O que há de Novo?
  • Novo tema escuro está disponível
    Um novo visual para o fórum com fundo escuro agora está disponível para todos. Você pode escolher o tema clicando no ícone de pincel no canto inferior esquerdo da página.


PlayStation diz que a E3 perdeu impacto e precisa mudar



Mensagens
1.207
Curtidas
1.212
Pontos
203
#40
affff

do tipo ... "ainnn, se eu num vol, num presta" ..

de certa forma, a e3 já vinha sim lá perdendo seu feeling .. mesmo em tempos onde a quatro letras fazia as conferências que ela achava o máximo dos máximos .. tipo 2015 e os jogos anunciados para o ano e sistema que ninguém sabe ..:viraolho

aí na do ano passado, fazem uma das coisas mais bregas da história com aquele cenário tipo igrejinha, pra uma conferência cheia de mesmas coisas de sempre ..
enfim .. é melhor não fazer mais mesmo

a nintendo, quando perdeu a mão de fazer conferências de e3 também resolveu sair fora ...

só sei que a Microsoft tem tudo pra deitar e rolar legal ... o que pega, é que geralmente em situações assim é que as empresas mais parecem querem botar os pés pelas mãos
A sim, a lendária E3 de 2015 onde a Sony ganhou a E3 com 2 jogos que não saíram até hoje e um jogo que estava a mais de 10 anos em produção.

Na época eu já achava uma pura mongolice a galera batendo palma pra algo que claramente não ia se concretizar nem tão cedo.Hoje em pleno 2019 eu dou umas risadinhas sempre que lembro dessa conferências.A maior enganação da história da E3.
 
Mensagens
19.396
Curtidas
35.031
Pontos
654
#41
Acredito que não tem o que mostrar. Os jogos AAA do PS4 que estão pendentes já foram divulgados ano passado. Hoje, se há novidades, elas são os jogos reservados para o PS5.

Porém, os jogos do PS5 não vão ser anunciados agora, de forma antecipada, porque, por alguma razão de mercado, devem reputar inconveniente anunciar o PS5 na E3, principalmente para não inibir as vendas do PS4, que, por ora, não demonstrou redução de vendas.
 


Mensagens
7.476
Curtidas
8.115
Pontos
419
#42
Não entendi esse "jogos maiores". Zerou a campânha ali e pronto, acabou. Concordando ou não essa fórmula vai se desgastar e com essas medidas de cortarem a participação nos eventos pode provocar a longo prazo a perda da hegemonia de sua plataforma.

Estão precisando diversificar esse catálogo first aí se não fica difícil. Já ando vendo uma forte adesão ao Xbox na medida em que chega ao conhecimento das pessoas as suas vantagens.

A Sony precisa ir nos eventos, agregar mais serviços e funcionalidades em sua plataforma e investir em Studios médios e índies para não ficar essa cratera entre novidades e lançamentos no Playstation, caso contrário não faz sentido mesmo irem na E3.
Tu não cansa de insistir nesse papinho de "zerou a campanha e acabou"? Todo ano, saem diversos jogos single-player que são sucesso de crítica e público, como The Witcher 3, Uncharted 4, Horizon, God of War, BotW... Na verdade, o The Game Awards só premiou um jogo multiplayer nessa geração: Overwatch. O resto foi tudo single (ainda que Dragon Age: Inquisition tenha modo online).

Ou seja, a fórmula da Sony para os exclusivos está aí para ficar. Isso não significa que, na próxima geração, retrocompatibilidade e serviços de assinatura não possam ser muito importantes logo de largada. Apostaria que serão, e espero que o PS5 siga o exemplo da MS nessa parte de serviços. Mas eu não sei se faz sentido investir em exclusivos focados em multiplayer. Penso que, para um jogo desse tipo destronar Fortnite/Apex Legends, tem que sair, no mínimo, para o PC, o que pode não fazer sentido para o modelo de negócios da Sony.
 

Queiroga'

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
11.625
Curtidas
11.943
Pontos
629
#43
Se ela tivesse um substituto melhor, tudo bem, mas as Playstation Experience tem sido piores do que as E3, em 2017 foi um Encontro com Fátima Bernardes e em 2018 nem teve.

