O que há de Novo?
  • Novo tema VIP está disponível
    Visitante, um novo tema com fundo escuro agora está disponível para aqueles que contribuíram com doações ao fórum e têm o status VIP. Veja os detalhes aqui.


Now Playing - 2019

antonioli

O Exterminador de nicknames
VIP
Mensagens
88.452
Reações
133.499
Pontos
949
Assisti a algumas coisas recentemente.

Mob Psycho 100: segue aquele padrão de personagem bobo mas overpower e coisas muito loucas. É divertido.

Tate no Yuusha no Nariagari: gostei desse anime mas acho que poderiam trabalhar com a mesma temática como faziam nas décadas de 1980 e 1990 com personagens indo para mundos alternativos e tal sem envolver mais uma vez essa bobagem de jogo. Espero que tenha uma próxima temporada.

One Punch Man S2: achei divertida mas a primeira me pareceu melhor. O problema do Saitama ser tão forte é que os personagens mais fortes que apareceram na temporada foram derrotados só com ele aparecendo um segundo e dando um soco. Aí criam um personagem interessante como o Garo que porra geral mas com um peido do Saitama voa. Ficou faltando alguém muito forte como o last boss da primeira temporada. Mas é um anime divertido de assistir.

Senryu Shoujo: meio bobinho mas pelo menos foi curtinho.
 


Alberon3

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
43.032
Reações
47.672
Pontos
924
Assisti a algumas coisas recentemente.

Mob Psycho 100: segue aquele padrão de personagem bobo mas overpower e coisas muito loucas. É divertido.

Tate no Yuusha no Nariagari: gostei desse anime mas acho que poderiam trabalhar com a mesma temática como faziam nas décadas de 1980 e 1990 com personagens indo para mundos alternativos e tal sem envolver mais uma vez essa bobagem de jogo. Espero que tenha uma próxima temporada.

One Punch Man S2: achei divertida mas a primeira me pareceu melhor. O problema do Saitama ser tão forte é que os personagens mais fortes que apareceram na temporada foram derrotados só com ele aparecendo um segundo e dando um soco. Aí criam um personagem interessante como o Garo que porra geral mas com um peido do Saitama voa. Ficou faltando alguém muito forte como o last boss da primeira temporada. Mas é um anime divertido de assistir.

Senryu Shoujo: meio bobinho mas pelo menos foi curtinho.



Acho que o problema da segunda temporada do One Punch foi a qualidade da animação e o começo calmo, depois que começou a melhorar e lembrar a primeira temporada, mas em qualidade geral, a primeira até agora é insuperável.
Até o torneio, eu estava achando essa temporada bem chatinha.
Garou foi o personagem dessa temporada.
 

Spike Spiegal

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
21.631
Reações
46.932
Pontos
544
Assisti a algumas coisas recentemente.

Mob Psycho 100: segue aquele padrão de personagem bobo mas overpower e coisas muito loucas. É divertido.

Tate no Yuusha no Nariagari: gostei desse anime mas acho que poderiam trabalhar com a mesma temática como faziam nas décadas de 1980 e 1990 com personagens indo para mundos alternativos e tal sem envolver mais uma vez essa bobagem de jogo. Espero que tenha uma próxima temporada.

One Punch Man S2: achei divertida mas a primeira me pareceu melhor. O problema do Saitama ser tão forte é que os personagens mais fortes que apareceram na temporada foram derrotados só com ele aparecendo um segundo e dando um soco. Aí criam um personagem interessante como o Garo que porra geral mas com um peido do Saitama voa. Ficou faltando alguém muito forte como o last boss da primeira temporada. Mas é um anime divertido de assistir.

Senryu Shoujo: meio bobinho mas pelo menos foi curtinho.
OPM S2 pecou na direção. Mas teve todo aquele rolo de troca de estúdio e diretor que a gente já sabe.
Por outro lado, Mob II compensou e fez o que se esperava de OPM S2.
 

JunkyD

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
14.535
Reações
14.124
Pontos
604
E Stardust Memories é bom, mas eu tenho que discordar dessa nota final. Alguns personagens são bem fracos, em especial a piranha da Nina, que no final descobre-se aquela relação secreta dela sem sentido com... bom, não quero dar spoilers pro pessoal. E tudo isso depois do vínculo dela com o Kou.
Em Macross Plus o triângulo amoroso fazia total sentido, em 0083 não.

