O que há de Novo?
  • Anunciando os planos GOLD no Fórum Outer Space
    Visitante, agora você pode ajudar o Fórum Outer Space e receber alguns recursos exclusivos, incluindo navegação sem anúncios e dois temas exclusivos. Veja os detalhes aqui.

[MBML] Quase 1 mês com PS5 e jogando....nada ! Quer saber porquê ?

Hellskah

Bam-bam-bam
Mensagens
6.001
Reações
12.928
Pontos
394
Em meados de JULHO esse que vos escreve fez a maior de todas as "cagadas" que um ser humano seria capaz de fazer.
Eu, casado há 7, pai de um filho, dei uma de doido e juntei um pouco de grana que tinha na poupança, outra parte tirei das contas do mês e por fim um terceiro montante peguei com um primo gente fina com juros zero.

Comprei um PS5. Paguei R$ 5.400,00.

Se me arrependo ? Talvez ao fim do post, sim.

Minha esposa já estava com cartões de banco suspensos para crédito em função de contas que pagou pra mim e o restante dela.
Meus cartões também estão suspensos para crédito.
Tento ao máximo não recorrer a consignado.

Sou nerd mas nunca deixei ninguém da minha família em segundo plano em função de jogatina. Ela reconhece isso, porém eu gastei uma grana que seria útil para a casa.

E o pior : ela havia me pedido "Amor, dá uma segurada nesse mês, me cobre pois tenho umas pendências para resolver."

Poizé senhores. A baixinha virou uma criatura que deixaria o Satanás e qualquer um de seus discípulos no chinelo.

Choro, decepção, raiva, sentimentos confusos e indecisão. Chegamos a cogitar a possibilidade de divórcio.

Fomos a uma terapia de casais e ela relatou que via em mim um menino, mais um para cuidar além de nosso filho. Ela queria um homem.

Daí os dois caíram no choro. Eu na certeza que ainda a queria/quero muito. Ela na dúvida com o sentimento negativo o qual não sabe/sabia se ia passar ou não.

Senhores....todos users do OS sabem que um homem sem dengo da nêga, sem um chêro ou um "lepo-lepo" não é nada. Tô na capa da gaita desde meados de JULHO.

Sei que errei, reconheço meu erro. Informei a terapeuta o motivo da compra "sem pensar" do aparelho (escassez de componentes eletrônicos, poucos aparelhos sendo produzidos) e ela, a terapeuta, entendeu de boa.

Não fui salvo pois errei e sei disso, porém, através da terapia da última sexta, que durou 3 horas seguidas, ao ouvir minha versão de forma racional, foi entendido que todos erram. E erros devem ser revistos para não se repetirem.

Ontem (30/08) estávamos preparados para assinar o divórcio quando...ela acordou com outro pensamento e me deu uma chance para revermos nosso futuro.

Eu já estava de malas prontinhas, já tinha salvo o PS5 e guardado na casa da minha mãe dentro de um armário de ferro (rsrsrsrs).

Voltamos na segunda-feira a noite, porém ainda há resquícios do sentimento que causei. Estou comendo pelas beiradas para conseguir reconquistá-la, que não será tarefa fácil senhores.

Mas viva o universo gamer. Viva o amor. Viva o bom senso. E eu que tome vergonha na cara e vire homem.

Obrigado pela atenção dispensada.
 


tylenol

Bam-bam-bam
VIP
Mensagens
3.899
Reações
4.493
Pontos
334
Op. Você ainda tá errado, você só não errou como permaneceu no erro, já deveria ter vendido o aparelho, se estabilizado financeiramente, juntar dinheiro aos poucos e comprar o que deseja. Mas prolongou o problema.
 

Metal_Killer

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
22.186
Reações
12.685
Pontos
709
Eu não encosto no PS5 deve ter uns 3 meses. Só tenho jogado Switch. Comprei o meu em novembro e joguei bastante principalmente os jogos da collection que não tinha aproveitado na época do PS4 mas depois que virei tudo enjoei. Joguei o spider ultimate e depois não encostei mais. Esses jogos da plus não dão nem vontade de baixar.

Sobre o post, se era um mês que estavam sem condições, por mais escasso que seja você não tinha que ter comprado, na minha opinião. Ela deve ter ficado put* demais pois com contas para pagar, gastaram uma put* grana com lazer
 

The Trooper

Bam-bam-bam
GOLD
Mensagens
11.842
Reações
8.713
Pontos
454
Honestamente, se vocês foram pra terapia e o divórcio, como você disse, já era algo certo, você apenas atrasou um pouco o divórcio.

