O que há de Novo?
Fórum Outer Space - O maior fórum de games do Brasil

Registre uma conta gratuita hoje para se tornar um membro! Uma vez conectado, você poderá participar neste site adicionando seus próprios tópicos e postagens, além de se conectar com outros membros por meio de sua própria caixa de entrada privada!

  • Anunciando os planos GOLD no Fórum Outer Space
    Visitante, agora você pode ajudar o Fórum Outer Space e receber alguns recursos exclusivos, incluindo navegação sem anúncios e dois temas exclusivos. Veja os detalhes aqui.

Opinião politica "clássica" - Tem receio de revelar a sua?

Esc¹

Supra-sumo
Mensagens
1.274
Reações
796
Pontos
189
Você, ser vivo supostamente pensante.
Tem receio de revelar sua opinião politica "clássica"? Tem medo de expressar sua opinião sobre aquela velha historia de Esquerda e Direita, Comunismo ou Anarquismo e Capitalismo?

Eu confesso que tenho, até mesmo de expressa-la aqui em um suposto forum anonimo. Pois quando você revela que tem simpatia pelo comunismo, a maioria das pessoas agem com desprezo e com certa ignorancia, mesmo que sua opinião não seja nada radical. Tenho então a impressão de que se revelar tal tipo de coisa em um local de trabalho isso me fechara várias portas.

Suponhamos que você possua um cargo importante em uma empresa, tal opinião de um canditado a uma vaga/promoção influenciaria em sua escolha?

Peço por favor para que esse topico não vire uma discussão politica. E sim algo mais voltado a preconceitos.
 


LockeZeRo

The RAGE Lord
Mensagens
1.135
Reações
16
Pontos
94
Sou a favor de um modelo anarquico com poder pro povo, em que em vez de nivelar por baixo e deixar todo mundo pobre e miseravel como a maioria dos países comunistas fizeram, possua uma classe estavel e bem nutrida de entretenimento e qualidade de vida nivelando o povo pelo alto e deixando todos bem e trabalhando em conjunto pelo prol do povo.

Mas tambem sei que isso é impossivel por que sempre tem um que deseja ser mais forte e poderoso em um meio, e para isso precisa pisar nos outros.

Ou seja, capitalismo wins...
 

lucky_ace

Bam-bam-bam
Mensagens
8.919
Reações
3.825
Pontos
409
Manjericão;7627962 disse:
[COLOR="Black"]Sou anarquista ontológico, libertário ao extremo, apartidário, anti-fascimo, a favor do direito ao aborto, a favor do direito ao casamento gay e direito à adoção de crianças por casais gays, a favor dos direitos das mulheres e das minorias oprimidas, a favor da legalização da maconha, anti-capitalismo, etc.

f**a-se a empresa.[/COLOR]

LockeZeRo;7627967 disse:
Sou a favor de um modelo anarquico com poder pro povo, em que em vez de nivelar por baixo e deixar todo mundo pobre e miseravel como a maioria dos países comunistas fizeram, possua uma classe estavel e bem nutrida de entretenimento e qualidade de vida nivelando o povo pelo alto e deixando todos bem e trabalhando em conjunto pelo prol do povo.

Mas tambem sei que isso é impossivel por que sempre tem um que deseja ser mais forte e poderoso em um meio, e para isso precisa pisar nos outros.

Ou seja, capitalismo wins...

Orra, quantos anarquistas aparecendo aqui, hehehe:D

Eu sou a favor de um modelo anárquico também, eu gostaria de ver algo como o federalismo libertário sendo implantado, e mesmo o modelo anarco-sindicalista, com todos os setores se ajudando mutuamente.

Mas, respondendo à questão principal do tópico, eu geralmente só consigo falar sobre isso com meus amigos, alguns são de esquerda e entendem um pouco melhor. Mas em geral, quando você fala pras pessoas que é "anarquista", elas não te levam muito a sério..
 

Dark_Schneider_

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
21.515
Reações
16.565
Pontos
674
eu sou anarquista individualista. Defendo a liberdade de associação, bem como a liberdade de desfiliação ao meu bel prazer, desde que me convenha e eu possa tirar vantagem. Tambem acho que minha propriedade é minha e ninguem deveria se intrometer nos meus assuntos, nem estado, nem igreja e nem sociedade. Se eu puder acabar com essa intervenção atraves de atitudes individuais ou da minha associação, o farei.
 

