O que há de Novo?
  • Anunciando os planos GOLD no Fórum Outer Space
    Visitante, agora você pode ajudar o Fórum Outer Space e receber alguns recursos exclusivos, incluindo navegação sem anúncios e dois temas exclusivos. Veja os detalhes aqui.


[Marvel] Era uma vez o Homem-aranha no MCU! Fase 4 anunciada

Tre Styles

Bam-bam-bam
Mensagens
1.173
Reações
1.606
Pontos
224
Quem viu tudo e não gostou, ok, tá no seu direito.
Quem foi perdido ver no cinema agora, a lá Anitta dizendo que "Guerra Infinita é uma grande perda de tempo", bom, aí a pessoa tá sendo ignorante mesmo.
 




NikTeleJogo

Supra-sumo
Mensagens
650
Reações
1.068
Pontos
183
Ainda não dei minha opinião aqui, então vou ser rápido e rasteiro:
Terceiro ato do filme, maior que a vida!!
no restante, peca em alguns momentos, mas nada que torne o filme ruim em hipótese alguma.
Achei Guerra Infinita um filme mais agradável de se ver, tanto que já revi umas trocentas vezes. Ultimato ainda não reassisti. Quem sabe fazendo isso curta algumas partes que achei confusas.
No geral, se formos analisar como uma conclusão de um grande evento, é realmente emocionante e impactante. Com momentos que agradam tanto os fãs dos quadrinhos quanto os que só acompanharam os filmes. Numa palavra: histórico!!
Nota 9,5/10.
 

danitokaawa

Bam-bam-bam
Mensagens
5.715
Reações
4.133
Pontos
353
Enfim, varias teorias foram desmontadas.Se insinou que apereceria o Hulk vermelho, que haveria uma revanche entre Thanos e Hulk, que o Dr Estranho não estava morto, que ninguém esta morto e uma das mais mirabolantes, que o Scott Lang era um skrul.Qual outras teorias foram desmentidas, que vocês se lembram?
Aliás,em relação a cena inicial
, totalmente desnecessária.Porque aquela selvageria toda contra um Thanos que não estava oferecendo NENHUMA resistência?Mataram ele de uma foram extremamente selvagem, sendo que ele ja estava moribundo.Havia a necessidade daquilo?
 

The Observer

Bam-bam-bam
Mensagens
4.149
Reações
8.775
Pontos
349
, totalmente desnecessária.Porque aquela selvageria toda contra um Thanos que não estava oferecendo NENHUMA resistência?Mataram ele de uma foram extremamente selvagem, sendo que ele ja estava moribundo.Havia a necessidade daquilo?
Pensei a mesma coisa quando vi, não havia necessidade alguma e só mostrou o quanto a participação do Thor foi mesquinha no filme.
 

Tre Styles

Bam-bam-bam
Mensagens
1.173
Reações
1.606
Pontos
224
, totalmente desnecessária.Porque aquela selvageria toda contra um Thanos que não estava oferecendo NENHUMA resistência?Mataram ele de uma foram extremamente selvagem, sendo que ele ja estava moribundo.Havia a necessidade daquilo?
Claro que havia. Eles queriam uma solução e perderam o controle quando descobriram que não seria possível desfazer o estalo. Sobretudo Thor que poderia ter resolvido a história no primeiro filme se não fosse orgulhoso demais.

Cadê a empatia?
 

Shyn

Bam-bam-bam
Mensagens
1.414
Reações
1.675
Pontos
203
Sobre o Thor (o texto não é meu)

PRECISAMOS FALAR COMO O PERSONAGEM VIROU A REPRESENTAÇÃO DA DEPRESSÃO.

Muitas pessoas desgostaram da leitura do personagem e do rumo que ele tomou nesse último filme, mas ainda não pararam para analisar afundo as razões do personagem estar daquela forma. Thor sempre foi um homem não acostumado a perder, extremamente cheio de si, da sua força e de quem ele é. Perder nunca foi uma opção e ele nunca soube o que era isso. Ele sempre teve confiança em si mesmo e em seu poder, não sendo a toa que intitula-se como o Vingador mais forte. "Isso é o melhor que você pode fazer?", ele questionava Ultron na batalha final de Sokovia. Primeiro, ele perdeu sua mãe, perdeu seu relacionamento, perdeu seus companheiros de guerra, perdeu mais da metade do seu povo (Hela começou o serviço e Thanos terminou), perdeu seu pai, Odin, perdeu Asgard, perdeu seu melhor amigo, Heimdall, perdeu seu irmão, Loki e perdeu para Thanos no fim de Guerra Infinita. Há uma cena muito especial no filme, onde ele conversa com Rocket e diz: "O que mais eu poderia perder?". Thor foi derrotado e culpou-se por não ter mirado na cabeça; ele se deixou levar pela vingança e estava com prazer em ver Thanos sofrer. E ele perdeu a guerra. Ele fracassou.

