O que há de Novo?
  • Novo tema VIP está disponível
    Visitante, um novo tema com fundo escuro agora está disponível para aqueles que contribuíram com doações ao fórum e têm o status VIP. Veja os detalhes aqui.


Popularity of Sony’s PlayStation VR Surprises Even the Company

Super Mario 128

Supra-sumo
Mensagens
962
Reações
1.780
Pontos
183
Sony queria vender 1 milhao de psvr ateh abril e conseguiram atingir em fevereiro essa marca. Esse ano irão lançar o psvr na america latina

Popularity of Sony’s PlayStation VR Surprises Even the Company

  • A woman played a game with the Playstation VR last year. Sony’s internal goal was to sell one million of the headsets in its first six months, by mid-April.
    CORINNA KERN FOR THE NEW YORK TIMES
    By NICK WINGFIELD
    FEBRUARY 26, 2017

SAN MATEO, Calif. — There are plenty of people who are skeptical about virtual reality, a technology some have heralded as the biggest thing to come along in years in games and entertainment.

Even Andrew House, global chief executive of Sony Interactive Entertainment, the video game division of the Japanese electronics giant, had doubts about how quickly virtual reality would be embraced by the mass market. So when Sony needed to decide how many of a new virtual reality headset to manufacture, Mr. House was among those inside the company advising that Sony make fewer of them.

“It’s the classic case in any organization — the guys who are on the front end in sales are getting very excited, very hyped up,” Mr. House said. “You have to temper that with other voices inside the company, myself among them, saying let’s just be a little bit careful.”

It turns out Mr. House was too cautious. The headset, PlayStation VR, has been scarce in many stores, especially in Japan, since it went on sale in October. In an interview at his Silicon Valley office on Friday, Mr. House revealed PlayStation VR’s sales for the first time, saying consumers had purchased 915,000 of the headsets as of Feb. 19, roughly four months after it went on sale.

Sony’s internal goal was to sell one million of the headsets in its first six months, by mid-April. The company will almost certainly surpass that forecast. “You literally have people lining up outside stores when they know stock is being replenished,” said Mr. House, describing the scene in Japan, one of the largest games markets.

Mr. House said the supply of PlayStation VR headsets will improve by April. By fall, Sony expects to begin selling them in Latin America.

The sales figure is a positive sign for virtual reality and probably establishes Sony as the leader in the premium side of the market — headsets connected to PCs and game consoles that provide more immersive experiences than are currently possible through inexpensive headsets that use smartphones for visuals.

Sony’s primary competitors, Oculus from Facebook and HTC, have not disclosed sales of their premium headsets. One research firm, SuperData Research, estimates there were 243,000 Oculus Rift headsets and 420,000 HTC Vive headsets sold by the end of last year.

In contrast, during its first three months on the market in 2007, Apple sold nearly 1.4 million iPhones; a feat now considered among the most successful technology products of all time.


The current generation of virtual reality headsets arrived on the market last year with a flurry of hype. Demonstrations thrilled people throughout the industry — many have been waiting for virtual reality to jump out of the pages of science fiction. Facebook's $2 billion acquisition of Oculus in 2014 set off a wave of investment in the sector.

In recent months, a more sober tone has descended over virtual reality. Oculus executives have sought to shift the conversation from first-year sales to the technology’s long-term potential. During a recent court appearance, Mark Zuckerberg, Facebook’s chief executive, said the company would probably need to invest more than $3 billion over a decade to reach an audience of hundreds of millions of people with virtual reality.


Among the other challenges facing the technology: high prices for virtual reality equipment, limited high-quality content and thorny side effects like motion sickness.

Sony enjoyed advantages as it entered the market because its headset is sold as an add-on to its game console, PlayStation 4, more than 53 million of which had been sold by the start of January. The headset sells for $400 — or $500 with a set of virtual reality hand controllers and a required camera — hundreds of dollars less than other premium products, which also require powerful PCs.


Mr. House said he would be “very happy” if the product ends up being purchased by a high single-digit percentage of all PlayStation 4 owners. For newer generations of headsets to reach a bigger audience, they will have to be lighter, cheaper and unencumbered by cables, analysts believe.

