O que há de Novo?


[Na real?] Chineses chamam brasileiros de vagabundos!!!!!!

Mensagens
4.292
Curtidas
3.665
Pontos
319
#1
Brasileiro não está disposto a trabalhar como os chineses, diz jornal do país asiático

Segundo editorial do 'Global Times', do governo chinês, a indústria brasileira não se desenvolve por uma questão cultural e esta seria a diferença entre o país e a China.
Por G1
06/12/2018 12h36 Atualizado há uma hora


Os brasileiros não estão dispostos a trabalhar como os chineses por uma questão cultural, que cria barreiras para a indústria do país. Foi com essa opinião que o editorialista chinês Ding Gang apontou, em um texto publicado na quarta-feira (5) em um jornal estatal da China, porque seu país conseguiu a industrialização enquanto o Brasil não. Leia a íntegra.

O texto, divulgado na divisão internacional "Global Times", é uma resposta a um artigo publicado por Bret Stephens no jornal “The New York Times” no dia 29 de novembro. Nele, o autor defende que a China não vai conseguir se desenvolver como se imagina, usando como exemplo a decadência da economia brasileira na última década – cuja promessa de ultrapassar grandes potências como o Reino Unido ficou para trás. Leia aqui.




Editorial do 'Global Times' compara o desenvolvimento industrial chinês com o brasileiro. — Foto: Reprodução/Global Times


Chang, que afirma ter morado no Brasil por três anos, argumentou que, ao contrário da China, o país não tem vocação para a indústria por uma questão cultural.
“Os brasileiros não estão dispostos a ser tão diligentes e trabalhadores quanto os chineses. Nem eles valorizam a poupança para a próxima geração, como os chineses. No entanto, eles exigem o mesmo bem-estar e benefícios que os dos países desenvolvidos”, escreveu.

Segundo Chang, o Brasil nunca teve uma indústria de manufatura forte e sofisticada e, como resultado, a economia brasileira depende apenas da exportação de matérias-primas e commodities. “Em outras palavras, recursos abundantes limitaram o desenvolvimento da manufatura no Brasil”, disse o editor do jornal.

Ele admite que "pode parecer racista" julgar o desenvolvimento do Brasil por sua cultura mas, segundo ele, o artigo do New York Times teria cometido o erro básico de não ver as perspectivas de desenvolvimento de um país “com base no pleno conhecimento de sua cultura e tradição”.

https://g1.globo.com/economia/notic...os-chineses-diz-jornal-do-pais-asiatico.ghtml
 


antonioli

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
84.294
Curtidas
119.847
Pontos
949
#5
Abordagem precisa do chinês. Ele não chamou ninguém de vagabundo mas enxerga a baixa produtividade, dificuldade de poupar dinheiro e insistência em bem-estar social como se fôssemos europeus. Não precisamos dormir em pé como os chineses mas se fôssemos mais produtivos, menos protecionistas para nos tornarmos mais industrializados como o china falou, já começaríamos a mudar bastante as coisas por aqui.
 

Gacrux

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
20.835
Curtidas
38.797
Pontos
669
#6
Se as leis trabalhistas de lá forem importadas para o Brasil, os sindicatos daqui vão ver o que é escravidão de verdade.

Na real, nem sindicato seria permitido. E que leis trabalhistas mesmo? :kkk

E fica nesse dilema, continuar com essa CLT super protetiva que trata todo empresário como um burguês explorador filho da puta, ou aumentar a produtividade usando o sistema de semi escravidão chinês, porque o meio termo onde a balança está equilibrada para os dois lados está fora de cogitação já que isso é taxado de coisa de fascista de extrema direita, mesmo que não faça nenhum sentido esse tipo de acusação.
 


edikaoz

Bam-bam-bam
Mensagens
1.294
Curtidas
1.907
Pontos
239
#7
Em parte isso é bem verdade. Brasileiro está mais preocupado com os direitos do que com os deveres.

