O que há de Novo?
  • Novo tema VIP está disponível
    Visitante, um novo tema com fundo escuro agora está disponível para aqueles que contribuíram com doações ao fórum e têm o status VIP. Veja os detalhes aqui.


Qual foi a maior decepção da geração? The Order 1886 ou The Last Guardian?

Digbell

Ser evoluído
Mensagens
54
Reações
68
Pontos
18
Tenho certeza que o criador desse tópico não jogo nenhum dos dois kkkkkkk
Ou é um caixista
 


Majima-San

Bam-bam-bam
Mensagens
1.853
Reações
5.597
Pontos
303
Zuando.

Gosto desses tópicos, acho que eles têm que existir. Sem ironias. É bom demais. Pena de fóruns que não os permitem, como a ResetEra.

Considero The Order uma das grandes decepções da geração, porque havia hype pelo game, por conta de seu setting, valores de produção e técnica/arte destacadas dentro do mar de repetição insana, mas acabou vindo um game objetivamente ruim. Eu pelo menos me decepcionei, porque nutri esperanças. Entretanto, uma opinião que já até virou cliché dentro da indústria, mas que é real, é a de que tem muita coisa boa nesse game que se beneficiaria duma sequência.

Já The Last Guardian é o que vem cada vez mais sendo chamando de “A Imperfect Masterpiece”, um game com premissa extremamente ambiciosa, com tom único e marcante, mas com problemas técnicos por conta do Development Hell e da dificuldade em se executar tão ousado projeto. Ainda assim, é um dos maiores marcos dessa geração, um marco de reputação bem maior que Gears 4 ou Uncharted the Lost Legacy por exemplo.
 
Ultima Edição:

Jailcante

Supra-sumo
Mensagens
1.022
Reações
1.414
Pontos
193
Eu citei esses dois jogos pois quem acompanhou na época vivenciou a hype elevadíssima aqui no OS para esses jogos, The Last Guardian foi motivo de alguns afirmarem que ps4 ganhou a E3 por conta dele, e the Orther teve um user aqui que afirmou que o jogo rodaria em 4k. Kkkkkkkkkkkkkkkk

Me lembro como se fosse hj, tanta hype e no final jogos medíocres.
Legal que você fala dos outros que se decepcionaram, aí fica claro que você não triscou nos jogos (porque se tivesse, não estaria falando na terceira pessoa). Então, você não pode falar que você se decepcionou com eles, né, fera? E com isso, nem afirmar que foram as "maiores decepções" da geração.

Talvez devesse procurar jogos que VOCÊ se decepcionou... ah, não peraí! Porque aí você seria obrigado a falar de jogos de um sistema que você não quer falar contra... Ok então.
 

Pipoca Verde

Bam-bam-bam
Mensagens
4.429
Reações
8.184
Pontos
303
Gostei dos 2 jogos.
Um tem os gráficos mais fodas da geração, já o outro tem uma carga emotiva muito forte. Os 2 jogos tem defeitos, mas ninguém é perfeito igual a Mariana Ruy Barbosa.
 

RafaelBrce

Bam-bam-bam
Mensagens
2.380
Reações
3.831
Pontos
303
Legal que você fala dos outros que se decepcionaram, aí fica claro que você não triscou nos jogos (porque se tivesse, não estaria falando na terceira pessoa). Então, você não pode falar que você se decepcionou com eles, né, fera? E com isso, nem afirmar que foram as "maiores decepções" da geração.

Talvez devesse procurar jogos que VOCÊ se decepcionou... ah, não peraí! Porque aí você seria obrigado a falar de jogos de um sistema que você não quer falar contra... Ok então.
The Order eu me decepcionei sim, foi jogado a hype lá em cima e na hora que joguei foi uma tortura terminar.
ID psn rafa_kyo182
The Last Guardian não me despertou o mínimo interesse, mas quem sabe em uma promoção da Black Friday .
 


