O que há de Novo?
  • Novo tema escuro está disponível
    Um novo visual para o fórum com fundo escuro agora está disponível para todos. Você pode escolher o tema clicando no ícone de pincel no canto inferior esquerdo da página.


Para quem está no ramo da T.I [Lamente-se AQUI]

Sobre T.I


  • Total voters
    119

Dr.Saber

Bam-bam-bam
Mensagens
1.956
Curtidas
2.876
Pontos
283
#1
Como alguns devem saber - creio que não - sou da área da T.I, aliás ainda estou na faculdade (HEHE), e estou com problemas na questão sair ou não sair - eis à questão. Reencontrando velhos amigos, inclusive alguns que cursam computação, percebi que eu não era o único que estava na corda bamba em relação em continuar no curso. Conversando com eles, boa parte deles se perguntam: "e depois da faculdade, o que faremos?". Pois é, é complicado conseguir um trampo legal com um salário digno por aqui, sem falar que regiões mais desenvolvidas que o nordeste já passam por problemas, imagine aqui...

Enfim, estou na dúvida se fico ou se saio. ( é cara ou coroa mesmo)


Então, eu queria a opinião dos CARAS que cursam e/ou estão na área da computação (engenharia de software, S.I etc) o que estão achando do mercado atualmente por onde vivem, e como veem o futuro.

Thanks, pessoal. Que comecem os jogos!
 


Mensagens
3.914
Curtidas
6.741
Pontos
303
#2
Como alguns devem saber - creio que não - sou da área da T.I, aliás ainda estou na faculdade (HEHE), e estou com problemas na questão sair ou não sair - eis à questão. Reencontrando velhos amigos, inclusive alguns que cursam computação, percebi que eu não era o único que estava na corda bamba em relação em continuar no curso. Conversando com eles, boa parte deles se perguntam: "e depois da faculdade, o que faremos?". Pois é, é complicado conseguir um trampo legal com um salário digno por aqui, sem falar que regiões mais desenvolvidas que o nordeste já passam por problemas, imagine aqui...

Enfim, estou na dúvida se fico ou se saio. ( é cara ou coroa mesmo)


Então, eu queria a opinião dos CARAS que cursam e/ou estão na área da computação (engenharia de software, S.I etc) o que estão achando do mercado atualmente por onde vivem, e como veem o futuro.

Thanks, pessoal. Que comecem os jogos!
Mercado está uma merda. Mas se vc se especializar , vc será considerado foda.
Experiência própria.

Enviado de meu P10 Lite usando Tapatalk
 

dk120

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
30.665
Curtidas
48.191
Pontos
979
#3
Eu nunca me dei muito bem com pessoas. Sou depressivo e esquisito. Trabalhar com programação é uma das unicas profissões que aceita mais de boa pessoas assim. Nunca senti que tive escolha, então, nem tenho como me arrepender.

Nunca fui de gastar muito e nem de esbanjar. Sempre achei meu salário ok.

Agora, o mercado no Brasil parece estar bem ruim, mas tenho sorte que aqui na região que moro ainda está legal. Inclusive a empresa que trabalho precisou buscar gente de fora. Alias, para mim é a melhor coisa de TI. Parece ser uma area que aceita muito bem trabalho estrangeiro. Talvez pela propria cultura da programação. Código bom fala por si só. Se a pessoa nasceu e/ou vive do outro lado do oceano não importa.
 

François

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
26.427
Curtidas
16.834
Pontos
754
#4
Toda semana tem um tópico de lamentações sobre a TI. Façam um tópico oficial: "É do ramo da TI? Lamente-se aqui".

Eu já fui técnico de escritório, edição de imagens, manutenção e redes, mas nem sei se conta. No tempo da popularização do WiFi, fiz uma graninha extra instalando redes domésticas.

Nunca procurei emprego na área, mas com o tempo acabei achando que era muito trabalho para pouco retorno. No começo tive a precipitada ideia de "gosto e tenho afinidade com computadores, logo, vou gostar trabalhar com os mesmos.


