O que há de Novo?
  • Anunciando os planos GOLD no Fórum Outer Space
    Visitante, agora você pode ajudar o Fórum Outer Space e receber alguns recursos exclusivos, incluindo navegação sem anúncios e dois temas exclusivos. Veja os detalhes aqui.

Profetize sobre a situação do Brasil em 2022

Baralho

Bam-bam-bam
Mensagens
7.754
Reações
25.394
Pontos
353
Depois do Speel Card, esse tópico tem de ganhar os prêmios ''pá de ouro'' e ''pá de diamante'' também.

Sobre o histórico...
Complicado.

O Bonoro tem ótimos planos, como os das reformas da previdência, tributária e política, mas não tem maioria necessária no parlamento.

Traduzindo, se não quiser paralisar o governo, vai ter de recorrer a alguma medida de troca de favores/cargos com outros partidos - exceto os de esquerda com os quais descartou qualquer diálogo - se quiser avançar algumas reformas.

Com relação a política econômica macro, tendo um equilíbrio fiscal, a tendência são os juros manterem-se estáveis e a inflação controlada, o que já é um avanço muito considerável.

O quadro é MUITO GRAVE: https://www.correiobraziliense.com.br/app/noticia/economia/2018/10/29/internas_economia,716057/saiba-quais-serao-10-maiores-desafios-de-bolsonaro-na-area-economica.shtml

Por enquanto começa bem, no que tem poder, indicando economista de formação pro ME {ex-MF}, engenheiro e cientista pra o MCE, militar para o MD, e todos profissionais de carreira e não de diploma na parede.
Pois é, no negrito, até que deu pra acertar um ''pouco''.
No sublinhado, o GF também fez sua parte, agora é que está no parlamento.

Sobre inflação e juros... o mundo era outro até fev/2020, ''só'' isso... enfim, nisso não teve jeito.
Porém tem 1 ano ainda até as eleições.
Que o Brasil siga se endireitando em 2022.
 
Ultima Edição:


Insônia

Bam-bam-bam
Mensagens
4.588
Reações
12.434
Pontos
294
O mais engraçado é que esse tópico é de um clone do Décio, hauhauhauhua


O Bolsonaro não termina o mandato. Sofrerá impeachment por incompetência administrativa.

Olha o larva ai quase acertando, huahuahuahuahua

Belíssimo tópico :klolwtf:klolwtf
 

Matador de lobos

Veterano
Mensagens
404
Reações
899
Pontos
119
Bolsonaro preso na mesma cela que o Lula, os dois assumem um romance e lançam o Bolsolula.

Ciro desiste de vez da política, Boulos é preso por invadir propriedades.

Sei la quem vai ser Presidente porque não sei de todos, mas espero que acontece o acima
 

DanielMF

Bam-bam-bam
Mensagens
5.601
Reações
9.947
Pontos
338
Se ainda estiver valendo..., entre 2019~2022:

-Bolsonaro não será reeleito.
-Economia ainda em recuperação lenta, crescimento no patamar de 1~2% ao ano.
-Baixas nas exportações.
-Desemprego cai, mas ainda acima de 11%.
-Privatizações pouco relevantes.
-Desaprovação do governo passará de 50%.

Prato cheio hein.
Tirando o que a pandemia bagunçou aí no PIB e desemprego, errei sobre as baixas na exportação por causa do boom de comodities e privatização só teve uma e foi bastante relevante do ponto de vista negativo.

Mas acertei a desaprovação do governo e provavelmente a não reeleição do Bolsonaro. E a economia em marcha lenta.
 


