O que há de Novo?
  • Anunciando os planos GOLD no Fórum Outer Space
    Visitante, agora você pode ajudar o Fórum Outer Space e receber alguns recursos exclusivos, incluindo navegação sem anúncios e dois temas exclusivos. Veja os detalhes aqui.

Paulo Freire: Google celebra aniversário de 100 anos do filosofo brasileiro



Zefiris Metherlence

Bam-bam-bam
Mensagens
1.339
Reações
4.653
Pontos
268
- 100 anos de Paulo Freire: veja 6 ensinamentos do educador que ainda são atuais

Aparentemente nada de bom sob a superficie reluzente.
Não admira que isso nos conduza a jovens alienados que acham atraente idéias de esquerda, além de uma educação estagnada nos ranking internacionais. Embora sempre haja a desculpa que precisa injetar mais dinheiro na educação. Ou seja, tudo se resume a dinheiro na mente simplista de alguns. E não culpa dessa mentalidade aí.
 

Gattuso

Ei mãe, 500 pontos!
VIP
Mensagens
23.951
Reações
19.273
Pontos
769
Eu também nunca li Paulo freire, mas a lógica é que uma pessoa não seria tão influente assim pra ser responsável pela tragédia da educação brasileira

Isso tem raízes antigas. Vejam o que o ganhador do nobel Feynman escreveu quando deu aula de física no Brasil.

Também não acho que a educação piorou. O que acontece é que a escola publica formava 20 porcento da população, os outros 80 porcento eram deixados analfabetos. Hoje em dia a escola forma 90 porcento da população, sendo metade analfabeto funcional. Por isso pessoal tem essa visão saudosista da escola pública antigamente, que era algo pra poucos. Que adiantava ser de graça se a criança tinha que trabalhar dez horas por dia na lavoura?

Olha o que o economista Samuel pessoa diz

213551


Vê se pode culpar uma só pessoa por isso

É que nem se diz no começo da série chernobyl, as pessoas querem achar culpados, o que vira uma grande narrativa. Mas na verdade tem muito culpados, milhares de pessoas ao longo de décadas
 

Setzer1

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
12.429
Reações
23.523
Pontos
594
Eu também nunca li Paulo freire, mas a lógica é que uma pessoa não seria tão influente assim pra ser responsável pela tragédia da educação brasileira
È complicado tb ter essa influencia toda quando você entra no SEC (antecessora do MEC) em 1962
Mas só passa a ser proeminente em 1963 com um programa limitado de alfabetização pra 300 pessoas
Que ia ter o programa nacional lançado lançado no dia 13 de maio de 1964. Previsto pra alfabetizar 9% da população do país. (1,8 milhões de pessoas).
Só que o golpe se deu no dia 1º de abril. Cancelando seu programa no dia 14 de abril.

Com ele sendo preso 2x (total 70 dias) e precisando visitar quase que mensalmente 1 quartel com questionários infinitos.

Com um livro de 1967 que foi proibido de ser publicado no Brasil até 1974.
Sendo que ele só voltou ao Brasil em 1979
Com os militares oficialmente no poder e no controle do ministério da Educação até 1988.

Onde após a redemocratização, pra não dar muito na cara que era ele por trás de toda a educação Brasileira
Se refugiou na secretaria de educação da cidade de SP.

Os prêmios internacionais quase estragaram o grande plano.
Tornar 100% do país analfabeto até 2050. :ksafado
 


albanibr

Ei mãe, 500 pontos!
VIP
Mensagens
12.757
Reações
24.997
Pontos
599
Eu também nunca li Paulo freire, mas a lógica é que uma pessoa não seria tão influente assim pra ser responsável pela tragédia da educação brasileira

Isso tem raízes antigas. Vejam o que o ganhador do nobel Feynman escreveu quando deu aula de física no Brasil.

Também não acho que a educação piorou. O que acontece é que a escola publica formava 20 porcento da população, os outros 80 porcento eram deixados analfabetos. Hoje em dia a escola forma 90 porcento da população, sendo metade analfabeto funcional. Por isso pessoal tem essa visão saudosista da escola pública antigamente, que era algo pra poucos. Que adiantava ser de graça se a criança tinha que trabalhar dez horas por dia na lavoura?

