O que há de Novo?
  • Novo tema VIP está disponível
    Visitante, um novo tema com fundo escuro agora está disponível para aqueles que contribuíram com doações ao fórum e têm o status VIP. Veja os detalhes aqui.


Ontem eu tomei o fora mais paradoxal da minha vida.

Giant Enemy Crab

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
20.988
Reações
45.782
Pontos
553
Ja vou logo informando que é sem fotos, sem nomes verdadeiros, mesmo sendo do outro lado do mundo, e algumas conversas "mais pessoais" não "estarão descritas aqui", pode ficar sem sentido pra alguns. As pessoas envolvidas não tem nem redes sociais. Sim, tem paises no mundo que não foram dominadas pelo facebook e twitter, por mais bizarro que isso possa soar pra alguns.

Enfim, é tão bizarro que a vai ter muito user achando que é mentira de qualquer jeito, ou que eu to inventando desculpas pra mim mesmo.



Não sou a pessoa "mais pegadora" do mundo, passo longe disso, mas as vezes surge uns rolos ai pra "molhar o biscoito" ou pra ter "compania pra passear no parque e cachaçar posteriormente". Normalmente o desenvolver das situações é suave, sem "chegar chocando as pessoas mais despreparadas", mas normalmente eu não ligo pra "Sentimentos ou coisa do genero", a maioria das vezes nem é eu quem da inicio a jornada, embora ja tenha feito algumas vezes (e da ultima antes dessa deu ruim..., faz anos isso).

Enfim, a algum tempo (meses) eu conheci uma menina, chamo de menina porque é uma tampinha que se colocar uniforme de escola se passa facil por estudante, nós nos damos muito bem pelos mesmos gostos, um gosta da compania do outro, do que era só compania de cachaça em grupo acabou evoluindo pra coisa individualista, de direto nós sairmos só nós dois pra ficar conversando sobre nerdices ou filosofias de banheiro, mas.... Ela tem namorado, e como estranhamente atualmente eu não ando tendo tanto problema em achar femea interessada em minha pessoa, eu ja tinha me contentado em ser o "amigay" dela, até porque mesmo se ela não tivesse, e mesmo ela viver elogiando minha pessoa, eu nunca imaginei que eu me encaixava no tipo de pessoa que ela gostaria pra namorar.

Na sexta passada nós saimos junto, em grupo, todo mundo ali se conhece bem, já tem intimidade o suficiente até pra um xingar o outro e todo mundo sair rindo no final. Na hora de ir embora ela e eu pegamos o mesmo trem, pois a residencia de nós dois é perto e eramos os unicos do grupo que mora pra esse lado. Eu ja tava bem abastecido de cerveja (tinha bebido 5 ou 6 copos de 500ML de chopps em menos de 2hs). Quando chegou na estação que era pra ela descer (normalmente eu desço umas 4 pra frente), resolvi descer com ela pois tava tarde e fiquei meio preocupado quanto a integridade fisica dela (sim, Japão não é brasil mas não custava nada além de uma caminhada de 20mins numa rua que eu adoro andar atoa).

Chegando na casa dela, como a conversa tava fluindo de uma forma que visualmente os dois queria continuar, chamei ela pra bater um rango (denovo) em algum lugar, naquele horario só restaurante e bar estaria aberto, imediatamente ela aceitou ja indicando o lugar, um "family restaurant" que tem la perto.
Então, conversa descamba pra conversar sobre sentimentos, em um certo momento quando eu comentei que há coisas que eu sinto por alguém que eu acho melhor pra todo mundo eu ficar quieto, nessa hora ela falou qeu se for coisa boa devia falar se eu achar que a pessoa é digna o suficiente pra entender, e ficou me olhando meio que esperando alguma coisa da minha parte. Na hora fiquei bem tentado de dar um "choque" nela, mas eu tava bebado, não faço nada do genero bebado.
Nesse dia não foi o toco mas deu aquela cutucada na minha inércia quanto esse "problema".

Eu ja tava cozinhando a idéia de fazer a idiotice de botar as cartas na mesa com a moça mesmo sabendo que o toco seria iminente.
Afinal, prefiro tomar um fora do que viver na duvida.
Na segunda anoite eu tinha marcado de sair pra jantar e supostamente beber com 4 molieres do trabalho (antes que pergunte, tem uma delas ali que "estudamos as linguas nativas um do outro as escondidas pois se não for escondido a coisa tem tudo pra dar muito ruim"), tinha outro cueca la junto (o chefe delas). Não sei porque o povo me chama pra esse tipo de coisa, nem trabalho diretamente com esse povo. Mas enfim, no meio da conversa, só uma ali tava se acabando na cachaça, mas pra manter a saude "pra mais tarde" eu não bebi nada.

