O que há de Novo?
  • Novo tema VIP está disponível
    Visitante, um novo tema com fundo escuro agora está disponível para aqueles que contribuíram com doações ao fórum e têm o status VIP. Veja os detalhes aqui.


Presidente do México declara fim da 'guerra às drogas' no país

Coffinator

Mil pontos, LOL!
Mensagens
56.326
Reações
136.868
Pontos
1.029

O presidente mexicano, Andrés Manuel López Obrador, declarou o fim da guerra às drogas no país e destacou que seu governo não vai dar prioridade ao uso das Forças Armadas para capturar grandes chefes do narcotráfico.

O México desloca tropas para combater os poderosos cartéis da droga desde 2006. Questionado na entrevista coletiva diária se o governo havia derrubado algum chefe do crime desde sua posse, em dezembro, López Obrador explicou a mudança de foco:

— Não há guerra. Oficialmente não há mais guerra. Nós queremos paz, e nós vamos atingir a paz — destacou o presidente. — Nenhum chefe (do narcotráfico) foi preso, porque esse não é nosso principal propósito, que é o governo garantir a segurança pública. O que queremos é segurança, é reduzir o número diário de homicídios.

A estratégia de guerra às drogas foi muito criticada, sobretudo nos últimos anos. Embora tenha levado à captura de conhecidos chefes narcotraficantes, trouxe também ao país uma onda de violência, em confrontos entre os próprios cartéis fragmentados e embates com as Forças Armadas.

O México registrou mais de 200 mil assassinatos desde que os militares foram enviados às ruas, há 13 anos. Alguns estados mexicanos têm índices de violência semelhantes aos dos países mais violentos do mundo. O ano de 2018 foi o mais sangrento a ser registrado no país, com 33.341 homicídios.

Apesar do anúncio do presidente, críticos apontaram que o presidente não tirou os soldados das ruas, como havia prometido na campanha eleitoral. A proposta da criação de uma guarda nacional gerou críticas de oponentes, que veem no efetivo uma militarização permanente no país.

López Obrador propôs uma série de programas sociais que, segundo ele, vão acabar com a pobreza, que conduz a crimes violentos. Mas ele também articula a criação de uma guarda com milhares de soldados que assumiriam funções de polícia civil sob controle militar.

O especialista em segurança Alejandro Hope destacou à agência France Presse que "há clara contradição" na nova estratégia e no anúncio desta quarta-feira do presidente mexicano.

— Sua estratégia anticrime muda pouco, não é diferente da dos governos anteriores e até acentua o uso das Forças Armadas na segurança pública — analisou ele.

Grupos de defesa de direitos apontam que o plano de uma guarda nacional pode militarizar permanentemente o México. A medida, que requer emenda à Constituição, foi aprovada na Câmara dos Deputados do país, mas ainda precisa do aval do Senado e de pelo menos metade dos Legislativos estaduais.
+++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++

Aka: Traficantes vão encher o rabo de dinheiro sem serem incomodados enquanto o país fica "na paz".
 


edineilopes

Retrogamer
Mensagens
22.945
Reações
63.932
Pontos
654
RIP México.

Processo de Venezuelização em andamento. Esse trecho é especialmente preocupante:
López Obrador propôs uma série de programas sociais que, segundo ele, vão acabar com a pobreza, que conduz a crimes violentos. Mas ele também articula a criação de uma guarda com milhares de soldados que assumiriam funções de polícia civil sob controle militar.
Enquanto "combate a pobreza" está preparando um novo e fiel braço armado. Faz de conta que ninguém está vendo o que o sujeito está aprontando...
 


Zefiris

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
13.568
Reações
38.101
Pontos
664
Vale lembrar que a agência do governo mexicano que informou os números de assassinatos está suavizando os números, pois se baseia no número de investigações de homicídios, não no número de vítimas. Então quando um cartel resolve sequestrar/estuprar todas as mulheres de um vilarejo e matando todos os homens no processo, isso deve contar como uma única investigação.
 

_Cab_

Bam-bam-bam
Mensagens
4.639
Reações
4.488
Pontos
369
Vale lembrar que a agência do governo mexicano que informou os números de assassinatos está suavizando os números, pois se baseia no número de investigações de homicídios, não no número de vítimas. Então quando um cartel resolve sequestrar/estuprar todas as mulheres de um vilarejo e matando todos os homens no processo, isso deve contar como uma única investigação.
:obrigue



Lendo o texto todo, deu a entender que no final das contas não mudou nada.... :kzonzo
 

Nilmax3

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
12.662
Reações
20.308
Pontos
629
bom que no futuro os USA vao poder jogar umas bombas no quintal do vizinho pra salvar os mexicanos sem precisar andar meio mundo pra isso :kkk


mexico ta muito mais muito fudido com esse lula mexicano e nem chapolin tem mais pra salvar a patria :ksnif
 

JmB!

Bam-bam-bam
Mensagens
10.146
Reações
7.701
Pontos
484
A notícia para uma enrolação dos internos...
No mais, isso está com cheiro de acordo...
Isso pode ajudar no curto prazo, mas o efeito rebote é destruidor, basta ver a gestão Garotinho no RJ

T+
 

marciofz

Bam-bam-bam
Mensagens
1.253
Reações
6.451
Pontos
303
Parece que eu já vi essa novela aqui no BR...

Enviado de meu Redmi Note 5 usando o Tapatalk
 

Doug.Exausto

Veterano
Mensagens
463
Reações
916
Pontos
128
Sobre a guerra as drogas: Acho que as políticas socio-econômicas deveriam tirar o foco no usuário simples que é pego usando e se concentrar nas gangues e seus líderes (oposto a que obrador quer fazer). Isso aliviaria as superlotadas prisões.
 
Topo