Notas 8 ou 7 seriam mais apropriadas, apesar de, tecnicamente, ser uma grande produção.
Pois eu vi uma porrada de gente dando nota 6 pra esse, justamente por causa da relação secreta kkkk
 

Desann

Bam-bam-bam
Mensagens
3.550
Reações
5.090
Pontos
349
Tirei o atraso hoje! PQP, como fiquei em frente à TV por tanto tempo? Isso porque eu preciso escrever uma dissertação com urgência, risos...!

Vamos lá:

1) Gundam F91



Um dos materiais mais bonitos - e mais desperdiçados - da saga Gundam! PQP, os 25 minutos iniciais são lindos de doer! Cruelmente bem animados! Depois de 1:00 de filme fica claro: isso daqui era para ser uma série de TV mas foi cancelada e resolveram fazer um filme com o que já havia sido produzido.

Os 25 primeiros minutos forma visivelmente feitos para exibição nos cinemas - a qualidade técnica é de cair o queixo (mesmo 28 anos depois)! Essa batalha dentro de uma colônia espacial é de uma maldade com quem vive ali...chega a dar desespero! Mas tem umas horas que a história é corrida, tem um pulo BRUTAL de narrativa e personagens que sequer foram apresentados reconhecem uns aos outros na batalha final.

Sério: entre Regonguista no G e F91 o Tomino deveria refazer esse daqui!

2) Kenji Kawai Concert 2007 - Cinema Symphony



Show do compositor de Patlabor e Ghost in The Shell. São 2 partes de 2 horas cada. Ultimamente ando ligado nesses concertos sinfônicos de músicos ligados a animes. Joe Hisaishi in Budokan é lindo de ver (e o próprio Joe parece um bonequinho enquanto rege orquestra).

3) Gundam 0083 - episódios 07 e 08.




Mais dois episódios de um anime tão legal...a relação entre Nina Purpleton e Kou Uraki (os 2 do gif) vai crescendo aos pouquinhos...um dos raros casos de relacionamento amoroso entre personagens de anime que soa natural e convincente. Purpleton se importa prá caralho com o Kou, e as sutilezas de uma mulher apaixonada são mostradas a cada episódio.

4) All purpose Cultural Catgirl Nuku Nuku OVA



Taí um anime que não me agradava a idéia de assistir há 20 anos...que não me surpreendeu hoje (é exatamente como eu pensava) mas não é ruim.

Explico para a molecadinha mais nova: teve uma época que TUDO QUANTO ERA ANIME tinha dublagem da Hayashibara Megumi. Ouvia-se a voz histérica dela de longe em qualquer apresentação de cineclube de anime, era um porre...! Doía os ouvidos!

Diretor desse anime é o Yuji Motoyama, o lendário criador do Project A-ko, do excelente capítulo 4 do OVA hentai Cream Lemon (Pop Chaser) e da melhor abertura que Urusei Yatsura poderia ter (a 5ª, Rock the Planet!).

5) Sakamoto Maaya 20th anniversary Live FOLLOW ME at Saitama Super Arena



Dei umas zapeadas por alto, são 3:10 de show...PQP! Vi que tem participação especial da Yoko Kanno; a versão de Kiseki no Umi é de arrepiar os pêlos do antebraço; e tem uma banda indie cantando Yakusoku wa Iranai de um modo tão legal...!
Olho esses Gifs de animes antigos que você posta, e me dá uma tristeza quando vejo a tendência atual da indústria de fazer tudo em cgi...
 

Spike Spiegal

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
21.631
Reações
46.932
Pontos
544
Acho que o problema da segunda temporada do One Punch foi a qualidade da animação e o começo calmo, depois que começou a melhorar e lembrar a primeira temporada, mas em qualidade geral, a primeira até agora é insuperável.
Até o torneio, eu estava achando essa temporada bem chatinha.
Garou foi o personagem dessa temporada.
Honestamente eu achei que melhorou só pro final. Especificamente, os dois últimos episódios.
 


