O que há de Novo?
  • Anunciando os planos GOLD no Fórum Outer Space
    Visitante, agora você pode ajudar o Fórum Outer Space e receber alguns recursos exclusivos, incluindo navegação sem anúncios e dois temas exclusivos. Veja os detalhes aqui.

Nós e as revistas de videogame

Grose

Bam-bam-bam
Mensagens
8.023
Reações
12.442
Pontos
459
Tópicos com a mesma pegada:
Nós e as revistas de videogame
Como é ter um Neo Geo AES em sua vida?
XBOX Clássico em nossas vidas
Dreamcast: Por 18 anos em nossas vidas
Street Fighter II em nossas vidas
The King of Fighters em nossas vidas
Mortal Kombat em nossas vidas
Tekken em nossas vidas
Bomberman em nossas vidas
Jogos de inverno para o verão

Bom dia pessoal da retrospace.

Observando os dois tópicos recém-criados sobre revistas de videogames (doação e Warpzone) resolvi compartilhar alguns de meus textos com vocês, começando por este momento maravilhoso, as revistas que me permitiam sonhar com os jogos que não podia comprar, e sei que foi assim com muitos de vocês, então vamos conversar pela enésima vez sobre isto.

Os meus textos tento fazer numa só, não fico relendo para corrigir, isto me faria desistir de todo o conteúdo, me sinto "engolindo o próprio vômito" como disse Clarice Lispector, portanto espero que esteja compreensível o suficiente, e as passagens genéricas são a luta entre o meu apego e desapego pelo convencional, e a necessidade de transgredir e ser aceito, mas a cada dia estou melhor nisso. haha


Esta é uma pequena amostra da minha coleção de revistas de videogame, atualmente possuo quase 400 exemplares, todos muito bem cuidados, com exceção da Ação Games nº100 que perdeu a capa, como dá para perceber na beirada. Atualmente estou desempregado mas se alguém estiver se desfazendo de coleções e quiser me doar eu aceito com o maior prazer.

Abençoado anos 90, a década dos boatos e da desinformação, se hoje com a internet acessível por grande parte da população o povo prefere viver o risco de acreditar em fofocas sem procedência imaginem naqueles anos, não é a toa que simpatias e piolhos faziam tanto sucesso, chegavam ao pé de nossas orelhas para despejar quilos de crendice, e para não criar caso só restava fingir que acreditava, afinal até as revistas e jornais que eram as poucas fontes confiáveis de informação estavam errados, não havia muito o que fazer. A internet estava engatinhando em velocidade e conteúdo, se é que existia alguma coisa na rede, e computador em casa era coisa de sortudos e milionários, bastava ir em qualquer loja para ver o computador hoje considerado o mais ralé da história na faixa dos 4.000R$ pra mais, num período onde o salário mal passava dos 100R$, meu pai ganhava 500R$ e já me taxavam de rico, e eu nem tina computador.

Apesar de tudo de ruim foram anos mágicos, haviam videogames, muito mais opções de lojas para comprar coisas relacionadas, era muito mais difícil comprar um jogo novo devido ao baixo poder aquisitivo, fazendo com que os jogos naquela época parecessem muito mais caros que hoje, mas com a quantidade de locadoras que existia nem havia porque se preocupar com isso, não somente as locadoras de videogames mas locadoras de filmes alugavam jogos que por vezes apesar da baixa oferta que estes ofereciam eram impressionantes, é cada história que preciso fazer um texto exclusivo sobre isso, e toda essa movimentação aquecia o mercado de usados, era fácil ir em qualquer loja de discos, sebo e afins para comprar novos jogos velhos, comprava dois cartuchos que trocava por um quando quisesse, então complementava esse um com um dos vários controles estragados de NES e pegava outro que na troca chorava com algumas moedas pegando outro jogo, e assim se fazia negócio e cativavam novos fregueses. Sem esquecer da febre dos fliperamas.

Observando este plano geral da década de 90 fica fácil perceber o que levou a surgirem tantas revistas no mercado, era Ação Games, SuperGame, Game Power, Gamers, Videogame News, Game-X, Nintendo World, e outras que não lembro o nome ou não conseguiram superar a alta competitividade, a demanda era grande e praticamente toda semana tinha algo novo para ler, matérias obsoletas e mal escritas mas que caíram no gosto dos jogadores.