A verdade está aqui: "Com a nossa decisão de fazer menos jogos - jogos maiores - durante períodos de tempo mais longos, chegamos a um ponto em que Junho de 2019 não era o momento para termos algo novo a dizer."

Em outras palavras: já anunciamos os nossos jogos de PS4 há muito tempo e ainda não é o momento pra falar dos jogos de PS5 e por isso não faremos apresentação na E3 2019.
 

MalleoBH

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
21.185
Curtidas
33.555
Pontos
574
#45
A Sony não tem mais o que mostrar esse ano na E3 para o PS4. As suas novidades agora são o PS5 e seus jogos. Que geralmente são mostrados em um PlayStation Meeting. Essa revelação da next gen está complicada. PS4 em 2018 surpreendeu até a Sony com suas vendas com baixa desaceleração. Como matar um período assim? Mas acredito que a revelação do PS5 vem esse ano mesmo assim. Sony deve trabalhar um período de intercessão das plataformas. Finalizando o PS4 e introduzindo o PS5. Com jogos inéditos para PS5 e os medalhões finais do PS4 como crossgen.

Essa declaração dele sobre estarem fazendo menos jogos de orçamentos maiores é verdade. E, parece, que estão querendo fazer como a Nintendo e ir focando no marketing de um ou outro jogo de cada vez para valorizar suas produções. Querendo que cada jogo tenha seu momento para que possa se destacar e trazer lucro. E talvez essa abordagem não encaixe na E3 mesmo. Estão sofrendo desse problema agora sem ter o que mostrar em uma E3 que se focaria no PS4.

E a E3 é um espetáculo muito grande que deve gastar uma grana fudida. Pode ser também que estejam somente economizando mesmo, pois a situação do PS4 já não se altera mais e seu destino já está definido.
 

toad02

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
34.415
Curtidas
47.125
Pontos
959
#46
Ações valem mais do que palavras
Se a sony não mostrar nada novo o ano inteiro significa que isso é tudo conversa de PR, mas se o motivo se mostrar outro e ela revelar alguam coisa relevante em algum outro evento, ai pode ser que essa estratégia tenha feito sentido.

Por isso eu digo:

 
Mensagens
2.252
Curtidas
2.335
Pontos
303
#47
Olha, apesar de sentir uma conotação de "não tenho nada pra mostrar", de fato a E3 precisa mudar.

Como exemplo cito a Expomusic aqui no Brasil, claro que dentro das devidas proporções, mas essa feira era mágica, todos iam para uma troca de informações e para ouvir música, ver músicos

Com o passar do tempo a feira era a mesma de 10 anos atrás e no ano de 2018 teve que dar um stop pra se renovar, mudaram a data (justamente por setembro ser um mês tardio pra qualquer coisa empresarial) e parece que mudaram o conceito. A NAMM Show que é o equivalente a Expomusic aqui, porém nos EUA é um exemplo de renovação pra ease tipo de evento

Semanas antes da E3 já estamos sabendo 90% das paradas e isso afeta demais o evento, tirando a Sony que realmente foi a única com megatons inesperados nos últimos anos, não me lembro de nenhuma outra E3 que não tenha vazado quase tudo.

Enviado de meu Moto G (5) usando o Tapatalk
 

Rodpunisher

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
14.616
Curtidas
12.699
Pontos
674
#49
Se ela tivesse um substituto melhor, tudo bem, mas as Playstation Experience tem sido piores do que as E3, em 2017 foi um Encontro com Fátima Bernardes e em 2018 nem teve.

A verdade está aqui: "Com a nossa decisão de fazer menos jogos - jogos maiores - durante períodos de tempo mais longos, chegamos a um ponto em que Junho de 2019 não era o momento para termos algo novo a dizer."

Em outras palavras: já anunciamos os nossos jogos de PS4 há muito tempo e ainda não é o momento pra falar dos jogos de PS5 e por isso não faremos apresentação na E3 2019.
Pois é... Não tem jogos novos para mostrar.
Devem estar desenvolvendo já para o PS5 e os jogos e o próprio console provavelmente estão em fase muito inicial.