LockeZeRo

The RAGE Lord
Mensagens
1.135
Reações
16
Pontos
94
lucky_ace;7628335 disse:
Orra, quantos anarquistas aparecendo aqui, hehehe:D

lbrujah.gif


Respondendo ao tópico tambem: Não gosto de discutir politica nem religião com ninguem, todo mundo que discorda tenta implantar as idéias deles por cima da minha de forma idiota e dai eu broxo com a conversa ao ver que a pessoa é idiota e intolerante lol

Somente poucos amigos que da pra discutir mesmo...


flws
 


BigBrother

Bam-bam-bam
Mensagens
18.660
Reações
1.980
Pontos
439
Gostaria de dizer que sou anarquista mas tenho plena consciência de que isso não existe.
 

Guicicca90

Bam-bam-bam
Mensagens
8.728
Reações
5.877
Pontos
414
Me considero "liberal de esquerda" ou capitalista social-democrata. Defendo as leis básicas do mercado capitalista, a liberdade de consumo e o direito à propriedade, porém, com uma razoável influência Estatal. Este deve agir como órgão regulador e planejador da economia e promover o bem-estar social com bons serviços públicos e políticas econômicas de redução da desigualdade. Fornecer oportunidades adequadas e incentivar o empreendedorismo e taxar corretamente as diferentes quantidades de renda de cada um, além de controlar os abusos das empresas.
Sou totalmente contrário a qualquer forma de regime político totalitário ou autoritário, com censura de opinião e repressão ao direito de ir e vir
Acredito que o sonho anarquista está e sempre foi tão distante quanto as nossas possibilidades de explorar a Galáxia mais distante do universo
 

TakenBr

Bam-bam-bam
Mensagens
2.709
Reações
835
Pontos
224
Minha opnião política atual se resume na crença do capitalismo perfeito. Não acredito que o anarquismo ou o comunismo dariam certo, e mesmo que dessem, se seria justo. Prefiro uma economia como a da Noruega onde cada pessoa pode se desenvolver, bastando ir atrás, do que uma em que todos ganham o mesmo "soldo".

É justo um medico ganhar o mesmo que um lixeiro? Pra mim não.

Porém eu curto o que alguns comunas fizeram, lenin e che por exemplo. mas acho que só é valido quando a situação do país está na m**** total, dps que recuperar a economia se deve voltar ao capitalismo.

Além de que concordo com Thomas Hobbes no seguinte aspecto, o ser humano tem a natureza de guerra contra todos. Sem o Estado seria caos total.
 

LockeZeRo

The RAGE Lord
Mensagens
1.135
Reações
16
Pontos
94
TakenBr;7628499 disse:
É justo um medico ganhar o mesmo que um lixeiro? Pra mim não.


Isso é um ponto interesante cara.

Pra min, se todos ganhasem a mesma coisa ou leves diferenças todos so iam fazer oque gostam e por amor.

Sabe a diferença de uma pessoa que sempre sonhou em ser médico e salvar vidas para uma pessoa que virou médico pra paga bem, eu acho isso uma diferença enorme e se todas as pessoas PUDESSEM fazer oque amam sem medo de morrer de fome o mundo seria um lugar melhor.

Quanto ao lixeiro, para min um trabalho que teoricamente degrada a pessoa e a faz sentir vergonha de si mesma deveria é pagar mais que um médico que é bem visto pela sociedade e tratado como superior por quase todas as carreiras.

flws
 

Guicicca90

Bam-bam-bam
Mensagens
8.728
Reações
5.877
Pontos
414
TakenBr;7628499 disse:
Além de que concordo com Thomas Hobbes no seguinte aspecto, o ser humano tem a natureza de guerra contra todos. Sem o Estado seria caos total.

os indígenas de toda américa vivam sem Estado, muitas sociedades nativas da Indonésia, Filipinas e Papua Nova Guiné ainda vivem sem Estado, comofas?



um médico leva muito mais tempo pra se formar, e necessita de tempo e dedicação. em contrapartida, qualquer um com uma razoável saúde física pode ser um lixeiro. por isso não acredito em salários iguais, apesar de ambas as profissões serem igualmente importantes. muitos podem ser lixeiros, mas poucos podem ser médicos
 

TakenBr

Bam-bam-bam
Mensagens
2.709
Reações
835
Pontos
224
LockeZeRo;7628544 disse:
Isso é um ponto interesante cara.