Me parece que a confiança dela em você foi pro espaço. Dificilmente ela vai olhar pra você com os mesmos olhos.

Na situação narrada, realmente você fez cagada, pois não era o momento de gastar essa fortuna num PS5.

Eu estou numa situação parecida, pois quero um PS5, mas estou muito tranquilo pois sei que agora absolutamente não é o momento, pois eu e minha esposa temos outras prioridades.

Ainda em relação ao seu casamento, você cogitou vender o PS5 pra mostrar pra ela que agora tá falando sério? Porque, sei lá, é como falei acima, a situação agora parece mais provisória. Quando você voltar pros jogos, o sentimento que ela expressou na terapia vai voltar, ela vai voltar a te ver como um menino e não como um homem.
 


The Trooper

Bam-bam-bam
GOLD
Mensagens
11.842
Reações
8.713
Pontos
454
Rapaz, mas sua esposa quis largar você só porque comprou um PS5? Tem certeza que não é um conjunto de fatores?

No mais, desejo que seu casamento perdure até o fim de vossas vidas.
Não, cara, não foi pelo PS5. Foi pelos R$5.400 gastos num momento que eles não podiam.

Se ele tivesse, por exemplo, gasto isso num aparelho de som pro carro, ou numa bicicleta de última geração, creio que o sentimento dela seria o mesmo.

O PS5 foi só o catalizador pra esse sentimento que ela tem de que o cara é um menino.

Enfim, tudo que tô falando é considerando o cenário de que a questão do dinheiro estava apertada para ambos e não era o momento de se gastar essa fortuna num videogame, claro.

Se fosse numa outra situação, por exemplo, em que isso não impactaria as finanças deles, eu concordaria que seria um exagero. Mas não me parece ser o caso.

Enfim, é só a minha opinião, hehe.
 
Ultima Edição:

lanthis

Bam-bam-bam
Mensagens
3.299
Reações
6.648
Pontos
303
A "prova de amor" de amor é se desfazer do PS5 amigão...
Coisa que astutamente vc tratou de guardar em outro lugar.
A terapeuta te chamou de "menino a ser cuidado" pq ela romantizou sua infantilidade e egoísmo.
Aliás... tenha isso em mente: A terapeuta sempre entenderá seu lado pq ela não está lá pra te julgar.
Caso vc se sinta julgado, vc simplesmente abandonaria as sessões.

Acho que vc precisa de um choque de realidade!
Veja o preço de itens básicos no mercado, de combustíveis e em especial produtos para seu filho pequeno.
Isso sem falar nos débitos do cartão.
PS5 não seria nem de longe uma prioridade.

Sua esposa merece um homem, não um menino inconsequente.
Ela voltou atrás no divórcio pq deve mesmo gostar de vc, mas certamente ela merece coisa melhor!


OBS: Posso ter soado rude, mas estou dizendo sem rodeios oq a terapeuta romantizou pra te falar!
Se desculpe com a esposa e venda esse aparelho.
 

Iraque77

Bam-bam-bam
Mensagens
2.599
Reações
2.948
Pontos
288
cara.. mas acho que vale tu olhar para dentro de si mesmo,

o que você fez não tem resposta racional, vc agiu por instinto, algo no subconsiente, ou seja, você realmente tem um problema maior por trás,
teu subconsciente está sabotando teu casamento de propósito ou algum sentimento reprimido na infância que faz vc ter esse tipo de atitude

esse teu comportamento é mais um sintoma que um problema

vai a um psicoterapeuta, hipnoterapeuta, toma cogumelo, ayahuasca.... sei lá

importante se autoconhecer para entender pq vc fez isso
 

PhylteR

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
27.617
Reações
25.042
Pontos
769
Rapaz mas por que ainda por cima pagasse quase mil reais mais caro? Sei que tá difícil encontrar o console, mas não tanto assim também, ainda mais pra quem não é noob no ramo hue...

Mas enfim, como falasse, foi um erro... Faz parte. E é difícil opinar sem conhecer a vida de vocês. Mas também é curioso ela cogitar tão fortemente o divórcio por causa disso. Certamente há uma soma de fatores aí, porque apesar de ser um erro grave num momento de vida financeira apertada, isoladamente não é TÃO grave assim - ainda mais tendo filho.

De toda forma, espero que dê tudo certo aí e a existência do console se torne prazerosa e não um peso (apesar dos 4kg).
 

