O que há de Novo?
  • Novo tema VIP está disponível
    Visitante, um novo tema com fundo escuro agora está disponível para aqueles que contribuíram com doações ao fórum e têm o status VIP. Veja os detalhes aqui.


Next XBOX | Rumor: Lockhart e Anaconda a serem revelados na E3 2019!

Água Mineral

Bam-bam-bam
Mensagens
1.752
Reações
2.002
Pontos
303
bom galera, tem muita gente preocupada sem saber qual vai ser o destino do X, mas convenhamos que quando lançar a próxima geração os holofotes vão estar voltados aos mesmo e ninguém vai dar muita bola pro X

Em todo caso acho que o X servirá muito bem como um console de entrada para a next gen, ele tem poder para receber os jogos cross gen por até uns 2 anos, assim como vários jogos pensados para a atual gen lançou no PS360 como: MGSV, Shadow of Mordor, Destiny, GTA V, Watch Dogs, BF4 entre outros.

Mas naturalmente em dado momento ele ficará defasado em relação aos next gen e será descontinuado, mas terá cumprido seu papel.
 


Mega_X

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
15.472
Reações
23.330
Pontos
654
XoneX mal consegue rodar os jogos atuais em 4k 30fps sem ter de apelar pro checkboard, acreditar que ele será "console de entrada" da próxima geração é ser otimista demais.
 

Água Mineral

Bam-bam-bam
Mensagens
1.752
Reações
2.002
Pontos
303
XoneX mal consegue rodar os jogos atuais em 4k 30fps sem ter de apelar pro checkboard, acreditar que ele será "console de entrada" da próxima geração é ser otimista demais.
um sábio já dizia: "Com o devido downgrade, tudo é possível portar"
 

Ricker

Veterano
Mensagens
505
Reações
531
Pontos
149
No meu ponto de vista a Sony está em uma posição muito favorável no mercado, com isso caso a MS lance 1 ano após o PS5, a base instalada da Sony pode estar em um nível tão alto que se torne irreversível uma virada. Acho que a próxima geração é muito mais importante pra MS do que pra Sony em questões mercadológicas, então não me surpreenderia com um lançamento simultâneo ou até mesmo um novo Xbox antes do PS5.
 

Joey Tribbiani

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
19.539
Reações
35.582
Pontos
654
Porré. Como foi na geração passada, a M$ tomou a iniciativa e lançou o 360 primeiro, a fim de ganhar terreno primeiro do que a Sony.

Deve acontecer o mesmo. A M$ deve sair ou pretende sair na frente. Enquanto isso, a Sony fica, em campana, só esperando a iniciativa da concorrente para, se possível, lançar o seu console de forma concomitante.
 

João Ritzel

Bam-bam-bam
Mensagens
8.415
Reações
8.833
Pontos
353
Uma coisa eu sei, a MS não pode iniciar a próxima geração com hardware inferior ao da concorrência, se isso acontecer pode esquecer.
É uma faca de dois gumes.

Normalmente o console mais poderoso sai mais tarde que a concorrência. E deixar um concorrente forte sozinho no mercado por um ano é complicado.O console que veio antes perde em HW,mas normalmente vai ter um custo melhor por toda a geração em relação ao novo.

E se a diferença em HW não for MUITO maior em HW não vai fazer a diferença.

Acho que no momento a Sony tem uma vantagem muito favorável por ser líder. Ela é a única que pode escolher sair antes,ou depois com um HW mais poderoso.

Mas não é o HW.independente disso o melhor é entupir seu sistema com jogos únicos só seus.Isso faz vender console,porque as diferenças em HW nunca serão grandes demais ao ponto de gráficos serem "defasados" em relação ao outro.HW funciona para o marketing inicial como foi o caso do PS4 mais aliado a custo beneficio. Se vc tem o HW mais poderoso e mais caro não é determinante.

Teria que ser um primeiro Xbox,bem mais poderoso e com bastante subsídios para fazer um bom barulho atualmente.
 
Ultima Edição:


Dig Joy

Vem brincar comigo!
VIP
Mensagens
9.186
Reações
23.242
Pontos
353
É uma faca de dois gumes.

Normalmente o console mais poderoso sai mais tarde que a concorrência. E deixar um concorrente forte sozinho no mercado por um ano é complicado.O console que veio antes perde em HW,mas normalmente vai ter um custo melhor por toda a geração em relação ao novo.

E se a diferença em HW não for MUITO maior em HW não vai fazer a diferença.