Ora, pra se ter um país industrializado, é preciso que as pessoas trabalhem pra isso. Como bem comentou o @antonioli , temos por aqui um protecionismo burro, além de pessoas sem um mínimo de instrução financeira. Resultado? Pessoas dependendo mais do governo do que das próprias forças.
 

7 outros

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
34.528
Curtidas
54.825
Pontos
849
#9
Já vamos ter que trabalhar até os 70 anos de idade, tou nem ai se acham ruim.

Podem se divertir na escravidão e vivendo apenas através de mmorpg coreano/wow, se na vida que levamos hoje mal temos tempo para dar atenção a amigos e família imagina vivendo sob um regime escravo chinês?


O pior, trabalham igual uns condenados e vivem na miséria pq todo o dinheiro vai pro governo.
Não obrigado.
 

Vinicam

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
19.509
Curtidas
14.482
Pontos
669
#10
Qualquer um em contato com a administração de qualquer empresa no Brasil vai afirmar a mesma coisa. A de poupar então, temos vários exemplos aqui na OS em outro tópico(eu incluso) e vejo isso na geração passada também, com meu pai e pais de alguns amigos, além de ser um fato o quanto brasileiro vive individado.
 

PhylteR

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
21.163
Curtidas
8.178
Pontos
569
#11
Não consigo negar que o brasileiro é, realmente, folgado. Não todos, obviamente. Mas o empregado mais comum em qualquer empresa ou órgão público é aquele cuja resposta mais padrão é "isso não é minha atribuição", ou o que acha que tudo é problema dos outros e ele não ganha o suficiente pra resolver nada.

Depois fica chocado por que não cresce na carreira.
 

LHand

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
17.569
Curtidas
47.305
Pontos
624
#15
A indústria brasileira tem um problema crônico de produtividade, isso é fato.

Agora, dizer que isso é culpa do povo "que não quer trabalhar" é de cagar de bruços... é acreditar que vivemos numa legítima democracia em que a população tem alguma voz ativa nas políticas governamentais.

Nossa elite industrial brasileira sim, tem um problema cultural e muita, mas muita voz ativa no governo. Adora bradar aos quatro ventos que a culpa é dos direitos trabalhistas, dos sindicatos e do caralho a quatro, mas vive fazendo lobby pra conseguir regulações que limitem sua concorrência, barreiras comerciais para produtos importados, gordos financiamentos do BNDES e etc... com uma mentalidade totalmente extrativista e anticompetição, vivem de uma reserva de mercado conquistada através da proximidade com o governo.

Então não, o Brasil não tem baixa produtividade porque os coitadinhos de nossos industriais são oprimidos pelos sindicalistas vagabundos e muito menos pelo governo. Se depender de nossos industriais, o Brasil pode continuar sendo um mero exportador de commodities enquanto eles lucram com reserva de mercado por aqui... eles são os culpados.

Leitura complementar:

Por que exportamos mais soja do que navios, apesar de BNDES e FIESP
http://mercadopopular.org/2018/03/bndes-fiesp-stolper-samuelson/
 

Piga

Bam-bam-bam
Mensagens
5.589
Curtidas
11.929
Pontos
348
#16
Resumo desse texto:
"Brasileiro não quer SE SACRIFICAR pelo estado"


E confirmo, não quero mesmo.
Isso mesmo. Eu quando era empresário via 40% do meu faturamento bruto escorrer pro ralo chamado impostos. Além dos meus funcionários não enriquecerem, a goela do governo acabou com a minha empresa e comigo. Então quero que o governo e todo mundo ligado a ele, desde a tia da vassoura até o presidente da República se fodam de verde e amarelo.

Posso não ficar rico sendo empregado, mas pelo menos durmo em paz sem me preocupar se vou conseguir fechar a folha de pagamento no final do mês.

Empreender no Brasil nunca mais!

PS: minha empresa tinha 30 anos de mercado.

Enviado de meu ASUS_X00DDA usando o Tapatalk
 

Vinicam

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
19.509
Curtidas
14.482
Pontos
669
#17
A indústria brasileira tem um problema crônico de produtividade, isso é fato.

