio milhão de pessoas (Exército + força aérea + marinha).....

Seria interessante uma tabela que separa-se melhor cada órgão e o total de funcionários.
Da maneira que a matéria foi dada só da pra entender que estamos gastando mais. Sem ter como de fato saber o porque.
Se você quiser tentar se aventurar, aqui tem mais informações: http://paineldecompras.economia.gov.br/

Eu tentei, mas achei o site complicado e lento demais. Depois vou tentar de novo para confirmar as informações da notícia.
 

De_Best

Veterano
Mensagens
1.011
Reações
13
Pontos
134
Vergonhoso ...em plena Pandemia !!! Cade o Guedes com sua politica de austeridade !!!??? Alunos e soldados ...até podemos engolir , mas qualquer cargo ou patente já recebe sua ajuda para alimentação !!! entre outras mais ...
Rapaziada mais nova ...pense bem nas próximas eleições ! temos que ter consciência desde o vereador e seus assessores até o presidente !!!
 

Doydis

Bam-bam-bam
Mensagens
8.205
Reações
13.314
Pontos
394
Começa a fazer quando você pensa que essas pessoas tem famílias e resolvem fazer o "supermercado" na conta do governo.
Realmente duvido nada que estejam fazendo isso em alguns órgãos.

Mas lendo a matéria fica muito aberto quantas pessoas estão sendo embarcadas.
Presidente + Ministros + Efetivo todo?

Pq no fim da a entender que tb esta incluso o gasto com as forças armadas por exemplo.
Só ae são quase meio milhão de pessoas (Exército + força aérea + marinha).....

Seria interessante uma tabela que separa-se melhor cada órgão e o total de funcionários.
Da maneira que a matéria foi dada só da pra entender que estamos gastando mais. Sem ter como de fato saber o porque.
De fato fica muito difícil tirar conclusões, de todo jeito é bom ficar de olho em tudo. Teve uma época que ficamos putos com o escândalos dos cartões corporativos.

Por mais que se chegue numa conclusão que não tem "nada demais" nos gastos atuais, é bom o governo entender que estamos de olho, tanto para o atual governo como para o futuro.
 
Topo Fundo