Acho que no momento a Sony tem uma vantagem muito favorável por ser líder. Ela é a única que pode escolher sair antes,ou depois com um HW mais poderoso.

Mas não é o HW.independente disso o melhor é entupir seu sistema com jogos únicos só seus.Isso faz vender console,porque as diferenças em HW nunca serão grandes demais ao ponto de gráficos serem "defasados" em relação ao outro.HW funciona para o marketing inicial como foi o caso do PS4 mais aliado a custo beneficio. Se vc tem o HW mais poderoso e mais caro não é determinante.
Nesse caso não.
O suposto hardware que o xbox aí vai usar já é o que tem de melhor, até por que nem lançado foi.
Então para o ps5 ter algo melhor, teria que ser mais caro ou lançar daqui 3-4 anos hahaha.
Então tirem o cavalinho da chuva...
 

Mr Bones

Bam-bam-bam
Mensagens
9.937
Reações
7.413
Pontos
494
Eu torço para o anúncio ser em 2020, para sair em 2021. One X tem muita lenha para queimar. Mas acho difícil isso acontecer. Mais provável sair mesmo em 2020.

No mais, acho que será um hardware bem impressionante. Parece que é questão de honra ter o melhor hardware em specs dentro da equipe Xbox. E One X fizeram o dever de casa novamente.
 

cavallier

Bam-bam-bam
Mensagens
1.062
Reações
1.815
Pontos
234
um sábio já dizia: "Com o devido downgrade, tudo é possível portar"
A MS deixou BEM claro quando anunciou o one X : TODOS os jogos lançados no Xbox one X OBRIGATORIAMENTE teriam que rodar no Xbox one S. Então essa ideia de console de entrada não existe.
 

Quakeguy

Veterano
Mensagens
605
Reações
813
Pontos
143
A MS deixou BEM claro quando anunciou o one X : TODOS os jogos lançados no Xbox one X OBRIGATORIAMENTE teriam que rodar no Xbox one S. Então essa ideia de console de entrada não existe.
Far Cry 4, MGS 5, Rise of tomb raider, Forza 2, Wolfenstein, etc tambem saíram pra X360

O lance é se o tal "console de entrada" pegar versões que são claramente inferiores a visão artística que o criador teve, como alguns desse acima tiveram, ou pior, como vários games no Xbox One tiveram rodando a 720p/900p e outras subresoluções bizarras
 

Água Mineral

Bam-bam-bam
Mensagens
1.752
Reações
2.002
Pontos
303
A MS deixou BEM claro quando anunciou o one X : TODOS os jogos lançados no Xbox one X OBRIGATORIAMENTE teriam que rodar no Xbox one S. Então essa ideia de console de entrada não existe.
mas o que acontece é o contrário, o X recebe os jogos do Xone Fat/S melhorados

da mesma forma que a MS anunciou que todos receberiam os mesmo jogos, ela pode vir a público e informar que o Fat/S serão descontinuados e o X passa a ser o console de entrada da próxima geração.
 

Mr Bones

Bam-bam-bam
Mensagens
9.937
Reações
7.413
Pontos
494
mas o que acontece é o contrário, o X recebe os jogos do Xone Fat/S melhorados

da mesma forma que a MS anunciou que todos receberiam os mesmo jogos, ela pode vir a público e informar que o Fat/S serão descontinuados e o X passa a ser o console de entrada da próxima geração.
Eu também entendi isso. Enquanto estivermos nessa geração o One X nao ter jogos exclusivos. Este é o compromisso.
 

cavallier

Bam-bam-bam
Mensagens
1.062
Reações
1.815
Pontos
234
Far Cry 4, MGS 5, Rise of tomb raider, Forza 2, Wolfenstein, etc tambem saíram pra X360

O lance é se o tal "console de entrada" pegar versões que são claramente inferiores a visão artística que o criador teve, como alguns desse acima tiveram, ou pior, como vários games no Xbox One tiveram rodando a 720p/900p e outras subresoluções bizarras
Ter versões é bem diferente de ser console de entrada.
 

Zé Dorguinha

Bam-bam-bam
Mensagens
2.077
Reações
3.989
Pontos
303
XoneX mal consegue rodar os jogos atuais em 4k 30fps sem ter de apelar pro checkboard, acreditar que ele será "console de entrada" da próxima geração é ser otimista demais.
Red Dead 2 manda abraços, Forza Horizon 4 tb, e isso foram os dois últimos que joguei e são AAA.