Eu colecionava todas, comecei com uma ou outra Ação Games, mas logo expandi meu leque, cada revista tinha seu próprio jeito de ser, algumas iam piorando e outras melhorando, gostava de fazer listas com cada jogo que pretendia comprar de cada videogame que pretendia ter, infelizmente não cheguei a ter 1% do que planejava, já passei disso hoje, mas folhear as revistas saciava os meus desejos e me deixava ainda mais imerso neste mundo maravilhoso, que por um lado era ruim pela inflação e não me dava bem na escola, ao menos tinhas as revistas de videogame.

Isto é uma pequena amostra da comoção que os videogames causaram entre os jovens, consumidores em potencial desde sempre, e os adultos consumistas de hoje, crianças que vinham me dizer que jogavam Cavaleiros do Zodíaco no Jaguar, que o jogo tinha saído somente nele, típico daqueles tiozões perdido que quer se enturmar, talvez seja assim que nasce um tiozão, eles são assim, corre o sangue de tio do "é pavê ou pacumê" nas veias. Me deixem em paz!

Hoje o sentido das revistas está perdido em questão de informações e matérias, mas elas preenchem uma lacuna importantíssima da cultura, e ainda hoje são debatidas pelos momentos que propiciaram em todos seus anos de existência, momentos estes que a internet não consegue apagar ou sequer competir, na rede é tudo muito efêmero, nos apegamos um pouco mais a uma informação ou outra justamente pelo ócio que vem a galope, e nada mais assustador para um ser humano que tempo livre, o tempo nos permite pensar, apreciar a verdadeira beleza das coisas, ou descobrir que muitas delas não são tão belas quanto imaginamos, mas isto é importante para o nosso desenvolvimento e a nostalgia é a saudade dessa abstração, que mesmo não parecendo fez todo o sentido, e inclusive se sobrepõe as novas tecnologias, por isso existe tanto apelo emocional contido em jogos, produtos, declarações e propagandas, a forma de convir deles hoje, e por tudo que existe, é graças ao passado, nós estamos eternamente ligados ao passado.
 
Ultima Edição:


doraemondigimon

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
13.349
Reações
17.300
Pontos
619
Como comecei nas revistas de games?

BEM ANTES da revista Ação Games, saiu em uma revista de esportes, alguma coisa relacionada a videogames (não me lembro do nome), mas eu mesmo, só li as matérias. Com o tempo, surgiu uma revista chamada Games em Ação. Mas, anterior a isso tudo, eu já comprava as revistas importadas para o ZX Spectrum, onde volta e meia, tinha comerciais do Master System! Essas foram as grandes ajudas pra se conhecer mais e mais de programação e dos jogos.



Houve uma coleção de revistas lançadas no Brasil que trabalhava com jogos pra computadores da época (MSX, TRS80/CP500, ZX Spectrum). Consegui comprar quase todas, mas ainda tinha ficado faltando coisa de 4 edições. O que foi meu grande empecilho quando não consegui programar um jogo que vinha nela (um MONTE de linhas de Poke e linhas em Assembler que faziam um joguinho no estilo Pitfall, com a diferença de que você estava subindo uma montanha....)

Eu havia comprado uma, mas lembro que eu (se não me engano) a esqueci em um cinema de Goiânia (santo esculacho, Batman!!!), daí continuei meus estudos e ficou assim!

Depois que eu ganhei meu primeiro NES (Um Top Game VG 8000), e guardando meu Atari (CCE também! Era um Supergame VG 2800), nas bancas, não se sabe como, surgiu DUAS revistinhas do tamanho dessas 'tanko hon' (livrinho de bolso) que falava de INÚMEROS jogos de Famicom, que aqui a gente nem tinha conhecimento deles! Pra mim, essas revistinhas foram o portal de entrada no começo da coleção de videogames que eu tive. Minha mãe as jogou fora, achando que era revistinha de sacanagem....:kzangado

(ela só foi descobrir as Playboys e as Hustler, depois... BEM DEPOIS!:kbeca E só fui perder a virgindade depois.... MUITO DEPOIS DISSO TUDO:kcry) (mas daí já é outro caso.... Então, voltemos à vaca fria...)

