O que há de Novo?
  • Novo tema VIP está disponível
    Visitante, um novo tema com fundo escuro agora está disponível para aqueles que contribuíram com doações ao fórum e têm o status VIP. Veja os detalhes aqui.


Nintendo Switch | Tópico Oficial do "Vai Falir!"

GFOLDSCHOOL

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
16.299
Reações
17.991
Pontos
553
Eu tenho fé que a Retro vai fazer um novo jogaço e com uma outra IP da Nintendo
Todo mundo duvidava deles em Metroid, entregaram um jogo ótimo
Pegaram Dk , entregaram 2 ótimos jogos.
Ou eles partem e fazem um jogo em 3d de Dk, ou que peguem o Star Fox mesmo que pelos rumores vai ser bem diferente.

Enviado de meu moto x4 usando o Tapatalk
O ruim é que muitos devs saíram da empresa,tem que ver se os caras que estão lá ainda são bons.

Enviado de meu Redmi 5 Plus usando o Tapatalk
 


HugeFinalBoss

Bam-bam-bam
Mensagens
1.318
Reações
2.269
Pontos
304
Mais do que isso. Nintendo sempre está experimentando coisas novas. Quando ela percebe que uma franquia que ela já possui serve bem para comunicar a proposta daquela nova mecânica, ela reutiliza uma franquia já existente. Mas quando ela percebe que é melhor inventar uma nova franquia, porque nada que ela tem comunica bem a nova proposta, então é hora de inventar a franquia.

Foi assim com Splattoon e Arms. O que dentro da Nintendo comunicava as ideias de jatos de tinta e braços estendíveis por molas? Nada, então ela criou essas franquias.

É o estilo de design form follow function.

Mas o fato fundamental, que é diferente de Sony e Microsoft, é que Nintendo não perde tempo pensando: "temos que fazer um jogo desse gênero aqui porque esse gênero tá bombando e é popular e temos que lançar algo pra capitalizar o momento!". Ela nunca cria um jogo de um determinado gênero só pra tampar um buraco, pra dizer que tem um jogo desse gênero. E é por isso que tem tanto flop tanto da Sony quanto da Microsoft em jogos que eles quiseram unicamente tampar buracos ou surfar na onda.

Se você não tem uma ideia boa suficiente para fazer um jogo, independente de qual seja o seu gênero, sua chance de falha é muito grande. É igual um aluno da escola tendo que fazer um trabalho forçado sobre um assunto que ele não gosta e nem domina.
Sei que a Nintendo faz isso,por isso que estou falando.

Eu não estou pedindo novas IPs no estilo da Sony,muitas delas onde trocam mais as partes estéticas do que o resto em si.

Acontece que tem coisa ali que é difícil você colocar,inovar,utilizar as ideias numa franquia só.
Tanto em termos de mecânicas quanto temáticas.

Apesar de pertenferem ao mesmo gênero,Fire Emblem e Advance Wars tem focos completamente diferentes.
Várias ideias que tem em um dificilmente funcionariam no outro.

Por isso eu falei em IPs com focos diferentes

E também acho que não tem motivo algum pra não voltar com algumas daquelas franquias antigas.
Já que você tocou no ponto de "incorporar as ideias em um jogo só", não vi nessa gen uma grande franquia de esporte dela que junte Excitebike,1080 Snowboard,Wave Race e Pilotwings.

Enviado de meu Redmi 5 Plus usando o Tapatalk
Complementando o amigo de cima, já é mais do que público que a Nintendo primeiro cria as mecânicas de um jogo para depois ver se encaixa em alguma franquia existente. Também é sabido que se não tiver nada de novo em algum gênero, dificilmente criará sequencias, a não ser que a franquia seja forte o suficiente para vender somente pelo nome. Myamoto já comentou que não há um novo F-Zero pq eles não tem ideia de inovação para a franquia. O mesmo entendimento deve se dar com jogos de esportes.
 

Túlio Veneno

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
28.622
Reações
38.260
Pontos
553
Desde o primeiro direct do Switch e esse jogo foi anunciado espero por ele. Prometeram para janeiro do ano passado. Já é janeiro/2019 e nada... Prometem ainda nesse semestre. Torcemos.

Sou fã da série Advance Wars, teve um dado momento em que eu não vendia meu NDS só por causa de AA. Mas aí a fdp da Intelligent Systems vai lá e simplesmente abandona a franquia.

 

slashf

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
10.659
Reações
17.269
Pontos
553
Os controles dela são ótimos. Só que se vc curte aqueles botões que são pra baixo, e melhor pegar o do snes mesmo. O do famicom e tudo pra cima.