Agora, dizer que isso é culpa do povo "que não quer trabalhar" é de cagar de bruços... é acreditar que vivemos numa legítima democracia em que a população tem alguma voz ativa nas políticas governamentais.

Nossa elite industrial brasileira sim, tem um problema cultural e muita, mas muita voz ativa no governo. Adora bradar aos quatro ventos que a culpa é dos direitos trabalhistas, dos sindicatos e do caralho a quatro, mas vive fazendo lobby pra conseguir regulações que limitem sua concorrência, barreiras comerciais para produtos importados, gordos financiamentos do BNDES e etc... com uma mentalidade totalmente extrativista e anticompetição, vivem de uma reserva de mercado conquistada através da proximidade com o governo.

Então não, o Brasil não tem baixa produtividade porque os coitadinhos de nossos industriais são oprimidos pelos sindicalistas vagabundos e muito menos pelo governo. Se depender de nossos industriais, o Brasil pode continuar sendo um mero exportador de commodities enquanto eles lucram com reserva de mercado por aqui... eles são os culpados.

Leitura complementar:

Por que exportamos mais soja do que navios, apesar de BNDES e FIESP
http://mercadopopular.org/2018/03/bndes-fiesp-stolper-samuelson/
Vc vive em outra realidade se acredita nisso que esta dizendo. O governo faz de tudo pra ferrar com pequenas e médias empresas, que são a maioria no Brasil. Um funcionário tem um custo imenso e se não der retorno é um pesadelo pra realizar a troca. O que não falta entre pequenos e médios empresários é história de patrão refém de funcionário safado.
Soma isso com a dificuldade imensa que é empreender no Brasil e o resultado é o que vemos: uma empresa pode quebrar por conta de algum problema com funcionário e o empresário raramente vai querer arriscar o pescoço empreendendo novamente, isso quando se recupera da queda, o que não é uma certeza.
 

LHand

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
17.569
Curtidas
47.305
Pontos
624
#18
Vc vive em outra realidade se acredita nisso que esta dizendo. O governo faz de tudo pra ferrar com pequenas e médias empresas, que são a maioria no Brasil. Um funcionário tem um custo imenso e se não der retorno é um pesadelo pra realizar a troca. O que não falta entre pequenos e médios empresários é história de patrão refém de funcionário safado.
Soma isso com a dificuldade imensa que é empreender no Brasil e o resultado é o que vemos: uma empresa pode quebrar por conta de algum problema com funcionário e o empresário raramente vai querer arriscar o pescoço empreendendo novamente, isso quando se recupera da queda, o que não é uma certeza.
"elite industrial brasileira"
 

Malaquias Duro

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
11.565
Curtidas
38.879
Pontos
553
#20
Rapaz, conheci um engenheiro que trabalhou numa fabrica chinesa.

Trouxeram uns chineses pra fazer o trabalho e o treinamento enquanto os brasileiros não aprendiam.

Os caras saiam de noite todo dia e 6 horas da manhã já estavam trabalhando. Máquinas de produção sem mimimi...

Prefiro ser vagabundo.
 

onurb88

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
15.080
Curtidas
31.725
Pontos
553
#24
só sei que brasileiro médio a grosso modo é vagabundo mesmo. faz corpo mole pra trabalhar, não cumpre prazos, chega atrasado nos lugares, quer 1000 direitos e nenhum dever. basta uma dor na unha pra milagrosamente conseguir um atestado de 30 dias.....enfim...
 

k1llm4ster

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
27.006
Curtidas
10.459
Pontos
724
#25
A indústria brasileira tem um problema crônico de produtividade, isso é fato.

Agora, dizer que isso é culpa do povo "que não quer trabalhar" é de cagar de bruços... é acreditar que vivemos numa legítima democracia em que a população tem alguma voz ativa nas políticas governamentais.