More creators of content will also have to step up their investments. Many virtual reality games are currently shorter experiences made by small, independent game studios. A number of large publishers are sitting on the sidelines until more headsets are sold.


One exception is Capcom, a Japanese game maker that released a new installment in its popular horror series, Resident Evil 7 biohazard in January that is entirely playable in virtual reality. Since that game was released, the average amount of time PlayStation VR users spend playing in the headset has doubled, Mr. House said.


Masachika Kawata, series producer for the game, said in an email that “we’re really just getting started on what kind of experiences we can create for players.”


Last week at its offices, Sony provided a demonstration of a new gun-shaped device, the PlayStation VR Aim controller, that will allow players to more easily aim and shoot weapons within virtual reality games. The controller and first game that uses it, a space adventure called Farpoint, will come out May 16.

Farpoint - E3 2016 Announce Trailer | PS VR
VIDEO BY PLAYSTATION
While Oculus has made a big splash in the industry, Sony began officially working on its headset in 2011, before Oculus announced its efforts, said Richard Marks, a Sony research fellow. Dr. Marks said Sony did not anticipate the technology would get as much as attention as it has.

“We were expecting it to be a lot smaller than it has turned out to be,” he said.


https://mobile.nytimes.com/2017/02/26/business/sony-playstation-vr-sales.html?_r=0&referer=
 




Renato Zero

Bam-bam-bam
Mensagens
8.152
Reações
24.242
Pontos
353
Mentira, a OS falou que já flopou e por isso a Sony não está mandando novas unidades para o mercado e ninguém consegue comprar. Se tá na OS é verdade.
Convenhamos que 900k em uma base instalada de 50kk não é lá grande coisa...
A situação do OR e do Vive está ainda pior, já que, mesmo juntos, não atingiram os números do PSVR.

Não é como se os acessórios VR estivessem voando das prateleiras.

[Edit]
Fun fact: em entrevista, Zuckerberg disse que, em 10 anos, o OR (sozinho) terá vendido algo em torno de 50 ~ 100kk de unidades...
Good luck with that.
:klol
 
Ultima Edição:

Hiaki

FEVER Free Zone
VIP
Mensagens
3.267
Reações
8.439
Pontos
303
Convenhamos que 900k em uma base instalada de 50kk não é lá grande coisa...
A situação do OR e do Vive está ainda pior, já que, mesmo juntos, não atingiram os números do PSVR.

Não é como se os acessórios VR estivessem voando das prateleiras.
O Vive é aquela coisa, "vive" só de jogos pra celular e indies. Rift é caro até para o padrão norte americano. O preço do VR da sony devia ser por volta de 250 a 299. Mas se continuar a receber suporte de grandes devs fracassar ele não vai. Infelismente é um acessório que se dá bem apenas em terceira pessoa então fica bem limitado o uso geral.
 

Berserk.of.Niflheim

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
18.366
Reações
44.946
Pontos
553
Convenhamos que 900k em uma base instalada de 50kk não é lá grande coisa...
A situação do OR e do Vive está ainda pior, já que, mesmo juntos, não atingiram os números do PSVR.

Não é como se os acessórios VR estivessem voando das prateleiras.

[Edit]
Fun fact: em entrevista, Zuckerberg disse que, em 10 anos, o OR (sozinho) terá vendido algo em torno de 50 ~ 100kk de unidades...
Good luck with that.
:klol
Acho que isso é esperado já, além de ser caro ainda é algo completamente novo.
 

Gamer King

O Soberano
VIP
Mensagens
51.220
Reações
51.482
Pontos
1.069
Acho um número fraco em sí, mas considerando o preço altíssimo para um acessório acredito que não dava pra ir muito além.

Aliás esse lance da oferta não estar normalizada é algo totalmente fabricado na minha opinião, justamente pq a demanda é baixa eles limitam a oferta. É diferente quando uma coisa fica em falta vendendo muito, esses números aí indicam que é opção da Sony mesmo produzir pouco.
 

nonatoreal

Bam-bam-bam
Mensagens
5.478
Reações
10.955
Pontos
353
Acho um número fraco em sí, mas considerando o preço altíssimo para um acessório acredito que não dava pra ir muito além.

