O que há de Novo?
  • Novo tema VIP está disponível
    Visitante, um novo tema com fundo escuro agora está disponível para aqueles que contribuíram com doações ao fórum e têm o status VIP. Veja os detalhes aqui.


Porque o formato de Zelda é tão pouco explorado pela indústria?

rsmoraisjr

Bam-bam-bam
Mensagens
5.637
Reações
4.567
Pontos
419
Uma franquia tão popular e aclamada e vemos poucos jogos com estilo parecido.

Porque não fazer um jogo estilo Zelda com temas mais sombrios ou com pano de fundo futurista? Eu pagaria por isso.

E estilo Zelda eu falo: dungeons com puzzles e desenvolvimento do personagem ao redor de itens e não por níveis.

Enquanto isso parece que vemos uma cópia de Metroid sendo lançada por mês.
 


Nego_Brown___

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
16.145
Reações
10.421
Pontos
719
Conheço muito pouco da franquia, vou conferir.

Mas mesmo assim o gênero Metroidvania é largamente explorado e evoluiu muito fora da Nintendo, nós não vemos o mesmo com o "estilo Zelda".
Darksiders é bem Zelda. Um mundo hub que liga várias zonas diferentes, Itens que te ajudam q chegar a lugares que não podia antes e coisa e tal.

O segundo é parecido, mas tem uma pegada mais Diablo, na questão de níveis e equipamentos.
 


Evergrey

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
16.079
Reações
10.118
Pontos
699
É respeito.

O que a Nintendo cria é algo muito único em sua totalidade.

São décadas de construção de um universo próprio.

Não é da noite pro dia que alguma desenvolvedora vai tentar fazer algo parecido.
 

hickmorais

Bam-bam-bam
Mensagens
17.485
Reações
7.947
Pontos
469
É respeito.

O que a Nintendo cria é algo muito único em sua totalidade.

São décadas de construção de um universo próprio.

Não é da noite pro dia que alguma desenvolvedora vai tentar fazer algo parecido.
Justamente....

Mas como citado, dificilmente vão conseguir fazer algo parecido, mas que lembra tem algumas opções.

Bem lembrado que Okami também seguiu o estilo e o primeiro Darksiders como dito, pois os criadores mesmo falaram que Zelda foi a expiração, porém com outros elementos.

Tem outros que não lembro muito bem os nomes, mas na era do PS2 tínhamos algumas opções.
 
Ultima Edição:

Link_1998

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
17.083
Reações
16.105
Pontos
649
Os games em geral se utilizam das mecânicas desenvolvidas no Ocarina of Time dsde 1998, e você ainda quer que copiem todo o resto do jogo ?
 

Trezoitao38

Bam-bam-bam
Mensagens
9.341
Reações
6.636
Pontos
424
Porque simplesmente não é tão fácil de vender. É muito arriscado e é coisa para First apenas e não para thid. Capcom não conseguiu fazer com que o Okami vendesse bem.

Ajuda no caso da Nintendo o fato da franquia já ter nome, já ser conhecida, ter uma história e como mencionaram ter um respeito do público.

Não é um tipo de game tão fácil de fazer e fica arriscado investir muito dinheiro em algo que pode vender pouco.

E como nem Sony nem Microsoft se arriscam a fazer, outros vão tentar menos ainda.
 

konde10

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
12.080
Reações
11.622
Pontos
689
Como falaram, se fosse um estilo em que as massas gostassem, Darksiders seria sucesso de vendas.

Dentro da cena indie existem vários jogos do estilo, para falar a verdade, mas é um gênero que não se populariza nem por reza braba.
 

Landstalker

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
14.089
Reações
26.286
Pontos
584
Só vim aqui só a dizer que Zelda: Breath of The Wild é uma obra-prima.
 

Darth Mario

Bam-bam-bam
Mensagens
2.410
Reações
4.403
Pontos
354
Porque Zelda e Nintendo são irrelevantes na sua verticalidade.

Se pergunte também porque não fazem um Smash decente também, ou um Super Mario Odyssey.

É muito custoso e trabalhoso, ainda mais se tu perde mais tempo renderizando um trilhão de personagens realistas e suas armaduras. Aí coloca voz de artistas hollywoodianos e etc...melhor fazer uma coisa mais simples que impressione por tamanho do que por level design.

