O que há de Novo?
  • Novo tema VIP está disponível
    Visitante, um novo tema com fundo escuro agora está disponível para aqueles que contribuíram com doações ao fórum e têm o status VIP. Veja os detalhes aqui.


O futuro da mulher brasileira jovem de classe média

Spike Spiegal

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
21.569
Reações
46.742
Pontos
544
Sendo bem direto, nesse nicho de pessoas à que me refiro, o que eu mais vejo são feministas que nunca leram uma autora feminista na vida e agem de forma pseudo-independente. Valorizam ideias revolucionárias, curtem Quebrando o Tabu, muitas delas são potencialmente bissexuais, e em massa agem como massa de manobra de político, por mais que digam que não, e desconsideraram os crimes de corrupção mais hediondos do mundo pra votar no Haddad em 2018 só porque "o bozo é mau e fala bobagem".

Parece ser uma coisa homogênea na mulher brasileira jovem de classe média atual, generalizando. Eu não ligaria se fosse uma parcela minoritária mas expressiva, só que não parece ser o caso. Pode parecer escroto, mas parece que não existe nem o outro extremo pra contrabalancear. Eu nunca vi uma garota contemporânea de 20 anos que seja, por exemplo, homofóbica. Sei que a homofobia é um comportamento ruim que deve ser evitado, mas se temos um dos extremos, que são essas feministas berrantes, poderíamos também ter o outro extremo, mas ele parece não existir. O exemplo não é bom, eu sei, mas em geral, parece que esse nicho dentro do grupo de mulheres brasileiras foi cooptado como massa de manobra de corrupto e alienado ao extremo, além de propagar ideias sobre as quais não leram a teoria, mas acham legal, de forma rasa. Existem homens jovens de classe média que não são cabeça de vento, em maioria, mas entre as mulheres parece não ser o caso, parece que uns 80% delas se tornaram em feministas extremistas e cabeças-oca, ou pelo menos rumam pra isso.

Qual é o futuro dessas mulheres? No caso, quando elas saírem de sua faixa de idade referida; 18 aos 29, aproximadamente.
 


Spike Spiegal

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
21.569
Reações
46.742
Pontos
544
Falo especificamente da mulher jovem de classe média, que tenha entre 18 à 29 anos. E imagino que a maioria aqui concorde comigo. Mesmo que elas por si só não sejam libertinárias, a grande maioria no mínimo concorda com libertinagem, aplaudindo a libertinagem alheia, e compactua com valores de esquerda. Nunca que uma mulher hétero jovem contemporânea de classe média vai, por exemplo, se recusar a ir numa boate gay por achar que aquele ambiente não combina com ela por ter muitos homossexuais, como muitos homens fazem. E é claro, podem votar no próprio diabo, mas não em alguém que se diga conservador.
Como eu falei antes, é como se a individualidade feminina na classe média estivesse morrendo de um tempo pra cá. Estão comprando a cartilha de esquerda de forma total e com força.

Talvez essas mulheres não sejam nem maioria numérica (51%+), mas estão num percentual bem grande sim. Em todo círculo social de classe média hoje tem dessas.
 

Kaciq

Habitué da casa
Mensagens
200
Reações
577
Pontos
93
Ou irão arranjar um cara pra ficar com elas, cair na real e abandonar a juventude rebelde que tinham, ou se tornarão aquela velha louca e solitária dos Simpsons que atira gatos nas pessoas. Isso aí é aquela teoria de conspiração, aquelas duas palavras que viraram bordão de qualquer direitoso fascista, o tal do "marxismo cultural", em ação. Tem dias que eu olho pra essas pessoas e penso, caralho, elas são o futuro do país. :kwow
 

Baralho

Bam-bam-bam
Mensagens
2.757
Reações
7.834
Pontos
303
Exemplificando o tema do tópico...