nando3d

Ei mãe, 500 pontos!
VIP
Mensagens
31.408
Reações
48.876
Pontos
854
  • Economia bombando em crescimento contínuo;
  • Mudanças no sistema trabalhista, deixará o desemprego em níveis de 5%.
  • Faculdades de exatas serão as mais concorridas, tudo graças aos incetivos na área de Ciência.
  • Elon Musk abre filiais da Tesla no Brasil e avança no trabalho de energia solar graças ao Nordeste.
  • Nordeste se torna uma grande região com fazendas agrícolas e também será referência em tecnologia.
  • Na Amazônia brasileira, é descoberto várias plantas com curas para inúmeras doenças. Brasil se torna referência mundial em medicamentos.
  • O sonho dos brasileiros será empreender, visto que concursos não compensarão mais.
  • O poder de comprar do Brasileiro aumentará bastante. PS5 e Xbox Scarlet são lançados simultaneamente no Brasil a R$ 1500,00. O carro mais barato é um Tesla Celestino a R$ 15 mil.
- PT será um partido nanico. Perderá as eleições municipais, ficando com apenas umas poucas prefeituras no Nordeste. Em 2022, não sairá dos 1%. Os irmãos Gomes serão presos e não concorrerão. Kátia Abreu aparecerá como candidata. O PSOL lançará aquela militante que ama o Kim Kataguari, mas eu esqueci o nome. Falando nele, ele tentará ser senador e o MamãeFalei vai tentar a prefeitura de São Paulo. Dória tentará para Presidente. Pelo PSL, Bolsonaro lançará a Joyce Halsseman.
Teremos a criação de um partido chamado Renovados, que será um partido liberal com viés sociais, com inspiração no Partido Democrata americano.
Caramba, sou um jovem tolo mesmo.

Pelo menos acertei o Dória como candidato a presidente.

 

Akita

Bam-bam-bam
Mensagens
5.630
Reações
9.009
Pontos
353
- Índices de violência vão cair em todos os crimes contra a vida e na maioria dos outros crimes
- Situação econômica vai melhorar porque no mínimo o Brasil vai parar de cavar. O quão melhora além disso depende bastante das medidas tomadas.


    • Poder de compra do BR vai aumentar
    • Dólar deve estar por volta dos R$3
huahauhauah

Como a gente foi inocente.

Forum bugou o quote, desculpa aí nominedomine.
 

João Ninguém

Bam-bam-bam
Mensagens
1.300
Reações
2.210
Pontos
268
lembro q achava q o dolar iria baixar bem, tipo pra R$ 3. hj agnt tá caminhando para o dobro.

triste
 

pescadorparrudo

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
17.164
Reações
28.741
Pontos
654
Bolsonaro é um nacionalista, portanto, caso leve seu mandato a termo, o Brasil se torna mais fechado ao comércio mundial. Os empregos que requerem alta especialização estarão em seus níveis atuais Pós-Dilma, consolidando a vocação de país-colônia exportador de commodities. O reflexo disso será a continuação da baixa competitividade de nossas empresas. Bolsonaro é um falso liberal, o estado continuará grande e interventor (e agora protecionista), portanto custando caro e deixando pouca margem para investimentos públicos (ex. infraestrutura). Tudo isso levará à alta de inflação (estimo 8% a.a. em 2022) e alta de juros (Selic em torno de 12% a.a. em 2022). A reforma da previdência, caso ocorra, não acredito que seja bem feita, o que elevará ao aumento da informalidade, elevando a taxa de desemprego a 14% em 2022.

A ideologia de Bolsonaro levará o Brasil de uma posição geopolítica tradicionalmente neutra para uma pró-EUA (ex.: intenção de mudar a embaixada para Jerusalém), com evidentes impactos nas relações com países importantes para o nosso comércio exterior como Rússia, China e Arábia Saudita. O futuro dos negócios de nossas multinacionais nesses países estará comprometido. Reações negativas desses países levarão Bolsonaro a retaliar (ele não é de negociar, não é um homem de bom senso), fechando ainda mais nossa economia, levando à desvalorização de nossa moeda. O dólar deverá estar a R$4,40 (dinheiro de hoje) em 2022.
Tristemente preciso.
 

JmB!

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
12.239
Reações
11.874
Pontos
684
O que se espera de um poço de m**** "intransbordável"?

Que continue caindo mais m****, lógico!

T+
 

BmX Burner

Veterano
Mensagens
297
Reações
510
Pontos
103
Errei a estimativa para o dólar. Para baixo. Consideres ainda que tendo a ser pessimista. :facepalm
Estou impressionado mesmo com a sua previsão para a inflação, pois é bem possível que cheguemos mesmo a 8% esse ano.