Graças a essas revistas, quando fui com meu pai pro PY na primeira e segunda vez, QUASE comprei um PC Engine, mas devido ao não conhecimento, só trouxe cartuchos de famicom (porque sabia que eram compatíveis), e uns 4 adaptadores 60~72 pinos (pra jogar os cartuchos americanos que eu havia comprado: Double Dragon e o Karnov).

A ascensão das revistas começaram pouco tempo depois, com o lançamento da Ação Games, seguido com o tempo das revistas Supergame e Game Power. Como eu já estava começando a mexer com o mega, comecei a fazer uma coleção direta da Supergame!
 

Dark_Alex

Bam-bam-bam
Mensagens
2.388
Reações
2.357
Pontos
304
Eu tinha mais ou menos essa quantidade de revistas que está na foto.

Joguei tudo no lixo para reciclagem sem dó. Podia ter feito uma grana com elas. :brbr
 

Sonymaster

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
9.938
Reações
10.586
Pontos
659
Ahhhhh essas revistas eu tenho quase todas em PDF todas guardadas com carinho porque isso me faz voltar ao passado. Lembro que as primeiras revistas de games que já tinha aqui em casa era desde do final da decada de 70 e começo da de 80 porque meu irmão estudava com americanos e eles sempre traziam revistas de lá e tinha uma amiga que era inglesa e tinha um ZXspectrum que tinha varias e varias revistas também de lá, onde os jogos eram apenas os códigos para digitar e compilar e sair jogando era muito divertido porque foi assim que aprendi a programar e hoje é meu trabalho por causa deles.

Revistas eram antigas demais, ainda nem tinha revistas de games no Brasil ainda era uma briga esses códigos na faculdade do meu irmão hehehehehe

Agora quando meu irmão ganhou o Atari ele deixou um pouco de lado o MSX que tinhamos da Sharp que era o Hotbit ai comecei a mexer mais com ele e procurar revistar da MSX sempre que pudesse. Depois quando eu ganhei o meu NES (Top Game VG9000) só usava o MSX para trabalhos escolares, e olhe que antes disso eu tinha o TK85 mas nem usava mais.

Quando peguei a revista Videogame pela primeira vez foi muio legal e muita coisa boa e novidades, então depois não parei mais.

Por isso que naquele arquivo do site Datassette é muito bom que vem muita coisa para se guardar :-)

Agora um video que eu acho legal é esse falando de como era a revista Videogame e depois SuperGamePower e demais Revistas.

 

Macbee

Bam-bam-bam
Mensagens
3.106
Reações
8.249
Pontos
319
BEM ANTES da revista Ação Games, saiu em uma revista de esportes, alguma coisa relacionada a videogames (não me lembro do nome), mas eu mesmo, só li as matérias. Com o tempo, surgiu uma revista chamada Games em Ação.
A revista de esportes que tinha seção de jogos era A Semana em Ação:

Ela teve duas edições especiais:

Em pouco tempo essas edições especiais viraram uma publicação própria:
 

Grose

Bam-bam-bam
Mensagens
8.023
Reações
12.442
Pontos
459
Olá @Sonymaster, obrigado por compartilhar os vídeos.

O segundo eu já assisti faz muito tempo, é ainda mais engraçado perceber como não era só os games que nós fantasiávamos, a redação das revistas era completamente diferente do ideal transpassado, a Marjorie então, uma decepção não ser uma loira tetuda que jogava quase pelada, caricatura das gamers girls idealizadas atualmente.

Outro vídeo bacana que assisti estes dias foi com o dono da rede Progames e criador da revista Gamers, que inclusive está envolvido com a Warpzone. Vou deixar aqui para quem quiser assistir, e quem tiver mais material e relatos compartilhem, por favor.

Faltou da Ação Games:


Eu tinha mais ou menos essa quantidade de revistas que está na foto.

Joguei tudo no lixo para reciclagem sem dó. Podia ter feito uma grana com elas. :brbr
Que tristeza, eu fiz quase a mesma coisa com as minhas, acabei vendendo elas no sebo por um preço irrisório, não só elas como toda a minha coleção, que juntando a grana com os videogames que tinha vendido deu pra comprar meu segundo computador, o que por um lado valeu a pena, liberei espaço, curti as comunidades de games, entrei no orkut que tinha foruns bem legais, usei e abusei dos emuladores, por outro perdi investimento, tem itens como as Gamers Book (eu tinha todas) que hoje pedem um preço extremamente alto, e são lembranças que posteriormente voltei atrás para ter o que possuo hoje.
 