Pra min, se todos ganhasem a mesma coisa ou leves diferenças todos so iam fazer oque gostam e por amor.

Sabe a diferença de uma pessoa que sempre sonhou em ser médico e salvar vidas para uma pessoa que virou médico pra paga bem, eu acho isso uma diferença enorme e se todas as pessoas PUDESSEM fazer oque amam sem medo de morrer de fome o mundo seria um lugar melhor.

Quanto ao lixeiro, para min um trabalho que teoricamente degrada a pessoa e a faz sentir vergonha de si mesma deveria é pagar mais que um médico que é bem visto pela sociedade e tratado como superior por quase todas as carreiras.

flws
A questão é que pra se tornar um médico é uma longa jornada. Muito, mas muito estudo por quase uma década. Não é qualquer pessoa que vira isso. Ser lixeiro basta ter disposição física, não é algo extremamente complicado. Não que seja um emprego degradante ou algo do tipo, só que não é difícil se tornar um. Pra mim o salário tem que ser igual ao esforço acadêmico atingido, ou artistico.

E como disse, nesse modelo de "capitalismo perfeito", mesmo o salário de lixeiro ainda daria pra viver razoavel nos países mais desenvolvidos do mundo. Sobre o que fazer o que ama, dependendo basta ir atrás tmb. Vários músicos tiram muito mais que vários médicos.

Guicicca90;7628562 disse:
os indígenas de toda américa vivam sem Estado, muitas sociedades nativas da Indonésia, Filipinas e Papua Nova Guiné ainda vivem sem Estado, comofas?



um médico leva muito mais tempo pra se formar, e necessita de tempo e dedicação. em contrapartida, qualquer um com uma razoável saúde física pode ser um lixeiro. por isso não acredito em salários iguais, apesar de ambas as profissões serem igualmente importantes. muitos podem ser lixeiros, mas poucos podem ser médicos
Sim, Locke cita isso se não me engano no seu conceito de que o estado natural do homem é a "paz". Porém eu acho que o homem já está tão corrompido que não tem mais volta, tirando essas sociedades totalmente isoladas. Hoje em dia o Estado acabou se tornando peça vital mesmo, sem ele a justiça e ordem não seriam aplicadas por causa das ambições, concorrencias e desconfianças que o ser humano tem.
 

BigBrother

Bam-bam-bam
Mensagens
18.660
Reações
1.980
Pontos
439
Contratualismo é um absurdo.


O único que cria uma teoria melhorzinha é o Beccaria. Isso por que não é nem o foco dele.
 

TakenBr

Bam-bam-bam
Mensagens
2.709
Reações
835
Pontos
224
BigBrother;7628658 disse:
Contratualismo é um absurdo.


O único que cria uma teoria melhorzinha é o Beccaria. Isso por que não é nem o foco dele.
pq absurdo?
tá certo que não é porque o governante foi posto ali que ele pode fazer oq bem entender com o povo sem ter a menor noção de certo e errado, mas tem muita coisa que faz sentido nessas teorias de contrato social.
 

Guicicca90

Bam-bam-bam
Mensagens
8.728
Reações
5.877
Pontos
414
TakenBr;7628691 disse:
pq absurdo?
tá certo que não é porque o governante foi posto ali que ele pode fazer oq bem entender com o povo sem ter a menor noção de certo e errado, mas tem muita coisa que faz sentido nessas teorias de contrato social.

por ex?
 

Lero_Lero

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
15.066
Reações
21.778
Pontos
619
Eu falo minha opinião sempre brincando. Sobre religião inclusive.
Ou com um coolface no final, se preferirem. Sei lá, cada um teve sua experiência de vida pra acreditar no que quiser. Se eu acredito em algo, por que os outros tem que acreditar no mesmo?
 