Nossa elite industrial brasileira sim, tem um problema cultural e muita, mas muita voz ativa no governo. Adora bradar aos quatro ventos que a culpa é dos direitos trabalhistas, dos sindicatos e do caralho a quatro, mas vive fazendo lobby pra conseguir regulações que limitem sua concorrência, barreiras comerciais para produtos importados, gordos financiamentos do BNDES e etc... com uma mentalidade totalmente extrativista e anticompetição, vivem de uma reserva de mercado conquistada através da proximidade com o governo.

Então não, o Brasil não tem baixa produtividade porque os coitadinhos de nossos industriais são oprimidos pelos sindicalistas vagabundos e muito menos pelo governo. Se depender de nossos industriais, o Brasil pode continuar sendo um mero exportador de commodities enquanto eles lucram com reserva de mercado por aqui... eles são os culpados.

Leitura complementar:

Por que exportamos mais soja do que navios, apesar de BNDES e FIESP
http://mercadopopular.org/2018/03/bndes-fiesp-stolper-samuelson/
Que post meus amigos.
Perfeito.
 
Mensagens
1.732
Curtidas
2.442
Pontos
283
#27
É mais comum vermos os chineses vindo para cá do que brasileiros indo para China. E uma coisa é certa, trabalhar e ter um retorno é uma coisa, já outro é ser uma máquina. Eu sei que tem brasileiros preguiçosos -- com pouco rendimento --, mas há muita gente trabalhadora. E sobre poupança... cara, com os nossos salários aqui não dá para poupar não; comida cara, moradia muito cara, e o custo do transporte muito caro... um salário mínimo não dá para fazer nada, a não ser sobreviver.
 
Ultima Edição:

Metal God

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
28.054
Curtidas
18.208
Pontos
734
#28
Se eles querem que os brasileiros virem aqueles escravos zumbis das fábricas chinesas, desculpa amigão, o brasileiro não vai cair nessa não.
Enviado de meu ASUS_X00DDA usando o Tapatalk
Sim, mas não é bem isso que ele disse. No entanto, sabemos que esse tipo de coisa acontece lá na China.
Abordagem precisa do chinês. Ele não chamou ninguém de vagabundo mas enxerga a baixa produtividade, dificuldade de poupar dinheiro e insistência em bem-estar social como se fôssemos europeus. Não precisamos dormir em pé como os chineses mas se fôssemos mais produtivos, menos protecionistas para nos tornarmos mais industrializados como o china falou, já começaríamos a mudar bastante as coisas por aqui.
Perfeito.
 
Ultima Edição:

Kaiji

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
20.622
Curtidas
20.157
Pontos
654
#31
Já tive a oportunidade de ver como os chineses trabalham, quando estive em Angola.
A produtividade é alta, mas a insalubridade também é. Se o brasileiro, culturalmente, tem um problema em relação à produtividade. O chinês, também culturalmente, tem um problema em relação á insalubridade.
Os caras trabalhavam num esquema de "cama quente", onde dormiam dentro de containers. Um ocupava a cama por algumas horas, o "parceiro" dele tava trabalhando. Dava 8h, e o voltava pra dormir, ai que tava dormindo, acordava, e dava o pau dele, e por ai vai... a obra, literalmente, não parava.
 

NJunior

Bam-bam-bam
Mensagens
2.152
Curtidas
4.272
Pontos
303
#34
Piól qui istá celtissimo, blasileilo naum gostah de tlaubalha, muiltó lentu neh, sol delscança e naum tlaubalha nalda, naum aguêntah nalda, flacos flacos, tem qui sel mais lapidu se naum nunca vaum fica lico neh.

No mais, click bait fraco.
 

dk120

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
30.468
Curtidas
47.379
Pontos
979
#35
Estão 6 fucking meses trabalhando num prolongamento de rua de 300 metros aqui no bairro, que nem area residencial é. Não sei o que ficam fazendo o dia inteiro com os tratores. Você passa de manhã eles já estão trampando, mas volta a tarde e tá tudo igual :kkk
 


Topo