O Breath of the Wild não é só grande, mas os cenários parecem se ligar organicamente mesmo, de tão bem feito que é o jogo. É mais artisticamente trabalhoso do que imagina.
 

Craudiao

Bam-bam-bam
Mensagens
2.028
Reações
2.576
Pontos
303
Little Big Adventure 2: Twinsen's Odyssey

Melhor que qualquer Zelda... que joguei...

Se não se importar com gráficos já MUITO datados e suportar o controle "duro" da época, recomendo muito.
Tem versão legendada em português, vale a pena pois a história é muito engraçada.
 

Craudiao

Bam-bam-bam
Mensagens
2.028
Reações
2.576
Pontos
303
Agora bem Zelda mesmo, a ponto de parecer clone, tem bastante até.

Como:
Oceanhorn: Monster of Uncharted Seas - exemplo 3D
Stories of Bethem: Full Moon - exemplo 2D
 

Megazordi64

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
12.122
Reações
19.717
Pontos
553
Acho que é pela dificuldade visto a quantidade de jogos excelentes que falham miseravelmente quando tentam introduzir puzzles.

Já a Nintendo consegue algo fascinante, além de desenvolver puzzles criativos também faz deles bem naturais e orgânicos.

Diferente por exemplo da série Uncharted, que joguei recentemente, quando alardeiam para o jogador "agora é a hora do puzzle".

Em vários Zeldas as vezes a engenharia do puzzle é tão grande que o jogador nem percebe que está fazendo, pois parece naturalmente fazer parte da aventura.

Mas o Zelda Breath of the Wild mudou um pouco esse esquema, existe a "hora do puzzle" porém graças a maneira como é implementada da certo.

A série Zelda é bem peculiar.
 

Kise Ryota

Exploiter Lixoso
VIP
Mensagens
41.418
Reações
55.887
Pontos
909
Lembro quando joguei o soul reaver no PS1, como achei parecido com zelda. Queria um remake daquele game.
 

Trezoitao38

Bam-bam-bam
Mensagens
9.341
Reações
6.636
Pontos
424
Porque Zelda e Nintendo são irrelevantes na sua verticalidade.

Se pergunte também porque não fazem um Smash decente também, ou um Super Mario Odyssey.

É muito custoso e trabalhoso, ainda mais se tu perde mais tempo renderizando um trilhão de personagens realistas e suas armaduras. Aí coloca voz de artistas hollywoodianos e etc...melhor fazer uma coisa mais simples que impressione por tamanho do que por level design.

O Breath of the Wild não é só grande, mas os cenários parecem se ligar organicamente mesmo, de tão bem feito que é o jogo. É mais artisticamente trabalhoso do que imagina.
BOTW por incrível que pareça foi muito menos custoso do que as pessoas imaginam de fazê-lo.

Não só pelas ferramentas disponíveis, mas sobretudo pela filosofia de design que o guiou. Uma vez que eles fazem a física e a "química" do jogo, todo o resto é feito em content manager, porque os objetos todos já se tornam automaticamente suscetíveis a sofrerem todos os efeitos de física/"química".

Vou te dar um exemplo. Uma vez que você já definiu todas as formas de gerar fogo e todos os objetos que são afetados por fogo, o level designer só precisa pegar esses mesmos objetos e colocá-los para montar os desafios. Se ele faz uma área que é vazia, mas tem grama, pronto, o jogo meio que se cuida de por conta própria oferecer uma interação ao jogador.

Então basta ao level designer colocar qualquer elemento ali que ele já gerou interação. É difícil de ter um lugar no mapa de BOTW que não forneça qualquer tipo de interação ao jogador. Se tem água é possível usar o Cryonis, se tem metal é possível usar Magnesis, se tem objetos como pedras é possível usar o Stasis, se tem madeira e objetos inflamáveis, é possível produzir fogo, se é possível fazer fogo é possível fazer correntes de ar e aí é possível usar o paraglider.

Quando a Nintendo pensou no sistema de física/"química" do jogo ela pensou em como fazer com que de uma maneira muito fácil e prática fosse possível oferecer um mínimo de interação possível com qualquer lugar do mapa do jogo sem que o level designer tivesse que cuidadosamente desenhar cenários de interação mais sofisticados para o jogador.