Alberon3

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
43.032
Reações
47.672
Pontos
924
Honestamente eu achei que melhorou só pro final. Especificamente, os dois últimos episódios.

Acho que os ep do Suiryuu foi bom também, acima do que o anime vinha apresentando.
Já os outros heróis, até mesmo o Genos ficaram aquém, meio que jogado para escanteio, relevados a meros "suportes" da trama.

Se for analisar friamente, bom mesmo, foram os eps do Garou e esse do "Shiryu".

 

Spike Spiegal

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
21.631
Reações
46.932
Pontos
544
Acho que os ep do Suiryuu foi bom também, acima do que o anime vinha apresentando.
Já os outros heróis, até mesmo o Genos ficaram aquém, meio que jogado para escanteio, relevados a meros "suportes" da trama.

Se for analisar friamente, bom mesmo, foram os eps do Garou e esse do "Shiryu".

A nível dos primeiros episódios, de fato. Mas de qualidade que pudesse bater de frente com a primeira temporada, só os dois últimos mesmo.
Aquela luta do Garou contra os heróis classe A foi animal de boa. Ponto mais alto da temporada DISPARADO.
 

antonioli

O Exterminador de nicknames
VIP
Mensagens
88.452
Reações
133.499
Pontos
949
Bom, terminei esse dia a segunda parte da 3ª temporada de Attack on Titans. Achei melhor do que as anteriores e aprofundaram mais no que interessa que é a origem dos titãs. Os episódios no passado foram bacanas. O chato é que sempre que se pode claramente finalizar o titã nego fica mongoloide e não matam.

Acabei de terminar Dororo e é uma obra prima. Dororo é maravilhoso e fizeram um excelente trabalho nesta última animação. Os personagens ficaram ótimos, carismáticos, bem construídos, Dororo e Hyakkimaru dupla fantástica e muita cena boa de ação, nível Seirei no Moribito. E nunca vi tanta gente sem membros do corpo em outro lugar.
 

City Hunter

Bam-bam-bam
Mensagens
2.678
Reações
4.875
Pontos
309
1) Encarando a série de tv original do Gundam.



Estou bem no comecinho (capítulos 3 e 4). A história parte da premissa de que a terra virou um lugar privilegiado para viver - e as pessoas 'comuns' foram realocadas para colônias espaciais. Desenvolverei maiores considerações ao longo da minha maratona.

História até o momento: uma parte das colônias espaciais resolveu se rebelar contra o Governo Centralizado da Terra - e abrir uma outra frente militar-governamental. Após um ataque desse pessoal os protagonistas do seriado abandonam a Terra e são realocados em uma nave espacial. Amuro Rei, filho do cientista criador do robô Gundam, vira piloto 'meio ao acaso'.

Tem tiro, matança e sangue pra tudo quanto é lado! Acho que metade da tripulação original da Nave morreu nos primeiros 4 capítulos. Quem PRECISA assumir algumas das funções militares são...adolescentes! Gente entre 13 e 17 anos.

Amuro Rei não é exatamente o justiceiro cego: na hora de votar por um plano de ação ele hesita em expressar sua opinião (qualquer que fosse o resultado ele teria que pilotar o Gundam para resolver a situação). Char Aznable é um ás imbatível como piloto. Até o momento ele foi tratado como 'figura lendária'.

A animação é datada? É! Mas é bem feita (prá época). Ao menos não é intragável como a trilogia de filmes compilando a história (sério: eu dormi DE BABAR quando chegou em 1/3 do 1º filme e chutei o resto).

2) série de TV da Nuku Nuku.



Um equívoco típico dos anos 90! Mal animado, roteiros bobos e nada engraçados. Eu devo me odiar para encarar esse troço...grande candidato ao drop sem olhar prá trás! A android-robô Nuku Nuku é colocada numa escola de segundo grau. Seus colegas de sala são monótonos (parecem saídos da Praça é Nossa: um único bordão para cada um todo santo episódio). A família do criador de Nuku Nuku vira uma espécie de Equipe Rocket: são feitas reuniões misteriosas com todos fantasiados como vilões de tokusatsu ruim!