Ultima Edição:


Piga

Alien Pro-Gear Spec!
VIP
GOLD
Mensagens
9.100
Reações
22.334
Pontos
348
@Grose
Você teria alguma destas aí?

Revista Videogame nºs: 35, 41, 42, 43, 44, 45, 46, 47, 50, 51, 53, 55, 60, 62
Revista Ação Games nºs: 48, 52, 57, 58, 59, 60, 61
Game Power nºs: 10, 12
Computer Games (Computer & Games) nºs: 1, 25, 26, 27, 28, 29, 30, 31, 32, 33, 34, 36

?????
 

Grose

Bam-bam-bam
Mensagens
8.023
Reações
12.442
Pontos
459
@Grose
Você teria alguma destas aí?

Revista Videogame nºs: 35, 41, 42, 43, 44, 45, 46, 47, 50, 51, 53, 55, 60, 62
Revista Ação Games nºs: 48, 52, 57, 58, 59, 60, 61
Game Power nºs: 10, 12
Computer Games (Computer & Games) nºs: 1, 25, 26, 27, 28, 29, 30, 31, 32, 33, 34, 36

?????
Então, eu tinha visto seu post em outro tópico e decidi que em qualquer momento daria uma olhada, pela minha lista eu tenho apenas a Ação Games 57, as Videogames e Game Power não contabilizei por ter muitos poucos volumes, aí eu teria que tirar tudo do armário para me certificar, assim que eu fizer isso entro em contato com você.

Sobre a Ação Games 57, se tiver interesse na digitalização dela eu posso tentar fazer isso e enviar para o seu email, no entanto não sei agrupar as páginas, nunca sequer tentei fazer isso, mas se você me passar as informações posso colaborar nessa empreitada do Datassete.

Uns anos atrás eu disse que tinha essas revistas e havia muito menos conteúdo no site Datassete, mas naquela época eu não tinha scanner e nem dinheiro para pagar alguém para fazer isso. :Ç
 

Piga

Alien Pro-Gear Spec!
VIP
GOLD
Mensagens
9.100
Reações
22.334
Pontos
348
Sobre a Ação Games 57, se tiver interesse na digitalização dela eu posso tentar fazer isso e enviar para o seu email, no entanto não sei agrupar as páginas, nunca sequer tentei fazer isso, mas se você me passar as informações posso colaborar nessa empreitada do Datassete.
Não precisa ter trabalho de fazer PDF, agrupar páginas e etc. Basta me enviar os arquivos em formato de foto (recomendo o PNG, mas ser for JPG tá valendo também). A resolução mínima pra não te dá trabalho, 300 DPI tá de bom tamanho. Eu envio os arquivos pra eles e eles fazem o resto. :kjoinha

Qualquer coisa me mande MP!
 

Doctor Kafka

A Solitary Man
Mensagens
34.058
Reações
21.040
Pontos
1.064
Eu adorava revista de videogame. Por mais que elas fossem toscas eu sempre esperava ansiosamente pela nova edição.

Fiquei muito triste quando a Ação Games deixou de existir, era a revista por que eu tinha mais simpatia.
 

Grose

Bam-bam-bam
Mensagens
8.023
Reações
12.442
Pontos
459
Não precisa ter trabalho de fazer PDF, agrupar páginas e etc. Basta me enviar os arquivos em formato de foto (recomendo o PNG, mas ser for JPG tá valendo também). A resolução mínima pra não te dá trabalho, 300 DPI tá de bom tamanho. Eu envio os arquivos pra eles e eles fazem o resto. :kjoinha

Qualquer coisa me mande MP!
Beleza, vou ver se começo a ver isso hoje a noite, a tarde eu uso mais para escrever e acessar a internet, quando o pessoal chega como fica muito barulho e competição por velocidade na rede eu acabo me dedicando as outras coisas.