Megazordi64

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
12.376
Reações
20.247
Pontos
553
The Last Guardian.
Por todo o tempo gasto na produção, "migração" de geração, mente criativa por trás do projeto, aspectos técnicos (inclusive ficou devendo bastante) e outros pormenores. Se esperava um forte concorrente a "jogo de geração (o que por consequência o colocaria como obra prima ao lado de SOTC)". É bom jogo (muito melhor que The Order)... mas muito menos (como diria o outro "MENAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAASSSSSSSSSSSSSSSSSSSSS") do que era esperado.

Já The Order entrega gráficos lindos para a época (até hoje competente), boas trilhas sonoras (embora não sejam marcantes e de fácil associação), bom roteiro (que foi mal aproveitado) e não era 20% do hype de TLG. Problema de The Order é, de fato, a gameplay quebrada. Não é gostoso de jogar. A gunplay é incomoda, as lutas contra os lobisomens são simples e repetitivas (e poucas o que deveria ser melhor pensando e aproveitado) e o jogo em diversos momentos tirava o comando do jogador (você querendo correr e o jogo te forçando a apreciar os gráficos). Contudo apanhou até mais do que deveria (em virtude da empresa por trás do game não ter "pedigree"). Vi pessoas da imprensa dando nota 3, 4 ou 5 para o jogo o que é, para mim, um terrível exagero.

Óbvio que é uma lista de youtube... mas é uma lista que vai mudando a cada "X" estações e de um dos maiores sites de games do mundo.
E todos esperavam ver TLG nessa lista aqui. Se a lista é justa ou não será uma visão individual de cada player... mas o fato é que não está nos 25 do console (se fizer de geração não pegaria, então, top 35 ou 40 - talvez no 50 sim -). E olha que a lista tem posições bizarras (na minha visão individual). Tanto que lendo comentários do vídeo não vi quase reclamações pela ausência de TLG (vi de RE2, Sekiro e muitas de "Fortnite above RDR2").


E tenho PS4 e considero SOTC nota 10 (e, ainda nesse momento, TOP 10 da vida).
Particularmente acho o gameplay do The Last Guardian muito mais quebrado do que o The Order.

The Order é um jogo sem inspiração, mas com gameplay mediano.

Já The Last Guardian considero um jogo com originalidade, mas com um gameplay ruim.

Esse foi o meu review do The Last Guardian que deixei no tópicos de jogos zerados, realmente tenho muita dificuldade de entender quem defende o gameplay e level design desse jogo, eu passei raiva demais em alguns momentos da jogatina, até cito alguns deles na análise:



Acabei de zerar The Last Guardian, deixo aqui o meu mini review:

Como eu queria poder chegar aqui e falar que o jogo é maravilhoso, um sucessor a altura do ICO e Shadow of the Colossos que tanto amo, mas infelizmente essa não é a minha opinião.
Claro que o fator nostalgia pode ajudar na degustação amarga do The Last Guardian, pois existem elementos que trazem boas lembranças dos outros dois jogos desenvolvidos pela Team ICO. Agora, eu imagino que quem não os tenha jogado sairá muito frustrado.
A primeira hora foi bem divertida, estava muito empolgado em poder jogar The Last Guardian mais de 10 anos depois do anúncio.
Antes de tudo devo elogiar o trabalho magnífico com o monstro Trico, principalmente no início do jogo quando ele possui as melhores animações e encantam a qualquer um. Ao longo da aventura sofremos a cada lança que o atinge. A relação dele com o garoto é muito bem construída e bonita também.
Feito os elogios, que são poucos infelizmente, vamos passar para as críticas.
Como disse antes, a primeira hora foi bem divertida, inicialmente fiquei até aliviado por não precisar dar ordens ao Trico. Era possível resolver todos os desafios com ele apenas te seguindo. Porém o jogo foi do céu ao inferno de uma só vez quando apareceu a mensagem na tela "aperte R1 para dar ordens".
Eu entendo que os desenvolvedores quiseram dar maior realismo com o jogador podendo dar apenas ordens simples para o monstro, assim ele agiria de forma independente como um animal de verdade, mas ao tomar essa escolha falharam miseravelmente no gameplay.
Uma experiência que poderia ser simples de mirar em uma plataforma e mandar o Trico pular lá vira um terror ficar dando ordens que não são obedecidas. Várias vezes precisava pular em duas plataformas para cima, o monstro pulava na primeira e ao invés de pular na segunda acabava optando por descer ao ponto inicial. Depois disso acontecer umas três vezes seguidas é dar rage quit ou quebrar o controle do PS4.
Para piorar o level design é assombroso. Várias vezes o jogo não te da uma pista sequer para onde ir, então o jeito era subir no monstro e ficar dando ordens para todas as direções e ver se ele responderia para alguma. Porém como o Trico não responde bem as ordens, muitas vezes indicava o lugar certo, mas como ele não respondia achava que aquele local era o errado e ficava feito barata tonta perdido no local.
Alguns puzzles que dependem do monstro são pura adivinhação também. Por exemplo, teve uma vez que caí num buraco com água, só tinha um caixote lá. Fiquei nadando com esse caixote uns 10 minutos pra lá e pra cá gritando o Trico, quando já estava desistindo o monstro joga a cauda dele para sair de lá. Como eu ia adivinhar isso? O que era preciso fazer para ele jogar a cauda rapidamente? Sei lá, só sei que foram quase 10 minutos para isso.
Outra parte que me tirou do sério foi quando o personagem fica preso dentro de uma gaiola. Fiquei me revirando na gaiola uns 5 minutos para o narrador falar "ai eu desisti de mover a gaiola e dormi". Quando acordo tudo continua como estava antes, fico me revirando mais 5 minutos na gaiola novamente até que por um milagre o Trico surge do nada quebrando uma parede. O que desencadeou para ele quebrar a parede? Não sei também.
Posso ficar discorrendo aqui várias partes absurdas do jogo que são puras adivinhações ou que dependem do bom humor do Trico.
As únicas partes que o monstro responde razoavelmente bem é quando usamos por exemplo os objetos de cheiro para ele realizar alguma determinada ação, pois até para comer os barris é complicado. Jogando cheguei a colocar um barril na frente dele, depois ir no banheiro, pegar uma coca na cozinha e ao voltar ele não tinha comido.
Agora, some a isso tudo um jogo completamente bugado (tive por exemplo que resetar o boss final para progredir no jogo), câmera louca entrando nos objetos toda hora e frames que variam a todo momento.
Os nostalgicos dos frames do Shadow of the Colossus no PS2 vão amar The Last Guardian.
É inacreditável esse jogo ter média 82 no metacritic, a nostalgia deve ter falado mais alto, não tem outra explicação.

NOTA: 5/10

Não tem como dar outra nota, estaria sendo muito injusto com outros jogos que dei 7 como Infamous Second Sun e Gravity Rush 2 que são bons jogos e não possuem erros gravíssimos como The Last Guardian.
 

Megazordi64

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
12.376
Reações
20.247
Pontos
553
Zuando.

Gosto desses tópicos, acho que eles têm que existir. Sem ironias. É bom demais. Pena de fóruns que não os permitem, como a ResetEra.

Considero The Order uma das grandes decepções da geração, porque havia hype pelo game, por conta de seu setting, valores de produção e técnica/arte destacadas dentro do mar de repetição insana, mas acabou vindo um game objetivamente ruim. Eu pelo menos me decepcionei, porque nutri esperanças. Entretanto, uma opinião que já até virou cliché dentro da indústria, mas que é real, é a de que tem muita coisa boa nesse game que se beneficiaria duma sequência.