Compenso esse horror de Nuku Nuku com 2 coisas lindas e divertidas: Jeannie é um Gênio e I Love Lucy. TV Americana dos anos 50, coisa deliciosa de se ver! Me pego rindo feito bobo com a Lucille Ball.
 

senryu

Bam-bam-bam
Mensagens
4.053
Reações
2.675
Pontos
334
1) Encarando a série de tv original do Gundam.



Estou bem no comecinho (capítulos 3 e 4). A história parte da premissa de que a terra virou um lugar privilegiado para viver - e as pessoas 'comuns' foram realocadas para colônias espaciais. Desenvolverei maiores considerações ao longo da minha maratona.

História até o momento: uma parte das colônias espaciais resolveu se rebelar contra o Governo Centralizado da Terra - e abrir uma outra frente militar-governamental. Após um ataque desse pessoal os protagonistas do seriado abandonam a Terra e são realocados em uma nave espacial. Amuro Rei, filho do cientista criador do robô Gundam, vira piloto 'meio ao acaso'.

Tem tiro, matança e sangue pra tudo quanto é lado! Acho que metade da tripulação original da Nave morreu nos primeiros 4 capítulos. Quem PRECISA assumir algumas das funções militares são...adolescentes! Gente entre 13 e 17 anos.

Amuro Rei não é exatamente o justiceiro cego: na hora de votar por um plano de ação ele hesita em expressar sua opinião (qualquer que fosse o resultado ele teria que pilotar o Gundam para resolver a situação). Char Aznable é um ás imbatível como piloto. Até o momento ele foi tratado como 'figura lendária'.

A animação é datada? É! Mas é bem feita (prá época). Ao menos não é intragável como a trilogia de filmes compilando a história (sério: eu dormi DE BABAR quando chegou em 1/3 do 1º filme e chutei o resto).

2) série de TV da Nuku Nuku.



Um equívoco típico dos anos 90! Mal animado, roteiros bobos e nada engraçados. Eu devo me odiar para encarar esse troço...grande candidato ao drop sem olhar prá trás! A android-robô Nuku Nuku é colocada numa escola de segundo grau. Seus colegas de sala são monótonos (parecem saídos da Praça é Nossa: um único bordão para cada um todo santo episódio). A família do criador de Nuku Nuku vira uma espécie de Equipe Rocket: são feitas reuniões misteriosas com todos fantasiados como vilões de tokusatsu ruim!

Compenso esse horror de Nuku Nuku com 2 coisas lindas e divertidas: Jeannie é um Gênio e I Love Lucy. TV Americana dos anos 50, coisa deliciosa de se ver! Me pego rindo feito bobo com a Lucille Ball.
@City Hunter você tem muita coragem mesmo em encarar a versão TV! (to curioso com sua opinião ao fim da jornada)
Comigo o Gundam original eu tive que fazer três tentativas.
Uma com a versão velha dos filmes e sim o filme um original é um saco!
A série de Tv
(que pra mim depois da parte "USA" e vai pro deserto poderia ser a melhor parte mas enrola muito pra uma certa decisão e eles caem de paraquedas na maior operação da guerra; e pra mim na serie e no filme de 2000 não se sente a importância de Odessa e sinceramente é a úncia coisa boa da segunda série de MS Igloo é ver o desespero dos dois lados!)
é boa até uma certa parte que claramente recebem a notícia do corte e demora pacas pra acertar o rumo pra reta final...
(eu não aguentei a enrolação no deserto...)
Os filmes de 99/2000 o terceiro é corrido e tem o começo chato e Odessa vira "cameo"...mas foi a versão que mais gostei e aguentei ir até o fim!

Tem gente que define a série como a trilogia original de star wars e os filmes como os episódios 1 pra 3...(engraçado que em star wars eu amo os episódios 4 à 6, mas odeio as origens que o lucas fez, mas em Gundam eu não gosto da serie num certo ponto que me dava sono direto ver!
, cof, cof pré Odessa
), mas nos filmes de 99/00 acho que cortou a maior parte da gordura desnecessária.
Se for até o fim quero suas opiniões pra eu comparar (ao menos comigo mesmo) com o que fiquei de impressão dos filmes.
 