Se bem que hoje está tão frio por aqui, e após os alongamentos, e de um banho, fica difícil sair das cobertas onde fico com os livros e os portáteis. haha
 

Piga

Alien Pro-Gear Spec!
VIP
GOLD
Mensagens
9.100
Reações
22.334
Pontos
348
Beleza, vou ver se começo a ver isso hoje a noite, a tarde eu uso mais para escrever e acessar a internet, quando o pessoal chega como fica muito barulho e competição por velocidade na rede eu acabo me dedicando as outras coisas.

Se bem que hoje está tão frio por aqui, e após os alongamentos, e de um banho, fica difícil sair das cobertas onde fico com os livros e os portáteis. haha
Tranquilo. Faça sem pressa, e principalmente, sem ser uma obrigação pra você. Eu já agradeço adiantado pela ajuda! :kjoinha
 

edineilopes

Retrogamer
Mensagens
27.760
Reações
89.886
Pontos
654
Eu tinha muitas revistas. Acumuladas desde os tempos de SuperGame. Depois passei a pegar outras também, esporadicamente, conforme aparentava ter matérias de meu interesse. Não chegava a ser coleção, mas era um bocado de revistas.

Estavam ocupando muito espaço e me desfiz delas. Não que me arrependa, estavam atrapalhando, mas hoje não teria feito isso.
 

Metal God

Ei mãe, 500 pontos!
GOLD
Mensagens
34.606
Reações
29.387
Pontos
944
Ainda tenho todas as minhas lá em casa, muito bem guardadas. Tive, por dois anos, assinatura da SuperGamePower. Era uma alegria quando o carteiro chegava com a revista. Curtia a Ação Games também.
Lembro que só consegui terminar Alex Kidd com a ajuda de um detonado da revista VideoGame.

Há bastante tempo atrás, escaneei várias das minhas revistas pra um dos tópicos aqui da Outerspace, mas aí o fórum bugou, mudou de servidor e os links se perderam.

Edit:
Uns anos atrás eu disse que tinha essas revistas e havia muito menos conteúdo no site Datassete, mas naquela época eu não tinha scanner e nem dinheiro para pagar alguém para fazer isso. :Ç
Escaneei algumas também pra esse site.
 
Ultima Edição:

jureg

Bam-bam-bam
Mensagens
7.398
Reações
7.022
Pontos
404
Eu tinha mais ou menos essa quantidade de revistas que está na foto.

Joguei tudo no lixo para reciclagem sem dó. Podia ter feito uma grana com elas. :brbr
Ou poderia ter agido nobremente e doado pros Retroavengers escanearem e disponibilizarem pra comunidade!

Sent from my MotoG3 using Tapatalk
 

Sonymaster

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
9.938
Reações
10.586
Pontos
659
Por isso eu peguei todas escaneadas em PDF e guardei tudo como recordação, agora posso ver no tablet de boa :-)
 

Grose

Bam-bam-bam
Mensagens
8.023
Reações
12.442
Pontos
459
Tranquilo. Faça sem pressa, e principalmente, sem ser uma obrigação pra você. Eu já agradeço adiantado pela ajuda! :kjoinha
Pronto, digitalizei a Ação Games 57, como fiz em PNG o total deu 721 megas das 40 páginas, amanhã eu procuro algum lugar para upar e quando conseguir repasso para você, e talvez até compartilhe no tópico para quem tiver interesse. Ufa!

Meu quarto é pequeno e não tenho onde pôr a impressora, então quando preciso a coloco em qualquer lugar, mas como estou fazendo mudanças no ambiente deixei ela no sofá e foi um sobe e levanta de quase uma hora, cansativo, mas um bom exercício complementar. haha Por isso não peguei as Super Games e as Game Power para ver se tenho alguma que precisa, antes eu pensava em upar as revistas estrangeiras que possuo, mas estas será uma grande trabalho, afinal são mais de 100, 200 páginas por edição.
 

Piga

Alien Pro-Gear Spec!
VIP
GOLD
Mensagens
9.100
Reações
22.334
Pontos
348
Pronto, digitalizei a Ação Games 57, como fiz em PNG o total deu 721 megas das 40 páginas, amanhã eu procuro algum lugar para upar e quando conseguir repasso para você, e talvez até compartilhe no tópico para quem tiver interesse. Ufa!