Então tive que passar o plano pra terça-feira (ontem). De manhã (6 da manhã) eu mandei uma mensagem pra moça perguntando se ela podia me encontrar depois do trabalho no mesmo dia ou no dia seguinte (nós trabalhamos perto e saimos +- no mesmo horario, normalmente), na hora eu pensei que ela fosse escolher o dia seguinte, por ser japonesa, o que me daria tempo de achar um lugar adequado nas redondezas. Comentei que tinha uma conversa particular e que se possivel não chamar ninguém, comentei que eu acho que ela sabe o que é. Ela deu a hora e o lugar que iamos nos encontrar.

Chegou meia hora antes da hora marcada ela me manda mensagem dizendo que tinha chegado no lugar e ia esperar num canto especifico la. Como era hora "marcada" eu tinha calculado meu trabalho pra acabar +- no tempo de eu poder sair do trabalho, ir la e chegar uns minutos antes do combinado. Enfim, cheguei la, ela visivelmente curiosa quanto a conversa que eu tinha comentado, mas naquela neblina entre nós dois, pois eu não tinha planejado porra nenhuma pois nesse tipo de situação, planejamento só atrapalha.
Nós saimos do lugar que estavamos e fomos pra outro, onde teriamos mais privacidade (estabelecimento alimenticio).

O começo da empreitada foi conversando sobre Pikachu, aonde as pessoas reunem coragem pra viver e fazer as merdas da vida, morar sozinho. Ai do nada, durante as divagações sobre uma pessoa idiota e uma pessoa corajosa, eu perguntei pra ela: "voce lembra quando eu disse que gostava de uma mulher, mas eu não falava nada não por falta de coragem mas porque eu sempre achei que ia dar um final muito ruim pra ambas as partes?"
ela confirmou com a cabeça,
ai falei na lata "pois é.... essa mulher é você".
ela deu uma gaguejada falando que imaginava que era outra pessoa (uma amiga dela la). Falei brincando que eu sou brasileiro e prefiro ir direto ao ponto. Olhei fixamente pra ela e falei "eu ficaria muito feliz se você fosse minha namorada".
Ela começou a repetir a palavra "dificil... muito dificil...." abaixou a cabeça e começou a gesticular pra demonstrar que tava pensando (tem umas pa de japa que é assim, sempre acho uma graça).
Então eu comentei "pode ficar tranquila se a sua resposta for não, aguento na boa issoae".
Ela falou "eu tenho namorado....", eu falei "que da pra terminar...." ela "mas ele é importante....", eu falei "eu sei... e é por isso que eu vim aqui ja preparado para o Bad End, mas claro que eu ficarei feliz se for o good end"...
Ela parou um pouco pra pensar e falou que por me achar uma pessoa gentil, inteligente, ela fica muito feliz em saber disso mas teria que recusar. E foi um blablabla(as falas dela dispararam de um jeito que tava me lembrando musica antiga do Raimundos pela velocidade) de alguns poucos segundos dela me elogiando e agradecendo e pedindo desculpas pelo toco.

Claro que deu aquele baque em mim mesmo ja tendo ido preparado para o pior, eu esperava que a situação fosse dar tão ruim que eu quase nem levei a carteira no dia, normalmente não carrego mais a carteira durante a semana, pois nem esperava que ela daria tempo pra bater um rango juntos.

Mas depois que ela parou o monologo dela eu só sorri e falei brincando "preocupa não que isso ta melhor do que eu esperava".
ela perguntou porque, eu expliquei o que eu tinha imaginado, e fiz um monologo la dando a entender que obviamente eu queria um resultado positivo mas estava bem ciente que as probabilidades estavam muito longe de estarem a meu favor, mas eu preferia um não bem dado na cara do que viver na duvida, até agradeci, brincando, que ela foi bem reta na resposta.

Ai do nada ficou um silencio na mesa, nós dois em silencio, um olhando pro outro, os olhos dela começando a ficar vermelho, sorrindo, eu pegando a batata frita que tava na mesa e comendo e sorrindo sentindo uma mistura de alivio de coice ao mesmo tempo, tava curtindo muito aquele sentimento humano, notando que ela tava meio abalada, perguntei brincando "de boa ai? quem é pra ficar chocado aqui sou eu, não roube meu lugar".

