O que há de Novo?


O dia em que Ratinho, ao vivo, pirateou um CD em rede nacional

Zorosan

Bam-bam-bam
Mensagens
3.300
Curtidas
1.399
Pontos
274
#1

Foto: Reprodução / Facebook


A indústria fonográfica, entre o final dos anos 90 e o início dos anos 2000, encontrou o seu maior inimigo até então, a pirataria digital.

O mundo, cada vez mais moderno, facilitou o alcance a novas ferramentas. Pelo computador, uma pessoa poderia fazer quase qualquer coisa. Mas a indústria não havia previsto a possibilidade de compradores de CDs, formato ainda recente no mercado, replicarem seu conteúdo para venda ilegal. Daí nasceu uma grande crise cujos efeitos são sentidos até hoje e começam, mesmo que de leve, a serem revertidos com plataformas como o Spotify e o Youtube.

Como se a divulgação descontrolada de álbuns pirateados já não fosse suficiente, o apresentador Ratinho, no final dos anos 90, resolveu mostrar em seu programa, ao vivo, como era rápido o processo de gravação de CDs piratas.



“Se você está copiando para dar para um amigo, não é crime”
É sempre válido lembrar o trabalho árduo por trás das gravações de um álbum. A quantidade de pessoas envolvidas é grande, desde a gravação em si até a divulgação. Mas parece que Ratinho desconsiderou isso, apenas focando no custo elevado dos discos.

No vídeo, o apresentador chama especialistas no assunto para, usando um computador local como exemplo, mostrar para o público como se dá o tal processo. O álbum original usado como base para a cópia foi Alô, lançado pela dupla sertaneja Chitãozinho & Xororó em 1999.

O processo em si é rápido e fácil, e Ratinho fez questão de enfatizar isso. Ele defendeu ao vivo a pirataria, usando a lei de então como base. “É crime se você copiar o CD e vender”, disse logo antes de sugerir que gravem CDs para dar para amigos e familiares.

Um CD virgem, na época, custava menos de um real, e isso se mostrou mais um argumento a favor das cópias ilegais. O apresentador viu isso como uma forma eficaz para fazer as gravadoras reduzirem os preços do CD:

Eu realmente estou com muito dó das gravadoras, apesar de que eu acho que elas exploram muito nos preços. Eu acho que o único jeito de combater isso é a gravadora baratear muito o preço do CD.



A lei
Um levantamento do Fórum Nacional Contra a Pirataria e Ilegalidade (FNCP), realizado no ano passado, afirmou que o Brasil perde, anualmente, cerca de 130 bilhões de reais com comércio de conteúdos ilegais.

A lei 10695, em vigor desde 1940, dá penas que podem variar entre multas e um ano de detenção. Ela prevê em seu primeiro artigo que a punição será aplicada:

" Se a violação consistir em reprodução total ou parcial, com intuito de lucro direto ou indireto, por qualquer meio ou processo, de obra intelectual, interpretação, execução ou fonograma, sem autorização expressa do autor, do artista intérprete ou executante, do produtor, conforme o caso, ou de quem os represente. "

No final do vídeo, Ratinho sugere que o dinheiro das gravadoras deve ser dado a hospitais e encerra seu discurso com um gesto obsceno.

" Só tem um jeito. Ou vocês (das grandes gravadoras) contratam muitos camelôs para trabalhar para vocês, ou vocês se reúnem para falar comigo, porque eu tenho uma ideia. "



Bônus:
Programa do Ratinho - Turma quebra todo o cenário em 2000
 




borogodo

Bam-bam-bam
Mensagens
12.195
Curtidas
5.256
Pontos
469
#9
Achava mto adulto para minha(tinha 7 anos) dai n curtia, mas tenho curiosidades em saber se eu veria com uma idade mais avançada.
 
Mensagens
4
Curtidas
14
Pontos
3
#10
Antigamente quando compravam um cd a primeira coisa que faziam era copiar para os amigos, era bem caro.

Enviado de meu Moto Z2 Play usando o Tapatalk
 

Zorosan

Bam-bam-bam
Mensagens
3.300
Curtidas
1.399
Pontos
274
#19
Tinha visto o programa neste dia!
Lembro quando ele estava Record. O primeiro programa que eu vi dele, tava falando de um caso de magia negra, e aparecendo um crânio no meio da reportagem.:kkk
Era no programa dele que tinha um quadro que falava sobre casos assim ne, acho que era um padre que apresentava e falava "Isso non existe, eu nego".

Era isso?
 

DoMorro

Bam-bam-bam
Mensagens
683
Curtidas
2.850
Pontos
283
#22
Lembrem-se que, por causa dele, o SBT ficou fora do ar alguns dias. Nunca tinha visto isso na minha vida. https://www1.folha.uol.com.br/fol/geral/ult021098214.htm

Lembro até hoje de um caso de DNA. A puta molier tinha transado com seis irmãos (isso seis IRMÃOS) na mesma época, engravidou e não sabia qual deles era o pai. Foi no programa pra fazer o teste e descobrir. Chega o resultado e, pra surpresa de todos, o filho não era de nenhum dos seis. A imagem deles se abraçando e comemorando enquanto ela, do outro lado, ficava com cara de cu está gravada na minha mente pra sempre.
 