BigBrother

Bam-bam-bam
Mensagens
18.660
Reações
1.980
Pontos
439
TakenBr;7628691 disse:
pq absurdo?
tá certo que não é porque o governante foi posto ali que ele pode fazer oq bem entender com o povo sem ter a menor noção de certo e errado, mas tem muita coisa que faz sentido nessas teorias de contrato social.

Não existe o contrato. O homem é como Aristóteles já dizia 'animal social', desde que ele nasce ele tende a viver em sociedade, acho meio absurdo falar em 'estado de natureza'.
 

Dark_Schneider_

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
21.515
Reações
16.565
Pontos
674
as comunidades indigenas e aborigenas tinham um lider tribal, o que é rejeitado pelo anarquismo. Nao era um Estado Moderno, por motivos obvios, mas tambem nao era anarquismo.

Anarquismo foi o Grão Pará durante a cabanagem e a Colônia Cecília.
 

Doomstar

Veterano
Mensagens
1.101
Reações
57
Pontos
139
eu simplesmente desprezo o sistema, sou anarquista, mas reconheço que é utópico
 

TakenBr

Bam-bam-bam
Mensagens
2.709
Reações
835
Pontos
224
BigBrother;7628782 disse:
Não existe o contrato. O homem é como Aristóteles já dizia 'animal social', desde que ele nasce ele tende a viver em sociedade, acho meio absurdo falar em 'estado de natureza'.
bem, ao menos do meu ponto de vista o ser humano pode ser sociavel e comunicativo (político) e também um monstro, passando por cima de todos pra atingir suas metas. Em meu conceito, apesar de ser bem mais óbvio que a guerra parece fazer parte de nós quando estudamos a história de toda a humanidade, podemos associar ela a política comunicativa e vice-versa. É bem aberto isso, cada um pensa de uma forma.

Vou por em spoiler aqui uma coisa interessante sobre o jogo Final Fantasy Tactics, quem já tiver zerado ou não se importa com spoilers pode ler de boa.

O jogo mostra como uma pessoa de sangue comum conseguiu subir ao trono de rei e impor a paz no reino, mas o preço que ele pagou pra isso foi muito alto, perdeu totalmente sua humanidade, usou da manipulação e assassinato contra todos a seu redor, e no fim se tornou o que ele mais odiava, um totalitário lubridiador. Delita é o exemplo perfeito porque ele era tanto político quanto violento, e usou dos dois pra subir ao poder no jogo.

Guicicca90;7628724 disse:

"O estado de natureza, relativamente pacífico, não está insento de inconvenientes, como a violação da propriedade (vida, liberdade e bens) que, na falta de lei estabelecida, de juiz imparcial e de força coercitiva para impor a execução das sentenças, coloca os indivíduos singulares em estado de guerra uns contra os outros."

"[...] É a necessidade de superar esses inconvenientes que, segundo Locke, leva os homens a se unirem e estabelecerem livremente entre sí o contrato social, que realiza a passagem do estado de natureza para a sociedade política ou civil. Esta é formada por um corpo político único, dotado de legislação, de judicatura e da força concentrada da comunidade. Seu objetivo precípuo é a preservação da propriedade e a proteção da comunidade tanto dos perigos internos quanto das invasões estrangeiras."

"[...] Em Locke, o contrato social é um pacto de consentimento em que os homens concordam livremente em formar a sociedade civil para preservar e consolidar ainda mais os direitos que possuíam originalmente no estado de natureza. No estado civil os direitos naturais inalienáveis do ser humano à vida, à liberdade e aos bens estão melhor protegidos sob o amparo da lei, do árbitro e da força comum de um corpo político unitário."
 

Gato Descabelado

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
13.009
Reações
19.978
Pontos
649
Esc¹;7627801 disse:
Pois quando você revela que tem simpatia pelo comunismo, a maioria das pessoas agem com desprezo e com certa ignorancia, mesmo que sua opinião não seja nada radical. Tenho então a impressão de que se revelar tal tipo de coisa em um local de trabalho isso me fechara várias portas.

Sim fecharia várias portas, mas você afastaria apenas os ignorantes. Que infelizmente por default, são a maior parte da sociedade.

