O que há de Novo?
  • Novo tema VIP está disponível
    Visitante, um novo tema com fundo escuro agora está disponível para aqueles que contribuíram com doações ao fórum e têm o status VIP. Veja os detalhes aqui.


Qual o último jogo que vc Terminou/fechou/zerou? [+ Independente da plataforma]



GreenLove

Veterano
Mensagens
476
Reações
402
Pontos
124
Detroit: Become Human (PS4)



Esse jogo é uma experiencia narrativa e interativa excepcional, impressionante como a Quantic Dream consegue fazer com que o jogador se importe com os personagens, as varias rotas para o desenvolvimento do enredo do jogo me fizeram repetir vários capítulos a fim de ver as consequências diferentes para as escolhas. Jogo recomendadíssimo!
 

Kaiketsu_Zubat

Bam-bam-bam
Mensagens
1.670
Reações
3.551
Pontos
303
Valis do MD, pra mim um jogo nota 6,5.
Jogabilidade fica devendo em muitos pontos, várias vezes não responde direito aos comandos, o lance de ter q apertar pra cima pra pular mais alto achei ruim e não funciona direito e o visual não chama atenção.
Valis 1 é beem simples mesmo, mas vai jogando os outros jogos que você vai ver como vai melhorando a arte.
 

Tacrovy

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
13.805
Reações
35.390
Pontos
584


Horizon Zero Dawn / Playstation 4/ 60 horas de jogo

Depois de dar um tempo de open world, e desintoxicar um pouco do estilo, vi que tava na hora de jogar essa parada.
Primeiro ponto a comentar, é essa engine da guerrilla, meu amigo, que coisa LINDA, o jogo é um deslumbre visual, puta merda, vegetação, as máquinas, é coisa de louco! Muito bem feito mesmo, essa engine tem um futuro foda na mão dos caras.
Segundo ponto, essa ambientação do mundo do jogo, é fascinante, quando vocÊ avança na história, e descobre a origem das máquinas, muitíssimo bem elaborado o pq esse monte de máquinas estão pelo mundo e fodendo a porra toda, o lore construído é ótimo, não vou entrar em detalhes pra não dar spoiler.
A proposta do jogo é simples, é um tps pra vc andar no mundo enfrentando robozões gigantes, com armas mais tribais , cara, é simplesmente delicioso vc enfiar uma flecha certeira em um Dente serrado, e ele capotar devido isso, todo robô, tem seu ponto fraco e pode ser analizado pelo seu foco, é uma peça pequena, mas bem importante pro jogo, vc faz muita coisa através dele. Muito dos pontos fracos tem fraquezas elementais, ou seja, cause dano suficiente, e aquilo tem uma reação em cadeia, um tubo de flama vai explodir e deixar o robô pegando fogo, o falquino vai explodir e congelar (o que dobra o dano nele ao ser atingido) cada máquina tem a sua particularidade , e cabe a você decidir como vai derruba-la, vc pode fazer isso com flechas/flechas elementais, usar um estilingue com munição explosiva, etc.
As oportunidades de combate pra explorar esse sistema é muito bom, fora que enfrentar um tirânico correndo atrás de vc, é LINDO.
Algumas máquinas tem armas acopladas, e adivinha? vc pode arranca-las e usar como armamento! obviamente vai tirar um dano danado dos bichos, isso tbm entra na parte da estratégia dos monstros, ou por exemplo, existe um cretino que se camuflha, e fica ruim de ver, cause dano suficiente nesse componente do robô, e voalá, chega de jogo de camaleão.
O jogo conta com level/skill tree pra te ajudar ao londo do caminho, tbm existe uma lança pra fazer combate corpo a corpo, mas é bem qualquer nota, deveriam ter feito algo melhor, é muito simples, cumpre o seu propósito, mas poderia ser mais bem feito. O jogo segue a estrutura de qualquer open world por ai, as quests secundárias, não tem nada de muito especial, é um ponto negativo, entretanto o gameplay é tão bom, que eu não me importei com isso.
Tbm temos armas diferentes com alguns status, craft pra munição e algumas outras coisas , e modificações pras mesmas.
Baita jogo, baita universo, fiquei muito contente da guerrilla sair da zona de conforto, e entregar um jogo desses!

Nota : 9 :kindio

tbm platinei o jogo, adorei mesmo

85821

85822

The Frozen Wilds / Playstation 4/ 13 horas de jogo

DLC que lançaram do jogo base, e olha, valeu muito a pena.
Adicionam um local novo, com a cultura da tribo banuk, a diferença, é que o local é frio e escuro o tempo inteiro, temos algumas armas novas, um trade novo pra vc trocar o brilho azul, e pegar arcos que dão mais dano, e 3 armas elementais novas.
O bacana aqui são os robos novos, pqp o garraquente é um urso de fogo que vai te caçando até a pqp, tbm tem o garrafria que tbm é um urso só que de gelo, e um cachorro endiabrado o incinerador, além de contar com monstros corrompidos por algum tipo de vírus.
Valeu a pena, continuaram explorando o mito do jogo, além de nos fornecer coisa nova sobre o tempo da civilização.