P.S.: TI sempre me lembra de IT Crowd. Seriado muito engraçado sobre o tema.

falow
 

Maladino

Bam-bam-bam
Mensagens
5.271
Curtidas
4.427
Pontos
459
#6
Meu irmão é desenvolvedor, conta como da área de TI?

Ele tem nojo da área, mas é concursado (Não vou expor o lugar pra não dar merda, Curitiba é um ovo) e está aturando o emprego por causa das condições. Mas está doido pra mudar de ramo.

O problema é que ele está querendo mudar pra área de Design/Ilustração/Fotografia, que é exatamente o campo ingrato que eu abandonei com todas as forças pra fazer medicina.

P.S.: TI sempre me lembra de IT Crowd. Seriado muito engraçado sobre o tema.

falow
10/10

Would watch again.
 


Inari

Bam-bam-bam
Mensagens
1.349
Curtidas
2.423
Pontos
303
#12
Bom, curso Sistemas de Informação, estou no penultimo período e trabalho na mesma empresa há 5 anos (contando estágio). Gosto da área, trabalho com o que gosto mas as vezes algumas cobranças excessivas te fazem querer chutar o balde e largar tudo. Atualmente trabalho como programador e o salário até que é bom comparado a outras áreas, não dá pra esbanjar mas dá pra ter um padrão de vida bom. Aqui na região que moro até que tem muitas vagas de emprego na área, todos meus colegas estão empregados, ganhando bem também e inclusive recebos várias oportunidades de emprego no Linkedin. O foda da área é que você precisa estar em constante evolução, fazendo cursos, especializando, aprendendo novas linguagens.
 

nando3d

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
20.141
Curtidas
21.494
Pontos
654
#13
Formei na área e não sinto muita vontade de prosseguir.

Atualmente eu estou trabalhando em uma empresa de TI, mas mexo mais com coisas administrativas. Vez ou outra eu programo algo. É um cargo que consegui passando em um concurso quando eu ainda estava começando a faculdade.

A minha meta atual é... passar em um outro concurso, de nível médio mesmo. Só para dar mesmo aquele acréscimo salarial, para ficar mais de boa.
 

clubit

Bam-bam-bam
Mensagens
1.209
Curtidas
2.944
Pontos
303
#15
NÃO ESTOU GENERALIZANDO MAS NESSES 10 ANOS DE T.I. JA VI MUITOS ASSIM:
é aquela velhaaaa história..
o cara faz t.i. pq um parente ou um amigo trabalha ma área e ganha bem ai o caboclo acha que é a melhor escolha por causa do $$$
faz apenas a faculdade achando que saindo de lá já vai dar de cara com um salário alto mesmo sem experiência em buceta nenhuma
não buscou nenhuma especialização/certificação/curso acha que só a faculdade serve
ai o cara vive reclamando e falando mal de t.i. e vai fazer outra coisa..
 
Mensagens
6.525
Curtidas
13.961
Pontos
409
#18
Sou da area a faz 20 anos, então acho que conheço um pouco.

É uma área muito dinâmica, tudo muda a cada 5 anos, não se restringe a programador, existem diversas coisas suporte, projetos, vendas, etc, etc

Faculdade é o básico e as vezes até não é o essencial, experiencia conta muito mais que nome de faculdade, ou seja tem que fazer um bom estágio alias o estágio praticamente vai falar pra onde vai.

Cursos e certificações são extremamente importantes, principalmente nas áreas técnicas, inglês é essencial também, existem vagas que não precisam de certificações e inglês mas são justamente essas vagas que o povo vai ficar reclamando de baixo salário etc

O mercado de TI é um cú, é minúsculo e todos se conhecem dentro de seu circulo, por exemplo se trabalha em um integrador de rede, todos da área de integradores de rede se conhece ou conhece alguém que conhece você, o mesmo vale para fabricantes etc

A diferença de salários é gigante, isso ocorre pela capacitação, experiência e principalmente raridade, tem muita gente em TI mas poucas em algumas coisas, ou poucas capacitadas em determinadas coisas ou realmente boas naquilo que fazem