Console de checkerboard eh do outro lado.
 

nando3d

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
20.299
Reações
21.872
Pontos
654
Porré. Como foi na geração passada, a M$ tomou a iniciativa e lançou o 360 primeiro, a fim de ganhar terreno primeiro do que a Sony.

Deve acontecer o mesmo. A M$ deve sair ou pretende sair na frente. Enquanto isso, a Sony fica, em campana, só esperando a iniciativa da concorrente para, se possível, lançar o seu console de forma concomitante.
Nas gerações passadas era fato, mas atualmente, eu duvido disso.

Pensando aqui na nextgen, nas notícias recentes e tal e passei a pensar que a Microsoft tem o interesse de vender bem seus hardwares, mas acho que isso deixou de ser o foco, tanto que por isso nem divulgam mais vendas. Acho que o que ela tem como objetivo é estar a frente em software, estando presente em tudo, desde games, a servidores, celulares, desktops, etc.

Ela disse que o Scarlett será o mais poderoso e virá em 2020, ou seja, ela já tem os planos bem definidos.

Eu ainda acho que o Xbox One S e o X ainda estarão no mercado. Eles são plenamente capazes de rodar quaisquer jogos da nova geração. O modelo de sistema unificado permite isso. Cada console rodará conforme pode.

Xbox One S - 900p ou 1080p, low a 30 fps
Xbox One X - 4k checkboarding, 30 fps, medium, high
Scarlett - 4k@60 fps - ultra
Scarlett streaming - dependendo da conexão.

Ela teria várias opções e abraçaria inúmeros consumidores:

Scarlett streaming - 100 dólares
Xbox One S - 150 dólares
Xbox One X - 300 dólares
Scarllet - 500 dólares.

O consumidor teria um jogo que rodaria em inúmeros aparelhos. Eu compro o jogo uma vez só. Ou melhor, eu nem compro o jogo, eu pago uma assinatura mensal do Gamepass.
Melhor ainda, eu assino por 2 anos e ainda levo um console.

Enfim, eu acho que a Microsoft vai estar bem diversificada em hardware e ainda terá conteúdo próprio. Basicamente, a Microsoft está tomando os rumos que o Netflix fez, abraçando uma estratégia com um potencial enorme.

Na minha visão, isso poderia explicar o cancelamento da E3 da Sony dentre outras coisas. Ela provavelmente queria esticar mais a geração, o PS4 tá vendendo bem. Mas algum sinal de alerta deve ter ligado lá na Sony ao perceberem essa estratégia e talvez eles tenham tido que mudar os planos, para pelo menos adiantar o PS5, já que mais uma vez vão apostar no modelo tradicional. Não sei se eles teriam outras opções a tempo, por isso, lançariam o console primeiro e ganhar pelo hype, para depois ir fazendo algo.

Veja que enquanto do lado da Sony, vc não sabe se jogos como Death Stranding, TLOU2, Ghost of Tsushima sairão para PS4, no lado da Microsoft vimos que todos os jogos anunciados sairão pro Xbox One, inclusive Halo Infinite, Gears 5 e ainda com um prazo. Gears 5 em 2019 e Halo em 2020.

Enfim, a impressão que eu tenho é que a Microsoft está tranquila, enquanto a Sony parece meio afobada.

Devaneios meios. A Sony, pelas atitudes e relacionamento com o público, vem deixando a desejar e o PS4 apesar de ser uma máquina interessante, parece vender mais hype do que jogos.

Enfim, vamos ver o que nos aguarda.
 
Ultima Edição:

lmp4444x

Bam-bam-bam
Mensagens
2.585
Reações
2.050
Pontos
359
Nas gerações passadas era fato, mas atualmente, eu duvido disso.

Pensando aqui na nextgen, nas notícias recentes e tal e passei a pensar que a Microsoft tem o interesse de vender bem seus hardwares, mas acho que isso deixou de ser o foco, tanto que por isso nem divulgam mais vendas. Acho que o que ela tem como objetivo é estar a frente em software, estando presente em tudo, desde games, a servidores, celulares, desktops, etc.

Ela disse que o Scarlett será o mais poderoso e virá em 2020, ou seja, ela já tem os planos bem definidos.

Eu ainda acho que o Xbox One S e o X ainda estarão no mercado. Eles são plenamente capazes de rodar quaisquer jogos da nova geração. O modelo de sistema unificado permite isso. Cada console rodará conforme pode.