Nota: 8
 


Desann

Bam-bam-bam
Mensagens
3.550
Reações
5.093
Pontos
349


Eis que concluo a trilogia do Ezio Auditore da Firenze, conclusão esta que é inferior a seus capítulos anteriores.

Claro, Revelations tem ótimos pontos a serem ressaltados, como melhoria gráfica, Constantinopla sendo lindamente ambientada, combates mais visualmente violentos (apesar de seguirem ridiculamente fáceis); e até mesmo a enfadonha campanha do Desmond ficou mais divertida, nos apresentando um game de plataforma em primeira pessoa!

Mas não posso negar que, não só a história, como as próprias missões estão bem menos inspiradas e interessantes que as do Brotherhood. Ao menos, saliento que a jornada e conclusão do Altair foi de muito bom gosto!


NOTA: 7,5
 

Solid Dante

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
11.288
Reações
13.113
Pontos
639


Jogabilidade bem simples, achei bem divertido comandar um gorila em fuga e batendo em tudo que vem pela pra frente.

Só vale a pena ser jogado pelo gamepass ou ser comprado com um desconto bem grande, pois o jogo é bem curtinho.

Jogado no PC via gamepass.
 

11456

Bam-bam-bam
Mensagens
4.563
Reações
2.547
Pontos
334


Terminei ontem ! apesar de ter muitos bugs eu gostei do jogo , os caras estão com a faca e o queijo na mão para fazer uma ótima continuação , deve ter dado umas 60 horas de gameplay , agora só esta faltando algumas missões segundarias e pegar os coletáveis

7/10 :rox
 

carloshfc

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
10.049
Reações
14.019
Pontos
553
Terminei o Sniper Elite 4 dado na PS Plus de agosto e foi muito divertido. Não é uma obra prima, mas dificilmente eu jogaria a serie sem ter tido contato com um game anterior e a Plus serviu bem. O charme do game são as animações de tiros nas partes vitais do inimigo. De resto, lembra a boa jogabilidade de MGSV.

Nota 8


Enviado de meu SM-G9650 usando o Tapatalk
 

Grand Rapids

Bam-bam-bam
Mensagens
4.060
Reações
4.459
Pontos
303
Terminei o spiderman PS4 aqui. Melhor jogo do homem aranha? Sim, com certeza. Jogaço? Mais ou menos, o jogo é ridiculamente repetitivo... a quest principal é boa, os dois primeiros atos são excelentes. O terceiro é rushado demais, mas ainda assim pode-se dizer que é bom. Tô na busca do 100% e só vou atrás porque minha net tá zoada e não tô podendo jogar online.

É muito, muito repetitivo, demais. Tudo se resume a dar porrada em hordas e mais hordas de carinhas. Vez ou outra algo diferente, mas nada demais também. É um infamous com mais carisma.

Jogo nota 8.0 no máximo.
 

Cloudst69

Bam-bam-bam
Mensagens
3.450
Reações
812
Pontos
229

Swords of Ditto (PC) - NÃO RECOMENDO
Esse jogo me atraiu pois parecia o meu tipo de jogo: jogabilidade zelda-like, gráfico extremamente carismático (me lembrou Adventure Time). Infelizmente, não senti muito apelo além desses 2 fatores. Eu peguei ele depois do update dele que tira o countdown que havia anteriormente (ainda presente no modo mais difícil) e foi isso que me atraiu... porém o jogo foi desenhado com isso em mente e talvez jogar sem isso (o meu caso) foi o que estragou o jogo pra mim. Basicamente você consegue fazer tudo que tem pra fazer (e deveria ser feito em várias gameplays) em uma jogada só... e tirando os atrativos que me chamaram a atenção inicialmente, o mundo é um tanto genérico e sem graça. As quests aleatórias de NPCs são repetitivas e sem aquele sabor de completude. Ao meu ver era um jogo que teria um grande potencial se fosse explorado de forma diferente (mais próximo de Zelda). Então minha observação é essa: se você esperava um zelda-like como eu, fuja.