Ou seja, a Nintendo resolveu um problema para ela mesma. Desse modo ela conseguiu encurtar bastante o tempo de desenvolvimento do jogo.

Mas isso não é nada novo, desde que ela inventou aquelas ferramentas de construção de fases pra fazer os seus Marios, ainda nos anos 1980, ela desenvolve seus games assim. Ela só foi além no caso de BOTW porque o mapa é imenso, muito maior de que qualquer outro game dela mesma. Enquanto em outros games ela sentia a necessidade de fazer mais tudo à mão, e talvez Super Metroid chega a ser o caso mais exemplar de level design quase que inteiramente feito a mão, em BOTW ela sentiu mais a necessidade de otimizar suas ferramentas de design.

Mais detalhes nesse vídeo:


Então porque a Nintendo em uma palestra gastou tanto tempo falando sobre física e "química"? Por tudo o que mencionei.

Quanto a topografia em si, não é lá tão difícil assim. Ela usou piramides na maior parte dos casos. O polimento final é só para tornar todas as montanhas escaláveis, criando pontos de horizontalidade para permitir os descansos enquanto o Like espera sua stamina recarregar. É muito fácil fazer essa topografia em content managers, acredite.

O desafio maior se encontrava em como criar a dinâmica de travessia e exploração. A solução encontrada pela Nintendo foram as Shrines. Eu já abordei sobre isso no tópico oficial de BOTW.

Outra coisa que dá pra notar é a repetição de assets, em alguns casos, como as Shrines, é por uma questão de design. Quanto mais semelhantes as Shrines por fora, mais rapidamente serão reconhecíveis pelo jogador mesmo à distância. Porém, elas também são semelhantes por dentro.

Quando você vê esse excesso de repetição de assets, todas as dungeons tendo a mesma estética, shrines tendo a mesma estética, repetição de monstros e chefes com tonalidades de cor diferente e graus de dificuldade diferentes, mas sendo os mesmos em seus polígonos e move sets, você percebe que a Nintendo fez o game em um content manager.

Repare que em Dark Souls os monstros são diferentes em cada área. Cada área de Dark Souls tem uma fauna e flora próprias. Em BOTW você irá notar que as vezes a única diferença entre uma montanha e outra é que uma é cinza e outra é marrom, mas as texturas em si são as mesmas, só modificadas em algum programa editor de fotos que consegue alternar tonalidades de cor das mesmas texturas.

Bem, foi assim que a Nintendo conseguiu fazer BOTW em apenas 4 anos. Acredite, eles gastaram apenas esse tempo para fazer esse jogo todo. Read Dead Redemption 2 levou o dobro do tempo.
 

Fabio Alexandre

Veterano
Mensagens
469
Reações
804
Pontos
128
Tem também o ótimo Sphinx and the Cursed Mummy, que lançou para Play2, Xbox e GameCube.
Parece um Zelda com temática Egípcia, e tem um visual fenomenal, a THQ lançou uma versão HD dele na Steam no início do ano.
.
 

Hiboria2

Habitué da casa
Mensagens
271
Reações
47
Pontos
54
Uma franquia tão popular e aclamada e vemos poucos jogos com estilo parecido.

Porque não fazer um jogo estilo Zelda com temas mais sombrios ou com pano de fundo futurista? Eu pagaria por isso.

E estilo Zelda eu falo: dungeons com puzzles e desenvolvimento do personagem ao redor de itens e não por níveis.

Enquanto isso parece que vemos uma cópia de Metroid sendo lançada por mês.
Camarada Fechei o ZELDA BoTW e queria um jogo diferente para jogar, acabei pegando o God of War 4, cara estou com a sensação de jogar o zelda de adultos kkkkkk
A evolução por itens achei bacana, runas, o modo de contar a história, ficou sensacional.
Gostei bastante dos combates, o mundo aberto, pra mim o jogo ficou uma obra de arte, posso dizer que este ano joguei os dois melhores jogos que consigo lembrar.
 