No começo de Ultimato, o vemos extremamente solitário e quieto, atormentado. Quando os Vingadores vão até O Jardim encontrar Thanos para desfazer o que ele tinha feito e descobrem que o Titã destruiu as Jóias do Infinito, é nítido na reação do Thor que ele está tremendo de raiva e angústia. Antes do vilão começar seu monólogo, ele arranca sua cabeça e afirma pra si mesmo "Eu mirei na cabeça". Ele não pensou duas vezes. E ele foi o primeiro a sair da cabana sem falar com ninguém. A morte de Thanos não trouxe nenhum conforto e não tirou nenhuma de suas dúvidas: matá-lo não aliviou sua culpa e não o fez se sentir melhor. Cinco anos se passaram, e o encontramos na Nova Asgard quando Hulk e Rocket vão pedir sua ajuda. Quando ambos falam com a Valquíria, imaginamos que vamos encontrá-lo deprimido e triste, mas não. Vemos ele sorrindo, jogando videogame e aparentemente se divertindo com Korg e Miek. Mas ele não está: ele não sai de casa, ele lida com a depressão com álcool, ele não encontra motivação em nada e não liga para absolutamente nada. E essa é a cara da depressão: um rosto sorridente, encontrando todas as formas para lidar com ela dos piores jeitos possíveis e negando que exista um problema.

As pessoas que sofrem com depressão não recebem ajuda ou não são notadas porque todos vêem um rosto sorridente e não um chorando, então acabam por não acreditar na pessoa. Thor em Ultimato é também um retrato da atualidade de hoje: da cobrança excessiva que temos com nós mesmos, de fracassos que não saem das nossas cabeças e de como lidamos com eles. Thor foi um dos meus personagens favoritos em Ultimato, e espero que depois de ler isso, você também passe a vê-lo com outros olhos.
 

RedKnight

Bam-bam-bam
Mensagens
1.898
Reações
3.870
Pontos
279
Sobre o Thor (o texto não é meu)

PRECISAMOS FALAR COMO O PERSONAGEM VIROU A REPRESENTAÇÃO DA DEPRESSÃO.

Muitas pessoas desgostaram da leitura do personagem e do rumo que ele tomou nesse último filme, mas ainda não pararam para analisar afundo as razões do personagem estar daquela forma. Thor sempre foi um homem não acostumado a perder, extremamente cheio de si, da sua força e de quem ele é. Perder nunca foi uma opção e ele nunca soube o que era isso. Ele sempre teve confiança em si mesmo e em seu poder, não sendo a toa que intitula-se como o Vingador mais forte. "Isso é o melhor que você pode fazer?", ele questionava Ultron na batalha final de Sokovia. Primeiro, ele perdeu sua mãe, perdeu seu relacionamento, perdeu seus companheiros de guerra, perdeu mais da metade do seu povo (Hela começou o serviço e Thanos terminou), perdeu seu pai, Odin, perdeu Asgard, perdeu seu melhor amigo, Heimdall, perdeu seu irmão, Loki e perdeu para Thanos no fim de Guerra Infinita. Há uma cena muito especial no filme, onde ele conversa com Rocket e diz: "O que mais eu poderia perder?". Thor foi derrotado e culpou-se por não ter mirado na cabeça; ele se deixou levar pela vingança e estava com prazer em ver Thanos sofrer. E ele perdeu a guerra. Ele fracassou.