Ducktales Remastered (PC) - RECOMENDO
Apesar de ter sido lançado há uns anos, acabei pegando só esses dias pois ele iria deixar de ser vendido no Steam. A Capcom devia dar aulas de como fazer um remaster decentemente. Pegaram aquele joguinho de NES que já era um bom jogo, com ótima OST e só lapidaram pra atualidade: ótimos gráficos (pra um desenho animado), dublagem, músicas originais rearranjadas, jogabilidade levemente facilitada (opcional) e mais uns extras. É uma bela homenagem ao original. É um jogo bem casual (nos níveis de dificuldade Easy e Normal), dá pra terminar rapidinho.



Supraland (PC) - SUPER RECOMENDO
Esse jogo me surpreendeu pra c*ralho. Pelas imagens que eu tinha visto parecia mais um jogo indie genérico sem graça, mas é um jogo muito bem feito. O mundo é bem grande, tem MUITOS puzzles legais, colecionáveis, mecânicas, uma história rasa porém condizente com o cenário do jogo e bastante humor de qualidade (brinde no spoiler). A descrição do oficial jogo descreve exatamente o que ele é:
Supraland is a First-Person Metroidvania Puzzle game. The main sources of inspiration are Zelda, Metroid and Portal.
Supraland assumes that you are intelligent and lets you play independently. The story is minimal, gives you an overarching goal to pursue, and then sets you free. Despite child friendly visuals, the game targets experienced players. Playtime: ~12-25h
Em termos de progressão, o jogo te dá as mecânicas certas nas horas certas. Até mesmo pós-endgame, ele te ajuda a completar o que resta com alguns recursos, então dá gosto fechar ele 100%. Demorei quase 20h pra fazer 100% nele. Umas 15h pra terminar (com bastante exploração).
Se você gostou de Portal e curte metroidvanias, esse jogo é pra você.
 
Ultima Edição:

Megazordi64

Ei mãe, 500 pontos!
Mensagens
12.358
Reações
20.232
Pontos
553


Depois de muitos, mas muitos anos, resolvi jogar novamente Zelda A Link to the Past.

Continua sendo muito bom, mas algumas mecânicas dele fizeram me divertir menos do que quando joguei o Zelda 1 no NES Classic.

Pelo Zelda 1 ter um level design bem rudimentar existe a necessidade de jogá-lo com no mínimo um mapa do lado, superado esse problema a diversão é do início ao fim.

Já o Zelda ALttP pode ser jogado 90% sem nenhum tipo de guia, mas existem partes que o level design ainda é rudimentar exigindo uma checada do que fazer no youtube. Geralmente são soluções mais complexas e que só o mapa não resolveria. Nessas partes era quando dropava o jogo por alguns dias por preguiça de procurar o que deveria fazer.

Outro problema a é dificuldade exigir que o jogador fiquei saindo no meio de uma dungeon para repor as fadas nos frascos, isso torna as coisas um pouco chatas. Por exemplo, ao chegar na sala do boss se você não tiver as fadas a chance é grande de morrer sendo mandado para o início da dungeon, daí para ter mais segurança é preciso ir para o world map atrás das fadas e depois voltar para a dungeon, fazer todo o caminho novamente até a porta do boss para só então tentar derrotá-lo.

Claro que em 1992 isso não era tão sofrível por ser um jogo atual, mas ao jogá-lo 27 anos depois a paciência para esse tipo de coisa é menor.

Mas no geral me diverti bastante relembrando vários momentos épicos.

Nota 9/10.

86234
 
Ultima Edição:

G².

Bam-bam-bam
Mensagens
9.424
Reações
22.993
Pontos
353
A versão americana do Castlevania 3 foi foda, mas nada até agora bateu esse Dracula do primeiro jogo da trilogia do NES, bicho escroto do caralho pra passar, a forma que ele vira o capetão então é osso, bicho demorado pra morrer.
 

slartibartfast

Bam-bam-bam
Mensagens
1.364
Reações
1.851
Pontos
224
Star Wars: The clone wars – Republic heroes (PC)

86374

Apesar de ser fã de longa data de Star Wars, a série "The Clone Wars" nunca me chamou atenção. Na curiosidade eu terminei esse jogo que é um estilo plataforma e possui as mecânicas mais básicas possíveis. Devo ter levado entre umas 6 e 7 horas pra fechar a campanha principal, já que não existe nenhum modo extra ou objetivos secundários.

É um jogo totalmente datado, talvez até pra sua época de lançamento. Nos seus quase 10 anos de idade, não apresenta qualquer desafio, o enredo é fraquíssimo, aleatório e desinteressante. A jogabilidade é muito inconsistente, pois nada responde bem. O combate é precário e por mais que o jogo alterne entre vários personagens da série, existem apenas duas diferenças: aqueles que usam sabre de luz e aqueles que usam blasters. Como se já não fosse ruim, ele utiliza o GFWL. É um amontoado de coisa ruim... Passem longe desse jogo.