Do nada ela começou a chorar. E depois disso ela chorou por quase 5hs, as vezes parava, normalmente eu buscava o comentarios ou piadas mais infames, normalmente sobre mim mesmo pra tentar animar ela. Ai ela parava de chorar, começava a olhar pra mim fixamente, e voltava a chorar, gastando os paninhos de papel dela tudo (foram ao todo 3 pacotes e metade dos guardanapos da mesa do local).
De começo ela alegava não saber porque tava chorando,
falei brincando que é porque ela é gentil o suficiente pra ficar triste pela desgraça alheia.
Depois de uns "vai e vem de lagrimas" e o pote de batata fritas ja acabado, eu falei que ia pedir mais comida, mais pano e um copo de chá pra ela, falei brincando "quem devia estar sendo consolado agora sou eu" com um sorriso, ai ela tentou engolir o choro. Peguei o menu e fui la no balcão fazer o pedido, dei uma enrolada de propósito pra ver se a guria dava uma relaxada.

Quando voltei, dei o copo de chá pra ela, ela tava bem mais tranquila, comecei a estudar uma maneira de puxar assunto sem fazer aquela bomba de lagrimas voltar a funcionar. Ai ela vendo que eu tava numa situação estranhamente dificil, ela começou a falar.
Falou que ela ja deu toco em outras pessoas e ela nunca ligou, e não sabe ao certo porque esta chorando daquele jeito dessa vez, ela falou que suspeita ter ficado sentida do jeito que tava porque ela queria ver eu feliz, que de todo mundo que ela conhece eu pareço ser a pessoa que mais merece ser feliz, mas a minha reação foi tão sincera e "fria" que pareceu que eu ja to calejado em se foder (o que é uma suspeita bastante verdadeira dela). Comentei que é a vida, parafraseei o Rock Balboa naquele monologo sobre apanhar e ficar em pé(dando os devidos créditos) e ela voltou a chorar.
As vezes ela comentava que eu parecia estar escondendo o sofrimento (o que de todo também não era mentira, afinal, ninguém normal fica de boa depois de um fora de alguém que admira), e voltava a chorar.


Depois ficamos conversando, já que eu tinha aberto as porteiras da sinceridade, a conversa passou a ser uma franqueza que eu sinceramente tava achando bem mais util que consulta com psicologo, normalmente a conversa toda foi regada a lagrimas dela. Fiquei meio preocupado quanto ao estado emocional da moça, acabei acompanhando ela até a casa dela, no caminho até falei brincando "e essa é a provavel ultima vez que lhe acompanho até a sua casa, aproveitar que tenho motivos pra caminhar por aqui, tão bonito esse bairro". Ela quase implorou pra eu não sumir e tentar, na medida do possivel, ainda ser parça dela (sim... ja tava na friendzone e ela só tava tentando manter eu la...).

Em algum momento no "restaurante" ela chegou a oferecer a amiga dela, falei brincando "depois de hoje, se eu saio com uma amiga sua vai ficar uma situação tão bizarra que é melhor não.... outra que hoje voce percebeu que eu sou idiota o suficiente pra fazer as merdas sozinho".





Resumo:
Eu tomo o fora e eu quem tem que consolar quem deu o fora.
Um "macho alpha da OS" provavelmente dirá que eu devia ter ligado o foda-se e blablabla. Mas não é do meu feitio dar uma de pombo xadrezista, então tentei na medida do possivel cumprir com o que eu tinha falado poucas horas antes, que eu gostava dela, blablabla, então pelo menos até dropar ela na casa dela em segurança, eu preferi "ser homem honrando a própria palavra". Depois que dropasse eu ja tava preparado "pra dar uma sumida" mesmo ela pedindo pra não.





Mas o bizarro foi o que aconteceu no outro dia....
Obviamente eu fiquei preocupado com a choração da moça....
E ela obviamente ficou preocupada comigo (foi ela quem me procurou no outro dia logo cedo).
Como o sentimento de preocupação era reciproco e meu pinto não ia cair se eu retribuir o tempo que ela havia me concedido,
Quando cheguei no local marcado eu começei a ficar tão chocado que sai mais preocupado com o psicologico da guria do que do dia anterior... Fiquei pensando "carai pelo jeito causei uma tela azul nela tão nervoso que precisa de uma restauração de sistema com hotfix".

mas essa, se eu digitar, vai ser só amanhã, pois vou dormir agora.
 