Eu gosto da area, tenho uma boa carreira, já deixei a parte técnica faz uns 13 anos

Quanto as regiões do país, TI se restringe basicamente em SP, RJ e Brasília, tem ainda algo no sul mas bem menor que essas regiões, SP é onde estão as grandes empresas e fabricantes de TI portanto com as melhores oportunidades
 
Mensagens
222
Curtidas
617
Pontos
128
#19
Trabalho há 5 anos com TI, mais precisamente com suporte técnico (chão de fábrica da categoria por assim dizer), durante a Faculdade não fiz estágio, já que eu trabalhava como suporte, tinha aluguel pra pagar e não podia me aventurar por ai...hoje me arrependo muito de não ter estagiado em desenvolvimento, qualquer vaga de front-end jr trainee os porra tão pedindo experiência profissional comprovada, enquanto numa ponta fala que faltam profissionais, as empresas ficam nessa panelinha ai de aceitar só quem já ta dentro, Brasil precisa formar desenvolvedores pra próxima revolução industrial (internet das coisas) e ficam nessa putaria ai!

Desculpe o desabafo, é que to desempregado desde dezembro e já to desesperado de ter que me prostituir por salário de fome com vaga de suporte novamente.
 

Wrex

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
12.875
Curtidas
11.399
Pontos
609
#20
Tenho 10 anos em TI. Começo realmente é perrengue...
Agora recebo propostas de trabalho regularmente.


Trabalho há 5 anos com TI, mais precisamente com suporte técnico (chão de fábrica da categoria por assim dizer), durante a Faculdade não fiz estágio, já que eu trabalhava como suporte, tinha aluguel pra pagar e não podia me aventurar por ai...hoje me arrependo muito de não ter estagiado em desenvolvimento, qualquer vaga de front-end jr trainee os porra tão pedindo experiência profissional comprovada, enquanto numa ponta fala que faltam profissionais, as empresas ficam nessa panelinha ai de aceitar só quem já ta dentro, Brasil precisa formar desenvolvedores pra próxima revolução industrial (internet das coisas) e ficam nessa putaria ai!

Desculpe o desabafo, é que to desempregado desde dezembro e já to desesperado de ter que me prostituir por salário de fome com vaga de suporte novamente.
Suporte sempre foi início de carreira em TI.
 
Mensagens
6.525
Curtidas
13.961
Pontos
409
#21
Trabalho há 5 anos com TI, mais precisamente com suporte técnico (chão de fábrica da categoria por assim dizer), durante a Faculdade não fiz estágio, já que eu trabalhava como suporte, tinha aluguel pra pagar e não podia me aventurar por ai...hoje me arrependo muito de não ter estagiado em desenvolvimento, qualquer vaga de front-end jr trainee os porra tão pedindo experiência profissional comprovada, enquanto numa ponta fala que faltam profissionais, as empresas ficam nessa panelinha ai de aceitar só quem já ta dentro, Brasil precisa formar desenvolvedores pra próxima revolução industrial (internet das coisas) e ficam nessa putaria ai!

Desculpe o desabafo, é que to desempregado desde dezembro e já to desesperado de ter que me prostituir por salário de fome com vaga de suporte novamente.
Comecei com suporte, não é um inicio ruim caso tenha se preparado para o próximo passo, suporte para o que você dava?
 
Mensagens
222
Curtidas
617
Pontos
128
#22
Comecei com suporte, não é um inicio ruim caso tenha se preparado para o próximo passo, suporte para o que você dava?
Suporte a end user do windows, hardware, básico de redes e controles das atividades do DP e controle de ativos.

Além da faculdade eu fiz cursos de programação, lógica, web. No momento estou criando um portfólio como Front-end e estudando pra certificações.
 
Mensagens
6.525
Curtidas
13.961
Pontos
409
#23
Suporte a end user do windows, hardware, básico de redes e controles das atividades do DP e controle de ativos.