Enviado do meu iPhone usando Tapatalk
 

Hoitoessinkuentayceiz

Bam-bam-bam
Mensagens
2.423
Reações
4.149
Pontos
314
Bolsonaro é um nacionalista, portanto, caso leve seu mandato a termo, o Brasil se torna mais fechado ao comércio mundial. Os empregos que requerem alta especialização estarão em seus níveis atuais Pós-Dilma, consolidando a vocação de país-colônia exportador de commodities. O reflexo disso será a continuação da baixa competitividade de nossas empresas. Bolsonaro é um falso liberal, o estado continuará grande e interventor (e agora protecionista), portanto custando caro e deixando pouca margem para investimentos públicos (ex. infraestrutura). Tudo isso levará à alta de inflação (estimo 8% a.a. em 2022) e alta de juros (Selic em torno de 12% a.a. em 2022). A reforma da previdência, caso ocorra, não acredito que seja bem feita, o que elevará ao aumento da informalidade, elevando a taxa de desemprego a 14% em 2022.

A ideologia de Bolsonaro levará o Brasil de uma posição geopolítica tradicionalmente neutra para uma pró-EUA (ex.: intenção de mudar a embaixada para Jerusalém), com evidentes impactos nas relações com países importantes para o nosso comércio exterior como Rússia, China e Arábia Saudita. O futuro dos negócios de nossas multinacionais nesses países estará comprometido. Reações negativas desses países levarão Bolsonaro a retaliar (ele não é de negociar, não é um homem de bom senso), fechando ainda mais nossa economia, levando à desvalorização de nossa moeda. O dólar deverá estar a R$4,40 (dinheiro de hoje) em 2022.
Parabéns!
Nota 9,5 por causa do dólar otimista....kkk

Mas o que eu acho interessante é que nesta época, alguns lúcidos tinham exatamente esta mesma impressão, outros tinham isso como certeza. Mas mesmo assim alguns destes apostaram para ver. O que eu não consigo entender é o por quê? Já era tão óbvio!
 

Hitmanbadass

You can't handle the truth!
VIP
Mensagens
17.035
Reações
30.497
Pontos
614
Tristemente preciso.
Tirando a parte prolixa, preciso onde vc acha?

Brasil mais fechado para comércio mundial: Nossa balança é superavitária e isso se manteve ou aumentou na gestão Bolsonaro, alias era uma plataforma de governo dele (Guedes) diminuir tributação sobre Importação e isso foi, de fato, feito para bens de capital.

Empregos com alta especialização e tamanho do estado: Certo mas obviamente depende de mto mais do que o Governo, que nem a própria parte fez, continuou o cenário anterior.

Inflação e Juros: A não ser que tenha previsto a pandemia, errou feio errou rude. Jogaram os juros para baixo e a inflação estourou por conta de assuntos relacionados à pandemia (em um cenário de Selic baixa e cambio salto mas subindo de forma controlada teria ficado baixa)... a """oficial"""" mesmo no atual cenário está nesse patamar ae.

Relações internacionais: Pró Eua é obvio desde o início da eleição já que ele se opunha a ditaduras. Mas nossa balança comercial com China, Russia e Arabia (que sei lá de onde é um parceiro comercial importante) não mudou drasticamente, até melhorou. Nossas multinacionais nesses países continuam por lá e mantendo a mesma toada de sempre salvo engano.

O real já estava desvalorizado, estava sendo mantido pelos juros que ele mesmo citou que o governo aumentaria. Se aumentar ou diminuir, sendo feito pelo Bolsonaro, seria ruim , aí não tem o que fazer rs.

Disclaimer (pq o oposto de Comunista, aqui na OS, é passador de pano): A gestão da pandemia foi uma b*sta, o cara implodiu o próprio governo, mexeu na lava jato pra proteger filho ladrão e se vendeu pro centrão.

Ainda assim, tudo que falei é comprovável.
 

nando3d

Ei mãe, 500 pontos!
VIP
Mensagens
31.408
Reações
48.876
Pontos
854
Inflação e Juros: A não ser que tenha previsto a pandemia, errou feio errou rude. Jogaram os juros para baixo e a inflação estourou por conta de assuntos relacionados à pandemia (em um cenário de Selic baixa e cambio salto mas subindo de forma controlada teria ficado baixa)... a """oficial"""" mesmo no atual cenário está nesse patamar ae.