Sent from my SM-G955F using Tapatalk
 
Mensagens
2.027
Curtidas
2.879
Pontos
303
#50
É uma faca de dois gumes

Se vai e apresenta os mesmos jogos , maioria vai reclamar

Se não vai , maioria também vai reclamar

O fato é que acertadamente a Sony finalizou a line up do PS4

Console vai ser finalizado com Dreams , Days gone , The Last of us 2 , Shemmue 3 ,Death stranding e Ghost of Tsushima

Ainda assim , considero a E3 importante e apresentaria uma mescla de novos trailers ou Gameplays desses jogos acima com jogos lançamentos de thirds

O provável que ocorra é :

Eles fazerem um evento PSX em dezembro com algo que falei acima e em fevereiro de 2020 façam um outro evento para anunciar o PS5 com lançamento para novembro de 2020
 
Mensagens
2.027
Curtidas
2.879
Pontos
303
#51
Ao invés de fazer um evento legal, gerar hype, falando do seu novo console e tal.
Nem precisa mostrar jogos, só de mostrar uma imagens tipo isso:


Ai o fela vem e me faz uma declaração dessas, tem de se foder mesmo...
Mas esse slide de Power point foi uma das maiores vergonha alheia que já existiu em apresentações de E3
 
Mensagens
42
Curtidas
120
Pontos
44
#52
Nossa tem um pessoal aí que é meio MOBRAL hein... Pqp! Não conseguem pensar 5 min que o cérebro entra em curto.

É tão simples essa história da E3...

Quem aqui queria ver The Last of Us, Ghost of Tsushima e Death Stranding de novo numa E3 + um monte de multiplataforma?

É isso que tem pra mostrar, amiibos! Repeteco da E3 2018.
Vai gastar milhões e milhões montando conferência e stands pra repetir?

Estúdios da Sony em sua maioria já estão desenvolvendo para o PS5! Inclusive os que estão pra lançar jogos no PS4 já estão com trabalhando no PS5 também com uma segunda equipe. Ou seja, Sony já virou a chave pra nextgen!

Essa daqui já está ganha! Fácil e de lavada. E mesmo ganha ainda tem Days Gone, Dreams, Medievil, Concrete Genie, The Last of Us 2, Ghost of Tsushima e Death Stranding.

Nintendo não tem 7 jogos pra lançar...

Microsoft não tem 7 jogos pra lançar...

Sony tem tudo isso ainda pra essa gen, e pode se dar o luxo de skippar a E3 desse ano que a de 2020 vem com PS5, God 2, Horizon 2, Spider 2, etc.

Ou seja, muita cobrança e mímimi de alguns aí só para um lado, quando os outros não chegam nem perto de fazer frente.
 

Dig Joy

Vem brincar comigo!
VIP
Mensagens
9.174
Curtidas
23.134
Pontos
353
#53
Nossa tem um pessoal aí que é meio MOBRAL hein... Pqp! Não conseguem pensar 5 min que o cérebro entra em curto.

É tão simples essa história da E3...

Quem aqui queria ver The Last of Us, Ghost of Tsushima e Death Stranding de novo numa E3 + um monte de multiplataforma?

É isso que tem pra mostrar, amiibos! Repeteco da E3 2018.
Vai gastar milhões e milhões montando conferência e stands pra repetir?

Estúdios da Sony em sua maioria já estão desenvolvendo para o PS5! Inclusive os que estão pra lançar jogos no PS4 já estão com trabalhando no PS5 também com uma segunda equipe. Ou seja, Sony já virou a chave pra nextgen!

Essa daqui já está ganha! Fácil e de lavada. E mesmo ganha ainda tem Days Gone, Dreams, Medievil, Concrete Genie, The Last of Us 2, Ghost of Tsushima e Death Stranding.

Nintendo não tem 7 jogos pra lançar...

Microsoft não tem 7 jogos pra lançar...

Sony tem tudo isso ainda pra essa gen, e pode se dar o luxo de skippar a E3 desse ano que a de 2020 vem com PS5, God 2, Horizon 2, Spider 2, etc.

Ou seja, muita cobrança e mímimi de alguns aí só para um lado, quando os outros não chegam nem perto de fazer frente.
Quanto você recebe da sony?
 
Mensagens
2.268
Curtidas
3.241
Pontos
303
#54
E3 é da hora. Sempre foi um evento que eu curti assistir, como uma Copa do Mundo ou Oscar. Mas se for para repetir jogo de novo, prefiro nem assistir. A da microsoft me agradou bastante, como conferência, já que os jogos são, a maioria, indies.