SirMoeckel

Bam-bam-bam
Mensagens
2.775
Reações
4.842
Pontos
303
Pra mim um jogo estilo zelda é que evolui conforme você evolui, tipo as dungeons finais é um pesadelo, mas vc MANJA da jogatina e vira um sonho conturbado, a dificuldade evolui com o jogador!
 

João Ritzel

Bam-bam-bam
Mensagens
8.862
Reações
9.355
Pontos
353
Tem também o ótimo Sphinx and the Cursed Mummy, que lançou para Play2, Xbox e GameCube.
Parece um Zelda com temática Egípcia, e tem um visual fenomenal, a THQ lançou uma versão HD dele na Steam no início do ano.
.
Sou viciado nesse jogo que vc postou....Já terminei ele 3 vezes...

É um dos melhores jogos desconhecidos. Tem um sistema de avanço através de itens igual ao Zelda...A trilha sonora também é ótima.Que jogo!
 

Radamanthys Wyvern

Bam-bam-bam
Mensagens
8.467
Reações
11.304
Pontos
424
Oq mais chegou perto de ser tão bom quanto Zelda foi Okami, mas ainda sim não se compara. Okami tem muita coisa chata pra fazer e era grande demais pro próprio bem. Se fosse tão bom quanto alguns aqui lembram viraria uma franquia já que Zelda desesperadamente necessita de concorrência à altura.

Oceanhorn é uma piada, não da nem pra comparar aquilo com Zelda.

Do ZElda alttp tem um que tentou copiar que se chama Blossom Tales, parece legal, mas a midia ignorou totalmente esse jogo sei la por qual motivo.

Agora um que to pra jogar pela primeira vez que falaram que é muito parecido com Zelda ALLTP é Alundra do PS1. Na época não joguei...mas em breve jogarei no emulador.

Darksiders é bem Zelda. Um mundo hub que liga várias zonas diferentes, Itens que te ajudam q chegar a lugares que não podia antes e coisa e tal.

O segundo é parecido, mas tem uma pegada mais Diablo, na questão de níveis e equipamentos.
Comparar darksiders 1 com zelda é a mesma coisa que falar que Uno é igual Ferrari só pq os 2 tem 4 rodas e andam.
 

Trezoitao38

Bam-bam-bam
Mensagens
9.341
Reações
6.636
Pontos
424
Oq mais chegou perto de ser tão bom quanto Zelda foi Okami, mas ainda sim não se compara. Okami tem muita coisa chata pra fazer e era grande demais pro próprio bem. Se fosse tão bom quanto alguns aqui lembram viraria uma franquia já que Zelda desesperadamente necessita de concorrência à altura.

Oceanhorn é uma piada, não da nem pra comparar aquilo com Zelda.

Do ZElda alttp tem um que tentou copiar que se chama Blossom Tales, parece legal, mas a midia ignorou totalmente esse jogo sei la por qual motivo.

Agora um que to pra jogar pela primeira vez que falaram que é muito parecido com Zelda ALLTP é Alundra do PS1. Na época não joguei...mas em breve jogarei no emulador.



Comparar darksiders 1 com zelda é a mesma coisa que falar que Uno é igual Ferrari só pq os 2 tem 4 rodas e andam.
Blossom Tales é um bom jogo, mas não passa disso. Ele é muito curto. Só tem 4 ou 5 dungeons, se não me engano, e em muitas delas há uma repetição de puzzles em formas diferenciadas, mas basicamente os mesmos puzzles. Não há tantos itens quanto em A Link to the Past. Existem partes muito boas em Blossom Tales, em que o desafio não se resume a puzzles, mas também ao combate, exigindo por vezes uma precisão nos comandos, assim como ALTTP exigia.

Só que sabe o que falta em um game como Blossom Tales? Dungeons com mais de um andar. Aquele momento em jogos da franquia Zelda que você entende que a dungeon é um conjunto de problemas que se comunicam uns com os outros e que você tem que compreender o todo para resolver as partes, isso falta em um game como Blossom Tales.
 

Radamanthys Wyvern

Bam-bam-bam
Mensagens
8.467
Reações
11.304
Pontos
424
Blossom Tales é um bom jogo, mas não passa disso. Ele é muito curto. Só tem 4 ou 5 dungeons, se não me engano, e em muitas delas há uma repetição de puzzles em formas diferenciadas, mas basicamente os mesmos puzzles. Não há tantos itens quanto em A Link to the Past. Existem partes muito boas em Blossom Tales, em que o desafio não se resume a puzzles, mas também ao combate, exigindo por vezes uma precisão nos comandos, assim como ALTTP exigia.