No começo de Ultimato, o vemos extremamente solitário e quieto, atormentado. Quando os Vingadores vão até O Jardim encontrar Thanos para desfazer o que ele tinha feito e descobrem que o Titã destruiu as Jóias do Infinito, é nítido na reação do Thor que ele está tremendo de raiva e angústia. Antes do vilão começar seu monólogo, ele arranca sua cabeça e afirma pra si mesmo "Eu mirei na cabeça". Ele não pensou duas vezes. E ele foi o primeiro a sair da cabana sem falar com ninguém. A morte de Thanos não trouxe nenhum conforto e não tirou nenhuma de suas dúvidas: matá-lo não aliviou sua culpa e não o fez se sentir melhor. Cinco anos se passaram, e o encontramos na Nova Asgard quando Hulk e Rocket vão pedir sua ajuda. Quando ambos falam com a Valquíria, imaginamos que vamos encontrá-lo deprimido e triste, mas não. Vemos ele sorrindo, jogando videogame e aparentemente se divertindo com Korg e Miek. Mas ele não está: ele não sai de casa, ele lida com a depressão com álcool, ele não encontra motivação em nada e não liga para absolutamente nada. E essa é a cara da depressão: um rosto sorridente, encontrando todas as formas para lidar com ela dos piores jeitos possíveis e negando que exista um problema.

As pessoas que sofrem com depressão não recebem ajuda ou não são notadas porque todos vêem um rosto sorridente e não um chorando, então acabam por não acreditar na pessoa. Thor em Ultimato é também um retrato da atualidade de hoje: da cobrança excessiva que temos com nós mesmos, de fracassos que não saem das nossas cabeças e de como lidamos com eles. Thor foi um dos meus personagens favoritos em Ultimato, e espero que depois de ler isso, você também passe a vê-lo com outros olhos.
Muito interessante a analise
 

johnhartigan

Bam-bam-bam
Mensagens
3.712
Reações
14.238
Pontos
278
Sobre o Thor (o texto não é meu)

PRECISAMOS FALAR COMO O PERSONAGEM VIROU A REPRESENTAÇÃO DA DEPRESSÃO.

Muitas pessoas desgostaram da leitura do personagem e do rumo que ele tomou nesse último filme, mas ainda não pararam para analisar afundo as razões do personagem estar daquela forma. Thor sempre foi um homem não acostumado a perder, extremamente cheio de si, da sua força e de quem ele é. Perder nunca foi uma opção e ele nunca soube o que era isso. Ele sempre teve confiança em si mesmo e em seu poder, não sendo a toa que intitula-se como o Vingador mais forte. "Isso é o melhor que você pode fazer?", ele questionava Ultron na batalha final de Sokovia. Primeiro, ele perdeu sua mãe, perdeu seu relacionamento, perdeu seus companheiros de guerra, perdeu mais da metade do seu povo (Hela começou o serviço e Thanos terminou), perdeu seu pai, Odin, perdeu Asgard, perdeu seu melhor amigo, Heimdall, perdeu seu irmão, Loki e perdeu para Thanos no fim de Guerra Infinita. Há uma cena muito especial no filme, onde ele conversa com Rocket e diz: "O que mais eu poderia perder?". Thor foi derrotado e culpou-se por não ter mirado na cabeça; ele se deixou levar pela vingança e estava com prazer em ver Thanos sofrer. E ele perdeu a guerra. Ele fracassou.

No começo de Ultimato, o vemos extremamente solitário e quieto, atormentado. Quando os Vingadores vão até O Jardim encontrar Thanos para desfazer o que ele tinha feito e descobrem que o Titã destruiu as Jóias do Infinito, é nítido na reação do Thor que ele está tremendo de raiva e angústia. Antes do vilão começar seu monólogo, ele arranca sua cabeça e afirma pra si mesmo "Eu mirei na cabeça". Ele não pensou duas vezes. E ele foi o primeiro a sair da cabana sem falar com ninguém. A morte de Thanos não trouxe nenhum conforto e não tirou nenhuma de suas dúvidas: matá-lo não aliviou sua culpa e não o fez se sentir melhor. Cinco anos se passaram, e o encontramos na Nova Asgard quando Hulk e Rocket vão pedir sua ajuda. Quando ambos falam com a Valquíria, imaginamos que vamos encontrá-lo deprimido e triste, mas não. Vemos ele sorrindo, jogando videogame e aparentemente se divertindo com Korg e Miek. Mas ele não está: ele não sai de casa, ele lida com a depressão com álcool, ele não encontra motivação em nada e não liga para absolutamente nada. E essa é a cara da depressão: um rosto sorridente, encontrando todas as formas para lidar com ela dos piores jeitos possíveis e negando que exista um problema.