City Hunter

Bam-bam-bam
Mensagens
2.678
Reações
4.875
Pontos
309
Se for até o fim quero suas opiniões pra eu comparar (ao menos comigo mesmo) com o que fiquei de impressão dos filmes.
Então...apesar das minhas reclamações na época que vi o Turn A Gundam eu me peguei interessado pela saga Gundam. Já vi oThunderboldt (foderoso!), 0080 (méh, mas tem Mikimoto desenhando personagens), 0083 (até o capítulo 10 tá legal). E estou com G Gundam, Z e ZZ torresmados no HD.

Achei o capítulo 03 da série original arrastado...vejamos até onde aguentarei.
 

antonioli

O Exterminador de nicknames
VIP
Mensagens
88.452
Reações
133.499
Pontos
949
Assisti ReLIFE. Excelente.



Não sei como isso passou fora do meu radar, impossível. Eu tenho quase certeza que confundi achando que era ReZero em minhas pesquisas e ignorei.

Personagens carismáticos com evoluções muito bem feitas, história bem desenvolvida com início, meio e fim e romance progressivo. Também tem um toque de bom humor.
Conseguiram fazer uma abordagem sobre NEETs mas sem apelar mais uma vez para personagens mongoloides e reclusos. Interessante entender como o Kaizaki era agregador, bacana e com iniciativa quando jovem e isso se reflete em suas atitudes na ReLIFE e devido a um trauma pesado a vida foi afundando bastante.

Foi muito inteligente o que fizeram sobre dar apenas pequenas pistas sobre o contexto da Hishiro até mostrar que ela era a cobaia nº1. Foi muito natural e fez todo o sentido e a partir daí entraram no momento certo a fundo na parte romântica. Isso foi bizarro porque desde o início sabíamos que os personagens jovens iriam esquecer o Kaizaki mas com a aproximação dele com a Hishiro que também é adulta, torna-se um dilema mais sério e a gente fica meio que na torcida sobre a possibilidade de os dois não serem afetados pelo esquecimento. O final foi muito digno porque mantiveram o programa ReLIFE até o fim mas deram um jeito de os personagens se aproximarem. É mostrado que o Kaizaki correu atrás de trabalha na ReLIFE mas pelo que notei Yoake e Onoya convenceram Hishiro a trabalhar na ReLIFE também e isso deve ter sido de propósito para extra-oficialmente unir os dois.

Belíssimo e quanto mais perto do final mais o coração vai sendo espremido.
 

Ponfick

All Hail
Mensagens
8.715
Reações
1.363
Pontos
339
Não sei se esse é o melhor tópico para comentar, mas não vou criar um tópico para isso.

Viram que o Manga Rock vai fechar?

Era minha principal fonte de Mangas a quase 7 anos.

Alguém tem alguma alternativa?
 

antonioli

O Exterminador de nicknames
VIP
Mensagens
88.452
Reações
133.499
Pontos
949
Terminei Golden Kamuy.

Achei excelente. Trabalho de forma legal a cultura Ainu e também um pouco da Matagi. A primeira temporada é um pouco mais série e centrada na dupla Sugimoto-Asirpa e depois entra o malucão do Shiraishi. Na segunda o grupo aumenta, muda e o tom muda também. Mergulha fundo no humor (bom humor por sinal). Muitos momentos para se mijar de rir.

A história é bacana e os personagens bastante carismáticos e dão uma atenção legal de em algum momento mostrar o passado triste de cada um.

O bom é que já foi renovada para a terceira temporada.
 

antonioli

O Exterminador de nicknames
VIP
Mensagens
88.452
Reações
133.499
Pontos
949
Terminei Doukyonin wa Hiza, Tokidoki, Atama no Ue.

É um barato e para quem tem gato vai se identificar com tudo o que acontece.
 

antonioli

O Exterminador de nicknames
VIP
Mensagens
88.452
Reações
133.499
Pontos
949
Terminei Steins;Gate 0.

Acho que os personagens ficaram menos divertidos, Okarin ficou um saco e o fator divertimento que era grande diminuiu muito. O primeiro foi mais interessante e tenso e acho que poderiam ter feito o 0 em 12 ou 13 episódios que dava mas acabou sendo vários episódios meio chatos para chegar os 6 ou 7 finais e tornar as coisas mais interessantes. A parte final em si foi rápida e confusa, muito confusa. O balanço geral é que foi ok.