"Ela não é o tipo de garota que, segundo o senso comum, estaria na porta de uma igreja evangélica, numa gélida quarta-feira à noite de maio, preparando-se para sair com sua mãe para vender balas – uma forma de arrecadar dinheiro para a congregação – pelas ruas de São Paulo. Eleitora de Eduardo Jorge – candidato que defendeu pautas como descriminalização das drogas e união homossexual nas eleições de 2014 –, cabelo tingido de vermelho e estudante de cinema, Carol Santos, 20 anos, é tudo isso e, ao mesmo tempo, também líder do grupo de jovens da pequena e recém-criada igreja que frequenta, no bairro da Mooca, zona leste da cidade. "

Fonte: site brasileiro do elpais.


Enfim, esse apoio feminino à esquerda notado na geração Y em diante, vem de um modo geral, associado à lavagem cerebral nas universidades federais (iniciado antes, nos anos 50-60). E como o grupo feminino foi o que mais aumentou de percentual nas graduações e pós, nas últimas décadas, o fenômeno não é novidade.
 


Spike Spiegal

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
21.569
Reações
46.742
Pontos
544
Li em algum lugar que o feminismo é benéfico apenas para a mulher branca, bonita e de classe média. O resto não colhe os benefícios do feminismo.
Nos EUA parece que existe uma treta entre o tal feminismo negro e o tal feminismo branco. Li muito superficialmente sobre, mas li.
 

Kaciq

Habitué da casa
Mensagens
200
Reações
577
Pontos
93
O foda é que isso acontece no ocidente inteiro, a não ser, talvez, no leste europeu. O negócio é abstrair e focar no que importa pra você, se não fica difícil viver com essa visão tão negativa do futuro, por mais provável que ela seja.
 

nEstle

Bam-bam-bam
Mensagens
731
Reações
3.435
Pontos
283
Pior que é verdade. A mulher já tem uma tendência natural a esquerda, mas no Brasil achei que pelos crimes revelados pela lava jato, teriam um pouco mais de bom senso. Infelizmente praticamente todas jovens universitárias que conheço votaram no Haddad. E não são militantes de esquerda nem nada. Em geral até ignorantes no assunto de política, em que tem pouco conhecimento e também nem se interessam pelo assunto. Muitas vezes conversando elas até concordam com você em várias pautas da direita. Mas quando chega algums eleição a posição de "default" delas é votar na esquerda.
 

Spike Spiegal

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
21.569
Reações
46.742
Pontos
544
Pior que é verdade. A mulher já tem uma tendência natural a esquerda, mas no Brasil achei que pelos crimes revelados pela lava jato, teriam um pouco mais de bom senso. Infelizmente praticamente todas jovens universitárias que conheço votaram no Haddad. E não são militantes de esquerda nem nada. Em geral até ignorantes no assunto de política, em que tem pouco conhecimento e também nem se interessam pelo assunto. Muitas vezes conversando elas até concordam com você em várias pautas da direita. Mas quando chega algums eleição a posição de "default" delas é votar na esquerda.
Se nenhum trilhão de reais roubado foi suficiente pra fazê-las mudar de opinião, nada fará.
 

Darth_Tyranus

Bam-bam-bam
Mensagens
1.332
Reações
7.009
Pontos
303
Em universidades privadas de médio porte é possível encontrar gurias que não são lacradoras. Ainda mais que muitas são de classe média baixa e precisam trabalhar para pagar o curso. Essas sofrem o choque de realidade e conseguem sair da bolha, mas não são maioria.
 

T.Chico

Bam-bam-bam
Mensagens
7.013
Reações
9.785
Pontos
384
Até mesmo quando a idade bater e o relógio biológico apitar?
Depois da fase critica 35,40,45 as resolvidas profissionalmente e que cuidarão melhor dos seus corpos devem superar as dificuldades, sem contar que mulher só fica sozinha se quiser até as feias sempre tem um feioso solitário disponível, sexo de graça não falta, na casa dos 45 anos é um pulo para a aposentadoria em quanto nós homens estaremos cansando nossos ossos velhos no trabalho e elas paradas a 5 ou mais anos.
E ainda pode ter mais coisas para ferrar os homens no futuro, como mais leis que beneficiam mulheres e sempre tem o perigo de uma guera para matar os trouxas bovinos na pior das hipóteses.
 