Enviado de meu moto x4 usando o Tapatalk
 

Megalith

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
10.512
Reações
12.082
Pontos
564
Os controles dela são ótimos. Só que se vc curte aqueles botões que são pra baixo, e melhor pegar o do snes mesmo. O do famicom e tudo pra cima.

Enviado de meu moto x4 usando o Tapatalk
Eu tenho a edição anterior do Super Famicom (só com digital) e já estou acostumado.
 


SquallxD

Ei mãe, 500 pontos!
VIP
Mensagens
12.932
Reações
15.702
Pontos
553
Até onde joguei não chega perto nem do Aria of Sorrow.
O jogo é gigantesco, tem muito chão pela frente.

Melhor do que Order of Ecclesia? Nunca joguei esse Hollow, mas pra ser melhor tem que ser muito bom, viu. A arte dele parece bem genérica se comparada a esse Castlevania.

Enviado de meu LG-K430 usando o Tapatalk
Eu acho melhor, a arte é bem simples porque o jogo é gigantesco e foi feito por um time minusculo, mas mesmo sendo simples tem muito carisma.
 

SquallxD

Ei mãe, 500 pontos!
VIP
Mensagens
12.932
Reações
15.702
Pontos
553
Desde o primeiro direct do Switch e esse jogo foi anunciado espero por ele. Prometeram para janeiro do ano passado. Já é janeiro/2019 e nada... Prometem ainda nesse semestre. Torcemos.

Sou fã da série Advance Wars, teve um dado momento em que eu não vendia meu NDS só por causa de AA. Mas aí a fdp da Intelligent Systems vai lá e simplesmente abandona a franquia.

Chucklefish é especialista em atrasos.
 

sony7

Bam-bam-bam
Mensagens
6.408
Reações
14.517
Pontos
353
Bom, tecnicamente a Nintendo vem lançando novas IPs e não são poucas, mas não são franquias tão relevantes comercialmente.

2017: 1-2-Switch, Snipperclips, Arms, Ever Oasis (3DS)

2018: Nintendo Labo, Sushi Striker, Octopath Traveler (Square-Enix, mas é exclusivo e a Nintendo teve algum envolvimento no desenvolvimento do jogo), Dragalia Lost (Mobile), Fitness Boxing

2019: Daemon X Machina (parece que é da MARVELOUS. Não sei se é exclusivo), Town
Pelo que foi dito na E3, Daemon X Machina é uma noa IP da Nintendo. E ainda tem a nova IP da GameFreak, que deve sair esse ano.
 

GFOLDSCHOOL

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
16.299
Reações
17.991
Pontos
553
Complementando o amigo de cima, já é mais do que público que a Nintendo primeiro cria as mecânicas de um jogo para depois ver se encaixa em alguma franquia existente. Também é sabido que se não tiver nada de novo em algum gênero, dificilmente criará sequencias, a não ser que a franquia seja forte o suficiente para vender somente pelo nome. Myamoto já comentou que não há um novo F-Zero pq eles não tem ideia de inovação para a franquia. O mesmo entendimento deve se dar com jogos de esportes.
Cara...
Eu sei que tem essa parte de "fazer mecânica primeiro e ver se encaixa na franquia depois",tem até um Gamer Toolkit do Mark Brown bem antigo falando disso.

Mas também é verdade que o acervo de franquias e novas IPs lançadas pela Nintendo é menor que antigamente,sendo que a filosofia dela ainda era essa.

Acho normal pra um começo de console não ter isso tudo,mas agora que chegamos em 2019 é hora de começar a reforçar esse lado.
Novas franquias e franquias renovadas.
Se for o caso lança jogos de baixo orçamento pra ver o que acontece,se der retorno investe em jogos maiores.

Quero ver se daqui pra frente a Nintendo vai relaxar ou não nesse sentido.




Enviado de meu Redmi 5 Plus usando o Tapatalk
 

Metal_Killer

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
20.810
Reações
11.236
Pontos
709
Como vcs conseguem jogar Celeste no switch? Sério, o switch pro só precisa de 2 coisas, 4k no dock e um controle que funcione em mãos de adultos
Não consegui jogar 10 min de celeste. Simplesmente não curti o jogo


Sent from my iPhone using Tapatalk
 

RaphaJacob

Ser evoluído
Mensagens
48
Reações
96
Pontos
28
Não consegui jogar 10 min de celeste. Simplesmente não curti o jogo


Sent from my iPhone using Tapatalk
Posso estar errado, mas o estilo me parece muito com a jogabilidade do Super Meat Boy onde tem que ser muito preciso nos controles. Não gostei dele apesar de toda aclamação da crítica. Por isso não embarquei no Celeste até agora.
 