Dark_Schneider_;7628369 disse:
eu sou anarquista individualista. Defendo a liberdade de associação, bem como a liberdade de desfiliação ao meu bel prazer, desde que me convenha e eu possa tirar vantagem. Tambem acho que minha propriedade é minha e ninguem deveria se intrometer nos meus assuntos, nem estado, nem igreja e nem sociedade. Se eu puder acabar com essa intervenção atraves de atitudes individuais ou da minha associação, o farei.

Você é honesto!
Ganhou uma estrelinha de admiração.

----------------------------------------------

Eu sou capitalista. No campo social sou revolucionário e no político sou democrata, porém renego completamente o modelo democrático adotado no Brasil.
 

Stud1

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
28.585
Reações
11.256
Pontos
744
Não tenho uma opinião "clássica".

Apesar de ser um anarquista por excelência, acho-o extremamente utópico e até mesmo ridículo de querer aplica-lo em uma grande população (em pequenas sociedade acredito que funcione).

Mas para avaliar qualquer coisa dessas, temos que fazer um exercício de abstração e eu não tenho tal capacidade. Será mesmo que sem a "corrida do capitalismo", o ser humano iria ser preguiçoso? Será mesmo que é através do medo que muitos não cometem crimes? Será que o Estado é realmente essencial para manter a ordem?

São perguntas difíceis de responder, ao longo dos séculos filósofos vem debatendo este assunto e até agora sem nenhuma conclusão.

Resumindo...

Chegamos até aqui graças ao capitalismo selvagem imposto pelo grande império Britânico. Apesar das inúmeras possibilidades de outros modelos, por eu fazer parte de uma elite, gosto do modelo capitalista (óbvio que se possível gostaria que fosse mais, muito mais, igualitário).

Óbvio que se eu fosse pobre teria outra opinião, provavelmente muito mais Marxista...

Mas de coração sou Anarquista Utópico.
 

firulero

Ei mãe, 500 pontos!
GOLD
Mensagens
37.686
Reações
46.414
Pontos
877
Guicicca90;7628562 disse:
os indígenas de toda américa vivam sem Estado, muitas sociedades nativas da Indonésia, Filipinas e Papua Nova Guiné ainda vivem sem Estado, comofas?

Eles podem não ter um Estado nos moldes modernos, mas neles ainda se encontra uma hierarquia, tradições, regras e vários outros aspectos organizacionais presentes num estado.

Compartilho mais da visão de Rousseau, que o homem é um "bom-selvagem" no seu estado de natureza, e o meio social é que o corrompe e o torna "mau", e pare se protegerem da própria "maldade", os homens acabam preferindo viver sob a tutela de uma instituição maior, que possa controla-los.
 

Jujuba o cão idealista

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
21.921
Reações
22.195
Pontos
659
Guicicca90;7628562 disse:
os indígenas de toda américa vivam sem Estado, muitas sociedades nativas da Indonésia, Filipinas e Papua Nova Guiné ainda vivem sem Estado, comofas?

mora em oca, não tem indústria, fca no mato, sem play e sem tv de lcd. porn, nem pensar.

e as índias nem podem fazer lipoescultura, massaem linfática e academias mil pra ficarem umas cocots lkas.



mó saco essas paradas de índio.
 

Artorza

Supra-sumo
Mensagens
2.058
Reações
368
Pontos
159
Manjericão;7627962 disse:
[COLOR="Black"]Sou anarquista ontológico, libertário ao extremo, apartidário, anti-fascimo, a favor do direito ao aborto, a favor do direito ao casamento gay e direito à adoção de crianças por casais gays, a favor dos direitos das mulheres e das minorias oprimidas, a favor da legalização da maconha, anti-capitalismo, etc.

f**a-se a empresa.[/COLOR]

Anarquia não funciona, nem funcionará com seres humanos. NUNCA.
O ser humano é muito imperfeito e cheio de falhas para uma coisa dessas um dia funcionar.
Se você olhar, é um sistema perfeito. Totalmente justo.
Mas não tem Leis, então se uma pessoa machucar/ferir/interferir a outra, quem vai julgá-la?
Você quer pãozinho, só ir na padaria buscar, de graça e tal. Você também trabalharia de graça.
Seria ótimo.
Mas com certeza, MUITOS se aproveitariam do sistema, e não fariam nada.
Talvez desse certo, mas com uma sociedade bem pequena e fechada e com a educação sendo a base de tudo.