Além da faculdade eu fiz cursos de programação, lógica, web. No momento estou criando um portfólio como Front-end e estudando pra certificações.
Suporte end-user, comecei por aí, mas era old school, participei das atualizações do Bug do ano 2000 por exemplo, depois fui para administração de servidores Solaris e virei um generalista quando adicionei outras skills, depois fui para áreas de relacionamento mais gerenciais

Mas não consegui ver o que vc quer, tem que ter um foco, eu como queria algo mais relacionamento gerencial fiz pós e MBA em gerencia de projeto e negócios, porque eu tinha certeza que queria sair do técnico

Acho que se quer mudar para programação vai ter que estar preparado para ganhar migalhas no começo, se não pode isso olharia com carinho para área de redes(Cisco, Juniper, F5, Palo alto,etc) ou parte vmware, backup, ou outro aplicativo corporativo

Edit: como me esqueci da onda de cloud, a próxima onda de gente de infra é cloud com AWS, Azure e Google cloud
 
Ultima Edição:

_Cab_

Bam-bam-bam
Mensagens
4.499
Curtidas
4.099
Pontos
369
#24
Suporte end-user, comecei por aí, mas era old school, participei das atualizações do Bug do ano 2000 por exemplo, depois fui para administração de servidores Solaris e virei um generalista quando adicionei outras skills, depois fui para áreas de relacionamento mais gerenciais

Mas não consegui ver o que vc quer, tem que ter um foco, eu como queria algo mais relacionamento gerencial fiz pós e MBA em gerencia de projeto e negócios, porque eu tinha certeza que queria sair do técnico

Acho que se quer mudar para programação vai ter que estar preparado para ganhar migalhas no começo, se não pode isso olharia com carinho para área de redes(Cisco, Juniper, F5, Palo alto,etc) ou parte vmware, backup, ou outro aplicativo corporativo

Edit: como me esqueci da onda de cloud, a próxima onda de gente de infra é cloud com AWS, Azure e Google cloud
Ta ai uma era que não trabalharia, só vejo mó estresse os cara com isso...
Eu comecei a trabalhar como desenvolvedor, hoje trabalho com Suporte tecnico (e curto pra caramba), programação eu achava muito chato, era semprea a mesma coisa. Hoje no suporte, tenho contato direto com o cliente, aprendo sobre o negocio dele e sempre tem coisa nova, unico ponto ruim que o estressa é maior, porém sei me lidar bem com isso.
Meu suporte tecnico é diferente do que o pessoal relatou, dou suporte tecnico especifico de um modulo do erp (tms e wms), então aprendo mais sobre aquele tema, no entanto que fiz faculdade de logisitica (Tenho tecnico em informatica). Aqui também onde trabalho, não é essa de nivel 1, nivel 2 , nivel 3. Eu sou o unico nivel rsrs, muitas vezes programo na versão do cliente pra liberar ou até investigar os erros, meu contato geralmente é o pessoal de TI ou analista, raramente com end user.

Quanta a pergunta do topico, acho 90% das áreas de TI tem alto nível de estresse, no entanto que é raro você ver alguem que 'trabalhou a vida toda' nesse ramo...
 

arcanosam

Habitué da casa
Mensagens
190
Curtidas
63
Pontos
64
#25
Completo 10 anos de TI no fim deste ano.:kqueixo
Mexo com desenvolvimento web: python,php, js, css,html, postgres, mysql e o baralho d'asa dessa área que só fica mais complexa a meu ver.:kzonzo

Antes desses década, trabalhei alguns meses com a parte de análise para um módulo de um sistema e depois na programação de parte do mesmo módulo em natural e cobol.