No fim das contas esse estúdio só fez Steins;Gate de bom para mim. Chaos;Head e Robotics;Note são chatos, Occultic;Nine não consegui passar do segundo episódio de tão podre. Chaos;Child não consegui passar do segundo também. E Steins;Gate 0 foi isso aí.
 

City Hunter

Bam-bam-bam
Mensagens
2.678
Reações
4.875
Pontos
309
Terminei Gundam 0083



Bom...até o episódio 10 a série é MARAVILHOSA! Os 3 últimos capítulos tiram o foco do Uraki Kou (o piloto principal) e todo o clima leve e gostoso de romance com a Nina Purpleton vai pro saco. Há uma "operação stardust" em andamento - devo ter dormido durante a explicação, pois não entendi o propósito e nem me abalei com a batalha em si.

O final, bem...
Bom, finalmente há o desfecho do triângulo amoroso. Aliás, o assunto é apresentado de supetão, mal desenvolvido prá caralho, e a Nina faz um troço hediondo contra o piloto principal. Mas coisa horrível e sem explicação lógica! Pior: tudo termina com um sorriso doce da parte dela, como se ela não tivesse agido feito uma CRETINA! Todo o crescendo construído da relação entre ambos foi jogado fora, assim: vupt!

Há um cameo de uma vilã da série Gundam Z-ZZ. Mas um troço ridículo! Literalmente aparecem 2 cenas estáticas com ela dizendo algo do tipo "o que estou fazendo aqui?".

Em resumo: Gundam 0083 está facilmente entre meus 3 favoritos da saga (está definitivamente abaixo do Turn A Gundam pois Dianna Soreil e Kihel Heim têm nobreza e coerência que faltam em Nina Purpleton!; e talvez esteja pau a pau com Thunderboldt). Fiquei com a sensação de que mais uns 3 capítulos poderiam ser necessários para desenvolver melhor o passado do Anavel Gato e Nina; além de explorar melhor as vidas dos colegas do Kou Uraki.

Nota 12/10 até o capítulo 10; e uma nota 5 pros 3 últimos capítulos.

---

Gundam Original: cheguei ao episódio 04. Estou vendo a conta-gotas. A política é o forte em Gundam: qualquer ponto de vista sobre uma situação é levado à sério, e TODOS sofrem as consequências do embate de idéias. Nem as crianças são poupadas! Ritmo é meio arrastado - como de qualquer desenho animado dos anos 70. Mas até o momento tem valido a pena.

---

Cat girl Nuku Nuku: a série de TV é esquecível (acho que só o tema de abertura é legalzim):


Mas ainda prefiro a 2ª ED do OVA:


Li 4 capítulos do mangá "Shin Nuku Nuku" (é tudo o que tem disponível no Manga Rock) e caras...Yuzo Takeda desenha bem prá caraleo! Melhor: no mangá ele consegue fazer uma coisa que o anime não traduz bem. Nuku Nuku é uma android com cérebro de gato...e o mangaka a fez se comportar como gato na história em quadrinho.

[EDIT] Dropei a série de TV! Um porre, muito blábláblá. Pena! Elenco de dubladores de primeira linha (Hayashibara Megumi, Akira Kamiya, Hisakawa Aya). Mas não existe roteiro naquilo.

---

Kimagure Orange Road, mangá



Erm... o epic sax ceo tem razão: essa série deveria se chamar RE: Kimgure. Todo santo capítulo a progressão de relacionamento Madoka-Kasuga é simplesmente esquecida e construída do zero. Estou no volume 13, e correndo para ler tudo antes que o Manga Rock saia do ar.

A evolução do traço do desenho é espantosa! A cada volume a arte vai se aproximando com a do anime, e sinceramente...a Madoka é MUITO linda! PQP! Não à tôa que ela foi um dos ícones do mangá e anime dos anos 80!



Enfim, eu sou suspeito para falar. Gosto do clima de Kimagure. Acho a animação uma coisa linda e gostosa de ver. O mangá é para mim, que sou fã. Mas passados 30 anos...não é um mangá que se sustente sozinho. Nota 4/10. Ah, um dos assistentes é o Kazushi hagiwara (Bastard!!). Algumas capas de capítulos foram visivelmente feitas por ele. E o primeiro volume de Bastard!! Tem uma menina MUITO parecida com a Madoka.