Relações internacionais: Pró Eua é obvio desde o início da eleição já que ele se opunha a ditaduras. Mas nossa balança comercial com China, Russia e Arabia (que sei lá de onde é um parceiro comercial importante) não mudou drasticamente, até melhorou. Nossas multinacionais nesses países continuam por lá e mantendo a mesma toada de sempre salvo engano.

O real já estava desvalorizado, estava sendo mantido pelos juros que ele mesmo citou que o governo aumentaria. Se aumentar ou diminuir, sendo feito pelo Bolsonaro, seria ruim , aí não tem o que fazer rs.
Corte de juros e desvalorização da moeda foram feitas de forma bem expressiva pela equipe do Guedes, tanto que até o Trump reclamou, basta lembrar.

A desvalorização do real já vinha bem forte e o dólar já estava subindo, mesmos antes da pandemia.


No final de 2018, o dólar estava em média R$ 3,70.
no final de 2019, o dólar estava na média dos R$ 4,20.


Sobre as relações internacionais, é aquela coisa, os países continuaram comprando, mas provavelmente devem ter mais exigências ou quando se precisa de algo, colocam mais dificuldades. Só lembrar da época das máscaras, remédios e outras coisas, onde o Brasil meio que era um pouco desprezado e tinha dificuldades de obter coisas.
 

Hitmanbadass

You can't handle the truth!
VIP
Mensagens
17.035
Reações
30.497
Pontos
614
Corte de juros e desvalorização da moeda foram feitas de forma bem expressiva pela equipe do Guedes, tanto que até o Trump reclamou, basta lembrar.

A desvalorização do real já vinha bem forte e o dólar já estava subindo, mesmos antes da pandemia.


No final de 2018, o dólar estava em média R$ 3,70.
no final de 2019, o dólar estava na média dos R$ 4,20.


Sobre as relações internacionais, é aquela coisa, os países continuaram comprando, mas provavelmente devem ter mais exigências ou quando se precisa de algo, colocam mais dificuldades. Só lembrar da época das máscaras, remédios e outras coisas, onde o Brasil meio que era um pouco desprezado e tinha dificuldades de obter coisas.
Sobre a política de juros eu concordo que foi expressiva, mas a premissa da redução não era desvalorizar o real e sim gerar investimentos internos de capital para fortalecer indústria (o mercado decidindo, não um BNDES criando JBSs da vida).

Sobre as relações internacionais, é tudo sobre dinheiro e travas burocráticas. Brasil não impôs nenhuma à China, nada, zero.

Os dumpings que tínhamos, se mantiveram e a tributação para importar, no geral, caiu embora o câmbio tenha piorado.

Máscaras e remédios foi algo que todo mundo sofreu, principalmente vindo da China. Tenho amigos que trabalham com Comex nos USA, Espanha, Portugal e todo mundo ouviu e passou o mesmo que eu: No início não tinha, governo Chinês punindo quem vendesse para fora... e depois tavam mandando grátis de brinde rs, eu mesmo tenho aqui centenas (tinha milhares).

Não vejo nada que prejudique as relações, vejo bastante discussão e frases bobas. entre os governos.. mas isso é show, não influi no fluxo da grana já que são os empresários desses países (mesmo China) que negociam, não os presidentes ou embaixadas, esses são apenas parasitas do estado que, se influem na economia, é para o mal.
 

henriquelj

Bam-bam-bam
Mensagens
5.703
Reações
6.006
Pontos
409
Seu recalque está te confundindo. Quem venceu a eleição foi o Bolsonaro, não o Haddad. Muitas coisas aí estão atreladas ao petismo - vide a piora na educação e o aumento da extrema pobreza durante os últimos anos - enquanto outras são subjetivas. Pois, por exemplo, só com seu viés idelógico distorcido para achar ruim empresas tendo lucro. Embora pessoas como você parecem ter gosto de disseminar a discórdia e o ódio entre as pessoas.
Ele acertou tudo, acho que quem estava confuso era você.
 

NEOMATRIX

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
41.831
Reações
44.858
Pontos
909
dólar a 7,00 e gasolina a 8


Enviado do meu iPhone usando Tapatalk
 
Topo Fundo