Xbox One S - 900p ou 1080p, low a 30 fps
Xbox One X - 4k checkboarding, 30 fps, medium, high
Scarlett - 4k@60 fps - ultra
Scarlett streaming - dependendo da conexão.

Ela teria várias opções e abraçaria inúmeros consumidores:

Scarlett streaming - 100 dólares
Xbox One S - 150 dólares
Xbox One X - 300 dólares
Scarllet - 500 dólares.

O consumidor teria um jogo que rodaria em inúmeros aparelhos. Eu compro o jogo uma vez só. Ou melhor, eu nem compro o jogo, eu pago uma assinatura mensal do Gamepass.
Melhor ainda, eu assino por 2 anos e ainda levo um console.

Enfim, eu acho que a Microsoft vai estar bem diversificada em hardware e ainda terá conteúdo próprio. Basicamente, a Microsoft está tomando os rumos que o Netflix fez, abraçando uma estratégia com um potencial enorme.

Na minha visão, isso poderia explicar o cancelamento da E3 da Sony dentre outras coisas. Ela provavelmente queria esticar mais a geração, o PS4 tá vendendo bem. Mas algum sinal de alerta deve ter ligado lá na Sony ao perceberem essa estratégia e talvez eles tenham tido que mudar os planos, para pelo menos adiantar o PS5, já que mais uma vez vão apostar no modelo tradicional. Não sei se eles teriam outras opções a tempo, por isso, lançariam o console primeiro e ganhar pelo hype, para depois ir fazendo algo.

Veja que enquanto do lado da Sony, vc não sabe se jogos como Death Stranding, TLOU2, Ghost of Tsushima sairão para PS4, no lado da Microsoft vimos que todos os jogos anunciados sairão pro Xbox One, inclusive Halo Infinite, Gears 5 e ainda com um prazo. Gears 5 em 2019 e Halo em 2020.

Enfim, a impressão que eu tenho é que a Microsoft está tranquila, enquanto a Sony parece meio afobada.

Devaneios meios. A Sony, pelas atitudes e relacionamento com o público, vem deixando a desejar e o PS4 apesar de ser uma máquina interessante, parece vender mais hype do que jogos.

Enfim, vamos ver o que nos aguarda.
Você acha mesmo que esses jogos tem possibilidade de não sair pra pra PS4? Cross gen acho que vão ser mesmo, agora não sair pra PS4, pra mim, é 0% de chance.

E a mic tranquila e a Sony não? A Sony não tava tranquila com o PS3 no início, ali sim ela tava perdidinha, e PS4 vende ainda por causa de hype? Isso é papo de início de geração, hype não faz nunca ela vender quase 2:1.

Enviado de meu XT1225 usando o Tapatalk
 

nando3d

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
20.299
Reações
21.872
Pontos
654
Você acha mesmo que esses jogos tem possibilidade de não sair pra pra PS4? Cross gen acho que vão ser mesmo, agora não sair pra PS4, pra mim, é 0% de chance.

E a mic tranquila e a Sony não? A Sony não tava tranquila com o PS3 no início, ali sim ela tava perdidinha, e PS4 vende ainda por causa de hype? Isso é papo de início de geração, hype não faz nunca ela vender quase 2:1.

Enviado de meu XT1225 usando o Tapatalk
Hype que eu falo é que os jogos exclusivos dela são bem aclamados, mas não tem nada demais. Acho que existe um certo exagero nisso aí. Ela no começo vendeu pra caralho por conta do marketing bem sucedido contra as falhas da Microsoft. Hoje em dia o console vende por ser quase unanimidade. Todo mundo vai te recomendar um, mesmo que ele não seja necessariamente do seu agrado.

Se não for tranquilidade, é no mínimo acomodação.
 

capixaba

Veterano
Mensagens
490
Reações
723
Pontos
118
Nas gerações passadas era fato, mas atualmente, eu duvido disso.

Pensando aqui na nextgen, nas notícias recentes e tal e passei a pensar que a Microsoft tem o interesse de vender bem seus hardwares, mas acho que isso deixou de ser o foco, tanto que por isso nem divulgam mais vendas. Acho que o que ela tem como objetivo é estar a frente em software, estando presente em tudo, desde games, a servidores, celulares, desktops, etc.

Ela disse que o Scarlett será o mais poderoso e virá em 2020, ou seja, ela já tem os planos bem definidos.