Ainda assim, mesmo respeitando essa decisão lógica, eu ainda queria ver uma E3 com informações sobre Shenmue 3, uma gameplay decente de Death Stranding, algo sobre Final Fantasy 7, algo sobre Dreams, e um anúncio AAA novo.
 

Link_1998

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
16.031
Curtidas
14.155
Pontos
649
#55
Tem 2 anos que a E3 tá sendo só decepções no quesito first; a Microsoft se salvou ano passado fazendo uma E3 incrível, e depois da apresentação dela todo mundo parou pra reparar que você não precisava de um Xone pra jogar os games de maior hype que ela mostrou.

Esse ano devo olhar por cima; cansei de me decepcionar.
 
Mensagens
8.183
Curtidas
22.057
Pontos
394
#56
Apesar d'eu não gostar do Layden, no texto tem a explicação dos dois motivos da Sony ter pulado fora:

1. Não tem jogos novos no ponto exato para fazer uma conferência a altura do que as pessoas querem - se for lá para ficar falando dos mesmos jogos ou só mostrar teaser sem nada só iria gerar marketing negativo. Ou então tem a ver com um possível anuncio do Playstation 5, podem estar segurando tudo para anunciar com o console e não fariam isso na E3.

2. Provavelmente a E3 não tá convertendo o suficiente, seria muito dinheiro para ficar dando palco para Actvision e outras empresas divulgarem seus jogos, já que os Firsts da própria Sony já estão produção e ela tem um evento próprio para alimentar também.

De qualquer forma, quem trabalha na área de eventos sabe que essas feiras tem um papel muito importante no mercado e com o público, então ass vezes esse dinheiro que você tá torrando tem um retorno muito grande. Eu acho que tem mais coisa por trás dessa história, muito provavelmente a Sony não deve ter ficado satisfeita com essa história de venda de ingresso para o público... Talvez queiram uma parte do bolo, sei lá.

Vamos ver como vai ser ao longo do ano, tem diversos outros eventos como a Paris Games Week, Gamescon e etc... Será que a Sony irá se ausentar de todos eles em prol da Playstation Experience? Mesmo que não tenha novos jogos as pessoas ainda querem saber a data de lançamento de jogos como o Dreams, TLOU 2, Death Stranding e Ghost of Tsushima.
 
Mensagens
3.093
Curtidas
3.494
Pontos
344
#57
Podem criar várias justificativas para não estarem na E3, mas na realidade o motivo é apenas um, não tem jogo para apresentar. Nos últimos anos as apresentações da Sony vieram com fortes expectativas, então se eles não atendem as expectativas a conferencia acaba mais prejudicando a imagem deles do que ajudando.

Pode ser a decisão errada, e no final mostrar que uma conferencia ruim é melhor do que nenhuma conferencia, mas para os jogadores não vai mudar muito, os jogos vão continuar a serem produzidos e lançados, só vamos demorar mais tempo para saber da existência deles.
 
Mensagens
191
Curtidas
130
Pontos
78
#58
Honestamente, não vejo problema na declaração. Eu também acho que a E3 perdeu sim bastante do impacto que teve anos atrás. E não é só a Sony que mostra jogos repetidos, todas as empresas fazem isso. A produção dos jogos hoje em dia leva muito mais tempo do que antigamente, existem equipes e dinheiro muito maiores envolvidos e fica dificil para todo mundo ter novidades grandes toda a conferência. A Square Enix é uma que mostrou conteúdo de KH 3 e FF XV em umas 5 E3 seguidas, e o mesmo vai acontecer com FF VII remake. Metro Exodus, que vai lançar agora, também apareceu em duas E3 antes de lançar. Enfim, é algo que está sendo comum com quase todos os jogos grandes.

Eu acho o evento bacana. Eu mesmo não tenho Xbox, mas acho a conferência da Microsoft bem legal e assistirei. Entretanto, discordo que seja algo essencial. Hoje a E3 precisa muito mais das empresas para existir do que vice-versa.
 
Mensagens
9.448
Curtidas
6.502
Pontos
419
#60
Ao invés de mostrarem jogos em andamento, com demos jogáveis e que serão lançados dentro de no máximo um ano, preferem anunciar jogos que vão sair só no fim da geração e que estão em fase inicial de desenvolvimento só pra criar hype no fãs da marca ou atrair novos consumidores. Aí a E3 perde relevância mesmo, já que não tem o que mostrar mais, pois iriam pelo terceiro ano consecutivo apresentar os mesmos jogos.
 