As pessoas que sofrem com depressão não recebem ajuda ou não são notadas porque todos vêem um rosto sorridente e não um chorando, então acabam por não acreditar na pessoa. Thor em Ultimato é também um retrato da atualidade de hoje: da cobrança excessiva que temos com nós mesmos, de fracassos que não saem das nossas cabeças e de como lidamos com eles. Thor foi um dos meus personagens favoritos em Ultimato, e espero que depois de ler isso, você também passe a vê-lo com outros olhos.
Aí depende, depressão por perda de alguma coisa que realmente foi perdida ou faria falta ou pq a vida não é igual nas redes sociais? Pq a segunda parte é 90% da "depressão" diagnosticada hoje em dia. Enfim, a análise é válida e boa, não vou me alongar pq o tópico é de outra coisa.
Só acho que a pinga de um cara de dois mil anos é maior que meu mês pinguço depois de perder a namorada hahahahah
 

xxxnerozzz

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
16.029
Reações
18.937
Pontos
569
Sobre o Thor (o texto não é meu)

PRECISAMOS FALAR COMO O PERSONAGEM VIROU A REPRESENTAÇÃO DA DEPRESSÃO.

Muitas pessoas desgostaram da leitura do personagem e do rumo que ele tomou nesse último filme, mas ainda não pararam para analisar afundo as razões do personagem estar daquela forma. Thor sempre foi um homem não acostumado a perder, extremamente cheio de si, da sua força e de quem ele é. Perder nunca foi uma opção e ele nunca soube o que era isso. Ele sempre teve confiança em si mesmo e em seu poder, não sendo a toa que intitula-se como o Vingador mais forte. "Isso é o melhor que você pode fazer?", ele questionava Ultron na batalha final de Sokovia. Primeiro, ele perdeu sua mãe, perdeu seu relacionamento, perdeu seus companheiros de guerra, perdeu mais da metade do seu povo (Hela começou o serviço e Thanos terminou), perdeu seu pai, Odin, perdeu Asgard, perdeu seu melhor amigo, Heimdall, perdeu seu irmão, Loki e perdeu para Thanos no fim de Guerra Infinita. Há uma cena muito especial no filme, onde ele conversa com Rocket e diz: "O que mais eu poderia perder?". Thor foi derrotado e culpou-se por não ter mirado na cabeça; ele se deixou levar pela vingança e estava com prazer em ver Thanos sofrer. E ele perdeu a guerra. Ele fracassou.

No começo de Ultimato, o vemos extremamente solitário e quieto, atormentado. Quando os Vingadores vão até O Jardim encontrar Thanos para desfazer o que ele tinha feito e descobrem que o Titã destruiu as Jóias do Infinito, é nítido na reação do Thor que ele está tremendo de raiva e angústia. Antes do vilão começar seu monólogo, ele arranca sua cabeça e afirma pra si mesmo "Eu mirei na cabeça". Ele não pensou duas vezes. E ele foi o primeiro a sair da cabana sem falar com ninguém. A morte de Thanos não trouxe nenhum conforto e não tirou nenhuma de suas dúvidas: matá-lo não aliviou sua culpa e não o fez se sentir melhor. Cinco anos se passaram, e o encontramos na Nova Asgard quando Hulk e Rocket vão pedir sua ajuda. Quando ambos falam com a Valquíria, imaginamos que vamos encontrá-lo deprimido e triste, mas não. Vemos ele sorrindo, jogando videogame e aparentemente se divertindo com Korg e Miek. Mas ele não está: ele não sai de casa, ele lida com a depressão com álcool, ele não encontra motivação em nada e não liga para absolutamente nada. E essa é a cara da depressão: um rosto sorridente, encontrando todas as formas para lidar com ela dos piores jeitos possíveis e negando que exista um problema.

As pessoas que sofrem com depressão não recebem ajuda ou não são notadas porque todos vêem um rosto sorridente e não um chorando, então acabam por não acreditar na pessoa. Thor em Ultimato é também um retrato da atualidade de hoje: da cobrança excessiva que temos com nós mesmos, de fracassos que não saem das nossas cabeças e de como lidamos com eles. Thor foi um dos meus personagens favoritos em Ultimato, e espero que depois de ler isso, você também passe a vê-lo com outros olhos.
o modo que o retratam no filme é patético, fracassa ao querer passar qualquer mensagem, é tão patético que quando ele chora pela mãe o cinema da risada entre outros momentos, o filme jogou o personagem no lixo, o Hulk é outro, ultimato tem muita coisa forçada, não sabem construir drama de forma natural, tem que ter sempre aquele empurrão do roteiro.
 