Eu ainda acho que o Xbox One S e o X ainda estarão no mercado. Eles são plenamente capazes de rodar quaisquer jogos da nova geração. O modelo de sistema unificado permite isso. Cada console rodará conforme pode.

Xbox One S - 900p ou 1080p, low a 30 fps
Xbox One X - 4k checkboarding, 30 fps, medium, high
Scarlett - 4k@60 fps - ultra
Scarlett streaming - dependendo da conexão.

Ela teria várias opções e abraçaria inúmeros consumidores:

Scarlett streaming - 100 dólares
Xbox One S - 150 dólares
Xbox One X - 300 dólares
Scarllet - 500 dólares.

O consumidor teria um jogo que rodaria em inúmeros aparelhos. Eu compro o jogo uma vez só. Ou melhor, eu nem compro o jogo, eu pago uma assinatura mensal do Gamepass.
Melhor ainda, eu assino por 2 anos e ainda levo um console.

Enfim, eu acho que a Microsoft vai estar bem diversificada em hardware e ainda terá conteúdo próprio. Basicamente, a Microsoft está tomando os rumos que o Netflix fez, abraçando uma estratégia com um potencial enorme.

Na minha visão, isso poderia explicar o cancelamento da E3 da Sony dentre outras coisas. Ela provavelmente queria esticar mais a geração, o PS4 tá vendendo bem. Mas algum sinal de alerta deve ter ligado lá na Sony ao perceberem essa estratégia e talvez eles tenham tido que mudar os planos, para pelo menos adiantar o PS5, já que mais uma vez vão apostar no modelo tradicional. Não sei se eles teriam outras opções a tempo, por isso, lançariam o console primeiro e ganhar pelo hype, para depois ir fazendo algo.

Veja que enquanto do lado da Sony, vc não sabe se jogos como Death Stranding, TLOU2, Ghost of Tsushima sairão para PS4, no lado da Microsoft vimos que todos os jogos anunciados sairão pro Xbox One, inclusive Halo Infinite, Gears 5 e ainda com um prazo. Gears 5 em 2019 e Halo em 2020.

Enfim, a impressão que eu tenho é que a Microsoft está tranquila, enquanto a Sony parece meio afobada.

Devaneios meios. A Sony, pelas atitudes e relacionamento com o público, vem deixando a desejar e o PS4 apesar de ser uma máquina interessante, parece vender mais hype do que jogos.

Enfim, vamos ver o que nos aguarda.
Acho que a MS pode usar a família one (fat e S) para o Xcloud, o S sem leitor saindo ano que vem parece ser um sinal nesse direcionamento. O X acho wue aguenta ao menos uns dois anos do Scarlett.
Vou além, diria que esse novo Xbox não vai ter um segundo nome, aposto apenas em Xbox e ganhando versões atualizadas a cada dois anos, seu console dura enquanto ele aguentar os novos jogos, se não aguentar mais corre pro streaming disponível nele.

Enviado de meu Redmi 5 Plus usando o Tapatalk
 

nando3d

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
20.299
Reações
21.872
Pontos
654
Acho que a MS pode usar a família one (fat e S) para o Xcloud, o S sem leitor saindo ano que vem parece ser um sinal nesse direcionamento. O X acho wue aguenta ao menos uns dois anos do Scarlett.
Vou além, diria que esse novo Xbox não vai ter um segundo nome, aposto apenas em Xbox e ganhando versões atualizadas a cada dois anos, seu console dura enquanto ele aguentar os novos jogos, se não aguentar mais corre pro streaming disponível nele.

Enviado de meu Redmi 5 Plus usando o Tapatalk
Nada impede que a produtora deixe de dar suporte as plataformas antigas, por falta de capacidade, mas aí é escolha dela.

Em linhas gerais, a Microsoft apenas estaria dando uma organizada no que já existe nos PCs, só que ao invés de montar uma máquina, você compraria uma máquina pronta.

Os smartphones seguem algo do tipo.
 

Água Mineral

Bam-bam-bam
Mensagens
1.752
Reações
2.002
Pontos
303
Você acha mesmo que esses jogos tem possibilidade de não sair pra pra PS4? Cross gen acho que vão ser mesmo, agora não sair pra PS4, pra mim, é 0% de chance.

E a mic tranquila e a Sony não? A Sony não tava tranquila com o PS3 no início, ali sim ela tava perdidinha, e PS4 vende ainda por causa de hype? Isso é papo de início de geração, hype não faz nunca ela vender quase 2:1.