Olha o que o economista Samuel pessoa diz

Visualizar anexo 213551


Vê se pode culpar uma só pessoa por isso

É que nem se diz no começo da série chernobyl, as pessoas querem achar culpados, o que vira uma grande narrativa. Mas na verdade tem muito culpados, milhares de pessoas ao longo de décadas
Claro, ele seria esquecido se fosse apenas um autor e não o mártir da educação nacional né.
Ele é a representação máxima do marxismo, no papel é uma maravilha, funciona e dá resultado. Na prática não funciona!
 

Sr.Haller

Bam-bam-bam
Mensagens
7.236
Reações
5.918
Pontos
414
Concordo que não é necessário ler Pedagogia do Oprimido para falar de Paulo Freire. Ainda digo que, dentro do debate ideológico ocorrendo nesse tópico por exemplo, é secundário saber da eficácia do método quando comparado a tantas outras visões pedagógicas.

Como dito na matéria, a filosofia possuía como componente metodológico:

"...através das lentes de suas circunstâncias sócio-históricas com o objetivo de criar uma sociedade democrática...".

Vamos então, em vez de afetar burrice, por nossas lentes que permitem ver as "circunstâncias sócio-históricas" antes de discutir um tema. A Pedagogia do Oprimido carrega no próprio nome um termo com forte conteúdo histórico. O oprimido não existe sem um opressor, e uma sociedade de classes dividida entre oprimidos e opressores é parte fundamental do marxismo como corrento político filosófica. Mais ainda, Pedagogia do Oprimido é distinguido por incluir uma detalhada análise de classes na tradição marxista aplicada à relação entre colonizador e colonizado.

Além disso, como o texto exalta, a educação não era o fim para Freire, mas sim a ferramenta através da qual os oprimidos se libertariam. Como bem observou @Setzer1 na primeira página, o poder de alfabetizar naquela época tinha importância política, e implicações que vão muito além da efetividade comparativa do método A com relação ao método B.

Então a Pedagogia do Oprimido está numa categoria epistemológica totalmente diferente de algo como a Teoria do Aprendizado de Piaget (ignorando a distinção de idade nos sujeitos de estudo entre esses dois).

O que também fica óbvio é que, no final das contas, a efetividade da metodologia como uma alternativa na relação entre aluno e professor sequer é relevante. Como apontado por outros pesquisadores em filosofia da educação, Freire claramente via sua pedagogia como ferramenta dentro da organização revolucionária entre os opressores e os líderes da resistência.
 

Túlio Veneno

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
29.936
Reações
41.159
Pontos
553
Claro, ele seria esquecido se fosse apenas um autor e não o mártir da educação nacional né.
Ele é a representação máxima do marxismo, no papel é uma maravilha, funciona e dá resultado. Na prática não funciona!
Coloca maior aí que não deu pra entender.

Mas relaxa, o cara já tá morto. Foco na escola sem partido.
 

Setzer1

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
12.429
Reações
23.523
Pontos
594
Além disso, como o texto exalta, a educação não era o fim para Freire, mas sim a ferramenta através da qual os oprimidos se libertariam. Como bem observou @Setzer1 na primeira página, o poder de alfabetizar naquela época tinha importância política, e implicações que vão muito além da efetividade comparativa do método A com relação ao método B.
Nada te torna mais odiado em um país que querer dar poder politico real pra excluídos políticos.
E ainda mais sem revolução, armas, nem nada.
Apenas bastando aprender a assinar o próprio nome.

O programa dele em 1964 que foi cancelado 1 mês antes de começar.
Ia alfabetizar 9,8% da população.

Imagina 9,8% da população do país ganhando dinheiro a voto antes das eleições em 1965.
Tinha que ser impedido.

E vc sabe o que vem depois de aprender a ler.
Com um pouco de ajuda eles vão ler sobre seus direitos. Coisas como férias e salário.
Comunismo puro.
 

Mustafa90

Bam-bam-bam
Mensagens
4.005
Reações
9.965
Pontos
303
Só por irritar esse traste aqui eu já sou fã do Paulo Freire.