Aragorn News

Bam-bam-bam
Mensagens
5.797
Reações
1.696
Pontos
329
Eu nem sei quem você é Hahahaha

Já vi uns 2x o filme no xvideos, qualidade ate boa e o audio BR sem gritaria

Filmao da porra, mas não supera infinity war

Aliás, nenhum supera essa obra prima, queria ter visto no cinema iria ter um ataque cardíaco

E isso porque não vi pantera, nem era de ultron, nem guerra civil
 

Kamui Senketsu

Bam-bam-bam
Mensagens
2.793
Reações
10.899
Pontos
303
Sobre o Thor (o texto não é meu)

PRECISAMOS FALAR COMO O PERSONAGEM VIROU A REPRESENTAÇÃO DA DEPRESSÃO.

Muitas pessoas desgostaram da leitura do personagem e do rumo que ele tomou nesse último filme, mas ainda não pararam para analisar afundo as razões do personagem estar daquela forma. Thor sempre foi um homem não acostumado a perder, extremamente cheio de si, da sua força e de quem ele é. Perder nunca foi uma opção e ele nunca soube o que era isso. Ele sempre teve confiança em si mesmo e em seu poder, não sendo a toa que intitula-se como o Vingador mais forte. "Isso é o melhor que você pode fazer?", ele questionava Ultron na batalha final de Sokovia. Primeiro, ele perdeu sua mãe, perdeu seu relacionamento, perdeu seus companheiros de guerra, perdeu mais da metade do seu povo (Hela começou o serviço e Thanos terminou), perdeu seu pai, Odin, perdeu Asgard, perdeu seu melhor amigo, Heimdall, perdeu seu irmão, Loki e perdeu para Thanos no fim de Guerra Infinita. Há uma cena muito especial no filme, onde ele conversa com Rocket e diz: "O que mais eu poderia perder?". Thor foi derrotado e culpou-se por não ter mirado na cabeça; ele se deixou levar pela vingança e estava com prazer em ver Thanos sofrer. E ele perdeu a guerra. Ele fracassou.

No começo de Ultimato, o vemos extremamente solitário e quieto, atormentado. Quando os Vingadores vão até O Jardim encontrar Thanos para desfazer o que ele tinha feito e descobrem que o Titã destruiu as Jóias do Infinito, é nítido na reação do Thor que ele está tremendo de raiva e angústia. Antes do vilão começar seu monólogo, ele arranca sua cabeça e afirma pra si mesmo "Eu mirei na cabeça". Ele não pensou duas vezes. E ele foi o primeiro a sair da cabana sem falar com ninguém. A morte de Thanos não trouxe nenhum conforto e não tirou nenhuma de suas dúvidas: matá-lo não aliviou sua culpa e não o fez se sentir melhor. Cinco anos se passaram, e o encontramos na Nova Asgard quando Hulk e Rocket vão pedir sua ajuda. Quando ambos falam com a Valquíria, imaginamos que vamos encontrá-lo deprimido e triste, mas não. Vemos ele sorrindo, jogando videogame e aparentemente se divertindo com Korg e Miek. Mas ele não está: ele não sai de casa, ele lida com a depressão com álcool, ele não encontra motivação em nada e não liga para absolutamente nada. E essa é a cara da depressão: um rosto sorridente, encontrando todas as formas para lidar com ela dos piores jeitos possíveis e negando que exista um problema.

As pessoas que sofrem com depressão não recebem ajuda ou não são notadas porque todos vêem um rosto sorridente e não um chorando, então acabam por não acreditar na pessoa. Thor em Ultimato é também um retrato da atualidade de hoje: da cobrança excessiva que temos com nós mesmos, de fracassos que não saem das nossas cabeças e de como lidamos com eles. Thor foi um dos meus personagens favoritos em Ultimato, e espero que depois de ler isso, você também passe a vê-lo com outros olhos.
 