Enviado de meu XT1225 usando o Tapatalk
Não seria novidade, está no histórico da Sony. Mostrar jogos em CG e falar que é gameplay, anúnciar jogos que não estão de fato em desenvolvimento pra criar hype de lançamento (FF VII Remake) e adiar jogos do uma geração pra outra como houve em todos os PlayStation.
 

lmp4444x

Bam-bam-bam
Mensagens
2.585
Reações
2.050
Pontos
359
Não seria novidade, está no histórico da Sony. Mostrar jogos em CG e falar que é gameplay, anúnciar jogos que não estão de fato em desenvolvimento pra criar hype de lançamento (FF VII Remake) e adiar jogos do uma geração pra outra como houve em todos os PlayStation.
Fora o The Last Guardian, qual outro passou de geração?

Enviado de meu XT1225 usando o Tapatalk
 

sonicflood

Bam-bam-bam
VIP
Mensagens
7.074
Reações
6.504
Pontos
399
caramba seis páginas para discutir sobre xbox? nem tem vendas assim para discutir.
 

RareHero

Bam-bam-bam
Mensagens
8.207
Reações
20.671
Pontos
363
Não seria novidade, está no histórico da Sony. Mostrar jogos em CG e falar que é gameplay, anúnciar jogos que não estão de fato em desenvolvimento pra criar hype de lançamento (FF VII Remake) e adiar jogos do uma geração pra outra como houve em todos os PlayStation.
FFVII até onde se sabe é um jogo da Squenix, Sony não tem culpa de o desenvolvimento ter sido conturbado, sobre mostrar CGs, realmente, foi algo feio ali no começo da era do PS3 mas isso não quer dizer que a empresa é a única a fazer esse tipo de divulgação, tanto a Mic quanto a Nintendo tb possuem um histórico de mostrar uma coisa e entregar outra coisa e da mesma forma com ambas, tb tiveram casos de jogos anunciados para uma geração que só foram lançados na geração seguinte.
 

Mr Bones

Bam-bam-bam
Mensagens
9.937
Reações
7.413
Pontos
494
Nas gerações passadas era fato, mas atualmente, eu duvido disso.

Pensando aqui na nextgen, nas notícias recentes e tal e passei a pensar que a Microsoft tem o interesse de vender bem seus hardwares, mas acho que isso deixou de ser o foco, tanto que por isso nem divulgam mais vendas. Acho que o que ela tem como objetivo é estar a frente em software, estando presente em tudo, desde games, a servidores, celulares, desktops, etc.

Ela disse que o Scarlett será o mais poderoso e virá em 2020, ou seja, ela já tem os planos bem definidos.

Eu ainda acho que o Xbox One S e o X ainda estarão no mercado. Eles são plenamente capazes de rodar quaisquer jogos da nova geração. O modelo de sistema unificado permite isso. Cada console rodará conforme pode.

Xbox One S - 900p ou 1080p, low a 30 fps
Xbox One X - 4k checkboarding, 30 fps, medium, high
Scarlett - 4k@60 fps - ultra
Scarlett streaming - dependendo da conexão.

Ela teria várias opções e abraçaria inúmeros consumidores:

Scarlett streaming - 100 dólares
Xbox One S - 150 dólares
Xbox One X - 300 dólares
Scarllet - 500 dólares.

O consumidor teria um jogo que rodaria em inúmeros aparelhos. Eu compro o jogo uma vez só. Ou melhor, eu nem compro o jogo, eu pago uma assinatura mensal do Gamepass.
Melhor ainda, eu assino por 2 anos e ainda levo um console.

Enfim, eu acho que a Microsoft vai estar bem diversificada em hardware e ainda terá conteúdo próprio. Basicamente, a Microsoft está tomando os rumos que o Netflix fez, abraçando uma estratégia com um potencial enorme.

Na minha visão, isso poderia explicar o cancelamento da E3 da Sony dentre outras coisas. Ela provavelmente queria esticar mais a geração, o PS4 tá vendendo bem. Mas algum sinal de alerta deve ter ligado lá na Sony ao perceberem essa estratégia e talvez eles tenham tido que mudar os planos, para pelo menos adiantar o PS5, já que mais uma vez vão apostar no modelo tradicional. Não sei se eles teriam outras opções a tempo, por isso, lançariam o console primeiro e ganhar pelo hype, para depois ir fazendo algo.