01 – South Park The stick of truth (PS3)
02 – Illusion of Gaia (Snes)
03 – Donkey Kong Country Returns (Wii)
04 – Guacamelee super turbo championship edition (PC)
05 – Mafia III (PS4)
06 – Unravel (PS4)
07 – Star Wars Battlefront 2 (PS4)
08 – Borderlands (PC)
09 – The Wolf Among Us (PS3)
10 – Grand Theft Auto 3 (PC)
11 – Crash Bandicoot 2: Cortex Strikes Back (PS4)
12 – The Walking Dead: Michonne (PC)
13 – Star Wars: The clone wars – Republic heroes (PC)
 

lasyox

Habitué da casa
Mensagens
123
Reações
153
Pontos
63
86381

Uma das coisas mais fodas que joguei esse ano. O level design é uma delícia e o combate nem se fala. :kluv Quero fazer 100% antes de ir pras DLCS, mas é foda porque o jogo é imenso. Agora tô ansioso pelo Silksong, principalmente por causa da Hornet. 10/10

86382

Tava na biblioteca pela Plus e resolvi dar uma chance. Levei uma tarde pra zerar, é bem curtinho mas eu fiquei travado numas partes (pau no cu da parte do lustre). Achei jogão, e continua bem bonito mesmo depois de tanto tempo. 8/10
 

Pipoca Verde

Bam-bam-bam
Mensagens
4.426
Reações
8.177
Pontos
303
86390

Eu só joguei a campanha em modo VR.
É uma coisa de louco. Incrível a sensação de velocidade e imersão. A trilha sonora também é muito boa.

86391

Esse jogo ou filme é muito bom. Os gráficos desse jogo são incríveis. Muita vontade de jogar novamente e fazer outras escolhas pra ver novos finais.
 

Wellington S.

Supra-sumo
Mensagens
683
Reações
1.034
Pontos
183

Comparado ao original teve algumas mudanças, algumas mudanças eu gostei como agora você pode avançar no tempo em horas, alguns eventos acontecem por exemplo meia-noite, aqui você já pode avançar a hora para meia-noite e não precisa ficar esperando a hora passar, e aquele esquema de Event Notes também gostei, para quem quer fazer 100% igual eu, mostra as side quests que você já terminou ou falta fazer. Ao contrário de Ocarina Of Time, este eu fiz 100%, peguei todos os pedaços de corações, todas as máscaras, etc.
 

AlxFire

Veterano
Mensagens
495
Reações
770
Pontos
128
Assassins Creed Odyssey

Joguei um pouco rushado, já que as side quests são muito repetitivas, então eu pulava o diálogo e ia fazer a missão, no final já estava cansado de jogar. Apesar de várias novidades em relação ao Origins, considero ele menos interessante do que o próprio Origins.
 

Chikyuugi

Bam-bam-bam
Mensagens
2.922
Reações
1.557
Pontos
203
Devil May Cry V pelo Gamepass.
Mantém a fórmula do 4.
Destaque para a jogabilidade com o V.
Gráficos e trilha sonora excelentes.
Ótima história ,mas no final das contas que venha o 6.

Enviado de meu LG-M250 usando o Tapatalk
 

RenatoW

Bam-bam-bam
Mensagens
3.459
Reações
4.346
Pontos
303
Ratchet and Clank - Size Matters - PSP

nunca tinha jogado nenhum jogo da série, fiquei impressionado com a qualidade/variedade que tem no jogo (e com os gráficos do PSP)


Se tiver um PS3 pegue tem todos, é sensacional ! :klove

Só falta esse de toda a série para terminar !
 

Insatisfeito123

Habitué da casa
Mensagens
291
Reações
315
Pontos
73
Platinado Bloodstained. Jogo incrível, com um level design impressionante, ambientação incrível, gameplay viciante, comandos responsivos, grande quantidade de equipamentos, itens, receitas, magias etc... Personagens carismáticos, história boa, enfim um metroidvania que honra as suas origens. O único porém fica por conto de alguns bugs e as quedas de FPS.
 

Knarf.Rocha

Bam-bam-bam
Mensagens
1.775
Reações
2.330
Pontos
299


Pra mim, um jogaço! A experiência que o game oferece, o envolvimento na história, o Sam Lake (kkkk) como o Trench e, principalmente, a mecânica dos controles, em especial voar e arremessar objetos com o poder telecinético. Apesar da história ser previsível (a lá Night Springs), como ela é contada é que é muito legal. Concentrei-me em terminar a história principal; agora, vou nas tarefas secundárias.

Eu usei uma configuração 16:10 e assim, consegui um belo resultado nos fps, equilibrado com gráficos quase no máximo (coloquei Ilumivação volumétrica no médio e detalhes de objetos distantes tb no médio.

Recomendadíssimo.:kpaixao
 
Topo