Renduck

Bam-bam-bam
Mensagens
1.035
Reações
2.462
Pontos
303
u nunca vi uma garota contemporânea de 20 anos que seja, por exemplo, homofóbica. Sei que a homofobia é um comportamento ruim que deve ser evitado, mas se temos um dos extremos, que são essas feministas berrantes, poderíamos também ter o outro extremo, mas ele parece não existir. O exemplo não é bom, eu sei, mas em geral, parece que esse nicho dentro do grupo de mulheres brasileiras foi cooptado como massa de manobra de corrupto e alienado ao extremo, além de propagar ideias sobre as quais não leram a teoria, mas acham legal, de forma rasa.
O outro extremo dessas mulheres feministas, seriam basicamente mulheres conservadoras. Esse caminho do esquerdismo é conveniente por causa da sinalização de virtude, onde com um simples discurso elas se sentem virtuosas sem um menor esforço. É como diz o ditado "não existe esquerdista gratis". Que vantagem teria uma jovem em ser homofóbica? Pagar de defensora dos gays (mesmo que no fundo ela cague pra isso) sai muito melhor na fita.
 

biglinux

Bam-bam-bam
Mensagens
1.990
Reações
3.735
Pontos
334
É tudo um teatro, estão alinhadas a esses grupos por interesse, afinal eles defendem que as mulheres precisam de cotas, precisam de delegacias só para elas, precisam de leis só para elas, que podem agir da forma que quiserem sem sentir culpa pelos próprios erros e que está tudo bem colocar a culpa nos homens...

É uma forma de corrupção camuflada, mas, no fim, o que resta é apenas o egoísmo.
 

teresabahia

Bam-bam-bam
Mensagens
1.040
Reações
1.356
Pontos
213
Querido OP caso vc seja capaz de fornecer uma excelente condição de vida (empregada doméstica 24X 7, passadeira, babá e diarista pra faxina pesada) a sua namorada/ esposa não irá se preocupar com isso.

Por acaso Michele Bolsonaro, Marcela Temer, a mulher do Moro e afins estão preocupadas com agenda feminista?
Claro que não... Importante é ter agenda no cabeleiro e maquiador mais cotado da cidade....

Caso contrário vc poderá:
Esconder o seu machismo
Encontrar uma fanática religiosa .

#paz
 
Ultima Edição:

G².

Bam-bam-bam
Mensagens
9.380
Reações
22.800
Pontos
353
Querido OP caso vc seja capaz de fornecer uma excelente condição de vida (empregada doméstica 24X 7, passadeira, babá e diarista pra faxina pesada) a sua namorada/ esposa não irá se preocupar com isso.

Por acaso Michele Bolsonaro, Marcela Temer, a mulher do Moro e afins estão preocupadas com agenda feminista? Claro que não... Importante é ter agenda no cabeleiro viado cotado da cidade

Caso contrário vc poderá:
Esconder o seu machismo
Encontrar uma fanática religiosa .

#paz
mim add
 

Adam Sandler

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
27.027
Reações
42.149
Pontos
553
Pior que é verdade. A mulher já tem uma tendência natural a esquerda, mas no Brasil achei que pelos crimes revelados pela lava jato, teriam um pouco mais de bom senso. Infelizmente praticamente todas jovens universitárias que conheço votaram no Haddad. E não são militantes de esquerda nem nada. Em geral até ignorantes no assunto de política, em que tem pouco conhecimento e também nem se interessam pelo assunto. Muitas vezes conversando elas até concordam com você em várias pautas da direita. Mas quando chega algums eleição a posição de "default" delas é votar na esquerda.
Só ver no Tinder abaixo dos 30 a sinalização no perfil é para se manter longe de uma parcela grande feminina, é o contraditório se você pensa em futuro e ter um relacionamento sério.
Vejo que não sou só eu que estou me afastando das mulheres problemas, no fim vai surgir um movimento de esquerda dessas que ficaram sozinhas justamente por essa postura que sinaliza contradição.
 

Sun Bro

Praise the Sun!
VIP
Mensagens
6.913
Reações
9.374
Pontos
374
Querido OP caso vc seja capaz de fornecer uma excelente condição de vida (empregada doméstica 24X 7, passadeira, babá e diarista pra faxina pesada) a sua namorada/ esposa não irá se preocupar com isso.