Meu quarto é pequeno e não tenho onde pôr a impressora, então quando preciso a coloco em qualquer lugar, mas como estou fazendo mudanças no ambiente deixei ela no sofá e foi um sobe e levanta de quase uma hora, cansativo, mas um bom exercício complementar. haha Por isso não peguei as Super Games e as Game Power para ver se tenho alguma que precisa, antes eu pensava em upar as revistas estrangeiras que possuo, mas estas será uma grande trabalho, afinal são mais de 100, 200 páginas por edição.
Uau. 721mb?????
Geralmente um revista desse tamanho fica com 30mb no máximo.

Vc consegue ver as propriedades de um arquivo PNG desse pra eu entender porquê ficou tão grande?

Enviado de meu SM-G316ML usando Tapatalk
 

Sonymaster

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
9.938
Reações
10.586
Pontos
659
Pronto, digitalizei a Ação Games 57, como fiz em PNG o total deu 721 megas das 40 páginas, amanhã eu procuro algum lugar para upar e quando conseguir repasso para você, e talvez até compartilhe no tópico para quem tiver interesse. Ufa!

Meu quarto é pequeno e não tenho onde pôr a impressora, então quando preciso a coloco em qualquer lugar, mas como estou fazendo mudanças no ambiente deixei ela no sofá e foi um sobe e levanta de quase uma hora, cansativo, mas um bom exercício complementar. haha Por isso não peguei as Super Games e as Game Power para ver se tenho alguma que precisa, antes eu pensava em upar as revistas estrangeiras que possuo, mas estas será uma grande trabalho, afinal são mais de 100, 200 páginas por edição.
Sempre bom chamar uns amigos para compartilhar o trabalho hehehehehe
 

Grose

Bam-bam-bam
Mensagens
8.023
Reações
12.442
Pontos
459
Uau. 721mb?????
Geralmente um revista desse tamanho fica com 30mb no máximo.

Vc consegue ver as propriedades de um arquivo PNG desse pra eu entender porquê ficou tão grande?

Enviado de meu SM-G316ML usando Tapatalk
Consigo, mas qual informação você quer? Eu simplesmente deixei em 300dpi e salvei em PNG, ficou com uma resolução de 2550x3500 com 20 megas em média. Também achei grande mas pensei que fosse normal, afinal muitos arquivos ficaram grandes com o tempo, ainda mais que não costumo lidar com esse tipo de coisa. haha

Uma coisa que não falei mas não faz diferença é que a revista conseguiu a proeza de ser um pouquinho mais larga que o espaço digitalizado, mas sempre dei uma puxada pro lado que não tem texto e ficou joia.
 

Piga

Alien Pro-Gear Spec!
VIP
GOLD
Mensagens
9.100
Reações
22.334
Pontos
348
Consigo, mas qual informação você quer? Eu simplesmente deixei em 300dpi e salvei em PNG, ficou com uma resolução de 2550x3500 com 20 megas em média. Também achei grande mas pensei que fosse normal, afinal muitos arquivos ficaram grandes com o tempo, ainda mais que não costumo lidar com esse tipo de coisa. haha

Uma coisa que não falei mas não faz diferença é que a revista conseguiu a proeza de ser um pouquinho mais larga que o espaço digitalizado, mas sempre dei uma puxada pro lado que não tem texto e ficou joia.
Tá explicado o tamanho dos arquivos. Vai upar como? Dropbox?
 

Piga

Alien Pro-Gear Spec!
VIP
GOLD
Mensagens
9.100
Reações
22.334
Pontos
348
Nunca usei o dropbox mas posso dar uma olhada. Gosto do mediafire e mega.co que vem sempre numa velocidade excelente.
Tem que ser assinante pra usar esses mediafire e mgea.co????
 

Grose

Bam-bam-bam
Mensagens
8.023
Reações
12.442
Pontos
459
Tem que ser assinante pra usar esses mediafire e mgea.co????
Não. Eles tem um limite bem alto para downloads anônimos.

Impressionante, nem comprimido em .rar o arquivo baixou 1kb sequer. haha Imagine se eu tivesse feito de uma revista maior, ficaria mais de 2 gigas uma única edição.
 

Wathahellbr

Bam-bam-bam
Mensagens
3.230
Reações
10.481
Pontos
314
essas revistas antigas eram muito bacanas
a minha favorita era gamepower n. 1 que tinha street fighter 2
 

Vaynard

Mil pontos, LOL!
Mensagens
64.391
Reações
45.250
Pontos
1.014
Também comecei com a Videogames.