Aliás esse lance da oferta não estar normalizada é algo totalmente fabricado na minha opinião, justamente pq a demanda é baixa eles limitam a oferta. É diferente quando uma coisa fica em falta vendendo muito, esses números aí indicam que é opção da Sony mesmo produzir pouco.
tipo a Nintendo tá fazendo?
 

Mechamorafa

Bam-bam-bam
Mensagens
5.290
Reações
9.290
Pontos
374
Acho um número fraco em sí, mas considerando o preço altíssimo para um acessório acredito que não dava pra ir muito além.

Aliás esse lance da oferta não estar normalizada é algo totalmente fabricado na minha opinião, justamente pq a demanda é baixa eles limitam a oferta. É diferente quando uma coisa fica em falta vendendo muito, esses números aí indicam que é opção da Sony mesmo produzir pouco.
Não precisa achar, o próprio Andrew House disse que produziram menos unidades pois ele era um dos que acreditavam que a procura seria menor do que tem sido.
 

Doydis

Bam-bam-bam
Mensagens
5.717
Reações
5.807
Pontos
394
O Vive é aquela coisa, "vive" só de jogos pra celular e indies. Rift é caro até para o padrão norte americano. O preço do VR da sony devia ser por volta de 250 a 299. Mas se continuar a receber suporte de grandes devs fracassar ele não vai. Infelismente é um acessório que se dá bem apenas em terceira pessoa então fica bem limitado o uso geral.
Você quis dizer em primeira pessoa, né?
 

Gamer King

O Soberano
VIP
Mensagens
51.220
Reações
51.482
Pontos
1.069
Em apenas alguns meses vendeu o dobro do Vive e o tripo do Rift, que foram lançados vários meses antes.

Qual o damage que precisa de control?
Mais barato e a base instalada é maior que a de PCs high end para jogos.

Se não vendesse mais a Sony já poderia abandonar o produto agora mesmo.
 

nominedomine

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
13.168
Reações
27.592
Pontos
554
Tem algo de estranho nessa história, ao mesmo tempo que vendeu mais que o Rift e o Vive juntos a Sony meio que nem fala mais de VR. Fora que tem problemas de estoque até hoje.

Acho que a Sony lançou a parada meio meia bomba e não esperava muitas vendas ou teve problema na produção.
 

Perekopeko

Supra-sumo
Mensagens
760
Reações
1.512
Pontos
183
Estagiários da OS dizem que é fracasso e números baixos. Chefe Executivo da Sony diz que está acima do esperado, em quem será que devemos confiar? Sony deveria pegar os estagiários da OS, empresa ia decolar.
 

Mechamorafa

Bam-bam-bam
Mensagens
5.290
Reações
9.290
Pontos
374
Mais barato e a base instalada é maior que a de PCs high end para jogos.

Se não vendesse mais a Sony já poderia abandonar o produto agora mesmo.
Todo mundo esperava que vendesse mais, não é essa a questão. O cara ali citou damage control e eu questionei qual seria esse damage, já que o PSVR atngiu as expectativas da Sony. Superou, na verdade.
 

Godot

Bam-bam-bam
Mensagens
9.657
Reações
26.426
Pontos
374
Bom, eu posso confirmar ao menos que não consigo achar o PS VR nas lojas dos Estados Unidos. Eu só achei um Bundle que deveria custar 500 dolares, mas estavam vendendo por 700.

O problema é que faltam jogos. Eu estava animado a comprar um, mas acho que vou esperar mais um pouco.

500 dolares é MUITA coisa.
 