Já The Last Guardian é o que vem cada vez mais sendo chamando de “A Imperfect Masterpiece”, um game com premissa extremamente ambiciosa, com tom único e marcante, mas com problemas técnicos por conta do Development Hell e da dificuldade em se executar tão ousado projeto. Ainda assim, é um dos maiores marcos dessa geração, um marco de reputação bem maior que Gears 4 ou Uncharted the Lost Legacy por exemplo.
Não joguei Gears 4, mas comparar The Last Guardian com Uncharted Lost Legacy é um sacrilégio.

Lost Legacy é infinitamente melhor que o The Last Guardian.

No Uncharted além de ter uma boa história e gráficos melhores, os controles respondem corretamente e o level design é intuitivo.

A forma como passam pano pro The Last Guardian é sem precedentes, "imperfect masterpiece" é de lascar.
 

osfelas

Bam-bam-bam
Mensagens
16.611
Reações
9.154
Pontos
474
Pra mim dois ótimos jogos, gosto dos dois

Enviado de meu SM-J810M usando o Tapatalk
 

joao perreira

Habitué da casa
Mensagens
494
Reações
395
Pontos
73
só joguei o the last
achei maravilhoso apesar do grave problema na jogabilidade e do frame rate porco
a história é cativante
me marcou tanto que nem revendi
quem sabe um dia eu jogue novamente...
 

-kun

Bam-bam-bam
Mensagens
10.359
Reações
6.810
Pontos
434
Particularmente acho o gameplay do The Last Guardian muito mais quebrado do que o The Order.

The Order é um jogo sem inspiração, mas com gameplay mediano.

Já The Last Guardian considero um jogo com originalidade, mas com um gameplay ruim.

Esse foi o meu review do The Last Guardian que deixei no tópicos de jogos zerados, realmente tenho muita dificuldade de entender quem defende o gameplay e level design desse jogo, eu passei raiva demais em alguns momentos da jogatina, até cito alguns deles na análise:
Entendo seu ponto... mas The Order por ser um TPS me incomodava demais (principalmente tirando o controle da minha mão). Se quer vender os gráficos deixe o jogador rotacionar as câmeras a bel prazer e curti-los (estou re-jogando Banjo-Kazooie no Wii, homebrew, e que jogo genial em termos artísticos e fico rotacionando a câmera para, ainda, admirar gráficos de N64, enquanto procuro os colecionáveis) e não nos obrigar a andar, quando queremos correr, e tirar minha vontade (e o pior que tem momentos que ficamos uns dois minutos assim só sendo manipulados). Junte a isso uma "gunplay" quebrada, para o meu gosto, e ficava puto algumas vezes. Mas mesmo assim minha nota para o jogo é relativamente boa (7,7/10). Longe de um Infamos Second Son, menos em gráficos, que foi lançado um ano antes (8,6/10 e tem é jogo nesse quase um ponto entre eles :klolwtf), por exemplo. mas é decente (embora entenda quem o odeia). Infamous SS tem uma jogabilidade gostosa pacas.

TLG a minha nota foi 8,1/10 (comparar com SOTC 10/10) e acho um bom jogo (apenas). Se eu desse notas não decimais ficaria 7,5/10 e 8/10, respectivamente (ou seja na proporção hype a decepção bateu forte pacas).

Peguei TLG achando que seria algo próximo de SOTC (Ico nunca zerei, embora tenha jogado algumas horas) e quebrei a cara lindamente (paguei 130 pilas nele seminovo e se soubesse esperava baixar até menos de 100). The Order peguei na Santa Ifigênia em 2015, lacrado, por menos de 60 conto (me dei foi bem, embora só o tenha adicionado a lista física de títulos que possuo por pegá-lo em conta, pois a digital já seria suficiente). TLG ainda valeu a pena adicionar a coleção física para fazer companhia a SOTC (mas deveria ter economizado mais bala). :ksnif
 

Gamer King

O Soberano
VIP
Mensagens
51.785
Reações
52.690
Pontos
1.069
The Order com certeza. The Last Guardian antes do lançamento já tinha aquele ar de jogo de PS3, algo datado que foi levado ao PS4.