Não sei exatamente quando, mas desde criança, coisa de 7 ou 8 anos de idade, eu tenho revistas. A mais antiga que eu tenho hoje(muitas se perderam em mudanças ou jogadas fora), é de 92, mas me lembro de comprar elas mesmo, a partir de 95, que é inclusive uma edição com detonado de Street Fighter Alpha e KOF 95.

Mas de todas, tenho mais saudades da recente EDGE. Sem dúvidas, a melhor publicação que já passou por aqui.



E pasmem, tem um escritor da finada(e péssima) plug'n'play aqui no forum, o Alucard Players, que assinava como Prodigy. Quando descobri isso, fui ler as que eu tenho aqui e o cara é fanboy na cara dura :klol
 

Piga

Alien Pro-Gear Spec!
VIP
GOLD
Mensagens
9.100
Reações
22.334
Pontos
348
@Piga Eu upei, veja se deu certo. Para quem tiver interesse é a Ação Games 57, mas talvez seja melhor esperar até uparem no Datassete, que além de ficar em PDF bonitinho o tamanho fica bem menor. haha
https://mega.nz/#!90AkTCQa!4pJODNh8kuV5rZ7FrBDJk6EKk1mPNEcNBjGMmakvHx0
Baixado! :rox
Já olhei as 40 páginas aqui e a digitalização ficou muito boa! Parabéns!!!
Quando chegar em casa hoje vou tentar diminuir o tamanho dos arquivos e agrupar. Dando certo, eu UPo, passo o link aqui e encaminho pro pessoal do Datassete. :kjoinha
 

Vei pescador

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
22.181
Reações
16.632
Pontos
714
No começo eu só lia emprestadas. Revista era item de luxo lá em casa, nos anos 90 (anos 80 eu tive uma bela coleção Disney, q o mofo e os sobrinhos estragaram).
Comprar mesmo nessa época, pouca coisa. Tinha uma ação games especial do Megaman 3, q meu irmao comprou qdo viu q eu tinha alugado o jogo - não que precisasse, mas de qq forma era uma das revistas q eu tinha mais carinho.

Só qdo comecei a estagiar, lá por 95, é q comecei a comprar as Supergamepower (uma ou outra edição, pois achava muito superficiais) , Gamers (só pelos jogos de luta, pq os editores eram mais sonistas do q a área consoles aqui da OS) e principalmente as EGM (a original, q parecia um livro e falava de coisas q as revistas BR só iam pincelar em meses).

aliás foi uma febre de revista importada nessa época... lembro q sempre tinha Hustler, High Society e Swank nas bancas... vez por outra eu comprava tb

Já casado e trabalhando, passei a comprar EGM Brasil e Nintendo World, as quais ainda tenho uma ou outra em casa.
 

Grose

Bam-bam-bam
Mensagens
8.023
Reações
12.442
Pontos
459
No começo eu só lia emprestadas. Revista era item de luxo lá em casa, nos anos 90 (anos 80 eu tive uma bela coleção Disney, q o mofo e os sobrinhos estragaram).
Comprar mesmo nessa época, pouca coisa. Tinha uma ação games especial do Megaman 3, q meu irmao comprou qdo viu q eu tinha alugado o jogo - não que precisasse, mas de qq forma era uma das revistas q eu tinha mais carinho.

Só qdo comecei a estagiar, lá por 95, é q comecei a comprar as Supergamepower (uma ou outra edição, pois achava muito superficiais) , Gamers (só pelos jogos de luta, pq os editores eram mais sonistas do q a área consoles aqui da OS) e principalmente as EGM (a original, q parecia um livro e falava de coisas q as revistas BR só iam pincelar em meses).

aliás foi uma febre de revista importada nessa época... lembro q sempre tinha Hustler, High Society e Swank nas bancas... vez por outra eu comprava tb