Só que sabe o que falta em um game como Blossom Tales? Dungeons com mais de um andar. Aquele momento em jogos da franquia Zelda que você entende que a dungeon é um conjunto de problemas que se comunicam uns com os outros e que você tem que compreender o todo para resolver as partes, isso falta em um game como Blossom Tales.
Eu broxei com o Blossom Tales quando descobri que é da mesma desenvolvedora que fez Oceanhorn, que é basicamente jogo que tenta copiar o Zelda, mas sem charme ou carinho nenhum.

Isso prova que copiar Zelda é muito dificil, dar carisma, diversão, senso de descoberta, puzzles divertidos, etc.
 

dk120

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
32.221
Reações
56.067
Pontos
979
Okami chegou bem perto mesmo, tanto em qualidade quanto em formato. Lembra demais em especial OoT e TP.

Mas respondendo, acho que é uma mistura de ser um jogo um pouco de nicho com ser dificil mesmo. Um bom exemplo de como não deve ser facil é que a Rareware não tentou o seu na era do N64. Ela teve se Mario, seu Mario Kart, criou seus jogos unicos como Jet Force Gemini, mas nada como Zelda. Competência eles claramente tinham para tentar, mas talvez viram que não valeria o custo.
 

Craudiao

Bam-bam-bam
Mensagens
2.028
Reações
2.576
Pontos
303
Oq mais chegou perto de ser tão bom quanto Zelda foi Okami, mas ainda sim não se compara. Okami tem muita coisa chata pra fazer e era grande demais pro próprio bem. Se fosse tão bom quanto alguns aqui lembram viraria uma franquia já que Zelda desesperadamente necessita de concorrência à altura.

Oceanhorn é uma piada, não da nem pra comparar aquilo com Zelda.

Do ZElda alttp tem um que tentou copiar que se chama Blossom Tales, parece legal, mas a midia ignorou totalmente esse jogo sei la por qual motivo.

Agora um que to pra jogar pela primeira vez que falaram que é muito parecido com Zelda ALLTP é Alundra do PS1. Na época não joguei...mas em breve jogarei no emulador.



Comparar darksiders 1 com zelda é a mesma coisa que falar que Uno é igual Ferrari só pq os 2 tem 4 rodas e andam.
A pergunta não foi de um jogo tão bom ou melhor que Zelda, e sim um que se utilize de elementos similares.
Então aproveitando a "piada", se alguém perguntar de algo igual que te leve de um ponto A para B e que tenha 4 rodas assim como a Ferrari faz, o Uno poderia ser sim usado como exemplo questão de velocidade, conforto e afins não foi o perguntado.
 

tortinhas10

É Nintendo ou nada!
Mensagens
82.024
Reações
175.350
Pontos
979
Mas tem vários jogos cópia de Zelda. Tem vários usando as mecânicas dele, inclusive o z target. Dark souls é um que lembra muito o Zelda.


Sem contar que o rdr2 buscou o modo de jogo do Zelda breath.

Acho que só não usam as dungeons porque é difícil mesmo.

Enviado de meu Redmi 5 Plus usando o Tapatalk
 

BigJ

Bam-bam-bam
Mensagens
14.584
Reações
9.226
Pontos
439
Heh, estava pensando dia desses sobre a trilogia Metroid Prime. Se os games são tão fodas, porque não vemos mais "Metroidvanias 3D" (2D sei que tem um monte)?

E acho que a resposta valeria tanto pra série Prime quanto pra Zelda: fazer games que combinem ação com exploração (e Zelda tem outros lances, como puzzles ou elementos de adventure) definitivamente não é uma tarefa fácil.

Ou seja, pode ser um investimento muito alto sem garantia de retorno. Zelda e Metroid já tem uma base fiel de fãs.

Quem poderia arriscar mesmo, IMHO, seriam a Microsoft e a Sony, justamente por não terem atualmente "equivalentes" a estes jogos.
 
Ultima Edição:
Topo