Sou à favor do Capitalismo. Mas um capitalismo que funcione, não o existente hoje.
Se o governo desse o básico para o cidadão, igualmente, seria o mais perto da real democracia que teríamos.
Se tivéssemos todos, o básico, ai seria cada um por si, para sair desse básico.
Claro que tem aquela, para você ficar rico, outro tem que ficar pobre, mas por isso o básico, como educação, transporte, saúde, saneamento, devem ser dados pelo governo.
Ou seja, o Estado, garantiria a sobrevivência no mínimo.


Porra, quanta coisa eu escrevi. oO
 

Gato Descabelado

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
13.009
Reações
19.978
Pontos
649
Artorza;7630622 disse:
Se o governo desse o básico para o cidadão, igualmente, seria o mais perto da real democracia que teríamos.
Se tivéssemos todos, o básico, ai seria cada um por si, para sair desse básico.
Claro que tem aquela, para você ficar rico, outro tem que ficar pobre, mas por isso o básico, como educação, transporte, saúde, saneamento, devem ser dados pelo governo.
Ou seja, o Estado, garantiria a sobrevivência no mínimo.

Isso não é o correto. Todos devemos trabalhar para merecer o que temos. Deixar nas mãos do governo o sustento das massas mais pobres apenas onerará a classe trabalhadora e diminuirá os recursos públicos que deveriam ser empregados em saúde ou educação.
Sem falar que isso cria a classe de aproveitadores que você renegou no anarquismo.

Em um mundo capitalista não é necessário existirem pobres ou miseráveis para que o sistema funcione. Deve sim existir uma melhor distribuição de renda.
Existe muito dinheiro nesse mundo. O suficiente pra tirar todo mundo da miséria e ainda termos pessoas muito ricas.
 

Artorza

Supra-sumo
Mensagens
2.058
Reações
368
Pontos
159
Gato Descabelado;7630681 disse:
Isso não é o correto. Todos devemos trabalhar para merecer o que temos. Deixar nas mãos do governo o sustento das massas mais pobres apenas onerará a classe trabalhadora e diminuirá os recursos públicos que deveriam ser empregados em saúde ou educação.
Sem falar que isso cria a classe de aproveitadores que você renegou no anarquismo.

Em um mundo capitalista não é necessário existirem pobres ou miseráveis para que o sistema funcione. Deve sim existir uma melhor distribuição de renda.
Existe muito dinheiro nesse mundo. O suficiente pra tirar todo mundo da miséria e ainda termos pessoas muito ricas.

Realmente, não é necessário existirem pobres.
Mas você vai colocar um valor máximo para a pessoa possuir em dinheiro? Não, certo?
Então logicamente, alguns terão mais do que o outro. Então o Estado deve garantir algo igual para todos, as necessidades básicas humanas.

Desculpa, mas você acha então que um desempregado não deve ter direito à saúde, água, educação? Você paga impostos, então você deve sim ter o que merece, afinal está pagando.
Dinheiro realmente não falta, somos a 7° economia do Mundo, e o Brasil tá a mesma m**** que antes do Plano Real, quando a economia tava foda.

E não haveria esse tanto de aproveitadores não, devido a necessidade da pessoa se alimentar e VIVER né? Ninguém vive só de água e educação.
E com uma educação melhor, teríamos menos criminosos, e teríamos a noção de que viver apenas na folga, seria pior.
Também não haveria Bolsa-Família, ou seja, tu vai viver como? Indo pra luta, já com o básico garantido.

Mas claro que tudo isso, é à longo prazo. :-(

@CriadorDoTópico
Desculpe o desvio do tópico, mas tópico sobre política será sempre assim. :-D
 

Gato Descabelado

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
13.009
Reações
19.978
Pontos
649
Artorza;7630765 disse:
Realmente, não é necessário existirem pobres.
Mas você vai colocar um valor máximo para a pessoa possuir em dinheiro? Não, certo?
Então logicamente, alguns terão mais do que o outro. Então o Estado deve garantir algo igual para todos, as necessidades básicas humanas.

Desculpa, mas você acha então que um desempregado não deve ter direito à saúde, água, educação? Você paga impostos, então você deve sim ter o que merece, afinal está pagando.
Dinheiro realmente não falta, somos a 7° economia do Mundo, e o Brasil tá a mesma m**** que antes do Plano Real, quando a economia tava foda.