Venn

Supra-sumo
Mensagens
941
Reações
1.544
Pontos
158
Rapaz, mas sua esposa quis largar você só porque comprou um PS5? Tem certeza que não é um conjunto de fatores?

No mais, desejo que seu casamento perdure até o fim de vossas vidas.
Relação afetiva é um eterno processo de compatibilização: ora um cede e se adapta um pouco; ora o outro. A coisa acaba quando o casal se depara com uma incompatibilidade, e ninguém consegue ceder. Ou quando alguém, na tentativa de salvar o relacionamento, se adapta em algo que contraria profundamente o que é, pois isso, em médio ou longo prazo, o irá consumir até fazer do relacionamento algo insuportável (ninguém vence a si próprio; não sem abrir mão da paz e da felicidade).

Quando um relacionamento é maduro o suficiente, após alguns anos e muitas adaptações de parte à parte, quando a magia da paixão e os contos de fada já perderam o brilho, acredite, uma simples discussão de "eu vou comer no sofá" x "vamos comer na mesa" pode ser o estopim para um término.

Não é o Playstation ali, mas sim um valor (convenhamos, um bom valor). Pode ser que a esposa dele tenha se privado de várias coisas que queria consumir em prol da manutenção das contas da casa, ou mesmo de garantir uma melhor condição de vida ao lar. Sob este prisma, ver o companheiro abrir mão de 5.000,00 pra comprar algo supérfluo pode, sim, ser motivo suficiente para o caos. Obviamente que não é "só" isso. Como narrado aqui, e como o OP faz parecer, trata-se de um relacionamento longo, carregado de adaptações de parte a parte.
 
Ultima Edição:

mig29gsxr

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
18.687
Reações
23.127
Pontos
694
Fomos a uma terapia de casais e ela relatou que via em mim um menino, mais um para cuidar além de nosso filho. Ela queria um homem.
Cara, essa parte não é nada legal, eu não suportaria. Mas apenas te falo pra ficar bem atento nisso aí.
No mais, vc consegue revender o PS5 a um preço próximo a esse aí, e recupera sua grana, vai perder uma parte, mas é melhor conter os danos que deixar rolar.
 
Ultima Edição:

mig29gsxr

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
18.687
Reações
23.127
Pontos
694
Eu não encosto no PS5 deve ter uns 3 meses. Só tenho jogado Switch. Comprei o meu em novembro e joguei bastante principalmente os jogos da collection que não tinha aproveitado na época do PS4 mas depois que virei tudo enjoei. Joguei o spider ultimate e depois não encostei mais. Esses jogos da plus não dão nem vontade de baixar.

Sobre o post, se era um mês que estavam sem condições, por mais escasso que seja você não tinha que ter comprado, na minha opinião. Ela deve ter ficado put* demais pois com contas para pagar, gastaram uma put* grana com lazer
Troca num Series X mano, eu que tenho PS4 Pro, to com um Series S e to feliz demais, jogando direto. Tb gosto do PS mas a Sony está vacilando demais com a Plus.
 

rmrios

Bam-bam-bam
Mensagens
10.206
Reações
7.718
Pontos
449
Cara... Primeiro lugar em uma relação, entre casais o que prevalece é o bom senso, e os dois devem participar de tudo, antes de comprar algo caro, converse com ela, trace planos, a relação vai perdurar já que ela só espera isso de você, parceria. Lembre-se, ela não é sua Mãe, é sua esposa, se estiver insatisfeita vai embora e já era...

Talvez a venda do aparelho é uma solução, eu faria isso...
 

New_Wave

Ei mãe, 500 pontos!
GOLD
Mensagens
18.723
Reações
57.303
Pontos
609
PS5 nem jogo tem direito. Dá pra vender, melhorar a situação financeira em casa e comprar outro em 2023.
Pois é.

Vende logo esse troço. Pois aposto que você mal joga já que a família em primeiro lugar e duvido que tem tempo pra ti mesmo numa situação apertada.

Agora mais ainda trancado num armário de ferro, não vai jogar tão cedo.
 

Inspetor Clouseau

Bam-bam-bam
Mensagens
2.427
Reações
3.943
Pontos
278
É Maluco tua esposa está 500 por cento certa...isso que é foda a galera tem que pensar um pouco antes de agir assim..vida em casal é isso se vc tivesse conversado com ela antes de comprar ou se pelo menos tivesse vendido o aparelho imediatamente depois de perceber que fez m**** a situação estaria muito amenizada. Sou solteiro e não tenho responsabilidade financeira nem por um pardal e até eu tô pensando duas vezes antes de gastar essa grana em meio a uma crise dessa imagina se fosse casado e com problemas financeiros, vende esse troço logo pq se ela ver tu jogando isso ai que tu vai estar ferrado mesmo...e tente ser mais responsável daqui para frente...
 