-=|R.R.|=-

Moderador
Membro STAFF
Mensagens
39.173
Reações
114.707
Pontos
814
Eu nem sei quem você é Hahahaha

Já vi uns 2x o filme no xvideos, qualidade ate boa e o audio BR sem gritaria

Filmao da porra, mas não supera infinity war

Aliás, nenhum supera essa obra prima, queria ter visto no cinema iria ter um ataque cardíaco

E isso porque não vi pantera, nem era de ultron, nem guerra civil
po, veja Era de Ultron, acho até subestimado e ele faz mais sentido com o Endgame.



Pantera Negra e Guerra Civil são muito bons também
 

Tre Styles

Bam-bam-bam
Mensagens
1.173
Reações
1.606
Pontos
224
Eu nem acho que eles falharam em dramatizar a situação do Thor. Eles nem tentaram. Mesmo no filme anterior quando ele está na nave conversando com Rocket sobre tudo o que perdeu, há um certo tom de comédia no absurdo daquilo tudo, mesmo que ele esteja falando sério.

Já agora, com ele daquele jeito, não importaria o que fizessem, jamais soaria dramático.
Cada um encarou os acontecimentos de Guerra Infinita de formas diferentes. Ele, Viúva e Gavião foram os mais marcados de todos.
 

extremepower

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
29.063
Reações
37.668
Pontos
649
agora que fiquei sabendo que a Brie Larson assinou pra 7 filmes ...
Então provável que ela será a líder dos novos vingadores. Problema é que ela é muito OP, se bem que eu também achava o Hulk muito OP no começo e deram um jeito de deixar ele bem longe de ser OP nos últimos.
 

Pinguim 55

Bam-bam-bam
Mensagens
4.545
Reações
6.692
Pontos
294
Então provável que ela será a líder dos novos vingadores. Problema é que ela é muito OP, se bem que eu também achava o Hulk muito OP no começo e deram um jeito de deixar ele bem longe de ser OP nos últimos.
Sim, nerfoando-o ao extremo, algo que não vejo fazerem com esta deusinha aí.

No mais, sete filmes, não sei se a personagem vai sobreviver isto tudo não. Por algum motivo sinto que depois de dois filmes ninguém vai aguentar mais ela. Eu pelo menos não tenho vontade de assistir.
 

Pinguim 55

Bam-bam-bam
Mensagens
4.545
Reações
6.692
Pontos
294
Parece que em breve um personagem da MCU vai ser oficialmente gay.

https://ew.com/movies/2019/05/08/marvel-studios-plans-to-reveal-gay-character/


The directors of Avengers: Endgame have revealed that the Marvel Cinematic Universe will soon take a major step for LGBTQ representation.

Filmmakers Joe and Anthony Russo said on EW Morning Live that a character will be revealed as gay in an upcoming film, and they suggested it’s a person fans already know.

The topic came up when hosts Dalton Ross and Jessica Shaw were asking the Russos about the small part Joe played as a grieving man in a therapy session that was intended to show how ordinary people are dealing with the loss of loved ones after the Snap.

Joe’s character reveals he went on a date for the first time since the decimation, and describes the somewhat sullen dinner with the other man, who is also still mourning.

“It was an integral scene to show how the world was reacting to what happened in at the end of Infinity War,” Joe said.

Ross asked to clarify if it truly was the first out gay character in a Marvel film — and that’s when things got revealing.

“Yes, openly gay,” Joe emphasized. “There’ve been insinuations about other characters’ sexuality, but this is the first openly gay character.”

“Who else is gay?” Shaw asked.

“Uhhh,” Joe said, perhaps realizing he opened a door he shouldn’t have. “We’re gonna find out!”

“That’s a story for another day,” Anthony said.

Last summer, Marvel Studios President Kevin Feige said two openly gay characters would be revealed: “Both ones you’ve seen and ones you haven’t seen.”

If Joe Russo’s character is the one we hadn’t seen before, the question remains who among the characters we know will come out.

“There is a gay character coming up in one of their films, and I think Kevin will make that announcement, I’m sure pretty soon,” Joe said.



Espero que seja a Capitã Marvel. Podiam ter aproveitado e ela ter sido negra também (uma versão da Capitã Marvel era nega) assim ficaria toda a lacração nesta m**** de personagem.

Mas seu eu fosse apostar, sinto que o Falcon será revelado Gay. Aquelas cenas finais de Vingadores Ultimato sei lá por que tive a impressão que ele estava meio gay, e nem estava procurando pensar nisto naquele momento.
 
Ultima Edição:
Topo