The Order quase todo mundo esperava que fosse um jogão, mas acabou sendo o mesmo caso de Lair do PS3, "beautiful disaster".
 

João Ritzel

Bam-bam-bam
Mensagens
8.925
Reações
9.420
Pontos
353
Last Guardian não foi decepção, só não foi a revolução que esperavam.

The Order entendo as críticas, mas eu achei inclusive mais divertido do que Gears com aquela jogabilidade engessada de 2006.



Preferir FF XIII acho que você forçou um pouco demais; aquele game não salva simplesmente nada ! FF XV acho que errou na execução de diversas coisas e nos problemas do desenvolvimento, mas eu vi um potencial perdido gigantesco no game, e vi sim o futuro da série ali; FF VII Remake parece estar partindo dele como ponto inicial, fazendo a lapidação do que não funcionou e mudando algumas direções.
O Futuro da Série eu comecei a ver foi em Final Fantasy 12,criticado por alguns puristas,mas a frente do seu tempo e inovador em vários aspectos....Mas o jogo praticamente não teve rivais em sua época. Já Final Fantasy 15 tem algumas boas idéias já usadas mas some perto da grandiosidade de um The Witcher 3 em praticamente qualquer valor de produção.

Eu cito Final Fantasy 13 porque ele ainda dava um gostinho do que era um Final Fantasy bem produzido na época de ouro.Já o 15 tem boas idéias mas tantos pequenos defeitos e mal executado que fica grande demais. .

Prefiro os personagens, história, trilha sonora,cenas em CG, direção de arte,sistema de batalhas e mundo limitado do 13 do que FF15...Ele não me deixou uma boa impressão....Parece que foi reiniciado várias vezes a produção. Até a trilha sonora que era grandiosa veio bem mais contida e com poucas faixas.

Estou com vontade de rejogar Final Fantasy 13,mas para o 15 não volto mais...Nem terminei as DLCS que comprei....Questão de opinião..Mas me assumo como crítico ferrenho desse jogo.
 
Ultima Edição:

Ryo_Sakazaki

Bam-bam-bam
Mensagens
4.761
Reações
8.310
Pontos
304
Eu curti The Order, acho que faltou adicionarem mais conteúdo ao game e deixar mais difícil. The Last Guardian ainda não joguei.
A minha maior decepção é com o fato do Playstation a cada geração que passa ficar mais "americanizado". Sei lá, eu respeito muito quem curti essa pegada de jogos ocidentais mas eu sinceramente não gosto. Já dei diversas chances mas não me desce.
 

Gamer King

O Soberano
VIP
Mensagens
51.785
Reações
52.690
Pontos
1.069
Eu curti The Order, acho que faltou adicionarem mais conteúdo ao game e deixar mais difícil. The Last Guardian ainda não joguei.
A minha maior decepção é com o fato do Playstation a cada geração que passa ficar mais "americanizado". Sei lá, eu respeito muito quem curti essa pegada de jogos ocidentais mas eu sinceramente não gosto. Já dei diversas chances mas não me desce.
Isso aí não tem jeito, o mercado de consoles de mesa minguou no Japão e o público ocidental prefere os jogos ocidentais.

A Sony até mudou o comando do setor de games para os EUA.
 

Fabio Alexandre

Veterano
Mensagens
488
Reações
828
Pontos
128
A maior decepção da geração não foi o que teve, mas sim o que deixou de ter:
.
Não teve um novo: Dead Space, Silent Hill, Twisted Metal, Max Payne, Alan Wake, Bioshock, e nem Burnout.
 

Ryo_Sakazaki

Bam-bam-bam
Mensagens
4.761
Reações
8.310
Pontos
304
Isso aí não tem jeito, o mercado de consoles de mesa minguou no Japão e o público ocidental prefere os jogos ocidentais.