Leon Powalski

Bam-bam-bam
Mensagens
1.290
Reações
3.487
Pontos
293
...
Mas o bizarro foi o que aconteceu no outro dia....
Obviamente eu fiquei preocupado com a choração da moça....
E ela obviamente ficou preocupada comigo (foi ela quem me procurou no outro dia logo cedo).
Como o sentimento de preocupação era reciproco e meu pinto não ia cair se eu retribuir o tempo que ela havia me concedido,
Quando cheguei no local marcado eu começei a ficar tão chocado que sai mais preocupado com o psicologico da guria do que do dia anterior... Fiquei pensando "carai pelo jeito causei uma tela azul nela tão nervoso que precisa de uma restauração de sistema com hotfix".

mas essa, se eu digitar, vai ser só amanhã, pois vou dormir agora.
Essa eu tô curioso pra saber... :kkk:kkk
No mais... como japas são pessoas interessantes...
 

EvangelionUnit02

Bam-bam-bam
Mensagens
6.631
Reações
4.294
Pontos
444
Isso é maturidade. Tem que ir atrás do que quer mesmo e não ficar no "e se"... Você lembrar do Rocky, me fez lembrar do Jackie Chan: "Espere pelo pior e torça pelo melhor".

Mas parece que essa mina sentia algo por você, só que o cara chegou antes.
 


Cauam

Veterano
Mensagens
222
Reações
629
Pontos
128
Não foi dessa vez, soldado, melhor sorte na próxima.
OBS: Deveria ter falado que era user da OS, isso te da um bônus de +30cm de piroka.
OBS 2: Capaz da conversa iniciar uma série de eventos que pode comprometer o atual relacionamento da garota, o que vai abrir um espaço para uma possível investida de sua parte.
 
Ultima Edição:

ROLGENIO

Bam-bam-bam
Mensagens
7.288
Reações
17.263
Pontos
363
Não foi dessa vez, soldado, melhor sorte na próxima.
OBS: Deveria ter falado que era user da OS, isso de da um bônus de +30cm de piroka.
...
Talvez ele tenha falado e isso que afastou a Japinha...
 

ganondorfan

Habitué da casa
Mensagens
93
Reações
161
Pontos
53
Olha, na minha opinião você fez o seu papel em se declarar, porém achei você meio fraco quando dizia coisas como "não vou mais passar por esse bairro", "ultima vez que te levo em casa" e etc. No caso, você estava fazendo tempestade em um copo de agua, tentando imputar nela, mesmo que involuntariamente, a culpa por não te aceitar como namorado.

Você devia ter evitado esses tipos de comentários e permanecido forte.
Pelo que você descreveu dela, provavelmente isso teve um impacto nela, diria até que há chance do jogo virar no médio prazo, porém esses detalhes que mencionei te colocaram na posição de coitado.

As coisas funcionam assim, antes ela não sabia ou não queria acreditar que você estava interessado nela e, erroneamente ela se permitiu estar com você em uma zona de afeto que é muito perigosa, lugar este que as pessoas aumentam a afinidade e que ela projetou em você alguém que ela gosta bastante ao ponto de considerar seus sentimentos. Quando você se declara pra ela, você coloca ela no papel do carrasco, aquele que deve cumprir seu dever de te rejeitar e como ela mesma disse, seria fácil se fosse um qualquer, mas você já estava no grupo de pessoas que ela se importa.

O que acontece a seguir é que ela vai tocar a vida dela com o namorado mas pensativa sobre isso, e na menor falha possível, caso a relação dela com ele esteja um pouco morna ou ela venha a ter alguma problema com o cara, involuntariamente ela se colocará no papel da paixão proibida e questionará o que ela quer por causa da sensação ruim que você obrigou a ela a sentir.

No mais, tente tratar ela pelo menos de forma igual. Não isole e trate na amizade, tenta voltar a brincar com ela e finja que não houve essa declaração, como eu disse no médio prazo as vezes ela pode até te abordar pra dar uma chance nesse lance de vocês. O negócio agora é saber jogar.
 

evil_gambit

Bam-bam-bam
Mensagens
10.332
Reações
6.439
Pontos
459
crab, é japa? ou brasileira?

na minha parca experiencia em Osaka, eu achava as japas bem diretas e de boas (fria até, alguns diriam), mas as brasileiras... pqp, era uma mais quebrada (emocionalmente falando) que a outra...


Isso me fez sair um pouco da "comunidade" e ficar mais enturmado com os nativos.
 

Pokemon das antigas

Supra-sumo
Mensagens
503
Reações
1.720
Pontos
183
Cara vc tem problemas? Com tanta cocota solteira por ai, principalmente no Japão, vai inventar de xavecar justamente a que tem namorado?

Vc merece um diploma de retardado. Toco bem merecido, e mais, as minas conversam, sua reputação em breve será conhecida por todas as amigas da cct.