Cielo

Bam-bam-bam
Mensagens
7.671
Curtidas
10.552
Pontos
389
#23
Era no programa dele que tinha um quadro que falava sobre casos assim ne, acho que era um padre que apresentava e falava "Isso non existe, eu nego".

Era isso?
não cara, não era um quadro, as vezes iam la um pessoal meio estranho, eu lembro até hoje dos debates do padre quevedo com o toninho do diabo, era hilario, dai teve tbm o padre quevedo e o inri cristo, eu assistia isso dai no dia seguinte conversava sobre o assunto com um brother meu do colegio, era muito legal, lembro que eu e esse amigo estavamos numa onde de exoterismo, viajava nesses assuntos, dai uma vez combinamos de ir numa loja de artigos de umbanda, entramos na frente e nao tivemos coragem de entrar...

Uma vez lembro que apareceu um cara que ia na plantação de abobora do vizinho e comia as aboboras(no sentido sexual mesmo), o cara fazia um buraco e mandava ver, e outra vez um cara que fazia isso com pneus...cara era muito bom...
 

Agent13

Bam-bam-bam
Mensagens
1.243
Curtidas
2.293
Pontos
303
#24
Era no programa dele que tinha um quadro que falava sobre casos assim ne, acho que era um padre que apresentava e falava "Isso non existe, eu nego".

Era isso?
O Padre Quevedo? Naquela época, o Padre Quevedo aparecia direto na TV depois da morte do cantor João Paulo, por causa da foto do suposto fantasma dele. Pra alavancar Ibope, matérias sobre espiritos e Chupa-Cabra apareciam frequentemente na TV aberta.

Ratinho abusava também de casos de gente com doenças sérias.
 

ptsousa

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
45.935
Curtidas
122.617
Pontos
814
#26
Lembrem-se que, por causa dele, o SBT ficou fora do ar alguns dias. Nunca tinha visto isso na minha vida. https://www1.folha.uol.com.br/fol/geral/ult021098214.htm

Lembro até hoje de um caso de DNA. A puta molier tinha transado com seis irmãos (isso seis IRMÃOS) na mesma época, engravidou e não sabia qual deles era o pai. Foi no programa pra fazer o teste e descobrir. Chega o resultado e, pra surpresa de todos, o filho não era de nenhum dos seis. A imagem deles se abraçando e comemorando enquanto ela, do outro lado, ficava com cara de cu está gravada na minha mente pra sempre.
Eu lembrei desse aqui com dois :klolz :



Edit:



:kkk :kkk :kkk :kkk :kkk
 

DarkMorten

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
21.431
Curtidas
15.713
Pontos
614
#29
ah isso ai é light

eu me lembro do Carlos Massa .. lá nos tempos de reporter do Alborghetti .. ou ainda depois apresentando o 190 urgente na CNT Gazeta .. da época que a gazeta era foda .. :ksafado (aqui é mais apropriado pro cantinho, o papo)

o começo do programa do SBT era bem xarope ... como falaram do azulão, ou do ET de varginha .. das musiquinhas "boiola, boiola, boiolinha ..."

mas o mais épico que eu já vi em termos de Ratinho, nem é no SBT não .. é de uns anos antes .. no tal "Ratinho Livre" , da época que ele trabalhou na Record... nesse tempo, o pessoal do programa Panico (que, naquele tempo, ainda tinha graça), eram jurados do programa dele ... mó baixaria :klol

mas ....... voltando ao "mais épico" .. pô .. lembro até hoje, quando um cara apareceu no programa dizendo estar com uma solitária ... ai não sei quem, falou lá que o cara tinha que abaixar as calças e sentar com o loló numa bacia com leite pra solitária sair :kkk:klolz

fizeram essa porra ao vivo .. horário nobre :kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk:kkk
 
Mensagens
3.634
Curtidas
6.529
Pontos
354
#32
O que me assusta mesmo é me tocar que o ano de 2001 já está tão no passado.

O que me assusta mesmo é me tocar que o ano de 2001 já está tão no passado.
E o que mais me assusta ainda é ver como as coisas mudaram de lá pra cá falando de sociedade, caras, naquela epoca estava começando essas merdas de mimimis, e hoje os niveis sao insuportaveis
 

Maximu's

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
17.285
Curtidas
12.075
Pontos
704
#35
Sdds dessa época de ouro!

E digo, essa é a época da última geração boa do ser humano aonde tudo era divertido e levado a brincadeira. Hoje a sociedade chora por tudo, choro de feminista, choro de viado, choro de politicagem, qualquer merda que você fala e nego já quer meter processo, filmar.

Pode resertar o ser humano depois dos anos 2005....

Enviado de meu E5823 usando o Tapatalk
 


Topo