Ultima Edição:

Kise Ryota

Exploiter Lixoso
VIP
Mensagens
41.192
Reações
55.320
Pontos
909
Posso estar errado, mas o estilo me parece muito com a jogabilidade do Super Meat Boy onde tem que ser muito preciso nos controles.
SMB é bem mais difícil na minha opinião, pois a física pesa muito na jogabilidade. Vc tem que levá-la em consideração a cada movimento. O controle é mais "pesado". Celeste é bem mais tranquilo, pq foi feito pra ser totalmente responsivo aos seus comandos.

Fazendo uma comparação bem porca, pense no mario bros original vs super mario world.
 

Xenoblade

Bam-bam-bam
Mensagens
4.024
Reações
7.924
Pontos
283
Fato!!!!!!!
Fiquei pensando nisso o jogo todo!!!!!!

"Poxa, eu estou nessa região de lava...bem que as shrines podiam ser relacionadas a isso, pelo menos em algumas partes".

Acho que eles tentaram um pouco disso no primeiro DLC do jogo, mas ainda assim dava pra brincar mais com a ideia.
Sim, fica meio estranho. Você está no meio de uma floresta e do nada desce para espaços esteticamente "high tech". Fica parecendo que você está transitando entre dimensões diferentes.

Se você estiver numa floresta, o Shrine tem aspecto de floresta. Se está num deserto, o Shrine é desértico e por aí vai.
 

Metal_Killer

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
20.810
Reações
11.236
Pontos
709
Posso estar errado, mas o estilo me parece muito com a jogabilidade do Super Meat Boy onde tem que ser muito preciso nos controles. Não gostei dele apesar de toda aclamação da crítica. Por isso não embarquei no Celeste até agora.
Super meat boy foi outro que não curti. Desses indie, me amarrei em The Messenger e Dead Cells


Sent from my iPhone using Tapatalk
 

Kise Ryota

Exploiter Lixoso
VIP
Mensagens
41.192
Reações
55.320
Pontos
909
Já eu adorava quando entrava numa Shrine e tinha aquela mudança brusca de ambiente. Pra mim era uma sensação mágica, como ter encontrado a porta para um outro mundo.
 

LucianoBraga

Moderador
Membro STAFF
Mensagens
34.536
Reações
122.619
Pontos
834
Já eu adorava quando entrava numa Shrine e tinha aquela mudança brusca de ambiente. Pra mim era uma sensação mágica, como ter encontrado a porta para um outro mundo.
Idem.

As Shrines são coerentes entre si. Era justamente pra ser algo separado, mágico. Não faria o menor sentido, nessa proposta, ser algo do ambiente.

No mais, tá cheio de puzzle de cenário fora das Shrines.
 

Xenoblade

Bam-bam-bam
Mensagens
4.024
Reações
7.924
Pontos
283
E vocês falando aí sobre possíveis novos jogos da Nintendo...comecei a pensar em quais gêneros a Nintendo já atuou.

Corrida: Mario Kart, F-Zero, Diddy Kong Racing, Wave Race
Luta: Smash, Arms, Punch-Out
Em primeira pessoa: Metroid
Plataforma, Mario, Donkey Kong, Kirby, Yoshi
RPG: Paper Mario, Xenoblade
Ritmo: Rhythm Heaven
Esportes: Jogos de esportes do Mario (acho que são uns 5, sei lá lol)
Party : Mario Party(duh), Wii Sports, WarioWare
Ação/aventura/open-world: Zelda
Puzzle: Dr. Mario, Snipperclips, Pushmo


Enfim...ela já fez jogo pra todos os gêneros basicamente lol
Até a chegada do Arms, achava que eles precisavam de mais um game de luta.

Se for analisar friamente, o que precisaria mesmo é de um jogo mais voltado pra FPS, ou desses novos MOBA's da vida. Mas não acho que a Nintendo faria isso, e nem quero isso lol

Levando tudo isso em consideração, acho que a única saída agora é lançar um jogo do Kirby 3D. Por favor Nintendo, já passou da hora....
Se for algo no patamar de 007 Goldeneye e Perfect Dark, que são dois dos melhores shooters que já joguei, seria muito bem-vindo pra mim.

Sobre o assunto, eu também já venho dizendo há algum tempo que a Nintendo poderia voltar a investir no gênero.
 