Meu problema com a área:
  • Ser ainda muito vista e usada para apagar incêndio:kflame
  • Falam de gestão, planejamento, mas na prática parece mais burocratização.:kcartola
    • Algumas coisas são válidas, pois salvam sua pele lá na frente (ou não)
    • Contudo é feito de forma trabalhosa ou complicada e geralmente confusa.
    • As vezes dá até impressão que é feita para desanimar também o cliente para que pense duas vezes antes de solicitar algo.
  • Na comunidade o pessoal parece que gosta desta tendência que a web está tomando.
    • Só cresce a complexidade, quando deveria estar facilitando nossa vida, simplificando.:kduvida
  • No dia-a-dia acho que poderia haver mais ânimo para se recomeçar algumas coisas do zero
    • Sim, sei que tem custo, mas tem hora que é mais válido recomeçar certo, pois este custo pode ser compensando no futuro
    • Mas os gestores tem uma visão de o que está funcionando, deixa funcionando, ou de dizer que quem deve decidir é a área do negócio... então tá né...:suxx
    • Acho que deveria haver espaço para a T.I. atuar mais para a T.I..
      • Ter aquele momento de época de balanço, arrumar a casa, rever e melhorar uma série de coisas, mas é tudo aos trancos e barrancos.
Penso em mudar de área, pelo menos internamente... mas não sei se rola...

Um dia melhora, provavelmente com I.A. organizando à força esta bagaceira
 

Damyen

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
32.855
Curtidas
58.035
Pontos
979
#26
Fui programador por 11 anos. Saí da área há 4 anos e acredito que saí na hora correta.

Essa semana eu estava folheando minha carteira de trabalho e vi de quanto era o meu primeiro salário como profissional da área: 1450 reais, em 2002.

Está certo que, para eu entrar nessa vaga, foi tão difícil quanto um vestibular. Apenas eu e mais dois caras, de um total de 40 que fizeram um curso, passaram na prova de seleção (sim, foi uma fucking prova objetiva).

Eu já era estagiário na época, e recebia 500 reais + alimentação + transporte antes de ir para o primeiro emprego.

Hoje eu vejo nego oferecendo 1500 reais para pessoas que devem ter experiência, qualificação e o diabo a quatro. Que merda de mercado é esse? Fala sério.

Mas o pior, na minha opinião, é essa história de "ambiente descontraído". É fliperama, é sala pra dormir, salas sem parede, mesa redonda onde todo mundo se amontoa, sem lugar fixo. Sério, eu não prestaria para trabalhar em um ambiente assim.

Sempre trabalhei na minha mesa, sossegado, sem ter que ficar conversando com todo mundo. Sempre tinha que resolver problemas tensos sem ter que esperar os meus chefes mandarem, tomava esporro do DBA depois de mandá-lo tomar no cu, enchia o saco do administrador de rede que cortava meus acessos, trabalhava nos feriados e.... achava isso tudo normal.

Hoje eu fico lendo o que essas merdas de "startups" ficam propondo, e como esse pessoal tem uma ideia totalmente diferente daquela que eu tinha sobre trabalho. Parece que tanto os empregadores quanto os empregados são pessoas fracas e frustradas.

Enfim, saí para nunca mais voltar.

Ainda me considero um programador, já que programar é igual a andar de bicicleta, mas o meu interesse por códigos hoje se resume a códigos jurídicos, não mais códigos de programas.
 

tiagobronson

We've adopted Satan!
VIP
Mensagens
8.471
Curtidas
19.064
Pontos
459
#27
TI é uma parada pros fortes, pq tem que ter muita persistencia pra não desanimar, principalmente no começo que vc tem que ralar pra porra e ganhar quase nada.

Mas se o cara passa por isso e consegue se firmar e ganhar uma boa bagagem aliada com os estudos dá pra conseguir um trampo bacana. Mas no BR a coisa anda zoada demais, nego desesperado que topo chupar rola e assobiar pra ganhar 1500 contos acaba prostituindo a categoria toda.

Sempre trabalhei com TI, desde 2003 qaundo tinha 17 anos. Passei por poucas e boas, hj quando olho pra trás, vejo que valeu a pena, mas não precisava ser tão sofrido no começo.

Meu conselho é, se vc realmente gosta da area vá em frente, agora se vc embarcou nessa pq um primo trabalhava nisso e ganhava dinheiro ou coisa do tipo cai fora, não vale a pena e vc não vai ser um bom profissional.
 