Veja que enquanto do lado da Sony, vc não sabe se jogos como Death Stranding, TLOU2, Ghost of Tsushima sairão para PS4, no lado da Microsoft vimos que todos os jogos anunciados sairão pro Xbox One, inclusive Halo Infinite, Gears 5 e ainda com um prazo. Gears 5 em 2019 e Halo em 2020.

Enfim, a impressão que eu tenho é que a Microsoft está tranquila, enquanto a Sony parece meio afobada.

Devaneios meios. A Sony, pelas atitudes e relacionamento com o público, vem deixando a desejar e o PS4 apesar de ser uma máquina interessante, parece vender mais hype do que jogos.

Enfim, vamos ver o que nos aguarda.
Únicas coisas primordiais para Microsoft é garantir e cumprir que os próximos Xbox irão rodar todo conteúdo desta geração. Tudo que One roda os próximos Xbox vai rodar.

E a outra é ter o console mais robusto em specs e com os jogos rodando melhor, como é o One X na atualidade.

E pelas specs do One X, ele só não será o console de entrada, mais barato da
Microsoft se ela não quiser. Tem tudo para ser. Pelo menos até sair o console meio da geração, Scarlet X, digamos assim.

Pelas declarações da Sony e informações de vendas do One X, o consumidor aprovou está atualização de hardware no meio da geração. Tem tudo para continuar. Desde que seja de 3 a 4 anos, acho bem vindas.
 

Grave Uypo

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
10.158
Reações
16.803
Pontos
553
XoneX mal consegue rodar os jogos atuais em 4k 30fps sem ter de apelar pro checkboard, acreditar que ele será "console de entrada" da próxima geração é ser otimista demais.
outro dia fui jogar forza 7 pq o forza horizon tinha download de 14gb pra fazer e... putz, teve uma das corridas que foi a coisa mais linda q ja vi. até o HDR de tv ruim tava lindo ali (suponho que em sala devidamente escurecida e jogo feito direito esse efeito realmente tenha valor mesmo em tv low end).

comecei a corrida numa tarde clara e a corrida foi indo e o sol desceu, aí veio nuvens pesadas e escureceu tudo pra caralho, deixando apenas frestas do céu clarissimas passarem, dai comecou a chover canivetes e ficou mais escuro ainda, de uma forma convincente que nao tinha visto ainda em games, a pista foi acumulando agua, formaram poças, e tinha horas que a densidade da chuva prejudicava bastante a visibilidade. atmosfera daquela corrida foi perfeita e os visuais estonteantes. tudo em 4k 60fps nativos. estranho como o jogo virou tão forte do inicio da geração pra agora na disputa visual dos horizons vs os motorsports. fm7 ta dando baile grafico no forza horizon 4.
 

- SEAN -

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
15.235
Reações
35.327
Pontos
594
In late July, two different reports from reputable sources (Thurrott and The Verge) suggested that a next-generation ‘streaming Xbox’ is in development at Microsoft. This would be a low-powered device designed specifically to be used in conjunction with the cloud gaming platform that we now know to be Project xCloud. Allegedly, it would be in addition to another more powerful Xbox console geared to run games locally, per tradition.

We have now received information regarding the chip that will power this cheap, affordable game console. As you may have read, the AMD Picasso line of APUs has been recently linked to an upcoming Microsoft Surface laptop. However, according to the leaker, Microsoft is really interested in using a semi-custom Picasso chip for the aforementioned next-generation streaming Xbox.

Reportedly, that’s because of the great power consumption to performance ratio of the AMD Picasso APU, which is expected to allow a small form factor for the hardware and crucially to enable Microsoft to keep the price low.

Some ‘latency sensitive’ calculations will be made locally, but the critical innovation from a technological standpoint will be hardware accelerated deep learning in both the datacenters and the Picasso silicon. This ‘cornerstone’ has been described by the leaker as a more sophisticated version of Project Brainwave, the deep learning acceleration platform for real-time AI announced last year by Microsoft.


What’s interesting is that through deep learning, both the servers and the console will improve over time at predicting the actions of players and henceforth minimizing latency. This would tie nicely into making this streaming Xbox a very accessible console in terms of price, therefore giving the neural network lots of users to learn from. The overall goal at Microsoft is to cut down latency as much as possible, which they believe they’ll have the chance to do by optimizing their hardware, software and datacenters.

We already know from the Project xCloud announcement that Microsoft is indeed building custom datacenter hardware to be compatible with Xbox consoles, so that part of the leak definitely checks out.

