O que há de Novo?
  • Novo tema VIP está disponível
    Visitante, um novo tema com fundo escuro agora está disponível para aqueles que contribuíram com doações ao fórum e têm o status VIP. Veja os detalhes aqui.


Procuradores pedem prisão perpétua para maior serial killer alemão desde a 2ª Guerra.

Netto Saitama

Ser evoluído
Mensagens
25
Reações
142
Pontos
28
Procuradores pedem prisão perpétua para maior serial killer alemão desde a 2ª Guerra.



Procuradores alemães pediram nesta quinta-feira a prisão perpétua de um enfermeiro alemão que admitiu ter matado ao menos cem pacientes que estavam sob seus cuidados, no maior caso de serial killer na Alemanha desde o fim da Segunda Guerra Mundial. A acusação apontou que Niels Hoegel, já condenado pela morte de seis pessoas, tirou a vida de outras 97 ao aplicar nelas injeções não autorizadas.O enfermeiro de 42 anos admitiu, em outubro passado, ter matado ao menos cem pacientes. Durante uma das audiências, ele pediu perdão às famílias e justificou seus atos pelo "tédio".

O caso foi revelado em 2005, quando um colega de trabalho surpreendeu Högel no momento em que ele aplicava uma injeção não autorizada em um paciente de uma clínica de Delmenhorst. Hoegel foi condenado em 2008 a sete anos de prisão por tentativa de homicídio.
Um segundo julgamento ocorreu em 2014 e 2015, por pressão das famílias das supostas vítimas, que acusaram os promotores de lentidão com o caso. Ele foi considerado culpado de assassinato e tentativa de assassinato de cinco outras vítimas e recebeu a sentença máxima de 15 anos.
Foi então que Hoegel confessou ao seu psiquiatra pelo menos mais 30 assassinatos cometidos em Delmenhorst. Isso levou os investigadores a examinar mais de perto as mortes suspeitas em Oldenburg.
Pelo menos 36 pacientes foram mortos no hospital de Oldenburg e outras 64 na clínica na cidade de Delmenhorst, entre 2000 e 2005, onde e quando ele trabalhava nestes locais.
Investigadores dizem que o número final pode de vítimas chegar a 200 mortos, mas receiam que nunca saberão ao certo, porque os corpos de muitas vítimas em potencial foram cremados.
Hoegel parece ter seguido um procedimento parecido em todas as vezes: primeiro injetava uma medicação que provocava uma parada cardíaca. Em seguida, tentava, com frequência sem sucesso, ressuscitar as vítimas.
Os promotores dizem que ele foi motivado pela vaidade, para ostentar as suas habilidades em salvar vidas humanas e por simples "tédio".


 


ROLGENIO

Bam-bam-bam
Mensagens
8.934
Reações
22.705
Pontos
363
O cara matou provavelmente mais de 200 pessoas por TÉDIO.

Queria que ele fosse condenado a ficar na solitária até morrer de velhice. Mas que fosse impedido de se matar. Aí ele teria uma nova definição de tédio. Lixo do caramba...
 

Guren

Supra-sumo
Mensagens
523
Reações
1.746
Pontos
183
Acho melhor pena de morte pra não correr risco desse lixo humano conseguir sair da prisão
 

Seladonia

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
36.316
Reações
58.905
Pontos
849
Infelizmente na área da saúde (de técnicos de enfermagem aos médicos) tem muita gente meio perversa, a ideia de que todos que salvam vidas são "anjos" não é exatamente algo que você coloca a mão no fogo depois de uns anos trabalhando com eles.

Por isso é bom que sempre tenha alguém acompanhando, quando uma pessoa vigia a outra é mais difícil esse tipo de coisa acontecer, mas quando deixa alguém sozinho... já conheci umas histórias de demissão de médicos por conduta irregular no trabalho que foram bem perturbadoras e ninguém esperava isso dessas pessoas.
 


Topo