E não haveria esse tanto de aproveitadores não, devido a necessidade da pessoa se alimentar e VIVER né? Ninguém vive só de água e educação.
E com uma educação melhor, teríamos menos criminosos, e teríamos a noção de que viver apenas na folga, seria pior.
Também não haveria Bolsa-Família, ou seja, tu vai viver como? Indo pra luta, já com o básico garantido.

Mas claro que tudo isso, é à longo prazo. :-(

@CriadorDoTópico
Desculpe o desvio do tópico, mas tópico sobre política será sempre assim. :-D

Em um sistema capitalista sempre existirão pobre e ricos. Não há absolutamente nada de errado nisso. Desempregados devem ter direito a alimentação, saúde e educação. Mas isso não pode ser eterno.

Em países sérios também existe o assistêncialismo, mas ele é limitado a um tempo (geralmente 6 meses) e durante esse período o governo trabalha para recolocar esse cidadão no mercado de trabalho. Essa é a forma correta de proceder.
 

marcellhernandes

Supra-sumo
Mensagens
4.636
Reações
106
Pontos
194
Eu acredito deve haver uma mistura. Sou direita com tendências de esquerda. Ou seja, nacional socialismo. Um modelo visando a manutenção do bem estar social e capitalista ao mesmo tempo. Acho que o socialismo ñ daria nada certo, como já não deu. Acho a democracia uma boa idéia. Mas também acho a política do bom senso muito melhor que a do senso comum. Então fica meio ambíguo. Complicado isso aí. O fato é q ñ importa qual sistema impere, o que precisa mudar é a cultura do povo.
 

Artorza

Supra-sumo
Mensagens
2.058
Reações
368
Pontos
159
Gato Descabelado;7630806 disse:
Em um sistema capitalista sempre existirão pobre e ricos. Não há absolutamente nada de errado nisso. Desempregados devem ter direito a alimentação, saúde e educação. Mas isso não pode ser eterno.

Em países sérios também existe o assistêncialismo, mas ele é limitado a um tempo (geralmente 6 meses) e durante esse período o governo trabalha para recolocar esse cidadão no mercado de trabalho. Essa é a forma correta de proceder.

Porra,tu considera Saúde, Educação e Alimentação como assistencialismo?
Tipo, "Tu tem 6 meses pra arranjar um emprego ou morre de fome, e não poderá estudar, nem ter direito a médicos".
Essas 3 coisas não são mais que obrigação o governo dar. Não se esqueça, que há os impostos que são justamente para o governo funcionar.

Sim, sempre existirão pobres e ricos, por isso eu digo que o governo fornece o básico, o resto é com você.
Você decide se quer sair do básico, ou viver com o básico.
O capitalismo que eu penso não possui assistencialismo nenhum. Repito, educação, saúde, alimentação, entre outros, não são assistencialismo.
Assistencialismo é ProUni, Bolsa-Família, etc.
 

Gato Descabelado

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
13.009
Reações
19.978
Pontos
649
Artorza;7635684 disse:
Porra,tu considera Saúde, Educação e Alimentação como assistencialismo?
Tipo, "Tu tem 6 meses pra arranjar um emprego ou morre de fome, e não poderá estudar, nem ter direito a médicos".
Essas 3 coisas não são mais que obrigação o governo dar. Não se esqueça, que há os impostos que são justamente para o governo funcionar.

Sim, sempre existirão pobres e ricos, por isso eu digo que o governo fornece o básico, o resto é com você.
Você decide se quer sair do básico, ou viver com o básico.
O capitalismo que eu penso não possui assistencialismo nenhum. Repito, educação, saúde, alimentação, entre outros, não são assistencialismo.
Assistencialismo é ProUni, Bolsa-Família, etc.