Mensagens
880
Curtidas
1.961
Pontos
173
#29
Eu gosto muito de trabalhar com projetos.
Até queria fazer um MBA de gestão de projetos, mas foda é primeiro a grana investida e o salário merda que as empresas estão querendo oferecer.
Segundo, várias empresas procurando GP formado em ADM ou Engenharia... se ainda fosse projetos fora da área de TI, ok, mas não.
:kflame
 
Mensagens
880
Curtidas
1.961
Pontos
173
#30
Só lamento por mim (e por muitos) que entraram em T.I. no nordeste, gosto da área mas o lugar é para ter arrependimento todos os dias por não ter oportunidades e quando tem o salário é baixíssimo comparado a outras regiões no país
Tenho um amigo que veio do Piauí. Tá em Alphaville, ganhando muito mais do que ele ganhava com 2 empregos no Nordeste.
É dev Android e iOS.
 
Mensagens
2.174
Curtidas
1.435
Pontos
203
#31
1,2,3 e 5. Moro no interior, não quero ir pra capital ( SP ), tenho 25 anos, ganho míseros R$2.000,00 com pós em redes e algumas certificações CISCO. Estou abandonando o barco e partindo pra concurso público. Não há saúde mental que aguente tanta pressão, estresse, baixa remuneração e valorização. Estou na área desde os 17 anos e não vejo perspectivas de melhoras, talvez programador esteja ganhando um pouco mais.

Ah, esqueci de mencionar: Fiz uma entrevista numa faculdade aqui da região, cuidar de toda a rede + sistema EaD + auxiliar os professores e o campus em geral na infraestrutura, pedi R$2.500,00 e acharam minha pedida alta.
 
Mensagens
880
Curtidas
1.961
Pontos
173
#32
1,2,3 e 5. Moro no interior, não quero ir pra capital ( SP ), tenho 25 anos, ganho míseros R$2.000,00 com pós em redes e algumas certificações CISCO. Estou abandonando o barco e partindo pra concurso público. Não há saúde mental que aguente tanta pressão, estresse, baixa remuneração e valorização. Estou na área desde os 17 anos e não vejo perspectivas de melhoras, talvez programador esteja ganhando um pouco mais.

Ah, esqueci de mencionar: Fiz uma entrevista numa faculdade aqui da região, cuidar de toda a rede + sistema EaD + auxiliar os professores e o campus em geral na infraestrutura, pedi R$2.500,00 e acharam minha pedida alta.
Os caras não respeitam. Querem contratar 1 "cara da TI" que faz tudo e ainda pagar pouco.
Quero um emprego agora só pra pagar as contas e me deixar estudar pros concursos... é o jeito.
 
Mensagens
2.174
Curtidas
1.435
Pontos
203
#33
Os caras não respeitam. Querem contratar 1 "cara da TI" que faz tudo e ainda pagar pouco.
Quero um emprego agora só pra pagar as contas e me deixar estudar pros concursos... é o jeito.
É o que estou fazendo. Atualmente sou suporte técnico durante horário comercial de segunda à sexta e estudo durante a noite.
 
Mensagens
1.922
Curtidas
2.573
Pontos
303
#34
Só lamento por mim (e por muitos) que entraram em T.I. no nordeste, gosto da área mas o lugar é para ter arrependimento todos os dias por não ter oportunidades e quando tem o salário é baixíssimo comparado a outras regiões no país
Pois é. Me arrependo de não ter pesquisado antes de entrar. Não vou mentir, andei amando T.I, e depois que a ficha caiu, passei a odiar. Não achei UM estágio descente. Infelizmente, quem é do nordeste, tem que ficar atento a determinadas áreas.
 

Atlante

Bam-bam-bam
Mensagens
4.572
Curtidas
7.769
Pontos
303
#35
A 15 anos atrás, fiz vestibular para ciências da computação e levei trolha. Escapei de um destino ruim. Se fodam aew

Zueira, escapei do inferno da TI para entrar no limbo da ADM. Sinceramente, me pergunto o que teria acontecido se eu tivesse me formado em Ciências da Computação a 15 anos.
 

Topo