Kareem Choudhry (Microsoft’s Corporate Vice President of Xbox Software Engineering) – We’ve enabled compatibility with existing and future Xbox games by building out custom hardware for our datacenters that leverages our years of console and platform experience. We’ve architected a new customizable blade that can host the component parts of multiple Xbox One consoles, as well as the associated infrastructure supporting it. We will scale those custom blades in datacenters across Azure regions over time.​

Going back to the Ryzen 3000 AMD Picasso APU, the specifications leaked just two days ago via GeekBench. The Ryzen 5 3500U, for instance, comes with four physical cores and eight threads (through multithreading), with a base clock frequency of 2.10 GHz, 2MB of L2 Cache, 4MB of L3 Cache, and 15W of TDP (Thermal Design Power). According to our hardware team, it should include eight Compute Units for a total of 512 stream processors.

Of course, this does not give us much to go on with regards to the chip Microsoft would use. The leaker stated a semi-customized chip would be used, which was after all the case for all the AMD chips used in PlayStation 4, PlayStation 4 Pro, Xbox One, Xbox One S and Xbox One X consoles. Thus, the specifications may well be very different as needed by Microsoft in this case.

We’ll let you know should more details arise on the upcoming streaming Xbox, still unconfirmed by Microsoft but highly likely at this point.
 

- SEAN -

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
15.235
Reações
35.327
Pontos
594


It’s no secret that Microsoft is working on its next-generation console for an expected release in 2020. The hardware is actively being developed but the launch strategy is starting to materialize and this post will help you make sense of all the different codenames that are being talked about.

The name Xbox Scarlett has been floating around since this summer and it represents, at a broad level, the next generation of consoles. As of right now, there are two being planned, Anaconda (which others have noted as well) and Lockhart, which is an ‘arcade’ version of Anaconda.

Microsoft refers to Anaconda as Scarlett Pro and Lockhart as Scarlett Arcade. Think of Lockhart as the successor to the Xbox One S, whereas Anaconda is the successor to the Xbox One X. And to toss one more name into the bunch, Danta is the name of the Scarlett devkit that is based on Anaconda.

On the xCloud side of things, there is Anthem; this is what Microsoft calls the Xbox One S version of its cloud platform. Anthem V2 will roll out later this year which will be based on a revised version of the Xbox One S that is focused on reducing the cost to manufacture the hardware. And of course, there is an Anaconda Cloud in the works as well.

For the hardware components, to little surprise, AMD will be building the chips for the next-gen console. I’m hearing that it may be based on AMD Zen 2 and will also use next-gen GPU architecture as well. As for the specific performance targets, that’s still a bit murky at this time.

On the software side of things, Microsoft is working on what it calls GameCore that will benefit both PC and Xbox gamers. The goal of this feature is to make it easier for developers to build games faster and have more built-in functionality out of the dev kit box.

GameCore is the evolution of the UWP platform and is going to help Microsoft eventually start building container-based apps. GameCore will make it significantly easier for developers to utilize Xbox services on both PC and the Xbox and should provide for higher levels of performance with lower-level system access and control of hardware assets.

But before those devices and software show up, we will first see Maverick. This is the disk-less console that I wrote about a few weeks back that is still on track to be released next year. I believe it will still be released in the spring but as with all hardware and products, plans may change or be canceled.

Along with Maverick, Microsoft is planning Roma, which is a ‘digital attach’ feature for the Xbox. What this will allow you to do, as long is it is shipped as planned, is order an Xbox One with digital services ‘attached’ to the hardware when it ships to your house.

Think of it this way, in the near future, you will be able to buy an Xbox, subscribe to GamePass and Xbox Live, pre-pay for a fixed time period, and when your device shows up, it will be pre-configured from day one. While this may not be a killer feature, the streamlined process will make the day one experience a little bit better.

And I also think Microsoft may be trolling me as well. There is a codename for a series of Xbox One controllers called Cincinnati, that was part of the announcement last year where you can put an NFL logo on an Xbox controller. If you aren’t familiar with the Cincinnati Bengals, they continue to be a thorn in my side for the past two decades with, at best, losing in the first round of the playoffs.

There’s a lot we don’t know yet about the next-gen consoles including the hardware specs, although AMD is building the chips and GPU, and the benchmarks the company is targeting for raw performance. But I think it’s safe to say, considering the Xbox One X already enables 4k gaming, anything less than stable 4k, 60FPS, for Anaconda, will be a letdown.
 
Topo