Túlio Veneno

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
28.622
Reações
38.260
Pontos
553
Pra mim descobrir como liberar a Shrine ou encontrar uma nova foi um dos maiores sentimentos de satisfação que tive nos games. É muito prazeroso. Ainda mais se tratando de um jogo que você pode "dar seu jeito" pra fazer aquilo.
 

Kise Ryota

Exploiter Lixoso
VIP
Mensagens
41.192
Reações
55.320
Pontos
909
As Shrines são coerentes entre si. Era justamente pra ser algo separado, mágico. Não faria o menor sentido, nessa proposta, ser algo do ambiente.
E de certa forma, pra mim, em algumas situações era um alívio quando eu entrava em uma.

Sabemos que os ambientes em BotW podem ser extremamente hostis. O jogo foi tão perfeito nesse sentido que eu me sentia mal quando tava perdido na neve, eu chegava a me sentir com frio ou com calor IRL :klolz

Então quando eu achava uma Shrine, era como uma fuga daquela situação sufocante, justamente pq eu sabia que era uma zona "neutra". Era realmente um alívio e uma sensação mágica ter um lugar tão diferente pra onde correr.
 

Fidid0

Bam-bam-bam
VIP
Mensagens
6.080
Reações
11.555
Pontos
353
Eu particularmente achei essas shrines do BOTW um cu. Principalmente as que usavam o controle de movimento.

Em contrapartida o castelo de Hyrule é a melhor dungeon já criada em qualquer Zelda.
 

Kise Ryota

Exploiter Lixoso
VIP
Mensagens
41.192
Reações
55.320
Pontos
909
Ficar perdido na neve sem conseguir enxergar 3 palmos a frente >>> guardian de shrine

Sempre estive bem equipado para essa situação, não passava problema.
 

Xenoblade

Bam-bam-bam
Mensagens
4.024
Reações
7.924
Pontos
283
Eu particularmente achei essas shrines do BOTW um cu. Principalmente as que usavam o controle de movimento.

Em contrapartida o castelo de Hyrule é a melhor dungeon já criada em qualquer Zelda.
Penso que os Shrines seriam excelentes desafios secundários e opcionais num Zelda que tenha dungeons semelhantes aos quais estamos acostumados. Alguns possuem puzzles bem engenhosos.

Eu só não gostei mesmo da "desconexão" deles em relação ao mundo exterior e do fato de serem todos esteticamente idênticos, sem qualquer variação artística.
 

Kobaia

Veterano
Mensagens
426
Reações
758
Pontos
124
Também acho que a ambientação das Shrines combina com o enredo "civilização tecnológica e misteriosa" que o jogo propôs. Me lembrou muito "Castle in the Sky" do Miyazaki, inclusive os guardiões. Aliás a musica, apesar de ser a mesma pra todos, o que incomodou muita gente, pra mim acrescentou muito nesse clima de "desconhecido".
Me estranhava nos Zeldas anteriores até. O motivo de cada povo ter um dungeon no meio da cidade rs.

Mas de fato pelos Shrines serem mais curtos não possuem a complexidade dos Dungeons tradicionais que a gente gosta. A ambientação mudando acrescentava bastante até na jogabilidade. Isso foi compensado, e muito, no mundo fora do templo. Enquanto nos outros Zeldas era monótono andar pelo mundo, no BotW é foda demais.
 

Queiroga'

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
12.338
Reações
13.125
Pontos
629
Eu tratei as shrines como se fossem um jogo paralelo dentro do jogo principal, fazendo elas, várias em sequência, apenas quando ficava de bode da exploração. Então não me incomodou nada as shrines terem todas a mesma cara.

O que poderiam ter caprichado mais é nos shrines de combate... daria pra colocar desafios de stealth/sobrevivência ou releituras dos chefes dos jogos passados, ao invés de apenas combates contra mini-guardiões.
 

scharlie

Bam-bam-bam
Mensagens
3.312
Reações
11.489
Pontos
303
Panty Party foi anunciado para o Switch:




Gematsu disse:
Cosen is bringing Animu Game-developed action game Panty Party, which first launched for PC in January 2017, to Switch via the Nintendo eShop this spring for 1,500 yen, the publisher announced. It will support Japanese, English, French, German, Spanish, Portuguese, Dutch, Russian, Norwegian, Finnish, Turkish, Ukrainian, Chinese (Traditional and Simplified), and Korean language options.
Fonte: https://gematsu.com/2019/01/panty-party-coming-to-switch-this-spring#rOzTxI8z5eH0JElc.99

Ótima notícia para quem sempre quis jogar com uma calcinha.
 
Topo