Pera lá, deixa eu ver se entendi.

Para criticar um COMUNISTA, o animal aí que se diz LIBERAL critica uma empresa PRIVADA e quer regular o que ela posta ou não?

Inacreditável.

No fim quem critica Paulo Freire está certo, só tem jumento nesse país.
 

Sr.Haller

Bam-bam-bam
Mensagens
7.236
Reações
5.918
Pontos
414
Nada te torna mais odiado em um país que querer dar poder politico real pra excluídos políticos.
E ainda mais sem revolução, armas, nem nada.
Apenas bastando aprender a assinar o próprio nome.

O programa dele em 1964 que foi cancelado 1 mês antes de começar.
Ia alfabetizar 9,8% da população.

Imagina 9,8% da população do país ganhando dinheiro a voto antes das eleições em 1965.
Tinha que ser impedido.

E vc sabe o que vem depois de aprender a ler.
Com um pouco de ajuda eles vão ler sobre seus direitos. Coisas como férias e salário.
Comunismo puro.
É verdade, o ódio aos excluídos foi tão extremo que chegou a cancelar a democracia e o estado democrático de direito. Fiz bingo?

Imagine a potência que seríamos caso a reforma agrária tivesse sido aprovada e a educação em massa tivesse sido levada em frente.
 

Abdullah Al-Papai

Bam-bam-bam
Mensagens
2.211
Reações
8.372
Pontos
303
Quem reclama não sabe quem foi Paulo freire, quem apoia não sabe quem foi Paulo freire.
Tá aí o motivo de sermos essa nação, dois lados imbecis.
Resumiu perfeitamente. "Ninguém" discute baseado no que o cara escreveu de método, aliás ninguém desse povão guerreiro de internet, especialista em absolutamente tudo, sequer sabe o que foi o método freiriano.

Com raras exceções, gostam dele porque ele era socialista, ou desgostam pelo mesmo motivo. No MÁXIMO sabem meia dúzia de frases: "educação tem que ser libertadora" e já partem para as conclusões, sem ter a put* ideia do que o cara propunha de prática.
 

Bill Kamp

Bam-bam-bam
Mensagens
13.959
Reações
7.830
Pontos
474
- 100 anos de Paulo Freire: veja 6 ensinamentos do educador que ainda são atuais

Aparentemente nada de bom sob a superficie reluzente.
Não admira que isso nos conduza a jovens alienados que acham atraente idéias de esquerda, além de uma educação estagnada nos ranking internacionais. Embora sempre haja a desculpa que precisa injetar mais dinheiro na educação. Ou seja, tudo se resume a dinheiro na mente simplista de alguns. E não culpa dessa mentalidade aí.
Credo.

Ok que o texto que tu citou puxa para o lado do Freire.

Mas se tu viu problemas nos ensinamentos do texto, o que me dá a entender é que tu acredita que pobre tem que ser pobre, que desigualdade é merecido para o que está em pior situação, e a situação do aluno que se foda.

Sério mesmo isso?
 

Setzer1

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
12.429
Reações
23.523
Pontos
594
É verdade, o ódio aos excluídos foi tão extremo que chegou a cancelar a democracia e o estado democrático de direito. Fiz bingo?

Imagine a potência que seríamos caso a reforma agrária tivesse sido aprovada e a educação em massa tivesse sido levada em frente.
A reforma agraria mudaria pouco/nada.
Isso porque a reforma agraria em sua essência era só uma briga pelo voto rural. (33 milhões de pessoas na época viviam no campo. 1/3 da população do país).
ou seja, tinha fundo eleitoreiro e populismo comum no país.
Desapropriar terra no país ja existia por lei. A real briga era o pagamento antes ou depois da desapropriação.
O segundo permitiria ao governo desapropriar +terras no curto prazo, dando +capital politico pro goulart.
Mas num prazo, de digamos, 5 anos. A terra desapropriada daria no mesmo.
Só que desapropriar devagar mas constante não da voto. :kpisca



A Alfabetização sim teria impacto +imediato e eterno no país.
pq isso permite a elas ler as leis +básicas sobre seus direitos. Logo não podem ser enganadas a trabalho de escravidão ou servidão.
Permite votar
permite com isso aprender matemática básica por exemplo o que garante que ele vai saber se for pago a menos ou o que deve de fato pagar.
etc

Quem é +velho provavelmente já viu ou lembra de umas historias tenebrosas de abusos que ocorriam com pessoas pobres e analfabetas sendo usadas quase de graça e a pessoa ainda se achando boazinha pq "da comida" pra ela. Quase como se por ela pra trabalhar quase de graça fosse um favor.
 