Vc deveria ter pegado a amiga e ficado na sua, no mais, vc vai se foder muito por isso ainda, pode me cobrar.
 

evil_gambit

Bam-bam-bam
Mensagens
10.332
Reações
6.439
Pontos
459
Cara vc tem problemas? Com tanta cocota solteira por ai, principalmente no Japão, vai inventar de xavecar justamente a que tem namorado?

Vc merece um diploma de retardado. Toco bem merecido, e mais, as minas conversam, sua reputação em breve será conhecida por todas as amigas da cct.

Vc deveria ter pegado a amiga e ficado na sua, no mais, vc vai se foder muito por isso ainda, pode me cobrar.

NOFA CARA
 

Insônia

Bam-bam-bam
Mensagens
2.558
Reações
6.851
Pontos
294
Bom esse anime aí, heim?

Fico no aguardo da segunda temporada.


No mais, não entendi o choro da mina. Não manjo dos paranauês do comportamento asiático.

Enviado de meu Moto G Play usando o Tapatalk
 
Ultima Edição:
Mensagens
9.286
Reações
14.666
Pontos
389
Cara, eu li tudo e é foda de responder pq a cultura ai é diferente, os pensamentos e padrões são diferentes e totalmente fora do meu conhecimento, mas vamos lá, fazer uma análise psicológica de humano padrão.


- Talvez por ela ser japa, de família tradicional que tenha preconceito em ela namorar um estrangeiro

- Com certeza ela já sabia que era ela, essa historinha de amiga ai é pra boi dormir e vc sabe disso.

- Milhões de pensamentos devem estar passando pela cabeça dela nesse momento, te comparando com o namorado dela

Ai vem minha conclusão por achismo que é a seguinte:

Ela chorou pq passou a noite pensando num bom futuro que vcs podiam ter juntos, mas como ela terá que sofrer um bocado perante parentes, família, ex namorado (eu num sei se o cara é Japa tb), vai ter que segurar uma barra ai que talvez ela num se veja segurando bem não. Em contrapartida, ela queria muito que fosse diferente e poder ficar com vc.

Conclusão:

- De um tempo pra ela amadurecer a ideia, dê espaço pra ela pensar, enquanto isso viva normalmente.

- Fique observando o comportamento das amigas dela com vc, é seu melhor termômetro no momento, se elas ficarem felizes com vc, vc pode ganhar no final, se elas ficarem esquisitas com vc, perdeu.

Espero ter ajudado.
 

Rayzen_X

Bam-bam-bam
Mensagens
2.117
Reações
1.957
Pontos
204
Fazer amizades profundas com fêmeas já é errado, fazer amizades profundas com fêmeas não solteiras, é o um grande erro. Mas, fazer amizades profundas com fêmeas não solteira e se declarar é o pior erro que o homem pode fazer. Muita falhação aí. Espero que você seja jovem e tenha aprendido a lição.
 

Uma outra pessoa

Bam-bam-bam
Mensagens
10.662
Reações
6.687
Pontos
484
Tenho medo de spoiler e quero acompanhar de perto essa serie bacana esse op deve ter um cacete da hora

Quando sair o S01E12 me contactem
 

dashman

Bam-bam-bam
Mensagens
9.571
Reações
13.247
Pontos
424
Voce cometeu 2 erros graves aí meu caro...

Investir em mina com Namorado, isso pra mim é grosseiro, não faça com os outros o que voce não quer que seja feito com voce, massss, independente, se o cara se garante e o relacionamento é forte, isso não é problema algum.


Segundo, quando voce ganhou o não, já deveria ter se despedido, levantado da mesa e vazado. Tudo o que vier depois disso é perfumaria.
 

dashman

Bam-bam-bam
Mensagens
9.571
Reações
13.247
Pontos
424
Nobres, ainda não entra na minha cabeça.

Como que um cara vai para o Japão, terra com a maior concentração de cocotas virgens e solteiras do planeta e resolve investir em mina com namorado???????

MEUS DEUS
Cara, foi um erro, foi sim... Mas para de tratar isso como um pecado capital, todos os dias mulheres bonitas são cantadas por outros caras, elas tem namorado, os caras tem namorado, foda-se.. o importante é o relacionamento ser forte... Quando os dois estão felizes, coisa ruim não entra.
 

Barb

Bam-bam-bam
Mensagens
1.054
Reações
1.966
Pontos
209
Wardando pra ler os plotwist da história. Espero que ela ceda em algumas semanas, nem q seja pra uma pulada de cerca. Boa história, bom tópico
 
Reações: LVX
Topo