Artorza, você tem uma visão muito local das coisas. Sempre fui apaixonado por política externa e sistemas sociais, portanto sempre considerei o melhor e pior de todos. Talvez eu realmente tenha sido infeliz nessa colocação, então vou tentar explanar. ;)

Não considero saúde como assistêncialismo, acho que é um direito de qualquer cidadão, mas saiba que vivemos em um dos poucos países do mundo que oferecem saúde (se é que podemos chamar assim) a qualquer um.
Em países como EUA e alguns na europa, o cidadão deve prover sua própria saúde. Nesses casos, ou você paga o seu tratamento à vista, ou você aciona seu seguro, que é o caso mais comum. Todos pagam seguro saúde, porém discordo desse modelo.
Para muitos, o direito à saúde pública é atrelado ao pagamento de impostos como INSS, mas isso seria inconstitucional (falando é claro, no Brasil):
Art. 196 - A saúde é direito de todos e dever do Estado, garantido mediante políticas sociais e econômicas que visem à redução do risco de doença e de outros agravos e ao acesso universal e igualitário às ações e serviços para sua promoção, proteção e recuperação.

Educação é um campo direto pra mim. Pra mim é tanto dever do estado prover, como é dever do cidadão estudar.

Alimentação é um campo mais delicado, mas acho correto classificar como assistêncialismo quando o governo provêem a comida para o cidadão.
Assistêncialismo como o próprio nome diz, é uma assistência oferecida pelo estado, caso o cidadão esteja passando por dificuldades. E alimentação, em minha opinião é dever do cidadão.


Artorza;7635684 disse:
Você decide se quer sair do básico, ou viver com o básico.

Acredito que é apenas nesse ponto que nós claramente discordamos.

Eu sou absolutamente contra qualquer um que decida "viver do básico". Em minha opinião, qualquer cidadão tem a obrigação de contribuir para a sociedade. Quando um indivíduo resolve parar de trabalhar/contribuir para viver às custas do estado, ele deveria automaticamente perder o direito a cidadania.
Pra ilustrar um exemplo, cruzo diariamente um parque em minha cidade para ir ao trabalho, e sempre vejo desses "cidadãos" que claramente não querem trabalhar. Preferem viver do assistêncialismo dado pelo estado, de pedir dinheiro e de pequenos furtos. Em compensação perturbam, furtam dos transeuntes e depredam patrimônio público. Cidadãos assim são como um câncer, estão ai apenas para atrapalhar a harmonia social.

Isso é totalmente diferente de um cidadão desempregado em necessidades. Um desempregado ainda é um trabalhador; sem emprego, mas procurando.
O limite de 6 meses é padrão em alguns países e eu acho importante para coibir abusos. Durante esse período de assistência, o cidadão é acompanhado pela assistência social para verificar se o mesmo está bem e certificar-se de que o mesmo está em busca de trabalho, muitas vezes a própria assistência social auxilia esse cidadão em sua reentrada no mercado de trabalho.
Se o cidadão não conseguir emprego até o período final da assistência, será feita a avaliação do mesmo, e caso fique claro de que o mesmo realmente tentou e não conseguiu, a assistência é prorrogada por mais 6 meses.
Mesmo que o cidadão consiga o emprego, a assistência ainda deve acompanha-lo por pelo menos um ano para verificar se este realmente saiu de situação de risco, podendo inclusive receber auxílio social durante os primeiros meses de trabalho.

Espero que tenham ficado claras minhas idéias. Qualquer coisa é só rebater ;)
 

Incalus

Bam-bam-bam
Mensagens
8.119
Reações
8.900
Pontos
444
Sou imperialista utópico...

Baseio-me no modelo de governo gondoriano a partir da 4ª Era. O Rei era Protetor de vastas terras, mas era tão justo que permitia que todas as regiões possuíssem seus próprios líderes, e o Rei na verdade nunca interfiria nos negócios de cada região, sendo o seu reinado, embora vitalício, amplamente igualitário. Não se tratava de cosmopolitanismo, já que cada região de Endor poderia aplicar Leis específicas que deveriam, INCLUSIVE, ser respeitadas pelo próprio Rei, mas este era incorrupto e totalmente íntegro e justo.
 

mig29gsxr

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
18.779
Reações
23.416
Pontos
694
Sou a favor de cerveja, mulher pelada e video games. E o ditador benevolente JC Denton é quem deve coordenar a nova ordem mundial.
 

leotrix14

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
10.700
Reações
13.586
Pontos
639
ANARQUIA! OI OI OI !
ANARQUIA! OI OI OI !
garotos podres.
tendeu?
 
Topo Fundo