___

Mini edit: terminei de ver Darling in the Franxx. Sinceramente?



02 é uma mistura atualizada da Lum (Urusei Yatsura) e da Asuka (Evangelion). É uma BOA personagem, com uma carga erótica muito legal...e uma loucura e uma imprevisibilidade que poderiam gerar situações maravilhosas...o que fode tudo é o elenco de apoio, completamente esquecível! E pior: do capítulo 16 em diante foca-se nesse grupo. Batalhas bem animadas contra monstrões horrendos? Nada...muito lero lero e lenga lenga sobre quem vai comer quem.

Eu deveria ter investido mais tempo vendo "I love Lucy", isso sim!
 
Ultima Edição:

antonioli

O Exterminador de nicknames
VIP
Mensagens
88.452
Reações
133.499
Pontos
949
Não sabia que não havia assistido a Overlord II (pensei que só faltava o III) e peguei os dois para assistir. Continua legalzinho mas acho uma bobeira esse lance de personagem que entra em jogo (como em Shield Hero). No fim isso pouco importa também.

Também tem uma checada no curtíssimo Hashiri Tsuzukete Yokattatte que é bacaninha até.
 

-kun

Bam-bam-bam
Mensagens
10.270
Reações
6.700
Pontos
434
Começarei a rever Narutino, pulando todos os fillers, pelos 20 anos. E desses 20 anos o acompanhei por 17 (desde final de 2002 com os míticos RMVB, internet discada e puxa rápido - acelerador de dowload -). Ligava o PC das 00:00 às 05:59 em dias úteis e sábado das 14:00 Às 05:59 de segunda-feira para pagar poucos pulsos. Era sofrido... mas recompensador. 2000 e 2001 para ver animes, fora da TV, era só assim.

E que belo vídeo da IGN Brasil. Quando mandam bem tem que ser ressaltado.


PS: Vídeo tem spoiler pesados (se nunca viu não veja o vídeo).
 
Ultima Edição:

antonioli

O Exterminador de nicknames
VIP
Mensagens
88.452
Reações
133.499
Pontos
949
Terminei aqui



Trabalho genial. Personagens excepcionais, muitas tiradas fodas, diálogos inteligentes e um humor nota dez. Só da cabeça de alguém muito doido para uma garota ser adotada por um Yakuza, a outra virar uma sem-teto e a outra ir trabalhar de bartender em um bar.

O episódio que o cara faz um documentário sobre o Nitta achando que é o matador da Yakuza e depois descobre que é normalzão e adultera tudo transformando o Nitta em um monstro :kkk

Chorei de rir. Muito bem feito. Uma pena que ainda não continuaram com outra temporada porque material tem para fazer. Porra, justamente quando explicam a primeira cena que era desconexa com o anime eles terminaram.
 
Ultima Edição:

Gunyu

Supra-sumo
Mensagens
1.178
Reações
554
Pontos
179
Terminei aqui



Trabalho genial. Personagens excepcionais, muitas tiradas fodas, diálogos inteligentes e um humor nota dez. Só da cabeça de alguém muito doido para uma garota ser adotada por um Yakuza, a outra virar uma sem-teto e a outra ir trabalhar de bartender em um bar.

O episódio que o cara faz um documentário sobre o Nitta achando que é o matador da Yakuza e depois descobre que é normalzão e adultera tudo transformando o Nitta em um monstro :kkk

Chorei de rir. Muito bem feito. Uma pena que ainda não continuaram com outra temporada porque material tem para fazer. Porra, justamente quando explicam a primeira cena que era desconexa com o anime eles terminaram.
Esse anime é ótimo, eu também gostei muito quando assisti. E olha que nem sou muito de ver animes de comédia.
 

antonioli

O Exterminador de nicknames
VIP
Mensagens
88.452
Reações
133.499
Pontos
949
Esse anime é ótimo, eu também gostei muito quando assisti. E olha que nem sou muito de ver animes de comédia.
Também não mas esse aí sabe como ter excelentes tiradas. Souberam construir e dar personalidade aos personagens.
 
Topo