A Sony até mudou o comando do setor de games para os EUA.
Pois é cara. Pessoalmente fiquei triste com isso. Tanto que nos últimos anos cada vez mais eu me aproximei de consoles da Nintendo pois sentia falta desses jogos. Mas fazer o que né, não da pra reclamar, variedade de opções é sempre bom. Se por um lado não me agrada tem um monte de gente feliz com esses jogos e isso é o que importa.
 

Project Schizoid

Zima Blue
VIP
Mensagens
6.284
Reações
8.348
Pontos
353
Tenho certeza que o criador desse tópico não jogo nenhum dos dois kkkkkkk
Ou é um caixista
Aqui na OS é errado pedir PSN ID ou duvidar da credibilidade de outro usuário, pois isso te torna um fiscal de ID. Jogar é errado, e o certo é você criticar via Metacritic e Youtube. Logo, o OP não precisa ter jogado, aliás, nem precisa ter PS4 para achar os dois jogos decepcionantes.

Regra dos sonystinhas da OS.
 

Project Schizoid

Zima Blue
VIP
Mensagens
6.284
Reações
8.348
Pontos
353
Legal que você fala dos outros que se decepcionaram, aí fica claro que você não triscou nos jogos (porque se tivesse, não estaria falando na terceira pessoa). Então, você não pode falar que você se decepcionou com eles, né, fera? E com isso, nem afirmar que foram as "maiores decepções" da geração.

Talvez devesse procurar jogos que VOCÊ se decepcionou... ah, não peraí! Porque aí você seria obrigado a falar de jogos de um sistema que você não quer falar contra... Ok então.
Mesmo aviso. Pare de cobrar jogatina. É errado. Aqui só são aceitas opiniões via Youtube e Metacritic. Jogar pra opinar é errado, e pedir pra pessoa mostrar que jogou é pior ainda.
 

marcoseltermann

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
32.910
Reações
9.849
Pontos
754
The order é bom, porém curto que nem pavio, tinha e tem potencial absurdo, mas a Ready at Dawn jogou no lixo criando jogo com mentalidade de portátil, referente ao tempo de jogo, em 4hrs termina na primeira jogada. Já tem praticamente tudo pronto, falta melhor direção. Dá logo pra Santa Mônica que a coisa anda.

Last Guardian não joguei, nem vou jogar, tem apelo nenhum pra mim, diferente de Ico e StoC.
 

Majima-San

Bam-bam-bam
Mensagens
1.853
Reações
5.597
Pontos
303
Lost Legacy é infinitamente melhor que o The Last Guardian.

Não disse que The Last Guardian é melhor que o excelente Uncha The Lost Legacy, disse que ele tem mais reputação.

The Last Guardian ficou muito mais eternizado, ele vai ser mais lembrado pelo teste do tempo, além de ter sido bem mais condecorado, inclusive por formadores de opinião de grande influência e tradição, como a histórica equipe do Easy Allies.

The Lost Legacy é um game mil vezes mais redondo (jogo perfeitinho em todos os aspectos, como você citou), mas ele não aparecerá no futuro como marco algum da geração, o que é até natural, visto que é um DLC.
 

Jailcante

Supra-sumo
Mensagens
1.022
Reações
1.414
Pontos
193
Mesmo aviso. Pare de cobrar jogatina. É errado. Aqui só são aceitas opiniões via Youtube e Metacritic. Jogar pra opinar é errado, e pedir pra pessoa mostrar que jogou é pior ainda.
hehehe

Da minha parte, seria mais útil o cara simplesmente perguntar quais jogos seriam a decepção da gen e deixar o pessoal opinando. Mas claro que ele não queria debater, só trollar mesmo.
 