Já casado e trabalhando, passei a comprar EGM Brasil e Nintendo World, as quais ainda tenho uma ou outra em casa.
Como disse acima também tive uma boa coleção de HQs, duas na verdade, na primeira tive diversos gibis da turma da Mônica da editora Abril e mais uma porrada de revistas de super-heróis, essa eu troquei boa parte na Ponzio Discos da Desembargador Westphalen próximo a Rui Barbosa, lá por 1992, troquei por um Walkman vermelho que usava pra ouvir as rádios da época e as minhas fitas do Jaspion, Chaves, Michael Jackson, tinha a fita do Viva a Noite que não me recordo da playlist. haha

Também comprei algumas revistas estrangeiras, pena que era caro demais, ainda tenho algumas EGMs dessa época, mas o que eu curtia mesmo eram as revistas Kerrang e Rock Sound da Inglaterra, era na faixa de 20~30+R$ cada uma, mas a Rock Sound vinha sempre com CD, isso em 98~2004 era muito dinheiro para um mero estudante, era o preço que pagava em um ou dois cds de música. Eu comprava elas na Siciliano do Shopping Curitiba, ou na Saraiva do Crystal geralmente, mas tinha outros pontos, como uma banca da rua 24hrs, hoje que eu tenho um pouco mais de condições acabou-se tudo.

Na Saraiva do Crystal eu gostava mais de ir por ter mais opções de revistas importadas, queria tanto ter colecionado as revistas do Dreamcast que vinham sempre com um disco demo, mas 45R$ por edição era demais, tempos depois consegui duas nos sebos que mantenho com muito carinho.

Desculpe me prolongar, mas como você é de Curitiba (se não me engano) talvez lembre de algumas destas coisas. haha
 

Vei pescador

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
22.181
Reações
16.632
Pontos
714
[QUOTE="Grose, post: 13783379, member: 128202"
Desculpe me prolongar, mas como você é de Curitiba (se não me engano) talvez lembre de algumas destas coisas. haha[/QUOTE]

Não sou de CWB mas de uma cidade próxima

Fortaleza :coolface
 

Grandpa

Mestre Jedi
Mensagens
5.587
Reações
2.428
Pontos
434
Eu também ainda tenho várias revistas de games guardadas. A primeira que eu me lembro é a Videogame, mas tenho também Ação Games, Supergame, Supergamepower e a minha paixão na época que era a revista inglesa Megadrive que eu só achava em livrarias. Aliás, a primeira vez que eu li sobre o Mega Drive foi numa revista americana sobre jogos de computador. Tinha uma sessão com dicas de presente de Natal onde mostravam um Genesis, que era lançamento por lá, com o cartucho do Altered Beast. Fiquei impressionado na época.
 

Grose

Bam-bam-bam
Mensagens
8.023
Reações
12.442
Pontos
459
[QUOTE="Grose, post: 13783379, member: 128202"
Desculpe me prolongar, mas como você é de Curitiba (se não me engano) talvez lembre de algumas destas coisas. haha
Não sou de CWB mas de uma cidade próxima

Fortaleza :coolface
[/QUOTE]
Acho que é o pescadorparrudo então, é que ambos são pescadores, aí me confundi. :S

Bem, a localização fica então pra você procurar no google maps. haha
 

Piga

Alien Pro-Gear Spec!
VIP
GOLD
Mensagens
9.100
Reações
22.334
Pontos
348
@Grose
Agrupei a revista, já transformei em PDF e de quebra reduzi o tamanho dos seus 721Mb para apenas 38Mb :eek: sem perder a qualidade! :kgozo

Nas propriedades do arquivo PDF, na autoria está assim: Scan:Grose;Agrupamento:Piga

Já entrei em contato com o pessoal do Datassete e esperando resposta de como enviar o PDF para eles.

Mas pra quem não quiser esperar, segue o link do PDF da Ação Games 57:
https://pigatti.files.wordpress.com/2016/06/ac3a7c3a3o-games-57.pdf

:rox:rox
 

Piga

Alien Pro-Gear Spec!
VIP
GOLD
Mensagens
9.100
Reações
22.334
Pontos
348
@Grose
Recebi a resposta do Leonardo, webmaster do Datassete.
Já criei meu usuário lá e só estou esperando ele habilitar o envio das revistas.
A princípio irei enviar essas que não constam no acervo deles:

Revista Videogame nºs: 57
Revista Ação Games nºs: 50, 57 (a nossa), 67, 84 e 101
Revista Game Power nºs: 7 e 14

:kjoinha
 
Topo Fundo