Por acaso Michele Bolsonaro, Marcela Temer, a mulher do Moro e afins estão preocupadas com agenda feminista? Claro que não... Importante é ter agenda no cabeleiro viado cotado da cidade

Caso contrário vc poderá:
Esconder o seu machismo
Encontrar uma fanática religiosa .

#paz
Esse povo vive em uma bolha. Pode ignorar, rs.

Enviado de meu ASUS_X00TDB usando o Tapatalk
 

antonioli

O Exterminador de nicknames
VIP
Mensagens
88.402
Reações
133.340
Pontos
949
Isso é uma coisa que se muda com o tempo. Passamos muitos anos sob uma lógica de que se você é negro tem que ser de esquerda, se for mulher também, gay também, pobre também e por aí vai. De pouco em pouco essa concepção pode ir mudando e as pessoas evoluindo.
 

Creature

Bam-bam-bam
Mensagens
5.080
Reações
6.506
Pontos
349
Eu conheço algumas brasileiras jovens de classe média que são direita, mas de fato é minoria. Conheço uma ou outra isentona também.

Acho também que muitas vão nesse lance de #elenao pra não ficar mal com as "amigas".
 

Adam Sandler

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
27.027
Reações
42.149
Pontos
553
Eu conheço algumas brasileiras jovens de classe média que são direita, mas de fato é minoria. Conheço uma ou outra isentona também.

Acho também que muitas vão nesse lance de #elenao pra não ficar mal com as "amigas".
Não tem muita lógica colocar isso no Tinder por exemplo porque as amigas ao vão ver, tem uma faixa etária que é comum ver isso e a mulher aquele perfil de esquerda universitária meio desleixada.
 

teresabahia

Bam-bam-bam
Mensagens
1.040
Reações
1.356
Pontos
213
Eu conheço algumas brasileiras jovens de classe média que são direita, mas de fato é minoria. Conheço uma ou outra isentona também.

Acho também que muitas vão nesse lance de #elenao pra não ficar mal com as "amigas".
Entendi então a mulherada é um bando de Maria vai com as outras, que estão seguindo a manada....

E os conservinhas nova era tão fazendo o quê exatamente?
 

BCZero

Habitué da casa
Mensagens
157
Reações
385
Pontos
88
Falo especificamente da mulher jovem de classe média, que tenha entre 18 à 29 anos. E imagino que a maioria aqui concorde comigo. Mesmo que elas por si só não sejam libertinárias, a grande maioria no mínimo concorda com libertinagem, aplaudindo a libertinagem alheia, e compactua com valores de esquerda. Nunca que uma mulher hétero jovem contemporânea de classe média vai, por exemplo, se recusar a ir numa boate gay por achar que aquele ambiente não combina com ela por ter muitos homossexuais, como muitos homens fazem. E é claro, podem votar no próprio diabo, mas não em alguém que se diga conservador.
Como eu falei antes, é como se a individualidade feminina na classe média estivesse morrendo de um tempo pra cá. Estão comprando a cartilha de esquerda de forma total e com força.

Talvez essas mulheres não sejam nem maioria numérica (51%+), mas estão num percentual bem grande sim. Em todo círculo social de classe média hoje tem dessas.
Assino em baixo. Concordo com o q vc disse. Tô muito desanimado com esse mundo chato cheio de gente folgada e defensor de teses modinha. Em universidades públicas o trem piora exponencialmente!

Enviado de meu Quantum Go usando o Tapatalk
 

Dreamscape

Bam-bam-bam
Mensagens
1.777
Reações
3.723
Pontos
268
Querido OP caso vc seja capaz de fornecer uma excelente condição de vida (empregada doméstica 24X 7, passadeira, babá e diarista pra faxina pesada) a sua namorada/ esposa não irá se preocupar com isso.

Por acaso Michele Bolsonaro, Marcela Temer, a mulher do Moro e afins estão preocupadas com agenda feminista?
Claro que não... Importante é ter agenda no cabeleiro e maquiador mais cotado da cidade....

Caso contrário vc poderá:
Esconder o seu machismo
Encontrar uma fanática religiosa .

#paz
Sou machista opreçor corre que vou te oprimir,
 
Topo