BurningWitches

Bam-bam-bam
Mensagens
7.073
Reações
9.536
Pontos
409
Eu considero um tópico absolutamente legítimo, já que são jogos que envolvem polêmicas mesmo. To cansado de ver tópico assim no Resetera e as discussões ocorrem. Assim como seria legítimo alguém criar um tópico se há algum exclusivo da MIC, nesta geração, que entre num top 10 de exclusivos.

Eu gostei dos 2 jogos, mas com algumas ressalvas:

1- Paguei 13 reais pelo The Order(fez bastante diferença), e sinceramente eu queria uma continuação pro ps5. O que não entendi é como um jogo que foi atrasado em mais de 1 ano tem bosses/lobisomens absolutamente ridículos (ñ falo de facilidade, mas de desenvolvimento e finalização deles). A ambientação é bem legal, música tb e a história é bem ok, mas bem editada. É um jogo que claramente teve severos cortes para ser lançado, muito curto. Quicktimes em demasia, colecionáveis em que nada acrescentam a história... Um jogo nota 6,5 ou 7 p mim analisando hoje.

2- Last Guardian é outro que mostra incompetência administrativa e incapacidade interna da dev e da Sony. Um dos jogos mais enrolados no desenvolvimento q se tem conhecimento.
Ele é bom? MUITO. Tem a cara dos seus criadores, e tem várias qualidades, algo que NUNCA a MIC conseguiria fazer. Contudo continuou com cara de um jogo de ps3 q foi remendado pro PS4. Teve patch que só saiu meses depois de lançado. Comprei a edição com o bicho e hj posso dizer que ñ valeu a pena. Até penso as vezes em vender essa edição, mas qto pagariam por ele? Enfim, é outro que eu gostei mas fica tb entre 6,5 e 7 ao meu ver.

OBS: Muitos de vcs, por algum motivo estapafúrdio, desprezam jogos igual ou abaixo de 7. Minha visão é bem diferente de jogos com notas nesse nível. Assim como na minha opinião mesmo em jogos em nota 10, é possível apontar defeitos.

Abs
 
Ultima Edição:

JB.BGP

Veterano
Mensagens
769
Reações
749
Pontos
108
Acho que No Man's Sky é muito mais decepção do que os dois jogos mencionados, até se formos levar em conta tudo o que estava sendo prometido para ele.

HOJE o jogo não pode mais ser considerado decepção, porém, para chegar no patamar que está hoje foi necessária uma espera de praticamente 3 anos.

Isso levando em conta apenas o momento do lançamento, que é quando o jogo está no ápice da vida.
 

Megazordi64

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
12.376
Reações
20.247
Pontos
553
Não disse que The Last Guardian é melhor que o excelente Uncha The Lost Legacy, disse que ele tem mais reputação.

The Last Guardian ficou muito mais eternizado, ele vai ser mais lembrado pelo teste do tempo, além de ter sido bem mais condecorado, inclusive por formadores de opinião de grande influência e tradição, como a histórica equipe do Easy Allies.

The Lost Legacy é um game mil vezes mais redondo (jogo perfeitinho em todos os aspectos, como você citou), mas ele não aparecerá no futuro como marco algum da geração, o que é até natural, visto que é um DLC.
Pra mim a única coisa que explica a babação de ovo em cima do The Last Guardian é a grife por ser um jogo do Fumito Ueda.

Ele possui problemas gravíssimos de jogabilidade e level design mas as pessoas passam pano o colocando num patamar de "obra de arte".

E é como falei pra outro user, pra mim obra de arte nos videogames é entregar jogabilidade e level design refinados, isso é o que diferencia um jogo de outras mídias e ta lotado de filmes ou livros que contam histórias sobre a relação do homem com uma besta.

"Ah mas The Last Guardian ganhou GOTYs em 2016".

Sério que alguém tem coragem de considerar The Last Guardian melhor que Uncharted 4, Ratchet and Clank, Titanfall 2, Forza Horizon 3, Inside, XCOM 2, Civilization 6 e DOOM que são redondinhos.
 
Topo