Mensagens
191
Curtidas
130
Pontos
78
#61
Ao invés de mostrarem jogos em andamento, com demos jogáveis e que serão lançados dentro de no máximo um ano, preferem anunciar jogos que vão sair só no fim da geração e que estão em fase inicial de desenvolvimento só pra criar hype no fãs da marca ou atrair novos consumidores. Aí a E3 perde relevância mesmo, já que não tem o que mostrar mais, pois iriam pelo terceiro ano consecutivo apresentar os mesmos jogos.
Isso acontece com os jogos grandes de quase todas as empresas, não só os da Sony. As exceções que eu lembro são apenas jogos anuais como Assassin's Creed (não é mais, mas era), Battlefield, Fifa, etc. E alguns jogos indies ou double A. Se eu estiver errado, me corrija.
 

DarkMorten

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
21.752
Curtidas
16.131
Pontos
614
#62
A sim, a lendária E3 de 2015 onde a Sony ganhou a E3 com 2 jogos que não saíram até hoje e um jogo que estava a mais de 10 anos em produção.

Na época eu já achava uma pura mongolice a galera batendo palma pra algo que claramente não ia se concretizar nem tão cedo.Hoje em pleno 2019 eu dou umas risadinhas sempre que lembro dessa conferências.A maior enganação da história da E3.
exato .. naquele ano a e3 já tava "mal das pernas" .. mas pra sony, não, por conveniência, ainda era legal .. olha só

como eles não tem com o que fazer isso (anunciar jogos pro meio do século XXI), ai perdeu a graça

deixa só a outra gen começar ... nem que não seja em e3 .. mas naquele xperience não sei o que lá ... vai ter a mesma estrateginha denovo .. e, ao que parece, fã de playstation gosta disso de "um dia sai"
 

Ice_Breaker

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
38.567
Curtidas
55.500
Pontos
949
#64
Quem faz a relevância da E3 são os expositores. Se tu sobe lá no palco pra ficar falando de "TV, TV, TV", "Sports", pra mostrar CG de jogo que só vai sair daqui a 10 anos, mostrar gameplay fake e teaserzinho de 10 segundos só mostrando o logo do jogo, ou ficar fazendo showzinho musical e dancinha inútil e cringe, realmente não tem como ser relevante.

O evento não é o problema. É quem participa e como participa dele, que é.
 
Mensagens
9.138
Curtidas
20.763
Pontos
344
#65
Eu não acho ruim os games de mais de um ano de E3, desde que saiam.

Mas o evento perdeu muito depois que a Nintendo deixou de participar e penso que com a Sony em primeiro lugar acaba sendo péssimo porque eles se tornam arrogantes, igual na época do Ps2, a coisa se repete aqui.
 

Paiva :)

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
11.056
Curtidas
16.324
Pontos
649
#66
Não sabia que os organizadores da E3 apontavam uma arma na cabeça dos empresários e forçavam-nos a seguir um molde de apresentação e exposição.

O evento é um ESPAÇO, e como usá-lo é decisão de cada empresa. Se a Sony fez apresentações porcas recentes, isso é inteiramente culpa dela. Anuncie uma linha surpresa da Plus em plena E3, demos simultâneas de showfloor na PSN enquanto o evento durar, pegue esse cu CHEIO de dinheiro que ela ganhou nessa geração e invista em indies promissores, estúdios menores, diversifique a line-up. Nem tudo precisa ser AAA, e foi justamente com a imensa qualidade de AA que tanto o PS1 quanto o PS2 tiveram imenso sucesso.

É curioso que nos eventos próprios, como a PSX, em que a autonomia era 100% da Sony, tivemos momentos simplesmente patéticos. Será que uma apresentação “moderna” e atual é chamar um punhado de desenvolvedor e ficar conversando num sofá?

Eu e mais um coro de pessoas já alertamos sobre esse pedantismo da Sony, e o mesmo não diminui justamente pelos fãs dementes que aplaudem tudo dela. Espere a mesma cair da liderança na geração seguinte pra ver a extrema relevância que a E3 voltará a ter.
 

Topo