Lino Germano

Bam-bam-bam
Mensagens
14.464
Reações
9.393
Pontos
439
Em BR

Sony anuncia que vendeu mais de 900 mil unidades do PlayStation VR no mundo inteiro. Será lançado no Brasil e América Latina ainda este ano.

https://vrotherworld.wordpress.com/2017/02/26/sony-anuncia-que-vendeu-mais-de-900-mil-unidades-do-playstation-vr-no-mundo-inteiro-sera-lancado-no-brasil-e-america-latina-ainda-este-ano/



Pelo jeito o VR da Sony não vai flopar quanto o Eyetoy, PSMove e Kinect. O chefe da Sony Interactive Entertainment Andrew House, confirmou que o PSVR vendeu mais de 900 mil unidades de acordo com os dados até o dia 19 de fevereiro.

A falta de unidades ocorrido no final do ano pode ter atrapalhado as vendas do aparelho no final do ano passado, lembrando que a SuperData tinha previsto que antes ia ser de quase 2 milhões, mas caiu para 700 mil unidades devido á essa situação, mos EUA, estava difícil de achar o aparelho em estoque nas lojas bem como outros países também, além disso no começo de fevereiro no Japão, os japoneses começaram a fazer fila para comprar o VR por causa que o novo estoque tinha chegado, mas o óculos da Sony mesmo assim ainda vende muito mais do que os seus rivais para o PC como Oculus Rift e HTC Vive, mas por enquanto só está perdendo para o mobile. Lembrando que a meta da Sony até abril de 2017 é vender 1 milhão de unidades o que não está tão longe disso.

O chefe da divisão PlayStation também confirmou que o óculos será vendido no Brasil e outros países da América Latina ainda este ano, mas não confirmou o preço aqui.

Fontes: Dualshockers e New York Times
FONTE
 

Monogo

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
10.230
Reações
39.066
Pontos
579
Sei lá, esperava que vendesse bem mais, dada a modinha e ser o VR mais em conta do mercado.
 

ktulu

Bam-bam-bam
VIP
Mensagens
7.835
Reações
18.000
Pontos
419
Pretendo pegar um assim que normalizarem os estoques, ainda mais agora que eu vi que dá pra usar no PC também. Apesar do hardware defasado, o preço em relação à concorrência torna o PSVR mais atrativo que o OR e o VIVE pra mim.
 

Jogadô

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
25.277
Reações
14.988
Pontos
699
[engraçado o tanto de pessoas que torcem para o fracasso dá tecnologia, não entendo por quê. Assim que baratear vai vender pra caralho.
 

Jogadô

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
25.277
Reações
14.988
Pontos
699
O Vive é aquela coisa, "vive" só de jogos pra celular e indies. Rift é caro até para o padrão norte americano. O preço do VR da sony devia ser por volta de 250 a 299. Mas se continuar a receber suporte de grandes devs fracassar ele não vai. Infelismente é um acessório que se dá bem apenas em terceira pessoa então fica bem limitado o uso geral.
Vive é dá HTC com a Valve, não é só mobile, tem os mesmos jogos do Rift, salvo uma ou outra exceção.
 

O Rei Rubro

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
18.779
Reações
30.537
Pontos
589
Resident Evil VII já valeu esse bagulho pra mim. Jah terminei o jogo 3 vezes, e não consegui jogar 30 minutos sem ele. É outro jogo em VR. Aliás...vou pegar um PRO só para voltar a jogar REVII de novo com melhor aliasing e resolução.

Esse Farpoint eu estou de olho. O que me preocupa é esse lance do aim controler. O sistema de mira do REVII é tão perfeito que todas as developers deveriam chupinhar o esquema que a Capcom bolou. Joga a acuracidade do mouse no chinelo e a velocidade de reação possibilitada ao jogador é sem precedentes.

Deus queira que eu consiga jogar esse Farpoint no sistema de mira de REVII. Caso contrário será muito fail.
 

ffaabbiio

Ei mãe, 500 pontos!
VIP
Mensagens
11.087
Reações
20.265
Pontos
594
Pretendo pegar um assim que normalizarem os estoques, ainda mais agora que eu vi que dá pra usar no PC também. Apesar do hardware defasado, o preço em relação à concorrência torna o PSVR mais atrativo que o OR e o VIVE pra mim.
Dá pra usar o psvr no PC?
 

ffaabbiio

Ei mãe, 500 pontos!
VIP
Mensagens
11.087
Reações
20.265
Pontos
594
Topo