Bill Kamp

Bam-bam-bam
Mensagens
13.959
Reações
7.830
Pontos
474
A reforma agraria mudaria pouco/nada.
Isso porque a reforma agraria em sua essência era só uma briga pelo voto rural. (33 milhões de pessoas na época viviam no campo. 1/3 da população do país).
ou seja, tinha fundo eleitoreiro e populismo comum no país.
Desapropriar terra no país ja existia por lei. A real briga era o pagamento antes ou depois da desapropriação.
O segundo permitiria ao governo desapropriar +terras no curto prazo, dando +capital politico pro goulart.
Mas num prazo, de digamos, 5 anos. A terra desapropriada daria no mesmo.
Só que desapropriar devagar mas constante não da voto. :kpisca



A Alfabetização sim teria impacto +imediato e eterno no país.
pq isso permite a elas ler as leis +básicas sobre seus direitos. Logo não podem ser enganadas a trabalho de escravidão ou servidão.
Permite votar
permite com isso aprender matemática básica por exemplo o que garante que ele vai saber se for pago a menos ou o que deve de fato pagar.
etc

Quem é +velho provavelmente já viu ou lembra de umas historias tenebrosas de abusos que ocorriam com pessoas pobres e analfabetas sendo usadas quase de graça e a pessoa ainda se achando boazinha pq "da comida" pra ela. Quase como se por ela pra trabalhar quase de graça fosse um favor.
O que eu estou vendo nesse tópico, é que Paulo Freire era mal, pq numa época aonde existia menos proteção para o indivíduo, menos mídia, menos conhecimento, menos educação, com um mar de analfabetos e ignorantes, ele dizia que era bom que o povo soubesse ler e escrever para não ser fudido pelo Governo.

E por isso a direita odeia ele?

Sempre achei que a direita pregava liberdade, isso inclui a liberdade de querer que o pobre se foda?
 

Jogadô

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
28.748
Reações
20.620
Pontos
699
Bixo, eu sinceramente não sei o suficiente sobre o assunto para dar uma opinião, e vejo muita gente que também não entende, e não faz o mesmo. Há muita paixão quando se fala nele. De fato a esquerda endeusar ele já deixa com pé atrás, mas nossa direita também não anda merecendo muito mérito...
Qualquer hora dessas vou tentar dar uma estudada séria no assunto para tentar formar uma opinião.
 

Rodrigocfb

Bam-bam-bam
Mensagens
5.199
Reações
2.863
Pontos
454
To longe, mas muito longe mesmo de apoiar comunismo ou marxismo.

Mas a ótica que Paulo Freire tentou imprimir na educação de pessoas adultas, ta longe de ser errada.

Quem é mais velho sabe, decada de 70, 80 tinha muita gente analfabeta. Meu avô faleceu e só sabia escrever o nome.

Pode até se questionar a verdadeira intenção por traz disso, mas varias dessas pessoas eram usadas cruelmente por serem analfabetas.



Enviado de meu SM-G973F usando o Tapatalk
 

Abdullah Al-Papai

Bam-bam-bam
Mensagens
2.211
Reações
8.372
Pontos
303
Claro que pode, inclusive as pessoas só podem isso porque tem alguma liberdade e pensamento minimamente crítico. Seria bom inclusive se nosso sistema educacional fomentasse ainda mais o pensamento crítico, aliás, porque infelizmente não é o que acontece.

Mas sempre tem uma galera que não curte isso. Se o cara quer "zuar" o outro por estimular isso, daí a Coréia do Norte tá de braços abertos.
 
Topo Fundo