Hellskah

Bam-bam-bam
Mensagens
6.001
Reações
12.928
Pontos
394
Esse lance de terapia de casal funciona? Eu sempre achei o cúmulo alguém random vir "dar conselhos" para um casal que nem conhece direito.
SEMPRE tive o mesmo pensamento que o seu, mas funcional ou não foi o que me safou e me de fôlego para nadar mais alguns metros e conseguir me agarrar a bóia, se não eu já teria afundado.

Lembrando que a terapeuta não resolve - ela fomenta a pensar.
 

Kaneda1985

Ei mãe, 500 pontos!
GOLD
Mensagens
20.263
Reações
54.336
Pontos
563
Eu tenho um filho que fara 2 anos e desde que ele nasceu não consigo comprar mais nada pra mim pq tudo é para ele... Não quero julgar mas vc precisa ver suas prioridades... Ps. Minha mulher me obrigou a comprar um switch pq estava 1700 e desbloqueei, só para vc ter uma ideia de como eu fiquei pós paternidade... Eu até tenho dinheiro pro PS5 mas não dá, hoje a prioridade é o muleque sempre.
 

marunogalicia1987

Supra-sumo
Mensagens
343
Reações
1.206
Pontos
153
um casamento se baseia em concessões mútuas, mas entendo que muitas vezes no impulso é difícil 'domar' o moleque interior... agora é correr atrás do prejuízo, situação financeira delicada estressa muito
 

Venn

Supra-sumo
Mensagens
941
Reações
1.544
Pontos
158
Eu tenho um filho que fara 2 anos e desde que ele nasceu não consigo comprar mais nada pra mim pq tudo é para ele... Não quero julgar mas vc precisa ver suas prioridades... Ps. Minha mulher me obrigou a comprar um switch pq estava 1700 e desbloqueei, só para vc ter uma ideia de como eu fiquei pós paternidade... Eu até tenho dinheiro pro PS5 mas não dá, hoje a prioridade é o muleque sempre.
Não tenho filhos, mas minha esposa sabe o quanto eu gosto de games. Eu sempre priorizo a casa, as coisas "necessárias" e etc. Um dia ela viu a notícia que chegaria novo estoque de PS5. Ela comentou comigo. Eu pensei pra caramba, mas na hora que ia ser liberada a compra nos sites, eu titubeei e não ia comprar. Ela mesma pegou os dados do meu cartão e fez a compra.

Obviamente não estávamos passando por nenhum aperto no momento, mas, ainda assim, eu tenho dificuldade de abrir mão de valores pra fazer compras pra mim. Quando é pra casa, nem penso duas vezes. Mas quando é pra mim, a mão do cartão treme.

Enfim, não estou dizendo que estou certo, ou que o OP está errado. Acho que cada um é cada um. Apenas temos que nos conscientizar e nos certificar de que, em um relacionamento afetivo, estamos trilhando um caminho conjunto, e que as coisas têm que ser conversadas e de comum acordo. Se este pacto não estiver sendo benéfico; se a pessoa sente que está abrindo mão de coisas que a fariam feliz... cara, até que se prove o contrário, só se vive uma vez. Então se deve repensar o relacionamento.

Isso é reflexão individual de cada um, longe de mim querer apontar pra alguém qual o jeito certo de viver a própria vida.
 
Ultima Edição:

Hellskah

Bam-bam-bam
Mensagens
6.001
Reações
12.928
Pontos
394
Não pretendo vender o console.
Primeiro que ainda devo meu primo 1600k
Segundo que perderia dinheiro na venda
Terceiro que já possuo o console, o resto é contornável
Por fim e não menos importante, se perder a mulher ainda terei o console

Segue a vida. Errei ? Sim ! Reconheço.
Quem nunca meteu os pés pelas mãos ?
Quem nunca foi inconsequente ?

Isso não justifica minha atitude nem minha postura, porém quero tentar resolver dentro de uma bolha mínima de harmonia e compreensão.

Sou O CARA do diálogo.

A pessoa está diante de mim aos prantos, irreconhecível no ódio, apontando dedos e tal, por dentro eu estou fervendo, em ebulição, porém seguro o choro e engulo calado. Isso é humildade pelo reconhecimento do erro.
 
Topo Fundo